Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 6 de 6
Filter
2.
ABC., imagem cardiovasc ; 26(4): 289-307, out.-dez. 2013. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-705125

ABSTRACT

Pseudoaneurismas são complicações vasculares cada vez mais frequentes numa época em que a Medicina Intervencionista avança e mostra um significativo aumento dos seus procedimentos, sejam eles diagnósticos ou terapêuticos. Esta revisão busca definir essa patologia de maneira adequada, mostrando suas complicações, discorrendo sobre as várias formas de diagnóstico (clinico, US, Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética e Angiografia), bem como os vários tipos de tratamento propostos, (Expectante, Cirúrgico, por Compressão, Endovascular, com Injeções de Trombina e Salina). Este artigo, revendo os vários tipos de tratamento, avalia suas indicações, contraindicações e complicações, dando ênfase ao tratamento percutâneo com injeção de trombina.


Psudoaneurysms are vascular complications increasingly common at a time when the interventionist medicine progresses and shows a significant increase of its procedures, whether diagnostic or therapeutic. This review seeks to define this condition appropriately, showing its complications, discussing the various forms of diagnosis (Clinical, US, CT, MRI and Angiography), as well as the various types of treatment proposed (Expectant, Surgical, by Compression, Endovascular, with Injections of Thrombin and Salina); this article, reviewing the various types of treatment, assesses their indications, contraindications and complications, emphasizing the percutaneous treatment with thrombin injection.


Subject(s)
Humans , Vascular Diseases/complications , Vascular Diseases/mortality , Aneurysm, False/therapy , Aneurysm, False , Thrombin/administration & dosage , Angiography/methods , Angiography
3.
Rev. bras. ecocardiogr. imagem cardiovasc ; 25(3): 236-239, jul.-set. 2012. ilus
Article in Spanish | LILACS | ID: lil-641361

ABSTRACT

A Miocardiopatia Hipertrófica (MCH) é uma doença caracterizada por ampla expressão genotípica e fenotípica, com curso clínico heterogêneo. A diversidade genética e fatores ambientais formam a base dessa heterogeneidade. É a causa mais comum de morte súbita em atletas jovens. A MCH medioventricular corresponde a 1% dos casos; pode estar associada a aneurisma apical e progressão para disfunção sistólica. Logo, o reconhecimento desse subgrupo, pelo estudo ecocardiográfico, é fundamental para melhor estratificação e acompanhamento desses pacientes. Neste relato, serão apresentados dois casos de miocardiopatia hipertrófica medioventricular, com aneurisma apical associado, seguidos de revisão da literatura.


Subject(s)
Humans , Male , Middle Aged , Cardiomyopathy, Hypertrophic/complications , Cardiomyopathy, Hypertrophic/diagnosis , Ventricular Dysfunction, Left/complications , Ventricular Dysfunction, Left/diagnosis , Echocardiography/methods , Death, Sudden , Risk Factors
4.
Rev. bras. ecocardiogr. imagem cardiovasc ; 23(4): 26-32, out.-dez. 2010. tab, ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-562258

ABSTRACT

Fundamentos: Grande número de pacientes com insuficiência renal terminal possuem fístulas arteriovenosas (FAVs) para realização de hemodiálise, e essas podem apresentar altas taxas de falência no 1º ano (até 40%). Objetivo: Avaliar FAVs, utilizando o Eco Color Doppler (ECD), tentando identificar possíveis anormalidades. Delineamento: Trabalho de análise exploratória, observacional, transversal de uma série de casos. Métodos: Foram estudadas 45 FAVs, sendo 30 pacientes, entre os quais 16 homens, (grupo A) que apresentavam dificuldades na hemodiálise; e 15 pacientes, entre os quais 10 homens, (grupo B), que não apresentavam dificuldades na hemodiálise. Foram utilizados aparelhos Vivid7 da GE Ultrasound, com transdutor linear (banda larga), com frequência de 7/10 Mhz e aplicativo para ultrassom vascular com Doppler pulsado, colorido e Power-Doppler. O estudo das FAVs, conforme nosso protocolo, inclui a avaliação da(s) artéria(s) do inflow e do seguimento arterial distal à fístula, a(s) anastomose(s) arterial e venosa em caso de enxerto, a veia do outflow, bem como as veias profundas e centrais de deságue daquele membro. Resultados: Identificamos anormalidades em todas as FAVs do grupo A e em 06 casos do grupo B. Conclusão: O ECD é excelente ferramenta na identificação de anormalidades dos pacientes com FAVs.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Echocardiography, Doppler, Color/methods , Echocardiography, Doppler, Color , Arteriovenous Fistula/complications , Renal Insufficiency, Chronic/complications , Renal Insufficiency, Chronic/diagnosis , Renal Dialysis
5.
Rev. bras. ecocardiogr. imagem cardiovasc ; 23(3): 33-39, jul.-set. 2010. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-556778

ABSTRACT

Pacientes com insuficiência renal terminal, em sua grande maioria, são encaminhados para hemodiálise. Para tanto, necessitam de um bom acesso (fístulas arteriovenosas (FAVs) para realização da diálise. As fístulas arteriovenosas podem apresentar altas taxas de falência no 1º ano (40 por cento), quando mal confeccionadas ou mal planejadas. Objetivo: Demonstrar a importância do Eco Color Doppler no planejamento de FAVs, buscando identificar vasos adequados para a anastomose. Delineamento: Trabalho observacional prospectivo. Metodologia: Foram estudados 42 membros de 25 pacientes (09 homens), com idade variando entre 25 e 77 anos. Foram utilizados aparelhos Vivid7 da GE UltraSound, com transdutor linear de banda larga, frequência de 7/10 MHz e aplicativo para ultrassom vascular com Doppler pulsado, colorido e Power-Doppler. No protocolor de exame, avaliaram-se as artérias daquele membro (diâmetros, velocidade e morfologia do fluxo), bem como a patência e a funcionalidade do arco palmar. Examinou-se, também, a rede venosa (superficial, profunda e central), de deságue daquele membro. Resultados: Foram identificadas variações anatômicas, alterações de diâmetro, acometimento aterosclerótico importante, oclusões arteriais, assim como tromboses venosas, que poderiam comprometer o funcionamento da FAV. Conclusão: O ECD é ferramenta imprescindível no mapeamento para confecção FAVs.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Echocardiography, Doppler/methods , Echocardiography, Doppler , Kidney Failure, Chronic/complications , Kidney Failure, Chronic/mortality , Arteriovenous Fistula/surgery , Renal Dialysis
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL