Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 11 de 11
Filter
1.
Braz. dent. j ; 28(5): 592-596, Sept.-Oct. 2017. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-888696

ABSTRACT

Abstract The aim of this study was to evaluate the radiopacity of different gutta-percha points (Endo Points®, Dentsply®, Tanari®, Meta®, Roeko® and Odous®) in samples of 1 mm thick as established by ANSI/ADA Specification #57 and ISO 6876/2001, in comparison with thinner samples. Twelve test specimens for each material, four for each thickness (0.3, 0.6, and 1 mm and diameter of 8 mm), were laminated and compressed between two polished glass plates until the desirable thickness. Digital radiographs were obtained along with a graduated aluminum stepwedge varying from 1 to 10 mm in thickness. The X-ray unit was set at 70 kVp, 10 mA and 0.4 s exposure time, at a focal distance of 36 cm. One calibrated observer quantified the average values of pixels with Adobe Photoshop® software. Data were analyzed using ANOVA and Tukey tests, at 5% significance level. At 0.6 and 1 mm thickness, all the tested materials showed radiopacity higher than 3 mm of aluminum (reference value). At 0.3 mm thickness, Odous and Tanari presented significantly less radiopacity than the reference, and the other materials showed similar radiopacity to the reference. The study concluded that the materials demonstrated different radiopacities and all had values above the minimum recommended by ANSI/ADA specification #57, being Odous and Tanari less radiopaque than the reference value in thinner samples (0.3mm).


Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar a radipacidade de diferentes pontas de guta-percha (Endo Points®, Dentsply®, Tanari®, Meta®, Roeko® e Odous®) em amostras de 1 mm de espessura, conforme estabelecido pela especificação #57 da ANSI/ADA e pela ISO 6876/2001, em comparação com amostras de menor espessura. Doze amostras de cada material, quatro para cada espessura (0,3, 0,6 e 1 mm; 8 mm de diâmetro), foram confeccionadas por meio de laminação e compressão entre duas lâminas de vidro polidas, até a espessura desejada. Radiografias digitais foram obtidas juntamente com uma escala de alumínio graduada, com espessuras variando de 1 a 10 mm. O aparelho de raios X foi ajustado para 70 kVp, 10 mA, 0,4s de tempo de exposição, com distância focal de 36 cm. Um observador calibrado quantificou a média dos valores de pixel no programa Adobe Photoshop®. Os dados foram analisados utilizando os testes ANOVA e Tukey, com nível de significância de 5%. Nas espessuras de 0,6 e 1 mm, todos os materiais testados apresentaram radiopacidade maior do que 3 mm de alumínio (valor de referência). Na espessura de 0,3 mm, Odous e Tanari apresentaram radiopacidade significativamente menor que a referência, e as outras marcas mostraram radiopacidade semelhante à referência. Conclui-se que os materiais apresentaram diferentes radiopacidades e todos mostraram valores acima do mínimo recomendado pela especificação #57 da ANSI/ADA, sendo Odous e Tanari menos radiopacos do que o valor de referência nas amostras mais finas (0.3 mm).


Subject(s)
Gutta-Percha , Materials Testing
2.
Rev. ABENO ; 17(1): 36-44, 2017. tab, graf, ilus
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-882239

ABSTRACT

Os egressos de um curso de Odontologia devem estar preparados para responder às demandas da sociedade em todos os segmentos, sendo capazes de incorporar novas tecnologias à sua prática clínica e as interações docente-discente influenciam as escolhas do futuro profissional. Este estudo teve como objetivo avaliar a opinião dos cirurgiões-dentistas docentes de um curso de Odontologia sobre imagens radiográficas digitais e sua preferência entre imagens impressas em filme radiográfico, papel fotográfico ou visualizadas na tela do computador. Os 16 professores com formação em Odontologia avaliaram quatro radiografias interproximais, três periapicais, uma panorâmica e uma telerradiografia de perfil digitais, visualizadas na tela do computador, impressas em filme radiográfico e em papel fotográfico. Após, responderam a um questionário contendo perguntas abertas sobre o assunto. Constatou-se que 6 professores (38%) preferiram avaliar as imagens na tela do computador, outros 6 (38%) em filme radiográfico e um professor preferiu avaliar a imagem impressa em papel fotográfico. Um professor relatou não haver diferença na avaliação entre a tela do computador e o filme radiográfico e apenas um relatou não haver diferença entre a visualização na tela do computador e em papel fotográfico. Treze (81%) profissionais estão habituados a avaliar imagens digitais, enquanto que três (19%) não estão. Dos dezesseis professores, oito (50%) citaram como vantagens das imagens digitais a nitidez, 2 (12%) citaram a possibilidade de ampliação e 6 (38%) citaram diferentes vantagens, como maior chance de acertos, comodidade de manipulação, praticidade, possibilidade de contraste, dispensa de negatoscópio e riqueza de detalhes. Ao final da pesquisa foi possível concluir que os professores do estudo tiveram preferência dividida entre a visualização na tela do computador e em filme radiográfico, utilizam imagens digitais na prática clínica, não tiveram contato com o conteúdo de imagens digitais durante sua formação, mas acreditam que o mesmo deva ser ministrado (AU).


Dental School's graduates must be prepared to respond to the demands of society in all segments, being able to incorporate new technologies into their clinical practice. Teacher-student interactions influence the choices of the professional future. The aim of this study was to evaluate the opinion of dentists teaching dentistry on digital radiographic images and their preference among images printed on radiographic film, photographic paper or visualized on the computer screen. The 16 professors of a Dental School who have Dentistry degree evaluated four interproximal radiographs, three periapical, one panoramic and one digital lateral teleradiography visualized on the computer screen, printed on radiographic film and on photographic paper. Afterward, they answered a questionnaire containing open questions about the subject. It was found that 38% of teachers preferred to evaluate the images on the computer screen, another 38% preferred the images printed on Xray film and one teacher preferred the image printed on photographic paper. One teacher reported no difference between the computer screen and radiographic film. Only one teacher reported that there was no difference between viewing on the computer screen and on photographic paper. Thirteen (81%) are used for evaluating digital images, while three (19%) are not. Of the sixteen teachers, eight (50%) cited the advantages of digital images as sharpness, 2 (12%) cited the possibility of magnification and 6 (38%) cited different advantages, such as greater chance of correctness, ease of manipulation, Possibility of contrast, dispensing of light box and richness of details. It was possible to conclude that the teachers of the study had a divided preference between the computer screen and x-ray film, use digital images in clinical practice, did not have this subject at graduation and believe that it should be taught (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Education, Dental , Faculty , Radiographic Image Enhancement/instrumentation , Brazil , Data Interpretation, Statistical , Surveys and Questionnaires
3.
RFO UPF ; 21(3)15/12/2016.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-848639

ABSTRACT

Avaliar, por meio de um questionário, o nível de conhecimento do cirurgião-dentista sobre o atendimento a pacientes oncológicos. Sujeitos e método: foram distribuídos 51 questionários no município de Capão da Canoa, RS, sendo que 23 foram respondidos. Resultados: a maioria dos profissionais usa clorexidina 0,12% como antisséptico bucal durante o atendimento a pacientes em tratamento de quimioterapia e/ou radioterapia, e não faria exodontia de terceiros molares e dentes parcialmente erupcionados nesses pacientes. Ainda, 52,17% não indicariam colocação de implantes após a terapia radioterápica, os demais indicariam, no mínimo, após um ano do tratamento. Para a realização de exodontias e evitar a osteorradionecrose, 21,73% só fariam após 6 meses, 39,13% após 1 ano e o restante após 3 anos ou mais. Para infecções fúngicas, o medicamento mais apontado foi a Nistatina. No caso de infecções virais, a maioria não respondeu. Dos entrevistados, 43,47% não saberiam fazer o diagnóstico de mucosite, já quanto ao seu tratamento, a maioria não respondeu. A xerostomia foi a complicação bucal mais apontada entre os problemas que esses pacientes podem apresentar, sendo as infecções também bastante citadas. Para que essas alterações possam ser diagnosticadas precocemente e se saiba como agir durante o tratamento dos pacientes oncológicos, os entrevistados responderam que é necessário verificar as condições bucais do paciente antes do início do tratamento radioterápico e fazer contato com o médico responsá- vel para saber do estado de saúde geral do paciente. Conclusão: muitos dentistas ainda têm dúvidas sobre o atendimento a pacientes oncológicos, não sabendo realizar um protocolo para o atendimento desses.

4.
RFO UPF ; 20(1)jan.-abr. 2015.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-758383

ABSTRACT

Objetivo: avaliar a necessidade da radiografia interproximal para confirmar a adaptação clínica de restaurações proximais com resinas compostas em dentes posteriores. Materiais e método: a amostra foi composta por dez restaurações em molares permanentes e cinco em molares decíduos. Todas as restaurações foram realizadas seguindo o protocolo de Dentística da Ulbra ? Campus Torres. Após a realização das restaurações, o observador treinado realizou o exame clínico da adaptação cervical e do ponto de contato das restaurações com fio dental e sonda exploradora. Após a observação clínica de adaptação da restauração, dada pelo observador foi realizada uma radiografia interproximal da superfície. Dois observadores radiologistas analisaram a adaptação das restaurações com auxílio do negatoscópio em ambiente escurecido, e avaliaram se existia ou não adaptação radiográfica da restauração levando em consideração os seguintes critérios: presença de linha radiolúcida na interface dente-restauração, falta ou excesso de material restaurador e ponto de contato. Resultados: Das superfícies avaliadas, 66,65% exibiram adaptação radiográfica da restauração, enquanto 33,35% não obtiveram adaptação radiográfica da restauração, tendo uma concordância intrexaminadores de 86,6%. Conclusão: os resultados deste estudo sugerem que há necessidade da realização de radiografia interproximal para confirmação da adaptação clínica das restaurações proximais.

5.
Rev. ABENO ; 15(2): 105-110, 2015.
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-879856

ABSTRACT

O presente estudo teve por objetivo avaliar a preferência dos alunos de radiologia do curso de Odontologia da ULBRA Torres quanto ao aprendizado da técnica radiográfica periapical com e sem o uso de posicionadores. Participaram 26 alunos que foram aleatoriamente divididos em 2 grupos: (A) grupo que realizou duas radiografias da região superior (anterior e posterior) usando a técnica periapical da bissetriz sem o uso de posicionadores e, depois, com o uso de posicionadores. Na aula seguinte, os mesmos alunos realizaram duas radiografias da região inferior (anterior e posterior) usando a técnica periapical com posicionador e depois a bissetriz sem posicionador; (B) grupo que realizou duas radiografias da região superior (anterior e posterior) usando a técnica periapical com o uso de posicionadores e depois a bissetriz sem ouso de posicionadores. Na aula seguinte, os mesmos alunos realizaram duas radiografias da região inferior (anterior e posterior) usando a técnica periapical da bissetriz sem posicionador e depois com posicionador. Ao final foi aplicado um questionário sobre a preferência dos alunos em relação à aprendizagem com e sem uso de posicionadores. Dos 26 alunos que participaram da pesquisa 9 (34,6%) preferiram aprender realizando a técnica da bissetriz sem uso de posicionadores e depois com, 16 (61,6%) preferiram com o uso de posicionadores e depois sem e 1 (3,80%) não percebeu diferença. Concluise que os alunos participantes do estudo preferiram realizar a técnica periapical usando antes o posicionador, pois este facilitaria o aprendizado (AU).


In order to evaluate ULBRA Torres students' preferences on learning the radiographic technique - with or without periapical periapical positioning devices, 26 students participated in this study. They were divided into 2 groups. In group (A) students took upper region periapical radiographs (anterior and posterior) using the bisector technique without the use of positioning devices (PD) and then with the use of PD. In the next class, two lower region radiographs (anterior and posterior) with and then without PD. In group (B) students held two x-rays of the upper region (anterior and posterior) using the bisector technique with the use of PD and later without the use of PD. In the class following, two lower region radiographs (anterior and posterior) without and then with PD. A questionnaire was applied on their preferences about learning with and without use or without PD. From the 26 students who returned the questionnaire, 9 (34.6%) preferred to practice first without and later with PD, 16 (61.6%) preferred to practice first with use of PD and later without it and there was no difference for 1 student (3.80%). In conclusion, ULBRA Torres 2014/1 students preferred to learn the periapical technique first using the PD and then without, because they believe that PD facilitates learning (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Education, Dental , Learning , Radiography, Dental/instrumentation , Students, Dental , Brazil , Cross-Sectional Studies/methods , Surveys and Questionnaires
6.
Stomatos ; 18(34): 40-51, Jan.-Jun. 2012. ilus, tab
Article in English | LILACS, BBO | ID: lil-693974

ABSTRACT

Mini-screw implants have been commonly used for orthodontic anchorage. However, the behavior of implants may vary according to their location, inclination, loading position and loading direction. The objective of this study was to apply finite element to analyze stress distribution around mini-implants inserted into the buccal cortical bone, in the inferior molar region, when a force of 3 N was applied, varying implant inclination and loading direction, also simulating immediate loading and osseointegration conditions. We carried out a threedimensional analysis of a human cadaveric mandible and of a 9 mm length, 1.5 mm diameter titanium implant. The implant model was introduced into the buccal cortical bone, between the first and second mandibular molars. Finite-element analysis of the implant-bone structure was carried out applying a constant force of 3 N at varying angles (15, 30, 45, 60, 75, and 90 degrees), and in five different positions along the bone surface axis (perpendicularly, vertically at ± 10 degrees, and horizontally at ± 20 degrees). Out of all combinations tested, stress affected only the cortical bone, not being intense enough to cause cortical bone resorption. Stress distribution varied slightly (8.55 to 38.74 Mpa) due to implant inclination and loading direction. Immediate loading generated greater tensions (12.70 to 38.74 Mpa) when compared to osseointegration (8.55 to 21.44 Mpa). A force of 3 N did not result in a tension that could cause cortical bone resorption. Immediate loading resulted in greater tensions to the bone, regardless of implant inclination and loading direction.


Mini-implantes têm sido utilizados para ancoragem ortodôntica e seu comportamento pode variar de acordo com a sua localização e inclinação, com a posição e a direção da carga aplicada. Este estudo analisou a distribuição de tensões ao osso em torno de mini-implantes inseridos no osso cortical na região de molares inferiores, quando uma carga de 3 N é aplicada, variando a inclinação do implante e a direção da força,assim como situações de carga imediata e osseointegração. Uma mandíbula humana e um implante de titânio com 9 mm de comprimento e 1,5mm de diâmetro foram modelados, com o implante introduzido na face vestibular entre o primeiro e o segundo molares. Este modelo foi analisado pelo método de elementos finitos aplicando força constante de 3N com angulagens de 15, 30, 45, 60 e 75 graus, com o implante perpendicular ao osso e com inclinação vertical de 10 graus e horizontal de 20 graus. Em todas as combinações testadas a tensão afetou apenas o osso cortical, porém não apresentou intensidade suficiente para resultar em reabsorção óssea. Sua distribuição variou (8,55 a 38,74 Mpa) em função da inclinação do implante e da direção da carga. A situação de carga imediata gerou maiores tensões (12,70 a 38.74 Mpa) quando comparada à osseointegração (8,55 a 21,44 Mpa). Conclui-se que uma força de 3N não resulta em tensão que possa causar reabsorção da cortical óssea e que a carga imediata produz maior tensão ao osso, independentemente da inclinação do implante e da direção da força.


Subject(s)
Dental Implants , Finite Element Analysis , Orthodontics
7.
Rev. ABENO ; 9(1): 39-43, 2009.
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-875012

ABSTRACT

Buscando possíveis causas para a falta de qualidade das radiografias realizadas no curso, foram entregues questionários abertos a todos os professores de Odontologia da ULBRA, campus Torres/RS, com 5 questões envolvendo seus conhecimentos sobre processamento radiográfico. Participaram da pesquisa os 16 professores que devolveram o questionário respondido. Utilizou-se para a análise dos dados a Análise de Conteúdo de Bardim, situada no Grupo dos Métodos Lógicos-Semânticos. A organização da análise de dados coletados ocorreu em três momentos: a pré-análise, a exploração do material e os tratamentos dos resultados. A grande maioria dos professores que aprendeu a utilizar o método visual na sua graduação (13) continua processando as radiografias da mesma maneira até hoje. Os resultados da pesquisa mostram que não existe uma padronização em relação ao método de processamento utilizado em todas as disciplinas do curso. Além disso, etapas do processamento como o tempo de permanência no fixador, banho final, secagem e armazenagem não foram citadas pela maioria dos professores nos questionários. É necessária a conscientização da importância de ocorrerem mudanças, inicialmente por parte dos professores das diferentes áreas clínicas da Odontologia, para que os alunos possam continuar processando as radiografias, como corretamente ensinado na disciplina de radiologia durante todo o seu curso de graduação e vida profissional, não desprezando nenhuma etapa do processo (AU).


Seeking to determine the possible causes for the poor quality of radiographs, open questionnaires were delivered to all professors at the ULBRA Dental School, Torres Campus, with 5 questions on radiographic processing. The respondents of the survey were the 16 professors who answered the questionnaire. Bardim Content Analysis was used to analyze the results. Organization of the results occurred at 3 different stages: pre-analysis, material exploration, and results treatment. Most of the teachers that learned to use the visual method in their college course are still using it. The results of the study show that there is no standardization in the radiographic processing used by the professors of different areas of the course. Moreover, radiographic processing steps, such as fixation time, final bath, drying, and storage, were not mentioned in he answers. There are learning problems among students regarding the radiographic process. It is necessary to recognize the importance of changes, initially by the professors from the different clinical areas of dentistry, to ensure that students will learn how to process their radiographs correctly not only in the college course but in their professional life (AU).


Subject(s)
Humans , Faculty , Evaluation Studies as Topic/methods , Radiography, Dental , Brazil , Dentistry , Education, Dental
8.
Stomatos ; 14(27)jul.-dez. 2008.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-567250

ABSTRACT

O objetivo deste estudo foi comparar a superfície do esmalte antes e após clareamento com dois diferentes agentes. Vinte pacientes foram selecionados e divididos em dois grupos: Grupo 1 - tratados através da técnica de clareamento vital caseiro utilizando peróxido de carbamida a10% (Whiteness Perfect) e Grupo 2 - tratados através da técnica vital de consultório utilizando peróxido de hidrogênio a 35% (Whiteness HP). Réplicas em resina epóxi dos incisivos centrais de todos os pacientes foram obtidas antes, imediatamente após e trinta dias depois da conclusão dos tratamentos. Todas as réplicas foram fotografadas em microscópio eletrônico de varredura e um examinador experiente e cego as classificou nos seguintes escores: 1- superfície sem alteração 2-superfície com alteração. O estudo demonstrou que a realização do clareamento com os dois diferentes agentes causa efeitos sobre a superfície do esmalte, mas que esses são parcialmente revertidos em 30 dias.


The purpose of this study was to compare of enamel surface before and after bleaching with two different agents. Twenty subjects were selected and divided in two groups: Group 1- treated with the night guard vital bleaching using 10% carbamide peroxide (Whiteness Perfect) and Group2- treated with the in-offi ce technique using 35% hydrogen peroxide (Whiteness HP). Epoxi resin replicas obtained from the maxillary central incisors, before, immediately after and thirty days after the bleaching procedure. All replicas were hotography in scanning electron microscopy andexamined for one expert and blind examiner taken in scores: 1- surface without alteration 2- surface with alteration. This study demonstrated that bleaching treatment using both agents causes effect on namel surface, but these are partially reverted in thirty days.


Subject(s)
Humans , Tooth Bleaching/methods , Dental Enamel , Esthetics, Dental , Peroxides/adverse effects , Treatment Outcome
9.
RFO UPF ; 12(1): 32-36, 30/04/2007. tab
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-873327

ABSTRACT

Este estudo teve por objetivo avaliar a frequência dos erros cometidos na realização de radiografias panorâmicas num serviço de radiologia odontológica. Para tanto, foram analisadas as 330 radiografias repetidas no referido serviço num período de tres anos. Dois examinadores registraram individualmente todos os erros observados em cada uma das radiografias. Nos casos de divergência, as radiografias eram analisadas em conjunto para o estabelecimento do consenso entre os examinadores. Foi encontrada uma taxa de repetição de 8,65 por cento dos exames no período estudado, com média de 2,07 erros por radiografia. Os erros mais frequentes foram os relacionados ao posicionamento do paciente, porém também foram observadas falhas resultantes do incorreto ajuste dos fatores de exposição. Diante dos resultados obtidos, conclui-se que os padrões de qualidade do serviço encontram-se de acordo com o Guidelines on Radiology Standards for Primary Dental Care


Subject(s)
Quality Control , Radiography, Panoramic , Radiology
10.
Rev. ABENO ; 5(2): 102-108, jul.-dez. 2005.
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-855297

ABSTRACT

As evidentes transformações decorrentes das necessidades impostas pela sociedade ampliam a dimisão profissional do cirurgião-dentista e sugerem a reformulação curricular nas faculdades de Odontologia. A aprovação pelo Conselho Nacional de Educação (CNE/CES nº1.300, de 06/11/2001) das Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Odontologia permitiu a incorporação de disciplinas ou de atividades de atualização, visando a capacitação integral do profissional. Assim, apresentaremos a proposta desenvolvidada no projeto final da disiciplina intitulada "Formação de professores em contextos digitais", a qual se insere na perspectiva inovadora da incorporação da atividade complementar denominada "Informatica aplicada à Odontologia" no novo programa de graduação do curso. Esta será disponibilizada aos alunos de graudação do curso sendo desenvolvida de maneira presencial e à distância, incorporando as tecnologias da informação e da comunicação ao ensino. Buscamos uma nova abordagem que permita instrumentalizar para a apredizagem em uma perspectiva de ação, interação e operação. Na realidade, trata-se de uma provocação a alunos e professores, de maneira que a capacidade de iniciativa, a capacidade de busca, o estímulo à ação e as trocas de produção tornem-se uma oportunidade de enriquecimento e construação. Assim, a criação de uma ambiente de aprendisagem que seja um convite à ação e à reflexão constitui a meta a ser alcançada e a construção de saberes partilhado, o objetivo buscado. Esse é o nosso convite à reflexão, ao crescimento e a uma norma de fazer educação em Odontologia


Subject(s)
Schools, Dental , Students, Dental , Quality Indicators, Health Care , Dental Informatics , Information Technology , Medical Informatics , Brazil
11.
Rev. Fac. Odontol. Porto Alegre ; 42(1): 25-30, jul. 2001. ilus, tab, graf
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: lil-329108

ABSTRACT

Estudos recentes têm demonstrado que a subtraçäo digital de imagens permite a detecçäo de pequenas perdas ósseas, näo identificadas pela comparaçäo visual de radiografias. A discrepância geométrica ou de densidade entre as duas imagens comparadas pode ser interpretada como mudança anatômica. Com o objetivo de avaliar se o uso de um posicionador individualizado permite a obtençäo de radiografias geometricamente padronizadas e se o software Imagelab equaliza adequadamente imagens de diferentes densidades para subtraçäo digital, foram realizadas 20 radiografias periapicais da regiäo de molares de mandíbulas humanas secas, com o auxílio de posicionadores individualizados através de registro oclusal em acrílico e processamento automático. De cada regiäo foram obtidas 3 radiografias: inicial (I) e controle (CA) após 30 dias, ambas com 70 kV, 10 mA e 0,2s de exposiçäo, e controle B (CB) variando apenas o tempo de exposiçäo (0,3s). As imagens foram digitalizadas e entäo subtraídas. As médias dos valores de densidade médios nas imagens subtraídas para cada conjunto foram comparadas entre si pelo teste t-student. A presente metodologia permitiu a obtençäo de radiografias geometricamente padronizadas, pois a densidade de subtraçäo das imagens I-CA näo diferiu do resultado da subtraçäo de imagens duplicadas (I-ID). A densidade média da subtraçäo dos conjuntos I-CA e I-ID diferiram significativamente (p=0,01) daquela do conjunto I-CB. Näo se observam diferenças significantes quando os conjuntos I-CA e I-CBeq foram comparados, do que se conclui que variaçöes na densidade podem ser corrigidas pelo recurso de equalizaçäo de imagens


Subject(s)
Humans , Male , Female , Radiographic Image Enhancement , Radiography, Dental , Subtraction Technique
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL