Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 22
Filter
1.
Nursing (Säo Paulo) ; 25(288): 7780-7793, maio.2022. tab
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1372427

ABSTRACT

Objetivo: identificar a prevalência da Síndrome de Burnout e as características sociodemográficas e ocupacionais associadas em enfermeiros de ESFs de municípios da 28ª Região de Saúde do Rio Grande do Sul. Método: trata-se de um estudo transversal, incluindo enfermeiros de Estratégia Saúde da Família de 13 municípios de uma região do sul do Brasil que responderam um questionário online com aspectos sociodemográficos e ocupacionais e o Maslach Burnout Inventory para mensurar o desfecho de SB no período de março a agosto de 2018. Resultados: um total de 47 enfermeiros respondeu o instrumento. A prevalência de Síndrome de Burnout foi de 57,4%. Os enfermeiros que possuem interesse em trocar de profissão, assim como aqueles que trabalhavam na zona urbana apresentaram associação com a Síndrome de Burnout (p≤0,05). Conclusão: o estudo demonstrou alta prevalência de Síndrome de Burnout entre os enfermeiros que atuam em ESFs da 28ª Região de Saúde, indicando predisposição em desenvolvê-la(AU)


Objective: To identify the prevalence of Burnout Syndrome and AS associated sociodemographic and occupational characteristics in nurses of FHTs from municipalities of the 28th Health Region of Rio Grande do Sul. Methods: This is a crosssectional study, including Family Health Strategy nurses from 13 municipalities of a region of southern Brazil that answered an online questionnaire with sociodemographic and occupational aspects and the Maslach Burnout Inventory to measure the SB outcome from March to August 2018. Results: A total of 47 nurses answered the instrument. The prevalence of SB was 57.4%. Nurses with an interest in changing jobs, as well as those working in the urban area, had an association with SB (p≤0.05). Conclusions: The study demonstrated a high prevalence of SB among nurses who work in FHSs of the 28th Health Region, indicating a predisposition to develop it.(AU)


Objetivo: Identificar la prevalencia de Sindome de Burnout y características sociodemográficas y ocupacionales asociadas en enfermeras de ESFs de municipios de la 28ª Región Sanitaria de Rio Grande do Sul. Métodos: Se trata de un estudio transversal, que incluye enfermeras de la Estrategia de Salud de la Familia de 13 municipios de una región del sur de Brasil. Quienes respondieron un cuestionario en línea con aspectos sociodemográficos y ocupacionales y el Maslach Burnout Inventory para medir el resultado de SB de marzo a agosto de 2018. Resultados: Un total de 47 enfermeras respondieron al instrumento. La prevalencia de BS fue del 57,4%. Las enfermeras que tienen interés en cambiar de profesión, así como las que trabajaban en el área urbana, se asociaron con BS (p≤0.05). Conclusiones: El estudio demostró una alta prevalencia de BS entre las enfermeras que trabajan en ESFs de la 28ª Región de Salud, lo que indica una predisposición a desarrollarla(AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Burnout, Professional , National Health Strategies , Nurses
2.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 15(2): e10366, abr./jun. 2022.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1371763

ABSTRACT

Descrever a experiência de implementação da planificação da atenção à saúde no sistema prisional do Rio Grande do Sul. Relato de experiência do projeto piloto de reorganização da atenção primária desenvolvido com uma equipe de saúde prisional, com conteúdo adaptado do Projeto de Planejamento da Atenção Básica desenvolvido no Estado. As atividades aconteceram em seis oficinas temáticas, de junho a setembro de 2019, nas dependências do presídio, com a participação de trabalhadores de saúde e segurança. Dez trabalhadores participaram das oficinas que levaram à problematização das práticas vivenciadas, reflexões sobre suas atribuições na instituição penal e o papel do trabalhador como protagonista da mudança. A Planificação da Atenção Básica no sistema prisional é um projeto pioneiro e pode potencializar as ações das equipes de saúde prisional na Rede de Atenção à Saúde.


To describe the experience of implementing health care planning in the prison system in the state of Rio Grande do Sul. Experience report of a pilot project for the primary care reorganization developed with a prison health team, with content adapted from the Primary Care Planning Project developed in the state. The activities took place in six thematic workshops, from June to September 2019, on the premises of the prison, with the participation of health and safety workers. Ten workers participated in the workshops that led to the problematization of the practices experienced, reflections on their attributions in the penal institution and the worker's role as a protagonist of change. Planning Primary Care in the prison system is a pioneering project and can enhance the actions of prison health teams in the Health Care Network.

3.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 14(3)jul-set 2021.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1343826

ABSTRACT

A participação social pode ocorrer por canais institucionalizados, a partir de Conferências e Conselhos Municipais de Saúde (CMS), ou não institucionalizados, realizados nos demais espaços sociais para o exercício da democracia nas ações do Estado e nas decisões sobre as políticas públicas propostas. Investigar a participação da comunidade no planejamento, monitoramento e controle das atividades de saúde/SUS nos municípios da Região 28 de Saúde do Rio Grande do Sul. Pesquisa qualitativa, com gestores de saúde de 11 municípios de uma região do Sul do Brasil. Os dados foram coletados através de entrevistas semiestruturadas e analisados através da Análise de Conteúdo. Para os participantes, o controle social ocorre nos espaços institucionalizados, especialmente nos CMS. A maioria dos gestores percebeu o CMS como um órgão fiscalizador e vincularam o desinteresse da população à falta de conhecimento. Há necessidade da participação social mais efetiva na região.


Social participation can occur through institutionalized channels, from conferences and municipal health councils or non-institutionalized, performed in other social spaces for the exercise of democracy in the State and in decision making on public policy proposals. Investigate the involvement of the community in the planning, monitoring and control of the activities of health in the municipalities of the 28th Health Region of Rio Grande do Sul. Qualitive research with health managers of eleven municipalities of a region of Southern Brazil. The data were collected through semi-structured interviews and analyzed using content analysis. For the participants, the social control occurs at institutionalized spaces, especially in the municipal health councils. The majority of managers assigned to municipal health council as a supervisory body and linked the lack of interest of the population to lack of knowledge. There is a need for more effective social participation in the region.

4.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 14(3)jul-set 2021.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1343835

ABSTRACT

O objetivo deste estudo foi investigar o entendimento dos cirurgiões-dentistas em relação ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB), repercussões e resultados na assistência à saúde. Realizou-se uma pesquisa qualitativa, exploratória, descritiva. Para coleta de dados, foram entrevistados 15 cirurgiões-dentistas inseridos nas unidades de Estratégia de Saúde da Família de oito municípios da 28ª Região de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul e participantes de alguma fase do PMAQ-AB. Após análise qualitativa, identificou-se que os sujeitos entendem que o Programa, por meio de metas, melhorou a infraestrutura, a organização do trabalho, atendendo à demanda e beneficiando o usuário do serviço. Porém, foram evidenciadas fragilidades na comunicação sobre o Programa, comprometendo-o. Conclui-se que são necessários processos avaliativos contínuos na atenção básica, primando pela sua qualidade.


The objective of this study the understanding of dental surgeons in relation to the National Program for Access and Quality Improvement in Primary Care (PMAQ-AB), repercussions and results on health care, a qualitative, exploratory and descriptive study was carried out. To collect the data, fifteen dental surgeons enrolled in the Family Health Strategy units were interviewed, from eight municipalities of the 28th Health Region of Rio Grande do Sul; and participants in some phase of PMAQ-AB. After qualitative analysis, it was identified that the subjects understand that the program, through goals, improved the infrastructure, the work organization, meeting the demand benefiting the user of the service. However, weaknesses were noted in the communication about the Program, compromising it. Emphasis is given to the continuing need for evaluative processes in primary health care, focusing on its quality.

5.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 14(3)jul-set 2021.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1343837

ABSTRACT

Este estudo objetivou investigar a prevalência de partos prematuros em hospital de referência para partos de alto risco e verificar a associação de fatores maternos (demográficos, socioeconômicos, comportamentais e obstétricos) com a prematuridade. Estudo descritivo analítico transversal prospectivo e quantitativo, com amostra populacional de 489 puérperas, conduzido por entrevista, durante seis meses. As análises descritivas utilizaram o Teste de Fisher para associação e regressão logística para análises multivariadas. A prevalência de prematuridade foi de 11,65%, significativamente maior em mães solteiras (40,4%), com menos de nove anos de estudo (40,4%), que pertencem à classe econômica C (47,4%), usuárias de drogas (12,17%), sedentárias (12,93%), hipertensas (16,67%) e que foram internadas (17,82%) ou tiveram sangramento vaginal durante a gestação (25,58%). Uso de drogas (p = 0,001) e sangramento vaginal (p = 0,010) foram considerados preditores maternos para prematuridade.


To investigate the prevalence of premature births in a referral hospital for high-risk births and to verify the association of maternal factors (demographic, socioeconomic, behavioral, and obstetric) with prematurity. Descriptive cross-sectional prospective and quantitative study, with a population sample of 489 mothers, conducted by interview, for six months. The descriptive analyzes used the Fisher Test for association and logistic regression for multivariate analyzes. The prevalence of prematurity was 11.65%, significantly higher in single mothers (40.4%), with less than nine years of study (40.4%), who belong to economic class C (47.4%), drug users (12.17%), sedentary (12.93%), hypertensive (16.67%) and who were hospitalized (17.82%) or had vaginal bleeding during pregnancy (25.58%). Drug use (p = 0.001) and vaginal bleeding (p = 0.010) were considered maternal predictors of prematurity.

6.
Physis (Rio J.) ; 31(1): e310131, 2021. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1346708

ABSTRACT

Resumo A pesquisa visou investigar ações e estratégias de Educação Permanente em Saúde (EPS) na Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência (PcD), sob a perspectiva de trabalhadores e gestores da saúde. Pesquisa exploratória, tipo estudo de caso, com abordagem mista, realizada nos 13 municípios da Região 28 de Saúde do Rio Grande do Sul, com amostra de 37 sujeitos envolvidos na atenção à saúde das PCDs. Os questionários foram analisados com estatística descritiva, em frequências absolutas e relativas, e as entrevistas por Análise de Conteúdo, culminando três categorias temáticas. Os resultados apontaram que a EPS na Rede de Cuidados às PcDs constitui-se como ferramenta à qualificação das práticas profissionais, mas a maioria dos trabalhadores não participa dessas ações, pois os municípios não as oferecem. Identificou-se que os sujeitos não reconhecem situações cotidianas de trabalho, espaços e momentos informais, como ações de EPS. As dificuldades das ações de EPS foram justificadas pelas inadequadas estruturas físicas dos serviços e baixo quantitativo de profissionais na equipe. Identificou-se pequena quantidade de profissionais envolvidos e reduzido interesse com a temática da PcD, demarcada pela não participação ativa dos usuários dos serviços em ações desse campo. Assim, são indispensáveis reflexões que reconheçam as ações educativas nos ambientes laborais, transformando-as em práticas cotidianas de atenção à saúde das PCDs.


Abstract To investigate actions and strategies of Permanent Health Education (PHE) in Network Care for People with Disability (PwD), from the perspective of health workers and managers. Exploratory research, type of case study, with mixed approach, carried out in the 13 municipalities of the Health Region 28 of Rio Grande do Sul. The questionnaires were analyzed with descriptive statistics, in absolute and relative frequencies, and the interviews by Content Analysis were composed, culminating in three thematic categories. The results showed that The PHE in the PwD Care Network constitutes a tool for the qualification of professional practices, however, most workers do not participate in these actions, because the municipalities do not offer them. It was identified that the subjects do not recognize daily work situations, spaces, and informal moments, such as PHE actions. The difficulties of PHE actions were justified by inadequate physical structures of the services and low number of professionals in the team. A small number of professionals involved and reduced interest with the theme of PwD was identified, demarcated by the non-active participation of service users in actions in this field. Thus, reflections that recognize educational actions in work environments are indispensable, transforming them into daily practices of health care of PwD.


Subject(s)
Attitude of Health Personnel , Health Personnel/education , Delivery of Health Care , Education, Continuing , Health of the Disabled , Brazil , Public Health
7.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 616-621, jan.-dez. 2020. tab
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1097372

ABSTRACT

Objetivo: analisar as especificidades positivas de profissionais de enfermagem acerca da cultura de segurança do paciente em unidades de urgência/emergência. Método: pesquisa de abordagem quantitativa, de delineamento transversal, realizada em sete municípios integrantes da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde do Rio Grande do Sul, em suas respectivas unidades hospitalares com atendimento de urgência/emergência. A amostra foi composta por 112 profissionais de enfermagem e, como instrumento de coleta de dados, foi utilizado o questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC), na versão traduzida para a língua portuguesa. Resultados: os resultados revelaram as dimensões "expectativas sobre o seu supervisor/ chefe e ações promotoras de segurança do paciente" (78,5%) e "trabalho em equipe dentro das unidades" (76,5%) como as principais em receber respostas positivas. Conclusão: o estudo revela que as unidades de urgência/emergência possuem áreas fortes para o desenvolvimento de uma assistência qualificada e segura


Objective: to analyze the positive specificities of nursing professionals about the culture of patient safety in emergency / emergency units. Method: a cross-sectional, quantitative approach research, carried out in seven municipalities of the 13th Regional Health Coordination of Rio Grande do Sul, in their respective hospital units with emergency / emergency care. The sample was composed by 112 nursing professionals and, as a data collection instrument, the Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC) questionnaire was used in the Portuguese language version. Results: the results revealed the dimensions "expectations about their supervisor / supervisor and actions that promote patient safety" (78.5%) and "teamwork within the units" (76.5%) as the main ones in receiving responses positive. Conclusion: The study reveals that emergency / emergency units have strong areas for the development of qualified and safe care


Objetivo: analizar las especificidades positivas de profesionales de enfermería acerca de la cultura de seguridad del paciente en unidades de urgencia / emergencia. Método: investigación de abordaje cuantitativo, de delineamiento transversal, realizada en siete municipios integrantes de la 13ª Coordinadora Regional de Salud de Rio Grande do Sul, en sus respectivas unidades hospitalarias con atención de urgencia / emergencia. La muestra está formada por 112 profesionales de enfermería y, como un instrumento de recolección de datos, se utilizó el cuestionario de la Encuesta sobre el Hospital de Cultura de Seguridad del Paciente (HSOPSC) en la versión traducida al portugués. Resultados: los resultados revelaron las dimensiones "expectativas sobre su supervisor / jefe y acciones promotoras de seguridad del paciente" (78,5%) y "trabajo en equipo dentro de las unidades" (76,5%) como las principales en recibir respuestas positivo. Conclusión: el estudio revela que las unidades de urgencia / emergencia poseen áreas fuertes para el desarrollo de una asistencia calificada y segura


Subject(s)
Humans , Organizational Culture , Emergencies , Patient Safety
9.
Rev. bras. enferm ; 72(5): 1304-1310, Sep.-Oct. 2019. tab, graf
Article in English | LILACS, BDENF | ID: biblio-1042135

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: To identify tuberculosis-related health care and surveillance actions in Prison Health Units. Method: Cross-sectional study, of quantitative, exploratory and descriptive character. We visited 13 Teams of Prison Health, and nurses and technicians were interviewed regarding epidemiological surveillance instruments, physical structure and materials. Results: Search for respiratory symptoms in admission was reported by 6 (46.2%) of the teams, and the smear microscopy was the most requested test. The Logbook of Respiratory Symptoms and the Logbook for Monitoring Tuberculosis Cases were used in 7 (53.8%) institutions. Two of them (15.4%) had a location for sputum collection and 1 (7.7%) had a radiographer. The Directly Observed Therapy was reported in 7 (53.8%) units. Conclusion: Health care actions related to the search for respiratory symptoms and Directly Observed Therapy should be expanded, as well as surveillance actions and recording in official documents of the National Tuberculosis Control Program.


RESUMEN Objetivo: Identificar acciones asistenciales y de control de la tuberculosis en Unidades de Salud en Prisiones. Método: Estudio transversal, de tipo cuantitativo, exploratorio y descriptivo. Se visitaron a 13 equipos de Salud en Prisiones, de los cuales participaron enfermeros y técnicos de enfermería de una entrevista sobre los instrumentos de control epidemiológico, la estructura física local y los materiales. Resultados: La búsqueda de sintomáticos respiratorios durante la admisión fue relatada por 6 (un 46,2%) equipos, siendo la baciloscopía el examen más solicitado. El Libro de Registro de Sintomáticos Respiratorios y el Libro de Registro de Seguimiento de los casos de Tuberculosis son utilizados en 7 (un 53,8%) instituciones. Dos (un 15,4%) de ellas contaban con un local para recolección de esputo y 1 (un 7,7%) tiene radiógrafo. El Tratamiento Directamente Observado se mencionó en 7 (un 53,8%) unidades. Conclusión: Las acciones asistenciales relacionadas con la búsqueda de sintomáticos respiratorios y el Tratamiento Directamente Observado deberían ser ampliadas, así como las acciones de control y registro en los documentos oficiales del Programa Nacional de Control de la Tuberculosis.


RESUMO Objetivo: Identificar ações assistenciais e de vigilância relacionadas à tuberculose em Unidades de Saúde Prisional. Método: Estudo transversal, de caráter quantitativo, exploratório e descritivo. Foram visitadas 13 Equipes de Saúde Prisional e entrevistados enfermeiros e técnicos de enfermagem com relação à instrumentos de vigilância epidemiológica, estrutura física e materiais. Resultados: A busca de sintomáticos respiratórios na admissão foi relatada por 6(46,2%) equipes, sendo a baciloscopia o exame mais solicitado. O Livro de Registro de Sintomáticos Respiratórios e o Livro de Registro de Acompanhamento dos Caso de Tuberculose eram utilizados em 7(53,8%) instituições. Duas (15,4%) apresentavam local para coleta de escarro e 1(7,7%) possuía radiógrafo. O Tratamento Diretamente Observado foi referido em 7(53,8%) unidades. Conclusão: As ações assistenciais relacionadas à busca de sintomáticos respiratório e Tratamento Diretamente Observado deveriam ser ampliadas, bem como as ações de vigilância e registro nos documentos oficiais do Programa Nacional de Controle da Tuberculose.


Subject(s)
Humans , Male , Adult , Prisons/standards , Prisoners/statistics & numerical data , Tuberculosis/therapy , Prisons/organization & administration , Prisons/statistics & numerical data , Tuberculosis/epidemiology , Population Surveillance/methods , Prevalence , Cross-Sectional Studies , Directly Observed Therapy , Delivery of Health Care/standards , Delivery of Health Care/statistics & numerical data
10.
Rev. baiana saúde pública ; 43(3): 685-696, 20190303.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1253094

ABSTRACT

A avaliação da aptidão física de obesos pode contribuir para a identificação de alterações fisiológicas que ofereçam risco à saúde. O objetivo deste estudo foi revisar os artigos publicados sobre a relação entre a aptidão cardiorrespiratória e o excesso de peso em escolares. A revisão foi realizada na base de dados SciELO, através da busca das palavras-chaves "capacidade cardiorrespiratória", "aptidão cardiorrespiratória", "aptidão física", "obesidade", "sobrepeso", "crianças", "adolescentes", "escolares" e os respectivos termos em inglês, publicados entre janeiro de 2010 e dezembro de 2019. Identificou-se 285 artigos, dos quais nove estudos transversais ou longitudinais foram selecionados. Cinco deles encontraram uma maior probabilidade de inaptidão cardiorrespiratória entre escolares com sobrepeso e obesidade. Quatro relataram a relação da baixa aptidão física com maior risco de sobrepeso e obesidade. A relação entre excesso de peso e baixa capacidade cardiorrespiratória encontra resultados que a sustentam em todos os estudos incluídos nesta revisão, evidenciando a importância de monitorar esses fatores na população jovem por constituírem importantes indicadores de saúde.


Fitness assessment of obese people can contribute to the identification of physiological changes that offer health risks. This study reviewed the articles published on the relationship between cardiorespiratory fitness and overweight in schoolchildren. The review was conducted in the SciELO database, using the keywords: "capacidade cardiorrespiratória", "aptidão cardiorrespiratória", "aptidão física", "obesidade", "sobrepeso", "crianças", "adolescentes", "escolares" and the respective terms in English, published between January 2010 and December 2019. In total, 285 articles were identified, of which nine cross-sectional or longitudinal studies were selected. Five studies found a greater likelihood of cardiorespiratory disability among overweight and obese students. Four studies reported the relationship between low fitness and a higher risk of overweight and obesity. The relationship between overweight and low cardiorespiratory capacity was support it in all studies included in this review, evidencing the importance of monitoring these factors in the young population, since they are important health indicators.


La evaluación de aptitud física de las personas obesas puede contribuir a la identificación de cambios fisiológicos que presentan riesgos para la salud. El objetivo de este estudio fue revisar los artículos publicados sobre la relación entre la aptitud cardiorrespiratoria y el exceso de peso en escolares. La revisión se realizó en la base de datos SciELO, utilizando las palabras clave "capacidad cardiorrespiratoria", "aptitud cardiorrespiratoria", "aptitud física", "obesidad", "sobrepeso", "niños", "adolescentes", "escolares" y los respectivos términos en inglés de textos publicados entre enero de 2010 y diciembre de 2019. Se identificaron 285 artículos, de los cuales se seleccionaron nueve estudios transversales o longitudinales. Cinco estudios encontraron una mayor probabilidad de discapacidad cardiorrespiratoria entre estudiantes con sobrepeso y obesidad. Cuatro estudios informaron la relación entre una baja aptitud física y un mayor riesgo de sobrepeso y obesidad. La relación entre sobrepeso y baja capacidad cardiorrespiratoria encuentra resultados que la apoyan en todos los estudios incluidos en esta revisión, evidenciando la importancia de monitorear estos factores en la población joven, porque son importantes indicadores de salud.


Subject(s)
Humans , Adolescent , Students , Overweight , Cardiorespiratory Fitness , Obesity
11.
Rev. bras. med. trab ; 16(4): 503-508, dez-2018.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-980480

ABSTRACT

Introdução: O Brasil rural é conhecido historicamente pelas condições de trabalho e de vida precárias; em algumas regiões, essa população torna-se vulnerável às condições de saúde e trabalho. Objetivo: Descrever a associação entre a vulnerabilidade à saúde e os fatores ambientais em trabalhadores rurais. Método: Estudo de caráter descritivo caracterizado como revisão narrativa de literatura, no período de 2012 a 2017. Foram utilizadas as bases de dados Scientific Electronic Library Online (SciELO) e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências de Saúde (LILACS) e os Descritores em Ciências da Saúde (DECs) "saúde", "vulnerabilidade", "população rural" e "saúde do trabalhador rural". Resultados: A pesquisa resultou em seis artigos que evidenciaram, principalmente, a vulnerabilidade à saúde relacionada com a utilização inadequada dos equipamentos de proteção individual específicos ao trabalho, ou a sua não utilização; além de apontar ações essenciais para a saúde, como manter uma alimentação adequada, ter momentos de lazer, praticar atividade física, ter condições dignas de trabalho e contato com grupos sociais. Conclusão: Conclui-se que os fatores ambientais no trabalho rural estão diretamente interligados com a vulnerabilidade à saúde, em que práticas de prevenção na exposição ao risco de doenças e de promoção à saúde são essenciais para minimizar os agravos à saúde, principalmente quanto à exposição de agrotóxicos em trabalhadores rurais.


Background: Rural Brazil is known for its history of poor working and living conditions; in some regions the population becomes vulnerable to health and work problems. Objective: To investigate the association between health vulnerability and environmental factors among rural workers. Method: Descriptive study which consisted in a narrative review of literature published from 2012 to 2017. The literature search was conducted in databases Scientific Electronic Library Online (SciELO) and Latin American and Caribbean Health Sciences Literature (LILACS) using Health Sciences Descriptors (DeCS) "health," "vulnerability," "rural population" and "rural worker health." Results: Six studies were retrieved which mainly associated health vulnerability to inadequate or no use of specifically required personal protective equipment, in addition to pointing out actions essential for health promotion, such as adequate diet and leisure time, physical activity, dignified working conditions, and social contacts. Conclusion: Rural work environmental factors are directly related with health vulnerability. Prevention of exposure to risk of disease and health promotion actions are essential to minimize health problems, especially the ones associated with exposure to agrochemicals.


Subject(s)
Humans , Rural Workers , Workplace , Health Vulnerability , Risk-Taking , Epidemiology, Descriptive
12.
Saúde debate ; 42(117): 455-467, abr.-jun. 2018. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-RS | ID: biblio-962671

ABSTRACT

RESUMO O objetivo do estudo foi o de analisar o processo de implantação da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência em uma Região de Saúde. Por meio de pesquisa exploratória, realizou-se um estudo de caso empregando questionários e entrevistas com 49 sujeitos, de forma a mapear, descrever e analisar o contexto, relações e percepções de distintos atores envolvidos no processo de implantação da referida rede. Os dados revelaram a existência de movimentos que denunciam uma 'rede viva de cuidados' em permanente construção, em processo gradual de incorporação de suas diretrizes, embora ainda se enfatizem os serviços especializados de reabilitação como centralizadores do cuidado.


ABSTRACT The objective of this study was to analyze the implementation process of the network for disabled people in a regional health system in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. An exploratory study was used to conduct a case study, which applied questionnaires and interviews with 49 individuals so to map, describe and analyze the context, relations and perceptions) of different actors involved in the network implementation process. The results revealed the existence of movements reporting a 'living healthcare network' in permanent construction, following a gradual process of guidelines incorporation, although specialized rehabilitation services are still emphasized as care centralizers.

13.
Saúde debate ; 42(116): 237-247, jan.-mar. 2018.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-962650

ABSTRACT

RESUMO O estudo teve como objetivo investigar as percepções dos gestores municipais de saúde na 28ª Região de Saúde do Rio Grande do Sul quanto aos impactos do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) na organização do trabalho e assistência à saúde, bem como os aspectos que traduzem as percepções e o envolvimento deles com o Programa. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com 11 gestores de saúde, com análise de dados a partir da Análise de Conteúdo. Os resultados apresentam aspectos positivos e negativos acerca do PMAQ-AB, evidenciam deficiências no envolvimento dos gestores com o programa, todavia, demonstram impactos positivos para a gestão e assistência em saúde da região em estudo.


ABSTRACT The objective of the study was to understand the perception of the municipal health managers in the 28th Health Region of Rio Grande do Sul on the impacts of the National Program for Access and Quality Improvement in Primary Care (PMAQ-AB) in the organization of work and health assistance, as well as the aspects that translate their perceptions and involvement in the Program. It is a qualitative research with 11 health managers and the data were analyzed through Content Analysis. The results show positive and negative aspects of the Program, and detail deficiencies of the managers involvement with it, however the results point to positive impacts on the health management and assistance in the studied region.

14.
Physis (Rio J.) ; 28(4): e280403, 2018. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-984788

ABSTRACT

Resumo O estudo teve como objetivo investigar o custo humano físico, cognitivo e social no trabalho do agente comunitário de saúde (ACS) e sua relação com possíveis danos à sua saúde. Estudo transversal, descritivo, quantitativo-qualitativo, com 251 ACS de municípios da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde-RS. Os dados foram coletados em entrevistas, questionário sociodemográfico e "Inventário de Trabalho e Riscos de Adoecimento" (ITRA). Utilizaram-se para a análise dos dados a média dos escores fatoriais e a Análise de Conteúdo. Todos os fatores relativos aos custos humanos apresentaram avaliação moderada/crítica. Quanto aos danos à saúde, os danos físicos receberam avaliação moderada/crítica, sendo os demais avaliados como positivos/suportáveis. Apesar disso, foi relatada a presença de transtornos psíquicos, em um discurso de banalização do sofrimento advindo do trabalho.


Abstract This study aimed to investigate the physical, cognitive and social human costs in the work of the community health worker (CHW) and its relation with possible damages to their health. Descriptive, cross-sectional, quantitative and qualitative study, conducted with 251 CHW's in municipalities from the 13th Regional Coordination of Health Rio Grande do Sul state, Brazil. Data were collected through interviews, sociodemographic questionnaire and "Inventory of Work and Illness Risks" (ITRA). The average factor scores and Content Analysis were used for the analysis of data. All factors relating to human costs had moderate / critical evaluation. As for health damage, physical damage received moderate / critical evaluation, and the others were evaluated as positive / supportable. However, the presence of mental disorders was reported, in a discourse that trivialized suffering from work.


Subject(s)
Humans , Patient Care Team , Unified Health System , Brazil , Public Health , Cross-Sectional Studies , Occupational Health , Community Health Workers , National Health Strategies
15.
Trab. educ. saúde ; 15(3): 771-788, set.-dez. 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-904464

ABSTRACT

Resumo O estudo que deu origem a este artigo teve por objetivo analisar como o agente comunitário de saúde avalia seu contexto de trabalho e os possíveis fatores que contribuem para seu sofrimento/adoecimento. Tratou-se de um estudo transversal, descritivo, de abordagem quantitativo-qualitativa, com agentes de saúde de 13 municípios da região central do estado do Rio Grande do Sul, no ano de 2014. Utilizaram-se para a coleta de dados um questionário sociodemográfico, o 'Inventário de trabalho e risco de adoecimento' e entrevista. Os dados foram examinados por meio da análise de conteúdo. As situações de sofrimento relacionaram-se ao não reconhecimento profissional, ritmos excessivos, sobrecarga de trabalho, conflitos com a comunidade, não resolutividade das ações, indisponibilidade de materiais e insumos somados à localização geográfica da unidade de saúde e das residências dos usuários, tipo de estratégia e gestão da saúde. Concluiu-se que o contexto de trabalho do agente de saúde pode resultar em sofrimento/adoecimento desses trabalhadores.


Abstract The aim of this study was to analyze how community health agents evaluate the work context and possible factors that contribute to their suffering/illness. This was a cross-sectional, descriptive, quantitative-qualitative study carried out with health agents from 13 municipalities in the central region of the state of Rio Grande do Sul, Brazil, in 2014. The 'Work and Risk of Illness Inventory' sociodemographic questionnaire and interview were used to collect data. The data were analyzed through content analysis. The situations of suffering were related to the lack of professional recognition, an excessive pace, work overload, conflicts with the community, lack of resolution of actions, unavailability of materials and inputs, in addition to the geographic location of the health unit and of the users' homes, type of health strategy, and management. It was concluded that the health agent's working environment can cause suffering/illness among these workers.


Resumen El estudio tuvo como objetivo analizar cómo el agente comunitario de salud evalúa su contexto de trabajo y los posibles factores que contribuyen para su sufrimiento/padecimiento. Se trató de un estudio transversal, descriptivo, de enfoque cuantitativo y cualitativo, con agentes de salud de 13 municipios de la región central del estado de Río Grande do Sul, Brasil, en el año 2014. Para la recolección de datos se utilizó un cuestionario sociodemográfico, el "Inventario de trabajo y riesgo de padecimiento" y entrevista. Los datos se estudiaron mediante el análisis de contenido. Las situaciones de sufrimiento se relacionaron con la falta de reconocimiento profesional, ritmos excesivos, sobrecarga de trabajo, conflictos con la comunidad, falta de resolutividad de las acciones, no disponibilidad de materiales e insumos aunados a la ubicación geográfica de la unidad de salud y de las residencias de los usuarios, tipo de estrategia y gestión de la salud. Se concluyó que el contexto de trabajo del agente de salud puede resultar en sufrimiento/padecimiento de estos trabajadores.


Subject(s)
Humans , Work , Disease , Occupational Health , Community Health Workers
16.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 24: e2831, 2016. tab
Article in English | LILACS, BDENF | ID: biblio-960970

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: to compare the scores of knowledge in teams participating or not participating in educational interventions about pressure ulcers. Method: a quantitative study with experimental design. Data were collected through a validated questionnaire. The study included 71 individuals, including nurses and nursing technicians from three intensive care units, divided into intervention group and control group. Data analysis considered the scores of the groups in the moment before and after intervention. To check the average rate of correct answers, we calculated the mean and standard deviation. We carried out the Mann-Whitney test for analysis of two independent samples, and the Wilcoxon test for related samples. Results: The mean percentage of correct answers, at the baseline was 74.1% (SD = 26.4) in the intervention group and 76.0% (SD = 22.9) in the control group and post time -intervention, was 87.8% (SD = 18.8) in the group receiving educational intervention, considering that in the control group it was 79.1% (SD = 22.2). The group that participated in educational interventions did not reach the proper average of 90% correct answers for the test. Conclusion: educational interventions on staging, evaluation and prevention of pressure ulcers contributed significantly to the increase of correct responses score in the knowledge test of the intervention group and improved their knowledge on the subject.


resumo Objetivo: comparar os escores de conhecimento sobre úlcera por pressão das equipes que participaram ou não de intervenções educativas. Método: estudo quantitativo com delineamento experimental. Os dados foram coletados por meio de questionário validado. Participaram deste estudo 71 pessoas, dentre enfermeiros e técnicos de Enfermagem de três unidades de terapia intensiva, divididos em grupo-intervenção e grupo-controle. A análise dos dados considerou os escores dos grupos no momento pré e pós-intervenção. Para verificar o escore médio de acertos, foram calculados a média e o desvio-padrão. Foi realizado o Teste de Mann-Whitney, para análise de duas amostras independentes, e o Teste de Wilcoxon, para amostras relacionadas. Resultados: a porcentagem média de acertos, no momento inicial, foi de 74,1% (dp=26,4) no grupo-intervenção e 76,0% (dp=22,9) no grupo-controle e, no momento pós-intervenção, foi de 87,8% (dp=18,8) no grupo que recebeu intervenção educativa, considerando-se que no grupo-controle foi de 79,1% (dp=22,2). O grupo que participou de intervenções educativas não atingiu a média adequada de 90% de acertos para o teste. Conclusão: as intervenções educativas sobre estadiamento, avaliação e prevenção da úlcera por pressão contribuíram significativamente para o aumento do escore de acertos no teste de conhecimento do grupo-intervenção e melhoraram o conhecimento sobre o tema.


RESUMEN Objetivo: comparar las puntuaciones de los conocimientos acerca de las úlceras por presión de los equipos que han participado o no de intervenciones educativas. Método: estudio cuantitativo con diseño experimental. Los datos fueron recolectados a través de cuestionario validado. En el estudio participaron 71 personas, incluyendo enfermeras y técnicos de enfermeria de tres unidades de cuidados intensivos, divididos en grupo de intervención y grupo control. El análisis de los datos consideró las puntuaciones de los grupos antes y después de la intervención. Para comprobar la tasa media de respuestas correctas, se calculó la media y el desvio estándar (DE). La prueba de Mann-Whitney fue realizada para el análisis de dos muestras independientes y la prueba de Wilcoxon para muestras relacionadas. Resultados: la media del porcentaje de respuestas correctas, al inicio del estudio fue de 74,1% (DE = 26,4) en el grupo de intervención y 76,0% (DE = 22,9) en el grupo de control y en el tiempo post-intervención, fue del 87,8% (DE = 18,8) en el grupo que recibió la intervención educativa, teniendo en cuenta que en el grupo control fue de 79,1% (DE = 22,2). El grupo que participó en las intervenciones educativas no llegó a la media apropiada de 90% de respuestas correctas de la prueba. Conclusión: las intervenciones educativas en la estadificación, evaluación y prevención de las úlceras por presión contribuyeron significativamente al aumento de puntuación de aciertos en la prueba de conocimiento en el grupo de intervención y mejoraron su conocimiento sobre el tema.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Clinical Competence , Pressure Ulcer , Education, Nursing, Continuing , Brazil , Intensive Care Units , Nursing Staff
17.
RECIIS (Online) ; 9(3): 1-8, jul.-set.2015.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-784696

ABSTRACT

A Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) prioriza espaços para aprendizagem no trabalho a partir dos problemas e necessidades detectados nesse contexto, incentivando autonomia e resolutividade nos enfrentamentos. Contudo, alguns trabalhadores da saúde desconhecem esse espaço para refletir sobre as suas ações. O profissional da Comunicação Social, no campo da saúde, contribui para socializar movimentos e mudanças. Esse estudo qualitativo objetivou investigar se os trabalhadores da saúde relacionam a Educação Permanente em Saúde (EPS) com as atividades no seu contexto laboral e a contribuição da comunicação nesse processo em saúde. Foram questionados 300 trabalhadores da saúde de 13 municípios do Rio Grande do Sul, cujas respostas foram submetidas à análise descritiva. Os trabalhadores citam ações, elementos da EPS, em suas práticas, sem, porém, relacioná-las com a mesma, e a comunicação em saúde se mostra tênue, quanto aos propósitos da PNEPS...


The National Policy on Permanent Education in Health (PNEPS) prioritizes spaces for learning at work, fromthe problems and needs encountered in this context, encouraging autonomy and resoluteness in coping withthose problems. However, some health workers are not familiar with those spaces in order to reflect abouttheir actions. The Social Communication professional, in the field of health, helps to socialize movementsand changes. This qualitative study aimed to investigate whether health workers relate to Continuing HealthEducation (EPS) with activities in their work context and the contribution of communication in this processwith activities in their work context and the contribution of communication in this process in health. Aquestioner was delivered to 300 employees of 13 cities of the Rio Grande do Sul state, whose answers weresubmitted to descriptive analysis. Workers list actions, EPS elements, in their practices without relating themwith the EPS and the communication in the health areas was shown to be weak, as to the purposes of PNEPS...


La Política Nacional de Educación Permanente en Salud (PNEPS) prioriza espacios para aprendizaje enel trabajo, a partir de los problemas y necesita detectados en ese contexto, incentivando autonomía yresolución en los enfrentamientos. Sin embargo, algunos trabajadores de la salud no conocen a ese espaciopara reflexionar en cuanto a sus acciones. El profesional de Comunicación Social, en el campo da salud,contribuye para socializar movimientos y cambios. Ese estudio cualitativo tuvo el objetivo de investigarsi los trabajadores de la salud relacionan la Educación Permanente en Salud (EPS) con las actividades ensu contexto laboral y la contribución de la comunicación en ese proceso en salud. Fueron cuestionados300 trabajadores de la salud de 13 municipios de Rio Grande do Sul, cuyas respuestas fueron sometidas alanálisis descriptivo. Los trabajadores citan acciones, elementos de la EPS, en sus prácticas, sin relacionarlascon la misma y la comunicación en salud se presenta tenue, en cuanto a los propósitos da PNEPS...


Subject(s)
Humans , Education, Continuing , Health Communication , Professional Training , Health Personnel/education , Brazil , Health Education , Unified Health System
18.
Espaç. saúde (Online) ; 15(4): 64-75, out.-dez. 2014. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-750157

ABSTRACT

A criação da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) amplia a possibilidade dostrabalhadores de incrementar melhorias nas intervenções realizadas na comunidade, como também naequipe de trabalho. O objetivo do estudo é investigar entre as atividades dos trabalhadores da saúde aquelas relacionadas à PNEPS, se as atividades desenvolvidas têm relação com as ações da Educação Permanente em Saúde (EPS) e se os trabalhadores de saúde relacionam suas atividades com a política de EPS. Trata-se de um estudo de cunho qualitativo, envolvendo 113 trabalhadores da saúde dos 13municípios pertencentes à 13ª Coordenadoria Regional de Saúde - RS. Para a coleta de dados utilizou-seum questionário que permitiu a expressão livre sobre os temas abordados. O método de análise utilizadofoi a análise de conteúdo, em que emergiram quatro categorias: atividades de EPS desenvolvidas pelostrabalhadores, EPS como estratégia facilitadora do processo de trabalho, dificuldades no cotidiano dos trabalhadores e sua relação com a necessidade de EPS e EPS como proposta de aprimoramentodo processo de trabalho. Constatou-se, que os trabalhadores não identificam ações de EPS nas suas atividades diárias voltadas principalmente à especificidade profissional. As capacitações foram citadas como fator facilitador para o processo de trabalho e a falta destas, como dificultador. Conclui-se que há lacunas importantes na implantação dessa política, principalmente com a utilização de metodologias diferenciadas, visando à integralidade, respeitando as necessidades de trabalhadores, permitindo-lhes autonomia, imprescindível para melhorar a atuação na Atenção Básica de Saúde...


The creation of the Brazilian Policy for Continuous Education in Health Care (PNEPS) increases the possibility of workers to increase improvements in interventions performed in the community, as well as in the work team. The objective of the study is to investigate, among the activities of health care workers, those related to the PNEPS, in order to find whether the activities developed are related tothe actions of the Continuing Education in Health Care (EPS) and if the health care workers relate their activities to the EPS policy. This is a qualitative study involving 113 health care workers from 13 cities from the 13th Regional Health Coordination – state of Rio Grande do Sul. To collect data, weused a questionnaire that allowed free expression on the topics covered. The analysis method used was content analysis, where four categories emerged: EPS activities undertaken by workers, EPS as a facilitating strategy of the work process, difficulty in daily life of workers and their relation to the need for EPS, and EPS as a proposal of improvement of the work process. It was found that workers do not identify EPS actions in their daily activities primarily focused on profession especificity. The trainings were cited as a facilitating factor for the work process, and their lack as a problem. It is concluded that there are important gaps in the implementation of this policy, especially regarding the use of different methodologies, aiming at completeness, respecting the needs of workers, allowing them autonomy,which are essential to improve the performance of Primary Health Care...


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Education, Continuing , Health Education , Health Human Resource Training
19.
Rev. gaúch. enferm ; 33(1): 49-55, mar. 2012.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: lil-643928

ABSTRACT

O estudo teve como objetivo identificar situações causadoras de prazer e de sofrimento no trabalho da enfermagem de duas instituições de saúde, localizadas em área rural. Trata-se de uma pesquisa realizada na Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC), teve abordagem qualitativa e os dados das entrevistas com 16 trabalhadores foram analisados utilizando a Análise de Conteúdo. Os resultados apontaram sofrimento no trabalho relacionado à assistência ao paciente, às precárias condições de trabalho e à dificuldade de convívio da equipe; prazer no trabalho relacionado ao reconhecimento pelos pacientes, à possibilidade de amenizar o sofrimento do mesmo, ao bom relacionamento da equipe de trabalho, ao acompanhamento da família nas necessidades de saúde e à resolutividade de demandas da comunidade. O enfrentamento do sofrimento está voltado a medidas individuais e institucionais. Considera-se relevante um olhar humanizado para a saúde do trabalhador da saúde com modificações na organização do trabalho.


El estudio busca identificar las situaciones que causan placer y sufrimiento en el trabajo de enfermería en dos instituciones de salud ubicadas el área rural. Se trata de una encuesta realizada en la Universidad de Santa Cruz do Sul (UNISC), tuvo un enfoque cualitativo y datos de entrevistas con dieciséis trabajadores fueron analizados utilizando el análisis de contenido. Los resultados mostraron que la angustia en los trabajos relacionados con el cuidado del paciente, las malas condiciones de trabajo y la dificultad de reunir el equipo, placer en el trabajo relacionado con el reconocimiento por parte de los pacientes, la posibilidad de aliviar el sufrimiento de la misma, la buena relación entre el equipo de trabajo, el seguimiento de la familia sobre las necesidades y demandas de salud resueltos de la comunidad. La cara de sufrimiento se refiere a medidas individuales e institucionales. Es pertinente una mirada humanizada de la salud del trabajador de la salud con los cambios en la organización del trabajo.


This study aimed to identify situations that cause pleasure and pain in the nursing work in two health institutions located in rural areas. This is a survey conducted at the University of Santa Cruz do Sul (UNISC). The research had a qualitative approach and the data was collected through interviews with sixteen workers, later analyzed through content analysis. The results showed distress in work related to patient care, to poor working conditions and to difficulties in the relationship with the rest of the staff. Pleasure in work was related to recognition by patients, to the possibility of alleviating the suffering of patients, to a good relationship with the rest of the staff, to the monitoring of the family on health needs and to the answering of demands by the community. Facing suffering is possible through individual and institutional measures. A humanized look to the health of the health worker is relevant, with changes in work organization.


Subject(s)
Humans , Occupational Health Nursing , Job Satisfaction , Working Conditions
20.
Texto & contexto enferm ; 20(4): 818-824, out.-dez. 2011.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: lil-608614

ABSTRACT

O Grupo de Estudo e Pesquisa em Saúde, da Universidade de Santa Cruz do Sul, tem o propósito de construir coletivamente saberes para a transformação da sociedade e aprimoramento do conhecimento em saúde. O presente artigo tem como objetivo relatar as experiências do Grupo de Estudo e Pesquisa em Saúde em seus nove anos de existência. Descreve a trajetória, atividades e projetos desenvolvidos, reflete sobre sua condução investigativa e pontua aspectos favoráveis e limitadores das práticas de pesquisa. Como delineamento metodológico utilizou-se o relato de experiência. Apresentam-se como resultados, pesquisas de enfoque qualitativo, com linha de pesquisa em saúde coletiva/saúde da família, participação na formação de discentes com estímulo para o trabalho em grupo e participação em eventos e produções cientificas. Aspectos pontuados nesta trajetória constituiram-se a partir de um grupo novo, composto de integrantes com condução investigativa recente, pertencente a uma universidade comunitária. Sem dúvida, esses fatores foram importantes na constituição da história do grupo.


The Health Studies and Research Group from the University of Santa Cruz do Sul, Brazil, aims to collectively construct knowledge in order to transform society, as well as improvement of health knowledge. The objective of this article is to report the experiences of the Health Studies and Research Group during its nine years of existence. It describes its trajectory, activities, and projects developed; reflects on the investigative direction; scores favorable and limiting aspects of research practices. The experience report was used as a methodological plan and resulted in research with qualitative focus, within the public health/family health line of research; participation in student training through stimulating group work; and participation in scientific events and knowledge production. The aspects scored along this trajectory were constituted from a new group, formed by members with recent investigative practice and who belong to a communitarian university. Undoubtedly, these factors have been important in establishing the group's history.


El Grupo de Estudio e Investigación en Salud de la Universidad de Santa Cruz do Sul, tiene como objetivo construir colectivamente el saber para transformar la sociedad y la mejora del conocimiento en salud. En este artículo se detallan las experiencias del Grupo de Estudio e Investigación en Salud en sus nueve años de existencia. Se describe su historia, actividades y proyectos desarrollados, se reflexiona sobre su decurso investigativo, y se señalan aspectos favorables y las limitaciones de las prácticas de investigación. Como diseño metodológico se utilizó el relato de experiencia. Se presentan como resultados: investigaciones de enfoque cualitativo, con línea de investigación en salud pública/salud familiar, la formación de los estudiantes con estímulo para el trabajo en equipo, la participación en eventos y publicaciones científicas. Los aspectos señalados en esta historia se formaron a partir de un nuevo grupo, compuesto por miembros con investigaciones recientes, pertenecientes a una universidad comunitaria. Sin duda, esos factores fueron importantes en la creación de la historia del grupo.


Subject(s)
Humans , Public Health , Family Health , Research Groups
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL