Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 2 de 2
Filter
Add filters








Type of study
Year range
1.
Rev. eletrônica enferm ; 14(4): 913-921, dez. 2012.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-693864

ABSTRACT

Este estudo buscou compreender a experiência do cuidar de um familiar com câncer fora de possibilidade de cura. Trata-se de estudo de abordagem qualitativa. Participaram cinco cuidadores familiares de pacientes oncológicos fora de possibilidade de cura, internados em um Hospital do interior de São Paulo. Os dados foram coletados no período de outubro a janeiro de 2009/2010, por meio de entrevistas, e utilizou-se análise de conteúdo. Identificaram-se as categorias: Motivo para ser cuidador; Mudanças com o papel de cuidador; Ambiente para morte; Sentimentos gerados no ser cuidador; e Redes de apoio para o cuidador. O presente estudo possibilitou a compreensão dos cuidadores familiares no seu contexto histórico e sociocultural que é particular, relativo e condicional. Observou-se que o cuidador familiar precisa ser alvo de atenção da equipe de saúde, incluindo o significado atribuído à doença e tratamento paliativo para o planejamento da assistência da unidade familiar na fase final da vida...


This study aimed at understanding the experience of taking care of a family member who has incurable cancer. It consists of a study using a qualitative approach. Participants were five family caregivers of cancer patients with incurable disease, hospitalized in a center located in the interior of São Paulo. Data were collected in the period between October and January of 2009/2010, through interviews and the use of content analysis. The following categories were identified: Purpose of being a caregiver; Changes resulting from the role of caregiver; Environment of death; Feelings generated in the caregiver; and Support networks for the caregiver. The present study allowed greater understanding of the situation of family caregivers in their historical and sociocultural context, which is individual, relative and conditional. It was made clear that the family caregiver must be the healthcare team's target of attention, including understanding the meaning attributed to the disease and palliative treatment for the care planning of the family unit in the final stage of life...


Se buscó comprender la experiencia de cuidado del familiar con cáncer sin posibilidad de cura. Estudio cualitativo, con cinco cuidadores familiares de pacientes oncológicos terminales, internados en un Hospital del interior de São Paulo. Datos recolectados entre octubre 2009 y enero 2010, mediante entrevistas, utilizándose análisis de contenido. Se identificaron las categorías: Motivo para ser cuidador, Cambios con el rol de cuidador, Ambiente para la muerte, Sentimientos generados en el hecho de ser cuidador y Redes de Apoyo para el cuidador. Este estudio posibilitó la comprensión de los cuidadores familiares en su contexto histórico, social y cultural; que es particular, relativo y condicional. Se observó que el cuidador familiar precisa ser objeto de atención del equipo de salud, incluyendo el significado atribuido a la enfermedad y tratamiento paliativo para la planificación de la atención de la unidad familiar en la fase final de la vida...


Subject(s)
Humans , Caregivers , Family Nursing , Oncology Nursing , Palliative Care
2.
Nursing (Säo Paulo) ; 13(153): 86-91, fev. 2011. ilus, tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-588302

ABSTRACT

A doença renal crônica (DRC) afeta a qualidade de vida do paciente sendo necessário controlar e/ou prevenir as complicações. Estudo transversal que objetivou identificar as complicações de 195 pacientes renais crônicos durante a hemodiálise, de acordo com suas variáveis sócio-demográficas no Hospital de Ensino de São José do Rio Preto. Para coleta de dados utilizou-se observação sistematizada e entrevista estruturada. A análise dos dados foi estatística descritiva, com aplicação dos testes: ‘t student’, análise de variância e qui quadrado. 57,95% sexo masculino, com idade média de 57,13±15,34 anos, 53,85% casados, 51,28% aposentados, 74,36% católicos, 77,95% de cor branca e 61,03% ensino fundamental incompleto. As complicações prevalentes: 40,88% hipotensão, 14,70% dor e 11,16% cefaléia. Condutas: 43,24% administração de medicação, 33,05% de soro e 7,40% soro e diminuição da ultrafiltração. Os resultados estão em concordância com dos estudos brasileiros e assim medidas preventivas precisam ser realizadas para evitar tais complicações, como o monitoramento mais efetivo dos pacientes durante a hemodiálise que oferecerá subsídios para garantir a qualidade da assistência e segurança destes pacientes.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Demographic Indicators , Renal Insufficiency, Chronic/complications , Renal Dialysis , Chronic Disease , Qualitative Research
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL