Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 14 de 14
Filter
1.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 28: e3306, 2020. tab
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-1101703

ABSTRACT

Objective: to estimate the prevalence of Sexually Transmitted Infections (STIs) and associated factors in sugarcane cutters. Method: a cross-sectional, analytical study with 937 sugarcane cutters from Paraíba and Goiás, states of Brazil, respectively. An outcome variable was the positive results in some rapid tests for HIV, syphilis, hepatitis B and C. Bivariate and multiple analyses were performed to identify the association between these infections and sociodemographic and behavioral variables. Results: all participants were male, most were young adults and had low schooling. Prevalence of STI was estimated at 4.1% (95% CI: 3.0-5.5). According to multiple regression analysis, the variables age over 40 years (OR 5.0; CI 95%: 1.8-14), alcohol consumption (OR 3.9; CI 95%: 1.3-11.9), and illicit drugs (OR 2.9; CI 95%: 1.3-6.3) were factors associated with the STIs investigated. On the other hand, having some religion (OR 0.4; CI 95%: 0.2-0.8), and work in the Midwest Region (OR 0.4; CI 95%: 0.2-0.9) were factors negatively associated with these infections. Conclusion: presence of risk behaviors for STI among sugarcane cutters. Screening for these infections in groups of rural workers is essential for early diagnosis and breaking the chain of transmission.


Objetivo: estimar a prevalência de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e fatores associados em cortadores de cana-de-açúcar. Método: estudo transversal, analítico, com 937 cortadores de cana-de-açúcar dos estados da Paraíba e de Goiás, no Brasil. Considerou-se como variável de desfecho a positividade em algum teste rápido para HIV, sífilis, hepatite B e C. Análises bivariada e múltipla foram realizadas para identificar associação entre essas infecções e variáveis sociodemográficas e comportamentais. Resultados: todos os participantes eram do sexo masculino, a maioria eram adultos jovens e possuíam baixa escolaridade. Estimou-se uma prevalência para IST de 4,1%(IC 95%: 3,0-5,5). De acordo com a análise de regressão múltipla, variáveis como idade acima de 40 anos (OR 5,0; IC 95%: 1,8-14), consumo de álcool (OR 3,9; IC 95%: 1,3-11,9) e de drogas ilícitas (OR 2,9; IC 95%: 1,3-6,3) foram fatores associados às IST investigadas. Por outro lado, ter alguma religião (OR 0,4; IC 95%: 0,2-0,8) e trabalhar na Região Centro-Oeste (OR 0,4; IC 95%: 0,2-0,9) foram fatores associados negativamente a essas infecções. Conclusão: presença de comportamentos de risco para as IST entre os cortadores de cana-de-açúcar. O rastreio destas infecções em grupos de trabalhadores rurais é fundamental para diagnóstico precoce e quebra da cadeia de transmissão.


Objetivo: estimar la prevalencia de infecciones de transmisión sexual (ITS) y factores asociados en cortadores de caña de azúcar. Método: estudio analítico transversal con 937 cortadores de caña de azúcar de los estados de Paraíba y Goiás, en Brasil. Se consideró como variable el resultado positivo en algunas pruebas rápidas para VIH, sífilis, hepatitis B y C. Se realizaron análisis bivariados y múltiples para identificar una asociación entre estas infecciones y las variables sociodemográficas y de comportamiento. Resultados: todos los participantes eran hombres, la mayoría eran adultos jóvenes con bajo índice de escolaridad. Se estimó una prevalencia de ITS de 4.1% (IC 95%: 3.0-5.5). Según el análisis de regresión múltiple, variables como edad superior a 40 años (OR 5.0; IC 95%: 1.8-14), consumo de alcohol (OR 3.9; IC 95%: 1.3- 11.9) y drogas ilícitas (OR 2.9; IC 95%: 1.3-6.3) fueron factores asociados a las ITS investigadas. Por otro lado, factores como tener alguna religión (OR 0.4; IC 95%: 0.2-0.8) y trabajar en la región Centro-Oeste (OR 0.4; IC 95%: 0.2-0.9) tuvieron una asociación negativa en relación a estas infecciones. Conclusión: se advirtió la presencia de comportamientos de riesgo para ITS entre cortadores de caña de azúcar. La detección de estas infecciones en grupos de trabajadores rurales es esencial para la detección temprana de diagnóstico y para romper la cadena de transmisión.

2.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 32(6): 683-690, Nov.-Dez. 2019. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-1054612

ABSTRACT

Resumo Objetivo: Investigar a prevalência do alto risco entre casos de óbitos a partir da classificação de risco de complicações clínicas associadas a aids e sua relação com variáveis sociodemográficas e terapêuticas. Métodos: Estudo epidemiológico, retrospectivo, envolvendo 80 casos de óbito por aids ocorridos entre 2007 e 2015 em um Estado do Nordeste brasileiro. A estratificação do risco considerou indicadores de acompanhamento obtidos no diagnóstico da infecção, atribuindo-se valores de 1,2 para carga viral, e 1,2 e 3 aos indicadores de linfócitos T CD4+, quantidade de doenças oportunistas, manifestações clínicas e doenças crónicas, com escore variando entre 5 e 14. Quanto maior esse escore, maior o risco para complicações clínicas. Os dados foram analisados estimando a prevalência e razão de prevalência para o alto risco, seguido do método de Weight of Evidence e estatística D de Somers. Resultados: Dos 80 casos estudados, 51,2% foram alocados no estrato de alto risco. O registro de antecedentes psiquiátricos aumentou em 2 vezes a prevalência para o alto risco e a faixa etária apresentou forte relação com esse estrato. A contagem de linfócitos T-CD4+, doenças oportunistas e manifestações clínicas foram os indicadores que apresentaram maior força de associação com a estratificação de risco. Conclusão: O estudo mostrou a prevalência do alto risco para o desenvolvimento de complicações clínicas, maior força associativa nos indicadores LT-CD4+, doenças oportunistas e manifestações clínicas com escore de risco proposto. Estes resultados sugerem a necessidade de atenção especial dos serviços de atenção especializada aos indivíduos acompanhados em nível ambulatorial.


Resumen Objetivo: Investigar la prevalencia del alto riesgo de casos de óbitos a partir de la clasificación de riesgo de complicaciones clínicas asociadas al SIDA y su relación con variables sociodemográficas y terapéuticas. Métodos: Estudio epidemiológico, retrospectivo, que incluyó 80 casos de óbito por SIDA ocurridos entre 2007 y 2015 en un estado del Nordeste brasileño. La estratificación del riesgo consideró indicadores de seguimiento obtenidos en el diagnóstico de la infección, con valores 1 y 2 para carga viral y 1,2 y 3 para indicadores de linfocitos T CD4+, cantidad de enfermedades oportunistas, manifestaciones clínicas y enfermedades crónicas, con puntuación que varía de 5 a 14. Cuanto más alta la puntuación, mayor riesgo de complicaciones clínicas. Los datos fueron analizados estimando la prevalencia y razón de prevalencia del alto riesgo, seguido del método de Weight of Evidence y estadística D de Somers. Resultados: De los 80 casos estudiados, el 51,2% fue ubicado en el estrato de alto riesgo. El registro de antecedentes psiquiátricos aumentó dos veces la prevalencia del alto riesgo y el grupo de edad presentó una fuerte relación con este estrato. El recuento de linfocitos T CD4+, enfermedades oportunistas y manifestaciones clínicas fueron los indicadores que presentaron mayor fuerza de asociación con la estratificación del riesgo. Conclusión: El estudio demostró la prevalencia del alto riesgo de desarrollo de complicaciones clínicas, mayor fuerza asociativa en los indicadores LT CD4+, enfermedades oportunistas y manifestaciones clínicas con puntuación de riesgo propuesto. Estos resultados sugieren la necesidad de una atención especial a los servicios de atención especializada a los individuos acompañados de forma ambulatoria.


Abstract Objective: To investigate the high risk prevalence among deaths from the risk classification of clinical complications associated with AIDS and its relation with sociodemographic and therapeutic variables. Methods: A retrospective epidemiological study involving 80 cases of death from AIDS between 2007 and 2015 in a Northeastern Brazilian state. Risk stratification considered follow-up indicators obtained in the infection diagnosis, assigning values of 1,2 for viral load, and 1,2 and 3 for CD4 + T lymphocytes indicators, number of opportunistic diseases, clinical manifestations and chronic diseases. ranging from 5 to 14. The higher this score, the greater the risk for clinical complications. Data were analyzed by estimating prevalence and prevalence ratio for high risk, followed by Weight of Evidence method and Somers' D statistic. Results: Of the 80 cases studied, 51.2% were allocated to the high-risk stratum. The record of psychiatric history increased by 2 times the prevalence for high risk and age group was strongly related to this stratum. T-CD4 + lymphocyte count, opportunistic diseases and clinical manifestations were the indicators that showed the strongest association strength with risk stratification. Conclusion: The study showed the prevalence of high risk for the development of clinical complications, greater associative strength in LT-CD4 + indicators, opportunistic diseases and clinical manifestations with proposed risk score. These results suggest the need for special attention from specialized care services to outpatients.

3.
Rev. bras. enferm ; 72(5): 1235-1242, Sep.-Oct. 2019. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-1042151

ABSTRACT

ABSTRACT Aim: To develop a clinical risk stratification score for people living with AIDS and to analyze its association with clinical and sociodemographic aspects. Method: Cross-sectional study involving 150 adults with AIDS, in outpatient follow-up. A structured instrument was applied and, sequentially, inferential statistical techniques on the developed score. Results: 45.3% of the participants were classified as in high clinical risk. TL-CD4+ <500cel/mm3 count, detectable viral load, presence of opportunistic diseases, chronic diseases and clinical manifestations were associated with high clinical risk. There was a significant difference in the mean risk between the categories of variables employment status (p = 0.003) and economic class (p = 0.035). There was a higher risk for brown people (OR = 5.55), unemployed status (OR = 16,51) and belonging to classes C (OR = 20.07) and D (OR = 53,32), and a lower risk for individuals with higher schooling (OR = 0.02). Conclusion: The proposed score quantifies clinical situations and points out sociodemographic aspects that predispose to instability and aggravation of AIDS, supporting the qualification of care.


RESUMEN Objetivo: Elaborar una puntuación para estratificación de riesgo clínico de personas viviendo con sida y analizar su asociación con aspectos clínicos y sociodemográficos. Método: Estudio transversal que involucra a 150 adultos con sida, en seguimiento de ambulatorio. Se aplicó instrumento estructurado y, secuencialmente, técnicas estadísticas que interfieren en la puntuación elaborada. Resultados: El 45,3% de los participantes fueron clasificados en el riesgo clínico alto. La cuenta de LT−CD4+<500cel/mm3, la carga viral detectable, la presencia de enfermedades oportunistas, las enfermedades crónicas y manifestaciones clínicas se asociaron al riesgo clínico elevado. Se verificó una diferencia significativa en el riesgo medio entre las categorías de variables de empleo (p=0,003) y la clase económica (p=0,035). Se constató un mayor riesgo para las personas pardas (OR=5,55), alejadas del empleo (OR=16,51) y pertenecientes a las clases C (OR=20,07) y D (OR=53,32), y menor riesgo entre los individuos con mayor escolaridad (OR=0,02). Conclusión: La puntuación propuesta cuantifica situaciones clínicas y apunta aspectos sociodemográficos que predisponen a la inestabilidad y agudización del sida, subsidiando la calificación del cuidado.


RESUMO Objetivo: Elaborar um escore para estratificação de risco clínico de pessoas vivendo co.m Aids e analisar sua associação com aspectos clínicos e sociodemográficos. Método: Estudo transversal envolvendo 150 adultos com aids, em acompanhamento ambulatorial. Aplicou-se instrumento estruturado e, sequencialmente, técnicas estatísticas inferenciais sobre o escore elaborado. Resultados: 45,3% dos participantes foram classificados no risco clínico alto. A contagem de LT-CD4+<500cel/mm3, carga viral detectável, presença de doenças oportunistas, doenças crônicas e manifestações clínicas associaram-se ao risco clínico elevado. Verificou-se diferença significativa no risco médio entre as categorias das variáveis situação empregatícia (p = 0,003) e classe econômica (p = 0,035). Constatou-se maior risco para pessoas pardas (OR = 5,55), afastadas do emprego (OR = 16,51) e pertencentes às classes C (OR = 20,07) e D (OR = 53,32), e menor risco entre os indivíduos com maior escolaridade (OR = 0,02). Conclusão: O escore proposto quantifica situações clínicas e aponta aspectos sociodemográficos que predispõem a instabilidade e agudização da aids, subsidiando a qualificação do cuidado.

4.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 34(10): e00209416, oct. 2018. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-974579

ABSTRACT

O estabelecimento de metas universais voltadas ao controle do HIV/aids e a instituição do tratamento como forma de prevenção reforçam a necessidade do acompanhamento clínico continuado das pessoas vivendo com HIV/aids como um elemento indispensável ao cuidado destas, sendo a retenção no cuidado em saúde uma necessidade e um desafio. Neste estudo, objetivou-se construir um modelo preditivo de retenção de pessoas vivendo com HIV/aids no cuidado em saúde. Para tanto foi construído um modelo estatístico, árvore de decisão, com base em variáveis sociodemográficas, clínicas e relacionadas aos comportamentos em saúde, identificadas em um banco de dados que contemplava informações de 260 pessoas com HIV/aids, vinculadas a um serviço especializado no atendimento a estes indivíduos. O modelo subsidiou a identificação de nove variáveis cujos ganhos de informação foram significativos em relação à variável desfecho, provável retenção no cuidado em saúde, e à construção de 24 regras de decisão, dando origem a uma árvore com porcentual de acerto de 80,4%, as quais poderão contribuir com a identificação de possíveis estratégias no sentido de otimizar a retenção e contribuir com o alcance das metas propostas para o enfrentamento da epidemia nos próximos anos.


El estabelecimiento de metas universales dirigidas al control del VIH/SIDA, y la institución del tratamiento como forma de prevención, refuerzan la necesidad del seguimiento clínico continuado de las personas que viven con VIH/SIDA, como un elemento indispensable para el cuidado de estas, siendo la retención en el cuidado de salud una necesidad y un desafío. En este estudio, el objetivo fue construir un modelo predictivo de retención de personas viviendo con VIH/SIDA dentro del ámbito del cuidado en salud. Para tal fin, se construyó un modelo estadístico, un diagrama de árbol de decisión, en base a variables sociodemográficas, clínicas, y aquellas relacionadas con los comportamientos en salud, identificadas en un banco de datos que contemplaba información de 260 personas con VIH/SIDA, vinculadas a un servicio especializado en la atención a estos individuos. El modelo subsidió la identificación de nueve variables, cuyos réditos respecto a información fueron significativos en relación con la variable desenlace, probable retención en el cuidado en salud, y a la construcción de 24 reglas de decisión, dando origen a un árbol con un porcentaje de acierto de un 80,4%, que podría contribuir a la identificación de posibles estrategias, en el sentido de optimizar la retención y contribuir al alcance de las metas propuestas para enfrentar la epidemia en los próximos años.


The establishment of universal targets for HIV/AIDS control and the implementation of treatment as prevention reinforce the need for on-going clinical follow-up of persons living with HIV/AIDS as an essential element of their care, where retention in care is both a need and a challenge. This study aimed to create a predictive model for retention of persons living with HIV/AIDS in health care. A decision tree statistical model was created, based on sociodemographic, clinical, and health behavior variables, identified in a database with information from 260 persons with HIV/AIDS, enrolled in a specialized treatment service. The model enabled the identification of nine variables with significant information gains in relation to the outcome variable, probable retention in health care, and the development of 24 decision rules, giving rise to a decision tree with 80.4% correct answers, which can help identify possible strategies to optimize retention and contribute to achieving the proposed targets for confronting the epidemic in the coming years.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adolescent , Adult , Aged , Young Adult , Decision Trees , HIV Infections/drug therapy , Health Services/statistics & numerical data , Brazil , Decision Support Techniques , Continuity of Patient Care , Medication Adherence , Ambulatory Care , Middle Aged
5.
Rev. eletrônica enferm ; 20: 1-11, 2018. tab, ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-964370

ABSTRACT

Objetivou-se comparar o grau de incapacidade física, os sítios corporais afetados, as deficiências e incapacidades presentes e os nervos acometidos no diagnóstico e na alta em pacientes com hanseníase. Trata-se de um estudo desenvolvido entre 2009 e 2014 em centro de referência para hanseníase na Paraíba. Envolveu 414 prontuários, utilizando formulário estruturado. Os dados foram analisados através de técnicas de estatística descritiva (frequência absoluta e percentagem) e inferencial (Teste de Wilcoxon e Mcnemar). Nota-se decréscimo do acometimento dos sítios corporais (nariz p=0,000), das deficiências (ressecamento p=0,002 e ferida p=0,000 no nariz e úlcera p=0,004 nos pés) e da quantidade de nervos afetados (p=0,000) entre o diagnóstico e a alta por cura. Na análise dos anos 2009-2014 observa-se redução da quantidade de pacientes apresentando grau de incapacidade física 2. Conclui-se, portanto, que mesmo após a alta os pacientes estão propícios a desenvolver ou agravar incapacidades físicas, necessitando de acompanhamento periódico.


The aim was to compare the level of physical disability of the affected body sites, the deficiencies and disabilities present in affected nerves in the diagnosis and discharge of leprosy patients. This is a study developed between 2009 and 2014 in a reference center for leprosy in Paraíba. It involved 414 medical records, using a structured form. The data were analyzed using descriptive (absolute frequency and percentage) and inferential (Wilcoxon's and Mcnemar's tests) statistical techniques. There was a decrease of impairment in body sites (nose p=0.000), in disabilities (dryness p=0.002 and wound p=0.000 on the nose and ulcer p=0.004 in the feet) and, of the number of affected nerves (p=0.000) between the diagnosis and discharge by cure. In the analysis of the years 2009-2014, a reduction of patients presenting level 2 of physical disability was noted. Therefore, in conclusion, even after the discharge, the patients are favorable to develop or to aggravate physical disabilities, needing periodical accompaniment.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Disabled Persons , Leprosy/complications , Leprosy/diagnosis , Leprosy/prevention & control , Secondary Care
6.
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e9524], jan.-dez. 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-916211

ABSTRACT

Objetivo: analisar a oferta de ações de educação em saúde no cuidado às pessoas vivendo com AIDS. Método: estudo transversal desenvolvido em ambulatório especializado de referência na Paraíba, envolvendo 150 pessoas vivendo com AIDS, utilizando um formulário estruturado que contemplou variáveis nominais e intervalares. Os dados foram coletados de julho de 2011 a julho de 2012, após aprovação ética do projeto, e analisados segundo estatística descritiva. Resultados: observou-se valorização de aspectos da promoção da saúde voltados à adesão terapêutica, com ênfase na tomada dos medicamentos antirretrovirais e prevenção da transmissão da infecção, em detrimento de ações educativas inerentes à defesa dos direitos sociais e reprodutivos das pessoas em acompanhamento. Conclusão: as fragilidades na oferta de ações de educação em saúde comprometem a construção de competências por parte dos usuários do serviço para a corresponsabilização, autonomia e proatividade no cuidado com sua saúde e no controle da infecção.


Objective: to examine the supply of health education actions in care for people living with AIDS. Method: a cross-sectional study was conducted with 150 people with AIDS at a specialized outpatient referral clinic in Paraíba State, using a structured form that contemplating nominal and interval variables. Data were collected from July 2011 to July 2012, after ethics approval of the project, and analyzed by descriptive statistics. Results: emphasis was found to be placed on aspects of health promotion regarding adherence to therapy, particularly the taking of antiretroviral drugs and preventing transmission of infection, but to the detriment of educational actions addressing defense of the social and reproductive rights of people in treatment. Conclusion: weaknesses in the provision of health education actions undermine the service users' skill-building for co-responsibility, autonomy and proactivity in caring for their health and controlling the infection.


Objetivo: analizar la oferta de acciones de educación en salud en el cuidado de las personas que viven con el SIDA. Método: estudio transversal desarrollado en ambulatorio de referencia especializado en el estado de Paraíba, involucrando a 150 personas con SIDA, utilizando un formulario estructurado que contempló variables nominales e intervalares. Los datos fueron recolectados entre julio de 2011 y julio de 2012, tras la aprobación ética del proyecto, y analizados según estadística descriptiva. Resultados: se observó que fueron valorados los aspectos de la promoción de la salud orientados a la adhesión terapéutica con énfasis en la ingestión de los medicamentos antirretrovirales y prevención de la transmisión de la infección, en detrimento de acciones educativas inherentes a la defensa de los derechos sociales y reproductivos de las personas en seguimiento. Conclusión: las fragilidades en la oferta de acciones de educación en salud comprometen la construcción de competencias por parte de los usuarios del servicio para la corresponsabilización, autonomía y proactividad en el cuidado con su salud y en el control de la infección.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adolescent , Adult , Middle Aged , Aged , Health Education , Acquired Immunodeficiency Syndrome , Antiretroviral Therapy, Highly Active , Health Promotion , Health Services
7.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 50(5): 838-845, Sept.-Oct. 2016. tab, graf
Article in English | LILACS (Americas) | ID: biblio-829615

ABSTRACT

Abstract OBJECTIVE Analyzing the provision of actions related to managing clinical risk in managing specialized care for people living with AIDS. METHOD A cross-sectional study carried out in a reference outpatient clinic in Paraíba, with a sample of 150 adults with AIDS. Data were collected through primary and secondary sources using a structured questionnaire, analyzed using descriptive statistics, multiple correspondence analysis and logistic regression model to determine the association between "providing care" and "clinical risk." RESULTS Actions with satisfactory provision express a biological care focus; the dimensions that most contributed to a satisfactory assessment of care provision were "clinical and laboratory evaluations" and "prevention and self-care incentivization"; 45.3% of participants were categorized into high clinical risk, 34% into average clinical risk, and 20.7% into low clinical risk; a positive association between providing care and clinical risk was found. CONCLUSION The need to use risk classification technologies to direct the planning of local care provision became evident considering its requirements, and thus qualifying the care provided in these areas.


Resumen OBJETIVO Analizar la oferta de acciones relacionadas con el manejo de riesgo clínico en la gestión del cuidado especializado a personas viviendo con SIDA. MÉTODO Estudio transversal realizado en ambulatorio de referencia en el Estado de Paraíba, con muestra de 150 adultos con SIDA. Los datos fueron recolectados por medio de fuentes primarias y secundarias utilizándose formulario estructurado y analizados mediante estadística descriptiva, análisis de correspondencia múltiple y modelo de regresión logística para averiguar la asociación entre "oferta" y "riesgo clínico". RESULTADOS Las acciones de oferta satisfactoria expresan enfoque biologicista del cuidado; las dimensiones que más contribuyeron al juicio satisfactorio de la oferta fueron "evaluación clínica y de laboratorio" y "prevención y estímulo al autocuidado"; el 45,3% de los participantes fueron categorizados en riesgo clínico alto, el 34% en riesgo clínico medio y el 20,7% en riesgo clínico bajo; y se verificó asociación positiva entre oferta y riesgo clínico. CONCLUSIÓN Resultó evidente la necesidad de la utilización de tecnologías de clasificación de riesgo para dirigir la planificación de la oferta local, considerándose las necesidades, y así calificar el cuidado producido en esos espacios.


Resumo OBJETIVO Analisar a oferta de ações relacionadas ao manejo de risco clínico na gestão do cuidado especializado a pessoas vivendo com aids. MÉTODO Estudo transversal realizado em ambulatório de referência na Paraíba, com amostra de 150 adultos com aids. Os dados foram coletados por meio de fontes primárias e secundárias utilizando-se de formulário estruturado, e analisados através de estatística descritiva, análise de correspondência múltipla e modelo de regressão logística para averiguar a associação entre "oferta" e "risco clínico". RESULTADOS As ações de oferta satisfatória expressam foco biologicista do cuidado; as dimensões que mais contribuíram para o julgamento satisfatório da oferta foram "avaliação clínica e laboratorial" e "prevenção e estímulo ao autocuidado"; 45,3% dos participantes foram categorizados em risco clínico alto, 34% em risco clínico médio, e 20,7% em risco clínico baixo; e verificou-se associação positiva entre oferta e risco clínico. CONCLUSÃO Ficou evidente a necessidade da utilização de tecnologias de classificação de risco para direcionar o planejamento da oferta local, considerando-se as necessidades, e assim qualificar o cuidado produzido nestes espaços.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Acquired Immunodeficiency Syndrome/therapy , Risk Management , Cross-Sectional Studies
8.
Ciênc. cuid. saúde ; 15(2): 304-312, Abr.-Jun. 2016. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-974827

ABSTRACT

RESUMO O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento de mulheres sobre prevenção, transmissão e percepção de vulnerabilidade em relação às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS). Trata-se de um estudo "antes e depois", descritivo, de abordagem quantitativa, envolvendo 30 usuárias de uma Unidade de Saúde da Família Integrada de João Pessoa-PB, maiores de 18 anos, com vida sexual iniciada. A coleta dos dados foi realizada em fevereiro de 2014 por meio da abordagem de mulheres na sala de espera, que responderam à entrevista antes e após a intervenção. Os resultados foram analisados e comparados utilizando o teste Qui-Quadrado. A educação em saúde contribuiu significativamente para o aumento do conhecimento das participantes e da sua percepção de vulnerabilidade a respeito de IST/AIDS. Porém, nem sempre este conhecimento produz mudança de atitude e comportamento, fazendo-se necessário que o enfermeiro reconheça a importância das práticas educativas em seu cotidiano, não só para a redução da incidência de IST/AIDS, como também para a emancipação do indivíduo, favorecendo o desenvolvimento do sentido de responsabilidade por sua própria saúde.


RESUMEN El objetivo de este estudio fue evaluar el conocimiento de mujeres sobre prevención, transmisión y percepción de vulnerabilidad con relación a las Infecciones de Transmisión Sexual (ITS) y el Síndrome de la Inmunodeficiencia Adquirida (SIDA). Se trata de un estudio "antes y después", descriptivo, de enfoque cuantitativo, involucrando a 30 usuarias de una Unidad de Salud de la Familia Integrada de João Pessoa-Paraíba-Brasil, mayores de 18 años, con vida sexual iniciada. La recolección de los datos fue realizada en febrero de 2014 por medio del abordaje de mujeres en la sala de espera, que respondieron a la entrevista antes y después de la intervención. Los resultados fueron analizados y comparados, utilizando la prueba de chi-cuadrado. La educación en salud contribuyó significativamente para el aumento del conocimiento de las participantes y de su percepción de vulnerabilidad con respecto a ITS/SIDA. Sin embargo, ni siempre este conocimiento produce cambio de actitud y comportamiento, haciéndose necesario que el enfermero reconozca la importancia de las prácticas educativas en su cotidiano, no solo para la reducción de la incidencia de ITS/SIDA, sino también para la emancipación del individuo, favoreciendo el desarrollo del sentido de responsabilidad por su propia salud.


ABSTRACT The objective of this study was to evaluate the knowledge of women about prevention, transmission and perception of vulnerability for Sexually Transmitted Infection (STI) and Acquired Immune Deficiency Syndrome (AIDS) before and after the implementation of health education. This is a "before and after", descriptive study, with quantitative approach, involving 30 users of an Integrated Family Health Unit in João Pessoa, PB, with 18 years old and who have started sexual life. Data collection was conducted in February 2014 by the approach of women in the waiting room, who responded to the interview before and after the intervention. The results were analyzed and compared using the chi-square test. Health education has contributed significantly to increased knowledge of the participants and their perception of vulnerability about STI/AIDS. However, this knowledge does not always produce change in attitude and behavior, making I necessary that nurses recognize the importance of educational practices in their daily lives, not only to reduce the incidence of STI/AIDS, but also for the emancipation of the individual, encouraging the development of the sense of responsibility for their own health.


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Sexually Transmitted Diseases , Acquired Immunodeficiency Syndrome , Knowledge , Women , Nursing
9.
Ciênc. saúde coletiva ; 21(2): 543-552, Fev. 2016. tab, graf
Article in English | LILACS (Americas) | ID: lil-773546

ABSTRACT

Resumo A oferta de cuidado às pessoas vivendo com HIV/Aids deve transcender os serviços ambulatoriais especializados e contar com a participação da Estratégia Saúde da Família. Compreendendo a importância da integração entre estes dois pontos da rede de atenção, o estudo teve como objetivo construir um modelo de suporte à decisão para auxiliar profissionais do serviço de saúde especializado a identificar os padrões de comportamento no uso dos serviços da Estratégia Saúde da Família das pessoas vivendo com HIV/Aids atendidas no ambulatório. Para tanto, foi proposto um modelo denominado árvore de decisão, criado a partir de um banco de dados com 141 pessoas com Aids, usuárias de um ambulatório especializado, utilizando-se como variável decisória o uso dos serviços da Estratégia Saúde da Família mediante a avaliação da integração do cuidado. O modelo possibilitou o estabelecimento de 23 regras, com um percentual de acerto de 80,1%, as quais poderão dar suporte à tomada de decisão dos profissionais na identificação de situações onde se apresenta a necessidade de estimular a utilização da Estratégia Saúde da Família pelos usuários.


Abstract The care offer to people living with HIV/AIDS must transcend specialized outpatient services and include the participation of the Family Health Strategy. By understanding the importance of integration between these two points in the care network, the study aimed to build a decision support model to assist professionals of specialized health services in identifying behavior patterns in the use of Family Health Strategy services by people living with HIV/AIDS attended in the outpatient clinic. Thus, was proposed a model called decision tree, created from a database of 141 people with AIDS, users of a specialized outpatient clinic. The decision-making variable was the use of Family Health Strategy services by evaluating the integration of care. The model enabled the establishment of 23 rules with 80.1% hit percentage, what may support the decision-making of professionals in identifying situations in which it is necessary to stimulate the use of the Family Health Strategy by users.


Subject(s)
Humans , Decision Trees , Health Services/statistics & numerical data , HIV Infections , Ambulatory Care , Decision Making , Life , Social Support
10.
João Pessoa; s.n; 2015. 131 p. tab, ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1037485

ABSTRACT

ntrodução: A variabilidade da natureza e complexidade das necessidades de atenção à saúde geradas pelo HIV/aids requerem abordagens no processo de produção e gestão do cuidado que considerem as características e demandas das pessoas e famílias afetadas pela infecção/adoecimento, bem como a constituição/consolidação de uma rede integrada de serviços de saúde que assegurem um cuidado contínuo e coordenado. Objetivos: Analisar a coordenação do cuidado às pessoas vivendo com HIV/aids assistidas em ambulatório especializado a partir da oferta e integração das ações e dos serviços de saúde. Método: Pesquisa epidemiológica, transversal do tipo inquérito, que envolveu 150 adultos vivendo com aids, usuários do ambulatório especializado de referência estadual da Paraíba. Os dados foram coletados entre julho de 2011 e julho de 2012, por meio de entrevistas e consulta ao prontuário, utilizando-se um questionário estruturado. Posteriormente, as informações foram submetidas a tratamento estatístico descritivo e inferencial, através do software Statistica 9.0 da Statsoft, aplicando-se cálculos de medida de frequência; análise de correspondência simples e múltipla; análise de variância robusta e teste-t; cálculo de mediana, média, desvio padrão e intervalo de confiança a 95% dos percentuais de satisfação em relação às variáveis da oferta e da integração; modelo de regressão logística; modelo de regressão linear simples e múltipla para análise de influências entre risco, oferta e integração.


Introduction: The different circumstances and health care complexities created by the HIV virus require specific approaches on the processes of production and management of care, carefully considering both the traits and demands of patients and families affected by the infection and the establishment of an integrated network of health services that provide a continuous and coordinated care. Objectives: To analyze specialized ambulatory coordination of the of HIV patient care through the lens of action offer and integration of health services. Method: Epidemiological research, transversal and interviews, involving 150 adults carrying the AIDS virus, users of the reference specialized ambulatory of the state of Paraíba, Brazil. The data was collected between July 2011 e July 2012, through interviews and chart lookup, using a structured questionnaire. It was then submitted to a statistical inference analysis through Statsoft’s Statistica 9.0 software, applying frequency measurement calculations, analysis of simple and multiple correspondence, analysis of robust variance and t-tests, calculations of average, standard deviation and trust intervals to 95% of satisfaction percentages related to the variables of offer and integration, logistical regression model, both simple and multiple linear regression models for influence analysis between risk, offer and integration.


Subject(s)
Male , Female , Humans , Ambulatory Care , Episode of Care , Systems Integration , Acquired Immunodeficiency Syndrome
11.
Acta sci., Health sci ; 33(1): 9-17, jan.-jun. 2011. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-590354

ABSTRACT

A principal estratégia para evitar as complicações da hipertensão baseia-se nos tratamento medicamentoso e não medicamentoso. Porém o êxito ou fracasso terapêutico depende da adesão que, por sua vez, consiste no principal desafio. Por este motivo objetivou-se analisar a adesão ao tratamento medicamentoso e não medicamentoso por idosos hipertensos. Trata-se de um estudo descritivo, com 25 pacientes acima de 60 anos de idade, atendidos por uma unidade de básica de saúde em 2008, na cidade de João Pessoa, Estado da Paraíba. Com relação à adesão medicamentosa, 12 pacientes referem fazer uso correto da medicação prescrita, enquanto 13 deixaram de usá-la. Dentre os principais motivos para a não adesão ao tratamento medicamentoso, estavam o esquecimento (10), a ausência de sintomas (8) e a desmotivação (7), dentre outros. Considerando as variáveis não-medicamentosas, obteve-se o resultado de que apenas quatro foram considerados aderentes; 19 mostraram-se parcialmente aderentes e apenas 8% revelaram-se não aderentes. Quanto às dificuldades para seguir o tratamento, 12 dos entrevistados relataram seguir a dieta e as mudanças no estilo de vida. Os resultados obtidos indicam baixa adesão ao tratamento anti-hipertensivo e sugerem a implantação de estratégias que facilitem uma melhor adesão às medidas de controle da hipertensão.


The principal strategy to avoid the complications of the high blood pressure is based on the medicamental treatment and not medicamentally. However the result or therapeutic failure depends on the adhesion that for his time consists of the principal challenge. Aimed analyze the adhesion to the medicamental treatment and not medicamentally for old with arterial high blood pressure. Study of the descriptive, where 25 patients above 60 years in the unity of health, in 2008, in João Pessoa, Paraíba State. Regarding medicamental adhesion, 12 tells to do correct use of the medication whereas 13 stops taking the medication, among the principal reasons for not adhesion to the medicamental treatment told by the informants they were the oblivion (10); the absence of symptoms (8); and the desmotivação (7); between others. Considering the non-medicamental variables, it was obtained that you punish four were considered totally followers to the therapeutics, followers 19 partially and only not followers revealed 2. As for the difficulties to follow the treatment, 12 of the users reported how being the continuation of the diet and the changes in the way of life. The obtained results indicate a low adhesion to the treatment antihypertensive and suggest strategies that make easy a better adhesion to the measures of control of the hypertension.


Subject(s)
Humans , Aged , Aged , Hypertension/prevention & control , Patient Dropouts , Treatment Refusal
12.
Rev. RENE ; 11(3): 86-94, jul.-set. 2010.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF, RHS | ID: lil-567468

ABSTRACT

O ensino do processo de enfermagem tem representado um desafio na formação profissional, cujo enfrentamento reclama pela valorização do cuidado e dos profissionais da área. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo, que objetivou investigar as competências, conhecimento e habilidade, de discentes concluintes da graduação para a aplicação do processo de enfermagem; desenvolvido em João Pessoa-PB, de junho a dezembro de 2007, em três Instituições de Ensino Superior; teve como amostra 97 discentes, e como instrumento um questionário tipo Likert, fundamentado nas competências dispostas nas Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Enfermagem e na literatura pertinente. Os resultados foram analisados quantitativamente, revelando que a maioria concorda com a detenção das competências, conhecimento e habilidade, para aplicação das etapas do processo de enfermagem, mesmo quando uma destas competências se destacava em detrimento da outra; fato que suscita reflexões acerca da contribuição da integração teórico-prática em nível de formação acadêmica.


The teaching of nursing process has represented a challenge in the professional formation, which calls for the enhancement of coping with the professionals of the area. This is an exploratory-descriptive study, which investigated the skills, knowledge and abilities of graduating students to implement the nursing process, developed in Joao Pessoa PB, from June to December 2007 in three Higher Education institutions; the samples were 97 students, and as instrument it was used the Likert questionnaire, based on skills prepared by National Curriculum Guidelines for Undergraduate Courses in Nursing and the pertinent literature. The results were analyzed quantitatively, re-vealing that the majority agrees with the possession of skills, knowledge and ability to implement the steps of the nursing process, even when one of those skills stood out against the other, a fact that raises thoughts about the contribution of theory and practice integration in academic education.


La enseñanza del proceso de enfermería ha representado un desafío en la formación profesional, cuyo enfrentamiento reclama por lavaloración del cuidado y de los profesionales del área. Se trata de un estudio exploratorio descriptivo, cuyo objetivo fue investigar las competencias, conocimiento y habilidad de concluyentes de la graduación para la aplicación del proceso de enfermería, desarrollado en João Pessoa-PB, de junio al diciembre de 2007, en tres Instituciones de Enseñanza Superior; tuvo como muestra 97 alumnos concluyentes, y como instrumento un cuestionario tipo Likert, basado en las competencias dispuestas en las Directrices Curriculares Nacionalespara las Carrereas de grado en Enfermería y en la literatura pertinente. Los resultados fueron analizados cuantitativamente, revelando que la mayoría concuerda con la detención de las competencias, conocimiento y habilidad, para aplicación de las etapas del proceso de enfermería, incluso cuando una de estas competencias se destacaba en detrimento de otra, hecho que suscita refl exiones acerca de lacontribución de la integración teórico y práctica a nivel de formación académica.


Subject(s)
Humans , Professional Competence , Teaching , Nursing Process
13.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 44(1): 190-198, mar. 2010. ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-544132

ABSTRACT

Este trabalho objetiva analisar a abordagem do ensino do processo de enfermagem, a partir dos planos de curso das disciplinas que evidenciam as bases conceituais e metodológicas do processo de enfermagem em instituições de Ensino Superior, em uma capital do Nordeste brasileiro. Os resultados evidenciaram que as disciplinas têm natureza prevalentemente teórica, apresentam ementas e bases conceituais com ênfase no suporte teórico-filosófico do processo de enfermagem, bem como no estudo das fases que o compõe. Evidenciou-se ainda a expressão e prevalência dos objetivos de domínio cognitivo e psicomotor e a utilização da metodologia tradicional.


The objective of this study was to analyze the approach used to teach the nursing process based on the class plans of courses that evidence the concept and method bases of the nursing process in superior education institutions in a state capital of Northeast Brazil. Results showed that the courses are mostly theoretical, with amendments and concept bases emphasizing the theoretical-philosophical support of the nursing process, as well as on the study of the phases comprising it. Furthermore, it was shown there was an expression and prevalence of cognitive and psychomotor objectives and the use of traditional methodology.


Este documento tiene por objeto examinar el enfoque del proceso de aprendizaje de la Enfermería a partir de los planes de carrera de las disciplinas que constituyen las bases conceptuales y metodológicas de la Enfermería en instituciones de Educación Superior en una capital del Noreste brasileño. Los resultados demostraron que las disciplinas tienen una naturaleza prevalentemente teórica y se constituyen en sumarios y bases conceptuales con énfasis en el respaldo teórico-filosófico del proceso de Enfermería, así como en el estudio de las fases que componen dicho proceso. Se evidenció asimismo la expresión y prevalencia de los objetivos de dominio cognitivo y psicomotor, y la utilización de la metodología tradicional.


Subject(s)
Curriculum , Education, Nursing , Nursing Process
14.
REME rev. min. enferm ; 13(1): 64-75, jan.-mar. 2009. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-546900

ABSTRACT

Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva de abordagem qualitativa cujo objetivo é analisar os métodos deensino e as abordagens pedagógicas que fundamentam o processo ensino-aprendizagem na disciplina Metodologiada Assistência de Enfermagem em três instituições de Ensino Superior em uma capital do Nordeste brasileiro, combase na técnica de análise de conteúdo de Bardin. Os resultados evidenciaram que o processo de enfermagem temsido trabalhado por meio dos fundamentos pedagógicos tradicionais e cognitivistas, com a expressividade acentuadada abordagem construtivista, embora tenham sido identificados indícios da abordagem comportamentalista. Quantoaos métodos de ensino, evidenciaram-se métodos comuns instrumentalizando o ensino no contexto da disciplina,cujas expressões demonstram a utilização sendo efetivada em momentos variados, quanto às etapas do processode enfermagem, e com fins distintos. Conclui-se que o trabalho educativo exige dos docentes não apenas o domíniodos conteúdos que serão matéria do processo de ensino-aprendizagem, mas também as competências pedagógicasnecessárias para conduzir tal processo em consonância com o novo paradigma pedagógico do ensino superior;além da importância de os docentes reconhecerem que qualquer abordagem pedagógica e suas respectivasestratégias e métodos de ensino são voltadas para o aprendizado dos discentes, porém costumam ser responsáveispela construção de outras capacidades individuais e coletivas que devem ser ponderadas na perspectiva do quepreconizam as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Enfermagem e as exigências domundo contemporâneo.


Subject(s)
Humans , Nursing Care/methods , Education, Nursing , Higher Education Institutions , Qualitative Research
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL