Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 21
Filter
1.
Acta sci., Health sci ; 44: e54907, Jan. 14, 2022.
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1367787

ABSTRACT

The teaching-service-community integration is an important strategy for achieving changes in the training of human resources in health, in order to train professionals with a profile to work in the Brazilian Unified Health System (SUS, as per its Portuguese acronym). This study analyzed how it occurs and what are the contributions of the teaching-service-community integration in the view of professors from the first to the seventh period of Medicine, Nursing and Dentistry programs at a university in northeastern Brazil. This is an exploratory and descriptive study, with a quantitative approach. Data were collected using an interview form and analyzed with the help of SPSS software. The descriptive analysis of the data, the chi-square test and the calculation of the internal consistency of the evaluation scale were used. The study had the participation of 106 professors. Results show that practices were still predominantly performed in university clinics and hospitals, 76 (71.7%). Most professors, 59 (56.7%), consider the teaching-service-community interaction very important for the quality of training and recognize its importance in strengthening SUS, 89 (85.6%). Although there was resistance on the part of some professors to follow-up students in extramural services, most of them, 94 (89.5%), consider the role of professors as essential for changing health practices, especially professors in nursing and dentistry professors that carry out extramural practices (p < 0.01). Interdisciplinary practices were performed more frequently in the first two periods of the three courses and by the nursing course (p = 0.001). In turn, multiprofessional interaction predominates in the practical classes of the nursing course and practices held outside the university domain (p < 0.01). It is evident the need to institutionalize the teaching-service-community interaction, as well as to value initiatives that streamline and make teaching more flexible in multiprofessional and interdisciplinary activities, fundamental for the amendment of training in health.

2.
Rev. Ciênc. Plur ; 7(1): 103-123, jan. 2021. tab, ilus
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-1147714

ABSTRACT

Introdução:Os avanços da sociedade moderna trouxeram grandes desafios aos mais variados setores do mercado de trabalho,levandoosindivíduosa se readaptaremaos novos processos de trabalho.Um dos desafios remete a extensas jornadas e múltiplos vínculos empregatícios, fato que aumenta a vulnerabilidade, as chances de adoecimento e absenteísmo dos trabalhadores. Objetivo:Conhecer aprevalência do absenteísmo entre os trabalhadores do Sistema Único de Saúde, assim como os profissionais mais acometidos, a causa mais prevalente e o tempo médio de afastamento.Metodologia:Trata-se de uma revisão sistemáticada literaturaguiada pelo protocolo PRISMA. As evidências, publicadas até 31 de dezembro de 2019,foram recuperadas das bases WEB OF SCIENCE, WHOLIS, PAHO, SCOPUS, SCIELOe PUBMED/MEDLINEe a avaliação da qualidade dos estudos foi conduzida por uma versão adaptada do protocolo STROBE.Resultados:Os achados dos 17 artigos incluídos nesta revisão revelamque a frequência de absenteísmo, assim como o tempo médio de afastamento entre os trabalhadores do Sistema Único de Saúde, é variável. Os estudos selecionados apontam os profissionais de enfermagem como a categoria que mais se ausenta do trabalho. Entretanto, ao considerar esse achado, precisa-se destacar que a quantidade de estudos encontrados para as demais categorias profissionais é limitada. Conclusões:As consequências do absenteísmo não recaem apenas sobre o trabalhador ou sobre o empregador, mas geram sobrecarga aos profissionais não faltosos, fato que compromete a qualidade da atenção aos usuários do Sistema Único de Saúde. Destaca-se que o conhecimento acerca do absenteísmo podeser um importante instrumento para a gestão do trabalho em saúde (AU).


Introduction:The advances of modern society have brought great challenges to the most varied sectors of the labor market, leading individuals to readapt to the new work processes. One of the challenges refers to long hours and multiple employmentbonds, a fact that increases the vulnerability, the chances of illness and absenteeism of workers.Objective:To know the prevalence of absenteeism among workers in the Unified Health System, as well as the most affected professionals, the most prevalent cause and the average time away from work.Methodology:This is a systematic review of the literature guided by the PRISMA protocol. The evidence, published until December 31, 2019, was retrieved from the WEB OF SCIENCE, WHOLIS, PAHO, SCOPUS, SCIELO and PUBMED/MEDLINE databases and the evaluation of the quality of the studies was conducted by an adapted version of the STROBE protocol.Results:The findings of the 17 articles included in this review reveal that the frequency of absenteeism, as well as the average time of absence between workers in the Unified Health System, is variable. The selected studies point to nursing professionals as the category that is most absent from work. However, when considering this finding, it should be noted that the number of studies found for theother professional categories is limited.Conclusions:The consequences of absenteeism do not fall only on the worker or the employer, but they create a burden on non-absent professionals, a fact that compromises the quality of care for users of the Unified Health System. It is highlighted that knowledge about absenteeism can be a important tool for the management of health work (AU).


Introducción: Los avances de la sociedad moderna han traído grandes retos a los más variados sectores del mercado laboral, llevando a las personas a readaptarse a los nuevos procesos laborales. Uno de los desafíos se refiere a las largas jornadas ylas múltiples relaciones laborales, hecho que aumenta la vulnerabilidad, las posibilidades de enfermedad y el absentismo de los trabajadores. Objetivo: Conocer la prevalencia de absentismo entre los trabajadores del Sistema Único de Salud, así como los profesionales más afectados, la causa más prevalente y el tiempo medio de baja laboral. Metodología: Se trata de una revisión sistemática de la literatura guiada por el protocolo PRISMA. La evidencia, publicada hasta el 31 de diciembre de 2019, se recuperó de las bases de datos WEB OF SCIENCE, WHOLIS, PAHO, SCOPUS, SCIELOy PUBMED/MEDLINE y la evaluación de la calidad de los estudios se realizó mediante una versión adaptada del protocolo STROBE. Resultados: Los hallazgos de los 17 artículos incluidos en esta revisión revelan que la frecuencia de absentismo, así como el tiempo medio de ausencia entre los trabajadores del Sistema Único de Salud, es variable. Los estudios seleccionados señalan a los profesionales de enfermería como la categoría más ausente del trabajo. Sin embargo, al considerar este hallazgo, debe tenerse en cuenta que el número de estudios encontrados para las otras categorías profesionales es limitado.Conclusiones: Las consecuencias del absentismo no recaen solo sobre el trabajador o el empleador, sino que generan una carga para los profesionales no ausentes, hecho que compromete la calidad de la atención a los usuarios del Sistema Único de Salud. Se destaca que el conocimiento sobre el absentismo puede ser unaherramienta importante para la gestión del trabajo sanitario (AU).


Subject(s)
Unified Health System , Occupational Health , Absenteeism , Health Workforce , Work Hours , Brazil , Sick Leave
3.
Natal; Una; 2020. 370 p. ilus.
Monography in Portuguese | ColecionaSUS, LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-BA | ID: biblio-1123733

ABSTRACT

Aborda a temática gestão do trabalho e da educação na saúde, apresenta análises e vivências que retratam resultados de pesquisas, reflexões e relatos de experiências que foram realizadas em diferentes localidades do Brasil


Subject(s)
Health Management , Education, Continuing , Work , Education
4.
Saúde debate ; 42(119): 849-861, Out.-Dez. 2018. tab, graf
Article in Portuguese | RHS, LILACS, RHS | ID: biblio-986074

ABSTRACT

RESUMO O aperfeiçoamento das práticas de gestão do trabalho constitui uma exigência para os serviços de saúde de todas as regiões do País. O presente estudo analisa a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) nas instituições de saúde, a partir da perspectiva dos profissionais de saúde da região Centro-Oeste do Brasil. Trata-se de um estudo documental, de abordagem qualitativa. O conteúdo textual dos documentos foi submetido à análise lexicográfica e Classificação Hierárquica Descendente (CDH), com auxílio do software Iramuteq. Os documentos foram analisados à luz da Análise de Conteúdo de Bardin. O universo da pesquisa se constituiu de 211 documentos. Quanto ao perfil dos profissionais cujos depoimentos constam nos documentos da pesquisa, observou-se predominância de servidores do sexo feminino, na faixa etária de 36 a 50 anos, de nível superior e da esfera estadual. Apesar de persistirem desafios, como condições desfavoráveis de trabalho e não cumprimento dos direitos trabalhistas por parte de alguns gestores, o PCCS mostra-se como um instrumento de motivação dos trabalhadores, contribuindo para valorização, fixação e perspectiva de carreira, principalmente no âmbito federal.


ABSTRACT The improvement of working management practices is a requirement for health services in all regions of the Country. The present study analyzes the implementation of the Position Plans, Careers and Salaries (PCCS) in health institutions, from the perspective of health professionals in the Central-West region of Brazil. This is a documentary study, with a qualitative approach. The textual content of the documents was submitted to the lexicographical analysis and Descending Hierarchical Classification (DHC), with the help of the Iramuteq software. The documents were analyzed in the light of the Bardin Content Analysis. The research universe consisted of 211 documents. As for the profile of the professionals whose testimonies are contained on the research documents, it was observed the predominance of female servers, in the age group of 36 to 50 years, with a higher education level and from the state sphere. Despite the challenges, such as unfavorable working conditions and non-compliance of labor rights by some managers, the PCCS shows itself as a motivational instrument to the workers, contributing to the valorization, fixation and career prospects, especially at the federal level.


Subject(s)
Humans , Salaries and Fringe Benefits , Health Workforce/trends , Organization and Administration , Work , Unified Health System , Brazil , Career Mobility
5.
Saúde debate ; 42(119): 977-989, Out.-Dez. 2018. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-986072

ABSTRACT

RESUMO O objetivo deste artigo é compreender a percepção de pessoas idosas sobre a atenção à saúde promovida por profissionais da Estratégia Saúde da Família e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família para o enfrentamento de suas necessidades. Trata-se de um estudo descritivo com aproximação metodológica qualitativa, fundamentado na perspectiva de usuários da Atenção Primária à Saúde do município de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. Utilizou-se o grupo focal como recurso metodológico, e os dados foram analisados com base no método da Análise de Conteúdo, na modalidade temática. Os resultados foram classificados em três unidades temáticas: (I) Necessidade de boas condições de vida; (II) Necessidade de acesso aos serviços de saúde; e (III) Possibilidades de atendimento às necessidades elencadas. A realização desta pesquisa evidencia que as necessidades das pessoas idosas, no cenário estudado, demandam ações intersetoriais. Outrossim, aponta elementos para uma reflexão crítica sobre a importância da adoção de estratégias nas três esferas de gestão para melhorar os determinantes sociais e diminuir os agravos à saúde dessas pessoas.


ABSTRACT The aim of this article is to understand the perception of elderly people about health care promoted by professionals from the Family Health Strategy and the Family Health Support Center in order to meet their needs. This is a descriptive study with a qualitative methodological approach, based on the perspective of users of Primary Health Care in the city of Natal, Rio Grande do Norte, Brazil. The focal group was used as a methodological resource, and the data were analyzed based on the Content Analysis method, in the thematic modality. The results were classified into three thematic units: (I) Need for good living conditions; (II) Need for access to health services; and (III) Possibilities to meet the needs listed. The realization of this research shows that the needs of the elderly, in the scenario studied, demand intersectoral actions. It also points out elements for a critical reflection on the importance of adopting strategies at the three levels of management to improve social determinants and reduce the health problems of these people.

6.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(supl.2): 1661-1673, 2018. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-975828

ABSTRACT

Resumo O artigo analisa a inserção da temática do envelhecimento e da educação interprofissional na formação dos profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) a partir da leitura dos projetos pedagógicos dos cursos desses profissionais. A pesquisa que deu origem a este artigo é do tipo documental, com abordagem qualitativa, realizada no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Os projetos pedagógicos foram analisados com base no método da análise de conteúdo, utilizando o procedimento da análise temática em duas unidades de registro preestabelecidas: (i) competências profissionais e (ii) estrutura curricular. Como parte dos resultados, nenhum dos cursos investigados neste estudo oferta uma educação interprofissional em saúde que contemple discussões mais profundas acerca do envelhecimento.(AU)


Resumen El artículo analiza la inserción de la temática del envejecimiento y de la educación interprofesional en la formación de los profesionales de la Estrategia Salud de la Familia (ESF) y del Núcleo de Apoyo a la Salud de la Familia (NASF), a partir de la lectura de los proyectos pedagógicos de los cursos de esos profesionales. La investigación que dio origen a este artículo es del tipo documental, con abordaje cualitativo, realizada en el estado de Rio Grande do Norte, Brasil. Los proyectos pedagógicos se analizaron con base en el método del análisis de contenido utilizando el procedimiento del análisis temático en dos unidades de registro preestablecidas: (i) competencias profesionales y (ii) estructura curricular. Como parte de los resultados, ninguno de los cursos investigados en este estudio ofrece una educación interprofesional en salud que incluya discusiones más profundas sobre el envejecimiento.(AU)


Abstract This article analyzes the inclusion of the aging and interprofessional education topics in the education of Family Health Strategy (ESF) and Family Health Support Center (NASF) professionals by analyzing their courses' pedagogical projects. The article is based on a qualitative documentary research held in the state of Rio Grande do Norte, Brazil. The pedagogical projects were analyzed based on the content analysis method using the thematic analysis procedure in two predetermined recording units: (i) professional competencies and (ii) curricular structure. As part of the results, none of the courses investigated in this study offer an interprofessional health education addressing deeper aging discussions.(AU)


Subject(s)
Humans , Aging , Health of the Elderly , Family Health Strategy , Interprofessional Relations
7.
Ciênc. saúde coletiva ; 22(6): 1817-1828, jun. 2017. tab, graf
Article in Portuguese | RHS, LILACS, RHS | ID: biblio-840005

ABSTRACT

Resumo O artigo analisa o papel das Comissões Permanentes de Integração Ensino-Serviço (CIES) na implementação da Politica de Educação Permanente em Saúde (EPS). Trata-se de estudo multicêntrico de abordagem qualiquantitativa que utilizou questionário on line autoaplicável e entrevista semiestruturada como técnica de coleta de dados. Os informantes chave foram os responsáveis pela Política de EPS das 27 Secretarias Estaduais de Saúde (SES) e 7 coordenadores das CIESs das cinco Regiões do Brasil. Os achados apontaram a existência de setor específico de EPS na maioria das SES; alta escolarização, experiência e vínculo estável dos gestores. Quanto às CIESs, constatou-se: existência na maioria dos estados; diversidade de seu processo de criação; composição plural; regularidade de reuniões; boa relação com instituições formadoras; dificuldades na utilização e manejo dos recursos destinados à EPS. O estudo apontou avanços demonstrando a importância dessas instâncias como espaços de negociação, pactuação e desenvolvimento da EPS. Contudo, desafios ainda precisam ser superados para que se consolidem os projetos nas SES fortalecendo a PNEPS.


Abstract The article analyzes the role of Permanent Committees of Teaching-Service Integration (CIES) in the implementation of Permanent Education in Health Policy (EPS). It is a multicenter study with a qualitative-quantitative approach which used a self-applied online questionnaire and a semi-structured interview for data collection. The key respondants were the responsible for EPS Policy of the 27 State Health Secretariats (SES) and 7 coordinators of CIESs of the five regions of Brazil. The findings showed the existence of a specific EPS sector in most SES; high level of schooling, experience and stable employment status of the managers. Regarding CIESs, it was verified: existence in most of the states; creative process diversity; plural composition; regularity of meetings; good relationship with training institutions; difficulties in the use and management of resources destined for EPS. The study indicated progress, showing the importance of these instances as spaces of negotiation, agreement and development of EPS. However, challenges still need to be overcome in order to consolidate projects in the SES, strengthening the PNEPS.


Subject(s)
Humans , Education, Continuing , Health Policy , Health Policy , Brazil , Education, Continuing/organization & administration , Health Manager , Unified Health System
8.
Natal; Una; 2017. 202 p. ilus, tab, graf.
Monography in Portuguese | RHS, LILACS, RHS | ID: biblio-885112

ABSTRACT

Este livro trata de um dos temas mais espinhosos da Gestão do Trabalho em Saúde: a gestão de conflitos nos serviços que constituem o Sistema Único de Saúde. Tema árduo, sem dúvida, considerando que ele envolve questões de poder, compreendendo este como um exercício nas instituições e como uma estratégia que está em todas as relações. Nesta publicação, a gestão de conflitos é tratada no cenário das Mesas de Negociação do Trabalho em Saúde, entendendo tal cenário como um espaço de articulação e de acordos entre trabalhadores e gestores. Decidir por esta publicação teve como pressuposto que a complexidade da gestão do Sistema Único de Saúde demanda a necessidade da prática da negociação, tendo em vista superar as práticas autoritárias que costumam provocar ou exacerbar os conflitos que trazem baixa produtividade, má qualidade dos serviços de saúde, frustração dos trabalhadores e insatisfação dos usuários. Nesse sentido, espera-se que os artigos aqui apresentados tenham utilidade para a gestão do SUS. A publicação deste livro faz parte de uma série de atividades que compõem o Projeto Apoio à Estruturação da Rede de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde nas Regiões Norte e Centro-Oeste. Este projeto é resultado de parceria estabelecida entre o Observatório de Recursos Humanos, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e o Departamento de Gestão e Regulação do Trabalho (DEGERTS), da Secretaria de Gestão e da Educação na Saúde (SGETES), do Ministério da Saúde.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Negotiating , Unified Health System , Organization and Administration , Public Health , Health Policy , Work
10.
Hist. ciênc. saúde-Manguinhos ; 22(1): 143-152, Jan-Mar/2015.
Article in English | LILACS, BDS | ID: lil-741519

ABSTRACT

The article analyzes an experience in technical cooperation between Brazil and Andean countries in the form of the International Course in the Management of Human Resource Policies in Health. This exploratory documental study encompassed a number of Latin American countries whose institutions of higher education had partnerships with the Federal University of Rio Grande do Norte, mediated by the Pan American Health Organization Representation in Brazil. The course experience shows that fundamental values like ethics and solidarity are determinant to the success of technical cooperation processes.


Analisa a experiência de cooperação técnica entre o Brasil e os países da região andina, realizada por meio do Curso Internacional em Gestão de Políticas de Recursos Humanos em Saúde. Para tanto, foi efetivado estudo documental de caráter exploratório, envolvendo diversos países da América Latina, resultado de parcerias estabelecidas entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte e instituições de ensino superior dos países participantes. O estabelecimento das parcerias e a condução do processo foram mediados pela Organização Pan-americana da Saúde-Representação do Brasil. A experiência do curso possibilitou demonstrar que valores fundamentais como ética e solidariedade são determinantes para o êxito de processos de cooperação técnica.


Subject(s)
Humans , Female , Child , Adult , Parotid Gland/pathology , Parotid Neoplasms/pathology , Biopsy , Genetic Predisposition to Disease , Immunohistochemistry , Neoplasm Recurrence, Local , Phenotype , Parotid Gland/chemistry , Parotid Gland/surgery , Parotid Neoplasms/chemistry , Parotid Neoplasms/genetics , Parotid Neoplasms/surgery , Sclerosis , Siblings , Time Factors , Treatment Outcome , Biomarkers, Tumor/analysis , Biomarkers, Tumor/genetics
11.
Rev. direito sanit ; 13(1): 86-101, mar.-jun. 2012.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-696241

ABSTRACT

O artigo se propõe a fazer uma breve revisão da literatura sobre o trabalho nos serviços de saúde, buscando associar as condições de trabalho às condições de saúde dos profissionais da saúde. Pretende chamar a atenção para o trabalho, como categoria fundamental para discussão acerca do tema direito à saúde do trabalhador, identificando estratégias de gestão que seguem na direção de envolver os trabalhadores na construção de processos e territórios saudáveis de trabalho.


Subject(s)
Male , Female , Humans , Health Workforce , Occupational Health , Occupational Health Services , Right to Health , Working Conditions
12.
Divulg. saúde debate ; (47): 84-91, maio 2012.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-654218

ABSTRACT

Um dos grandes desafios da administração, tanto pública quanto privada, consiste em gerenciar os conflitos nas organizações, em paralelo ao atendimento adequado das demandas da sociedade e, mais especificamente, dos usuários e consumidores de produtos e serviços. Nesse cenário, a prática da negociação coletiva conquistou um espaço privilegiado por meio das mesas de negociação permanente. Partindo desse pressuposto este trabalho teve como objetivo compreender a dinâmica de funcionamento da Mesa de negociação na secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte/RN. A análise das Atas das reuniões da Mesa permitiu identificar os resultados aqui apresentados, dentre eles a construção de um espaço com vistas à democratização das relações de trabalho.


One o the greatest challenges in both public and private administration in managing organizational conflict while at the same time adequately meeting the demands of society, particularly those of the consumers of goods and services. Collective negotiation has therefore gained ground by means of permanent negotiation tables. This study aims to understand the dynamic and functioning of the negotiating table in the Rio Grande do Norte (RN) State-Health Department. Analysis of the minutes from negotiation table meeting identified the results presented here. These include the construction of a space to foster democratized work relations.


Subject(s)
Health Administration , Health Management , Health Workforce
13.
Natal; Observatório RH;NESC/RN; 2008. 267 p. ilus, tab.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: lil-520734

ABSTRACT

O tema deste estudo é a contribuição da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Representação do Brasil, para o campo de recursos humanos em saúde no país. O pressuposto é que essa organização, ao mesmo tempo em que influenciava o desenvolvimento desse campo, ela também era influenciada pelas instituições brasileiras e pelos movimentos políticos nacionais, a partir da interação dos seus consultores com esses movimentos. Quatro Projetos foram selecionados para, através deles, se abordar a contribuição da OPAS: O Programa de Preparação Estratégica de Pessoal em Saúde (PPREPS), o Projeto de Formação em Larga Escala de Pessoal de Nível Médio e Elementar (Projeto Larga Escala), o Projeto de Capacitação em Desenvolvimento de Recursos Humanos em Saúde (CADRHU) e o Projeto de Desenvolvimento Gerencial de Unidades Básicas do Sistema Único de Saúde (GERUS). Para a operacionalização da pesquisa foram utilizados, de forma complementar, três procedimentos básicos: a pesquisa bibliográfica, a pesquisa documental e a entrevista. O recorte temporal considerou o ano de 1975 como ponto de partida por ter sido, neste ano, celebrado o Acordo entre a OPAS, o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação e Cultura em que foi instituído o PPREPS. Através deste Programa foi contratada a primeira equipe de consultores de recursos humanos nacionais da OPAS. No período de 1975 a 1999 são identificados movimentos políticos e sociais que modificaram o rumo das políticas de saúde do país, entre eles o Movimento da Reforma Sanitária Brasileira, que culminou com a instalação do Sistema Único de Saúde (SUS). A tese demonstra as conexões dos consultores da OPAS com este movimento e as implicações que isso teve para o Programa de Cooperação em Desenvolvimento de Recursos Humanos da OPAS/Brasil; demonstra também que na medida em que o programa ia sendo "contaminado" pelos movimentos nacionais de reorganização dos sistemas de saúde e de democratização da sociedade brasileira, ele ia construindo, em cooperação com as instituições nacionais, uma proposta de organização para determinadas áreas de atuação dessas mesmas instituições; revela que, a partir do Projeto Larga Escala, o citado programa de recursos humanos assumiu a opção pedagógica e metodológica que seria o fio condutor de vários outros projetos educacionais realizados por meio da cooperação técnica da OPAS com diversas instituições brasileiras; e, por fim, identifica as repercussões e contribuições desses projetos educacionais para o fortalecimento da área de recursos humanos nos serviços públicos de saúde do país. Para a análise dos dados encontrados procurou-se apoio, principalmente, nos aportes teóricos de Bourdieu, Gramsci e Freire


Subject(s)
Humans , Health Workforce , Pan American Health Organization/organization & administration , Health Care Reform , Health Centers , Technical Cooperation
16.
Natal; Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2007. 217 p. graf.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: lil-598030
18.
In. Brasil. Ministério da Saúde. Observatório de recursos humanos ou saúde no Brasil: estudos e análises. Rio de Janeiro, FIOCRUZ, 2003. p.329-342, graf.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: lil-350350
19.
Brasília-DF; Ministério da Saúde; 2002. 225 p.
Monography in Portuguese | ColecionaSUS, LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-936531
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL