Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 1 de 1
Filter
Add filters








Year range
1.
Semina cienc. biol. saude ; 42(1): 71-80, jan./jun. 2021. Tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1247939

ABSTRACT

O mel de abelha é um produto de consumo relevante pela população devido aos seus fatores nutricionais e terapêuticos. A adulteração é um exemplo de como as características do mel podem ser afetadas, prejudicando os consumidores que desejam comprar produtos puros e de alta qualidade. Este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade físico-química do mel de abelha comercializado em Brasília, Distrito Federal. Foram obtidas 13 amostras de mel de abelhas: uma de um apicultor da região com certificação de produção (usada como controle negativo), seis de lojas de produtos naturais e hipermercados no centro de Brasília e seis de feira livre e pequenos estabelecimentos de uma região administrativa do Distrito Federal, das quais cinco não tinham o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF) na embalagem. Também foi usada uma amostra comercial de xarope de glicose como controle positivo. Para verificar a adulteração, foram adotados os testes de Lund, Fiehe e Lugol, bem como as análises de pH, acidez titulável e umidade, para serem comparados com os parâmetros de qualidade do mel estabelecidos pela legislação vigente. As análises verificaram a qualidade dos méis comercializados com o selo SIF, com algumas ressalvas para a possível alteração de temperatura. Já as que não possuíam selo, apenas uma foi aprovada nos testes de qualidade, porém sua venda não é regularizada. A maioria das amostras analisadas apresentaram resultados consistentes com os padrões exigidos pela legislação vigente, com maiores irregularidades na comercialização de méis em feira livre, mostrando a necessidade de maior controle de qualidade e inspeção de produtos não certificados.(AU)


Bee honey is a product of relevant consumption by the population due to its nutritional and therapeutic factors. Tampering is an example of how honey characteristics can be affected and harming consumers who want to buy a high quality and pure product. This work aimed to evaluate the physicochemical quality of bee honey commercialized in Brasília, Federal District. Thirteen samples of bee honey were obtained: one from a certified local beekeeper (used as a negative control), six from natural products and hypermarkets in central Brasília and six from street fair and small establishments in one of the administrative region of the Federal District, of which five did not have the seal of the Federal Inspection Service (SIF) on the packaging. Also, a sample of commercial glucose syrup was used as positive control. To verify tampering, the Lund, Fiehe and Lugol tests were adopted, as well as the pH, titratable acidity and humidity analysis, to be compared honey quality parameters established by the current legislation. The analyzes verified the quality of the honeys sold with SIF seal, with some restraints for the possible temperature changes. As for those that did not have a seal, only one passed the quality tests, but its sale is not regularized. Most of the samples analyzed showed results consistent with the standards requirements of the current legislation, with greater irregularities in the marketing of honey in street fair, showing the need for greater quality control and inspection of non-certified products.(AU)


Subject(s)
Animals , Bees , Quality Management , Honey , Quality Control , Product Packaging
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL