Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 3 de 3
Filter
Add filters








Year range
1.
Rev. patol. trop ; 49(1): 45-54, 2020.
Article in English | LILACS | ID: biblio-1100266

ABSTRACT

The control of Aedes aegypti has been considered one of the most important public health challenges worldwide. Chemical compounds have long been used for this purpose, but resistance to these molecules has also increased. Therefore, over the last few years several studies have focused on the development of alternative tools, particularly those based on plant metabolites. The purpose of this study was to assess the larvicidal activity of Caesalpinia ferrea and Lippia origanoides against Ae. aegypti. Larvae (L3) of Ae. aegypti Liverpool and Rockefeller strains, as well as of the Recife population were exposed to different concentrations of C. ferrea (ranging from 13.1 to 105 mg/mL) and L. origanoides (ranging from 16.3 to 130 mg/mL), and the mortality rate was evaluated up to 48 hours after the beginning of the experiment. All tested groups and ontrol group were quadruplicated. For C. ferrea, mortality ranged from 42.5% to 100% for Ae. aegypti Liverpool strain, from 67% to 100% for Ae. aegypti Rockfeller strain, and 57% to 100% for Ae. aegypti Recife population after 48 hours of larval exposure. For L. origanoides, the larvicidal activity ranged from 75% to 100% for Ae. aegypti Liverpool strain, from 61.5% to 100% for Ae. aegypti Rockfeller strain, and from 60.5% to 100% for Ae. aegypti Recife population. The hydro ethanol extract of C. ferrea and L. origanoides presented larvicidal activity against Ae. aegypti.


Subject(s)
Aedes , Lippia , Insecticides , Culicidae
2.
Recife; s.n; 2014. 69 p. ilus, graf, tab, mapas.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: lil-719862

ABSTRACT

A leishmaniose visceral canina (LVC) e uma doença parasitária causada por protozoários do gênero Leishmania, principalmente por Leishmania infantum. A epidemiologia da doença varia de região para região e o entendimento dos fatores associados à infecção em cães pode ajudar na elaboração de medidas de controle mais específicas. O diagnóstico sorológico da infecção sofreu mudanças importantes nos últimos anos com a introdução do TR-DPP® e do estabelecimento de novos critérios de diagnóstico (TR-DPP® + EIE-LVC) pelo Ministério da Saúde. Dentro desse contexto, no presente estudo objetivou-se estudar a epidemiologia da LVC no município de Goiana, estado de Pernambuco, nordeste do Brasil. Para tal, realizaram-se testes sorológicos (TR-DPP® e EIE-LVC) e análise clínico-epidemiológica em 360 cães semi e domiciliados, de ambos os sexos, raças e idades variadas, nos distritos de Atapuz, Tejucupapo e Pontas de Pedra no referido município. No TR-DPP®47 (13,1 por cento) animais foram reagentes, onde se observou associação significativa dos resultados com os seguintes sinais clínicos: alopecia, lesões na pele paresia e linfonodomegalia. Já no EIE-LVC 21 (5,8 por cento) animais foram reagentes, havendo associação significativa entre a classificação clínica dos animais, condição corporal, alopecia, lesões na pele, secreção ocular, paresia e linfonodomegalia. Já de acordo com o critério do Ministério da Saúde do Brasil, apenas 15 (4,2 por cento) animais foram classificados como positivos. De fato, verificou-se uma fraca concordância (Kappa = 0,39) entre os dois testes sorológicos. Conclui-se que a LVC encontra-se estabelecida em Goiana e que o uso do TR-DPP® como teste de triagem e do EIE-LVC como teste confirmatório pode levar a perda de cães infectados, uma vez que cães positivos do TR-DPP® são negativos no EIE-LVC e vice-versa.


Subject(s)
Animals , Dogs , Leishmania infantum/immunology , Leishmaniasis, Visceral/diagnosis , Leishmaniasis, Visceral/epidemiology , Leishmaniasis, Visceral/blood , Leishmaniasis, Visceral/veterinary , Risk Factors , Signs and Symptoms , Antibodies, Protozoan/blood , Enzyme-Linked Immunosorbent Assay/methods , Enzyme-Linked Immunosorbent Assay/veterinary , Predictive Value of Tests , Sensitivity and Specificity , Serologic Tests/veterinary
3.
Recife; s.n; 2011. 54 p. ilus, tab, graf.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: lil-638833

ABSTRACT

A leishmaniose tegumentar americana (LTA) é uma enfermidade parasitária, que acomete as estruturas da pele e cartilaginosas. Constitui um problema de saúde pública com um número estimado de 350 milhões de pessoas vivendo em regiões endêmicas em 88 países. Em 2008, a cidade de Igarassu, registrou casos autóctones de LTA. Neste contexto, foi efetuado um levantamento dos casos da doença no município, no período de 2008 a 2010. Para tal, foram analisados os prontuários de 72 pacientes positivos para LTA autóctones ao município de estudo. Para a análise situacional da doença na população foi aplicado os indicadores epidemiológicos de avaliação da doença. Com base nos resultados, foi verificado que a LTA incide na população independe da idade e do gênero dos pacientes. Contudo, pacientes do sexo masculino na faixa etária de 20 a 39 anos e moradores da área rural de Igarassu-PE foram os mais acometidos pela doença. Com isso, medidas de controle e/ou prevenção da LTA devem ser uma conduta incorporadas no dia a dia dos moradores e priorizadas pela secretária de saúde do município.


Subject(s)
Health Profile , Leishmaniasis, Cutaneous , Public Health
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL