Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 11 de 11
Filter
Add filters








Year range
1.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 36(4): e00015619, 2020. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-1089455

ABSTRACT

A imunização é reconhecida como uma das intervenções mais bem-sucedidas e custo-efetivas, resultando na erradicação e no controle de diversas doenças em todo o mundo. Todavia, uma preocupante redução na cobertura vacinal tem sido observada no Brasil, trazendo o recrudescimento de algumas doenças até então superadas. Dessa forma, no intuito de realizar um diagnóstico situacional que pondere as diferentes regiões do país e a tendência temporal de cobertura vacinal, o presente estudo teve o objetivo de evidenciar áreas com queda da cobertura vacinal de BCG, poliomielite e tríplice viral no Brasil por meio de um estudo ecológico que coletou informações acerca do número crianças de até um ano de idade imunizadas para essas três vacinas, no período entre 2006 e 2016, por município brasileiro. Os dados foram adquiridos por meio do Departamento de Informática do SUS. Foi realizada uma varredura espacial, analisando as variações espaciais nas tendências temporais de cobertura vacinal. Foi observada uma tendência de redução no número de imunizações no Brasil, com quedas de 0,9%, 1,3% e 2,7% ao ano para BCG, poliomielite e tríplice viral, respectivamente. Ademais, aglomerados significativos com tendências temporais de redução da cobertura vacinal foram verificados em todas as cinco regiões brasileiras. O estudo evidencia uma importante redução na cobertura vacinal nos últimos anos, constatando heterogeneidades consideráveis entre os municípios. Dessa forma, uma atenção singular e planejamento estratégico condizente com as características de cada localidade são necessários para o controle tanto da redução de cobertura vacinal como do reaparecimento de doenças no Brasil.


Immunization is known to be one of the most successful and cost-effective health interventions, resulting in the eradication and control of various diseases in the world. However, Brazil has experienced a worrisome drop in vaccination coverage, associated with the resurgence of various previously controlled or eradicated diseases. This study thus conducted a situational diagnosis weighing Brazil's different regions and time trends in vaccination coverage in order to identify areas with reduction in vaccination coverage for BCG, poliomyelitis, and MMR. This ecological study collected data on the number of children up to one year of age who had been vaccinated with these three vaccines from 2006 to 2016, according to municipality (county). Data were obtained from the Brazilian Health Informatics Department. A spatial scan was performed, analyzing spatial variations in the time trends for vaccination coverage. Downward trends were seen in the number of immunizations in Brazil, with reductions of 0.9%, 1.3%, and 2.7% per year for BCG, poliomyelitis, and MMR, respectively. Significant decreases were also seen in all five major geographic regions with time trends in the reduction of vaccination coverage. The study evidenced an important reduction in vaccination coverage in recent years, with major heterogeneity between municipalities. Thus, focused attention and strategic planning in keeping with each local area's characteristics are necessary to address both the reduction of vaccination coverage and the resurgence of vaccine-preventable diseases in Brazil.


La inmunización está reconocida como una de las intervenciones más exitosas y costo-eficientes, consiguiendo la erradicación y control de diversas enfermedades en todo el mundo. Sin embargo, se ha observado una preocupante reducción en la cobertura de la vacunación en Brasil, conllevando el recrudecimiento de algunas enfermedades hasta entonces superadas. De esta forma, con el fin de realizar un diagnóstico situacional, que pondere las diferentes regiones del país y la tendencia temporal de cobertura vacunación, el presente estudio tuvo como objetivo evidenciar áreas con una caída de la cobertura vacunación respecto a BCG, poliomielitis y triple vírica en Brasil. Se trata de un estudio ecológico, que recabó información acerca del número de niños de hasta un año de edad inmunizados con estas tres vacunas, durante el período entre 2006 y 2016, por municipios brasileños. Los datos se consiguieron a través del Departamento de Informática del SUS. Se realizó un barrido espacial, analizando las variaciones espaciales en las tendencias temporales de cobertura de vacunación. Se observó una tendencia de reducción en el número de inmunizaciones en Brasil, con caídas de 0,9%, 1,3% y 2,7% al año, en el caso de BCG, poliomielitis y triple vírica, respectivamente. Además, se verificaron aglomerados significativos con tendencias temporales de reducción en la cobertura de vacunación dentro de las cinco regiones brasileñas. El estudio evidencia una importante reducción en la cobertura de vacunación durante los últimos años, constatando heterogeneidades considerables entre los municipios. De esta forma, una atención singular y planificación estratégica, acorde con las características de cada localidad, son necesarias para el control, tanto de la reducción de la cobertura de vacunación, como del resurgimiento de enfermedades en Brasil.

2.
Rev. eletrônica enferm ; 22: 1-10, 2020.
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-1119156

ABSTRACT

Objetivou-se identificar fatores relacionados, classificar a tendência temporal e identificar áreas com associação espacial do abandono de tratamento para tuberculose em Ribeirão Preto, São Paulo. Estudo ecológico; população composta pelos casos notificados entre 2006 a 2017. Realizou-se o teste qui-quadrado para identificar fatores relacionados. Para a tendência temporal, utilizou-se o método de Prais-Winsten para classificar a tendência temporal do evento e calculada sua porcentagem de variação anual. Para verificar associação espacial, utilizaram-se as técnicas G e Gi*. Foram notificados 146 casos de abandono do tratamento da doença no período; como fatores de risco foi identificado pessoas sem escolaridade, retratamentos pós-abandono e falência prévia; como proteção casos novos identificados pela busca ativa, não ter coinfecção Tuberculose-HIV e não fazer uso de álcool ou drogas. A taxa de abandono apresenta tendência crescente (APC=1,6%; IC95% 0.02­3.48). O estudo evidencia o aumento do abandono de tratamento, contrariando as políticas direcionadas pelo End TB Strategy.


The objective was to identify related factors, classify the time trend and identify areas with spatial association of abandonment of treatment for tuberculosis in Ribeirão Preto, São Paulo. Ecological study; population composed of the cases notified between 2006 and 2017. The chi-square test was performed to identify related factors. For the time trend, the Prais-Winsten method was used to classify the time trend of the event and calculate its percentage of annual variation. To verify spatial association the G and Gi* techniques were used. In the period, 146 cases of abandonment of the disease treatment were notified; as risk factors, people without education, retreatment after abandonment, and previous failure were identified; as protection, new cases were identified by active search, no Tuberculosis-HIV co-infection, and no alcohol or drug use. The abandonment rate shows an increasing trend (APC=1.6%; 95%CI 0.02­3.48). The study evidences the increase of abandonment of treatment, contradicting the policies directed by the End TB Strategy.

3.
Ciênc. saúde coletiva ; 21(7): 2233-2242, Jul. 2016. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-785904

ABSTRACT

Resumo O processo de estigmatização associado à tuberculose tem sido pouco valorizado em pesquisas nacionais, sendo esse um aspecto social importante para o controle da doença, sobretudo nas populações marginalizadas. Este artigo apresenta as fases do processo de adaptação cultural para o Brasil da escala Tuberculosis-related stigma para doentes com tuberculose. Trata-se de um estudo metodológico, em que foram realizadas a tradução e a retrotradução dos itens da escala e validação semântica com 17 sujeitos da população-alvo. Após a tradução, a versão conciliada retrotraduzida foi comparada com a versão original pela coordenadora do projeto no Sul da Tailândia, que deu seu parecer favorável para a versão final em português do Brasil. A partir dos resultados da validação semântica, realizada com os doentes de tuberculose, pode-se identificar que, de forma geral, a escala foi bem aceita e de fácil compreensão por parte dos participantes.


Abstract The process of stigmatization associated with TB has been undervalued in national research as this social aspect is important in the control of the disease, especially in marginalized populations. This paper introduces the stages of the process of cultural adaptation in Brazil of the Tuberculosis-related stigma scale for TB patients. It is a methodological study in which the items of the scale were translated and back-translated with semantic validation with 15 individuals of the target population. After translation, the reconciled back-translated version was compared with the original version by the project coordinator in Southern Thailand, who approved the final version in Brazilian Portuguese. The results of the semantic validation conducted with TB patients enable the identification that, in general, the scale was well accepted and easily understood by the participants.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Self Report , Social Stigma , Tuberculosis , Brazil , Cultural Characteristics , Translations
4.
Rev. bras. epidemiol ; 18(2): 326-340, Apr.-Jun. 2015. tab
Article in English | LILACS (Americas) | ID: lil-755174

ABSTRACT

OBJECTIVE:

To investigate the knowledge regarding tuberculosis among relatives of patients with tuberculosis and the possible factors associated with this event and also to conduct comparative analyses between groups of relatives with or with few knowledge regarding tuberculosis, considering their attitudes in both groups.

METHODS:

Cross-sectional study in which the sample was obtained through simple and randomized method. The data were collected by trained interviewers and validated tool. Logistic regression analyses were done using statistical software SPSS, version 22.0.

RESULTS:

Among the 110 subjects recruited for the study, 85 (87.5%) were women, and the mean age was 49 years. Regarding common symptoms of tuberculosis, 102 relatives (90.9%) pointed the chronic cough; regarding the knowledge about tuberculosis transmission modes, 100 (90.9%) of them pointed symptomatic respiratory as the probable infection source. The relatives also reported other tuberculosis transmission models: sharing of clothes (n = 87; 79.1%) and household utensils (n = 66; 60%); sexual relations (n = 50; 50%). Illiterate relatives (adjusted OR = 4.39; 95%CI 1.11 - 17.36), those who do not watch or watch little television (adjusted OR = 3.99; 95%CI 1.2 - 13.26), and also those who do not have the Internet access (adjusted OR = 5.01; 95%CI 1.29 - 19.38) were more likely to have low knowledge regarding tuberculosis. Regardless the group, with or without tuberculosis knowledge, the attitudes of both were satisfactory.

CONCLUSION:

There are evidences that social inequity is associated to the tuberculosis knowledge of patient relatives.

.

OBJETIVO:

Investigar o conhecimento das famílias sobre tuberculose e os possíveis fatores associados a essa ocorrência, além de efetuar uma análise comparativa dos grupos de familiares com conhecimento ou com pouco conhecimento quanto às suas atitudes para com o paciente com tuberculose.

MÉTODOS:

Estudo de corte transversal de amostragem probabilística simples de familiares de pacientes com tuberculose diagnosticados entre 01 de janeiro de 2010 e 31 de julho de 2011 em Ribeirão Preto, São Paulo. Os dados foram coletados por meio de um instrumento validado e por entrevistadores treinados. A análise de regressão logística foi aplicada utilizando o SPSS versão 22.0.

RESULTADOS:

Foram recrutados 110 familiares, dos quais 85 (87,5%) eram do sexo feminino, com idade média de 49 anos. Acerca do conhecimento dos sintomas da tuberculose, a tosse crônica foi referida por 102 (90,9%) familiares. Quanto ao modo de transmissão, 100 (90,9%) sujeitos referiram o portador de tosse crônica como provável fonte de transmissão. Outros modos de transmissão foram referidos como compartilhamento de roupas (n = 87; 79,1%); utensílios domésticos (n = 66; 60%) e até relação sexual (n = 50; 50%). Pessoas sem escolaridade (OR ajustado = 4,39; IC95% 1,11 - 17,36), que não assistem ou assistem pouco televisão (OR ajustado = 3,99; IC95% 1,20 - 13,26) e não tem acesso à Internet (OR ajustado = 5,01; IC95% 1,29 - 19,38) apresentaram mais chances de possuírem pouco conhecimento sobre a tuberculose. Independente do grupo com ou sem conhecimento, as atitudes tenderam a ser satisfatórias em ambos os grupos.

CONCLUSÃO:

Há evidências de que as desigualdades sociais estão associadas ao nível de conhecimento das famílias.

.


Subject(s)
Humans , Female , Adolescent , Adult , Middle Aged , Attitude to Health , Tuberculosis , Brazil , Cross Infection , Cross-Sectional Studies , Sexual Behavior , Socioeconomic Factors
5.
Ciênc. saúde coletiva ; 19(11): 4577-4586, 11/2014. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-727211

ABSTRACT

O estigma social da tuberculose é um desafio que se coloca à gestão do cuidado na área da saúde pública. O objetivo deste estudo foi investigar o estigma social em famílias de doentes com TB e identificar o perfil daquelas que são acometidas pelo evento em relação às condições socioeconômicas e demográficas. Trata-se de um estudo transversal realizado no município de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, em 2011, com uma amostra de 110 sujeitos. Os dados foram analisados mediante técnica descritiva univariada e análises de agrupamento e de correspondência múltipla. Os grupos com estigma apresentaram baixa escolaridade, acesso incipiente aos meios de informação e pouca mobilização referente à compreensão sobre a doença, diferenciando-se dos demais grupos que apresentam comportamentos e atitudes positivas, com níveis de escolaridade mais elevados, acesso contínuo aos meios de informação e se dizem conhecedores da TB. A identificação de diferentes perfis aponta para necessidade de serem desenvolvidas ações em saúde sensíveis às singularidades das famílias no que se refere ao estigma social da doença.


The social stigma associated with TB is a challenge facing management of the area of public health care. The aim of this study was to investigate the social stigma in families of patients with TB and identify the profile of those who are affected by the event in relation to socioeconomic and demographic conditions. It is a cross-sectional study that was conducted in 2011 in the city of Ribeirão Preto, state of São Paulo, Brazil, with a sample of 110 individuals. The data were analyzed using the univariate descriptive technique and cluster and multiple correspondence assessment. The stigmatized groups tend to have lower scholarity, incipient access to the media and little understanding about TB, as opposed to those that have higher educational levels, continuous access to the media, consider themselves well informed and show proactive attitudes to deal with the disease. The identification of varied profiles highlights the need to develop health interventions to cater to the singularities of families with respect to the social stigma of the disease.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adolescent , Adult , Middle Aged , Young Adult , Family , Social Stigma , Tuberculosis , Brazil , Cluster Analysis , Cross-Sectional Studies , Socioeconomic Factors
6.
Ciênc. saúde coletiva ; 19(2): 343-352, 02/2014. graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-705395

ABSTRACT

Os sistemas de saúde, organizados em Redes de Atenção e coordenados pela Atenção Primária à Saúde, podem contribuir para a qualidade clínica, com resultados sanitários de impacto positivo, na satisfação dos usuários (pela melhoria do acesso e resolubilidade) e na redução dos gastos dos sistemas locais de saúde. Dessa forma, propôs-se analisar a produção científica acerca das evidências, potencialidades, desafios e perspectivas da Atenção Primária à Saúde na coordenação das Redes de Atenção. Para atingir o objetivo, definiu-se como método a revisão integrativa, considerando o período temporal de 2000 a 2011. As bases de dados selecionadas foram Medline (Medical Literature Analysis and Retrieval Sistem on-line), Lilacs (Literatura Latino-Americana em Ciências de Saúde) e SciELO (Scientific Electronic Library Online). Atenderam aos critérios de seleção 18 artigos. Pode-se observar que as potencialidades acerca dos serviços de Atenção Primária se sobressaíram às fragilidades. Contudo, destaca-se a necessidade de pesquisas com maior nível de classificação das evidências científicas sobre a atuação da Atenção Primária à Saúde na coordenação das Redes de Atenção.


Health systems organized in health care networks and coordinated by Primary Health Care can contribute to an improvement in clinical quality with a positive impact on health outcomes and user satisfaction (by improving access and resolubility) and a reduction in the costs of local health systems. Thus, the scope of this paper is to analyze the scientific output about the evidence, potential, challenges and prospects of Primary Health Care in the coordination of Health Care Networks. To achieve this, the integrative review method was selected covering the period between 2000 and 2011. The databases selected were Medline (Medical Literature Analysis and Retrieval System online), Lilacs (Latin American Literature in Health Sciences) and SciELO (Scientific Electronic Library Online). Eighteen articles fulfilled the selection criteria. It was seen that the potential impacts of primary care services supersede the inherent weaknesses. However, the results revealed the need for research with a higher level of classification of the scientific evidence about the role of Primary Healh Care in the coordination of Health Care Networks.


Subject(s)
Humans , Delivery of Health Care/organization & administration , Primary Health Care
7.
Rev. enferm. UERJ ; 21(1,n.esp): 606-611, 2013. ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-748522

ABSTRACT

Este estudo teve por objetivo investigar o significado da tuberculose para familiares e pacientes acometidos pela doença, o seu impacto na família e os recursos terapêuticos considerados por esses atores no enfrentamento da doença. Mediante a abordagem qualitativa, o estudo envolveu dois familiares e dois pacientes que foram diagnosticados em uma unidade de saúde de Ribeirão Preto, sendo os dados coletados, em 2011, pela técnica de grupo focal e analisados à luz da hermenêutica dialética. Em relação à tuberculose, familiares e pacientes apresentam uma racionalidade que difere daquela instituída pelo modelo técnico-científico. Na família sobressaem as atitudes de afastamento e segregação do doente, os sujeitos consideram os recursos terapêuticos alternativos como medida para a cura da doença. Ressalta-se a necessidade de mudanças que fortaleçam a relação entre profissionais de saúde e família, a partir de um processo dialógico que possa reconhecer a instituição família como parte do cuidado ao paciente de tuberculose.


This study aimed at investigating the meaning of tuberculosis to relatives and patients affected by the disease, its impact on family, and the therapeutic resources those actors considered when facing the disease. With qualitative approach, this research involved two relatives and two patients diagnosed at a health unit in Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil. Data were collected in 2011 through the focus group technique and analyzed in the light of dialectical hermeneutics. Regarding tuberculosis, relatives and patients display a different rationality from that established by the technical-scientific model. In the family relation, attitudes of distancing and segregating the patient stand out. The subjects consider alternative therapeutic resources to cure the disease. Changes are needed to strengthen the relation between health professionals and family, based on a dialogical process that can acknowledge the family institution as part of TB patient care.


El objetivo del estudio fue investigar el significado de tuberculosis (TB) para familiares y pacientes, su impacto en lafamilia y los recursos terapéuticos que estos actores consideran para enfrentar el agravio. Mediante enfoque cualitativo, participaron dos familiares y dos pacientes, diagnosticados en una unidad de salud de Ribeirão Preto-SP-Brasil. Los datos fueron recolectados, en 2011, por la técnica de grupo focal y analizados a la luz de la hermenéutica dialéctica. Respecto a la TB, familiares y pacientes muestran una racionalidad que difiere de aquella establecida por el modelo técnico-científico. En la relación familiar sobresalen el aislamiento y la segregación del enfermo. Los sujetos consideran los recursos terapéuticos alternativos como medida para curar laenfermedad. Se destaca la necesidad de cambios que fortalezcan la relación entre profesionales de salud y familia, a partir de un proceso dialógico que pueda reconocer la institución familia como parte del cuidado al paciente de TB.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Young Adult , Middle Aged , Aged, 80 and over , Knowledge , Nursing Care , Social Stigma , Humanization of Assistance , Nurse-Patient Relations , Family Relations , Tuberculosis , Brazil , Research
8.
Texto & contexto enferm ; 21(3): 642-649, jul.-set. 2012. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: lil-650744

ABSTRACT

Pesquisa epidemiológica descritiva que objetivou descrever o perfil demográfico das famílias de pacientes em Tratamento Diretamente Observado em um serviço de saúde de Ribeirão Preto-SP, analisar o contexto em que estavam inseridas, no que refere ao grau de parentesco e aspectos clínico-epidemiológicos do familiar portador da tuberculose, e avaliar o conhecimento e a percepção dessas famílias em relação à tuberculose. Os dados foram coletados em julho de 2010, utilizando-se um questionário semiestruturado com 16 familiares, sendo analisados por meio da estatística descritiva. O perfil demográfico dos familiares corrobora com a associação da tuberculose às condições de pobreza e má distribuição de renda. Verificou-se um número substancial de comunicantes no domicílio, sendo a tuberculose pulmonar a forma clínica predominante. O conhecimento das famílias foi satisfatório, entretanto, alguns sujeitos associam a transmissão da doença, ao uso compartilhado de utensílios domésticos. Os resultados apontam fragilidades relacionadas à gestão do cuidado às famílias.


The aim of this descriptive and epidemiological research was to describe the demographic profile of patients' families who are under Directly Observed Treatment at a health service, in Ribeirão Preto, Brazil. To analyze the context they were inserted in by considering parenthood and clinical-epidemiological aspects of the family member with tuberculosis, and to assess these families' knowledge and perception about tuberculosis. Data were collected in July 2010, by using a semistructured questionnaire that was applied to 16 family members. Descriptive statistics were used for data analysis. The families' demographic profile supports the association among tuberculosis, conditions of poverty and low income distribution. A substantial number of patients with pulmonary tuberculosis as the predominant clinical form was found at their homes. The families' knowledge was satisfactory, but some subjects associate the transmission of the disease with the shared use of domestic utensils. The results appoint weaknesses related to the families' care management.


Investigación epidemiológica con objetivo de describir el perfil demográfico de familias de pacientes en Tratamiento Directamente Observado en un servicio de salud de Ribeirão Preto, Brazil, analizar el contexto en que estaban inseridas, respecto al grado de parentesco y aspectos clínico-epidemiológicos del familiar con tuberculosis, y evaluar el conocimiento y la percepción de esas familias respecto a la tuberculosis. Los datos fueron recolectados en julio del 2010, utilizándose un cuestionario semi-estructurado con 16 familiares, siendo analizados mediante estadística descriptiva. El perfil demográfico corrobora la asociación de la tuberculosis con condiciones de pobreza y mala distribución de renta. Se verificó un número substancial de comunicantes en domicilio, siendo la tuberculosis pulmonar la forma clínica predominante. El conocimiento de las familias fue satisfactorio, pero algunos sujetos asocian la transmisión de la enfermedad al uso compartido de utensilios domésticos. Los resultados indican fragilidades en la gestión del cuidado a las familias.

9.
Hansen. int ; 37(2): 22-30, 2012. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), SES-SP, SESSP-ILSLPROD, SES-SP, SESSP-ILSLACERVO, SES-SP | ID: biblio-1063236

ABSTRACT

O objetivo do estudo foi analisar os fatores associado sàs incapacidades em pacientes diagnosticados de hanseníase.Trata-se de um estudo epidemiológico de corte transversal com dados oriundos dos municípios que compõem a 17ª Regional de Saúde do Estado do Paraná.Os dados foram obtidos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, sendo selecionados os casos diagnosticados de hanseníase entre 2009 e 2012. Para testar associação entre as incapacidades de hanseníase e as variáveis independentes recorreu-se ao teste qui-quadrado de proporções bicaudal. Fixou-se alpha em 5% (α= 0,05) como estatisticamente significativo. Foram identificados 245 casos de hanseníase diagnosticados, destes 129 (52,7%) eram do sexo masculino, com faixa etária acima dos 46 anos (n=103; 52,7%). Os fatores que apresentaram associação estatisticamente significativas comas incapacidades foram baixa escolaridade (p<0,001),idade avançada (p<0,001), ter sido transferido, reingresso ou recidivas (p=0,007). As incapacidades correspondem um problema importante no cenário investigado, verificando grupos mais acometidos por esse evento do que outros, assim esses primeiros devem ser priorizados em termos de oferta de ações e serviços de saúde.


This study aimed to analyze factors associated with disabilitieson patients diagnosed with Hansen’s disease.It was an epidemiological and cross-sectional study,which included data from municipalities of 17th HealthRegional Department of Paraná State. Data were gatheredthrough Information System for Notifiable Diseases(Sinan), being selected cases diagnosed with Hansen’sdisease between years 2009 and 2012. To analyze associationbetween Hansen’s disease disability degrees andindependent variables two-sided proportion chi-squarewas used. Alpha in 5% (α = 0,05) was defined as statisticallysignificant. Two hundred and forty five cases withHansen’s disease were identified to the study, of whose129 (52.7%) were male, aged 48 years old or older(n=103; 52,7%). Factors associated with Hansen’s diseasedisabilities were low level of schooling (p<0.001), old age(p<0.001), to be migrated, reentry and relapse (p=0.007).Hansen’s disease disabilities represent an important problemin scenario of study, observing groups more susceptibleto this event than others, therefore those firstshould be prioritized in terms of health actions offeringand health services.


Subject(s)
Male , Female , Humans , Leprosy/complications , Leprosy/epidemiology , Disabled Persons , Brazil/epidemiology , Health Status Disparities , Neglected Diseases , Disease Prevention
10.
Acta paul. enferm ; 25(5): 721-727, 2012. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-653423

ABSTRACT

OBJETIVO: Avaliar o desempenho do Agente Comunitário de Saúde (ACS) no controle da tuberculose (TB) em áreas assistidas pela Estratégia Saúde da Família (ESF), sendo estabelecida uma análise comparativa com os ACSs inscritos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) tradicionais. MÉTODOS: Estudo transversal, realizado em um município prioritário para o controle da TB no Estado de São Paulo, com uma amostra mínima de 108 ACSs das ESFs e das UBSs. Para a coleta de dados, utilizou-se um instrumento elaborado para a Atenção Primária à Saúde (APS), adaptado para atenção à TB. RESULTADOS: No que concerne às ações de controle da TB, observou-se que não houve diferenças com significância estatística entre o desempenho dos ACSs das unidades da ESF e os inscritos nas UBSs. CONCLUSÃO: O estudo evidenciou a fragilidade dos ACSs em incorporar na sua prática as ações de controle da TB nas distintas modalidades de APS, apesar do destaque dado à ESF.


OBJECTIVE: To evaluate the performance of the Community Health Agent (CHA) in the control of tuberculosis (TB) in areas served by the Family Health Strategy (FHS), which established a comparative analysis with the CHAs enrolled in the traditional Basic Health Units (BHU) . METHODS: A cross-sectional study in a priority municipality for TB control in the state of São Paulo, with a minimum sample of 108 CHAs of FHSs and the BHUs. For the collection of data, we used an instrument developed for Primary Health Care (PHC), adapted for TB care. RESULTS: With regard to the actions of TB control, it was observed that there were no statistically significant differences between the performance of CHAs, the units of the FHS, and those enrolled in the BHUs. CONCLUSION: The study highlighted the fragility of CHAs to incorporate into their practice actions to control TB in the distinct modalities of PHC, despite the prominence given to the FHS.


OBJETIVO: Evaluar el desempeño del Agente Comunitario de Salud (ACS) en el control de la tuberculosis (TB) en áreas asistidas por la Estrategia Salud de la Familia (ESF), siendo establecido un análisis comparativo con los ACSs inscritos en las Unidades Básicas de Salud (UBS) tradicionales. MÉTODOS: Estudio transversal, realizado en un municipio prioritario para el control de la TB en el Estado de Sao Paulo, con una muestra mínima de 108 ACSs de las ESFs y de las UBSs. Para la recolección de los datos se utilizó un instrumento elaborado para la Atención Primaria a la Salud (APS), adaptado para la atención a la TB. RESULTADOS: En lo que concierne a las acciones de control de la TB, se observó que no hubo diferencias con significancia estadística entre el desempeño de los ACSs de las unidades de la ESF y los inscritos en las UBSs. CONCLUSIÓN: En el estudio se evidenció la fragilidad de los ACSs para incorporar en su práctica acciones de control de la TB en las distintas modalidades de APS, a pesar de la importancia dada a la ESF.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Primary Health Care , Community Health Nursing , Public Health Policy , Family Health , Tuberculosis/prevention & control , House Calls , Evaluation Studies as Topic , Cross-Sectional Studies
11.
Acta paul. enferm ; 24(3): 327-333, 2011. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: lil-592533

ABSTRACT

OBJETIVO: Descrever a avaliação do Ambiente Virtual de Aprendizagem do TelEduc no ensino de Fisiologia Endócrina por graduandos de enfermagem de um Curso de Licenciatura em Enfermagem de uma universidade pública do interior do Estado de São Paulo. MÉTODOS: Estudo descritivo, transversal com análise quantitativa de dados e com amostra de 44 alunos. Para a coleta de dados, utilizou-se um instrumento que contemplava aspectos pedagógicos do ambiente virtual de aprendizagem: conteúdo, interação e atividades e aspectos técnicos: tempo de resposta e qualidade da interface. RESULTADOS: Na avaliação dos alunos, os dados apontaram que, na maioria das respostas obtidas, foi explicitado o atendimento dos itens compreendidos nas seguintes características: conteúdo (84,0 por cento), interação (83,2 por cento), atividades (89,3 por cento), tempo de resposta (94,0 por cento) e qualidade da interface (95,8 por cento). CONCLUSÃO: O ambiente virtual de aprendizagem do TelEduc mostrou-se uma ferramenta eficaz para apoiar o ensino de Fisiologia Endócrina.


OBJECTIVE: To describe the evaluation of the Virtual Learning Environment of TelEduc in teaching endocrine physiology for graduates of a nursing degree course at a public university in the state of Sao Paulo. METHODS: Cross-sectional, descriptive study with quantitative analysis of data and a sample of 44 students. To collect data, we used an instrument that included educational aspects of the virtual learning environment: content, interaction and activities, and technical aspects: response time and quality of the interface. RESULTS: In the evaluation of students, data indicated that for the majority of responses obtained, the items included the following characteristics: content (84.0 percent), interaction (83.2 percent), activities (89.3 percent), response time (94.0 percent), and interface quality (95.8 percent). CONCLUSION: The virtual learning environment, TelEduc, proved to be an effective tool to support the teaching of Endocrine Physiology.


OBJETIVO: Describir la evaluación del Ambiente Virtual de Aprendizaje del TelEduc en la enseñanza de la Fisiología Endocrina por graduandos de enfermería de un Curso de Licenciatura en Enfermería de una universidad pública del interior del Estado de Sao Paulo. MÉTODOS: Estudio descriptivo, transversal con análisis cuantitativa de datos, realizado con una muestra de 44 alumnos. Para la recolección de los datos, se utilizó un instrumento que contemplaba aspectos pedagógicos del ambiente virtual de aprendizaje: contenido, interacción y actividades y aspectos técnicos: tiempo de respuesta y calidad de la interfase. RESULTADOS: En la evaluación de los alumnos, los datos apuntaron que, en la mayoría de las respuestas obtenidas, fue explicitada la atención de los items comprendidos en las siguientes características: contenido (84,0 por ciento), interacción (83,2 por ciento), actividades (89,3 por ciento), tiempo de respuesta (94,0 por ciento) y calidad de la interfase (95,8 por ciento). CONCLUSIÓN: El ambiente virtual de aprendizaje del TelEduc se mostró como una herramienta eficaz para apoyar la enseñanza de la Fisiología Endocrina.

SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL