Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 14 de 14
Filter
1.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180333, Jan.-Dec. 2020. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-1059145

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: examine the contributions of teaching-service-community integration to health training and the Unified Health System, as well as the potential and challenges of this integration, from the viewpoint of professors. Method: descriptive study with a qualitative and quantitative approach. The study population was composed of 103 professors from the nursing, medical and dentistry courses of the Federal University of Rio Grande do Norte. The data was collected from October 2016 to February 2017, through an interview form. Imaruteq software and Bardin's content analysis were used for the data analysis. Results: according to the professors, teaching-service-community integration helps train students, since it provides multiprofessional and interdisciplinary experiences in real-life situations, in addition to promoting improved quality of care. However, various challenges need to be overcome, such as the hospital-centric model, which is still prevalent; fragmented curricula in disciplines; resistance of some professors to participate in integration; few interdisciplinary activities; emphasis on technical training with a predominance of traditional teaching methodologies; the infrastructure of the Unified Health System, among others. Conclusion: there is a need to institutionalize teaching-service-community integration and emphasize initiatives that dynamize and provide flexibility to multiprofessional and interdisciplinary activities. Institutions involved in the modification of health training and the transformation of health care processes also need to make a commitment.


RESUMEN Objetivo: analizar las contribuciones de la integración enseñanza-servicio-comunidad para la educación en salud y para el Sistema Único de Salud, así como las potencialidades y desafíos existentes en dicha integración, conforme la visión de los docentes. Método: estudio descriptivo, con abordaje cualitativo y cuantitativo. Población del estudio integrada por 103 docentes de las carreras de Enfermería, Medicina y Odontología de la Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Datos recolectados entre octubre de 2016 y febrero de 2017, utilizándose formularios de entrevista. Datos analizados mediante software Iramuteq y análisis de contenido de Bardin. Resultados: según los docentes, la integración enseñanza-servicio-comunidad contribuye a la educación del alumnado, brindándole experiencias multiprofesionales e interdisciplinarias en escenarios reales de práctica; así como también coadyuva a mejorar la calidad de los servicios. Sin embargo, es necesario superar aún varios desafíos, como el modelo "hospitalocéntrico", aún predominante; programas de estudios fragmentados en materias; resistencia de algunos docentes a participar de la integración; escasas acciones interdisciplinarias; énfasis en la formación técnica con predominio de metodologías tradicionales de enseñanza; infraestructura del Sistema Único de Salud, etcétera. Conclusión: resulta evidente la necesidad de institucionalizar la interacción enseñanza-trabajo-comunidad y valorizar las iniciativas que dinamicen y flexibilicen la enseñanza en actividades multiprofesionales e interdisciplinarias, así como el compromiso de las instituciones involucradas para modificar la educación en salud y la transformación de los procesos de atención de salud.


RESUMO Objetivo: analisar as contribuições da integração ensino-serviço-comunidade para a formação em saúde e para o Sistema Único de Saúde, bem como, as potencialidades e os desafios existentes nessa integração, na visão de docentes. Método: estudo descritivo, com abordagem qualitativa e quantitativa. A população do estudo foi composta por 103 docentes dos cursos de Enfermagem, Medicina e Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A coleta de dados foi realizada de outubro de 2016 a fevereiro de 2017, por meio de formulário de entrevista. Para a análise dos dados, foi utilizado o software Iramuteq e Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: na visão dos docentes, a integração ensino-serviço-comunidade contribui para a formação dos discentes, visto que proporciona experiências multiprofissionais e interdisciplinares em cenários reais de prática, bem como contribui para a melhoria da qualidade dos serviços. No entanto, vários desafios precisam ser superados, como o modelo hospitalocêntrico, ainda predominante; currículos fragmentados em disciplinas; resistência de alguns docentes em participar da integração; poucas ações interdisciplinares; ênfase na formação técnica com predomínio de metodologias tradicionais de ensino; infraestrutura do Sistema Único de Saúde, entre outros. Conclusão: fica evidente a necessidade de institucionalização da interação ensino-serviço-comunidade, e da valorização de iniciativas que dinamizem e flexibilizem o ensino em atividades multiprofissionais e interdisciplinares, assim como do compromisso das instituições envolvidas na modificação da formação em saúde e na transformação dos processos de atenção à saúde.

2.
Rev. Ciênc. Plur ; 6(1): 1-17, 2020. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-1052599

ABSTRACT

Introdução:considerando a importância do momento do parto/nascimento, espera-se que este processo seja realizado de forma adequada, tendo à disposição uma assistência de qualidade, de modo que a mulher tenha seus direitos garantidos.Objetivo:caracterizar e avaliar a qualidade da assistência prestada no parto e pós-parto, a partir da visão de mães, usuárias dos serviços de Atenção Primária à Saúde, com enfoque nos aspectos relativos à humanização. Metodologia:trata-se de uma pesquisa quantitativa do tipo exploratória e descritiva, com abordagem avaliativa, realizada na cidade de Santa Cruz no estado do Rio Grande do Norte. A coleta de dados se deu no período de novembro de 2012 a fevereiro de 2013, onde foram entrevistadas 200 mulheres.Resultados:60,5% tiveram parto vaginal; 66,5% tiveram um acompanhante de sua escolha durante o parto; 90,0% das mães afirmaram ter ficado com seus filhos no quarto após o parto; 60,5% avaliaram a qualidade do atendimento no parto como bom; 54,5% buscaram o serviço de saúde na primeira semana após o nascimento.Conclusões:conclui-se, que a assistência prestada à mulher no parto e pós-parto foi satisfatória do ponto de vista da maioria das entrevistadas no presente estudo (AU).


Introduction:considering the importance of the moment of birth / delivery, it is expected that this process will be carried out in an adequate manner, having available quality assistance, so that the woman has her rights guaranteed.Objective:to characterize and evaluate the quality of care provided in childbirth and postpartum, from the perspective of mothers, users of Primary Health Care services, with a focus on aspects related to humanization.Methodology:this is a quantitativeresearch of the exploratory and descriptive type, with an evaluation approach, carried out in the city of Santa Cruz in the state of Rio Grande do Norte. The data collection took place from November 2012 to February 2013, where 200 women were interviewed.Results:60.5% had vaginal delivery; 66.5% had a companion of their choice during delivery; 90.0% of mothers reported having their children in the room after delivery; 60.5% evaluated the quality of delivery care as good; 54.5% sought the health service in the first week after birth.Conclusion:it was concluded that the care provided to women at delivery and postpartum was satisfactory from the point of view of the majority of the interviewees in the present study (AU).


Introducción: teniendo en cuenta la importancia del momento del parto / parto, se espera que este proceso se realice correctamente, con atención de calidad disponible, para que las mujeres tengan sus derechos garantizados. Objetivo: caracterizar y evaluar la calidad de la atención brindada en el parto y el posparto, desde la perspectiva de las madres, usuarias de los servicios de atención primaria de salud, centrándose en aspectos relacionados con la humanización. Metodología: Esta es una investigación cuantitativa exploratoria y descriptiva con un enfoque evaluativo, realizada en la ciudad de Santa Cruz en el estado de Rio Grande do Norte. La recolección de datos se realizó entre noviembre de 2012 yfebrero de 2013, donde se entrevistó a 200 mujeres. Resultados: 60.5% tuvieron parto vaginal; El 66.5% tenía una compañera de su elección durante el parto; El 90.0% de las madres dijeron que tenían a sus hijos en la habitación después del parto; El 60.5% calificó la calidad de la atención al parto como buena; El 54.5% buscó atención médica en la primera semana después del nacimiento.Conclusiones: se puede concluir que la atención brindada a las mujeres durante el parto y el posparto fue satisfactoria desde el punto de vista de la mayoría de las entrevistadas en el presente estudio (AU).


Subject(s)
Humans , Female , Adolescent , Adult , Middle Aged , Primary Health Care , Quality of Health Care , Women's Health , Humanizing Delivery , Health Services Accessibility , Brazil , Interviews as Topic/methods , Surveys and Questionnaires , Data Interpretation, Statistical
3.
Rev. Ciênc. Plur ; 5(2): 1-15, ago. 2019.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-1021742

ABSTRACT

Introdução: O contexto familiar e social influencia nas situações de saúde durante a infância, sendo a orientação familiar um mediador importante entre a família e os profissionais da saúde.Objetivo: avaliar o atributo da orientação familiar sob a ótica dos familiares de crianças inscritas em serviços de puericultura da cidade de Santa Cruz, Rio Grande doNorte. Metodologia: Trata-se de estudo avaliativo, quantitativo, de caráter descritivo, com amostra composta por 186 pais/responsáveis de crianças de 0 à 2 anos dos serviços de puericultura da cidade de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil, no ano de 2016, utilizando um questionário validado no Brasil denominado PCA Tools, versão para crianças. Resultados: Os resultados mostram que os profissionais não conhecem as famílias (48,9%), incluindo os agravos principais (45,7%), entretanto 79,6% afirmaram que sim a respeito dos antecedentes familiares. Para 63,4% eles não sabem sobre os empregos dos familiares, porém estão cientes sobre a dificuldade para obter recursos financeiros para medicação (47,3%). Referente a conhecerem a ideologia sobre o tratamento e autocuidado, 50,5% acreditam que sim.Conclusão: Embora os serviços de saúde da rede da Atenção Primária à Saúde possibilitem maior aproximação com o usuário dos serviços de saúde, bem como em seu contexto familiar e social e tenham sido responsáveis por grandes avanços na saúde pública, ainda se faz necessário implementação de medidas e estratégias para garantir o cumprimento do atributo orientação familiar (AU).


Introduction: The family and social context influences health situations during childhood, with family orientation being an important mediator between family and health professionals.Objective: to evaluate the presence and extension of the family orientation attribute from the perspective of the relatives of children enrolled in childcare services in the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte. Methodology: This is an evaluative, quantitative, descriptive study with a sample composed of 186 parents / guardians of children aged 0 to 2 years of childcare services in the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil, in 2016, using a questionnaire validated in Brazil called PCA Tools, version for children.Results: The results show that the professionalsdo not know the families (48.9%), including the main diseases (45.7%); however, 79.6% said yes about the family history. For 63.4%, they do not know about family jobs, but are aware of the difficulty in obtaining financial resources for medication (47.3%). Concerning the ideology about treatment and self-care, 50.5% believe that it is. Conclusion: Although the health services of the Primary Health Care Network make it possible to bring health services closer to the user, as well as to their family and social context and have been responsible for great advances in public health, it is still necessary to implement measures and strategies to ensure compliance with the family orientation attribute (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant, Newborn , Infant , Child, Preschool , Primary Health Care , Family , Child , Child Health , Health Services Research , Parents , Brazil , Epidemiology, Descriptive , Surveys and Questionnaires , Data Interpretation, Statistical
4.
Rev. Ciênc. Plur ; 5(1): 18-33, jun. 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-1007335

ABSTRACT

Introdução:A qualidade da assistência do parto indica um importante fator nas taxas de mortalidade infantil, pois os problemas decorrentes deste, quando realizado de forma inadequada, pode ter repercussão sobre o recém-nascido durante os primeiros dias de vida.Objetivo:Avaliar a qualidade da assistência do parto e a correlação comos indicadores de saúde da criança.Método:Trata-se de um estudo quantitativo e avaliativo dos indicadores de morbidade e mortalidade materno e infantil realizado nas Unidades Básicas de Saúde que integram a rede da Atenção Primária à Saúde (APS), do município de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brasil. Com uma amostra de 200 mulheres mães de crianças menores de dois anos. Resultados:Foram entrevistadas mães com média de idade de 28,17 anos, com bebês com em média 10,42 meses de idade. 95,5% das mães afirmaram ter realizado o acompanhamento pré-natal. A maioria (60,5%) das mulheres classificou a assistência recebida no parto como boa; 74,5 % afirmaram que a criança foi colocada no peito após o parto; 90% dos binômios mãe-bebê estiverem juntos no quarto após o parto.Conclusões:Pode-se perceber que a assistência ao parto acontece de forma adequada e satisfatória, atendendo necessidades da maioria das entrevistadas. Porém ainda há uma necessidade de conscientização e qualificação dos profissionais de saúde, para que não ocorram situações indesejáveis na saúde materno-infantil e diminua as taxas de morbidade e mortalidade materna e neonatal (AU).


Introduction:The quality of delivery care indicates an important factor in the infant mortality rates, since the problems arising from it, when performed in an inappropriate way, can have repercussion on the newborn during the first days of life. Objective:To evaluate the quality of childbirth care and the correlation with child health indicators.Methods:This is a quantitative and evaluative study of the indicators of maternal and infant morbidity and mortality carried out at the Basic Health Units that integrate the Primary Health Care (PHC) network of the municipality of Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil. With a sample of 200 women mothers of children under two years.Results:Mothers with a mean age of 28.17 years were interviewed, with infants with a mean of 10.42 months of age. 95.5% of the mothers reported having had prenatal care. The majority (60.5%) of the women classified care received at delivery as good; 74.5% stated that the child was placed in the breast after delivery; 90% of the mother-baby binomials are together in the fourth postpartum.Conclusions:It can be noticed that the delivery assistance takes place adequately and satisfactorily, meeting the needs of the majority of the interviewees. However, there is still a need for awareness and qualification of health professionals, so that undesirable situations in maternal and child health do not occur and the rates of maternal and neonatal morbidity and mortality decrease (AU).


Subject(s)
Humans , Female , Adolescent , Adult , Middle Aged , Prenatal Care/methods , Primary Health Care , Health Evaluation/methods , Child , Maternal and Child Health , Parturition , Brazil , Surveys and Questionnaires , Data Interpretation, Statistical , Quality Indicators, Health Care
5.
Rev. bras. ciênc. saúde ; 23(2): 131-140, 2019. tab.
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-1009550

ABSTRACT

Objetivo: Este estudo avaliou o seguimento clínico e terapêutico da citopatologia oncótica em mulheres na Atenção Primária à Saúde (APS). Métodos: Trata-se de um estudo exploratóriodescritivo, de abordagem quantitativa, realizado na Cidade de Santa Cruz/RN, Brasil, o qual se utilizou de uma amostra de 150 mulheres. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob número de parecer 313.430. Resultados: Observou-se que, no tocante ao resultado do exame preventivo, 66% da amostra referiu ter apresentado Cândida albicans, seguido por 28,7% que apresentaram positividade de Gardnerella vaginallis, e que 4,7% tiveram resultados positivos para HPV e NIC I. Conclusões: Observou-se a continuidade da assistência para mulheres que apresentaram NIC I e HPV, no entanto, espera-se que os profissionais de saúde estimulem o acompanhamento da mulher na rede básica de saúde e, consequentemente, fortaleçam o vínculo entre o usuário-serviço, de modo que favoreça a assistência.


Objective: This study aims to evaluate the Clinical and therapeutic follow-up of oncotic cytopathology in women in Primary Health Care (PHC). Methods: This was an exploratory descriptive study with a quantitative approach, in the city of Santa Cruz / RN, Brazil, which used a sample of 150 women. The study was approved by the Ethics Committee in Research of the Federal University of Rio Grande do Norte, under number 313 430. Results: It was observed that, in relation to the result of the screening test, 66% of the sample reported having presented Candida albicans, followed by 28.7% who were positive for Gardnerella vaginallis, and 4.7% were positive for HPV and CIN I. Conclusions: it was observed the continuity of care for women with CIN I and HPV, however, it is expected that health professionals encourage the monitoring of women in primary health care network and thus strengthen the bond between the user-service, so that it can favor assistance. (AU)


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Primary Health Care , Uterine Neoplasms , Pathology , Cervix Uteri/cytology , Women's Health
6.
Rev. Ciênc. Plur ; 4(2): 115-127, 2018. graf, tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-980222

ABSTRACT

Introdução:Considerada um indicador da condição de vida e saúde da população, a mortalidade neonatal, responsável por 60% a 70% dos óbitos infantis nas últimas décadas ocorrem principalmente até o 6º dia de vida.Objetivo:Analisar o perfil epidemiológico da mortalidade neonatal no estado do Rio Grande do Norte numa série histórica de 2005 a 2014.Métodos:Estudo de série temporal e descritiva, com abordagem quantitativa baseado em dados secundários extraídos dos arquivos da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte na 5ª Unidade Regional de Saúde Pública, sendo alguns dados complementares obtidos através do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) e Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC) do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS).Resultados:Os resultados demonstraram queda de 168 óbitos neonatais quando se compara o primeiro e o último ano avaliados. A média do coeficiente de mortalidade neonatal precoce e tardia diminuiu de 8,85 para 8,22, porém, ainda observa-se que neonatos do sexo masculino e de baixo peso tiveram aumento considerado chegando a 74,30% no último ano. Foram analisadas variáveis maternas e obstétricas onde se constatou que o número de óbitos neonatais de nascidos via cesariana veio crescendo principalmente entre mulheres mais jovens e de baixa instrução.Conclusão:Faz-se necessário um melhor acompanhamento e atenção dos gestores e serviços de saúde do Rio Grande do Norte, considerando os agravos epidemiológicos, bem como os outros fatores sociodemográficos inerentes ao processo saúde-doença dessa população, com vistas a promover uma redução significativa da mortalidade neonatal (AU).


Introduction: Considered an indicator of the condition of life and health of the population, neonatal mortality, responsible for 60% to 70% of infant deaths in the last decades mainly occurring up to the 6th day of life.Objective:To analyze the epidemiological profile of neonatal mortality in the state of Rio Grande do Norte in a historical series from 2005 to 2014.Methods: A descriptive and temporal series study with a quantitative approach based on secondary data extracted from the archives of the Health Department of Rio Grande do Norte in the 5th Regional Public Health Unit, some complementary data obtained through the Mortality Information System (SIM) and Information System on Live Births (SINASC) of the Department of Informatics of the Unified Health System (DATASUS). Results: The results showed a decrease of 168 neonatal deathswhen the first and last year evaluated. The mean coefficient of early and late neonatal mortality decreased from 8.85 to 8.22; however, it is still observed that male and low birth weight infants had a considered increase reaching 74.30% in the last year.Maternal and obstetric variables were analyzed in which it was found that the number of neonatal deaths of those born via cesarean section increased mainly among younger and less educated women.Conclusion:It is necessary to better follow-up and care of health managers and services in Rio Grande do Norte, considering the epidemiological problems, as well as the other sociodemographic factors inherent in the health-disease process of this population, with a view to promoting a significant reduction of mortality neonatal (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Health Profile , Brazil , Infant Mortality , Child Health , Health Surveys , Health Information Systems , Mortality Registries , Data Interpretation, Statistical , Statistical Databases , Ecological Studies
7.
Rev. Ciênc. Plur ; 4(3): 31-42, 2018. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-988260

ABSTRACT

Introdução: As enteroparasitoses são doenças com um potencial de infecçãocosmopolita, que afetam com alta frequência as faixas etárias que possuem imunidade debilitada, principalmente se os indivíduos estiverem em um ambiente propício a infecções. Todavia, esse tipo de doença pode ser evitado através de hábitos de higiene.Objetivo: Verificar o conhecimento sobre enteroparasitas e a atitude das crianças do Projeto Cidadão do Amanhã diante da prevenção de doenças.Metodologia: Trata-se de um estudo quase experimental, realizado com as crianças de 6 a 12 anos, cadastradas no Projeto Cidadão do Amanhã e atendidas na Clínica de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, ambas na cidade de Santa Cruz-RN. Utilizou-se como amostra 40 crianças, sendo utilizado para coleta de dados dois instrumentos.Resultados: Verificou-se o conhecimento de escolares em quatro categorias: 1) Hábitos de higiene; 2) Contaminação alimentar; 3) Autocontaminação e 4) Dermatites tópicas, observando no resultado do pós-teste aplicado ao grupo 2, melhora de acertos nas respostas, de modo que acredita-se que a educação em saúde seja a principal forma de prevenção tanto das enteroparasitoses, quanto de outras doenças que possam vir a afetar a vida não apenas do grupo aqui estudado, mas da população em geral.Conclusão: Conclui-se que há a necessidade de implantação e implementações de ações e serviços de saúde, bem como o fortalecimento da educação básica, para promover a saúde da referida população e prevenir o acometimento de parasitoses (AU).


Introduction: Enteroparasites are diseases with a potential for cosmopolitan infection, which often affect age groups with weakened immunity, especially if the individuals are in an environment conducive to infection. However, this type of disease can be prevented through hygienic habits.Objective: To verify the knowledge about enteroparasites and the attitude of the children of Projeto Cidadão do Amanhã in the prevention of diseases.Methodology: This is a quasi-experimental study, carried out with children aged 6 to 12 years, enrolled in Projeto Cidadão do Amanhã and attended at the Nursing Clinic of the Federal University of Rio Grande do Norte, both in the city of Santa Cruz-RN . A sample of 40 children was used, two instruments beingused for data collection.Results: The students' knowledge was verified in four categories: 1) Hygiene habits; 2) Food contamination; 3) Self-contamination and 4) Topical dermatitis, observing in the result of the post-test applied to group 2, improvementof correct responses, so that it is believed that health education is the main form of prevention of both enteroparasitosis and other diseases that may affect the life not only of the group studied here, but of the population in general.Conclusion: It isconcluded that there is a need for implementation and implementation of health actions and services, as well as the strengthening of basic education, to promote the health of the population and prevent the involvement of parasitic diseases (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Child , Parasites , Health Knowledge, Attitudes, Practice , Health Education/methods , Health Promotion , Health Services , Brazil , Chi-Square Distribution , Education, Primary and Secondary
8.
Rev. Ciênc. Plur ; 4(3): 57-68, 2018. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-988266

ABSTRACT

Introdução: A saúde infantil constitui-se como ações e práticas com intuito de proporcionar um atendimento integralizado a saúde da criança, vista como area prioritária no âmbito do cuidado.Objetivo: avaliar a qualidade da assistência prestada à criança desde os primeiros momentos de vida até a inserção e acompanhamento no programa de puericultura.Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, avaliativo de abordagem quantitativa, com 200 mulheres mães/responsáveis por crianças menores de dois anos, atendidas em Unidades Básicas de Saúde, no município de Santa Cruz/RN.Resultados: Com relação os cuidados ofertados, observou-se que o apgarentre 7 a 10 no primeiro e quinto minuto foi atribuído na maioria da amostra; Tratando-se do estímulo ao vínculo materno/infantil, a maioria das mães afirmou que permaneceu junto ao seu filho no mesmo quarto após o parto; bem como amamentou seu filho logoapós o parto. Por fim, sobre as condições de saúde no primeiro mês de vida, a maioria da relatou que não houve internamento por nenhum tipo de complicação.Conclusão: Observou-se que as práticas assistenciais foram realizadas na sua maioria, destacando ocomprometimento dos profissionais atuantes nos serviços de saúde, o que confere aos serviços uma boa qualidade frente às demandas solicitadas. Porém as fragilidades e desafios ainda existentes demonstram a necessidade de estratégias para implementação de medidas estratégicas em busca de melhores resultados (AU).


Introduction: Children's health constitute actions and practices aimed at providing an integrated service to the health of the child, as a priority area in the area of care.Objective: to evaluate the quality of care provided to the child from the first moments of life to insertion and follow-up in the childcare program.Methodology: This isa descriptive, evaluative study with a quantitative approach, with 200 mothers / caregivers of children under two years of age attended at the Basic Health Units in the city of Santa Cruz / RN.Results: Regarding the care offered, it was observed that theapgar between 7 and 10 in the first and fifth minutes was attributed in the majority of the sample; As for the stimulation of the maternal / child bond, most mothers said that they stayed with their child in the same room after childbirth; as well as breastfed her child soon after delivery. Finally, about health conditions in the first month of life, most of them reported that there was no hospitalization for any type of complication.Conclusion: It was observed that the assistance practices were mostly carried out, highlighting the commitment of the professionals working in the health services, which gives the services a good quality against the requested demands, but the fragilities and challenges still exist demonstrate the need for strategies to implement strategic measures for better results (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant, Newborn , Infant , Adult , Health Evaluation/methods , Infant, Newborn , Delivery of Health Care , Maternal-Child Health Services , Infant , Brazil , Epidemiology, Descriptive , Mothers
9.
Rev. Ciênc. Plur ; 3(1): 98-107, 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-848600

ABSTRACT

Introdução: A coordenação do cuidado trata-se de um atributo essencial dos serviços que tem por finalidade, organizar os atendimentos aos usuários, possibilitar acesso livre as informações e garantir resolutividade da assistência em saúde. Objetivo: Avaliar a presença e extensão do atributo coordenação do cuidado em serviços de Puericultura. Métodos: Trata-se de um estudo avaliativo, quantitativo, de caráter descritivo, com amostra composta por 186 pais/responsáveis de crianças de 0 à 2 anos de idade que utilizam os serviços da Atenção Primária à Saúde, utilizando um questionário validado no Brasil denominado PCA Tools, versão para crianças. Resultados: No que se refere à integração de cuidados esta se apresentou com resolutividade de queixas de 89,2%, uma vez que apenas 10,8% foram consultados por especialistas, porém na ótica dos usuários, 7,5% afirmam ainda que os profissionais se mostraram interessados na qualidade do cuidado prestada no serviço especializado. Já no que se refere ao sistema de informações, 99,5% afirmaram disponibilidade dos registros e boletins de atendimentos durante a consulta. Conclusão: O estudo permitiu identificar potencialidades e avanços em relação ao atributo estudado. As fragilidades ainda existentes ajudam na reflexão e motivação dos profissionais, em conseguir uma totalidade na assistência ao cuidado infantil (AU).


Introduction: The coordination of care is an essential attribute of the services that have as purpose, organize the services to the users, enable free access to information and guarantee the resolution of health care. Objective: To evaluate the presence and extension of the coordination attribute of care in childcare services. Methods: This is an evaluative, quantitative, descriptive study with a sample composed of 186 parents/guardians of children from 0 to 2 years of age who use Primary Health Care services, using a questionnaire validated in Brazil PCA Tools, children's version. Results: Regarding the integration of care, this was presented with a complaints resolution of 89.2%, since only 10.8% were consulted by specialists, but from the users' perspective, 7.5% Professionals were interested in the quality of care provided in the specialized service. Regarding the information system, 99.5% reported availability of records and reports during the consultation. Conclusion: The study allowed to identify potentialities and advances in relation to the attribute studied. The still existing fragilities help in the reflection and motivation of the professionals to achieve a totality in the assistance to the child care (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant, Newborn , Infant , Child Care/psychology , Electronic Health Records/statistics & numerical data , Parents , Primary Health Care , Unified Health System , Analysis of Variance , Brazil , Information Systems/statistics & numerical data , Surveys and Questionnaires/statistics & numerical data
10.
Rev. Ciênc. Plur ; 3(3): 2-15, 2017. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-883293

ABSTRACT

Introdução: As consultas de pré-natal realizadas na Atenção Primária à Saúde apresentam-se como momento indispensável para ofertar orientações necessárias no período da gestação e puerpério, sendo ocasião indispensável para que a grávida possa revelar seu medos, anseios e dúvidas sobre esse momento singular dela mesma e do feto. Objetivo: Avaliar a correlação entre adesão do pré-natal e complicações na saúde materno-infantil. Métodos: Trata-se de um estudo quantitativo e avaliativo dos indicadores de morbidade e mortalidade materno-infantil no município de Santa Cruz, no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Resultados: Das mães que aderiram ao pré-natal, 86% não complicaram, ao passo que 13% das grávidas tiveram complicação na gestação, tendo como causas sangramento, convulsão, infecção urinária, diabetes e hipertensão arterial. Conclusão: Destarte o pré-natal como importante para realizar um acompanhamento saudável da gestante e seu filho, prevenindo e/ou tratando as complicações que podem surgir nesse período, concorrendo, assim, para a diminuição dos índices de morbimortalidade materna e infantil (AU).


Introduction: The prenatal consultations carried out in Primary Health Care are an indispensable moment to offer the necessary guidelines during pregnancy and puerperium, and it is an indispensable occasion for revealing their fears, anxieties and doubts about this singular moment of the woman and your fetus. Objective: To evaluate the correlation between prenatal adherence and maternal and child health complications. Methods: This is a quantitative and evaluative study of indicators of maternal and infant morbidity and mortality in the municipality of Santa Cruz, in the state of Rio Grande do Norte, Brazil. Results: A prevalence of 86% of the mothers who joined prenatal care did not complicate, whereas a prevalence of 13% was found to have complications during pregnancy, with bleeding, convulsion, urinary tract infection, diabetes and hypertension. Conclusion: To determine prenatal care as important for a healthy follow-up of the pregnant woman and her child, preventing and / or treating the complications that may arise during this period, thus contributing to the reduction of maternal and infant morbidity and mortality rates (AU).


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Maternal and Child Health , Pregnant Women/psychology , Prenatal Care , Primary Health Care , Brazil , Chi-Square Distribution , Data Interpretation, Statistical , Indicators of Morbidity and Mortality
11.
Rev. Ciênc. Plur ; 3(2): 4-15, 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-876484

ABSTRACT

Introdução: Embora as políticas de saúde criadas para assistir às mulheres durante a gestação tenham sofrido mudanças e ampliações, ainda se observa a incidência de agravos evitáveis através da assistência pré-natal de qualidade. Objetivo: O presente estudo se propõe em avaliar a qualidade da assistência prestada às gestantes nas consultas de atendimento pré-natal na cidade de Santa Cruz/RN, Brasil. Métodos: Trata-se de um estudo exploratório descritivo, com abordagem quantitativa, realizado na cidade de Santa Cruz, estado Rio Grande do Norte, Brasil. Utilizou-se uma amostra de 200 mulheres, mães de crianças menores de um ano, atendidas na rede de Atenção Primária à Saúde. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sob parecer de número 311.613. Resultados: Verificou-se, quanto à classificação da qualidade do atendimento pré-natal na ótica das mães, que a maioria o classificou como bom, seguido por muito bom. No que diz respeito à realização do pré-natal, a maioria realizou em serviço público do seu município, na Unidade Básica de Saúde. Conclusão: Concluiu-se, neste estudo, que a assistência pré-natal tem sido realizada de forma positiva, tendo em vista o cumprimento de condutas preconizadas pelos programas de saúde da mulher, bem como a assistência pré-natal e puerperal. É importante destacar os esforços para se garantir uma assistência integral, humanizada e ética (AU).


Introduction: Although the health policies created to assist women during pregnancy have undergone changes and extensions, the incidence of preventable diseases through quality prenatal care is still observed. Objective: This study aims to evaluate the quality of care provided to pregnant women in prenatal care consultations. Methods: This is an exploratory descriptive study, with a quantitative approach, carried out in the city of Santa Cruz, state of Rio Grande do Norte, Brazil. A sample of 200 women, mothers of children under one year old, attended the Primary Health Care network. The research was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, under the opinion of number 311.613. Results: As to the quality of prenatal care in the mothers' view, it was verified that the majority rated it as good, followed by very good. With regard to prenatal care, most of them performed in the public service of their municipality, in the Basic Health Unit. Conclusion: It was concluded, in this study, that prenatal care has been performed positively, having in order to comply with the guidelines recommended by women's health programs, as well as prenatal and puerperal care. It is important to highlight efforts to guarantee integral, humanized and ethical assistance (AU).


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Health Evaluation , Pregnant Women , Prenatal Care , Primary Health Care , Brazil , Data Interpretation, Statistical , Surveys and Questionnaires/statistics & numerical data
12.
Rev. Ciênc. Plur ; 3(2): 42-52, 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-876522

ABSTRACT

Introdução: O aumento da expectativa de vida é de suma importância no contexto social e também um dos nossos grandes desafios; de modo que se tornam fundamentais, estudos que priorizem a avaliação da atenção à população idosa. Objetivo: Avaliar, a partir da percepção dos usuários idosos, a qualidade da assistência da equipe profissional na Atenção Primária à Saúde da pessoa idosa. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório descritivo com abordagem quantitativa realizada na cidade de Santa Cruz, estado Rio Grande do Norte, Brasil, utilizando-se uma amostra de 130 idosos. Resultados: No que se refere à qualidade do atendimento na APS, podemos observar que 48,5% dos usuários afirmou ser bom, uma vez que 26,2% verbalizaram que raramente havia rotatividade profissional. Em relação à educação em saúde, observou-se que 82,3% nunca receberam orientações sobre prevenção do câncer e controle de quedas e 41,5% algumas vezes recebiam sobre importância de realização de atividade física. No que diz respeito à necessidade de encaminhamento dos pacientes à outros serviços observou-se que 50,0% algumas vezes foram encaminhados e 29,2% dizem algumas vezes terem sido contra referenciado. Conclusão: A atuação dos profissionais da APS foi adequada, o que confere boa qualidade aos serviços. As fragilidades ainda existentes, oferecem subsídios para que estes possam ser estimulados a elaborar novas estratégias para melhorias à saúde do idoso (AU).


Introduction: The increase in life expectancy is of paramount importance in the social context and also one of our great challenges; thus, studies that prioritize the evaluation of attention to the elderly population become fundamental. Objective: To evaluate, from the perception of the elderly users, the quality of the assistance of the professional team in the Primary Health Care to the elderly person. Methodology: This is a descriptive exploratory study with a quantitative approach performed in the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte State, Brazil, using a sample of 130 elderly people. Results: Regarding the quality of care in PHC, we can observe that 48.5% of the users said that they were good, since 26.2% stated that there was rarely any professional turnover. Regarding health education, it was observed that 82.3% never received guidance on cancer prevention and control of falls and 41.5% were sometimes given over importance of physical activity. Regarding the need to refer patients to other services, it was observed that 50.0% were sometimes referred and 29.2% said they were sometimes referred to as referrals. Conclusion: The performance of PHC professionals was adequate, which gives good quality to the services. The fragilities that still exist, offer subsidies so that they can be stimulated to elaborate new strategies for improvements in the health of the elderly (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Middle Aged , Aged , Aged, 80 and over , Aged , Health of the Elderly , Health Services for the Aged , Primary Health Care/statistics & numerical data , Brazil , Chi-Square Distribution , Epidemiology, Descriptive , Surveys and Questionnaires/statistics & numerical data
13.
Rev. Ciênc. Plur ; 2(2): 99-114, 2016. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO, RHS | ID: biblio-849053

ABSTRACT

Introdução: Os profissionais dos serviços de saúde apresentam-se, como fundamentais para o fortalecimento da Atenção Primária e para os demais níveis de assistência por está relacionado a qualidade do atendimento oferecido ao usuário, e a efetividade das linhas de cuidado que visem à integralidade. Objetivo: Este estudo se propõe em avaliar a gestão do trabalho com enfoque na atuação dos profissionais na Atenção Primária à Saúde. Métodos: Trata-se de um estudo quantitativo, avaliativo, realizado no município de Santa Cruz, Rio Grande do Norte, sendo a amostra formada por 10 profissionais de saúde escolhidos de modo aleatório. Resultados: Observou-se a positividade da assistência prestada para a continuidade do cuidado, através da baixa rotatividade de profissionais, o conhecimento adequado dos problemas de saúde da comunidade e outras variáveis na ótica de profissionais da rede básica de saúde, proporcionando um atendimento com qualidade na atenção por ser um modelo assistencialista com fins de assistência individual, familiar e comunitária. Conclusões: Conclui-se que existem avanços por meio da integralidade e da continuidade do cuidado propostos por possibilitar um enfoque biopsicossocial e buscar a promoção, a proteção e a manutenção da saúde da população, embora ainda existam desafios (AU).


Introduction: Health care professionals are fundamental to strengthening Primary Care and to other levels of care, as it relates to the quality of care offered to the user and the effectiveness of care lines aimed at completeness. Objective: This study intends to evaluate the management of work with a focus on the performance of professionals in Primary Health Care. Methods: This is a quantitative, evaluative study carried out in the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil. Sample of 10 randomly selected health professionals. Results: The positivity of care provided to the continuity of care was observed, through the low turnover of professionals, adequate knowledge of community health problems and other variables from the perspective of professionals in the basic health network, providing quality care In the care for being an assistance model for individual, family and community assistance. Conclusions: It is concluded that there are advances through the completeness and continuity of care proposed for enabling a biopsychosocial approach and seeking the promotion, protection and maintenance of the population's health, although there are still challenges (AU).


Subject(s)
Humans , Primary Health Care , Unified Health System , Health Management , Evaluation Study , Brazil , Health Education , Health Promotion
14.
Rev. Ciênc. Plur ; 1(1): 22-29, 2015. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BBO | ID: biblio-859290

ABSTRACT

Introdução: A integralidade, atributo essencial dos serviços de Atenção Primária à Saúde, baseia-se em ações de promoção, prevenção de agravos e recuperação da saúde, permitindo uma percepção holística do indivíduo, estando associado aos serviços assistenciais prestados, a fim de responder as necessidades dos sujeitos envolvidos. Objetivo: Avaliar o atributo essencial da Atenção Primária à Saúde, integralidade, no serviço de Puericultura com crianças menores de dois anos. Métodos: Estudo avaliativo, quantitativo, de caráter descritivo, com amostra composta por 186 pais/responsáveis de crianças de 0 à 2 anos de idade que utilizam os serviços da APS da cidade de Santa Cruz, estado do Rio Grande do Norte, Brasil, utilizando um questionário validado no Brasil denominado PCA Tools, versão para crianças. Resultados: Os resultados mostraram que 77.4% das crianças de 0 a 2 anos de idade encontram-se com o cartão de vacinas em dia, e que seus responsáveis possuem conhecimentos sobre planejamento familiar e métodos anticoncepcionais (82.3%). Quanto ao programa de suplementação nutricional para crianças 45.7% já tiveram tais informações. A maioria da amostra (91.4%) recebeu orientações sobre manter a criança saudável, como manter a segurança no lar (55.9%) (exemplo: como guardar medicamentos com segurança), sobre mudanças do crescimento e desenvolvimento da criança (57.0%), maneiras de lidar com o comportamento da criança (52.2%), e maneiras para mantê-la segura (46.8%). Conclusão: Este estudo permitiu identificar potencialidades e grandes avanços pertinentes ao atributo integralidade, bem como necessidades de estratégias a partir das fragilidades apontadas (AU).


Introduction: Integrality, essential attribute of primary health care services, is based on promotion, disease prevention and recovery, allowing a holistic perception of the individual and is associated with welfare services in order to answer the needs of those involved. Objective: To evaluate the essential attribute of Primary Health Care, integrality, in the service of Child Care with children under two years. Methods: Assessment study, quantitative, descriptive, with a sample of 186 parents / guardians of children aged 0 to 2 years old who use the services of the APS of the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil, using a questionnaire validated in Brazil called PCA Tools, version for children. Results: The results showed that 77.4% of children 0-2 years of age are of the day vaccination card, and that those responsible have knowledge about family planning and contraceptive methods (82.3%). As for the supplemental nutrition program for children 45.7% had such information. Most of the sample (91.4%) received guidance on maintaining healthy child, how to maintain safety in the home (55.9%) (example: how to store medicines safely) on changes in the growth and development of children (57.0%), ways to deal with the child's behavior (52.2%), and ways to keep it safe (46.8%). Conclusion: This study revealed potential and major advances relevant to the integrality attribute as well as strategies needs from the identified weaknesses (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant, Newborn , Infant , Child Health , Health Services Research/statistics & numerical data , Integrality in Health , Primary Health Care/statistics & numerical data , Analysis of Variance , Brazil
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL