Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 3 de 3
Filter
Add filters








Type of study
Year range
2.
Säo Paulo; s.n; 1999. 90 p. tab, graf.
Thesis in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-272454

ABSTRACT

Os avanços tecnológicos invasivos para suporte de pacientes graves e o manuseio pelos profissionais dedicados aos cuidados intensivos tomam a UTI o local do hospital com as maiores taxas de incidência de pacientes colonizados-infectados, sendo epicentro de desenvolvimento de resistência bacteriana para bacilos Gram negativos multirresistentes (BGN-MR). Este trabalho propõe estudar a epidemiologia e os fatores de risco de colonização da orofaringe por estes agentes. Aplicamos um estudo de coorte prospectivo, avaliando todos os pacientes admitidos na UTI clínica-cirúrgica do HB-FLTNFARME, durante o período de 01 de novembro de 1997 a 31 de outubro de 1998. Em todos os pacientes, foi colhido Swab da orofaringe posterior no primeiro dia de internação, no terceiro dia e a cada sete dias até a alta ou óbito. Foi definido como colonizado o paciente com cultura negativa no primeiro dia e positiva após o terceiro dia de internação, sendo considerado caso. Foi considerado controle todo paciente com cultura negativa para BGN-MR, durante o período de internação e foram escolhidos de forma consecutiva, contemporânea e da mesma unidade de origem (clínica ou cirúrgica). Para análise estatística, avaliaram-se dados clínico-epidemiológicos e variáveis antes e após a internação (uso de antibióticos e procedimentos). Foram excluídos do estudo pacientes com menos de duas culturas colhidas, cultura positiva no primeiro dia e reinternação na UTI. Foi construído um modelo preditivo de colonização e utilizou-se os métodos clássicos para identificação e teste de sensibilidade aos antimicrobianos. Durante o período, foram internados 1103 pacientes, sendo que 430 (39 por cento) entraram no estudo, destes, 113 (26,3 por cento) foram colonizados e 317 (73,7 por cento) não. Dos 113 casos, 53 (46,9 por cento) estavam colonizados no terceiro dia de internação. Não houve diferenças entre a área clínica e cirúrgica, em relação às taxas de colonização e características da população, portanto, foram agrupadas para análise. A prevalência de colonização de BGN-MR na orofaringe, na admissão da UTI, foi de 7,2 por cento. Dos 317 pacientes não colonizados, foram selecionados os controles e a população dividida da seguinte forma: população 1 (P1) (l75 controles e 113 casos) foram incluídos os pacientes com internação prévia, avaliando-se as variáveis anteriores e durante a internação, até a colonização; população 2 (P2) (58 controles e 58 casos), foram excluídos os pacientes ...(au)


Subject(s)
Intensive Care Units , Residence Characteristics , Risk Factors
3.
HB cient ; 5(3): 193-9, set.-dez. 1998. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-254004

ABSTRACT

Nos Estados Unidos aproximadamente 50.000 pacientes adquirem infecção da corrente sangüínea, a cada ano, relacionada ao uso de cateteres intravasculares. O objetivo deste estudo foi avaliar, prospectivamente, os aspectos epidemiológicos, evolutivos, microbiológicos e fatores de risco de cateteres intravasculares num hospital geral universitário. A indicação precisa de DV e a prevenção destes morbimortalidade destas infecções


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant, Newborn , Infant , Child, Preschool , Child , Adolescent , Adult , Middle Aged , Catheters, Indwelling/microbiology , Cross Infection/epidemiology , Prospective Studies , Risk Factors
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL