Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 41
Filter
1.
Rev. bras. enferm ; 73(3): e20180793, 2020. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-1092586

ABSTRACT

ABSTRACT Objectives: to identify predisposing and enabling factors as well as the health needs associated with the discontinuance of outpatient follow-up of newborns who were hospitalized at neonatal intensive care unit. Methods: cross-sectional study, using the behavioral model of health services use. The study was composed of 358 mothers and newborns referred to the outpatient follow-up after discharge. Characterization, perception of social support, postnatal depression, and attendance to appointments data were collected, analyzed by the R software (3.3.1). Results: outpatient follow-up was discontinued by 31.28% of children in the first year after discharge. In multiple regression analysis, the chance of discontinuance was higher for newborns who used mechanical ventilation (OR = 1.68; 95%CI 1.04-2.72) and depended on technology (OR = 3.54; 95%CI 1.32-9.5). Conclusions: predisposing factors were associated with the discontinuance of follow-up; enabling factors and health needs did not present a significant association. Children with more complex health conditions require additional support to participate in follow-up programs, thus ensuring the continuity of care.


RESUMEN Objetivso: identificar los factores predisponentes y facilitadores, y las necesidades de salud asociadas a la interrupción del seguimiento ambulatorio de recién nacidos tras el alta de unidades de cuidados intensivos neonatais. Métodos: estudio transversal, que utilizó el modelo conductual de utilización de servicios de salud. Participaron 358 madres y recién nacidos, que fueron orientados al seguimiento ambulatorio para el alta hospitalaria. Se recogieron los datos de caracterización, de percepción de apoyo social, de depresión posparto y de asiduidad a las consultas, siendo analizados en el software R (3.3.1). Resultados: el siguimiento ambulatorio fue interrumpido por el 31,28% de los niños durante el primer año tras el alta. En el análisis de regresión múltiple, la probabilidad de interrumpir el seguimiento fue mayor entre los recién nacidos que utilizaron ventilación mecánica (OR = 1,68; IC 95% 1,04-2,72) y dependían de la tecnología (OR = 3,54; IC 95% 1,32-9,5). Conclusión: los factores predisponentes fueron asociados con la interrupción del seguimiento; sin embargo, los factores facilitadores y las necesidades de salud no presentaron una asociación significativa. Los niños que presentaban condiciones de salud más complejas requirieron apoyo adicional para participar en los programas de seguimiento y garantizar la continuidad del cuidado.


RESUMO Objetivos: identificar fatores predisponentes e capacitantes e necessidades de saúde associados à descontinuidade do seguimento ambulatorial de recém-nascidos egressos de terapia intensiva neonatal. Métodos: estudo transversal, utilizando o modelo comportamental de utilização de serviços de saúde. Participaram 358 mães e recém-nascidos encaminhados ao seguimento ambulatorial à alta hospitalar. Foram coletados dados de caracterização, percepção de apoio social, depressão pós-parto e assiduidade às consultas, sendo analisados no software R (3.3.1). Resultados: o seguimento ambulatorial foi descontinuado por 31,28% das crianças no primeiro ano após a alta. Em análise de regressão múltipla, a chance da descontinuidade foi maior nos recém-nascidos que utilizaram ventilação mecânica (OR = 1,68; IC 95% 1,04-2,72) e dependiam de tecnologia (OR = 3,54; IC 95% 1,32-9,5). Conclusões: fatores predisponentes estiveram associados à descontinuidade do seguimento; fatores capacitantes e necessidades de saúde não apresentaram associação significativa. Crianças com condições de saúde mais complexas requerem suporte adicional para participação nos programas de seguimento e garantia da continuidade do cuidado.

2.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 24(1): e20190131, 2020.
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-1056136

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: To analyze the obstetric nurses' discourse on self-care and decisions make of their life and body, and their relation with care for other women. Method: A qualitative, post-structuralist research with 14 obstetric nurses. Data were obtained from in-depth interviews and submitted to discourse analysis, based on the concepts of Foucault. Results: The findings reveal that caring of obstetric nurses is produced in the encounter between their own body and the body of the women under their care. The nursing profession was presented not only as a means of work and support but as an essential device for the training of women as subjects. The collective narrative is marked by the attitude of compassion, by the processes of subjectivity incited by the professional practice, by indicators of critical and political care, and by the construction of an interlocking network among obstetrical nurses. Conclusions and implications for practice: Acting in obstetric nursing results in self-care and care(less) effects of other women. The study contributes to the analysis and knowledge of the life and work scenario of obstetrical nurses. It also reassures the potential of care as an art that is present in the women's practices.


RESUMEN Objetivo: Analizar los discursos de enfermeras obstétricas sobre su propio cuidado y las decisiones sobre su vida y cuerpo, así como la relación con el cuidado de otras mujeres. Metodo: Investigación cualitativa, desde una perspectiva postestructuralista. Los datos se obtuvieron a partir de entrevistas en profundidad con 14 enfermeras obstétricas y se los sometió al análisis del discurso, basado en el concepto de Foucault. Resultados: Los hallazgos revelan que el cuidado para la enfermera obstétrica se produce en el encuentro entre su propio cuerpo y el de las mujeres a las que atiende. La profesión de enfermería se presentó no solo como un medio de trabajo y apoyo financiero, sino como un dispositivo para la formación de mujeres como sujetos. La narrativa colectiva está marcada por la actitud de compasión, por los procesos de subjetivación incitados por la práctica profesional, por indicativos de atención crítica y política, y por la construcción de una red de entrelazamiento entre enfermeras obstétricas. Conclusiones e implicaciones para la práctica: Desempeñarse como enfermera obstétrica deriva en efectos que producen el cuidado propio y el de otras mujeres. El estudio contribuye al análisis y conocimiento del escenario de vida y trabajo de las enfermeras obstétricas y a la reafirmación del potencial de cuidado presente en las prácticas de estas mujeres.


RESUMO Objetivo: Analisar os discursos de enfermeiras obstétricas sobre o cuidado de si e as decisões sobre sua vida e seu corpo, bem como a relação com o cuidado destinado a outras mulheres. Metódo: Pesquisa qualitativa, de referencial pós-estruturalista. Dados obtidos de entrevistas em profundidade com 14 enfermeiras obstétricas e submetidos à analítica do discurso, tendo como base conceitual Foucault. Resultados: Os achados revelam que o cuidado para a enfermeira obstétrica é produzido no encontro entre o corpo de si e o corpo das mulheres sob cuidados. A profissão de enfermagem apresentou-se não apenas enquanto meio de trabalho e sustento, mas como importante dispositivo para formação das mulheres enquanto sujeitos. A narrativa coletiva é marcada pela atitude de compaixão, por processos de subjetivação incitados pela prática profissional, por indicativos de um cuidado crítico e político, e pela construção de uma rede de imbricamento entre as enfermeiras obstétricas. Conclusões e implicações para a prática: A atuação em enfermagem obstétrica resulta em efeitos produtores de cuidado de si e de (des)cuidado de outras mulheres. O estudo contribui para a análise e o conhecimento do cenário de vida e de trabalho das enfermeiras obstétricas e a reafirmação do potencial de cuidado presente nas práticas destas mulheres.

3.
Rev. bras. enferm ; 73(4): e20180392, 2020. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-1098815

ABSTRACT

ABSTRACT Objectives: to assess layout quality, visual identity and content of the "Neonatal Pain Assessment Program" (Programa de Avaliação da Dor Neonatal) online course. Methods: a descriptive exploratory study. The course was assessed by 24 experts in pain, neonatology and education. A form containing 20 questions on technical, interface and educational aspects was used. For each item, the score ranged from 0 to 1. Mean scores above 0.7 were considered indicative of high quality of the items. Descriptive statistics were used for data analysis. Results: navigation, clarity, ease of localization, content relevance, contextualization, content correction, multiple windows, ease of use, ease of return, ergonomics, esthetics, special brands, audiovisual resources, information and portability were assessed. All aspects obtained a mean ≥ 0.70 and no changes were required. Conclusions: the Neonatal Pain Assessment Program is considered as quality educational technology and promising strategy for health education.


RESUMEN Objetivos: evalúe la calidad del diseño, la identidad visual y el contenido del curso en línea "Programa de Evaluación del Dolor Neonatal" (Programa de Avaliação da Dor Neonatal). Métodos: estudio exploratorio descriptivo. El curso fue evaluado por 24 especialistas en las áreas de dolor, neonatología y educación. Se utilizó un formulario con 20 preguntas sobre aspectos técnicos, de interfaz y educativos. Para cada ítem, los puntajes variaron de 0 a 1. Los puntajes promedio por encima de 0.7 se consideraron indicativos de alta calidad de ítems. Se utilizaron estadísticas descriptivas para el análisis de datos. Resultados: se evaluaron: navegación libre, claridad, facilidad de localización, relevancia de contenido, contextualización, corrección de contenido, ventanas múltiples, facilidad de uso, facilidad de retorno, ergonomía, estética, marcas especiales, recursos audiovisuales, información y portabilidad. Todos los aspectos obtuvieron una media ≥ 0,70 y no se requirieron cambios. Conclusiones: el Programa de Evaluación del Dolor Neonatal se considera una tecnología educativa de calidad y una estrategia prometedora para la educación para la salud.


RESUMO Objetivos: avaliar a qualidade do layout, da identidade visual e do conteúdo do curso online "Programa de Avaliação da Dor Neonatal". Métodos: estudo exploratório descritivo. O curso foi avaliado por 24 especialistas nas áreas de dor, neonatologia e educação. Foi utilizado um formulário contendo 20 questões sobre aspectos técnicos, de interface e educacionais. Para cada item, a pontuação variou de 0 a 1. Escores médios acima de 0,7 foram considerados indicativos de alta qualidade dos itens. Utilizou-se estatística descritiva para análise dos dados. Resultados: foram avaliados: navegação livre, clareza, facilidade de localização, pertinência do conteúdo, contextualização, correção de conteúdo, múltiplas janelas, facilidade de aprendizagem, eficiência de utilização, facilidade de retorno, ergonomia, estética, marcas especiais, recursos audiovisuais, informações e portabilidade. Todos os aspectos obtiveram média ≥ 0,70, não sendo necessárias modificações. Conclusões: considera-se o Programa de Avaliação da Dor Neonatal como tecnologia educacional de qualidade e estratégia promissora para a educação em saúde.

4.
Cogitare enferm ; 25: e73148, 2020.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1097298

ABSTRACT

OBJETIVO: esta comunicação tem por objetivo provocar a reflexão de enfermeiras(os) obstétricas(os) a seguir na luta pela garantia de direitos das mulheres e de seus bebês, em meio à pandemia de COVID-19. DESENVOLVIMENTO: chama a atenção a violação dos Direitos Humanos das mulheres, seus filhos e de enfermeiras obstétricas e obstetrizes, principalmente pelo impacto da pandemia. Endossa a Declaração da International Confederation of the Midwives intitulada "Os direitos das mulheres no parto devem ser mantidos durante a pandemia", e evoca a Enfermagem Obstétrica a um quefazer, solidário e pautado pela justiça social, construído e anunciado pelos corpos e vozes daquelas(es) que cuidam e são cuidadas(os). CONSIDERAÇÕES FINAIS: sinalizamos o compromisso político-social com a democracia enquanto processo que legitima a cidadania num campo especial de interesse: a vida e a saúde das mulheres, a partir do direito constitucional e dos desafios éticos que nos convoca a pandemia.


OBJECTIVE: To reflect on the impacts of COVID-19 in northern Italy, the European epicenter of the pandemic. DEVELOPMENT: The approach developed since the advent of the disease, its arrival in Italy and its repercussions, not only in the health field, but also in the human relationships and the social environment. The epidemic has been impacting the lives of health professionals and has mobilized advances in research around the world. FINAL CONSIDERATIONS: It is considered that coping with the disease in the country evidenced the role of Nursing as a care profession and that it will allow for a new thinking about Nursing teaching, care, and research.


OBJETIVO: este comunicado pretende provocar la reflexión de los profesionales de Enfermería obstétrica para que prosigan en la lucha por la garantía de los derechos de las mujeres y de sus bebés, en plena pandemia de COVID-19. DESARROLLO: concentra la atención en la violación de los Derechos Humanos de las mujeres, de sus hijos y de las enfermeras obstétricas y obstetras, principalmente por el efecto de la pandemia. Apoya la Declaración de la International Confederation of the Midwives llamada "Los derechos de las mujeres en el parto deben mantenerse durante la pandemia", y evoca a la Enfermería obstétrica a un comportamiento solidario y pautado por la justicia social, construido y anunciado por los cuerpos y las voces tanto de quienes prestan servicios de cuidado como de quienes los reciben. CONSIDERACIONES FINALES: señalamos el compromiso político-social con la democracia con respecto al proceso que legitima a la ciudadanía en un campo especial de interés: la vida y la salud de las mujeres, a partir del derecho constitucional y de los desafíos éticos que nos impone la pandemia.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Women's Rights , Coronavirus Infections , Obstetric Nursing , Unified Health System , Human Rights
5.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1153, jan.2019.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1005000

ABSTRACT

OBJETIVOS: analisar o perfil dos participantes do Curso de Aprimoramento para Enfermagem Obstétrica (EO). MÉTODOS: estudo transversal, conduzido com participantes do Curso de Aprimoramento para EO dos anos de 2014 a 2016. As variáveis incluídas neste estudo referem-se às características sociodemográficas, econômica e de trabalho dos participantes. Para comparar as proporções e verificar as associações foi utilizado o teste exato de Fisher. RESULTADOS: analisou-se 129 formulários dos participantes. A maioria era do sexo feminino, de cor branca, casadas e com mediana de idade de 35 anos. Em relação às regiões de atuação no país, houve predomínio da Nordeste. Houve diferença estatisticamente significativa entre a Instituição de Ensino Superior (IES) de especialização em EO segundo a área de atuação e de residência por regiões brasileiras, anos de conclusão de especialização e bolsa de estudos. CONCLUSÕES: a formação é, indubitavelmente, fator relevante para que as melhorias na assistência obstétrica se perpetuem. Observou-se que, mais recentemente, as IES privadas vêm oferecendo mais oportunidades de formação do que as IES públicas.(AU)


Objectives: to analyze the profile of the participants of the Advanced Course in Obstetric Nursing. Methods: cross-sectional study conducted with participants of the Advanced Course in Obstetric Nursing from 2014 to 2016. The variables included in this study refer to the socio-demographic, economic, and work characteristics of the participants. The Fisher's exact test was used to compare the proportions and verify the associations. Results: 129 participant forms were analyzed. Most of the participants were white and married women around 35 years old. With respect to the regions, most of them were from Northeast. There was a statistically significant difference between the Higher Educational Institution (IES) specialization in Obstetric Nursing regarding the area of expertise and place of residency per Brazilian region, year of completion of the specialization, and scholarship. Conclusions: the education is assuredly a relevant factor in order to perpetuate the improvements in the obstetric care. It was noted, more recently, that the private IES have offered more opportunities in education than the public IES.(AU)


Objetivo: analizar el perfil de los participantes de un curso de perfeccionamiento en enfermería obstétrica (EO). Métodos: estudio transversal con participantes del curso de perfeccionamiento en EO de los años 2014 a 2016. Las variables incluidas en este estudio se refieren a las características sociodemográficas, económicas y de trabajo de los participantes. Para comparar las proporciones y verificar las asociaciones se utilizó la prueba exacta de Fischer. Resultados: se analizaron 129 fichas de los participantes. La mayoría era del sexo femenino, tez blanca, casada y con edad promedio de 35...(AU)


Subject(s)
Humans , Perinatal Care , Education, Nursing, Continuing , Nurse Midwives , Obstetric Nursing , Parturition
6.
Rev. bras. enferm ; 72(supl.3): 297-304, 2019. tab
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-1057725

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: to analyze factors associated with Apgar of 5 minutes less than 7 of newborns of women selected for care at the Center for Normal Birth (ANC). Method: a descriptive cross-sectional study with data from 9,135 newborns collected between July 2001 and December 2012. The analysis used absolute and relative frequency frequencies and bivariate analysis using Pearson's chi-square test or the exact Fisher. Results: fifty-three newborns (0.6%) had Apgar less than 7 in the 5th minute. The multivariate analysis found a positive association between low Apgar and gestational age less than 37 weeks, gestational pathologies and intercurrences in labor. The presence of the companion was a protective factor. Conclusion: the Normal Birth Center is a viable option for newborns of low risk women as long as the protocol for screening low-risk women is followed.


RESUMEN Objetivo: analizar los factores asociados al Apgar de quinto minuto menor que siete de los recién nacidos de mujeres, seleccionadas para la asistencia en el Centro de Parto Normal (CPN). Método: estudio descriptivo transversal con datos de 9.135 recién nacidos, recogidos entre julio de 2001 y diciembre de 2012. En el análisis se utilizaron el escrutado de frecuencias absolutas y relativas de las variables y el análisis bivariado mediante el cálculo de la prueba de Chi-cuadrado de Pearson o prueba exacta de Pearson Fisher. Resultados: cincuenta y tres recién nacidos (0,6%) tuvieron Apgar menor que siete en el quinto minuto. El análisis multivariado encontró asociación positiva entre bajo Apgar y edad gestacional menor que 37 semanas, patologías en la gestación e interocurrencias en el trabajo de parto. La presencia del acompañante fue un factor protector. Conclusión: el CNP es una opción viable para los recién nacidos de mujeres de bajo riesgo desde que siga el protocolo de selección de las mujeres de bajo riesgo.


RESUMO Objetivo: analisar os fatores associados ao Apgar de quinto minuto menor do que sete de recém-nascidos de mulheres selecionadas para a assistência no Centro de Parto Normal (CPN). Método: estudo descritivo transversal com dados de 9.135 recém-nascidos, coletados entre julho de 2001 e dezembro de 2012. Na análise foi utilizada a apuração de frequências absolutas e relativas das variáveis e análise bivariada mediante o cálculo dos testes de qui-quadrado de Pearson ou exato de Fisher. Resultados: 53 recém-nascidos (0,6%) tiveram Apgar menor que sete no quinto minuto. A análise multivariada encontrou associação positiva entre baixo Apgar e idade gestacional menor que 37 semanas, patologias na gestação e intercorrências no trabalho de parto. A presença do acompanhante foi um fator protetor. Conclusão: o CPN é uma opção viável para recém-nascidos de mulheres de baixo risco desde que o protocolo de seleção das mulheres de baixo risco seja seguido.

7.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 23(2): e20180248, 2019. tab
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-989806

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: to identify aspects that contribute to the discontinuation of outpatient follow-up of newborns from Neonatal Intensive Care Units (NICU) from the perspective of mothers. Method: exploratory, qualitative study, whose theoretical framework was Symbolic Interactionism. Fifteen mothers of children with NICU who discontinued outpatient follow-up in Belo Horizonte-MG were included in a semi-structured interview. Data were analyzed based on the proposal of Hsieh and Shannon. Results: distance from the health service, absence of family support, difficulty in leaving work, maternal health status, organization of the health service itself and deficiency of public transportation were predisposing factors for outpatient abandonment. Mothers understand that their children do not need differentiated care of children at usual risk. Conclusion: service organization, socioeconomic status of the family and social support perceived by mothers were related with the lack of compliance with outpatient follow-up.


RESUMEN Objetivo: identificar aspectos que contribuyen a la discontinuidad del seguimiento ambulatorio de niños egresados de Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) bajo la perspectiva materna. Método: estudio exploratorio, cualitativo, cuyo referencial teórico fue el Interaccionismo Simbólico. Se incluyó, por medio de una entrevista semiestructurada, 15 madres de niños egresados de UTIN que discontinuaron el seguimiento ambulatorial en la ciudad de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais. Los datos fueron analizados basados en la propuesta de Hsieh y Shannon. Resultados: la distancia del servicio de salud, ausencia de apoyo familiar, dificultad para ausentarse del trabajo, condición de salud materna, organización del propio servicio de salud y deficiencia del transporte público fueron aspectos predisponentes para el abandono ambulatorial. Las madres entienden que sus hijos no necesitan los cuidados diferenciados de niños de riesgo habitual. Conclusión: la organización del servicio, la condición socioeconómica de la familia y el apoyo social percibido por las madres estuvieron conexo a la falta de adhesión al seguimiento ambulatorial.


RESUMO Objetivo: identificar aspectos que contribuem para a descontinuidade do seguimento ambulatorial de crianças egressas de Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), sob a perspectiva materna. Método: estudo exploratório, qualitativo, cujo referencial teórico foi o Interacionismo Simbólico. Incluiu-se, por meio de entrevista semiestruturada, 15 mães de crianças egressas de UTIN que descontinuaram o seguimento ambulatorial em Belo Horizonte-MG. Os dados foram analisados baseados na proposta de Hsieh e Shannon. Resultados: a distância do serviço de saúde, ausência de apoio familiar, dificuldade de se ausentar do trabalho, condição de saúde materna, organização do próprio serviço de saúde e deficiência do transporte público foram aspectos predisponentes para o abandono ambulatorial. As mães entendem que seus filhos não precisam de cuidados diferenciados de crianças de risco habitual. Conclusão: a organização do serviço, a condição socioeconômica da família e apoio social percebido pelas mães esteve relacionado à falta de adesão ao seguimento ambulatorial.

8.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 31(2): 144-152, Mar.-Abr. 2018. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-949270

ABSTRACT

Resumo Objetivo Realizar a tradução e adaptação cultural do Questionnaire for Identifying Children With Chronic Conditions-Revised (QuICCC-R, publicado em 1999) para a língua portuguesa do Brasil. O questionário foi desenvolvido para identificar crianças com condições crônicas por meio da aplicação, aos seus pais ou responsável, de 16 questões sobre as repercussões dessas condições, como limitações funcionais, dependência de mecanismos compensatórios ou de cuidados e utilização de serviços acima do esperado para a idade. O método utilizado é independente de diagnósticos. A aplicação do questionário pode ser feita pessoalmente ou por telefone, com duração média de 2 minutos. Métodos Estudo metodológico, realizado nas seguintes etapas: tradução, tradução reversa, revisão por especialistas 1, pré-teste, revisão por especialistas 2 e cálculo do índice de validade de conteúdo. Resultados O questionário foi traduzido e adaptado para português garantindo a equivalência semântica, idiomática e cultural. O pré-teste e a validação de conteúdo por comitê (índice 0,99) possibilitaram aperfeiçoar o instrumento para aplicação e compreensão pela população alvo. Conclusão Por ser um instrumento de rápida e fácil aplicação, o questionário pode contribuir para identificação da condição crônica na infância, na prática clínica e em estudos epidemiológicos, subsidiando o planejamento em saúde.


Resumen Objetivo Traducir y adaptar al portugués brasileño el Questionnaire for Identifying Children with Chronic Conditions-Revised (QuICCC-R, publicado en 1999). Fue desarrollado para identificar niños con condiciones crónicas mediante aplicación a padres o responsables de 16 preguntas sobre las repercusiones de tales condiciones, como limitaciones funcionales, dependencia de mecanismos compensatorios o de cuidados y utilización de servicios superior a la esperable para la edad. El método utilizado es independiente de los diagnósticos. El cuestionario puede completarse personal o telefónicamente, en tiempo promedio de 2 minutos. Métodos Estudio metodológico realizado en etapas: traducción, retrotraducción, 1ra. revisión de especialistas, prueba piloto, 2da. revisión de especialistas y cálculo del índice de validez de contenido. Resultados El cuestionario fue traducido y adaptado al portugués, garantizándose la equivalencia semántica, idiomática y cultural. La prueba piloto y la validación de contenido por comité (índice 0,99) permitieron perfeccionarlo para su aplicación y comprensión por parte del público objetivo. Conclusión Constituyendo un instrumento de rápida y fácil aplicación, el cuestionario contribuye a la identificación de condiciones crónicas en la infancia y la práctica clínica y en estudios epidemiológicos, colaborando con la planificación en salud.


Abstract Objective Develop the translation and cultural adaptation of the Questionnaire for Identifying Children With Chronic Conditions-Revised (QuICCC-R, published in 1999) for Brazilian Portuguese. The questionnaire was developed to identify children with chronic conditions through the application, to their parents or responsible caregivers, of 16 questions about the repercussions of these conditions, such as functional limitations, dependence on compensatory mechanisms or care and higher-than-expected service use for their age. The method used does not depend on diagnoses. The questionnaire can be applied face to face or by telephone and takes two minutes on average. Methods Methodological study, developed in the following stages: translation, back-translation, expert review 1, pretest, expert review 2 and calculation of content validity index. Results The questionnaire was translated and adapted to Portuguese, guaranteeing the semantic, idiomatic and cultural equivalence. The pretest and content validation by the expert committee (index 0.99) permitted the improvement of the questionnaire for the sake of application and understanding by the target audience. Conclusion Being fast and easy to apply, the questionnaire can contribute to identify the chronic childhood condition in clinical practice and in epidemiological studies, supporting planning in health.

9.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-973253

ABSTRACT

OBJETIVO: Conhecer a experiência das puérperas de risco, hospitalizadas com o filho recém-nascido internado na unidade de terapia intensiva neonatal. MÉTODO: Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, de caráter exploratório. Participaram do estudo nove puérperas de risco, hospitalizadas. A coleta de informações ocorreu por meio de entrevista semi-estruturada e observação participante, analisadas conforme referencial da Análise de Conteúdo. RESULTADOS: Emergiram 3 categorias temáticas: as relações estabelecidas durante a hospitalização; a rede de apoio tecida pela puérpera de risco; os desafios enfrentados pela puérpera de risco. CONCLUSÃO: Durante o processo de internação da puérpera de risco e do seu recém-nascido, essa enfrenta desafios que abrangem a lida com as mudanças de percurso do parto, do nascimento e da construção da sua maternidade, impostas pela sua condição clínica e do seu recém-nascido. O estudo aponta a necessidade de construção e fortalecimento de ações de cuidado voltadas ao bem-estar da puérpera de risco, hospitalizada e com o filho recém-nascido internado na unidade de terapia intensiva neonatal.


OBJECTIVE: To know the experience of puerperal risk patients hospitalized with the newborn child hospitalized in the neonatal intensive care unit. METHOD: This is a research with a qualitative, exploratory approach. Study participants were nine risk mothers hospitalized. Data collection occurred through semi-structured interviews and participant observation, analyzed according to the Content Analysis framework. RESULTS: Three thematic categories emerged: relationships established during hospitalization; the support network woven by the puerperal woman at risk; the challenges faced by the puerperal woman at risk. CONCLUSION: During the hospitalization process of the puerperal women and her newborn, she faces challenges that deal with the changes in the course of delivery, her maternity birth and construction, imposed by her clinical condition and her newborn. The study points out the need build and strengthen care actions of the well-being of hospitalized risk puerperal woman and with her newborn child hospitalized in the neonatal intensive care unit.


OBJETIVO: Conocer la experiencia de las puérperas, en riesgo, hospitalizadas con el niño recién nacido hospitalizado en la unidad de cuidados intensivos neonatales. MÉTODOS: Se trata de una investigación con enfoque cualitativo, desde la perspectiva de un estudio exploratorio. Los participantes del estudio fueron nueve puérperas de riesgo, hospitalizadas. La recolección de datos ocurrió por medio de entrevistas semiestructuradas y observación participante, analizadas de acuerdo a referencia del Análisis de Contenido. RESULTADOS: Surgieron tres categorías temáticas: las relaciones establecidas durante la hospitalización; la red de apoyo tejida por el riesgo de las mujeres después del parto; los desafíos que enfrentan las puérperas en riesgo. CONCLUSIÓN: Durante el proceso de internación de la puérpera de riesgo y de su niño recién nacido, ella enfrenta desafíos que abarcan el tratamiento con los cambios de recorrido del parto, del nacimiento y de la construcción de su maternidad, impuestas por su condición clínica y de su recién nacido. El estudio señala la necesidad de la construcción y el fortalecimiento de las acciones de cuidado del bienestar de la puérpera en riesgo después del parto, hospitalizada y con su niño recién nacido hospitalizado en la unidad de cuidados intensivos neonatales.


Subject(s)
Female , Humans , Infant, Newborn , Intensive Care Units, Neonatal , Maternal Health , Mother-Child Relations , Parenting
10.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-973261

ABSTRACT

OBJETIVO: analisar as repercussões das condições crônicas nas necessidades de saúde de crianças egressas de unidade neonatal, na perspectiva das mães. MÉTODO: Foi desenvolvida pesquisa qualitativa, com referencial da dialética. Participaram 14 mães de crianças com condições crônicas. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, realizadas nos domicílios em Minas Gerais, e analisados por análise de conteúdo temática e procedimentos do Manual do Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade. RESULTADOS: Destacaram-se, dentre as consequências das condições crônicas, os atrasos na mobilidade, o uso contínuo de medicamentos para controle de problemas respiratórios e o uso de serviços de reabilitação ou de especialidade médica. CONCLUSÃO: As condições crônicas repercutiram em necessidades existenciais relacionadas a receber cuidados com complexidade variável e apoio para atividades diárias, obter medicamentos, alimentação especial e dispositivos tecnológicos, além de receber atendimento por profissionais de saúde e de outros setores. Contudo, é preciso considerar também as necessidades sociais que conduzem ao aprimoramento da condição humana, como a oportunidade de desenvolver ações lúdicas, de aprendizado e de lazer, estabelecendo relações de afeto com a família e outras crianças..


OBJECTIVE: to analyze the implications that chronic conditions in children health needs egresses from the neonatal unit, frommothers’ perspective. METHOD: We carried out qualitative research using dialectics as a reference framework. The participantswere 14 mothers of children with chronic conditions. We collected data through semi-structured interviews carried out in theirhomes in Minas Gerais and analyzed using thematic content analysis and the procedures of the Manual of the Pediatric Evaluationof Disability Inventory. RESULTS: Among the consequences of chronic conditions, the most important ones are those related to delayin mobility, continuous use of medication to control respiratory problems, as well as the use of rehabilitation or medical specialtyservices. CONCLUSION: The chronic conditions had repercussions on existential needs, related to receiving care with variablecomplexity and support for daily activities; access to medication, special food and technological devices; besides receiving carefrom health professionals and other sectors. Nevertheless, we should consider the social needs that lead to the improvement ofthe human condition, such as the opportunity to develop playful, learning and leisure actions, establishing affective relations withtheir family and other children.


OBJETIVO: analisar as repercussões das condições crônicas nas necessidades de saúde de crianças egressas de unidade neonatal, na perspectiva das mães. MÉTODO: Foi desenvolvida pesquisa qualitativa, com referencial da dialética. Participaram 14 mães de crianças com condições crônicas. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semi estruturadas, realizadas nos domicílios em Minas Gerais, e analisados por análise de conteúdo temática e procedimentos do Manual do Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade. RESULTADOS: Destacaram-se, dentre as consequências das condições crônicas, os atrasos na mobilidade, o uso contínuo de medicamentos para controle de problemas respiratórios e o uso de serviços de reabilitação ou de especialidade médica. CONCLUSÃO: As condições crônicas repercutiram em necessidades existenciais relacionadas a receber cuidados com complexidade variável e apoio para atividades diárias, obter medicamentos, alimentação especial e dispositivos tecnológicos, além de receber atendimento por profissionais de saúde e de outros setores. Contudo, é preciso considerar também as necessidades sociais que conduzem ao aprimoramento da condição humana, como a oportunidade de desenvolver ações lúdicas, de aprendizadoe de lazer, estabelecendo relações de afeto com a família e outras crianças.


Subject(s)
Male , Female , Humans , Infant, Newborn , Chronic Disease , Disabled Children , Intensive Care Units, Neonatal , Needs Assessment , Pediatric Nursing
11.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 52: e03372, 2018. tab
Article in English, Spanish, Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-985055

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: To analyze the factors associated with non-adherence to the outpatient follow-up of infants discharged from the Neonatal Intensive Care Unit. Method: A cross-sectional study that included 596 children who were discharged between October 1, 2014 and September 30, 2015 and who were referred to outpatient follow-up. The data were collected by evaluating the discharge report and attendance to the consultations. Results: Of the 596 children referred for follow-up, 118 (19.80%) did not attend any outpatient care in the 12 months after discharge. Children with gestational age at birth ≥37 weeks (odds ratio 1.97, p=0.013), who were not resuscitated at birth (odds ratio 1.79, p=0.032) and those without continuous use of medications at home (odds ratio 1.69, p=0.046) were more likely to not adhere to outpatient follow-up. Conclusion: The expressive number of non-adherence to follow-up indicates the need for actions to ensure care continuity to newborns at risk after hospital discharge. Although the differences pointed out cannot be defined as predictors of non-follow-up, evidence of these variables allows us to recognize risks and seek to reduce factors that influence abandoning follow-up care.


RESUMO Objetivo: Analisar os fatores associados à não adesão ao seguimento ambulatorial de crianças egressas da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Método: Estudo transversal, que incluiu 596 crianças que receberam alta entre 1º de outubro de 2014 e 30 de setembro de 2015 e foram encaminhadas para o seguimento ambulatorial. Os dados foram coletados por meio de avaliação do relatório de alta e acompanhamento da assiduidade às consultas. Resultados: Das 596 crianças encaminhadas ao seguimento, 118 (19,80%) não compareceram a nenhum atendimento ambulatorial nos 12 meses após a alta. Crianças com idade gestacional ao nascimento ≥37 semanas (odds ratio 1,97, p=0,013), que não foram reanimadas ao nascimento (odds ratio 1,79, p=0,032) e sem uso contínuo de medicamentos no domicílio (odds ratio 1,69, p=0,046) tiveram maiores chances de não aderirem ao seguimento ambulatorial. Conclusão: O número expressivo de não adesão ao seguimento indica a necessidade de ações para garantir a continuidade da assistência ao recém-nascido de risco após a alta hospitalar. Ainda que as diferenças identificadas não permitam ser definidas como preditoras do não seguimento, evidenciar essas variáveis permite-nos reconhecer riscos e buscar reduzir os fatores que influenciam o abandono do seguimento.


RESUMEN Objetivo: Analizar los factores asociados a la no adhesión al seguimiento ambulatorio de niños egresados de la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal. Método: Estudio transversal, que incluyó a 596 niños que recibieron alta entre el 1 de octubre de 2014 y el 30 de septiembre de 2015 y fueron derivados para el seguimiento ambulatorio. Los datos fueron recolectados por medio de evaluación del informe de alta y seguimiento de la asistencia a las consultas. Resultados: De los 596 niños encaminados al seguimiento, 118 (19,80%) no asistieron a ninguna atención ambulatoria en los 12 meses después del alta. Los niños con edad gestacional al nacer ≥37 semanas (odds ratio 1,97, p=0,013), que no fueron reanimados al nacer (odds ratio 1,79, p=0,032) y sin uso continuo de medicamentos a domicilio (odds ratio 1), 69, p=0,046) tuvieron mayores posibilidades de no adherir al seguimiento ambulatorio. Conclusión: El número expresivo de no adhesión al seguimiento indica la necesidad de acciones para garantizar la continuidad de la asistencia al recién nacido de riesgo después del alta hospitalaria. Aunque las diferencias identificadas no permitan ser definidas como predictores del no seguimiento, evidenciar esas variables nos permite reconocer riesgos y buscar reducir los factores que influyen en el abandono del seguimiento.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant, Low Birth Weight , Infant, Premature , Continuity of Patient Care , Ambulatory Care , Cross-Sectional Studies , Neonatal Nursing
12.
Rev Rene (Online) ; 19: e3179, jan. - dez. 2018.
Article in English | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-883211

ABSTRACT

Objetivo: verificar associação entre fatores maternos e neonatais e o índice de Apgar <7 aos cinco minutos de vida. Métodos: estudo transversal com 134 recém-nascidos. Para análise dos dados coletados com instrumento elaborado pelos pesquisadores, utilizou-se a descrição das frequências absolutas e relativas e a aplicação dos testes Qui-quadrado ou exato de Fisher. Resultados: do total de recém-nascidos, 63,0% tinham mãe primigesta, 56,0% eram do sexo masculino, 79,0% nasceram de parto normal, 65,0% demandaram oxigênio e 45,0% foram reanimados na sala de parto. Entre as mulheres, 71,0% utilizaram ocitocina. Conclusão: uso de ocitocina, oxigênio e reanimação em sala de parto mostraram associação significativa com Apgar <7 aos cinco minutos de vida. Peso ao nascer, tempo de bolsa rota, eliminação de mecônio, tipo de parto e paridade não se relacionaram ao baixo valor de Apgar. (AU)


Subject(s)
Humans , Infant, Newborn , Apgar Score , Infant, Newborn , Intensive Care Units, Neonatal , Pregnancy Outcome
13.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 7: 1-13, jul.-dez. 2017. tab
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-908328

ABSTRACT

Objetivo: analisar aspectos da vida cotidiana relacionados ao aleitamento materno exclusivo de recém-nascidos prematuros após aalta hospitalar. Método: Pesquisa com abordagem qualitativa pautada no referencial da dialética cujo cenário foram quatorze domicílios de recém-nascidos prematuros que receberam alta da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital Sofia Feldmanem Belo Horizonte. Para coleta de dados, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com as mães dos recém-nascidos e observações dos participantes. Os dados foram analisados utilizando-se a técnica de análise de conteúdo e a de construção de narrativas. Resultados: Evidenciou-se que o aleitamento materno de recém-nascidos prematuros é vivenciado de forma singular por cada mulher em seu cotidiano. Verificou-se que a rede social funcionou como mediadora da amamentação tanto incentivando como desencorajando sua continuidade e que a experiência da amamentação, vivenciada pelas mulheres, durante a internação de seus filhos, foi identificada como uma possibilidade de aprendizado com a equipe de saúde. Conclusão: Afirmamos que há necessidade de continuidade da assistência ao recém-nascido prematuro para apoiar a mulher no processo da amamentação. Faz-se necessária uma abordagem tanto pelas políticas públicas como pelos profissionais de saúde, que contemple não apenas os aspectos biológicos do aleitamento, mas também os emocionais, históricos e sociais que envolvem esse complexo processo.


To analyze aspects of everyday life related to exclusive breastfeeding of preterm infants after hospital discharge. Method: Researchwith a qualitative approach based on the dialectic referential of fourteen premature newborns who were discharged from theNeonatal Intensive Care Unit of the Sofia Feldman Hospital in Belo Horizonte. For data collection, semi-structured interviews werecarried out with the mothers of the newborns and participants. The data was analyzed using the technique of content analysis andthe construction of narratives. Results: It was evidenced that the breastfeeding of preterm infants is experienced in a unique wayby each woman in their daily life. It was verified that the social network functioned as a mediator of breastfeeding bothencouraging and discouraging its continuity and that the experience of breastfeeding experienced by the women during thehospitalization of their children was identified as a possibility of learning with the health team. Conclusion: It was affirmed thatthere is a need for continuity of care to the premature newborn to support the woman in the breastfeeding process, it is necessaryto approach, both by public policies and by health professionals, that includes not only the biological aspects of breastfeeding, butalso the emotional, historical and social implications of this complex process.


Objetivo: analizar los aspectos de la vida cotidiana relacionados al amamantamiento materno exclusivo de los recién nacidosprematuros después de obtener el alta hospitalaria. Método: Investigación con un abordaje cualitativo con enfoque en elreferencial de la dialéctica. El escenario fue los catorce domicilios de los recién nacidos prematuros que recibieron el alta de laUnidad de Terapia Intensiva de Neonatalogía del Hospital Sofía Feldman de Belo Horizonte. Las madres de esos recién nacidosfueron los sujetos de la investigación. La recolección de los datos fue realizada por medio de entrevistas con un guión semiestructuradoy a través de la observación del participante. Los datos fueron analizados utilizándose la técnica de análisis decontenido y la de construcción de narrativas. Resultados: Las evidencias fueran que el amamantamiento materno de los reciénnacidos prematuros es vivido de forma singular por cada mujer cotidianamente. Se comprobó que la red social funcionó comomediadora del amamantamiento tanto incentivando como desalentando su continuidad. El estudio permitió verificar que lasexperiencias del amamantamiento vivido por las mujeres, durante la internación de sus hijos, fue identificada como una posibilidadde aprendizaje con el equipo de la salud. Conclusión: Se considera, por lo tanto, la necesidad de dar continuidad a la asistencia alrecién nacido prematuro para apoyar a la mujer en el proceso del amamantamiento. Es necesario un abordaje, tanto por parte delas políticas públicas como por parte de los profesionales de la salud, que contemple no sólo los aspectos biológicos delamamantamiento sino también los emocionales, los históricos y sociales que forman parte de ese proceso complejo.


Subject(s)
Male , Female , Humans , Infant, Newborn , Breast Feeding , Home Nursing , Infant, Newborn , Infant, Premature , Mother-Child Relations
14.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 7(1): 1-8, abr. 2017. tab
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-869854

ABSTRACT

Objetivo: caracterizar os atendimentos de primeira consulta realizados pelo enfermeiro a crianças de risco, egressas da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital da região metropolitana de Belo Horizonte, e definir os principais diagnósticos de enfermagem e intervenções realizados nesse atendimento. Método: trata-se de um estudo transversal retrospectivo.Os dados foram coletados por meio dos prontuários da instituição, no período de setembro de 2013 a setembro de 2014. Resultados: os recém-nascidos com alta das Unidades de Terapia Intensiva Neonatal que regressaram para o seguimento ambulatorial foram, em sua maioria, do sexo feminino com 52 (52%). Em relação à idade gestacional, 44 (44%) nasceram com menos de 32 semanas e 29(29%) com menos de 1500 gramas. Após a quantificação dos dados, foram predominantes os diagnósticos de amamentação eficaz(75%), risco de atraso no desenvolvimento (42%), padrão de sono prejudicado (19%), desobstrução ineficaz de vias aéreas (12%),risco de integridade da pele prejudicada (11%) e risco de infecção (7%). Conclusão: para garantir a continuidade do cuidado,estratégias devem ser implementadas junto com a família e, portanto, este estudo poderá contribuir para a exploração de novos diagnósticos e intervenções de enfermagem visando à vinculação do nível ambulatorial com os serviços de atenção básica.


Objective: to characterize the first consultation services performed by nurses to grads risk children in the Neonatal Intensive Care Unit of a hospital in the metropolitan region of Belo Horizonte, and set the main nursing diagnoses and interventions performed in this service. Method: This was a retrospective cross-sectional study. Data were collected by the institution's medical records from September 2013 to September 2014. Results: Newborns with high of Intenssiva Noenatal Care Units who have returned to the outpatient follow-up, were mostly female with 52 (52%). In relation to gestational age, 44 (44%) were born less than 32 weeks and 29 (29%) with less than 1500 grams. After quantification of the data, the effective Breast feeding diagnoses were dominant (75%) risk ofdelay in development (42%), disturbed sleep pattern (19%) Ineffective Airway (12%) Integrity Risk impaired skin (11%) and risk of infection(7%). Conclusion: to ensure continuity of care strategies should be implemented with the family, and so this study may contribute to the exploration of new diagnoses and nursing interventions aimed at linking the outpatient basis with primary care services.


bjetivo: caracterizar los primeros servicios de consulta realizados por personal especializado a los niños graduados de riesgo en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatal de un hospital de la región metropolitana de Belo Horizonte, y establece los principales diagnósticos de enfermería y las intervenciones realizadas en este servicio. Método: Se realizó une studio retrospectivo transversal. Los datos fueron recogidos por los registros médicos de la institución a partir de septiembre de 2013 hasta septiembre de 2014. Resultados: Los recién nacidos con alto de Unidades de Cuidado Intenssiva Noenatal que han regresado al seguimiento ambulatorio, eran en sumayoría femenino 52 (52%). En relación con la edad gestacional, 44 (44%) nacieron con menos de 32semanas y 29 (29%) con menos de 1500 gramos. Después de la cuantificación de los datos, los diagnósticos que amamantaneficaces fueron el riesgo dominante (75%) de retraso en el desarrollo (42%), patrón de sueño alterado (19%) de las vías respiratorias ineficaz (12%) Riesgo de Integridad piel deteriorada (11%) y el riesgo de infección (7%). Conclusión: para garantizar la continuidad de las estrategias de atención debe ser implementado con la familia, y por lo que este estudio puede contribuir a la exploración de nuevos diagnósticos e intervenciones de enfermería dirigidas a vincular la forma ambulatoria con los servicios de atención primaria.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant, Newborn , Continuity of Patient Care , Nursing , Family , Infant, Premature , Intensive Care Units, Neonatal
15.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 21(4): e20160382, 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-891659

ABSTRACT

Objetivo: Analisar as políticas públicas brasileiras atuais que asseguram os direitos sociais das crianças com condições crônicas, nas áreas da saúde, assistência social e educação. Método: Pesquisa documental de legislações que configuram políticas relacionadas à atenção às crianças com doença crônica e pessoas com deficiência nos âmbitos dos direitos humanos, saúde, assistência social e educação. Foi realizada análise crítica do discurso de três legislações selecionadas. Resultados: As crianças com condições crônicas são contempladas nas legislações pela representação de crianças com doenças crônicas ou com deficiências. Verificam-se discursos do modelo social da deficiência, da criança e da pessoa com deficiência como sujeitos de direitos, da responsabilidade do estado na garantia de direitos sociais e da corresponsabilidade da família. Evidenciaram-se discursos associadas à ideologia de direitos humanos em conflito com a ideologia de normalização. Conclusão: As ações definidas para esse grupo são incipientes e com indícios de restrição de financiamento, revelando lutas ideológicas.


Subject(s)
Humans , Child , Pediatric Nursing , Child Advocacy , Child Health , Chronic Disease/nursing , Disabled Children
16.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 21(4): e20160382, 2017. tab
Article in English | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-891700

ABSTRACT

Objective: To analyze the current Brazilian public policies that guarantees the social rights of children with chronic conditions, in the areas of health, social assistance and education. Method: Documentary research of laws that shape policies related to the attention to children with chronic illness and people with disabilities in the areas of human rights, health, social assistance and education. A critical analysis of the discourse of three selected legislations was carried out. Results: Children with chronic conditions are covered by legislation for the representation of children with chronic diseases or disabilities. There are discourses of the social model of disability, of children and people with disabilities as subjects of rights, of the state's responsibility in relation to the guarantee of social rights and the co-responsibility of the family. Discourses associated with the ideology of human rights in conflict with the ideology of normalization were evidenced. Conclusion: The actions defined for this group are incipient and with signs of restricting financing, revealing ideological struggles.


Objetivo: Analizar las políticas públicas brasileñas actuales que aseguran los derechos sociales de los niños con condiciones crónicas, en las áreas de salud, asistencia social y educación. Método: Investigación documental de las legislaciones que configuran políticas relacionadas a la atención de los niños con enfermedad crónica y personas con discapacidad en los ámbitos de los derechos humanos, salud, asistencia social y educación. Se realizó un análisis crítico del discurso de tres legislaciones seleccionadas. Resultados: Las legislaciones contemplan a los niños con condiciones crónicas mediante la representación de niños con enfermedades crónicas o con discapacidades. Se verifican discursos del modelo social de la discapacidad, del niño y de la persona con discapacidad como sujetos de derechos, de la responsabilidad del estado para garantizarles los derechos sociales y de la corresponsabilidad de la familia. Se evidenciaron también discursos asociados a la ideología de derechos humanos en conflicto con la ideología de regulación. Conclusión: Las acciones definidas para ese grupo son todavía incipientes y se notan indicios de financiación limitada, revelando luchas ideológicas.


Objetivo: Analisar as políticas públicas brasileiras atuais que asseguram os direitos sociais das crianças com condições crônicas, nas áreas da saúde, assistência social e educação. Método: Pesquisa documental de legislações que configuram políticas relacionadas à atenção às crianças com doença crônica e pessoas com deficiência nos âmbitos dos direitos humanos, saúde, assistência social e educação. Foi realizada análise crítica do discurso de três legislações selecionadas. Resultados: As crianças com condições crônicas são contempladas nas legislações pela representação de crianças com doenças crônicas ou com deficiências. Verificam-se discursos do modelo social da deficiência, da criança e da pessoa com deficiência como sujeitos de direitos, da responsabilidade do estado na garantia de direitos sociais e da corresponsabilidade da família. Evidenciaram-se discursos associadas à ideologia de direitos humanos em conflito com a ideologia de normalização. Conclusão: As ações definidas para esse grupo são incipientes e com indícios de restrição de financiamento, revelando lutas ideológicas.


Subject(s)
Humans , Pediatric Nursing , Child Health , Chronic Disease/nursing , Disabled Children , Public Health Policy
17.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 27(3): 262-271, 2017. tab
Article in English | LILACS (Americas) | ID: biblio-958488

ABSTRACT

INTRODUCTION: In the care of preterm newborn, practices that favor the participation of mothers in care are recommended. The use of appropriate instruments by professionals can contribute to strengthen maternal participation. OBJECTIVE: To analyse the contributions of the use of the Newborn Behavioral Observations (NBO) for the maternal care of preterm neonates. METHODS: Descriptive qualitative study, using participant observation and semi-structured interviews with 14 mothers of preterm newborns who underwent NBO. Data was submitted to content analysis, assinted by the software MAXQda 12. RESULTS: It was found that the mothers' prior perceptions of the newborn´s capacities or how they react to environmental stimuli do not differ from what was observed and reported by them after NBO. However, it was verified that NBO confirms this perception and broadens the mothers' understanding of the meaning of the newborn's behavior. Participating in the NBO helped the mothers to identify strategies to find the needs of the newborn, qualifying the care already performed by them and opening new possibilities for maternal care. CONCLUSION: The NBO is an instrument that favors the mother's learning about the behavior of the newborn and contributes to the construction of practices with potential to be used by them within daily care. This allows us to consider it as a tool that favors the mother-baby relationship, contributes to the mother's participation in the care, and supports the mother in the construction of her autonomy for the continuity of the newborn's care after hospital discharge.


INTRODUÇÃO: Na assistência ao recém-nascido pré-termo são recomendadas práticas que favorecem a participação das mães no cuidado. O uso de instrumentos apropriados pelos profissionais pode contribuir para o fortalecimento da participação materna. OBJETIVO: Analisar as contribuições do uso da Newborn Behavioral Observations (NBO) para o cuidado materno de recém-nascidos prematuros. MÉTODO: Estudo qualitativo descritivo, utilizando observação participante e entrevista semi-estruturada, com 14 mães de recém-nascidos pré-termo que realizaram a NBO. Os dados foram submetidos à análise temática de conteúdo, assistida pelo software MAXQda 12. RESULTADOS: Verificou-se que a percepção prévia das mães em relação às capacidades do recém-nascido ou ao modo como ele reage aos estímulos do ambiente não difere do que foi observado e relatado por elas após a NBO. Entretanto, verifica-se que a realização da NBO confirma essa percepção e amplia a compreensão das mães acerca do significado do comportamento do recém-nascido. Participar da NBO favoreceu que as mães identificassem estratégias para atender às necessidades de cuidado do recém-nascido, qualificando o cuidado já realizado por elas e abrindo novas possibilidades para o cuidado materno. CONCLUSÃO: A NBO é um instrumento que favorece o aprendizado da mãe sobre o comportamento do recém-nascido e contribui para a construção de práticas com potencial para serem utilizadas por elas no cotidiano do cuidado. Isso nos permite considerá-la um instrumento que favorece a relação mãe-filho, contribui para a participação da mãe no cuidado, e apóia a mãe na construção da sua autonomia para a continuidade do cuidado do recém-nascido após a alta hospitalar.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant , Infant, Premature , Infant Care , Maternal Behavior , Mother-Child Relations , Qualitative Research
18.
Rev. RENE ; 17(5): 659-667, set.-out. 2016.
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-835678

ABSTRACT

Compreender as implicações para o cuidado de enfermagem de crianças egressas de terapia intensiva neonatal com condições crônicas. Métodos: estudo qualitativo com 14 mães de crianças com condições crônicas. Realizou-se entrevista individual e Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade. Dados submetidos à análise de conteúdo temática. Resultados: identificou-se que as condições crônicas determinaram a necessidade de cuidados contínuos, de complexidade variável e em maior frequência que o usual pelas crianças no domicílio,na comunidade e na rede de serviços. Verificaram-se situações vivenciadas pelas mães no cotidiano de cuidado que devem ser consideradas por enfermeiros na prática. Conclusão: as especificidades das necessidades dessas crianças requerem maior inserção e capacitação dos enfermeiros para a educação em saúde de cuidadores, o cuidado compartilhado no domicílio e o gerenciamento do cuidado na atenção primária, de forma a favorecer a adaptação e o bem-estar da família, visando continuidade do cuidado.


Objective: to understand the implications for nursing care of children discharged from the neonatal intensive care with chronic conditions. Methods: a qualitative study of 14 mothers of children with chronic conditions. Individual interviews and Inventory of Pediatric Evaluation of Disability were conducted. Data submitted to thematic content analysis. Results: it was found that chronic conditions have determined the need for continuous care, varied complexity and more often than usual for children at home, in the community and network services. There were situations experienced by mothers in the care of daily life that should be considered by nurses in practice. Conclusion: the specific needs of these children require greater integration and training of nurses for the health education of caregivers, the shared home care and management in primary care, in order to facilitate the adaptation and family welfare, aimed at providing continuity of care.


Subject(s)
Humans , Chronic Disease , Disabled Children , Family Nursing , Pediatric Nursing , Primary Care Nursing
19.
Rev. RENE ; 17(1): 137-143, jan.-fev. 2016.
Article in English | LILACS (Americas) | ID: lil-786863

ABSTRACT

Objective: to identify the sociodemographic and clinical profile of children, adolescents and caregivers assisted by a Home Care Program. Methods: a descriptive, exploratory and retrospective study. 42 medical records data from patients aged between zero and 18 years were collected. Results: the population assisted in the program was predominantly male (61.9%), less than 6 years (59.5%) diagnosed with neurological diseases (40.0%). Most patients had up to ten visits of the multidisciplinary team (40.5%), those patients remained in the Home Care Program for 6 months. Regarding therapeutic procedures, 42.9% of the patients underwent gastrostomy and 31.0% underwent tracheostomy. As for the caregivers, 95% were women, and of these, 52.4% did not work. Conclusion: the main conditions of health and the care required during the hospitalization by the program were identified, which require training of the health professionals to perform this task at home.


Objetivo: identificar o perfil sociodemográfico e clínico de crianças, adolescentes e cuidadores assistidos porum Programa de Atenção Domiciliar. Métodos: estudo descritivo, exploratório e retrospectivo. Foram coletadosdados de 42 prontuários de pacientes com idade entre zero e 18 anos. Resultados: a população atendida noprograma foi predominantemente do sexo masculino (61,9%), menor de 6 anos (59,5%), com diagnóstico deagravos neurológicos (40,0%). A maioria dos pacientes recebeu até dez visitas da equipe multiprofissional(40,5%) e vinculou-se ao Programa de Atenção Domiciliar por 6 meses. Em relação aos dispositivos terapêuticos,42,9% dos pacientes usavam gastrostomia e 31,0% apresentavam traqueostomia. Quanto aos cuidadores, 95%eram mulheres e, destas, 52,4% não exerciam atividade laboral. Conclusão: foram identificadas as principaiscondições de saúde e os cuidados demandados durante a internação pelo programa, os quais exigem preparodos profissionais para sua realização no domicílio.


Subject(s)
Humans , Child , Adolescent , Home Care Services , Pediatrics , Public Health
20.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 19(4): 648-655, out.-dez. 2015.
Article in English | LILACS (Americas) | ID: lil-772004

ABSTRACT

Objetivo: Analisar o trabalho da enfermagem no cuidado às crianças com condições crônicas na atenção primária à saúde. Métodos: Estudo de abordagem qualitativa, desenvolvido por meio de entrevistas com 23 profissionais de enfermagem de 16 Unidades Básicas de Saúde do Município de Belo Horizonte. Os dados foram analisados a partir da perspectiva crítica procurando-se identificar os temas comuns no material empírico. Resultados: Evidenciaram-se as contradições e os desafios de uma prática que se inaugura para o grupo das crianças com condições crônicas. O trabalho da enfermagem assume um lugar estratégico e transversal no cuidado a essas crianças, que não se limita a sua ação específica, mas que conflui na dimensão cuidadora do trabalho em saúde. Conclusão: Verifica-se a necessidade de avançar na organização do cuidado para a oferta de ações mais direcionadas às necessidades dessas crianças, de forma a permitir maior expressão dos saberes e fazeres próprios da enfermagem.


Objective: To analyze the nursing work in the care of children with chronic conditions in Primary Health care. Methods: A qualitativestudy was developed through interviews with 23 nursing professionals from 16 Basic Health Units in the city of Belo Horizonte.Data were analyzed from the critical perspective seeking to identify common themes in the empirical material. Results: Showedup the contradictions and challenges of a practice that began for the group of children with chronic conditions. Nursing work takesa strategic and transversal place in the care of these children, which is not limited to a specific action, but that merges caringdimension of health work. Conclusion: There is a need to advance the care organization offering more coherent actions to theneeds of children with chronic conditions in order to allow greater expression of knowledge and own nursing doings.


Objetivo: Analizar el trabajo de enfermería dirigido al cuidado de niños con enfermedades crónicas en la Atención Primaria ala Salud. Métodos: Estudio cualitativo desarrollado a partir de entrevistas con 23 profesionales de enfermería de 16 UnidadesBásicas de Salud de Belo Horizonte (MG). Los datos fueron analizados desde la perspectiva crítica, buscando identificar temascomunes en el material empírico. Resultados: Se evidenciaron contradicciones y desafíos de la práctica que se inició en el grupode niños con enfermedades crónicas. El trabajo de enfermería ocupa un lugar estratégico y transversal en el cuidado de estosniños, algo que ultrapasa una acción específica y resulta en la dimensión cuidadora del trabajo en salud. Conclusión: Se necesitaavanzar en la organización del cuidado para ofrecer acciones más direccionadas a las necesidades de estos niños con el fin depermitir una mayor expresión de los conocimientos y prácticas de la enfermería.


Subject(s)
Humans , Child , Child Health , Chronic Disease , Health Centers , Pediatric Nursing , Primary Health Care , Nursing Research/statistics & numerical data
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL