Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 2 de 2
Filter
Add filters








Year range
1.
Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online) ; 21(1): 271-280, Jan.-Mar. 2021. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1250686

ABSTRACT

Abstract Objectives: to describe life quality of women with HPV and analyze the accuracy of anal visual inspection with acetic acid and lugol compared to high-resolution anoscopy in the detection of anal intraepithelial lesions. Methods: diagnostic evaluation study conducted with adult solid-organ transplant recipients and/or diagnosed with HIV and/or with a history of anogenital neoplasia, attended at the High Resolution Anoscopy outpatient clinic between April and December 2018. To calculate the accuracy parameters, 87 women participated: 44 with lesions and 43 without them. The 44 women with lesions were also subjected to a descriptive study to assess their life quality using the SF-36 questionnaire. Results: it was observed that almost half of the women in the study practiced vaginal, anal and oral intercourse without condom. History of HPV infection and anogenital neoplasia were the most prevailing with percentages of 81% and 72.7%, respectively. In five out of the eight domains of SF-36 they did not perform well in regard to life quality. Visual inspection with acetic acid and lugol presented sensitivity of 22.7% and specificity of 100%. Conclusion: unsatisfactory life quality was evidenced. Direct visual inspection with acetic acid and lugol should not be used in trials to spot intraepithelial HPV lesions, for it presents low sensitivity.


Resumo Objetivos: descrever a qualidade de vida das mulheres com HPVe analisar aacurácia da inspeção visual anal com ácido acético e lugol comparada à anuscopia de alta resolução para detecção de lesão intraepitelial anal. Métodos: estudo de avaliação diagnostica realizado com mulheres adultas transplantadas de órgãos sólidos e/ou diagnosticadas com HIV e/ou com antecedente de neoplasia anogenital, atendidas no ambulatório de AAR entre abril e dezembro de 2018. Para cálculo dos parâmetros de acurácia, participaram 87 mulheres: 44 com lesões e 43 sem lesões. Das 44 mulheres com lesão, também foi realizado um estudo descritivo para a avaliar a qualidade de vida utilizando-seo questionário SF-36. Resultados: Observou-se que quase metade das mulheres do estudo são adeptas ao intercurso vaginal, anal e oralesem preservativo. Os antecedentes de infecção pelo HPV e neoplasia anogenital foram os mais prevalentes com valores de 81% e 72, 7% respectivamente. Cinco, dos oito domínios do SF-36, não apresentaram boa performance em relação à qualidade de vida. A inspeção visual com ácido acético e lugol apresentou sensibilidade de 22,7%o e especificidade de 100,0%o. Conclusão: evidenciou-se qualidade de vida insatisfatória. A inspeção visual anal direta com ácido acético e lugol não deve ser usada na triagem de lesões intraepiteliais por HPV, pois apresenta baixa sensibilidade.


Subject(s)
Humans , Female , Anus Neoplasms/diagnosis , Quality of Life , HIV Infections/diagnosis , Triage , Sickness Impact Profile , Squamous Intraepithelial Lesions/diagnostic imaging , Acetic Acid
2.
UNOPAR Cient., Ciênc. biol. saude ; 17(4)out. 2015. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-767245

ABSTRACT

Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) representam um grave problema de saúde pública e sua ocorrência cresce de modo significativo. O objetivo deste trabalho foi levantar dados epidemiológicos sobre a ocorrência de DTA e seus fatores causais na Zona da Mata Sul de Pernambuco, no período de 2006 a 2013. Trata-se de um estudo descritivo do tipo transversal. Os dados foram coletados por meio de relatórios do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), disponibilizados pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica localizado na cidade de Palmares-PE. Foram notificados e registrados doze surtos de DTA durante o período de estudo. Em 2013 ocorreu o maior número de notificações. Observou- se maior prevalência entre o gênero feminino e na faixa etária entre 10 a 19 anos. Os surtos em creche/escola e em instituições como alojamento e trabalho foram os mais frequentes, assim como a grande maioria das notificações ocorreu na zona urbana. O alimento identificado que mais causou surto foi a água. Não foi possível identificar o agente etiológico em 50% dos surtos. Diarreia foi o sintoma mais observado e o principal fator causal foi a conservação inadequada. Os resultados obtidos evidenciam a necessidade de orientar a população quanto às boas práticas de elaboração dos alimentos e aos riscos associados aos alimentos contaminados.


Foodborne Diseases (FBD) represents a serious public health problem and its occurrence increases significantly. The objective of this study was to survey epidemiological data on the occurrence of FBD and their causative factors in the south region of Zona da Mata of Pernambuco, from 2006 to 2013. This is a cross-sectional descriptive study. Data were collected through reports of the Information System for Notifiable Diseases (Sinan) provided by the Epidemiological Surveillance Department in the city of Palmares-PE. Twelve outbreaks of FBD were reported and recorded during the study period. In 2013 there was the largest number of reports. It was observed that the female and aged between 10 to 19 years-old were the most prevalent. Outbreaks in daycare/school and in institutions as accommodation and work were the most frequent, as well as the large majority of notifications occurred in the urban area. The food identified as a cause of more outbreaks was the water. Unable to identify the etiologic agent in 50% of the outbreaks. Diarrhea was the most common symptom observed and primary causal factor was the improper storage. The results demonstrate the need to target the population as to the best practices of food preparation and the risks associated with contaminated food.

SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL