Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 30
Filter
1.
CoDAS ; 33(1): e20190188, 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1286095

ABSTRACT

RESUMO Objetivo Apresentar o Protocolo de Atendimento Vocal do Ambulatório Trans (PAV-trans) e o Programa de Redesignação Vocal (PRV-trans) para pessoas trans. Método O protocolo é composto pelas seguintes etapas: 1) encaminhamento do usuário; 2) avaliação fonoaudiológica, aplicação de protocolos de autopercepção, encaminhamento para avaliação otorrinolaringológica e definição da conduta: terapia individualizada (fonte sonora) ou PRV-trans para filtro vocal; 3) PRV-trans, contendo 12 parâmetros vocais a serem trabalhados mensalmente de forma individual e em grupo com os usuários; 4) Após finalizado o PRV-Trans, o usuário é encaminhado para reavaliação fonoaudiológica e otorrinolaringológica, no qual será observado se o objetivo da redesignação vocal foi alcançado. Resultados O PRV-Trans é um programa que visa o desenvolvimento de um trabalho de filtro vocal para a população trans, que seja flexível e que contemple as queixas dessa população, no qual apresenta dificuldades de acesso ao serviço de saúde. Conclusão O PAV-trans e o PRV-trans são ferramentas que podem subsidiar o atendimento fonoaudiológico às pessoas trans no Brasil, traçando mecanismos que possibilitem maior segurança às pessoas trans em busca de uma passabilidade social por meio da voz, minimizando a transfobia, estabelecendo um conforto e a satisfação social.


ABSTRACT Purpose To present the Trans Ambulatory Vocal Protocol (AVP-trans) and the Vocal Redesignation Program (VRP-trans). Methods The protocol consists of the following steps: 1) user routing; 2) speech therapy evaluation, application of self-perception protocols, referral for otorhinolaryngological evaluation and definition of conduct: individualized therapy (sound source) or VRP-trans for vocal filter; 3) VRP-trans, containing 12 vocal parameters to be worked monthly individually and in a group with the users; 4) After the end of the VRP-trans, the user is referred for vocal re-evaluation and otorhinolaryngological re-evaluation, in which it will be observed if the objective of the vocal redesignation was reached. Results VRP-trans is a program that aims at developing a vocal filter work for the transgender population, flexible and that contemplates the complaints of this population, in which it presents difficulties to access the health service. Conclusion AVP-trans and VRP-trans are tools that can subsidize the speech therapy for transgender people in Brazil, outlining mechanisms that allow greater confidence for transgenders in search of social passiveness through voice, minimizing transphobia, establishing comfort and social acceptance.


Subject(s)
Humans , Voice , Voice Disorders/therapy , Voice Quality , Voice Training , Brazil
2.
Audiol., Commun. res ; 26: e2472, 2021. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1350163

ABSTRACT

RESUMO Objetivo Verificar a associação entre a qualidade de vida - a partir dos domínios "bem-estar físico e material"; "relações com outras pessoas"; "atividades sociais, comunitárias e cívicas"; "desenvolvimento pessoal e realização" e "recreação" -, com o estresse em estudantes de Fonoaudiologia. Métodos Quarenta estudantes (34 do gênero feminino), de um curso de graduação em Fonoaudiologia, com idades entre 19 e 39 anos, responderam às questões da Escala de Qualidade de Vida de Flanagan e do Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp e os resultados foram analisados por meio de regressão logística binária. Resultados Os domínios relacionados à qualidade de vida com piores resultados foram "bem-estar físico e material" e "desenvolvimento pessoal e realização" e o domínio que apresentou melhores resultados foi "relações com outras pessoas", sendo capaz de prever 21,2% dos casos de estresse. A qualidade de vida no domínio "relações com outras pessoas" foi uma preditora significativa do estudo, sendo considerada como protetora para o estresse na amostra investigada. Conclusão Uma boa qualidade de vida no domínio "relações com outras pessoas" apresentou-se como fator protetor do estresse em estudantes do curso de Fonoaudiologia.


ABSTRACT Purpose To verify the association between quality of life - from the physical and material well-being domains; relationships with other people; social, community and civic activities; personal development; achievement and recreation -, with stress in Speech, Language, and Hearing Sciences. Methods 40 students (34 females) from an undergraduate course in Speech, Language, and Hearing Sciences, aged between 19 and 39, answered the Flanagan Quality of Life Scale and Lipp's Stress Symptoms Inventory. The results were analyzed using binary logistic regression. Results The domains related to the quality of life with the worst results were "physical and material well-being" and "personal development and achievement," and the domain that showed the best results were "relationships with other people", being able to predict 21.2% of the cases of stress. The quality of life in the "relationships with other people" domain was a significant predictor of the study, being considered as protective for stress in the investigated sample. Conclusion A good quality of life in the domain "relationships with other people" was a protective factor of stress in students of the Speech, Language, and Hearing Sciences.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Quality of Life , Stress, Psychological , Students , Speech, Language and Hearing Sciences/education , Socioeconomic Factors , Indicators of Quality of Life , Student Health , Academic Performance , Life Style
3.
Article in English | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1340287

ABSTRACT

Abstract Higher education can be offered by traditional or active teaching methodology, which can influence differently the study and learning strategies and the stress level of university students. This study aimed to investigate the study and learning strategies and the prevalence of stress among students of active and traditional teaching methodology and verify the influence of stress on using these strategies. 210 students in speech, language and hearing sciences from a Brazilian Federal University participated, divided into two groups, TMG (traditional methodology) and AMG (active methodology). They responded to Learning And Study Strategies Inventory and Lipp's Stress Symptom Inventory for Adults. The teaching methodology influenced the study and learning strategies, but not the stress. Stress interfered differently in the study and learning strategies depending on the teaching methodology.


Resumo O ensino superior pode ser oferecido por metodologia de ensino tradicional ou ativa, que podem influenciar de formas diferentes as estratégias de estudo e aprendizagem e o nível de estresse dos universitários. Este estudo teve por objetivo investigar as estratégias de estudo e aprendizagem e a prevalência de estresse entre estudantes de metodologia ativa e tradicional de ensino e verificar a influência do estresse no uso dessas estratégias. 210 estudantes de Fonoaudiologia de uma Universidade Federal brasileira, divididos em dois grupos, TMG (metodologia tradicional) e AMG (metodologia ativa), responderam o Learning And Study Strategies Inventory e o Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp. A metodologia de ensino influenciou nas estratégias de estudo e aprendizagem, mas não no estresse. O estresse interferiu de forma diferente nas estratégias de estudo e aprendizagem a depender da metodologia de ensino.


Resumen La educación superior puede ofrecerse mediante una metodología de enseñanza tradicional o activa, que puede influir de manera distinta en las estrategias de estudio y aprendizaje y en el nivel de estrés de los estudiantes universitarios. Este estudio tuvo como objetivo investigar las estrategias de estudio y aprendizaje, la prevalencia de estrés entre los estudiantes de metodología de enseñanza activa y tradicional, así como la influencia del estrés en el uso de estas estrategias. Participaron 210 estudiantes de fonoaudiología de una Universidad Federal de Brasil, divididos en dos grupos: TMG (metodología tradicional) y AMG (metodología activa), quienes respondieron al Inventario de Estrategias de Estudio y Aprendizaje y al Inventario de Síntomas de Estrés para Adultos de Lipp. La metodología de enseñanza influyó en las estrategias de estudio y aprendizaje, pero no en el estrés. El estrés interfirió de manera diferente en las estrategias de estudio y aprendizaje según la metodología de enseñanza.


Subject(s)
Humans , Students , Teaching , Universities , Universities , Learning
4.
Audiol., Commun. res ; 26: e2335, 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1285382

ABSTRACT

RESUMO Objetivo verificar a prevalência de estresse e os fatores associados à sua presença em discentes de um curso de Fonoaudiologia. Métodos participaram 105 discentes, maiores de 18 anos, de ambos os sexos, matriculados no curso de Fonoaudiologia de uma universidade federal. Foram excluídos os discentes que não estavam com a matrícula ativa durante o período da pesquisa. Todos responderam a um questionário sociodemográfico e ao Inventário de Sintomatologia de Stress de Lippi, que identifica os sintomas de estresse, bem como a sua respectiva fase e os sintomas predominantes. Os dados receberam tratamento estatístico, sendo estipulado o nível de significância de 5%. Resultados dentre os participantes, 77,1% apresentaram resultados sugestivos de estresse, sendo que, destes, 77,7% estavam na fase de "resistência", 18,5% na fase de "quase exaustão"; 2,5% na fase de "alerta"; e 1,2% na fase de "exaustão". Quanto à sintomatologia 64,2% apresentaram predominância de sintomas psicológicos, 18,5%, físicos e 17,3%, físicos e psicológicos. A análise estatística mostrou a presença significativamente superior de estresse entre as mulheres e entre os que não trabalhavam e a relação do estresse com o ano de estudo. Conclusão um elevado número de discentes de Fonoaudiologia foi identificado com estresse, sendo a fase de "resistência" a mais frequente, com prevalência de sintomas psicológicos. Os fatores associados ao estresse foram sexo, com maior prejuízo entre as mulheres, o fato de não exercerem atividade remunerada e o ano do curso em que estavam matriculados, sendo que no primeiro ano foi observada menor prevalência de estresse e no último ano, maior.


ABSTRACT Objective To verify the prevalence and factors associated with the presence of stress in students of a Speech, Language, and Hearing Sciences course. Methods 105 students participated, over 18 years old, of both sexes, enrolled in the Speech, Language and Hearing Sciences course at a Federal University. Students who were not active during participation in the research were excluded. All respond to a sociodemographic questionnaire and Lipp's Stress Symptoms Inventory, which identifies the symptoms of stress, as well as their s—pecific phase and the predominant symptoms. The data received statistical treatment being stipulated the significance level of 5%. Results 77.1% showed results suggestive of stress, of which 77.7% were in the "resistance" phase, 18.5% in the "almost exhaustion"; 2.5% in the "alarm"; and 1.2% in the "exhaustion". As for the symptomatology, 64.2% had a predominance of psychological symptoms, 18.5% physical, and 17.3% physical and psychological. The statistical analysis showed a significantly higher presence of stress among women and among those who do not work, and a relationship between stress and the study year. Conclusion A high number of Speech, Language and Hearing Sciences students with stress, was identified, with the "resistance" phase as the most frequent and the prevalence of psychological symptoms. The factors associated with stress were gender, which presented greater damages among women, the fact that students do not engage in paid work, and the year of the course they were enrolled. The first year had the lowest prevalence of stress, while the last year had the highest result.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Stress, Psychological/etiology , Stress, Psychological/epidemiology , Students/psychology , Speech, Language and Hearing Sciences , Socioeconomic Factors , Brazil , Cross-Sectional Studies , Surveys and Questionnaires
5.
Biosci. j. (Online) ; 36(4): 1403-1409, 01-06-2020. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1147306

ABSTRACT

To analyze the cognitive strategies used in the verbal fluency test by healthy elderly without current risk of dementia. Method: Participants of the study were active elderly people, living in the countryside of the state of Sergipe, of both sexes. General identification data and health conditions were collected and the Mental State Mini Exam (MSME) and Verbal Fluency Semantics (VFS) test was applied. People with scores below the cut grade for schooling regarding the MSME were excluded from the survey. The results of these tests were analyzed qualitatively (normal or altered) and quantitatively (general score). In the VFS, the analysis was also performed according to the strategies used by the participant to recall the words (number of categories of animals cited, number of clusters performed (Clustering) and number of exchanges of cognitive strategy (Switching). The results were statistically analyzed by the Pearson correlation test. 33 elderly (25 females and 8 males) participated, with a mean age of 71.6 years old. The mean score in the MSME was 23.6 points and in the VFS it was 12.78 points, with a mean number of category used of 2.9, Clustering of 1.8 and Switching of 1.3. Pearson's correlation test identified important correlations between the VFS results and the number of the animals cited, Clustering and Switching categories used by the participants. Conclusion: Good general cognitive performance and language seems to be related to the cognitive strategies used in VFS, evidencing the importance of using this test in cognitive screening, even in cases of active elderly people.


Analisar as estratégias cognitivas utilizadas no teste de fluência verbal por idosos saudáveis sem risco atual de demência. Participaram do estudo idosos ativos, residentes no interior do estado de Sergipe, de ambos os sexos. Foram coletados dados gerais de identificação e de condições de saúde e aplicados o teste do Mini Exame do Estado Mental (MEEM) e Fluência Verbal Semântica (FVS). Foram excluídos da pesquisa pessoas com pontuação abaixo da nota de corte para a escolaridade para o MEEM. Os resultados destes testes foram analisados de forma qualitativa (normal ou alterado) e quantitativa (pontuação geral). Na FVS também foi realizada a análise de acordo com as estratégias utilizadas pelo participante para evocação das palavras (número de categoria de animais citados; número de agrupamentos realizados (Clustering) e o número de trocas de estratégia cognitiva (Switching). Os resultados foram analisados estatisticamente pelo teste de correlação de Pearson. Participaram 33 idosos (25 do sexo feminino e oito do masculino), com média de idade de 71,6 anos. A pontuação média no MEEM foi de 23,6 pontos e no FVS foi 12,78 pontos, com média de número de categoria utilizada de 2,9, de Clustering de 1,8 e de Switching de 1,3. O teste de correlação de Pearson identificou importantes correlações entre os resultados da FVS e o número de categoria de animais citadas, Clustering e Switching utilizadas pelos participantes. O bom desempenho cognitivo geral e de linguagem parece estar relacionado com as estratégias cognitivas utilizadas na FVS, evidenciando a importância da utilização deste teste no rastreio cognitivo, mesmo em se tratando de idosos ativos.


Subject(s)
Aged , Cognition , Speech, Language and Hearing Sciences , Memory
6.
Biosci. j. (Online) ; 36(3): 1076-1082, 01-05-2020. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1147204

ABSTRACT

To get to know the quality of life of LGBT students of a Federal University in the Northeast of the country. An analytical, comparative, exploratory, cross - sectional, quantitative, non - probabilistic study with a population composed of undergraduate students from a Health Sciences Campus of the Federal University oh the Northeast Brazilian. Students in the nursing; pharmacy; physiotherapy; speech; language and hearing sciences; medicine; nutrition; dentistry and occupational therapy courses were part of the research. Among the inclusion criteria were: LGBT people, over 18 years of age, students with regular enrollment and who accepted to participate in the study by signing the Free and Informed Consent Term. Participants provided sociodemographic and quality of life information through the WHOQOL-BREF instrument. The WHOQOL-BREF examines four domains related to quality of life (physical, psychological, personal relationships and the environment. The responses followed the Likert scale (from 1 to 5, and the higher the score, the better the quality of life). 65 students with a mean age of 21.7 years old (± 3.4) participated in the study, of which, 22 (33.8%) were female and 43 (66.2%) were male. The means of responses and standard deviation in the physical, psychological, social and environmental domains were, respectively, 2.6 ± 0.6; 2.8 ± 0.7; 2.7 ± 0.7; 2.8 ± 0.6. This study aims to provide support for public policies aimed at the LGBT population, reaching the various spheres of our society, ensuring not only access, but also the permanence of this population group in different spaces, especially in the University, in a dignified, safe and healthy way.


Conhecer a qualidade de vida de estudantes LGBTs de uma Universidade Federal do Nordeste do País. Estudo analítico, comparativo, exploratório, transversal, com abordagem quantitativa, de amostra não probabilística com uma população composta por discentes de graduação de um Campus de Ciências da Saúde de uma Universidade Federal do Nordeste brasileiro. Fizeram parte da pesquisa discentes dos cursos de enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, nutrição, odontologia e terapia ocupacional. Dentre os critérios de inclusão estavam: pessoas LGBTs, com idade superior a 18 anos, discentes com matrícula regular e que aceitaram participar da pesquisa mediante assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os participantes forneceram informações sociodemográficas e de qualidade de vida por meio do instrumento WHOQOL-BREF. O WHOQOL-BREF analisa quatro domínios relacionados à qualidade de vida (físico, psicológico, relações pessoais e meio ambiente. As respostas seguiram uma escala de Likert (de 1 a 5, sendo que quanto maior a pontuação melhor a qualidade de vida). Participaram da pesquisa 65 discentes com idade média de 21,7 anos (±3,4), sendo 22 (33,8%) pessoas do gênero feminino e 43 (66,2%) do masculino. As médias de respostas e desvio padrão nos domínios físicos, psicológicos, relações sociais e meio ambiente foram, respectivamente, 2,6±0,6; 2,8±0,7; 2,7±0,7; 2,8±0,6. Esse estudo visa dar subsídios para que as políticas públicas voltadas à população LGBT alcance as diversas esferas de nossa sociedade, garantindo não só o acesso, mas também a permanência desse grupo populacional nos diversos espaços, em especial, na Universidade, de modo digno, seguro e saudável.


Subject(s)
Quality of Life , Sexual Behavior , Students , Universities , Gender Identity
7.
Audiol., Commun. res ; 25: e2358, 2020. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1142391

ABSTRACT

RESUMO Objetivo analisar o efeito imediato do exercício de sucção de ar na qualidade vocal e na autoavaliação vocal de professoras. Métodos trata-se de um estudo piloto de intervenção. Participaram 13 professoras disfônicas da rede particular do ensino fundamental, com média de idade de 35 anos e 10 meses. O exercício de sucção de ar foi realizado dez vezes, por cada participante. Os desfechos mensurados foram: avaliação perceptivoauditiva da voz, análise acústica da voz e autoavaliação vocal. Os dados foram analisados por estatística descritiva e inferencial. Resultados não houve diferença nos parâmetros acústicos e perceptivoauditivos mensurados antes e após a intervenção. Houve proporção significativamente maior de professoras que autoavaliaram a voz como melhor, após a intervenção. Conclusão o exercício de sucção de ar produz efeitos imediatos positivos na autoavaliação vocal de professores.


ABSTRACT Purpose To analyze the immediate effect of the air suction exercise on vocal quality and vocal self-assessment of teachers. Methods This is an intervention pilot study. Thirteen dysphonic teachers from private elementary schools participated in this study, with an average age of 35 years and ten months. The air suction exercise was performed ten times by each participant. The measured outcomes were: auditory-perceptual evaluation of voice, acoustic analysis, and vocal self-assessment. The data were analyzed using descriptive and inferential statistics. Results there was no difference in the acoustic and auditory-perceptual parameters measured before and after the intervention. There was a significantly higher proportion of teachers who self-evaluated the voice as better after the intervention. Conclusion the air suction exercise produces immediate positive effects on teachers' vocal self-assessment.


Subject(s)
Humans , Adult , Voice Quality , Voice Training , Occupational Health , Dysphonia/epidemiology , Auditory Perception , Working Conditions , School Teachers
8.
Audiol., Commun. res ; 25: e2196, 2020. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1131768

ABSTRACT

RESUMO Objetivo Analisar o impacto da voz na qualidade de vida de pessoas transgênero (ou trans) e relacionar com a autopercepção vocal e a identidade de gênero. Métodos Foram incluídos 27 indivíduos com idades entre 18 e 49 anos, usuários e usuárias do Ambulatório Trans de Sergipe: - "Portas abertas - Saúde integral das pessoas trans: cuidar e acolher", da Universidade Federal de Sergipe. Após anamnese, foram aplicados os instrumentos de Qualidade de Vida em Voz (QVV), o Transgender Voice Questionnaire (TVQMtF) e o Índice de Triagem para Distúrbio de Voz (ITDV). Foi observado maior número de homens trans (63,0%), em relação ao de mulheres trans (37,0%). A média de idade foi de 26,7 anos (±9,1) e 96,3% dos sujeitos possuíam uma queixa específica de voz. Resultados O QVV apresentou um valor médio de 26,1 pontos para o escore total, o ITDV de 3,9 e o TVQMtF de 70,6, não havendo relação significativa entre os resultados e a identidade de gênero e a idade. Foi observada relação significativa entre o QVV e o TVQMtF. Conclusão Observou-se uma baixa qualidade de vida em voz nas pessoas trans. Desta forma, quanto maior a percepção de suas alterações vocais, pior a sua qualidade de vida, independente do gênero com o qual se identificam (feminino ou masculino) e de possíveis distúrbios vocais.


ABSTRACT Purpose To analyze the impact of voice on the quality of life of transgender (or trans) people and to relate to vocal self-perception, gender identity. Methods 27 individuals aged between 18 and 49 years, users of the Ambulatório Trans de Sergipe: - "Portas abertas - Saúde integral das pessoas trans: cuidar e acolher" - Universidade Federal de Sergipe" were included. After anamnesis, the Quality of Life in Voice (QLV) instruments, the Transgender Voice Questionnaire (TVQMtF) and the Voice Disorder Screening Index (VDSI) were applied. The highest number of trans men (63.0%) was observed in relation to the group of trans women (37.0%). The average age was 26.7 years (±9.1). 96.3% had a specific voice complaint. Results QLV presented a mean value of 26.1 points for total scores, the VDSI of 3.9 and TVQMtF of 70.6, with no significant relationship between results and gender identity and age. A significant relationship was observed between QLV and TVQMtF. Conclusion This study observed a poor quality of life in voice in trans people. Thus, the higher the perception of their vocal disorders, the worse their quality of life, regardless of gender (female or male) and possible vocal disorders.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Quality of Life , Self Concept , Voice Quality , Transgender Persons , Cross-Sectional Studies , Observational Study , Gender Identity
9.
Biosci. j. (Online) ; 34(6): 1805-1814, nov.-dec. 2018. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-968980

ABSTRACT

This workverified the relation between the production of the phoneme /s/ in complex onset with the structure, the tone and the mobility of the stomatognathic system in preschool children. The study consisted of 73 preschool children of both sexes, aged between 5 years and 1 month and 5 years and 11 months divided into two groups, GC consisting of 36 children with a complete phonetic and phonological inventory and GCI by 37 Children who had not only acquired the phoneme /s/ in complex onset. Data collection was performed using the Orofacial Myofunctional Evaluation - MBGR protocol. The data were tabulated and submitted to the Chi-Square exact test and Fisher's exact test, considering p≤0.05. About the stomatognathic system, we observed a difference between the groups only in the task oftongue vibration. No significant difference for tonicity of the lips, tongue and cheeks and mobility of phonoarticulatory organs. We're not identified difference comparing the results with the sex of the participants. Children who did not produce the phoneme /s/ in complex onset presented greater difficulty in performing tongue vibration.


Este estudo objetivou verificar a relação entre a produção do fonema /s/ em onset complexo com a estrutura, o tônus e a mobilidade do sistema estomatognático em pré-escolares. Participaram do estudo 73 pré-escolares, de ambos os sexos, com idades entre 5 anos e 1 mês e 5 anos e 11 meses divididos em dois grupos, sendo grupo controle constituído por 36 crianças com inventário fonético e fonológico completo e o estudo por 37 crianças que não haviam adquirido apenas o fonema /s/ em onset complexo. Para a avaliação miofuncional orofacial foi utilizado o protocolo MBGR. Os dados foram tabulados e submetidos ao teste exato de Fisher e Mann Whitney, considerando-se p≤0,05. Com relação ao sistema estomatognático, observou-se diferença entre os grupos apenas na tarefa de vibração de língua. Não foram identificadas associações significativas ao se comparar os resultados com a tonicidade dos lábios, língua e bochechas e demais movimentos solicitados dos órgãos fonoarticulatórios. Não foram identificadas diferenças entre o sexo e os resultados encontrados. Assim, as crianças que não produziram o fonema /s/ em onset complexo apresentaram maior dificuldade em realizar vibração de língua.


Subject(s)
Speech Therapy , Stomatognathic System , Childhood-Onset Fluency Disorder , Speech Disorders , Child, Preschool
10.
Rev. CEFAC ; 20(5): 565-572, Sept.-Oct. 2018. tab
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-976868

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: to analyze the prosodic aspects of speech in children with Autism Spectrum Disorder. Methods: 21 children aged 3 to 6 years participated and were divided into three groups: Group 1 - children with Autism Spectrum Disorder; Group 2 - children with language delay; Group 3 - children with typical language development. Three judges performed a subjective evaluation of the emissive prosody (characterization of pitch, loudness, sentence stress, stressed syllable and others) of the children during interaction time (video recording and use of specific protocols). The equality of proportions test was applied for group comparison (α=0.01). Results: the prevalence of a history of delay for speaking the first words was high in Groups 1 and 2. Regarding the prosodic characteristics, all Group 1 children had difficulties in the use of the stressed syllable, and some in the accentuation of the sentence. On the other hand, no Group 3 children showed these changes and few Group 2 children presented excessively stressed syllable. Conclusion: inappropriate stressing of words seems to be one of the features in the differential diagnosis of verbal children with Autism Spectrum Disorder.


RESUMO Objetivo: analisar os aspectos prosódicos da fala de crianças com diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista. Métodos: participaram 21 crianças (idade entre 3 e 6 anos), as quais foram divididas em três grupos: Grupo 1 - crianças com Transtorno do Espectro Autista; Grupo 2 - crianças com atraso de linguagem; Grupo 3 - crianças que apresentavam desenvolvimento típico da linguagem. Três juízes realizaram avaliação subjetiva da prosódia emissiva (caracterização do pitch, loudness, acento da frase, sílaba tônica e outros) dessas crianças durante o momento de interação (uso de gravação em vídeo e utilização de protocolos específicos). Para comparação entre os grupos, usou-se o teste de Igualdade de Proporções (α=0,01). Resultados: é alta a prevalência de histórico de atraso na emissão das primeiras palavras nos Grupos 1e 2. Em relação às características prosódicas, todas as crianças do Grupo 1 apresentaram dificuldade no uso da sílaba tônica, e algumas na acentuação da frase. Em contraste, nenhuma criança do Grupo 3 apresentou essas alterações, e uma mínima porcentagem do Grupo 2 apresentou excessiva marcação da sílaba tônica. Conclusão: a acentuação inadequada das palavras parece ser um dos marcadores no diagnóstico diferencial de crianças oralizadas com Transtorno do Espectro Autista.

11.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 28(1): 35-41, Jan.-Mar. 2018. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-958505

ABSTRACT

INTRODUCTION: Neuropsychomotor development and auditory abilities, influenced by biological and environmental factors, are directly related to school performance. In this way, a screening test in school environment allows the prior identification of change in development, reducing the losses in child life. OBJECTIVE: To characterize the relationship between neuropsychomotor development and auditory processing skills in preschool children. METHODS: 108 preschool children from three public institutions with ages between four years and one month to five years and eleven months, of both sexes were screened. It was performed the screening of Central Auditory Processing (CAP) through the simplified evaluation of auditory processing and the neurodevelopment using the Developmental Screening Test II Denver. The data were analyzed by chi-square tests and bivariate correlation with Pearson coefficient, adopting a significance level of 5% and alpha of 0.1. RESULTS: The screening of the CAP, 100% of the subjects showed normal responses in the test detection, 81.5% in sound localization, 49% in the test of non-verbal sequential memory and 58.3% in the test of verbal sequential memory. In the neuropsychomotor development screening, the frequency of appropriate responses to the chronological age was significant in all areas, being 86.1% (93) in personal social area, 92.5% (100) in the adaptive fine motor, 87 % (94) in language and 92.5% (100) in gross motor. It was found a significant relationship only between the language alterations and proofs of sequential memory (p <0.05). CONCLUSION: It was found that the group studied was relationship between the language alterations and alterations in the temporal ordering skills of the central auditory processing.


INTRODUÇÃO: O desenvolvimento neuropsicomotor e das habilidades auditivas, influenciados tanto por fatores biológicos como ambientais, tem relação direta com o desempenho escolar. Dessa forma, a realização de triagens em ambiente escolar possibilita a identificação precoce de alterações nesse desenvolvimento reduzindo assim, os prejuízos na vida dessas crianças. OBJETIVO: Caracterizar a relação entre o desenvolvimento neuropsicomotor e as habilidades do processamento auditivo em pré-escolares. MÉTODO: Foram realizados em 108 pré-escolares de três instituições públicas, com idades entre quatro anos e um mês e cinco anos e 11 meses, de ambos os sexos. Foram realizadas teste de reatreio do processamento auditivo central (PAC) por meio da avaliação simplificada do processamento auditivo (ASPA) e do desenvolvimento neuropsicomotor utilizando o Teste de Triagem de Desenvolvimento Denver II. Os dados foram analisados pelos Testes Qui-quadrado e Correlação Bivariada com coeficiente Pearson, adotando-se significância de 5% e alfa de 0,1. RESULTADOS: No rastreamento do PAC, 100% dos sujeitos apresentaram respostas normais na prova de detecção, 81,5% na de localização sonora, 49% na prova de memória sequencial não verbal e 58,3% na prova de memória sequencial verbal. Na triagem do desenvolvimento neuropsicomotor, a frequência de respostas adequadas à idade cronológica foi significativa em todas as áreas, sendo de 86,1% (93) na área pessoal social, 92,5% (100) no motor fino adaptativo, 87% (94) na linguagem e 92,5% (100) no motor grosseiro. Constatou-se relação significativa apenas entre as alterações de linguagem e as provas de memória sequencial (p<0,05). CONCLUSÃO: Houve relação entre as alterações de linguagem e as alterações nas habilidades de ordenação temporal do processamento auditivo central.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Child, Preschool , Psychomotor Performance , School Health Services , Auditory Perception , Child Development , Child, Preschool , Triage , Speech, Language and Hearing Sciences
12.
Rev. CEFAC ; 19(4): 443-449, July-Aug. 2017. graf
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1041097

ABSTRACT

ABSTRACT Purposes: to characterize the cognitive performance hospitalized adults and elderly patients with no complaints, check the effect of education and age and correlate the results. Methods: cognitive screening was carried out by the Mini Mental State Examination (MEM) and the Verbal Fluency Test, semantics (FVS) and phonological (FVF) in 25 adults and elderly with no cognitive changes complaints admitted in an internal medicine ward. For statistical analyses, the one-way Anova, followed by post hoc Tukey, the bivariate Person correlation and the nonparametric Fisher's tests were used. Results: a high frequency of cognitive impairment and a moderate correlation among the three tests applied were verified. The educational factor influenced the results of the MEM, the FVF and FVS tests, while the age factor significantly influenced the evidence of MEM and FVS. Conclusion: the data demonstrated that cognitive screening in hospitalized patients without related complaints is important, and that age and education are paramount factors in cognitive performance.


RESUMO Objetivos: caracterizar o desempenho cognitivo de adultos e idosos hospitalizados, sem queixas, considerando o efeito da escolaridade e da idade, e correlacionar os resultados encontrados. Métodos: foi realizado rastreio cognitivo por meio do Miniexame do Estado Mental (MEM) e do Teste de Fluência Verbal, semântica (FVS) e fonológica (FVF), em 25 adultos e idosos sem queixas de alterações cognitivas internados em uma enfermaria de clínica médica. Para as análises estatísticas foi utilizado o teste Anova one way, seguido do teste Post Hoc de Tukey, do teste de correlação bivariada de Pearson e do teste exato de Fisher (não paramétrico) para associação dos resultados. Resultados: evidenciou-se alta frequência de alterações cognitivas e correlação moderada entre os três testes aplicados. O fator escolaridade influenciou os resultados do MEM, do Teste de FVF e FVS, enquanto o fator idade influenciou significantemente apenas as provas de MEM e FVS. Conclusão: os dados demonstram a importância do rastreio cognitivo em pacientes hospitalizados sem queixas relacionadas e, que a idade e a escolaridade são fatores importantes no desempenho cognitivo.

13.
Distúrb. comun ; 29(2): 218-226, jun. 2017. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-880918

ABSTRACT

Introdução: as alterações de memória podem influenciar a comunicação interferindo assim na qualidade de vida do individuo. Objetivo: caracterizar a memória semântica, memória operacional e de curto prazo em adultos e idosos hospitalizados. Materiais e Método: participaram trinta pacientes, adultos e idosos, internados na ala de clínica médica de um Hospital Regional. Todos foram submetidos às provas de recordação de um recado, repetição de palavra e dígitos (ordem direta e inversa), fluência verbal semântica e fonológica e à prova de abstração e memória semântica. Resultados: 76,7% dos pacientes apresentaram alguma dificuldade na recordação do recado. A mediana de pontuação na prova de repetição foi 5,5 para palavras, 5,0 para dígitos e 4,0 para dígitos na ordem inversa. A Fluência Verbal Semântica e Fonológica apresentaram-se relacionadas. Na tarefa de abstração e memória semântica a maior dificuldade foi na interpretação de provérbios populares. Conclusão: um número expressivo de pacientes apresentou dificuldade em alguma das provas de memória.


Introduction: memory alterations influence communication interfering in quality of life. Purpose: characterize the semantic, working and short-term memory in hospitalizes adults and elderly patients. Method: thirty hospitalized adults and elderly, in a regional hospital were submitted to memory tests: message recall, word and digits repetition (direct and reverse order), verbal fluency and phonological and semantic abstraction and semantic memory. Results: 76.7% of patients had some difficulty recalling the message. A median score in repetition test was verified: 5.5 for words, 5.0 to digits in direct order and 4,0 to digits in reverse order. Verbal Fluency Semantic and Phonological proved to be correlated. In abstraction and semantic memory task data indicated more difficulty in proverbs interpretation. Conclusion: a significant number of hospitalized patients demonstrated difficulties in memory tests.


Introducción: las alteraciones en la memoria pueden influir en la comunicación y, de esta forma, interferir con la calidad de vida del individuo. Objetivo: caracterizar la memoria semántica, la memoria operacional y de corto plazo en adultos y adultos mayores hospitalizados. Materiales y Método: participaron treinta pacientes, adultos y adultos mayores, ingresados en la ala de clínica médica de un hospital regional. Todos fueron sometidos a test de recordación de un mensaje, repetición de palabras y dígitos (orden directa e inversa), fluidez verbal semántica y fonológica, y a prueba de abstracción y memoria semántica. Resultados: 76,7% de los pacientes tenía leve dificultad para recordar el mensaje. El promedio de puntuación en la prueba de repetición fue de 5,5 para palabras, 5,0 para dígitos y 4,0 para dígitos en orden inverso. La fluidez verbal semántica y la fonológica se presentaron correlacionadas. En la tarea de abstracción y memoria semántica la mayor dificultad fue la interpretación de proverbios populares. Conclusión: un número significativo de pacientes demostró dificultad en algunas de las pruebas de memoria.


Subject(s)
Humans , Adult , Middle Aged , Aged , Aged, 80 and over , Aged , Communication , Hospitalization , Memory , Speech, Language and Hearing Sciences
14.
Distúrb. comun ; 29(2): 262-273, jun. 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-881009

ABSTRACT

Introdução: o aleitamento materno tem função primordial para o desenvolvimento nutricional, emocional, físico, do sistema motor oral, assim como no desenvolvimento neuropsicomotor infantil. Objetivo: investigar a associação do desenvolvimento neuropsicomotor, da introdução alimentar com o aleitamento materno de lactentes nos primeiros seis meses de vida. Método: 16 lactentes, sem fatores de risco para atraso no desenvolvimento, foram acompanhados mensalmente desde a maternidade até os seis meses para a avaliação do desenvolvimento neuropsicomotor por meio do Teste de Triagem Denver II e da rotina alimentar e hábitos orais por meio de um questionário. Resultados: no primeiro mês, 87,5% dos lactantes foram amamentados em seio materno, mas em 62,5% houve a introdução precoce de chá, água e outros leites e, 68,7% apresentavam hábitos orais. No sexto mês 18,7% realizavam aleitamento materno exclusivo, 43,75% aleitamento misto e 37,5% faziam uso de leite artificial, sendo que 84,6% já haviam introduzido sólidos. 56,25 % mantinham os hábitos orais. Quanto à avaliação do desenvolvimento, na maternidade, todos apresentaram respostas adequadas. No sexto mês na área pessoal social, 93,75% apresentavam desenvolvimento adequado, e 6,25% estavam avançadas. No motor fino adaptativo, 87,5 % adequado, 6,25% avançados e 6,25% apresentavam risco. Na linguagem 100% estavam adequadas à idade e, no motor grosseiro, 31,25% estavam adequadas e 68,75% avançadas. Conclusão: os lactentes que permaneceram em aleitamento materno apresentaram um melhor desenvolvimento neuropsicomotor e uma menor incidência de hábitos orais deletérios, não havendo diferença quanto à introdução alimentar.


Introduction: breastfeeding plays a fundamental role for nutritional, emotional, physical, oral motor system, as well as neuropsychomotor child development. Objective: to investigate the association of neuropsychomotor development, and nourishing introduction with breastfeeding in the first six months of life. Method: 16 infants without risk factors for developmental delay were monitored monthly from motherhood to six months for the evaluation of neuropsychomotor development through the Screening Test Denver II and eating routine and oral habits through a questionnaire. Results: in the first month, 87.5% of infants were breastfed, but 62.5% had early introduction of tea, water and other milks and 68.7% had oral habits. In the sixth month 18.7% had exclusive breastfeeding, 43.75% mixed feeding and 37.5% were using artificial milk, and 84.6% had introduced solids. 56.25% had oral habits. All the infants had adequate development in the evaluation while their stay in the maternity. In the sixth month in social personal area 93.75% had adequate development, and 6.25% were advanced. In adaptive fine motor, 87.5% suitable, advanced 6.25% and 6.25% were at risk. In the language 100% were age appropriate and in gross motor 31.25% were adequate and 68.75% advanced. Conclusion: the children who remained breastfed showed a better neuropsychomotor development and a lower incidence of deleterious oral habits, with no difference in nourishing introduction.


Introducción: la lactancia materna tiene un papel fundamental para el desarrollo nutricional, emocional y físico del sistema motor oral, así como para el desarrollo neuropsicomotor infantil. Objetivo: investigar la asociación entre desarrollo neuropsicomotor y la introducción de alimentos con lactancia materna en lactantes, durante los primeros seis meses de vida. Método: 16 lactantes sin factores de riesgo de retraso en el desarrollo, fueron controlados mensualmente de la maternidad hasta los seis meses, para la evaluación del desarrollo neuropsicomotor a través de la Prueba de Tría de Denver II y de la rutina alimentar y hábitos orales, a través de un cuestionario. Resultados: en el primero mes, el 87,5% de los lactantes fueron amamantados al seno, pero en el 62,5% hubo introducción temprana de té, agua y otras leches y 68,7% presentaban hábitos orales. En el sexto mes, el 18,7% tenían exclusivamente la lactancia materna, el 43,75% lactancia mixta y el 37,5% utilizaban la leche artificial. El 84,6% ya había introducido sólidos. El 56.25% mantenía hábitos orales. En la evaluación del desarrollo, en la maternidad, todos presentaron respuestas adecuadas. En el sexto mes, en el área personal social, 93,75% resentaban un desarrollo adecuado, y 6,25% estaban avanzados. En la motricidad fina adaptativa, el 87,5% se mostró adecuado, 6,25% avanzados y 6,25% presentaron riesgo. En el lenguaje el 100% estaban adecuados para la edad y en la motricidad gruesa, el 31,25% estaban adecuados y el 68.75% avanzados. Conclusión: los lactantes que permanecieron en la lactancia materna presentaron un mejor desarrollo neuropsicomotor y una menor incidencia de los hábitos orales perjudiciales, sin diferencias en cuanto a la introducción de alimentos.


Subject(s)
Humans , Infant , Breast Feeding , Child Care , Child Development , Habits
15.
Rev. CEFAC ; 19(3): 303-307, mai.-jun. 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1041096

ABSTRACT

RESUMO Objetivo: conhecer a autopercepção sobre a função glótica e desvantagem vocal de professores e identificar se há correlação e associação entre essas duas variáveis. Métodos: participaram do estudo 78 professores da rede pública de ensino, de ambos os sexos, com idade entre 30 a 45 anos. Foram utilizados os questionários de Índice de Desvantagem Vocal-10 (IDV-10) e o Índice de Função Glótica (IFG). Para análise dos resultados foi utilizado o teste Qui-quadrado e o teste de correlação de Spearman, com nível de significância adotado de 5%. Resultados: participaram do estudo 78 professores, com idade média de 40 anos (desvio padrão ±8 anos). Vinte e cinco pessoas (32%) são do sexo masculino e 53 (68%) do feminino. Os resultados de ambos os questionários apresentaram-se significantemente associados (p<0,01) e com forte correlação (R=0,76; p<0,01). Conclusão: os professores do estudo percebem as desvantagens vocais, principalmente relacionadas à dificuldade para falar em ambientes ruidosos, sensação de quebra de voz e força para fazer a voz sair. Evidenciou-se associação estatisticamente significante e forte correlação entre os resultados da percepção da desvantagem vocal e a função glótica.


ABSTRACT Purpose: to understand the self-perception of the glottic function and of the voice handicap in teachers and to identify if there is correlation and association between these two variables. Methods: a total of 78 teachers of both genders from the public school system, aged between 30 and 45, participated in the study. Voice Handicap Index - 10 (VHI-10) and Glottal Function Index (GFI) were used to collect data on school teachers. Chi-squared test and Spearman's correlation test were applied to analyze the results, with a significance level of 5%. Results: a total of 78 teachers, average age of 40 years (standard deviation ± 8 years) participated in the study, twenty-five subjects (32%) being males and 53 (68%), females. The results of both questionnaires were significantly associated (p <0.01) and were strongly correlated (R = 0.76; p <0.01). Conclusion: the teachers of the study perceived voice handicap, mainly related to the difficulty of speaking in noisy environments, the sensation of voice break and the effort to speak. There was a statistically significant association and a strong correlation between the results of voice handicap and glottic function perceptions.

16.
Tempus (Brasília) ; 11(1): 97-103, jan.-mar. 2017.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-880466

ABSTRACT

Transsexualism is still perceived as a personality disorder by classificatory systems of disease, especially by the American Psychiatric Association. In order to reflect on this classification, as well as provide care issues in health trans people, the group continued "GTTrans: Transsexuality in the agenda" came into the Extension Project on health of trans person. Open for all internal and external community to the university, it was proposed that the meeting would be an opportunity to meet the specific and general needs of transgender people in health services, proposing improvements in care network involved with the university.


A transexualidade é ainda entendida como transtorno de personalidade pelos sistemas classificatórios de doenças, especialmente pela associação americana de psiquiatria. Com o intuito de refletir sobre essa classificação, assim como apresentar questões de cuidados em saúde à pessoas trans, surgiu o grupo intitulado "GTTrans: Transexualidade em Pauta" sobre saúde da pessoa trans dentro do Projeto de Extensão da Universidade Federal de Sergipe, Campus Prof. Antonio Garcia Filho, na cidade de Lagarto. Aberto para toda a comunidade interna e externa à universidade, propôs-se que os encontros seriam uma oportunidade d@s estudantes e comunidade em geral de conhecer as necessidades específicas e gerais das pessoas trans nos serviços de saúde, propondo melhorias na rede de atenção envolvida com a universidade.


La transexualidad es todavía entendida como trastorno de personalidad por los sistemas clasificatorios de enfermedades, especialmente por la asociación americana de psiquiatría. Con el fin de discutir sobre esa clasificación, así como presentar cuestiones de atención en salud a las personas trans, surgió el grupo continuado "GTTrans: Transexualidad en Pauta" sobre salud de la persona trans dentro del Proyecto de Extensión de la Universidad Federal de Sergipe, Campus Prof. . Antonio García Filho, en la ciudad de Lagarto. Abierto para toda la comunidad interna y externa a la universidad, se propuso que los encuentros serían una oportunidad de los estudiantes y la comunidad en general de conocer las necesidades específicas y generales de las personas trans en los servicios de salud, proponiendo mejoras en la red de salud Atención a la universidad.


Subject(s)
Humans , Transsexualism , Health of Specific Groups , Health Services Needs and Demand , Laticauda
17.
Distúrb. comun ; 29(1): 172-177, mar. 2017.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-880861

ABSTRACT

As Campanhas de Voz fazem parte de ações coletivas e aproximam fonoaudiólogos às estratégias e políticas públicas de saúde. Esse percurso representa um marco na mobilização dos fonoaudiólogos, que passaram a ter o tema como objeto de uma ação que se pretende educativa. Neste sentido, é importante que este processo aconteça de forma acessível à população e que os participantes sintam-se contemplados no que se refere às diversas possibilidades de se exercer o cuidado, refletidas em sua qualidade de vida. Esta comunicação teve como objetivo descrever conceitos e possíveis estratégias para a realização de ações nas Campanhas de Voz, na perspectiva da promoção da saúde.


The Voice campaigns are part of collective actions and speech therapists approach to the strategies and public health policies. This trajectory represents a mark in the mobilization of speech therapists that now have the theme as the object of an action that is intended to be educational. Thus, it is important that this process happens in an accessible manner to the population and that participants feel contemplated in relation to the various possibilities to exercise care, reflected in their quality of life. This communication aimed to describe concepts and possible strategies for the realization of actions in Voice campaigns in the perspective of health promotion.


Resumen: Las campañas de voz son parte de las acciones colectivas y aproximan los fonoaudiólogos de las estrategias y políticas pubicas de salud. Esa ruta representa un marco en la movilización de los fonoaudiólogos que pasaron a tener el tema como objeto de una acción educativa. En este sentido, es importante que este proceso ocurra de una forma accesible a la población y que los participantes se sientan contemplados en relación con las diversas posibilidades de ejercer el cuidado, que se refleja en su calidad de vida. Esta comunicación tuvo como objetivo describir los conceptos y las posibles estrategias para la realización de acciones en las Campañas de Voz desde la perspectiva de promoción de la salud.


Subject(s)
Humans , Health Education , Health Promotion , Speech, Language and Hearing Sciences , Voice , Health Policy
18.
Biosci. j. (Online) ; 33(1): 219-224, jan./feb. 2017. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-965895

ABSTRACT

The aim of this study was to compare the performance between the oral and written speeches of students of the Health area that use active teaching methodologies. Thus, it was designed a study of observational, transversal and analytical nature, comparing the notes of oral and written productions (portfolios) of students of a Health course that fully utilizes the active methodologies. The sample consisted of 25 students, 23 female and two male, with an average age of 23 (± 5 years). For statistical analysis we used the Wilcoxon tests and the Pearson correlation test, with 5% significance level. There was a lower student performance in the written speech (6,73 ± 1,87) when compared to the oral (7,66 ± 2,08), with a statistically significant difference between both of them (p<0,01), with a strong correlation between the average obtained in the two modalities evaluated (R=0,723). It can be concluded that students present more difficulty in written speeches when compared to the oral ones, revealing that even with the use of active methodologies, the improvement of written communication still is necessary between the students of the studied sample.


O objetivo desta pesquisa foi comparar o desempenho entre os discursos oral e escrito de estudantes de um curso da área da Saúde que utiliza metodologias ativas de ensino. Para tanto, foi planejado estudo de natureza observacional, transversal e analítico, que comparou as notas das produções orais e escritas (portfólios) de estudantes de um curso da área da saúde que utiliza integralmente as metodologias ativas. A amostra foi constituída por 25 estudantes, 23 do sexo feminino e dois do masculino, com idade média de 23 anos (± 5 anos). Para análise estatística utilizaram-se os testes Wilcoxon e o teste de correlação de Pearson, com nível de significância de 5%. Observou-se um menor desempenho dos estudantes no discurso escrito (6,73 ± 1,87) quando comparado ao oral (7,66 ± 2,08), com diferença estatisticamente significativa entre ambos (p<0,01), havendo forte correlação entre as médias obtidas nas duas modalidades avaliadas (R=0,723). Pode-se concluir que os estudantes apresentaram maior dificuldade no discurso escrito quando comparado ao oral, revelando que mesmo com o uso de metodologias ativas, o aprimoramento da comunicação escrita ainda faz-se necessária entre os estudantes da amostra estudada.


Subject(s)
Universities , Educational Measurement , Health Human Resource Training , Professional Training
19.
CoDAS ; 29(4): e20170053, 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-890785

ABSTRACT

RESUMO Objetivo Correlacionar a autorreferência de distúrbio vocal com hábitos que influenciam a produção da voz e situações de violência vivenciadas por professores. Método Participaram do estudo 41 professores do Fundamental da Zona Rural e Urbana. Para a coleta de dados, foram utilizados dois instrumentos: Condição de Produção Vocal - Professor (CPV-P) e o Índice de Triagem para Distúrbio de Voz - ITDV. Para a verificação da associação entre as variáveis, foi utilizado o teste Quiquadrado, com nível de significância de 5%. Resultados A amostra foi composta por oito homens e 33 mulheres com idade entre 25 e 66 anos, com mediana de 39 anos. Com relação aos hábitos vocais, 33 (80,5%) pessoas referiram o costume de gritar, 40 pessoas (97,5%) se autodeclararam falar muito. Quanto aos cuidados com a voz, 31 (73,1%) pessoas relataram ingerir água enquanto realizam uso vocal. Quanto ao escore total do ITDV, 30 (73,1%) professores ficaram acima da pontuação proposta para predisposição à alteração vocal. A análise estatística evidenciou associação significativa entre o gênero feminino e a queixa de violência do tipo pichações. Não foi evidenciada nenhuma correlação significativa entre o resultado do ITDV com o gênero e ITDV com as formas de violência avaliadas no estudo. Conclusão A autorreferência sobre distúrbios de voz não apresentou relação significativa com as situações de violência. Porém, a análise do contexto de violência nas escolas e os problemas vocais são temas que merecem atenção e podem direcionar para a criação de políticas públicas capazes de minimizar o adoecimento vocal e de mecanismos que impeçam ou diminuam as situações de violência na escola.


ABSTRACT Purpose To correlate self-reporting of voice disorders with habits that impact voice production and situations of violence experienced by teachers. Methods The study involved 41 elementary-school teachers of rural and urban areas. Two instruments were used for data collection: The Vocal Production Condition - Teacher (CPV-P) questionnaire and the Screening Index for Voice Disorders - ITDV. The chi-square test was used to verify association among variables with a significance level of 5%. Results The sample consisted of 8 men and 33 women aged 25-66 years with a median of 39 years. Regarding vocal habits, 33 people (80.5%) mentioned the screaming as usual practice, 40 people (97.5%) declared they talk a lot. As for voice care, 31 people (73.1%) reported drinking water while using their voice. As for the ITDV total score, 30 teachers (73.1%) were above the score threshold set for predisposition to vocal disorders. Statistical analysis revealed a significant association between female participants and complaint of graffiti writings as a type of violence. No significant correlation between the ITDV results with gender and the ITDV with forms of violence evaluated in the study was indicated. Conclusion Self-reporting of voice disorders showed no significant relationship with acts of violence. However, analysis of the context of violence in schools and vocal problems are issues worthy of attention, particularly the observed naturalization of gender inssues, which is seldom problematized.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Aged , Schools/statistics & numerical data , Violence/statistics & numerical data , Voice Disorders/epidemiology , School Teachers/statistics & numerical data , Occupational Diseases/epidemiology , Voice Quality , Brazil/epidemiology , Sex Factors , Cross-Sectional Studies , Risk Factors , Self Report , Middle Aged
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL