Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 5 de 5
Filter
Add filters








Type of study
Year range
1.
Rev. bras. educ. méd ; 43(1,supl.1): 598-605, 2019. tab
Article in English | LILACS-Express | ID: biblio-1057622

ABSTRACT

ABSTRACT The evaluation of the General Competencies in undergraduate courses in the healthcare area remains challenging. Objectives To develop an instrument for supporting teaching staff in evaluating the General Competencies of undergraduate students in the healthcare area; to test the reliability of the instrument with teachers and students of the same working field; validate the instrument of General Competencies, directed to teachers and students from the health area. Methods the present was a Methodological study, approved by REC N. 826.770. The validation of the construct, criterion and content based on the National Curricular Guidelines (NCG), and the search for a theoretical framework were performed, as well as statistical tests such as alpha Cronbach, t Test, p-value, Factorial Analysis, Pearson's Correlation Coefficient and Akaike Information Criterion, which also ensured the reliability. The study was performed in a Higher Education Institution in Curitiba/PR, in the courses of Nursing, Biomedical Sciences, Pharmacy, Psychology and Medicine. The study population consisted of 50 evaluations of students and 50 of teachers, covering all the periods and courses during the second half of 2014. Results it was possible to create one model with three versions of instruments that evaluated the general competencies for the healthcare area courses. One of these was directed towards the general competencies of 10 courses in the healthcare area, subdivided in Health Care, Decision-making, Communication, Leadership, Administration and Management and Continuing Education, with one instrument directed at the student and another 'mirror' at the professor. The second and third versions had three dimensions: Health Care, Management in Healthcare and Education in Health, directed towards the general competencies of the new structure of the NCG of the medical course. The three versions also had an instrument for teachers and a mirror one for students. Conclusion To validate the instrument on General Competencies, directed to teachers and undergraduate students of health area courses, the theoretical search, the NCG and the experts' evaluation were used for Content Validity; the t Test, Chi-square Test and Pearson's correlation coefficient were used for Criterion Validation; statistical tests of exploratory and confirmatory factorial analysis and the AIC were used for Construct Validity; and Cronbach's alpha and the AIC were used for Content validity, using the same steps described for the first goal, to ensure the reliability of the instruments. After this process three versions of the instrument were developed, the first two to be used with teachers and with teachers and students together; and the third version is adequate to be used with students or teachers; and also, for teachers and students together. However, it can be used by all health courses studied.


RESUMO A avaliação das competências gerais nas graduações da área da saúde permanece desafiante. Objetivos Desenvolver um instrumento para apoiar os docentes na avaliação das competências gerais dos graduandos de cursos da área da saúde; testar a confiabilidade do instrumento com professores e estudantes do mesmo campo de atuação; validar o instrumento de competências gerais, direcionado aos professores e graduandos da área da saúde. Métodos A pesquisa foi do tipo metodológico, aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa nº 826.770. Foram realizadas a validação de constructo, a de critério e a de conteúdo com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) e na busca de referencial teórico, além de testes estatísticos como alfa de Cronbach, test t, valor de p, análise fatorial, correlação do coeficiente de Pearson e Akaike information criterion (AIC), que também garantiram a confiabilidade. O estudo foi desenvolvido em uma instituição de ensino superior de Curitiba (PR), nos cursos de Enfermagem, Biomedicina, Farmácia, Psicologia e Medicina, sendo a sua população composta de 50 avaliações de estudantes e 50 de professores, o que contemplou todos os períodos e cursos em andamento no segundo semestre de 2014. Resultados Foi possível a confecção de um modelo com três versões de instrumentos que avaliam as competências gerais para os cursos da área da saúde. A primeira englobou as competências gerais de 10 cursos da área da saúde, que se subdividem em: atenção à saúde, tomada de decisões, comunicação, liderança, administração e gerenciamento e educação permanente. A segunda e terceira versões contam com três dimensões, atenção à saúde, gestão em saúde e educação em saúde, voltadas para as competências gerais da nova formulação das DCNs do curso de Medicina. As três versões contam com um instrumento voltado para o professor e outro, espelho, dirigido ao estudante. Conclusão Para validar o instrumento sobre competências gerais, direcionado aos professores e graduandos de cursos da área da saúde, foram utilizadas, no que se refere ao seu conteúdo, a busca de referencial teórico, as DCNs e a avaliação de experts; para a validação de critério, o teste t, o teste χ2e a correlação de coeficiente de Pearson; e para validade de constructo, os testes estatísticos de análise fatorial exploratória e confirmatória e o AIC. Para validade de conteúdo, recorreu-se aos mesmos passos descritos para o primeiro objetivo, a fim de garantir a confiabilidade dos instrumentos, e empregaram-se o alfa de Cronbach e o AIC. Após esse processo, foi possível o desenvolvimento de três versões do instrumento, sendo as duas primeiras para utilização de professores e para professores e estudantes em conjunto; e a versão 3 foi apropriada para professores ou estudantes e ainda para professores e estudantes em conjunto, porém ela pode ser utilizada por todos os cursos da área da saúde estudados.

2.
Espaç. saúde (Online) ; 18(2): 55-62, dez. 2017. Tabelas
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-881993

ABSTRACT

O envelhecimento está relacionado ao surgimento das doenças crônicas que podem incapacitar, levando à necessidade de cuidados nas atividades da vida diária. Geralmente o familiar responsabiliza-se pelo cuidado. Este estudo objetivou descrever o perfil de cuidadores familiares de idosos dependentes cadastrados em uma unidade de saúde em Curitiba e analisar a sobrecarga do cuidador familiar. O método empregado foi exploratório descritivo, com abordagem quantitativa realizada em uma Estratégia de Saúde da Família com cuidadores familiares de idosos dependentes. Participaram 42 cuidadores de idosos, predominantemente filhos, com idade superior a 60 anos, sexo feminino, casados e cuidadores em tempo integral. Todos os cuidadores apresentaram sobrecarga. Os resultados evidenciam a importância dos profissionais de saúde darem maior atenção aos cuidadores familiares de idosos, pois a sobrecarga do cuidado vulnerabiliza os cuidadores para o surgimento de doenças (AU).


Aging is related to the appearance of chronic diseases that can be incapacitating, leading to the need for care in the activities of daily living. Generally, the family member takes the responsibility for the care. This study aimed to describe the profile of family caregivers of dependent elderly enrolled in a health care unit in the city of Curitiba, and to analyze the family caregiver overload. The method used was descriptive exploratory, with a quantitative approach, and was performed in a Family Health Strategy unit with dependent elderly people family caregivers. The participants included 42 caregivers of the elderly, predominantly their children, who were older than 60 years, female, married, and full-time caregivers. All caregivers had an overload. The results highlight the importance of health professionals giving greater attention to family caregivers of the elderly, because care overload makes the caregivers vulnerable to the emergence of diseases (AU).


Subject(s)
Humans , Female , Aged , Caregivers , Family Relations , Frail Elderly
3.
Espaç. saúde (Online) ; 18(2): 96-104-104, dez. 2017. Tabelas
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-882268

ABSTRACT

O objetivo do estudo foi avaliar a adesão dos profissionais de saúde nos cinco momentos da higienização das mãos nas Unidades de Terapia Intensiva de um hospital pediátrico por meio de informações obtidas no banco de dados da instituição. O método utilizado foi o exploratório, descritivo, de base documental e abordagem quantitativa, entre os profissionais que prestavam assistência aos pacientes. Foram incluídos os fisioterapeutas com maior adesão à Higienização das Mãos (HM), antes do contato com o paciente (100%). Os técnicos de enfermagem 138 de 312 (44,2%), médicos 55 de 172 (32%) e enfermeiros 42 de 135 (31,1%) foram os que menos realizaram a HM antes do contato com o paciente. Nota-se que a capacitação com a equipe multidisciplinar deve ser realizada continuamente com o intuito de conscientizar-se dos riscos e prevenir a infecção hospitalar que os pacientes estão expostos (AU).


The objective of the study was to evaluate the adherence by health professionals to the five moments of hand hygiene in the Intensive Care Units of a pediatric hospital through information obtained in the institution's database. The method used was exploratory, descriptive, documentary-based, with a quantitative approach, among the professionals who provided care to the patients. Physiotherapists with greater adherence to Hand Hygiene (HM), before contact with the patient (100%), were includedNursing technicians, 138 of 312 (44.2%); physicians, 55 of 172 (32%); and nurses, 42 of 135 (31.1%) were the ones who least performed HM before contact with the patient. Training with the multidisciplinary team should be carried out continuously in order to raise awareness of the risks, and prevent hospital infection to which patients are exposed (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Cross Infection , Hand Hygiene , Health Personnel , Intensive Care Units
4.
Cogitare enferm ; 19(1): 63-70, jan.-mar. 2014.
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-725207

ABSTRACT

Estudo utilizou abordagem qualitativa do tipo exploratório-descritivo e teve como objetivos investigar os fatores que contribuem para a satisfação e para a insatisfação no trabalho da equipe de enfermagem em Unidade de Terapia Pediátrica e propor estratégias de abordagem que favoreçam a satisfação em seu trabalho, segundo a percepção dos próprios membros da equipe. A coleta de dados foi realizada com 18 profissionais atuantes em UTI Pediátrica de dois hospitais do município de Curitiba-Paraná, de fevereiro a maio de 2011, utilizando-se a entrevista semiestruturada. Os resultados foram analisados utilizando a técnica de análise de conteúdo e mostram a percepção da complexidade que envolve ser profissional de enfermagem atuante em terapia intensiva, apontando e levando à reflexão sobre a relação dialógica entre cuidar e ser cuidado.


Estudio de abordaje cualitativo del tipo exploratorio descriptivo. Tuvo como objetivos investigar los factores que contribuyen para la satisfacción y para la insatisfacción en el trabajo del equipo de enfermería en Unidad de Terapia Pediátrica, así como proponer estrategias de abordaje que favorezcan la satisfacción en en trabajo, de acuerdo con la percepción de los propios miembros del equipo. Los datos fueron obtenidos con 18 profesionales actuantes en UTI Pediátrica de dos hospitales del municipio de Curitiba - Paraná, de febrero a mayo de 2011, utilizándose la entrevista semiestructurada. Los resultados fueron examinados por medio de la técnica de análisis de contenido y muestran la percepción de la complejidad de ser profesional de enfermería actuante en terapia intensiva, apuntando y promoviendo la reflexión sobre la relación de diálogo entre cuidar y ser cuidado.


This study used a qualitative approach of the exploratory-descriptive type and aimed to investigate the factors which contribute to the nursing team's work satisfaction and dissatisfaction in the Pediatric Intensive Care Unit, and to propose approach strategies which promote satisfaction in work, according to the perception of the team members themselves. Data collection was undertaken with 18 professionals working in Pediatric ICU in two hospitals in the city of Curitiba in the state of Paraná between February and May 2011, using semi-structured interviews. The results were analyzed using the technique of content analysis and show the perception of the complexity which is involved in being a nursing professional working in intensive care, indicating and leading to reflection on the dialogic relationship between caring and being cared for.


Subject(s)
Humans , Intensive Care Units , Motivation , Nurse's Role , Nursing, Team
5.
Cogitare enferm ; 17(2): 232-238, abr.-jun. 2012.
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: lil-693665

ABSTRACT

Estudo de abordagem qualitativa e de tipo exploratório-descritivo teve por objetivo investigar a percepção do professor sobre a inserção da equipe de Saúde da Família, apontando suas necessidades de informação. O estudo foi desenvolvido em 2010 com 12 participantes em 9 escolas estaduais de Curitiba-PR, utilizou-se para coleta de dados entrevista semiestruturada. Da análise de conteúdo emergiram quatro categorias: Interação entre profissionais de educação e profissionais de saúde; Inserção de profissionais de saúde na escola; Cuidados e informações aos alunos-adolescentes; e Desafios dos profissionais de educação ao trabalhar com alunos-adolescentes. Os temas indicados para abordagem foram violência, drogadição, doenças sexualmente transmissíveis, higiene, alimentação e autoestima. Os resultados indicaram a oportunidade de desenvolvimento de trabalho multidisciplinar no ambiente escolar e que a integração entre Escola e Estratégia da Saúde da Família é mandatória para o desenvolvimento de ações de prevenção e promoção à saúde junto aos escolares.


This exploratory-descriptive study with a qualitative approach aimed to investigate how teachers perceive the insertion of the Family Healthcare team, pinpointing their need for information. The study was developed in 2010 with 12 participants in 9 state schools in Curitiba in the state of Paraná, and used semi-structured interviews for collecting data. Four categories emerged from content analysis: Interaction between education professionals and health professionals; Insertion of healthcare professionals in schools; Care and information for adolescent students; and Challenges for education professionals in working with adolescent students. The themes indicated for approach were violence, drug addiction, sexually transmitted diseases, hygiene, nutrition and self-esteem. The results included the opportunity for the development of multidisciplinary work in the school environment and that integration of the school with the Family Health Strategy is mandatory for the development of actions for prevention and health promotion in company with the students.


Estudio de abordaje cualitativo y de tipo exploratorio y descriptivo cuyo objetivo fue investigar la percepción del profesor acerca de la inserción del equipo de Salud de la Familia, indicando sus necesidades de información. El estudio fue desarrollado en 2010 con 12 participantes en 9 escuelas estaduales de Curitiba-PR; fue utilizada para recoger los datos entrevista semi estructurada. Del análisis de contenido surgieron cuatro categorías: Interacción entre profesionales de educación y profesionales de salud; Inserción de profesionales de salud en la escuela; Cuidados e informaciones a los alumnos adolescentes; y Desafíos de los profesionales de educación al trabajar con alumnos adolescentes. Los temas indicados para abordaje fueron violencia, drogadicción, enfermedades sexualmente transmisibles, higiene, alimentación y autoestima. Los resultados indicaron la oportunidad de desarrollo de trabajo multidisciplinar en el ambiente escolar y que la integración entre Escuela y estrategia de la Salud de la Familia es esencial para el desarrollo de acciones de prevención y promoción a la salud junto a los estudiantes.

SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL