Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 12 de 12
Filter
Add filters








Year range
1.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 58: e183731, 2021. ilus, tab
Article in English | ID: biblio-1344763

ABSTRACT

This study aimed to verify if the process of artificial insemination (AI) characterized here as animal immobilization, the passage of the semen applicator through the cervix, and deposition of the semen in the uterus, affected cows' welfare. For this, 18 beef calved cows were selected and divided into two groups: inseminated cows (AIG, n = 9), and not inseminated cows, the control group (CG, n = 9). Body condition score, uterus, and ovary evaluation were performed. Later, both groups were submitted into an estrus synchronization protocol and only the AIG group was inseminated. Blood components of urea, creatinine, AST, GGT, CK, glucose, triglycerides, cholesterol, HDL, LDL, VLDL, NEFA, BHB, cortisol, estradiol, progesterone, albumin, and total protein were measured 30 h before AI, and 4, 24, 48 and 168 h after AI. Statistical differences were considered when P <0.05. No differences between AIG and CG were observed. On the other hand, when the moment of insemination was evaluated, differences were observed for urea, creatinine, AST, GGT, CK, glucose, triglycerides, NEFA, BHB, albumin, and total protein. There was an oscillation of metabolic profiles depending on the time and procedures to which animals were exposed, even though it could be inferred that the AI process was incapable of altering those metabolic components on animals that were inseminated. Still, we can affirm that artificial insemination cannot be categorized as a negative reproduction tool on animal welfare. However, the containment and management procedures for AI may alter the metabolic profile of cows, especially the increase of CK.(AU)


O objetivo deste estudo foi verificar se o processo de inseminação artificial (IA) caracterizado como imobilização do animal, passagem do aplicador de sêmen pelo colo do útero e deposição do sêmen no útero, afetou o bem-estar de bovinos. Para tanto, foram selecionadas 18 vacas de corte paridas, divididas em dois grupos: grupo de animais inseminados (AIG, n = 9) e grupo de animais não inseminados, grupo controle (GC, n = 9). Foram avaliados o escore de condição corporal, útero e ovário. Posteriormente, ambos os grupos foram submetidos a um protocolo de sincronização de cio e apenas o grupo AIG foi inseminado. Componentes metabólicos como ureia, creatinina, AST, GGT, CK, glicose, triglicerídeos, colesterol, HDL, LDL, VLDL, NEFA, BHB, cortisol, estradiol, progesterona, albumina e proteína total foram mensurados 30 horas antes da IA e 4, 24, 48 e 168 horas após a IA. Diferenças estatísticas foram consideradas quando P <0,05. Não foram observadas diferenças entre os dois grupos, por outro lado, quando o momento da inseminação foi avaliado, diferenças foram observadas para ureia, creatinina, AST, GGT, CK, glicose, triglicerídeos, NEFA, BHB, albumina e proteína total. Houve uma variação dos perfis metabólicos em função do tempo e dos procedimentos que os animais foram submetidos, embora pode-se inferir que o processo de IA não foi capaz de alterar esses componentes metabólicos os animais inseminados. Ainda assim, observou-se que o processo de IA não foi categorizado como uma ferramenta negativa de reprodução com relação ao bem-estar animal. Porém, ainda assim, os procedimentos de contenção e manejo da IA podem alterar o perfil metabólico das vacas, principalmente o aumento da CK.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Animal Welfare , Cattle/embryology , Insemination, Artificial/veterinary , Human-Animal Interaction , Metabolism
2.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 58: e175224, 2021. ilus, tab
Article in English | ID: biblio-1343348

ABSTRACT

In dairy cattle, supplementation with polyunsaturated fatty acids (PUFAs) is considered to be an important tool to decrease the negative energy balance of periparturient dairy cows and improve the reproductive and immune systems. The most common PUFAs added to ruminant diets are omega 3 (n-3 PUFA) as linolenic acid and omega 6 (n-6 PUFA) as linoleic acid. This paper aims to review the potential effects of n-3 PUFA. We consider the effects of n-3 PUFA on the bovine immune system, especially on immune cells, and on in vivo and in vitro reproductive parameters, emphasizing how n-3 PUFAs act as modulators through one or more molecular mechanisms. The incorporation of n-3 PUFA in the dairy cow diet has positive effects on animal fertility and immunity. Future research on n-3 PUFA should be more explored concerning reproduction and immune function, starting from the investigation of basic biology to their potential for application in the clinical and preventive medicine fields.(AU)


Em rebanhos leiteiros, a suplementação com ácidos graxos poliinsaturados (PUFAs) é considerada uma ferramenta importante para diminuir o balanço energético negativo de vacas leiteiras durante o periparto e contribuir para a reprodução e sistema imunológico. Os efeitos da suplementação com PUFA sobre estes sistemas têm sido pouco explorados na literatura. Os PUFAs mais comuns na dieta dos ruminantes são Ômega-3 (n-3 PUFA) como ácido linolênico e Ômega-6 (n-6 PUFA) como ácido linoleico. Esta revisão abordará os aspectos gerais do n-3 PUFA, seus efeitos mais relevantes no sistema imune, principalmente seus efeitos nas células imunes, bem como seus efeitos na parte reprodutiva, tanto in vivo como in vitro, enfatizando a ação do n-3 PUFA através de mecanismos moleculares. A incorporação de n-3 PUFAs na dieta de vacas leiteiras exerce efeitos positivos na fertilidade e imunidade. Mais estudos a fim de explorar a função do n-3 PUFA na modulação do sistema imune e parâmetros reprodutivos, desde a investigação da biologia básica até a aplicação a campo de modo clínico e preventivo, devem ser requeridos.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Reproduction/physiology , Fatty Acids, Omega-3 , Linoleic Acid , Fatty Acids, Unsaturated/analysis , Immunity , Immune System
3.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 57(3): e166205, 2020. tab, graf
Article in English | ID: biblio-1122181

ABSTRACT

In freshwater fish with external fertilization, sperm sampling can be contaminated with urine, which triggers motility and gives rise to decreased fertilization success. The maintenance of freshwater fish in hyperosmotic conditions may reduce urine production and improve sperm quality. Thus, the aim of this work was to verify if acute exposure to various NaCl concentrations improves sperm quality in the yellowtail tetra Astyanax altiparanae. Spermiation was induced using a single dose of carp pituitary gland (5 mg kg-1) and the males were maintained at various NaCl concentrations: NaCl 0.00% (control), NaCl 0.45% (hypoosmotic), NaCl 0.9% (isosmotic) and NaCl 1.0% (hyperosmotic) for 6 h at 26 °C. Sperm was collected and verified for activation by urine and motility traits. At 0.00%, 0.45%, and 0.90%, the sperm was motile just after sampling, indicating activation by urine. Surprisingly, at hyperosmotic conditions, no activation was observed. Other sperm and motility parameters did not show any statistical differences, including sperm viability (P = 0.7083), concentration (P = 0.9030), total motility (P = 0.6149), VCL (curvilinear velocity; P = 0.1216), VAP (average path velocity; P = 0.1231) and VSL (straight-line velocity; P = 0.1340). Our results indicate that acute maintenance at hyperosmotic conditions eliminates sperm activation by urine and maintains sperm quality. Such a new procedure is interesting for both basic and applied sciences, including reproductive practice in fish.(AU)


Em peixes de água doce com fertilização externa, a amostragem de espermatozoides pode ser contaminada pela urina, o que desencadeia motilidade e gera menor sucesso na fertilização. A manutenção de peixes de água doce em condições hiperosmóticas pode reduzir a produção de urina e melhorar a qualidade do esperma. Assim, o presente trabalho foi delineado para verificar se a exposição aguda a várias concentrações de NaCl melhora a qualidade do esperma no tetra-amarelo Astyanax altiparanae. A espermiação foi induzida usando uma dose única de hipófise da carpa (5 mg kg-1) e os machos foram mantidos em várias concentrações de NaCl: NaCl 0,00% (controle), NaCl 0,45% (hipoosmótico), NaCl 0,9% (isosmótico) e NaCl 1,0% (hiperosmótico) por seis horas a 26 °C. O esperma foi colhido e verificado quanto à ativação por urina e traços de motilidade. Em 0,00%, 0,45%, 0,90% os espermatozóides eram móveis logo após a amostragem, indicando ativação pela urina. Surpreendentemente, em condições hiperosmóticas, nenhuma ativação foi observada. Outros parâmetros espermáticos e de motilidade não mostraram diferenças estatísticas, incluindo viabilidade espermática (P = 0,7083), concentração (P = 0,9030), motilidade total (P = 0,6149), VCL (Velocidade Curvilinear; P = 0,1216), VMD (Velocidade Média de Deslocamento; P = 0,1230) e VLR (Velocidade em linha Reta; P = 0,1340). Nossos resultados indicam que a manutenção aguda em condições hiperosmóticas elimina a ativação do esperma pela urina e mantém a qualidade do esperma. Esse novo procedimento é interessante para as ciências básicas e aplicadas, incluindo a prática reprodutiva em peixes.(AU)


Subject(s)
Animals , Osmosis , Salinity , Semen Analysis/methods , Semen Analysis/veterinary , Characidae/physiology , Sperm Motility
4.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 50(5): 384-395, 2013. ilus, tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-789888

ABSTRACT

The testicular artery is responsible for the blood supply that reaches the testis and has great importance in heat radiation. Vascular changes in the testis may lead to damage in sperm production, reflected in sperm motility and morphology. The aim of the present study was to evaluate correlations between testicular vascularity and sperm characteristic. Eight adult Santa Ines rams showing different reproductive status were used. The testicular vascularity and sperm characteristics were evaluated fortnightly during 90 days. Color Doppler ultrasonography was used to evaluate the testicular hemodynamic. Resistance index (RI) and pulsatility index (PI) of the testicular artery were evaluated by spectral-Doppler mode. The color-Doppler mode was used to evaluate the blood flow of the pampiniform plexus and testicular parenchyma. The semen analyses assessed were volume, concentration, motility, and morphology. The data were submitted to Pearson´s linear correlations test (p 0.05 was considered significant). No correlations were found between motility and testicular hemodynamic. The percentage of total sperm defects was positively correlated to left and right parenchymal score and to left RI and PI. On the other hand, the pampiniform plexus score was positively correlated to the number of colored pixels and negatively correlated to the RI and PI, for both sides. This study showed that the increase of sperm defect can be related to increase of testicular blood flow; however, more studies are need.


A artéria testicular é responsável pelo fluxo de sangue que chega aos testículos e tem grande importância na termorregulação. Mudanças vasculares nos testículos podem levar à queda da produção espermática, refletindo na motilidade e morfologia. O objetivo deste trabalho foi avaliar as correlações entre a vascularização testicular e as características espermáticas. Foram utilizados oito carneiros adultos Santa Inês com diferentes status reprodutivos. A vascularização testicular e as características seminais foram avaliadas por um período de 90 dias. A ultrassonografia Doppler colorida foi utilizada para avaliar a hemodinâmica testicular. Foram calculados os índices de resistência (RI) e os índices de pulsatilidade (PI) com o modo espectral do Doppler. O modo colorido do Doppler foi utilizado para analisar o fluxo sanguíneo do plexo pampiniforme e do parênquima testicular. As características seminais avaliadas foram o volume, concentração, motilidade e morfologia. Os dados foram submetidos ao teste de correlação linear de Person (P 0.05 foi considerado significativo). Não foram encontradas relações entre motilidade e a hemodinâmica testicular. A porcentagem de defeitos totais correlacionou-se positivamente com o escore de vascularização dos parênquimas direito e esquerdo, e com o RI e PI esquerdos. Também o escore de vascularização dos plexos se correlacionou positivamente com a média de pixels e negativamente com o RI e PI, de ambos os lados. Este trabalho mostrou que o aumento de defeitos espermáticos pode estar correlacionado com o aumento do fluxo sanguíneo nos testículos; contudo, mais estudos são necessários.


Subject(s)
Animals , Hemodynamics , Sheep/physiology , Semen , Testis/physiology , Testis/blood supply , Sperm Motility , Ultrasonography, Doppler, Color/veterinary
5.
Braz. arch. biol. technol ; 53(6): 1285-1292, Nov.-Dec. 2010. ilus, graf, tab
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-572265

ABSTRACT

To validate a practical technique of simultaneous evaluation of the plasma, acrosomal and mitochondrial membranes in equine spermatozoa three fluorescent probes (PI, FITC-PSA and MITO) were associated. Four ejaculates from three stallions (n=12) were diluted in TALP medium and split into 2 aliquots, 1 aliquot was flash frozen in liquid nitrogen to induce damage in cellular membranes. Three treatments were prepared with the following fixed ratios of fresh semen: flash frozen semen: 100:0 (T100), 50:50 (T50), and 0:100 (T0). A 150-µL aliquot of diluted semen of each treatment was added of 2 µL of PI, 2 µL of MITO and 80 µL of FITC-PSA; incubated at 38.5ºC/8 min, and sperm cells were evaluated by epifluorescent microscopy. Based in regression analysis, this could be an efficient and practical technique to assess damage in equine spermatozoa, as it was able to determine the sperm percentage more representative of the potential to fertilize the oocyte.


Para validar uma técnica prática de avaliação simultânea das membranas plasmática, acrossomal e mitocondrial em espermatozóides eqüinos três sondas fluorescentes (PI, FITC-PSA e MITO) foram associadas. Quatro ejaculados de três garanhões (n=12) foram diluídos em meio TALP e divididos em duas alíquotas, uma alíquota foi submetida a flash frozen em nitrogênio líquido para induzir danos nas membranas celulares. Três tratamentos foram preparados com as seguintes proporções de sêmen fresco: sêmen flash frozen: 100:0 (T100), 50:50 (T50), e 0:100 (T0). Uma amostra de 150 µL de sêmen diluído de cada tratamento foi adicionada de 2 µL de PI, 2 µL de MITO e 80 µL de FITC-PSA; incubadas à 38,5ºC/8 min, e as células espermáticas foram avaliadas por microscopia de epifluorescência. Baseados na análise de regressão esta é uma técnica eficiente e prática para determinar danos em espermatozóides eqüinos, capaz de determinar a porcentagem de espermatozóides mais representativa do potencial fertilizante do ovócito.

6.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 45(supl): 33-39, 2008. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-533235

ABSTRACT

Foi o objetivo deste trabalho comparar in vitro a eficiência de três diluidores para sêmen de coelhos: solução de Ringer com lactato de sódio, um meio à base de citrato de sódio e gema de ovo e um meio à base de leite desnatado sobre a manutenção da motilidade progressivae do vigor espermático. Para tanto, foram utilizados 5 coelhos realizando-se 10 colheitas de sêmen de cada (n = 50). O sêmen foi colhido com vagina artificial, e avaliado quanto ao volume, motilidade,vigor e concentração. O sêmen foi diluído (20x106 espermatozóides/mL) em microtubos pré-aquecidos a 37oC nos três diluidores, e então incubados em banho-maria a 37oC por 120 minutos, realizando-se avaliações a cada 30 minutos. Imediatamente após a diluição (tempo0) a motilidade espermática não diferiu (P>0,05) entre os diluidores, todavia, reduziu (P<0,05) no diluído com Ringer quando comparado ao sêmen in natura. Já o vigor no tempo 0 diminuiu (P<0,05) nos três meios. A motilidade espermática foi melhor preservada (P<0,05)durante a incubação de 30 até 120 minutos para o sêmen diluído nos diluidores citrato-gema e à base de leite do que para aquele diluído em Ringer. A preservação do vigor variou entre os diluidores durante o tempo de incubação in vitro, contudo, foi semelhante entre os três diluidores após 120 minutos de incubação. Com estes resultados, pode-se inferir que os diluidores testados proporcionam um meio que permite manter a viabilidade espermática para que possa ser realizada a inseminação artificial em coelhas até duas horas pós-diluição.


The objective of this experiment was to compare in vitro efficiency of three rabbit semen extenders: sodium lactate Ringer solution, sodium citrate and yolk-egg medium, and skim milk-based medium, on maintenance of sperm vigour and motility. To that end 5 rabbits were utilized; ten semen collections were taken from each (n = 50).The semen was collected by artificial vagina, and evaluated for volume,motility, vigour, and concentration. The semen was diluted (20x106 spermatozoa/mL) in pre-warmed micro tube at 37o C in the three extenders, and then it was incubated in water bath at 37oC during 120 minutes, performing evaluation every 30 minutes. Immediately after the dilution (time 0) the sperm motility was not different among extenders (P>0.05), however, decreased (P<0.05) in Ringer extender when compared to in natura semen. The vigor in time 0 decreased(P<0.05) in the three extenders. The sperm motility was better preserved (P<0.05) during the incubation from 30 to 120 minutes for the semen diluted in yolk egg-citrate and skim milk-based extenders than for the Ringer extender. The vigour preservation varied among the extenders during the in vitro incubation; however, it was similar among the three extenders after 120 minutes of incubation. Based on these results, it can be deduced that the tested extenders promote a medium that allows the maintenance of sperm viability so that artificial insemination can take place within two hours of post-dilution.


Subject(s)
Animals , Dilution/methods , Insemination, Artificial/methods , Semen Preservation/methods , Rabbits
7.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 42(4): 237-249, 2005. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-433190

ABSTRACT

O objetivo do presente experimento foi avaliar a performance reprodutiva e as características de estros em novilhas cruzadas de corte (Bos taurus indicus x Bos taurus taurus) tratadas com o protocolo MGA/Prostaglandina (PG) em associação a outros hormônios. No dia 0 (Dia 0 = início da ingestão do MGA) as novilhas foram distribuídas ao acaso para receber 2mL de solução salina (grupo Salina), 2500UI de hCG (grupo hCG), 20müg de acetato de buserelina (grupo GnRH) ou 5mg de 17beta-estradiol + 100mg de progesterona (grupo 17beta-E2 +P4. Amostras de sangue foram colhidas nos dias - 7, 0, 7 e 10 para a mensuração das concentrações plasmáticas de progesterona. Independentemente do tratamento, todas as novilhas receberam 0,5mg MGA/ animal/ dia durante 8 dias (Dia 0 ao 7) e PG (Dia 7). Os estros foram observados durante 120h, a partir da injeção de PG, pelo sistema Heat- Watch. As novilhas foram inseminadas 12 horas após o início dos estros ou 72h depois da injeção de PG. O diagnóstico de gestação foi realizado 35 dias após a última inseminação, por ultrasonografia. As respostas em estros foram de 50,0%, 22,2%, 59,5% e 71,8% para os grupos Salina, hCG, GnRH e 17beta-E2 +P4, respectivamente (P< ou =0,01). O intervalo médio da injeção de PG ao estro foi de 72,8 + ou - 22,2, 102,0 + ou - 22,7,84,6 + ou - 19,0 e 72,5 + ou - 24,4 horas (P< ou =0,01), sendo o grau de sincronização similar entre os grupos. As taxas de concepção foram de 57,9%, 37,5%, 40,9% e 39,3% e as taxas de prenhez de 29,0%, 11,1 %,27,0% e 28,2%, para os grupos Salina, hCG, GnRH e 17beta-E2 +P4, respectivamente. Não houve efeito do tratamento na duração dos estros (10,4 + ou - 5,7 horas), número de montas (23,0 + ou - 16,9) e duração das montas (2,7 + ou - 0,3 segundos), sendo os valores entre parênteses correspondentes às médias gerais e desvios padrão. Em conclusão, a performance reprodutiva não foi alterada pela adição do hCG, GnRH ou 17beta-E2 +P4 ao protocolo de sincronização MGA/PG.


Subject(s)
Animals , Melengestrol Acetate/administration & dosage , Cattle , Estrus , Estradiol/administration & dosage , Gonadotropin-Releasing Hormone/administration & dosage , Chorionic Gonadotropin/administration & dosage , Progesterone/administration & dosage , Prostaglandins/administration & dosage
8.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 38(1): 34-37, 2001. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-324271

ABSTRACT

Muitos fatores podem afetar as taxas de gestaçäo após a transferência de embriöes em eqüinos. Este estudo teve como objetivo avaliar, em eqüinos da raça Mangalarga e em duas estaçöes reprodutivas, a influência do garanhäo e de três diferentes técnicas de inseminaçäo (monta natural, inseminaçäo artificial com sêmen diluído fresco ou resfriado) sobre os índices de recuperaçäo de embriöes e de prenhez. No primeiro ano, foram encontradas diferenças significativas (p < 0,05) na recuperaçäo de embriöes entre cinco garanhöes estudados (28,6; 65,0; 62,9; 66,7 e 84,2 por cento), mas näo foram encontradas diferenças significativas (p > 0,05) nos índices de prenhez (50,0; 80,7; 70,6; 70,0 e 62,5 por cento). No segundo ano, verificou-se uma tendência à significância (p = 0,057), na recuperaçäo de embriöes entre quatro garanhöes estudados (44,4; 56,2; 71,4 e 73,7 por cento) e näo houve diferença significativa (p > 0,05) nos índices de prenhez (75,0; 55,6; 86,7 e 71,4 por cento). Näo houve diferença significativa (p > 0,05) nos índices de embriöes recuperados e de prenhez comparando-se a monta natural (50,0 e 87,5 por cento) e a inseminaçäo artificial com sêmen fresco (60,6 e 73,7 por cento) ou refrigerado (63,8 e 80,3 por cento)


Subject(s)
Animals , Female , Embryonic Structures , Embryo Transfer , Horses , Pregnancy, Animal
9.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 38(4): 177-183, 2001. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-324314

ABSTRACT

A seleçäo de galos para a reproduçäo pelo desenvolvimento da crista vem sendo empregada rotineiramente na avicultura, sendo necessários estudos para verificar a eficiência deste método de seleçäo. Este trabalho teve por objetivo comparar as características seminais de galos selecionados para a reproduçäo pelo desenvolvimento da crista. Foram utilizados 65 galos matrizes da linhagem AgRoss, selecionados na 20ª semana de idade e divididos em dois grupos: grupo A, animais sem crista desenvolvida (n=33), e grupo B, animais com crista desenvolvida (n=32). Foram realizadas colheitas semanais de sêmen dos galos de 24 a 71 semanas de idade, para avaliar as características seminais. Foram realizados os testes t de Student e de Wilcoxon para comparar os grupos e análises de perfis para verificar efeitos do grupo, idade e interaçäo grupo x idade. Os valores de volume seminal, concentraçäo espermática, motilidade e vigor foram maiores (p < 0,01) para o grupo B no período de 24-31 semanas de idade. A percentagem de defeitos espermáticos para o grupo A foi maior nos períodos de 24-27 (p < 0,01) e de 32-35 semanas de idade (p < 0,05). O peso corporal foi maior (p < 0,05) para os animais do grupo B no período entre 24-39 semanas de idade e para os galos do grupo A no período de 60-71 semanas de idade. Foram observados efeitos da idade e interaçäo grupo x idade para as características seminais, exceto para vigor. Em conclusäo, a observaçäo do desenvolvimento da crista na 20ª semana de idade é um método eficiente na seleçäo de galos para a reproduçäo


Subject(s)
Animals , Male , Poultry , Reproduction , Semen
10.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 38(5): 233-239, 2001. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-324325

ABSTRACT

O corpo lúteo (CL) é a glândula produtora de progesterona (P4), hormônio cuja secreçäo contínua é essencial para o início e a manutençäo da gestaçäo em fêmeas eqüinas, e, conseqüentemente, para a aplicabilidade de inúmeras biotécnicas de reproduçäo. Considerando-se a importância do CL para a manutençäo de uma gestaçäo normal e suas características anatomofisiológicas, objetivou-se determinar por ultra-sonografia (US) o tamanho e a morfoecogenicidade (ME) do CL em receptoras de embriöes eqüinos desde a ovulaçäo (D0) até nove dias após (D9), bem como os níveis plasmáticos de P4 produzida no mesmo período. Para tanto, 57 éguas receptoras de um programa de transferência de embriöes foram examinadas diariamente por US transretal desde a primeira detecçäo dos sinais de estro até o D9. A cada exame, os CL foram mensurados e sua ME registrada segundo escore de 1 a 6 (1=anecóico; 6=hiperecóico). Amostras de sangue foram colhidas diariamente e a P4 dosada por radioimunoensaio. O diagnóstico de gestaçäo foi realizado por US aos 13 e 25 dias após a ovulaçäo. Houve uma tendência de os corpos lúteos apresentarem ME crescente (de 1 a 5) desde o dia da ovulaçäo até o D9. Os níveis de P4 foram < 2,16 ng/ml até o D3, com conseqüente elevaçäo e manutençäo em níveis de diestro entre D4 e D9 (3,41 a 4,33 ng/ml). O tamanho luteínico näo diferiu, com exceçäo das médias extremas durante o período (D2 = 31,54 mm versus D8 = 25,95mm; p < 0,05). Assim, o aumento da ME média dos CLs avaliados por US é acompanhado por aumento na concentraçäo plasmática de P4 em receptoras de embriöes, mas este evento parece näo ser dependente do tamanho da glândula luteínica. Näo existe diferença na ME, no tamanho dos corpos lúteos, nem nos níveis de P4 circulante do D0 ao D9 em receptoras de embriöes eqüinos que se tornaram gestantes ou näo após a transferência de embriöes


Subject(s)
Animals , Female , Corpus Luteum , Horses , Progesterone
11.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 37(6): 486-490, dez. 2000. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-327453

ABSTRACT

Os resultados das taxas de fertilidade e dos tamanhos das leitegadas foram analisados na granja de suínos da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de Säo Paulo no Campus de Pirassununga, durante o período de 4 anos (1992 a 1995), com o objetivo de comparar a inseminaçäo artificial (IA) e a cobertura natural (CN) em diferentes épocas do ano, procurando estudar as influências sazonais sobre os índices reprodutivos. Foram avaliadas 799 coberturas em fêmeas das raças Landrace (L), Large White (LW) e mestiças, sendo 539 de IA e 260 de CN. Reprodutores (L e LW) de comprovada fertilidade foram utilizados tanto para CN quanto para IA. As doses de sêmen apresentavam concentraçäo mínima de 3 bilhöes de espermatozóides em volume de 100 ml. As IA foram realizadas às 12 e às 24 horas após reflexo positivo de tolerância ao macho, enquanto as montas foram realizadas no momento e às 24 horas após o diagnóstico do cio. Os índices de fertilidade foram de 72,9 por cento e 75,8 por cento e o número de leitoes nascidos de 12,4 e 12,1, respectivamente, para inseminaçäo artificial e monta natural, näo mostrando diferença significativa. A estaçäo climática influenciou a taxa de pariçäo (71,2 por cento, 81,4 por cento, 76,9 por cento e 66,4 por cento, para veräo, outono, inverno e primavera, respectivamente; p < 0,05), mas näo mostrou efeito sobre o tamanho da leitegada. Näo houve influência do tipo de cobertura (IA ou CN) e da interaçäo entre estaçäo climática e tipo de cobertura sobre as taxas de pariçöes e os tamanhos das leitegadas. As médias de temperatura máxima e mínima se correlacionaram negativamente com a taxa de pariçäo


Subject(s)
Animals , Female , Insemination, Artificial , Reproduction , Swine
12.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 36(6): 300-303, 1999. tab
Article in English | LILACS | ID: lil-303479

ABSTRACT

The aim of this study was to evaluate the influence of the dominant follicle during it's growing, static and regression phases on the superovulatory response in 18 estral cycles of nelore heifers. The follicular development was monitored by ultrasound from Day 6 to Day 10 (Day 0=estrus) of the oestrus cycle, when the diameter of the largest follicle was measured and the number of subordinate follicles counted. The animals where superovulated with 400 or 500IU of FSH/LH twice daily for 4 days begining on day 10 of the oestrus cycle I was injected PGF2(subscribe)a concomitantly with the fifth dose of FSH/LH. Artificial insemination was done 12 and 24 hours after the begining of the estrus. Embryos were recovered on day 6.5 after the first insemination. If a dominant follicle was present before superovulation, it was observed subordinate follicles atretic and low response to superovulatory treatment. The best result of transferable and total embryos was observed when the dominant follicle was in regression phase (3.67 and 10.17) at the beginning of the superovulatory treatment


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Reproduction
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL