Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 3 de 3
Filter
Add filters








Type of study
Year range
1.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 26(2): 146-152, abr.-jun. 2018. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-952516

ABSTRACT

Resumo Objetivo: Selecionar, por meio da sensibilidade e da especificidade, os melhores pontos de corte da força de preensão manual como discriminador de risco para presença de multimorbidades em idosos. Método: Estudo transversal, realizado com 310 idosos com idade ≥ 60 anos, de ambos os sexos, residentes no município de Ibicuí, Bahia. Para identificação da força de preensão manual como discriminador de risco para presença de multimorbidades, foi adotada a análise das curvas Receiver Operating Characteristic (ROC), com intervalo de confiança de 95%. Posteriormente, foram identificados os pontos de corte com suas respectivas sensibilidades e especificidades. Resultados: A área total sob a curva ROC entre a força de preensão manual e a presença de multimorbidades foi de 0,59 (IC 95% = 0,52-0,67) para mulheres e de 0,58 (IC 95% = 0,50-0,67) para homens. Os melhores pontos de corte para discriminar a presença de multimorbidade foram, para mulheres e homens, respectivamente, 15,35 kgf (sensibilidade de 69,7% e especificidade de 52,2%) e 24,8 kgf (sensibilidade de 49,5% e especificidade de 68,4%). Conclusão: Os resultados encontrados neste estudo sugerem que a força de preensão manual pode ser utilizada como discriminador de risco para presença de multimorbidades em idosos.


Abstract Objective Select through sensitivity and specificity the best cutoffs for hand grip strength as a risk discriminator for presence of multimorbidities in the elderly. Method A cross-sectional study was conducted with 310 elderly individuals aged ≥60 years, of both genders, living in the municipality of Ibicuí, Bahia state, Brazil. Hand grip strength as a risk discriminator for presence of multimorbidities was identified by analysis of the Receiver Operating Characteristic (ROC) curves with 95% confidence interval. Subsequently, the cutoff points with their respective sensitivity and specificity values were identified. Results The total area under the ROC curve between hand grip strength and presence of multimorbidities was 0.59, 95% CI (0.52-0.67) for women and 0.58, 95% CI (0.50-0.67) for men. The best cutoff points to discriminate presence of multimorbidities were 15.35 kgf (69.7% sensitivity and 52.2% specificity) and 24.8 kgf (49.5% sensitivity and 68.4% specificity) for women and men, respectively. Conclusion Results suggest that hand grip strength may be used as a risk discriminator for presence of multimorbidities in the elderly.

2.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(2): 187-192, abr.-jun. 2008. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-527004

ABSTRACT

Em decorrências das transformações ocorridas no século XX, o contingente populacional de idosos cresceu rapidamente. Associado a este crescimento, ocorreu o fenômeno de transição epidemiológica, com maiorincidência de doenças crônicas não-transmissíveis. Este estudo teve como objetivo identificar alguns aspectossobre as condições de saúde de idosos em tratamento fisioterapêutico no setor de ortopedia da Clínica-Escola de Fisioterapia da Universidade Estadual da Sudoeste da Bahia. Trata-se de um estudo descritivo com delineamento transversal e abordagem retrospectiva. A população foi composta por 131 idosos, de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 60 anos. Utilizou-se uma ficha de avaliação adaptada para o interesse do estudo, sendo os dados extraídos dos prontuários dos pacientes em atendimento. A partir dos resultados,observou-se que 65,64% dos idosos pertenciam ao sexo feminino, 85,49% apresentaram a dor como queixaprincipal, 53,43% eram hipertensos, 33,59% possuíam diagnóstico clínico de artrose e 57,25% eram sedentários.Dessa forma, este estudo identificou as condições de saúde dos idosos, contribuindo assim para o planejamentoe implementação de políticas públicas voltadas à promoção da saúde, prevenção de incapacidades eenfermidades; além da realização de uma terapêutica adequada com base na funcionalidade e qualidade de vidadessa população.


Due to the changes occurred in the 20th century, the seniors' population increased significantly. Associated to thisgrowth, the phenomenon of epidemic transition with greater incidence of non-transmissible chronic diseasesappeared. The aim of this study was to identify some aspects of the elder health conditions under physical therapeutic treatment in the orthopedic sector of the Physiotherapy School Clinic of the University Estadual do Sudoeste da Bahia. It’s a descriptive, cross-sectional study with a retrospective approach. The population consisted of 131 elderly, of both sexes, 60 years of age or older. A form of assessment adapted for the purpose of the study was used, and the data was collected from the records of the patients under treatment. From theresults, it was observed that 65.64% of the elderly were female, 85.49% of them reported pain as main complaint,53.43% suffered from hypertension, 33.59% had arthritis and 57.25% lived a sedentary lifestyle. The presentstudy identified the health conditions of the elderly, thus contributing to the planning and implementation of publicpolicies geared to promote health, prevent diseases and disabilities, as well as the accomplishment of anappropriate therapy based on the functionality and quality of life of that population.


En consecuencia de las transformaciones ocurridas en el siglo XX, el contingente de población de ancianos creció rápidamente. Asociado a este crecimiento, ocurrió el fenómeno de transición epidemiológica, con unamayor incidencia de enfermedades crónicas no transmisibles. El objetivo del estudio fue determinar algunos aspectos sobre las condiciones de salud de ancianos en tratamiento fisioterapéuticos en el sector de ortopedia de la Clínica Escuela de Fisioterapia de la Universidad del Suroeste de Estado de Bahía. Se trata de un estudio descriptivo con un delineamiento transversal y enfoque retrospectivo. La población fue compuesta por 131 ancianos, de ambos sexos, con edad igual o superior a los 60 años. Se utilizó una ficha de evaluación adaptada para el interés del estudio, siendo los datos extraídos de los registros de los pacientes en atención. A partir de los resultados, se observó que el 65,64% de los ancianos pertenecían al sexo femenino, el 85,49% presentaron el dolor como principal queja, el 53,43% eran hipertensos, el 33,59% poseían diagnóstico clínico de artrosis y el 57,25% eran sedentarios. Por tanto, este estudio identificó las condiciones de salud de los ancianos,contribuyendo así para el planeamiento e implementación de políticas públicas orientadas a promover la salud,prevención de incapacidades y enfermedades; además de la realización de una terapéutica adecuada basada enla funcionalidad y la calidad de vida de esa población.


Subject(s)
Humans , Aged , Physical Therapy Specialty , Aged , Health Status , Health of the Elderly
3.
Rev. baiana saúde pública ; 31(2): 322-330, jul.-dez. 2007. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-489351

ABSTRACT

O processo de envelhecimento populacional, geralmente, está relacionado ao aparecimento de doenças não-transmissíveis, como as cardiovasculares, neurológicas e reumatológicas. Nesta perspectiva, este estudo teve por objetivo conhecer as condições de saúde de idosos em tratamento fisioterapêutico no setor de Neurogeriatria da Clínica Escola de Fisioterapia (CEF), da UESB. Trata-se de um estudo de caráter descritivo, com delineamento transversal e abordagem retrospectiva de agosto de 2005 a agosto de 2006. Os dados foram obtidos por meio de informações armazenadas nos prontuários dos pacientes atendidos na CEF naquele período. A população foi composta por 120 idosos de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 60 anos, sendo 56,7por cento do sexo feminino e 43,3por cento do masculino. A dor neuromuscular foi a principal queixa de saúde encontrada, acometendo 55por cento dos idosos. De modo geral, os idosos apresentam múltiplos problemas de saúde, destacando os cardíacos (36,66por cento), visuais (35,83por cento), ocorrência de quedas (28,33por cento) vasculares (22,50por cento) e os neurológicos (22,50por cento). Diante dos resultados, diversos fatores interferem nas condições de saúde dos idosos, podendo acarretar prejuízos na capacidade funcional, perda da autonomia/independência, comprometendo, assim, a qualidade de vida dessa população.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aged , Epidemiology, Descriptive , Health Status , Quality of Life , Brazil
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL