Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 8 de 8
Filter
Add filters








Year range
1.
Pesqui. vet. bras ; 29(2): 163-166, fev. 2009. ilus
Article in English | LILACS | ID: lil-508354

ABSTRACT

A technique to restore acetabular anatomy by deepening the acetabular cavity and reconstructing the femoral head ligament and the joint capsule was tested on nine large breed dogs with severe hip dysplasia and acute subdislocation or dislocation. The technique consisted of two phases. First, all dogs were submitted to bilateral pectinotomy. In a second surgical intervention on the same dogs the acetabulum was approached and deepened, and the femoral head ligament and the joint capsule were reconstructed. In general, within 30 days of the surgery dogs could stand on the operated member to walk. Except for two dogs, all the others recovered pelvic member locomotive ability within 60-90 days after surgery. It is concluded that acetabuloplasty is a good alternative for treatment of severe canine hip dysplasia.


Uma técnica para restituir a anatomia acetabular com aprofundamento da cavidade acetabular e reconstrução do ligamento da cabeça do fêmur e da cápsula articular, foi testada em nove cães, de raças de grande porte, portadores de displasia coxofemoral grave com subluxação acentuada ou luxação. O procedimento cirúrgico foi constituído de duas fases. Inicialmente, foi realizada a pectineotomia bilateral em todos os cães. A segunda intervenção nos mesmos cães incluiu abordagem e aprofundamento do acetábulo, reconstrução do ligamento da cabeça do fêmur e da cápsula. Em geral, 30 dias após a cirurgia, os cães apoiavam o membro operado para se locomover. Com exceção de dois cães, todos os outros recuperaram a função locomotora do membro pélvico dentro de 60-90 dias. É concluído que a técnica de acetabuloplastia é uma boa alternativa para o tratamento da displasia coxofemoral grave.


Subject(s)
Animals , Acetabulum , Dogs , Hip Dysplasia, Canine , Surgery, Veterinary
2.
Ciênc. rural ; 32(2): 275-280, mar.-abr. 2002. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-349496

ABSTRACT

Uma técnica cirúrgica para o tratamento da luxaçäo coxofemoral que substituiu o ligamento da cabeça do fêmur por fáscia lata associada ao enxerto ósseo foi realizada em 20 cäes. Estes foram separados em cinco grupos e submetidos à eutanásia para realizaçäo dos exames macro e microscópicos aos 15, 30, 60, 90 e 120 dias do pós-operatório. Na macroscopia, näo foi observada luxaçäo da articulaçäo. Em 65 por cento dos animais, o enxerto de fáscia lata estava presente. Microscopicamente, a fáscia lata utilizada como substituto do ligamento da cabeça do fêmur näo desenvolveu reaçöes inflamatórias, permanecendo preservada e integrada ao tecido ósseo. O uso da fáscia lata como substituto do ligamento da cabeça do fêmur mostrou-se viável, podendo ser utilizada para reforçar a estabilidade articular.


Subject(s)
Animals , Dogs , Femur Head/surgery , Femur Head/injuries , Dog Diseases/surgery , Fascia Lata , Transplantation, Autologous/veterinary
3.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 38(3): 122-126, 2001. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-324289

ABSTRACT

O objetivo do estudo foi analisar histologicamente a qualidade, tipo e orientaçäo dos tecidos formados na área de regeneraçäo óssea produzida durante alongamento simultâneo do rádio e da ulna, com fixador externo de Ilizarov, a partir de osteotomia subperiosteal diafisária distal, com dois incrementos diários de 0,5 mm. A montagem foi composta de dois anéis e quatro hastes telescópicas, sendo a distraçäo óssea iniciada no sexto dia de pós-operatório. Utilizaram-se 15 cäes, sem raça definida, adultos, com peso corpóreo entre 17 e 30 kg, divididos por sorteio em subgrupos (A, B, C, D e E) compostos por três animais, que foram submetidos a eutanásia após os seguintes procedimentos: A- oito dias de alongamento, B- 15 dias de alongamento, C- 22 dias de alongamento, D- 28 dias de alongamento e oito dias de fase neutra com o fixador, E- 28 dias de alongamento, 60 dias de fase neutra com fixador e 45 dias sem fixador. Os resultados obtidos mostram que o tipo e localizaçäo da osteotomia, bem como o ritmo de distraçäo utilizado, näo interferiram sobremaneira na regeneraçäo óssea. A reparaçäo óssea foi eficiente, notadamente intramembranosa, contudo nos subgrupos B e C foi observada a presença de cartilagem


Subject(s)
Animals , Male , Female , Bone Regeneration , Dogs , Radius , Ulna
4.
Ciênc. rural ; 29(1): 79-85, jan.-mar. 1999. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-246440

ABSTRACT

A aplicaçäo intraperitoneal de carboximetilcelulose (CMC) tem sido utilizada na prevençäo de aderências peritoneais em animais e em humanos. Os objetivos deste trabalho foram avaliar a resposta do peritônio ao trauma cirúrgico e à aplicaçäo de CMC e estudar como se processa a metabolizaçäo da CMC. Dezenove eqüinos mestiços foram submetidos à laparotomia, quando se produziram lesöes no jejuno distal por abrasäo da serosa e isquemia. Nos 9 eqüinos do grupo tratamento, antes da síntese da parede abdominal, foi instilada, na cavidade peritoneal, uma soluçäo estéril de CMV, a 1 porcento na dose de 7 ml/kg. Nos eqüinos do grupo controle, nenhum medicamento foi aplicado na cavidade peritoneal. Após a cirurgia, colheram-se sangue e fluido peritoneal em 9 momentos: 4 horas após o fim da cirurgia, nos 3 primeiros dias pós-operatórios, pela manhä e a cada 48 horas nos dias subseqüentes ( no 5§, 7§, 9§, 11§ e 13§ dias pós-operatórios). Os exames laboratoriais demonstraram que todos os animais desenvolveram inflamaçäo peritoneal. Entretanto, nos animais do grupo tratamento, esta inflamaçäo foi mais intensa e com um curso mais longo. Observou-se também que a excreçäo da CMC ocorreu por fagocitose.


Subject(s)
Animals , Carboxymethylcellulose Sodium/toxicity , Cathartics/toxicity , Blood Cell Count/veterinary , Ascitic Fluid/veterinary , Peritoneal Cavity/pathology , Peritonitis/blood , Horses/surgery , Laparotomy/veterinary
5.
Ciênc. rural ; 28(4): 629-34, out.-dez. 1998. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-246433

ABSTRACT

A implantaçäo do ureter no cólon descendente advém da impossibilidade de reimplantá-lo na vesícula urinária, devido a perdas substanciais do tecido ureteral. O presente trabalho avaliou as alteraçöes macroscópicas, microscópicas e laboratoriais em cäes submetidos à ureterocoloanastomose esquerda. Foram utilizados 8 cäes adultos, hígidos, de ambos os sexos. A técnica operatória consistiu na ligadura do coto distal do ureter próximo à bexiga e na implantaçäo de um curto segmento do coto proximal, através de um túnel submucoso, na face antimesentérica do cólon. Realizou-se dosagens séricas de uréia, creatinina, sódio e potássio no pré-operatório, 2, 7, 15, e 30 dias após a cirurgia. Um total de 6 animais foram observados por 30 dias, e outros dois foram observados durante 7 e 180 dias, respectivamente. Todos apresentaram fezes moles durante o decorrer do experimento. Ao exame macroscópico, todos os animais apresentaram dilataçäo ureteral e pielonefrites. Azotemia transitória e hidronefrose foram observadas no animal mantido por 7 dias, e em mais quatro animais, mantidos por 30 dias, também se observou hidronefrose. O animal mantido por 180 dias demonstrou hidronefrose ao exame ultrasonográfico aos 30 dias de evoluçäo, mas a mesma näo foi observada quando se realizou a necropsia. Em um animal, mantido por 30 dias, houve um aumento nos níveis de creatinina nos dias 7, 15, e 30, entretanto estes permaneceram dentro dos limites fisiológicos. Nenhuma alteraçäo foi observada no exame histológico da mucosa intestinal exposta à drenagem de urina. As poucas alteraçöes encontradas nas análises laboratoriais näo comprometeram a saúde dos animais, e, considerando que näo foram encontradas lesöes na mucosa intestinal analizada, é possível concluir que a ureterocoloanastomose é um procedimento viável para ser usada por um curto período de tempo.


Subject(s)
Animals , Dogs/surgery , Colon/surgery , Ureter/surgery , Anastomosis, Surgical/veterinary
6.
Ciênc. rural ; 28(1): 89-93, jan.-mar. 1998. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-246408

ABSTRACT

Foram empregados 30 ratos, machos, linhagem Wistar. Implantou-se sob a pele segmentos de 3cm de comprimento de "linha de pesca" mantida em formalina, "linha de pesca" autoclavada uma vez, "linha de pesca" autoclavada duas vezes e fio de náilon cirúrgico. Cada animal recebeu dois tipos de material de sutura, em locais paralelos e eqüidistantes da coluna vertebral. Foram sacrificados com cinco, 15 e 90 dias de pós-operatório para que se procedesse o exame histopatológico. Pelo grau de reaçäo tecidual pode-se concluir que: a maior reaçäo ocorreu com a "linha de pesca" mantida em formalina e a menor com o fio de náilon cirúrgico; as "linhas de pesca" autoclavadas uma e duas vezes se comportaram de forma semelhante e apresentaram uma reaçäo intermediária.


Subject(s)
Animals , Male , Rats , Bone Wires , Bone Wires/veterinary , Skin , Suture Techniques/veterinary , Rats, Wistar
7.
Ciênc. rural ; 26(2): 229-233, maio-ago. 1996. ilus
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-622984

ABSTRACT

Dezoito coelhos, Norfolk, fêmeas, com 45 dias de idade foram divididos em três grupos de seis animais e submetidos a enucleação transpalpebral. Os animais do grupo I receberam na cavidade orbitaria acrílico auto-polimerizável, os do grupo II pericárdio eqüino conservado em glicerina e os do grupo III foram mantidos como controle. Para avaliação macroscópica e histopatológica das cavidades orbitarias, três animais de cada grupo foram sacrificados com 30 e 60 dias após a implantação. Apesar da resina ter sido aplicada na fase pastosa, na qual a alta temperatura que ocorre durante a polimerizaçâo pode ser lesiva aos tecidos, foi o produto que apresentou os melhores resultados.


Eighteen Norfolk female rabbits, 45 days old, were divided into three groups of six animals and submitted to transpalpebral enucleation. Animals of group I received intraorbital auto-polimerized acrylic resin, the ones of group II received eqüine pericardium preserved in glycerin solution and animals of group III were control. Three animals of each group were euthanised 30 and 60 days after implantation for macroscopic and histopathologic evaluation of the orbital cavities. Although the resin has been applied during the doughy phase in which the high temperature produced by polimerization could be dangerous to the tissue, it was the product that showed the best result.

8.
Vet. zootec ; 3: 17-23, 1991. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-128524

ABSTRACT

Os autores descrevem um método eficaz de fixaçäo da coluna lombar canina luxada, dorsal ou ventralmente, usando fio de aço inoxidável, através dos processos espinhosos dorsais das vértebras acometidas. O procedimento cirúrgico foi simples, de rápida execuçäo e pouco dispendioso; preservou ligamentos e estruturas ósseas relacionadas, bem como a curvatura normal da espinha


Subject(s)
Animals , Dog Diseases , Joint Dislocations/veterinary , Dogs , Lumbar Vertebrae
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL