Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 2 de 2
Filter
Add filters








Year range
1.
Rev. bras. ortop ; 54(4): 459-464, July-Aug. 2019. tab, graf
Article in English | LILACS (Americas) | ID: biblio-1042418

ABSTRACT

Abstract Objective The purpose of the present study was to evaluate retrospectively the clinical and radiographic results of total hip arthroplasty (THA) performed with the Exeter technique and using the Exeter prosthesis. Methods Between March 2000 and December 2006, 504 THAs were performed in 477 patients, with several etiological diagnoses. A total of 260 surgeries were performed on the right side, 244 on the left side, and 27 were performed bilaterally. The mean age of the patients was 58.9 (17.7-86.8) years old, with a median of 69.0 years old. The preoperative planning was performed with appropriate templates. All of the surgeries were performed through the posterolateral approach with the patient placed on lateral decubitus. The clinical evaluation was performed according to the Harris hip score (HHS). In the radiographic evaluation, the bone cement interface in the three zones of DeLee and Charnley on the acetabular side and in the seven zones of Gruen on the femoral side were studied. Subsidence of the femoral component, presence of diaphyseal hyperthrophy, and heterotopic ossification were also observed. Results The mean follow-up of 441 surgeries (87.5%) was of 7.2 (1.0-16.6) years, with a median of 7.1 years. The incidence of complications was: dislocation, 3.2%; infection, 2.2%; peripheral nerve disorders 2.0%; thromboembolism 2.7%, acetabular cup loosing 2.0%; diaphyseal hypertrophy, 1.26%; distal migration of the femoral component between 2,0 mm and 2.9 mm, 0.5%; 1 case of aseptic loosing of the femoral component and 9 (1.8%) of the acetabular component. The mean HHS was mean 92.3 (50-100) points. Conclusion Cemented THA, with themethodology applied, proved to be an effective treatment for this group of patients. The results were satisfactory with acceptable complication rates.


Resumo Objetivo Avaliar os resultados da artroplastia total do quadril (ATQ) cimentada, coma utilização da técnica e prótese da escola Exeter. Metódo Entre março de 2000 e dezembro de 2006, foram realizadas 504 ATQs em 477 pacientes, com diversos diagnósticos etiológicos, 260 à direita e 244 à esquerda, 27 bilaterais,. A idade média foi de 58,9 (17,7-86,8) anos, com mediana de 69,0 anos. O planejamento radiográfico foi feito utilizando-se gabaritos apropriados. O acesso cirúrgico foi o posterolateral com o paciente em decúbito lateral. Para a avaliação clínica, foi utilizado o escore do quadril de Harris (EQH). Na avaliação radiográfica, foi estudada a interface osso-cimento acetabular, nas três zonas de DeLee e Charnley e nas sete zonas de Gruen do lado femoral, a presença de migração distal do componente femoral, hipertrofia diafisária, e ossificação heterotópica. Resultados O seguimento médio de 441 cirurgias (87,5%) foi de 7,2 (1,0-16,6) anos, com mediana de 7,1 anos. A incidência de complicações foi: luxação, 3,2%; infecção ,2,2%; tromboembolismo, 2,1%; disfunção de nervos periféricos 1,1%; hipertrofia diafisária, 1,5%; soltura do componente acetabular, 1,8%; migração distal do componente femoral entre 2,0mm e 2,9 mm, 0,45%; 1 caso de soltura asséptica do componente femoral; e 1 caso de fratura da haste femoral. A pontuação média com o EQH foi de 92 pontos. Conclusão A ATQ cimentada, com a metodologia utilizada, constituiu-se em uma opção eficaz para o tratamento deste grupo de pacientes, comresultados satisfatórios, com este tempo de seguimento.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Middle Aged , Aged , Bone Cements , Osteoarthritis, Hip , Arthroplasty, Replacement, Hip , Hip Joint , Hip Prosthesis
2.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1029340

ABSTRACT

As infecções articulares periprotéticas ocorridas nas artroplastias do quadril são um grande desafio para o paciente, equipe e instituições de saúde. Estudo do tipo ensaio clínico piloto, randomizado, controlado e cego para avaliar o efeito do banho pré-operatório utilizando as soluções gluconato de clorexidina 4%, polivinilpirolidona iodo (PVP-I) 10% degermante ou sabão sem antisséptico na prevenção de infecção de sítio cirúrgico (ISC), em pacientes submetidos à cirurgia de artroplastia do quadril. A amostra foi composta por 45 pacientes adultos submetidos à cirurgia eletiva de artroplastia total do quadril, que não tinham relato de infecção no local cirúrgico e alergia às soluções utilizadas e que não eram portadores nasais de Staphylococcus aureus. Os grupos de pacientes randomizados apresentaram homogeneidade em relação às características epidemiológicas e clínicas. A taxa de ISC entre os grupos foi de 20% para clorexidina, 6,7 para o PVP-I e sabão sem antisséptico, respectivamente. Não foram encontradas diferenças estatísticas entre os três grupos de intervenção. É necessária cautela ao recomendar o banho pré-operatório com clorexidina como estratégia para reduzir infecção de sítio cirúrgico. Clinical Trials nº NCTO3001102.


Subject(s)
Humans , Anti-Infective Agents, Local , Arthroplasty, Replacement, Hip , Baths , Perioperative Nursing , Surgical Wound Infection
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL