Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 17 de 17
Filter
1.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 58: e183731, 2021. ilus, tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1344763

ABSTRACT

This study aimed to verify if the process of artificial insemination (AI) characterized here as animal immobilization, the passage of the semen applicator through the cervix, and deposition of the semen in the uterus, affected cows' welfare. For this, 18 beef calved cows were selected and divided into two groups: inseminated cows (AIG, n = 9), and not inseminated cows, the control group (CG, n = 9). Body condition score, uterus, and ovary evaluation were performed. Later, both groups were submitted into an estrus synchronization protocol and only the AIG group was inseminated. Blood components of urea, creatinine, AST, GGT, CK, glucose, triglycerides, cholesterol, HDL, LDL, VLDL, NEFA, BHB, cortisol, estradiol, progesterone, albumin, and total protein were measured 30 h before AI, and 4, 24, 48 and 168 h after AI. Statistical differences were considered when P <0.05. No differences between AIG and CG were observed. On the other hand, when the moment of insemination was evaluated, differences were observed for urea, creatinine, AST, GGT, CK, glucose, triglycerides, NEFA, BHB, albumin, and total protein. There was an oscillation of metabolic profiles depending on the time and procedures to which animals were exposed, even though it could be inferred that the AI process was incapable of altering those metabolic components on animals that were inseminated. Still, we can affirm that artificial insemination cannot be categorized as a negative reproduction tool on animal welfare. However, the containment and management procedures for AI may alter the metabolic profile of cows, especially the increase of CK.(AU)


O objetivo deste estudo foi verificar se o processo de inseminação artificial (IA) caracterizado como imobilização do animal, passagem do aplicador de sêmen pelo colo do útero e deposição do sêmen no útero, afetou o bem-estar de bovinos. Para tanto, foram selecionadas 18 vacas de corte paridas, divididas em dois grupos: grupo de animais inseminados (AIG, n = 9) e grupo de animais não inseminados, grupo controle (GC, n = 9). Foram avaliados o escore de condição corporal, útero e ovário. Posteriormente, ambos os grupos foram submetidos a um protocolo de sincronização de cio e apenas o grupo AIG foi inseminado. Componentes metabólicos como ureia, creatinina, AST, GGT, CK, glicose, triglicerídeos, colesterol, HDL, LDL, VLDL, NEFA, BHB, cortisol, estradiol, progesterona, albumina e proteína total foram mensurados 30 horas antes da IA e 4, 24, 48 e 168 horas após a IA. Diferenças estatísticas foram consideradas quando P <0,05. Não foram observadas diferenças entre os dois grupos, por outro lado, quando o momento da inseminação foi avaliado, diferenças foram observadas para ureia, creatinina, AST, GGT, CK, glicose, triglicerídeos, NEFA, BHB, albumina e proteína total. Houve uma variação dos perfis metabólicos em função do tempo e dos procedimentos que os animais foram submetidos, embora pode-se inferir que o processo de IA não foi capaz de alterar esses componentes metabólicos os animais inseminados. Ainda assim, observou-se que o processo de IA não foi categorizado como uma ferramenta negativa de reprodução com relação ao bem-estar animal. Porém, ainda assim, os procedimentos de contenção e manejo da IA podem alterar o perfil metabólico das vacas, principalmente o aumento da CK.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Animal Welfare , Cattle/embryology , Insemination, Artificial/veterinary , Human-Animal Interaction , Metabolism
2.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 52(2): 134-140, 20150000.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-764771

ABSTRACT

In general, Taurus bulls under tropical conditions demonstrate reduced fertility due to heat and oxidative stress on testicular tissue. This high incidence of sperm damage is generally enhanced by the large amount of polyunsaturated fatty acids (PUFA) naturally present in bull sperm. Despite PUFA increase cellular sensitivity to lipid peroxidation, they are essential for membrane fluidity and also promote high cellular protection during cryopreservation process. Some reports related that animals and plants provided from cold weather present higher cellular concentration of PUFA, so the present study aims to compare the effect of the season on sperm quality of Taurus and Zebu bulls. Cryoprotected semen samples of 10 Nelore (Bos taurus indicus) and 10 Simmental (Bos taurus taurus) bulls were analyzed during winter and summer seasons. After freezing-thawing process, semen samples were submitted to sperm motility and vigor analysis, to tests of plasma membrane integrity (MPIEosin/Nigrosin), acrosomal integrity (MAI-POPE), DNA fragmentation degree (DNAf-Comet Assay) and high mitochondrial activity (ACM-DAB). Moreover, frozen-thawed semen samples were induced to lipid peroxidation for measurement of thiobarbituric acid reactive substances (TBARS) and malondialdehyde (MDA) concentration. Higher post-thawing sperm motility (26.50% winter; 13.30% summer) and ACM (22.34% winter; 13.30% summer) were observed during the winter in Nelore group. In Simmental group, no differences were observed for the studied variables. It was concluded that, despite the heat stress, no seasonal effect on sperm quality was observed in Taurus cattle, which may be related to higher concentration of PUFA in seminal composition.


Bovinos taurinos, em clima tropical, mostram menores índices de fertilidade devido ao estresse térmico e oxidativo testicular. Essa alta incidência de alterações espermáticas é potencializada pela grande quantidade de ácidos graxos poli-insaturados (PUFA) presentes nos espermatozoides taurinos. Embora os PUFA aumentem a sensibilidade celular à peroxidação lipídica, são essenciais para a maleabilidade de membrana e promovem maior proteção celular durante a criopreservação. Devido aos relatos de que animais e vegetais de clima frio possuem maior concentração de PUFA nas células, o presente estudo teve como objetivo comparar o efeito da estação do ano sobre a qualidade espermática de taurinos e zebuínos. Foram avaliadas amostras criopreservadas de 10 touros da raça Nelore (Bos taurus indicus) e 10 da raça Simental (Bos taurus taurus), coletadas durante inverno e verão. Após a descongelação, foram realizados testes espermáticos de motilidade e vigor, testes de integridade de membrana plasmática (MPIEosina/Nigrosina), integridade acrossomal (MAI-POPE), grau de fragmentação de DNA (DNAf-Ensaio Cometa) e atividade citoquímica mitocondrial (ACM-DAB). Adicionalmente, avaliou-se a suscetibilidade das células espermáticas à peroxidação lipídica induzida, pela mensuração das substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e malondialdeído (MDA). No grupo Nelore, foi observada maior motilidade espermática pós-descongelação (26,50% inverno; 13,30% verão) e maior ACM (22,34% inverno; 13,30% verão) durante o inverno. No grupo Simental, não houve diferença de época do ano nas variáveis. Concluiu-se que, apesar de sofrerem maior estresse térmico, nos animais taurinos não foi observado efeito da estação do ano sobre a qualidade espermática, o que pode estar relacionado a uma maior concentração de PUFA em sua composição seminal.


Subject(s)
Animals , Male , Cattle , Fatty Acids, Unsaturated/adverse effects , Cattle/physiology , Fertility , Oxidative Stress , Heat Stress Disorders/veterinary , Fatty Acids, Unsaturated/isolation & purification , Tropical Climate/adverse effects , Semen Preservation/veterinary
3.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 50(6): 482-487, 2013. tab
Article in English | LILACS | ID: lil-789911

ABSTRACT

Solar radiation is responsible for bull body temperature elevation. An alternative to minimize heat stress is to use artificial shade. Thus, this study aimed to evaluate the effect of thermal stress reduction, through shade availability, on reproductive characteristics of Nellore bulls (Bos indicus). For this, ten bulls were divided in: Available artificial shade (AS, n = 5) and Unavailable shade (US, n = 5). Each group was kept in two hectare paddocks, in which shade availability for group AS was artificially created. Animals were submitted to a clinical-reproductive evaluation and seminal analyses. No interaction was observed between treatments (AS and US) and time (8 collections) for all analyzed variables (P>0.05). No significant effect (P > 0.05) of treatment was observed for all parameters analyzed. So, it can be concluded that the absence of shaded areas during summer does not negatively affect reproductive characteristics such as: scrotal circumference, testicular consistency, progressive motility, percentage of rapidly moving cells (Computer Assisted Semen Analysis - CASA), morphology or sperm viability in Nellore bulls raised in southeastern Brazil, considering that results could be different in other regions of the country where average temperature is higher...


A radiação solar é responsável pelo aumento da temperatura corpórea em touros. Uma alternativa para minimizar o estresse térmico é usar sombreamento artificial. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da redução do estresse térmico através da disponibilização de sombra artificial, sobre características reprodutivas de touros da raça Nelore (Bos indicus). Para isso, dez touros foram divididos em: Disponibilidade de sombra artificial (AS, n = 5) e Não-disponibilidade de sombra artificial (US, n=5). Cada grupo foi mantido em piquete de dois hectares cada, no qual a sombra para o grupo AS foi criada artificialmente. Os animais foram submetidos a avaliações clínicas-reprodutivas e análise seminal. Nenhuma interação foi observada entre os tratamentos (AS e US) e o tempo (8 coletas), para todas as variáveis analisadas (P > 0.05). Nenhum efeito significativo (P>0.05) de tratamento foi observado para os parâmetros analisados. Dessa forma, concluiu-se que a ausência de áreas sombreadas, durante o verão, não afetou negativamente as características reprodutivas como: circunferência escrotal, consistência testicular, motilidade progressiva, percentagem de células com movimentos rápidos (Computer Assisted Semen Analisys - CASA), morfologia e viabilidade espermática em touros da raça Nelore criados na região sudeste do Brasil, considerando que esse resultado pode ser diferente em outras regiões do país, onde as temperaturas ambientais são mais elevadas...


Subject(s)
Animals , Male , Cattle , Semen Analysis/veterinary , Heat Stress Disorders/prevention & control , Heat Stress Disorders/veterinary , Livestock Industry
4.
Braz. arch. biol. technol ; 53(6): 1285-1292, Nov.-Dec. 2010. ilus, graf, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-572265

ABSTRACT

To validate a practical technique of simultaneous evaluation of the plasma, acrosomal and mitochondrial membranes in equine spermatozoa three fluorescent probes (PI, FITC-PSA and MITO) were associated. Four ejaculates from three stallions (n=12) were diluted in TALP medium and split into 2 aliquots, 1 aliquot was flash frozen in liquid nitrogen to induce damage in cellular membranes. Three treatments were prepared with the following fixed ratios of fresh semen: flash frozen semen: 100:0 (T100), 50:50 (T50), and 0:100 (T0). A 150-µL aliquot of diluted semen of each treatment was added of 2 µL of PI, 2 µL of MITO and 80 µL of FITC-PSA; incubated at 38.5ºC/8 min, and sperm cells were evaluated by epifluorescent microscopy. Based in regression analysis, this could be an efficient and practical technique to assess damage in equine spermatozoa, as it was able to determine the sperm percentage more representative of the potential to fertilize the oocyte.


Para validar uma técnica prática de avaliação simultânea das membranas plasmática, acrossomal e mitocondrial em espermatozóides eqüinos três sondas fluorescentes (PI, FITC-PSA e MITO) foram associadas. Quatro ejaculados de três garanhões (n=12) foram diluídos em meio TALP e divididos em duas alíquotas, uma alíquota foi submetida a flash frozen em nitrogênio líquido para induzir danos nas membranas celulares. Três tratamentos foram preparados com as seguintes proporções de sêmen fresco: sêmen flash frozen: 100:0 (T100), 50:50 (T50), e 0:100 (T0). Uma amostra de 150 µL de sêmen diluído de cada tratamento foi adicionada de 2 µL de PI, 2 µL de MITO e 80 µL de FITC-PSA; incubadas à 38,5ºC/8 min, e as células espermáticas foram avaliadas por microscopia de epifluorescência. Baseados na análise de regressão esta é uma técnica eficiente e prática para determinar danos em espermatozóides eqüinos, capaz de determinar a porcentagem de espermatozóides mais representativa do potencial fertilizante do ovócito.

5.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 45(supl): 33-39, 2008. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-533235

ABSTRACT

Foi o objetivo deste trabalho comparar in vitro a eficiência de três diluidores para sêmen de coelhos: solução de Ringer com lactato de sódio, um meio à base de citrato de sódio e gema de ovo e um meio à base de leite desnatado sobre a manutenção da motilidade progressivae do vigor espermático. Para tanto, foram utilizados 5 coelhos realizando-se 10 colheitas de sêmen de cada (n = 50). O sêmen foi colhido com vagina artificial, e avaliado quanto ao volume, motilidade,vigor e concentração. O sêmen foi diluído (20x106 espermatozóides/mL) em microtubos pré-aquecidos a 37oC nos três diluidores, e então incubados em banho-maria a 37oC por 120 minutos, realizando-se avaliações a cada 30 minutos. Imediatamente após a diluição (tempo0) a motilidade espermática não diferiu (P>0,05) entre os diluidores, todavia, reduziu (P<0,05) no diluído com Ringer quando comparado ao sêmen in natura. Já o vigor no tempo 0 diminuiu (P<0,05) nos três meios. A motilidade espermática foi melhor preservada (P<0,05)durante a incubação de 30 até 120 minutos para o sêmen diluído nos diluidores citrato-gema e à base de leite do que para aquele diluído em Ringer. A preservação do vigor variou entre os diluidores durante o tempo de incubação in vitro, contudo, foi semelhante entre os três diluidores após 120 minutos de incubação. Com estes resultados, pode-se inferir que os diluidores testados proporcionam um meio que permite manter a viabilidade espermática para que possa ser realizada a inseminação artificial em coelhas até duas horas pós-diluição.


The objective of this experiment was to compare in vitro efficiency of three rabbit semen extenders: sodium lactate Ringer solution, sodium citrate and yolk-egg medium, and skim milk-based medium, on maintenance of sperm vigour and motility. To that end 5 rabbits were utilized; ten semen collections were taken from each (n = 50).The semen was collected by artificial vagina, and evaluated for volume,motility, vigour, and concentration. The semen was diluted (20x106 spermatozoa/mL) in pre-warmed micro tube at 37o C in the three extenders, and then it was incubated in water bath at 37oC during 120 minutes, performing evaluation every 30 minutes. Immediately after the dilution (time 0) the sperm motility was not different among extenders (P>0.05), however, decreased (P<0.05) in Ringer extender when compared to in natura semen. The vigor in time 0 decreased(P<0.05) in the three extenders. The sperm motility was better preserved (P<0.05) during the incubation from 30 to 120 minutes for the semen diluted in yolk egg-citrate and skim milk-based extenders than for the Ringer extender. The vigour preservation varied among the extenders during the in vitro incubation; however, it was similar among the three extenders after 120 minutes of incubation. Based on these results, it can be deduced that the tested extenders promote a medium that allows the maintenance of sperm viability so that artificial insemination can take place within two hours of post-dilution.


Subject(s)
Animals , Dilution/methods , Insemination, Artificial/methods , Semen Preservation/methods , Rabbits
6.
Acta amaz ; 38(3): 369-377, 2008. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-498035

ABSTRACT

O presente estudo visou avaliar os efeitos da associação da medroxiprogesterona (análogo sintético da progesterona) ao protocolo Ovsynch sobre o crescimento folicular, a ovulação e a taxa de concepção de búfalas criadas na Amazônia Oriental (Tracuateua-PA). Vinte e sete fêmeas adultas (G1 n=14 e G2 n=13), cíclicas, sem bezerro ao pé e com ECC 3,5 foram submetidas a Ovsynch. Os animais do G2 receberam 60 mg de medroxiprogesterona entre D0 e D7 (D0=início do tratamento). A ultra-sonografia ovariana foi realizada nos D 0, 7, 9 e 10. O contingente de folículos pequenos diferiu no D7 (G1: 4,57±0,60 versus G2: 6,54±0,67; P=0,05). Tempo e tratamento influenciaram o diâmetro folicular no D7. O crescimento do folículo dominante entre D7 e D9 foi maior nos animais tratados (G1: 2,05±0,49 mm/dia versus 3,48±0,41 mm/dia; P<0,05). Mais animais do G1 ovularam precocemente (35,71 por cento versus 30,77 por cento), porém isso não afetou as taxas de concepção (G1: 50,00 por cento e G2: 30,77 por cento; P>0,05). Os achados sugerem que a medroxiprogesterona (1) aumenta recrutamento folicular e retarda o crescimento dos folículos com diâmetro maior que 5,0 mm entre D0 e D7; (2) sua retirada incrementa em 1,7 vezes o crescimento folicular do D7 ao D9; (3) pode contribuir para a ovulação de folículos maiores e, em tese, para maior formação de tecido luteínico; (4) não promove ovulação precoce após o Ovsynch; (5) não eleva as taxas de concepção após sincronização de fêmeas cíclicas e com bom escore corporal, devendo ser avaliada para uso em fêmeas acíclicas ou com ECC mais baixo.


The aim of this study was to evaluate the effect of the association of medroxyprogesterone with the Ovsynch protocol on the follicular growth, ovulation, and conception rate of buffaloes in the Eastern Amazon (Tracuateua-PA). Twenty-seven cyclic, non-lactating females (G1 n=14 and G2 n=13) with a 3.5 BCS were synchronized with the Ovsynch. Animals from G2 received a supplementation of 60 mg of medroxyprogesterone from D0 to D7 (D0=starting day of treatment). Ultrasonography evaluation on ovaries was realized on Days 0, 7, 9, and 10. A significant effect of treatment on follicle number was observed on D7 (G1: 4.57±0.60 versus G2: 6.54±0.67; P=0.05). Time and treatment influenced follicular diameter on D7. The growth of the dominant follicular was increased from D7 to D9 on treated females (G1: 2.05±0.49 mm/day versus 3.48±0.41 mm/day; P<0.05). G1 animals (35.71 percent versus 30.77 percent) ovulated comparatively earlier than their G2 counterparts, but this did not affect the conception rates (G1: 50,00 percent and G2: 30,77 percent; P>0,05). The findings suggest that medroxyprogesterone: (1) increases follicular recruitment and inhibits the growth of follicles whose diameter was larger than 5.0mm from D0 to D7; (2) the withdrawal of medroxyprogesterone speeds up follicular growth 1.7 fold from D7 to D9; (3) would probably contribute to the ovulation of larger follicles thereby forming more luteal tissue; (4) does not stimulate early ovulation after Ovsynch; and (5) does not elevate the conception rate after the synchronization of cyclic females with good body condition, and should be evaluated for the utilization in acyclic/reduced BCS females.


Subject(s)
Progesterone , Buffaloes , Insemination, Artificial , Estrus Synchronization
7.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 43(3): 321-328, 2006. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-458493

ABSTRACT

A atividade biológica de um hormônio é mensurada pela sua capacidade em exercer um determinado efeito biológico que possa ser quantificado. Os ensaios biológicos in vivo que avaliam a atividade do hCG baseiam-se na sua capacidade de promover um aumento de peso do sistema genital, vesículas seminais e próstata em ratos impúberes e útero e ovários em camundongas impúberes. A partir destes efeitos, determinam-se equações relacionando as doses de hCG administradas com o aumento de peso do sistema genital. O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficiência de bioensaios em mensurarem a atividade biológica do hCG utilizando ratos, ratas e camundongas impúberes. No experimento 1, ratos receberam 0, 4, 8 ou 16UI de hCG, a cada 24 horas, durante 4 dias. A próstata e/ou as vesículas seminais foram pesadas 24 horas após a última injeção. No experimento 2, camundongas receberam 0, 3,33, 10, 33,3 ou 100UI de hCG, em um único dia. Os ovários e/ou útero foram pesados 24horas após a última injeção. O hCG promoveu aumento de peso do sistema genital de camundongas, entretanto, não houve associação linear ou quadrática significativa entre as doses de hCG utilizadas e os pesos das variáveis medidas, impossibilitando a determinação de equações confiáveis. Os protocolos testados, com as doses de hCG utilizadas demonstraram eficiência e sensibilidade limitadas para a quantificação da atividade biológica do hCG.


Biological activity of a given hormone is measured by its capacity to exert a specific, quantifiable biological effect. Aim of biological assays that measure activity of hCG is to construct prediction equations that associate increasing doses of hCG with changes in weights of genitalia, seminal vesicles and prostate gland in pre-pubertal male rats and weights of uterus and ovaries in pre-pubertal female mice. Objective of the present study was to evaluate efficiency of bioassays which used pre-pubertal male rats and female rats and mice to measure hCG activity. In experiment 1, male rats received 0, 4, 8 or 16IU of hCG daily, for 4 days. Prostate and seminal vesicles were weighed 24 hours after last injection. In experiment 2, female mice received 0, 3.33, 10,33.33 or 100IU of hCG in one day. Ovaries and uteri were weighed24 hours after the last injection. The hCG increased weights of genitaliain female mice. However, there were no satisfactory linear or quadratic associations between doses of hCG used and variables measured. Itwas concluded that assays tested showed only limited efficiency and sensibility to quantify hCG biological activity.


Subject(s)
Mice , Biological Assay/methods , Chorionic Gonadotropin/adverse effects , Chorionic Gonadotropin/metabolism , Luteinizing Hormone/adverse effects , Mice
8.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 43(supl): 120-128, 2006. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-473516

ABSTRACT

A exigência nutricional das éguas é mais alta nos primeiros três meses de lactação. A energia é importante para que possam manter a condição corporal e produzir leite para os potros. Investigou-se o efeito da variação do peso corporal de éguas em lactação mantidas sob uma dieta suplementada por um concentrado com quatro níveis (0, 4, 8 e 16%) de óleo de babaçu. Foram utilizadas 16 éguas sem raça definida e em lactação e com peso vivo médio de 441,2 kg. O concentrado usado na suplementação dos animais foi de 1,5% do peso vivo, sendo composto de quirera de milho, farelo de soja e farelo de trigo com 16% de proteína bruta. A água e o volumoso constituído de Napier e suplemento mineral foram fornecidos ad libitum. As éguas foram colocadas em baias individuais (4 x 5 m) onde receberam as 4 dietas, uma vez ao dia. As dietas foram oferecidas durante 42 dias. Ao término do experimento observou-se que a suplementação com óleo de babaçu não afetou condição corporal das éguas. Os resultados indicaram que, em condições tropicais, pode-se suplementar a alimentação com até 4% de óleo de babaçu.


Mares have the highest nutrient requirement in the first three months of lactation. Energy is important for mares to maintain body condition and produce milk for their foals. The effect on body weight changes were investigated through supplemental coconut oil (CO) at four levels (0, 4, 8 and 16%) in concentrate fed to 16 multiparous mares in early lactation with average body weight 441.2 Kg. Mares were fed 1,5% live weight with concentrate composed of com meal, wheat bran and soybean meal with 16% crude protein. The forage was Napier grass, mineral supplement and water "ad libitum". Mares were allotted to 16 pens (4x5m) and randomly assigned to receive four diets once a day during 42 days. At the end of the experiment the CO supplementation did not affect mares body condition The results indicated that in tropical conditions level at 4% CO supplementation had better results for lactating mares.


Subject(s)
Animals , Female , Horses , Lactation/physiology , Dietary Supplements/adverse effects , Vegetable Fats
9.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 43(supl): 68-73, 2006. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-473523

ABSTRACT

O processo de criopreservação causa estresse físico e químico aos espermatozóides, acarretando alterações bioquímicas, diminuição irreverssível da motilidade espermática, aumento da degeneração do DNA e liberação intracelular de enzimas e lipídeos. No presente estudo, foram estudadas a influência das estações não reprodutiva e reprodutiva, dos crioprotetores glicerol e etilenoglicol e do processo de congelação e descongelação sobre o complexo DNA-proteína de espermatozóides em garanhões. Foi comparados o sêmen puro, o sêmen puro e congelado sem crioprotetores, o sêmen diluído e exposto aos crioprotetores sem congelação e o sêmen diluído e congelado com crioprotetores. Foram utilizados seis garanhões, colhendo 12 ejaculados cada. A patologia do complexo DNA-Proteína foi avaliada em espermatozóides fixados com etanol-ácido-acético glacial 3: 1 (v/ v), tratados com HCL 4N a 25°C e corados com azul de toluidina a 0,025% em tampão McIlvaine, empregando microscopia óptica com aumento de 1000x. Os resultados mostraram que a anomalia do complexo DNA-Proteína dos espermatozóides diferem entre os grupos congelados e não congelados (P<0,05). O sêmen congelado sem crioprotetor não apresentou aumento significativo de patologia do complexo DNA-Proteína em relação ao sêmen congelado com crioprotetores, mas ambos mostraram aumento em relação ao sêmen puro ou diluído e exposto aos crioprotetores. A influência da estação reprodutiva mostrou diferença significativa (P<0,05) somente no sêmen puro e no sêmen puro e congelado sem crioprotetor. Conclui-se que o processo de congelação exerce influência negativa sobre o complexo DNA-Proteína de espermatozóides em garanhões.


The cryopreservation process cause stress physical and chemical to the spermatozoa, causing biochemistry alteration, irreversible reduction of the spermatic motility, increase of the DNA degeneration and intracellular enzyme and lipids release. The aim of this study was to evaluate the influence of non-breeding and breeding seasons, glycerol and ethylene glycol, cryopreservation and thawing processes on stallion spermatozoa DN A -protein complexo It was compared fresh semen, diluted semen frozen without cryoprotectants, diluted semen exposured to cryoprotectants but not frozen and d) diluted semen frozen with cryoprotectants. Six stallions had 12 semen collections each. DNA-protein complex pathology was assessed by optical microscopy (1000x) using spermatozoa treated with ethanol-acetic acid 3:1 (v/v), HCl 4N at room temperature and toluidin blue 0,025% in McIlavaine buffer. Results showed that DNA-protein complex were different between frozen and not frozen spermatozoa groups (P<0,05). Frozen semen without cryoprotectants had no increasing of DNA-protein complex pathology compared to semen cryopreserved with cryoprotectant, but both showed increasing in relation to fresh and diluted semen exposured to cryoprotectants. The influence of non breeding and breeding season showed significant difference (P<0,05) in the fresh semen and fresh semen frozen without cryoprotectants. Cryopreservation process had negative influence on spermatozoa DNA-protein complex.


Subject(s)
Animals , Cryopreservation/methods , Horses , Semen Preservation/methods , Protamines/metabolism
10.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 38(1): 29-33, 2001. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-324270

ABSTRACT

Este trabalho teve como objetivo estudar em animais da raça Mangalarga os efeitos das fraçöes da lavagem uterina, do dia da colheita (D7 ou D8), do tamanho do embriäo, da idade do corpo lúteo da receptora e da transferência de embriöes pela técnica transcervical sobre os índices de recuperaçäo de embriöes e de prenhez. Houve diferença significativa (p < 0,05) nos índices de embriöes recuperados sobre os totais de colheitas (154) quanto às fraçöes (F)1 (27,3 por cento), (F)2 (15,6 por cento) e (F)3 (18,2 por cento), mas näo quanto às taxas de prenhez ((F)1 76,2 por cento; (F)2 83,3 por cento e (F)3 78,6 por cento). Quanto ao dia da colheita D7 ou D8, houve tendência à significância (p = 0,051) nos índices de embriöes recuperados (37,5 e 62,8 por cento), mas näo houve diferença nos índices de prenhez (66,7 e 78,3 por cento); entretanto, a diferença foi significativa (p < 0,05) para o tamanho dos embriöes coletados no D7 (0,230 mm ± 0,035 mm) e D8 (0,896 mm ± 0,063 mm). A idade do corpo lúteo das receptoras (dias 5, 6, 7 e 8 após a ovulaçäo) näo alterou significativamente os índices de prenhez (71,4 por cento, 88,9 por cento, 65,4 por cento e 88,6 por cento), respectivamente. Näo foram encontradas diferenças significativas (p > 0,05) nos índices de embriöes recuperados (50,9 e 59,5 por cento), bem como nos de prenhez (72,2 and 77,7 por cento), para os anos hípicos 95/96 e 96/97, quando os embriöes foram inovulados pela técnica transcervical


Subject(s)
Animals , Female , Corpus Luteum , Embryonic Structures , Horses , Pregnancy, Animal
11.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 38(1): 34-37, 2001. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-324271

ABSTRACT

Muitos fatores podem afetar as taxas de gestaçäo após a transferência de embriöes em eqüinos. Este estudo teve como objetivo avaliar, em eqüinos da raça Mangalarga e em duas estaçöes reprodutivas, a influência do garanhäo e de três diferentes técnicas de inseminaçäo (monta natural, inseminaçäo artificial com sêmen diluído fresco ou resfriado) sobre os índices de recuperaçäo de embriöes e de prenhez. No primeiro ano, foram encontradas diferenças significativas (p < 0,05) na recuperaçäo de embriöes entre cinco garanhöes estudados (28,6; 65,0; 62,9; 66,7 e 84,2 por cento), mas näo foram encontradas diferenças significativas (p > 0,05) nos índices de prenhez (50,0; 80,7; 70,6; 70,0 e 62,5 por cento). No segundo ano, verificou-se uma tendência à significância (p = 0,057), na recuperaçäo de embriöes entre quatro garanhöes estudados (44,4; 56,2; 71,4 e 73,7 por cento) e näo houve diferença significativa (p > 0,05) nos índices de prenhez (75,0; 55,6; 86,7 e 71,4 por cento). Näo houve diferença significativa (p > 0,05) nos índices de embriöes recuperados e de prenhez comparando-se a monta natural (50,0 e 87,5 por cento) e a inseminaçäo artificial com sêmen fresco (60,6 e 73,7 por cento) ou refrigerado (63,8 e 80,3 por cento)


Subject(s)
Animals , Female , Embryonic Structures , Embryo Transfer , Horses , Pregnancy, Animal
12.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 38(5): 233-239, 2001. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-324325

ABSTRACT

O corpo lúteo (CL) é a glândula produtora de progesterona (P4), hormônio cuja secreçäo contínua é essencial para o início e a manutençäo da gestaçäo em fêmeas eqüinas, e, conseqüentemente, para a aplicabilidade de inúmeras biotécnicas de reproduçäo. Considerando-se a importância do CL para a manutençäo de uma gestaçäo normal e suas características anatomofisiológicas, objetivou-se determinar por ultra-sonografia (US) o tamanho e a morfoecogenicidade (ME) do CL em receptoras de embriöes eqüinos desde a ovulaçäo (D0) até nove dias após (D9), bem como os níveis plasmáticos de P4 produzida no mesmo período. Para tanto, 57 éguas receptoras de um programa de transferência de embriöes foram examinadas diariamente por US transretal desde a primeira detecçäo dos sinais de estro até o D9. A cada exame, os CL foram mensurados e sua ME registrada segundo escore de 1 a 6 (1=anecóico; 6=hiperecóico). Amostras de sangue foram colhidas diariamente e a P4 dosada por radioimunoensaio. O diagnóstico de gestaçäo foi realizado por US aos 13 e 25 dias após a ovulaçäo. Houve uma tendência de os corpos lúteos apresentarem ME crescente (de 1 a 5) desde o dia da ovulaçäo até o D9. Os níveis de P4 foram < 2,16 ng/ml até o D3, com conseqüente elevaçäo e manutençäo em níveis de diestro entre D4 e D9 (3,41 a 4,33 ng/ml). O tamanho luteínico näo diferiu, com exceçäo das médias extremas durante o período (D2 = 31,54 mm versus D8 = 25,95mm; p < 0,05). Assim, o aumento da ME média dos CLs avaliados por US é acompanhado por aumento na concentraçäo plasmática de P4 em receptoras de embriöes, mas este evento parece näo ser dependente do tamanho da glândula luteínica. Näo existe diferença na ME, no tamanho dos corpos lúteos, nem nos níveis de P4 circulante do D0 ao D9 em receptoras de embriöes eqüinos que se tornaram gestantes ou näo após a transferência de embriöes


Subject(s)
Animals , Female , Corpus Luteum , Horses , Progesterone
13.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 38(6): 267-272, 2001. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-324332

ABSTRACT

21 éguas da raça Crioula em idade reprodutiva foram divididas em 3 grupos (I, II e III) de 7 animais; animais do grupo I receberam injeçäo intramuscular única de 3 mg de norgestomet e 5 mg de valerato de estradiol e implante subcutâneo de norgestomet na tábua do pescoço por 9 dias; animais do grupo II receberam injeçäo intramuscular única de 5 mg de estradiol 17-beta e 0,5 mg de acetato de melengestrol via oral/animal durante 9 dias; éguas do grupo III receberam 0,045 mg/kg PV de altrenogest via oral por 9 dias. A suspensäo do tratamento com progestágenos, todas as éguas dos 3 grupos receberam dose luteolítica de luprosteol e 3.000 UI de hCG quando seus folículos dominantes apresentaram características pré-ovulatórias detectadas ultra-sonograficamente. Todas as éguas foram submetidas à avaliaçäo ultra-sonográfica diária objetivando-se a análise retrospectiva do maior folículo e do segundo maior folículo, sendo cobertas próximo ao momento da ovulaçäo por garanhöes andrologicamente testados. Näo houve supressäo do desenvolvimento folicular para o grupo II (MGA). O maior grau de sincronizaçäo observado nos grupos I e III foi, respectivamente, de 85,71 por cento e 66,70 por cento no 5º dia após a administraçäo do luprosteol (p > 0,05). A porcentagem de supressäo de manifestaçäo de estro nos grupos I e III foi, respectivamente, de 85,71 por cento e 100 por cento (p > 0,05), com porcentagem de respostas em estro pós PG de 85,71 por cento para o grupo I e 85,71 por cento para o grupo III (p > 0,05). As taxas de prenhez observadas foram de 100 por cento (I) e 85,71 por cento (III) (p > 0,05). Os resultados foram baseados no número de éguas que responderam à sincronizaçäo. Os intervalos PGF2alfa-estro, PGF2alfa7-hCG, hCG-ovulaçäo e PGF2alfa-ovulaçäo para os grupos I e III foram de 4,5 ± 0,80 e 4,2 ± 0,8 (p > 0,05), 8,0 ± 1,41 e 6,17 ± 0,6 (p > 0,05), 1,5 ± 0,22 e 2,28 ± 0,28 (p > 0,05) e 9,8 ± 1,02 e 8,6 ± 1,32 dias (p > 0,05) respectivamente. Os resultados indicam a comprovaçäo da eficiência dos sistemas de sincronizaçäo de estros com implante de norgestomet e administraçäo oral de altrenogest, havendo tendência de maior grau de sincronizaçäo para o sistema norgestomet, sem diferenças significativas no tocante aos índices reprodutivos e dados de dinâmica folicular, com exceçäo do menor diâmetro dos folículos dominantes observados e da ocorrência de apenas uma onda folicular maior para ciclos suprimidos pelo regime progestágeno-estradiol


Subject(s)
Animals , Female , Estrus Synchronization , Horses , Ultrasonography
14.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 37(6): 486-490, dez. 2000. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-327453

ABSTRACT

Os resultados das taxas de fertilidade e dos tamanhos das leitegadas foram analisados na granja de suínos da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de Säo Paulo no Campus de Pirassununga, durante o período de 4 anos (1992 a 1995), com o objetivo de comparar a inseminaçäo artificial (IA) e a cobertura natural (CN) em diferentes épocas do ano, procurando estudar as influências sazonais sobre os índices reprodutivos. Foram avaliadas 799 coberturas em fêmeas das raças Landrace (L), Large White (LW) e mestiças, sendo 539 de IA e 260 de CN. Reprodutores (L e LW) de comprovada fertilidade foram utilizados tanto para CN quanto para IA. As doses de sêmen apresentavam concentraçäo mínima de 3 bilhöes de espermatozóides em volume de 100 ml. As IA foram realizadas às 12 e às 24 horas após reflexo positivo de tolerância ao macho, enquanto as montas foram realizadas no momento e às 24 horas após o diagnóstico do cio. Os índices de fertilidade foram de 72,9 por cento e 75,8 por cento e o número de leitoes nascidos de 12,4 e 12,1, respectivamente, para inseminaçäo artificial e monta natural, näo mostrando diferença significativa. A estaçäo climática influenciou a taxa de pariçäo (71,2 por cento, 81,4 por cento, 76,9 por cento e 66,4 por cento, para veräo, outono, inverno e primavera, respectivamente; p < 0,05), mas näo mostrou efeito sobre o tamanho da leitegada. Näo houve influência do tipo de cobertura (IA ou CN) e da interaçäo entre estaçäo climática e tipo de cobertura sobre as taxas de pariçöes e os tamanhos das leitegadas. As médias de temperatura máxima e mínima se correlacionaram negativamente com a taxa de pariçäo


Subject(s)
Animals , Female , Insemination, Artificial , Reproduction , Swine
15.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 36(5): 267-72, 1999. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-285618

ABSTRACT

Este trabalho teve como objetivo identificar a dose mais eficiente de FSH/LH (300, 400 e 500 UI) no tratamento superovulatório de novilhas da raça Nelore, assim como avaliar o método one-step no processo de congelaçäo de embriöes. A variaçäo da resposta superovulatória tem sido muito grande, o que explica o interesse de diversos pesquisadores em encontrar novos hormônios, doses e momentos para realizar a estimulaçäo ovariana. Foram empregadas doses de 300 (n = 20), 400 (n = 21) ou 500 UI (n = 21) de FSH/LH, iniciando-se no décimo dia do ciclo estral, em 8 aplicaçöes decrescentes, durante quatro dias consecutivos. Foi aplicado PGF2(subscrito)a concomitante com a quinta subdose de FSH/LH e realizadas duas inseminaçöes artificiais às 12 e às 24 horas após o início dos sintomas de estro. As colheitas dos embriöes foram realizadas 6,5 dias após a primeira inseminaçäo artificial. Pelo exame ultra-sonográfico, avaliaram-se os números de folículos no momento da inseminaçäo artificial (15,12; 15,76; e 14,94) e de corpos lúteos (10,68; 11,55; e 10,81) no dia da colheita, encontrando 5,20; 1,81; e 2,76 embriöes viáveis, respectivamente, para 300 UI, 400 UI e 500 UI de FSH/LH. O grupo de 300 UI de FSH/LH apresentou os melhores resultados em relaçäo aos embriöes viáveis. Dos 106 embriöes congelados pelo método one-step em 1,5 M de etilenoglicol e transferidos pelo método nao-cirúrgico, 8 resultaram em prenhez (7,5 por cento). A dose de 300 UI de FSH/LH apresentou melhor resposta superovulatória em comparaçäo com as de 400 e 500 UI para novilhas da raça Nelore. A transferência de embriöes Bos taurus indicus congelados pelo método one-step em 1,5 M de etilenoglicol nao foi eficiente


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Embryonic Structures , Ethylene Glycol , Follicle Stimulating Hormone/administration & dosage , Luteinizing Hormone/administration & dosage , Superovulation
16.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 36(6): 300-303, 1999. tab
Article in English | LILACS | ID: lil-303479

ABSTRACT

The aim of this study was to evaluate the influence of the dominant follicle during it's growing, static and regression phases on the superovulatory response in 18 estral cycles of nelore heifers. The follicular development was monitored by ultrasound from Day 6 to Day 10 (Day 0=estrus) of the oestrus cycle, when the diameter of the largest follicle was measured and the number of subordinate follicles counted. The animals where superovulated with 400 or 500IU of FSH/LH twice daily for 4 days begining on day 10 of the oestrus cycle I was injected PGF2(subscribe)a concomitantly with the fifth dose of FSH/LH. Artificial insemination was done 12 and 24 hours after the begining of the estrus. Embryos were recovered on day 6.5 after the first insemination. If a dominant follicle was present before superovulation, it was observed subordinate follicles atretic and low response to superovulatory treatment. The best result of transferable and total embryos was observed when the dominant follicle was in regression phase (3.67 and 10.17) at the beginning of the superovulatory treatment


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Reproduction
17.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 29(1): 131-7, 1992. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-128572

ABSTRACT

O objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência de sêmen congelado, submetido às provas rápida (45 §C/1 hora) e lenta (38 §C/5 horas) de termo-resistência, sobre a fertilidade de fêmeas da espécie bovina. Cento e dezenove vacas foram selecionadas e divididas em 2 tratamentos. No tratamento 1 foram incluídos 6 grupos de 10 fêmeas, inseminadas com material cuja análise laboratorial revelou motilidade espermática progressiva superior ou igual a 20//, na prova rápida e valor menor a 20//na prova lenta. O tratamento 2 (controle) utilizou 59 vacas distribuídas em 5 grupos de 10 e um grupo de 9, inseminadas com material que, na prova lenta, apresentou 20//de motilidade espermática progressiva e qualquer valor na prova rápida. Apenas uma palheta foi utilizada por estro, tolerando-se até 3 repetiçöes de cio. O diagnóstico de gestaçäo foi realizado por palpaçäo retal, cerca de 60 dias após a última inseminaçäo artificial. Resultados satisfatórios foram alcançados nas taxas de prenhez (TTR/R = 0,793 ñ 0,05 e TTR/L = 0,875 ñ 0,05), näo havendo diferença estatística (P>0,05) quanto ao tipo de provas do termo-resistência. Näo houve diferença significativa (P>0,05) de prenhez de fêmeas inseminadas com material submetido ao teste de termo-resistência rápido, quando a motilidade espermática variou de 20 a 50//


Subject(s)
Animals , Female , Pregnancy , Fertility , Semen Preservation/standards
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL