Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 53
Filter
1.
Rev. Bras. Cancerol. (Online) ; 68(1)jan./fev./mar. 2022.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1371163

ABSTRACT

A relação entre raça (e etnicidade) e adoecimento no Brasil é bastante sólida e evidente. A cor da pele de um indivíduo influencia significativamente na sua vida, no seu adoecimento e morte. Como exemplo atual sobre o tema, cabe mencionar a relação entre a mortalidade da doença pelo coronavírus 2019 (do inglês, coronavirus disease 2019 - covid-19) e a raça, cuja população de pretos tem uma taxa de mortalidade mais alta do que os brancos


Subject(s)
Humans , Male , Female , Tobacco , Tobacco Use Disorder , Tobacco Use Disorder/ethnology , Ethnicity , Racism , Tobacco Use , Brazil
2.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 37(11): e00152021, 2021. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1350409

ABSTRACT

Abstract: Evolving evidence shows that ultra-processed food consumption may increase exposure to chemicals used in food packaging and production, such as per- and poly-fluoroalkyl substances, phthalates, and bisphenols. Studies suggested that these contaminants may be transferred from mother to child through placenta, increasing concerns for both maternal and child health. This study aimed to investigate the association of maternal consumption of ultra-processed foods with newborn exposure to perfluoroalkyl substances (PFAS) in the PIPA Project (The Rio Birth Cohort Study on Environmental Exposure and Childhood Development). The pilot cohort study conducted with 131 pregnant women-child pairs in a public maternity school in Rio de Janeiro, Brazil, was assessed. Maternal dietary intake in the third trimester of pregnancy was evaluated using a qualitative food frequency questionnaire. Food items were classified as non-ultra-processed food and ultra-processed food using the NOVA system and regular consumption of ultra-processed foods was estimated. Newborns of pregnant women who weekly consumed three or more subgroups of ultra-processed food presented the highest level of PFAS (2.47ng/mL; 95%CI: 1.22; 3.72), compared to non-consumption of ultra-processed food investigated (0 ultra-processed food = 1.86ng/mL; 95%CI: 1.38; 2.50). Additionally, cluster analysis grouped ultra-processed food, fish, and PFAS levels. In conclusion, we found increased levels of PFAS in newborns whose mothers were higher consumers of ultra-processed foods.


Resumo: Evidências crescentes demonstram que o consumo de alimentos ultraprocessados pode aumentar a exposição a substâncias químicas utilizadas na produção e embalagem desses alimentos, como os compostos per- e polifluoroalquil, ftalatos e bisfenóis. Os estudos sugerem que esses contaminantes podem ser transferidos da mãe para o feto pela via transplacentária, o que aumenta as preocupações em relação à saúde tanto materna quanto infantil. O estudo buscou investigar a associação entre o consumo materno de alimentos ultraprocessados e a exposição intrauterina aos compostos perfluoroalquil (PFAS) no Projeto PIPA Rio - Projeto Infância e Poluentes Ambientais. Foi avaliada a coorte-piloto com 131 pares gestante-feto em uma maternidade-escola pública no Rio de Janeiro. A ingestão materna no terceiro trimestre da gestação foi avaliada com um questionário qualitativo de frequência alimentar. Os itens alimentares foram classificados entre não ultraprocessados e ultraprocessados, usando o sistema NOVA, e foi estimado o consumo regular de ultraprocessados. Os PFAS foram medidos no sangue do cordão umbilical. Os recém-nascidos de mães que haviam consumido três ou mais subgrupos de ultraprocessados por semana apresentaram os níveis séricos mais elevados de PFAS (2,47ng/mL; IC95%: 1,22; 3,72), comparado com nenhum consumo dos subgrupos de alimentos ultraprocessados (0 alimento ultraprocessado = 1,86ng/mL; IC95%: 1,38; 2,50). Além disso, a análise de clusters agrupou ultraprocessados, peixe e níveis de PFAS. Em conclusão, o estudo mostrou níveis elevados de PFAS em neonatos de gestantes com maior consumo de alimentos ultraprocessados.


Resumen: Evidencias recientes han mostrado que el consumo de comida ultraprocesada puede incrementar la exposición a sustancias químicas usadas en el empaquetado de comida y producción, tales como las sustancias per- y poli- fluoroalquílicas, ftalatos, y bisfenoles. Los estudios han sugerido que estos contaminantes pueden transmitirse de la madre al niño, a través de la placenta, incrementando los problemas de salud de la madre y el niño. El objetivo de este estudio fue investigar la asociación del consumo materno de comidas ultraprocesadas con la exposición de los recién nacidos a las sustancias perfluoroalquílicas (PFAS) en el Proyecto PIPA (Estudio de Cohorte de Nacimiento en Río sobre la Exposición Ambiental y Desarrollo en la Infancia). El estudio de la cohorte piloto evaluó a parejas constituidas por 131 mujeres embarazadas y sus hijo/as en una escuela de maternidad pública en Río de Janeiro, Brasil. Se evaluó la ingesta alimentaria materna en el tercer trimestre de embarazo, usando un cuestionario de calidad de frecuencia de la comida. Los ítems alimentarios fueron clasificados como no-comida ultraprocesada y comida ultraprocesada usando el sistema NOVA y se estimó el consumo regular de comidas ultraprocesadas. Las PFAS se determinaron en la sangre del cordón umbilical. Los recién nacidos de mujeres embarazadas que consumieron tres o más subgrupos de comidas ultraprocesada semanalmente presentaron el nivel más alto de PFAS (2,47ng/mL; IC95%: 1,22; 3,72), comparado con ninguno consumo de comida ultraprocesada (0 comida ultraprocesada = 1,86ng/mL; IC95%: 1,38; 2,50). Asimismo, el análisis de conglomerados agrupó comida ultraprocesada, pescado y niveles de PFAS. En conclusión, se encontraron niveles elevados de PFAS en recién nacidos, cuyas madres eran grandes consumidoras de comidas ultraprocesadas.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Infant, Newborn , Child , Fluorocarbons , Brazil , Energy Intake , Pilot Projects , Cohort Studies , Infectious Disease Transmission, Vertical , Diet , Food Handling
3.
Ciênc. Saúde Colet ; 24(8): 3013-3024, ago. 2019. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1011867

ABSTRACT

Resumo O Brasil foi um dos primeiros países do mundo a proibir os Dispositivos Eletrônicos de Fumar (DEFs), tal proibição foi motivada pela inexistência de evidências relativas às alegadas propriedades terapêuticas e da inocuidade destes produtos. Por conta de tal proibição, A Anvisa foi criticada, especialmente de grupos de usuários. Estes grupos argumentam que tal ação proibiu um produto que auxiliaria a cessação ao tabagismo e seria menos tóxico que os cigarros comuns. Assim sendo, surge o questionamento se esta decisão foi acertada ou não. Os dados disponíveis mostram que os DEFs possuem formulações diversas e algumas substâncias tóxicas são liberadas durante sua utilização em níveis significativos. Estudos em animais e em humanos demonstraram potencial efeito tóxico. Os DEFs também demostraram que podem afetar a saúde de fumantes passivos. Quanto a seu uso como ferramenta de cessação, os estudos ainda não são conclusivos. Observou-se também um alto grau de uso entre adolescentes em países que seu uso foi autorizado. Desta forma o Brasil ao proibir estes produtos, impediu que a população consumisse um produto sem comprovação que auxiliasse no tratamento do tabagismo, com indícios de significativa toxidade e altamente atrativo aos jovens.


Abstract Brazil was one of the first countries in the world to ban Electronic Smoking Devices (ESDs). This ban was motivated by the lack of evidence regarding the alleged therapeutic properties and harmlessness of these products. Anvisa was criticized for this move, especially by electronic cigarette's users groups. These groups argue that prohibition prevented people's access to a product that would aid smoking cessation and be less toxic than ordinary cigarettes. Thus, the question arises as to whether this decision was successful. Available data show that ESDs have diverse formulations and some toxic substances are released at significant levels during use. Studies in animals and humans have shown a potential toxic effect, also affecting the health of passive smokers. Studies are still inconclusive regarding its use as a cessation tool. A high level of use among adolescents was observed in countries whose use was authorized. Thus, Brazil's ban prevented the population from consuming a product that has not been proven effective toward smoking cessation, with indications of significant toxicity and highly attractive to young people.


Subject(s)
Humans , Animals , Adolescent , Smoking Cessation/methods , Smoke-Free Policy/legislation & jurisprudence , Electronic Nicotine Delivery Systems , Vaping/legislation & jurisprudence , Tobacco Smoke Pollution/adverse effects , Tobacco Smoke Pollution/legislation & jurisprudence , Tobacco Smoke Pollution/prevention & control , Brazil , Vaping/adverse effects , Vaping/prevention & control
4.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 35(7): e00198618, 2019. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1011709

ABSTRACT

Benzene is one of the most important substances for assessment, due to its significant use, the environmental contamination resulting from its emission and the effects on human health. It is classified by the International Agency for Research on Cancer (IARC) as a known carcinogen to humans (group 1) and associated with the development of leukemia. In general, the population is exposed to this substance by inhaling contaminated air, which varies according to the location and intensity of its potential sources. The petrochemical industry is one of the most important sources of this compound. The municipality of Duque de Caxias, specifically the Campos Elíseos district, in Rio de Janeiro State, Brazil, houses the Industrial Complex of Campos Elíseos (PICE), a grouping of over 25 industries, which includes the second largest oil refinery in Brazil. Environmental contamination from the PICE has been recognized, but there is a lack of studies concerning its impact on the health of the surrounding population. S-phenylmercapturic acid (S-PMA) concentrations ranging from 0.80 to 8.01μg.g-1 creatinine were observed in the local population, apparently related to hematological changes also observed in exposed population. The quantifiable presence of urinary S-PMA from the benzene metabolism is associated with the fact that 60% of the participants present specific hematological changes, which may be due to the environmental benzene exposure. The allele and genotype frequencies of the CYP2E1 and NQO1 enzymes observed in the study population were similar to those reported in other studies. The presence of the variant allele in the NQO1 genotype may be a risk factor for the observed hematological changes.


O benzeno é uma das substâncias mais importantes para a biomonitorização, em função do uso disseminado, da contaminação ambiental que resulta da emissão e dos efeitos sobre a saúde humana. O benzeno é classificado pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC) como carcinógeno conhecido em seres humanos (grupo 1) e está associado ao desenvolvimento de leucemias. Em geral, a população fica exposta a essa substância através da inalação do ar contaminado, que varia de acordo com a localização e a intensidade das fontes potenciais. A indústria petroquímica é uma das fontes mais importantes desse composto. O Município de Duque de Caxias, especificamente o Distrito de Campos Elíseos, no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, é sede do Polo Industrial de Campos Elíseos (PICE), um conjunto de mais de 25 indústrias que inclui a segunda maior refinaria de petróleo no Brasil. A contaminação ambiental produzida pelo PICE já é conhecida, mas faltam estudos sobre o impacto na saúde da população local. Foram observadas concentrações de ácido S-fenilmercaptúrico (S-PMA) entre 0,80 e 8,01μg.g-1 creatinina na população local, aparentemente implicadas nas alterações hematológicas também observadas na população exposta. A presença quantificável do S-PMA urinário do metabolismo do benzeno está associada ao fato de 60% dos participantes apresentarem alterações hematológicas específicas, o que pode ser devido à exposição ambiental ao benzeno. As frequências alélicas e genotípicas das enzimas CYP2E1 e NQO1, observadas na população do estudo, foram semelhantes àquelas relatadas em outros estudos. A presença da variante alélica do genótipo NQO1 pode ser um fator de risco para as alterações hematológicas observadas.


El benceno es una de las sustancias más importantes susceptibles de estudio, debido a su uso significativo, la contaminación ambiental resultante de sus emisiones y sus efectos sobre la salud humana. Está clasificado por el Centro Internacional de Investigaciones sobre el Cáncer (IARC) como un conocido carcinógeno para los humanos (grupo 1) y está asociado con el desarrollo de leucemias. En general, la población está expuesta a esta sustancia por inhalación de aire contaminado, que varía según el lugar y la intensidad de las emisiones. La industria petroquímica es un de las fuentes emisoras más importantes de este compuesto. La municipalidad de Duque de Caxias, específicamente el distrito de Campos Elíseos, en Río de Janeiro, Brasil, alberga el Complejo Industrial de Campos Elíseos (PICE), un conglomerado de más de 25 industrias, que incluye la segunda mayor refinería de petróleo en Brasil. La contaminación ambiental procedente del PICE ya ha sido reconocida, pero es notable la falta de estudios respecto a su impacto en la salud de la población circundante. Se observaron en la población local concentraciones de ácido s-fenilmercaptúrico (SPMA por sus siglas en inglés) que oscilan entre los 0,80 a 8,01μg.g-1 creatinina, aparentemente relacionadas con cambios hematológicos también hallados en la población expuesta. La presencia cuantificable de SPMA en la orina, procedente del metabolismo del benceno, está asociada con el hecho de que un 60% de los participantes presenta cambios específicos hematológicos, los cuales tal vez se deben a la exposición ambiental al benceno. Las frecuencias alélicas y genotípicas del CYP2E1 y enzimas NQO1 observadas en el estudio fueron similares a las reportadas en otros estudios. La presencia de la variante alélica en el genotipo NQO1 podría ser un factor de riesgo para los cambios hematológicos observados.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Polymorphism, Genetic/genetics , Acetylcysteine/analogs & derivatives , Benzene/adverse effects , Environmental Exposure/adverse effects , Acetylcysteine/urine , Brazil , Biomarkers/urine , Odds Ratio , Chemical Industry , Residence Characteristics/statistics & numerical data , Causality , Health Surveys/statistics & numerical data , NAD(P)H Dehydrogenase (Quinone)/analysis , NAD(P)H Dehydrogenase (Quinone)/genetics , Cytochrome P-450 CYP2E1/analysis , Cytochrome P-450 CYP2E1/genetics , Creatinine/urine , Gene Frequency/genetics , Hematologic Diseases/chemically induced
5.
Ciênc. Saúde Colet ; 23(11): 3903-3911, Oct. 2018. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-974754

ABSTRACT

Abstract Farming is a risky occupation, especially family farming in developing country. The occupational hazards commonly used in such activity could affect all family members, including children and adolescents. This study describes the pattern of pesticide exposure among students and their families from a farming region located in Nova Friburgo, State of Rio de Janeiro, Brazil. Sociodemographic characteristics, habits, working practices and the degree of exposure to pesticides were assessed by a questionnaire. Our study population consisted of students and family members of both sexes, aged between 6 and 85 years old (N = 352) being 167 women and 185 men. There was a predominance of participants between 10-19 years (71.3%), singles (77.5%), and most had not completed primary education (54.5%). In terms of occupation, 45.5% reported to be farmers and 39.6% were students. The variables mostly associated with pesticide exposure were sex (p < 0.001), educational level (p < 0.001), and being a farmer (p < 0.001). Our results showed that children and teenagers seemed to have the same degree of exposure to pesticides as the adults. Our findings also suggest that sex, occupation and educational level, despite teachers were included, are directly associated with degree of exposure.


Resumo Agricultura é uma ocupação de risco, principalmente a familiar em países em desenvolvimento. Os perigos ocupacionais comuns a essa atividade podem atingir a toda família, incluindo crianças e adolescentes. Este estudo descreve o padrão do uso de agrotóxicos entre estudantes e seus familiares em uma região agrícola localizada em Nova Friburgo, Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Características sociodemográficas, hábitos, práticas de trabalho e grau de exposição a agrotóxicos foram adquiridas através do uso de questionário. Nossa população de estudo consistiu em estudantes e seus familiares de ambos os sexos, entre 6 e 85 anos de idade (N = 352) sendo 167 mulheres e 185 homens. Houve a predominância de participantes entre 10 - 19 anos (71,3%), solteiros (77,5%), e a maioria com o ensino fundamental incompleto (54,5%). Quanto à ocupação, 45,5% reportaram-se como agricultores e 39,6% como estudantes. As variáveis mais associadas à exposição a agrotóxicos foram sexo (p < 0,001), nível educacional (p < 0,001) e ser agricultor (p < 0,001). Nossos resultados mostraram que crianças e adolescentes parecem ter o mesmo grau de exposição a agrotóxicos que adultos. Nossos achados também sugerem que sexo, ocupação e nível educacional, incluindo professores, estão diretamente associados ao grau de exposição.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Child , Adolescent , Adult , Aged , Aged, 80 and over , Young Adult , Pesticides/analysis , Family Health , Occupational Exposure/analysis , Occupational Health , Students/statistics & numerical data , Brazil , Sex Factors , Surveys and Questionnaires , Age Factors , Agriculture , Educational Status , Middle Aged
6.
Rev. bras. med. trab ; 15(4): 310-316, out.-dez. 2017.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-876748

ABSTRACT

Introdução: O estudo do perfil dos registros clínicos em prontuários de fumicultores favorece a discussão do estabelecimento do diagnóstico e do nexo causal com o trabalho. Objetivo: Identificar o perfil dos registros clínicos em prontuários de fumicultores. Método: Trata-se de um estudo descritivo de campo e documental com abordagem quantitativados registros em 149 prontuários de fumicultores que frequentaram Unidades Básicas de Saúde da Família de comunidades rurais do município de Arapiraca, Alagoas, no período de 2008 a 2013. Resultados: Foi identificado que 66% dos usuários são do sexo feminino, com média de idade de 58,6 anos (desvio padrão ­ DP±16,4). As queixas clínicas mais expressivas registradas nos prontuários estavam relacionadas à cefaleia (16,71%), seguida por dor lombar (10,20%), disúria ou outros problemas urinários (8,90%) e epigastralgia (8,30%). Quanto aos diagnósticos médicos, destacaram-se gastrite/epigastralgia (15,1%), depressão (7,1%), ansiedade (7,1%), mialgia (7,1%) e artrite/artralgia (5,3%). A correlação das queixas clínicas como trabalho desenvolvido pelos fumicultores foi registrada em apenas um prontuário. Conclusão: O perfil clínico dos fumicultores apresentado nos prontuários poderia estar associado às condições sociais e de trabalho e inter-relacionado com a intoxicação por agrotóxicos e nicotina. Porém, a escassez de registros contextualizando o ambiente e os riscos ocupacionais torna limitante o nexo causal. Pela relevância do quadro clínico-ocupacional desses trabalhadores, faz-se necessária a melhoria dos registros, o que poderia justificar os sintomas apresentados levando em consideração as relações temporais entre a exposição e o desfecho.


Background: The study of the profile of medical records of tobacco farmers contributes to discussions on the establishment of diagnosis and its causal correlation with work. Objective: To investigate the profile of clinical information in medical records of tobacco farmers. Methods: The present was a descriptive field and documentary study, with quantitative approach, of 149 medical records of farmers who visited basic health units in rural communities in the municipality of Arapiraca, Alagoas, Brazil, from 2008 to 2013. Results: About 66% of the investigated population was female, with average age 58.6 years old (standard deviation ­ SD±16.4). The most significant clinical complaint found in the records was headache (16.71%), followed by low back pain (10.20%), dysuria or other urinary problems (8.90%) and epigastric pain (8.30%). Medical diagnoses included gastritis (15.1%), depression (7.1%), anxiety (7.1%), myalgia (7.1%) and arthritis/arthralgia (5.3%). Correlation between clinical complaints and work performed by tobacco farmers was registered in one single medical record. Conclusion: The clinical profile of tobacco farmers described in the medical records might be associated with their social and work conditions and related to pesticide and nicotine poisoning. However, the scarcity of information on the environmental and occupational risk context limits the establishment of a causal link. As a function of the relevance of the occupational-clinical conditions of this population of workers, improvement of medical records is necessary, as the temporal relationship between exposure and outcomes might account for the occurrence of the reported symptoms.


Subject(s)
Pesticides/adverse effects , Medical Records , Occupational Health , Pesticide Exposure , Public Health Surveillance , Rural Population , Epidemiology, Descriptive
7.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 25(3): 362-370, jul.-set. 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-890023

ABSTRACT

Resumo Introdução O desenvolvimento científico e tecnológico, assim como a adoção de políticas públicas voltadas à redução do custo dos medicamentos, tem ampliado o acesso da população a alternativas terapêuticas, as quais incluem medicamentos genéricos, biossimilares, nanomedicamentos e complexos não biológicos. As categorias já comercializadas exigem procedimentos próprios para a garantia de sua qualidade, eficácia terapêutica e segurança. Nesse contexto, o presente estudo procura realizar uma avaliação do cenário atual no Brasil sobre esse tema, apontando para situações que certamente terão de ser enfrentadas em um futuro próximo. Metodologia Foi realizado um levantamento de dados nas bases eletrônicas MEDLINE, PubMed e SCIELO, buscando artigos originais, tanto em português quanto em inglês, indexados retrospectivamente até 1999. Foram utilizados termos de busca relevantes em língua portuguesa e inglesa. Mais de 50 artigos científicos foram encontrados. Resultados e Discussão A maioria dos artigos avaliados aponta problemas tanto na fabricação quanto no controle de medicamentos genéricos e biossimilares, seja no mercado internacional, seja no nacional. No entanto, novas formas medicamentosas estão sendo criadas e necessitam do desenvolvimento de legislação e de metodologias específicas para a garantia da qualidade desses produtos. Uma avaliação do atual sistema brasileiro de registro e controle da qualidade aponta falhas e, especialmente, falta de uma farmacovigilância mais bem estruturada e ativa no país. Conclusão O atual cenário demonstra que os órgãos responsáveis no país necessitam rever a atual sistemática utilizada na fabricação e controle de medicamentos e aprimorá-la, bem como se preparar para o enfrentamento de outras demandas, algumas ainda mais complexas, que já se encontram em desenvolvimento.


Abstract Introduction Scientific and technological development, as well as the adoption of public policies aiming drugs cost reduction, has broadened the population's access to therapeutic alternatives. These alternatives include generic drugs, biosimilars, nanomedicines and non-biological complexes. Already marketed categories require their own procedures to guarantee their quality, therapeutic efficacy and safety. This article assesses the current Brazilian scenario in this regard, pointing to situations that will surely have to be addressed in a near future. Methodology Data was obtained in the electronic databases MEDLINE, PubMed and SCIELO, searching for original articles, both Portuguese and English, retrospectively indexed back to 1999 using relevant search terms, both in English and in Portuguese. More than 50 scientific articles were found. Results and Discussion Most of the evaluated articles point to problems both in the manufacture and in the control of generic and biosimilar drugs. In fact, scientific publications have proven these problems in the most varied markets including Brazilian. On the other hand, new drug forms are being created and need the development of legislation and specific methodologies to guarantee the quality of these products. An evaluation of the current Brazilian system of registration and quality control points out some flaws and especially the lack of a better structured and active pharmacovigilance in the country. Conclusion The current scenario demonstrates the need of the responsible organs in the country to review the current system and improve it, as well as to prepare for the confrontation with other, even more complex, demands that are already under development.

8.
Rev. bras. saúde ocup ; 42(supl.1): e2s, 2017. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-844258

ABSTRACT

Resumo Introdução: a avaliação de uma exposição mensura sua intensidade, frequência e duração, podendo detectar danos precoces que, se ignorados, podem evoluir para um quadro nocivo. Nos campos da saúde ambiental e ocupacional, os biomarcadores de genotoxicidade tem sido largamente utilizados para essa avaliação. Objetivo: identificar, descrever e discutir os principais bioindicadores de genotoxicidade e seu uso conjunto com técnicas de avaliação de expressão gênica em estudos de exposição ocupacional ao benzeno em postos de revenda de combustíveis (PRC). Métodos: revisão bibliográfica de trabalhos publicados entre 1995 e 2015. Resultados: as técnicas identificadas foram: ensaio cometa, estresse oxidativo, micronúcleos, aberrações cromossômicas, polimorfismos, adutos de DNA e proteínas, fatores epigenéticos e expressão gênica. Foi observado que testes de danos genéticos e epigenéticos são utilizados em frentistas de PRC que participam de programas de saúde do trabalhador ou de pesquisas, embora um baixo número de publicações sobre o tema tenha sido identificado. Esse fato talvez possa ser explicado pelos poucos países onde a profissão persiste e pelas limitações para o desenvolvimento de pesquisas nesses países. Conclusão: os bioindicadores de genotoxicidade e as técnicas de expressão gênica são úteis na detecção de dano precoce desta exposição ocupacional e devem ser avaliados em conjunto.


Abstract Introduction: an exposure evaluation measures its intensity, frequencyand duration, detecting premature damage that, if ignored, might develop into a harmful framework. On environmental and occupational health fields, genotoxicity biomarkers have been widely used for this evaluation. Objective: to identify, describe and discuss main genotoxicity biomarkers and their use together with gene expression evaluation techniques in studies concerning occupational exposure to benzene in gas stations (GS). Methods: bibliographical review of studies published between 1995 and 2015. Results: the following techniques were identified: comet assay, oxidative stress, micronuclei, chromosomal aberrations, polymorphisms, DNA and protein adducts, epigenetic factors and gene expression. We observed that genetic and epigenetic damage tests are used in gas station attendants who participate in worker’s health programs or in researches, although a short number of publications on the theme have been identified. This can be explained by the small number of countries where such job still exists and by the limitations for developing research in such countries. Conclusion: genotoxicity biomarkers and gene expression techniques are useful for detecting the premature damage resulting from this occupational exposure and must be jointly evaluated.

9.
Rev. bras. saúde ocup ; 42(supl.1): e1s, 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-844259

ABSTRACT

Resumo Introdução: o benzeno é uma substância de reconhecida toxicidade e sua biomonitorização torna-se fundamental para a prevenção de danos à saúde humana, principalmente em situações de exposição ocupacional. Dentre os biomarcadores de exposição, o ácido S-fenilmercaptúrico é considerado o único específico, mas, devido a suas baixas concentrações na urina, é requerido o uso de técnicas analíticas sensíveis capazes de quantificar traços. Objetivo: revisar metodologias baseadas na cromatografia e na espectrometria de massas para a determinação do ácido S-fenilmercaptúrico. Método: revisão da literatura sobre a determinação do ácido S-fenilmercaptúrico urinário por técnicas de cromatografia e espectrometria de massas, nas principais bases de dados científicas, considerando o período entre 1951 e 2015. Resultados: 120 documentos serviram como base teórica para a construção desta revisão. A técnica analítica mais empregada foi o acoplamento da cromatografia a líquido com a espectrometria de massas. Contudo, os métodos diferem quanto ao preparo das amostras. Conclusão: o alto custo de aquisição e a manutenção de equipamentos são fatores limitantes para a difusão dos sistemas de cromatografia e espectrometria de massas. No entanto, sua elevada sensibilidade e seletividade faz com que essas técnicas, acopladas, possibilitem elucidar situações de exposição ocupacional e ambiental a poluentes, como o benzeno.


Abstract Introduction: benzene is a substance of recognized toxicity and its biomonitoring of exposure becomes critical for preventing health damages, especially in occupational exposure situations. Among all the biomarkers of exposure, S-phenylmercapturic acid is considered the only specific one, but due to its low concentrations in urine, acute analytical techniques capable of quantifying traces must be used. Objective: to review methodologies based on chromatography and mass spectrometry for determination of S-phenylmercapturic acid. Method: literature review on the determination of urinary S-phenylmercapturic acid by chromatographic techniques and mass spectrometry in the main scientific databases, considering the period between 1951 and 2015. Results: 120 documents served as theoretical basis for the construction of this review. The analytical technique that was most applied was the coupling of liquid chromatography with mass spectrometry. However, the methods differ according to the preparation of samples. Conclusion: the high cost of equipment acquisition and maintenance are limiting factors for the diffusion of chromatography systems and mass spectrometry. Nevertheless, its high sensitivity and selectivity enable these coupled techniques to elucidate situations of occupational and environmental exposure to pollutants, such as benzene.

10.
Rev. bras. saúde ocup ; 42(supl.1): e8s, 2017. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-959296

ABSTRACT

Resumo Introdução: trabalhadores de postos de combustíveis estão expostos às diversas substâncias químicas presentes no ambiente de trabalho, destacando-se entre elas o benzeno, devido às suas propriedades carcinogênicas. Objetivo: avaliar os danos genotóxicos relacionados à exposição ocupacional ao BTEX (benzeno, tolueno, etilbenzeno, xilenos) em trabalhadores de cinco postos de combustíveis do município do Rio de Janeiro, RJ. Metodologia: foram analisadas concentrações de BTEX no ar; atividades das enzimas catalase e glutationa S-transferase; e ensaio cometa em amostras de sangue total de 97 trabalhadores. Resultados: as concentrações de BTEX estavam dentro dos valores preconizados pela NR 15, incluindo Anexo 13-A. Entretanto, uma oscilação nos resultados de ensaio cometa foi observada entre os trabalhadores dos diferentes postos de combustíveis, principalmente em trabalhadores de postos com menores concentrações de benzeno. Discussão: esse resultado está de acordo com a literatura científica atual, que indica uma curva dose-resposta supralinear para o benzeno, observando-se em baixas concentrações um aumento não linear do risco de leucemia, provavelmente relacionado à maior metabolização do benzeno e à maior produção de seus metabólitos tóxicos nessas concentrações. Conclusão: os resultados deste estudo sugerem que a exposição ao BTEX, mesmo em baixas concentrações, contribui para o risco genotóxico à saúde humana.


Abstract Introduction: gas station workers are exposed to several chemicals in their workplace, highlighting benzene, due to its carcinogenic properties. Objective: to assess the genotoxic damage related to occupational exposure to BTEX (benzene, toluene, ethylbenzene, xylenes) in workers of five gas stations in Rio de Janeiro, RJ. Methods: analysis of BTEX concentrations in the air were carried out; as well as activities of catalase and glutathione S-transferase; and comet assay in whole blood samples of 97 workers. Results: BTEX levels were within the Brazilian threshold levels recommended by the NR 15, including Annex 13-A. However, an oscillation of the comet assay results was observed among workers of different gas stations, mainly in workers from gas stations with lower concentrations of benzene. Discussion: this result is in accordance with the current international scientific literature that indicates a supralinear exposure-response curve for benzene. In lower concentrations we could observe a high non-linear risk of leukemia, probably due to a greater benzene metabolism and a higher production of its toxic metabolites. Conclusion: the results of this study suggest that exposure to BTEX, even in low concentrations, contributes to genotoxic risk to human health.

11.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 24(2): 262-273, abr.-jun. 2016. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-792904

ABSTRACT

Abstract Great response variability caused by genetic and/or environmental factors has been observed among organisms exposed to hazardous chemicals. This subject has been a topic of intense discussion in the USA since President Obama announced support for an “era of precision medicine”, which consists in the inclusion of genetic data of patients in the treatment design, imposing a new approach to risk assessment. Personalized evaluation must consider the phenotypic factors of an individual. Among the markers that have been developed to evaluate any alteration in the structure or function of organisms, biomarkers of susceptibility are of great importance because they indicate the natural characteristics of a given organism which make it more sensitive to a specific adverse effect or disease, or more responsive to exposure to a specific chemical/drug. The ‘-omics’ technologies provide an insight into the relationship between chemical effects and molecular mechanisms of action. These technologies are the pillars for a personalized toxicology and precision medicine. Predictive toxicology requires a more comprehensive knowledge on specific individual factors or susceptibilities predisposing to diseases, enabling personalized risk assessment and adequate medical treatment.


Resumo Há uma grande variabilidade nas respostas observadas entre os organismos expostos a uma substância química perigosa. Essa variabilidade é causada por causas genéticas e / ou ambientais. Esse assunto tem sido intensamente discutido, mesmo nos Estados Unidos, desde que o presidente Obama anunciou o apoio a uma “era da medicina de precisão”, a qual consiste na inclusão de dados genéticos do paciente no projeto do tratamento, impondo uma nova abordagem para avaliação de risco. A avaliação personalizada deve considerar fatores fenotípicos de um indivíduo. Entre os biomarcadores que foram desenvolvidos para avaliar qualquer alteração da estrutura ou função do organismo, os biomarcadores de susceptibilidade têm uma grande importância, uma vez que indicam as características naturais de um dado organismo, que o tornam mais sensíveis a um efeito ou doença adversa específica ou em resposta a uma determinada exposição. As tecnologias “ômicas” permitem a compreensão da relação entre os efeitos químicos e dos mecanismos moleculares de ação. Essas tecnologias “ômicas” são os pilares para a toxicologia personalizada e para a medicina de precisão. Toxicologia preditiva exige uma melhor compreensão dos fatores ou susceptibilidades individuais específicas predisponentes a doenças, permitindo uma avaliação de riscos personalizada e um tratamento médico adequado.

12.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 22(4): 329-342, Oct-Dec/2014. graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-741377

ABSTRACT

O uso indiscriminado de um número cada vez maior de substâncias químicas vem aumentando e a contaminação ambiental associada tem trazido sérias consequências para o sistema público de saúde devido à elevação de danos para a saúde humana. Uma das substâncias que desperta grande interesse devido à contaminação contemporânea é o benzeno, composto aromático classificado pela International Agency for Research on Cancer como reconhecidamente carcinogênico para humanos. O objetivo do presente estudo foi elaborar e discutir um panorama sobre a contaminação por benzeno, seu metabolismo, consequências para a saúde e sua determinação ambiental e biológica a partir de informações existentes na literatura científica. O levantamento de dados possibilitou o acesso a mais de 200 artigos científicos tanto de âmbito nacional quanto internacional, demonstrando a atualidade do tema e a necessidade de minimização da exposição humana a essa substância. A maioria preocupa-se em explorar o metabolismo e investigar indicadores de exposição, muitos já amplamente estudados e com sérias limitações. Contudo, um crescente número de pesquisadores estão empenhados em elucidar fatores relacionados à suscetibilidade e à interferência da exposição no material genético e proteico. Indicadores de exposição inovadores têm sido propostos com o objetivo de complementar as lacunas de informações anteriormente obtidas, contribuindo para o delineamento da estrutura da biologia de sistemas orgânicos frente à exposição ao benzeno.


The indiscriminate use of an increasing number of chemicals is growing and associated environmental contamination has brought serious consequences for the public health system due to rising damage to human health. One of the substances that have attracted great interest due to contemporary contamination is benzene, aromatic compound classified by International Agency for Research on Cancer as a carcinogen known. The aim of this study was develop and discuss an overview of the contamination by benzene, its metabolism, health endings and their environmental and biological determination based on literature data existing. The survey provided access to more than 200 scientific papers, both nationally and internationally, demonstrating the relevance of the topic and the need to minimize human exposure to this substance. The majority is concerned with exploring the metabolism and investigates indicators of exposure, many already widely studied and with serious limitations. However, a growing number of researchers are committed to elucidate factors related to interference susceptibility and exposure on protein and genetic material. Indicators of innovative exhibition has been proposed with the aim of complementing gaps of information previously obtained, contributing to the design of the structure of the organ biology systems upon exposure to benzene.

13.
Epidemiol. serv. saúde ; 23(3): 553-558, jul.-set. 2014.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-731528

ABSTRACT

Para viabilizar a futura realização de um Inquérito Nacional de Populações Expostas a Substâncias Químicas, executou-se um projeto-piloto para examinar a exequibilidade, testar e adequar metodologias e estabelecer parcerias. Foram realizados três estudos de corte transversal, respectivamente, com doadores de sangue residentes na Região Metropolitana de São Paulo-SP, conscritos do Exército Brasileiro e crianças escolares residentes no município do Rio de Janeiro-RJ, mediante aplicação de questionários e coleta de material biológico (sangue venoso e capilar, unha e cabelo) para análise de metais e compostos organoclorados persistentes. Concluiu-se que é viável a realização de um Inquérito Nacional, embora a estratégia de obtenção das amostras biológicas deva ser definida para cada subgrupo da população. Recomenda-se aproveitar as estruturas de serviços existentes para obtenção de amostras, utilizar matrizes tradicionais para maior comparabilidade e garantir sua realização periódica.


To enable the future establishment of a National Survey of Populations Exposed to Chemical Substances, a pilot study was conducted to assess the feasibility, to test and adjust methodologies, and to establish partnerships. Three cross-sectional studies were performed: with blood donors residents in the Metropolitan Region of São Paulo, Brazilian army conscripts and schoolchildren living in the city of Rio de Janeiro, by applying a questionnaire and collecting biological material (capillary and venous blood, nail and hair) for the analysis of metals and persistent organochlorine compounds. We concluded that it is feasible to carry out a National Survey, but the strategy for obtaining the biological samples must be set for each sub-group of the population. Moreover, it is recommended to take advantage of the structures of existing services for obtaining samples to maintain the comparability and ensure their periodicity.


Para hacer viable la futura realización de una Encuesta Nacional de Poblaciones Expuestas a Sustancias Químicas, se ejecutó un proyecto piloto para examinar la posibilidad de ejecutar, probar y adecuar metodologías y establecer colaboraciones. Se realizaron tres estudios de corte transversal, respectivamente, con donantes de sangre residentes en la Región Metropolitana de São Paulo-SP, conscriptos del Ejército Brasileño y niños escolares residentes en el municipio de Rio de Janeiro-RJ, mediante aplicación de cuestionarios y colecta de material biológico (sangre venosa y capilar, uña y pelo) para análisis de metales y compuestos organoclorados persistentes. Se concluye que es viable la realización de una Encuesta Nacional, aunque la estrategia para la obtención de las muestras biológicas deba ser definida para cada subgrupo de la población. Se recomienda aprovechar las estructuras de servicios existentes para obtener las muestras, utilizar matrices tradicionales para una mejor comparación y garantizar su realización periódica.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Child , Chemical Pollutants , Environmental Exposure , Epidemiological Monitoring , Cross-Sectional Studies
14.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 22(2): 142-149, 2014. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-718154

ABSTRACT

Atualmente, a substância utilizada para o combate do vetor da dengue é o diflubenzuron, um larvicida que possui como principal efeito no ser humano a formação demetemoglobina. A determinação do percentual de metemoglobina (MHb) no sangue permite estabelecer a relação com a exposição ao diflubenzuron, sendo utilizada como indicador de efeito. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a efetividade do uso da MHb como indicador da exposição ao diflubenzuron por meio da determinação de sua concentração no sangue de guardas de endemias atuantes em dois municípios do Estado do Rio de Janeiro. Para a avaliação da MHb, foi utilizado o método de análise preconizado por Evelyn-Malloy, a espectrofotometria no visível λmáx=630 nm, e as informações complementares foram obtidas por intermédio da aplicação de questionários semiestruturados. Foi observado que a maioria dos trabalhadores não fazia uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) e atuava em condições de trabalho insalubres e sem treinamento adequado. Houve redução de cerca de 0,05% da concentração da MHb após a exposição ao diflubenzuron, com correlação inversa deste indicador de efeito com a variável fumo (R= -0,742; p=0,035). Dado que a MHb pode ser formada após exposição a diversas substâncias químicas e considerando as dificuldades na logística de execução desta análise, estudos sobre novos biomarcadores mais sensíveis e seletivos são necessários.


Currently, the substance used to combat the dengue vector is diflubenzuron, a larvicide which produces methemoglobin (MHb) in humans. During his working process, applicators may be exposed to this substance at different levels, which depend on the care they adopt in handling and application. Knowing the profile of workers is important to characterize the population and assess the risks they face. The determination of the percentage of MHb in the blood allows to establish a relationship with exposure to diflubenzuron, being used as an indicator of effect. The objective of this study was to evaluate the extent to which these factors can affect the exposure of active endemic guards in two municipalities of the State of Rio de Janeiro contributed to a better understanding of the issues arising from this work process. It was observed that most workers did not use Personal Protective Equipment (PPE) and worked in unsafe working conditions and without proper training. Was observed a large difference in knowledge of the risks arising from the work they perform in the two counties, showing weaknesses in the basic training of these professionals. There was a reduction of about 0.05% of the MHb concentration after exposure to diflubenzuron, with an inverse correlation between this indicator variable effect with smoking (R= -0.742; p=0.035). Since MHb can be formed after exposure to various chemicals and considering the logistical difficulties in implementing this analysis, studies on new more sensitive and selective biomarkers are needed. .

15.
Ciênc. saúde coletiva ; 18(11): 3235-3243, Nov. 2013. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-690782

ABSTRACT

Foi monitorado o impacto do tratamento combinado de lixiviado e esgoto doméstico de uma estação de tratamento operando em escala piloto por processo de lodos ativados, sobre peixes do gênero Tilapia: Biomarcadores de toxicidade (concentração de metalotioneínas, atividade da acetilcolinesterase, metábolitos de HPA e presença de micronúcleos) foram utilizados na avaliação dos riscos de danos aos organismos aquáticos devido à interação com poluentes contidos nos efluentes pós-tratamento. A concentração de metalotioneínas não apresentou variação significativa entre os grupos expostos e de controle. A atividade da enzima acetilcolinesterase foi inibida em apenas um dos grupos expostos, indicando possível presença de agentes inibidores no efluente tratado. A avaliação dos metabólitos dos HPA naftaleno, pireno, benzo(a)pireno e 1-hidroxipireno sinalizou a provável presença desses compostos em ao menos um dos afluentes do tratamento combinado. As frequências de micronúcleos e outras anormalidade nucleares eritrocitárias também apontam para maior incidência de danos genotóxicos em células dos organismos expostos do que nos controles. O uso de biomarcadores mostrou-se importante para possibilitar uma avaliação de danos subletais presentes em organismos expostos à fonte de poluição estudada.


The impact on tilapia fish of combined treatment of landfill leachate and domestic sewage was monitored in a waste treatment plant that operated on a pilot scale using the activated sludge process. Biomarkers of sub-lethal toxicity were used to indicate the possibility of damage to organisms due to interaction with pollutants. The concentration of metallothioneins did not indicate the increased presence of metals in fish exposed than in control groups. Acetylcholinesterase enzyme activity was inhibited in only one of the exposed groups, indicating the possible presence of organophosphate and/or carbamate pesticides in treated effluent. The PAHs used as biomarkers (naphthalene, pyrene, benzo(a)pyrene and 1-hydroxypyrene) indicated that exposed fish had a greater absorption of PAHs than control groups of fish, indicating the likely presence of these compounds in at least one of the combined treatment effluents. The frequencies of micronuclei and other erythrocytic nuclear abnormalities also indicate greater genotoxic damage in cells of organisms exposed than in control groups. The use of biomarkers proved to be important to permit an evaluation of sub-lethal damage present in organisms exposed to the pollution source studied.


Subject(s)
Animals , Biota , Environment , Sewage , Solid Waste , Tilapia , Waste Disposal Facilities , Brazil , Ecotoxicology
16.
Rev. bras. saúde ocup ; 37(125): 78-88, jan.-jun. 2012. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-643132

ABSTRACT

OBJETIVO: identificar e discutir alguns dos principais riscos associados ao uso de agrotóxicos na produção de soja do estado de Mato Grosso. MÉTODO: estudo exploratório descritivo, de caráter preliminar, realizado entre 2008 e 2009 e baseado em triangulação metodológica que incluiu: análise de banco de dados agrícola; análise de indicadores biológicos da exposição a agrotóxicos; e análise da contaminação de água de chuva por esses agentes químicos. RESULTADOS: a análise dos dados de consumo mostra um elevado e crescente uso de agrotóxicos, em particular o do herbicida glifosato. A análise da água de chuva mostrou presença de resíduos de diferentes agrotóxicos, ampliando o risco para além do ambiente de trabalho. Essa exposição ambiental foi detectada pela análise de indicadores biológicos de exposição a agrotóxicos junto a trabalhadores e moradores de áreas próximas às zonas de plantio. CONCLUSÃO: os dados do estudo apontam para a necessidade de um monitoramento ambiental e de saúde permanente em áreas produtoras de soja como parte das estratégias de vigilância em saúde do trabalhador e ambiental.


OBJECTIVE: To identify and to discuss some of the major risks associated to pesticide use in the soybean production in Mato Grosso State, Midwestern Brazil. METHOD: It is a descriptive exploratory pilot-study that was carried out between 2008 and 2009, using methodological triangulation, comprising the following: analysis of an agricultural database, analysis of biological indicators of pesticide exposure, and analysis of rainwater contamination by these chemicals. RESULTS: Analysis of pesticides consumption data showed a high and growing use of pesticides in soybean production, particularly glyphosate. Rainwater analysis evidenced the occurrence of different pesticide residues, indicating the amplification of the risks beyond workplace. This environmental exposure was also detected by biological indicator analysis among workers and residents of the plantation neighboring areas. CONCLUSION: The study data indicate the need for permanent environmental and human health monitoring in soybean production areas as part of workers' health and environmental surveillance strategies.


Subject(s)
Agriculture , Environmental Health , Occupational Risks , Pesticides/adverse effects , Rural Health , Rural Workers , Soybeans
17.
Ciênc. saúde coletiva ; 17(6): 1543-1555, jun. 2012. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-626678

ABSTRACT

O presente trabalho utiliza como instrumento de análise o Modelo de FPEEEA (OMS) visando a caracterização dos riscos à saúde do trabalhador rural e ao ambiente decorrentes do uso intensivo de agrotóxicos no estado do Rio de Janeiro, a partir do levantamento de documentos oficiais públicos e de revisão de literatura (nacional e internacional). Enfatizam-se os dois principais ramos representativos do estado: a agricultura familiar na Região Serrana e a monocultura da cana-de-açúcar na região Norte Fluminense. Resultados mostram que grande parte dos determinantes identificados na Matriz FPEEEA encontra-se relacionada às deficiências nas ações de fiscalização e vigilância do uso de agrotóxicos e de assistência técnica por parte do Poder Público, no estado do RJ. A maioria das ações desenvolvidas, no estado, se concentra no enfrentamento dos efeitos e, em menor escala, da exposição, deixando de focar os níveis mais superiores da matriz (como as forças motrizes e a pressão), apontados por diferentes autores como mais adequados ao enfrentamento de problemas complexos e sistêmicos como o objeto do presente estudo. Buscou-se habilitar a aplicação do Modelo FPEEEA para o subsídio de ações de vigilância em saúde ambiental e em saúde do trabalhador.


This paper seeks to apply the DPSEEA model (WHO) to identify major health risks to rural workers and the environment associated with the intensive use of pesticides in the State of Rio de Janeiro, based on an analysis of official public documents and a review of the (national and international) literature. It emphasizes the two main representative branches of agriculture in the state: family farming in the mountain region and the monoculture of sugarcane in the flatlands. Results show that the bulk of the determinants identified in the DPSEEA Matrix are related to deficiencies in actions for monitoring and surveillance of pesticide use, as well as a lack of technical assistance provided by the Public Sector in Rio de Janeiro State. Most of the actions developed in the state address the effects of pesticide exposure and, to a lesser extent, exposure to these chemicals, failing to focus on the higher levels of the matrix (such as driving forces and pressure). These are considered, by several authors, as the most appropriate when tackling the complex and systemic issues, such as the scope of this paper. By means of this study, an attempt was made to enable the application of the DPSEEA Model to assist in environmental and occupational health surveillance initiatives.


Subject(s)
Humans , Agriculture/standards , Agriculture/statistics & numerical data , Models, Statistical , Occupational Exposure/standards , Occupational Exposure/statistics & numerical data , Occupational Health/standards , Occupational Health/statistics & numerical data , Pesticides/adverse effects , World Health Organization , Brazil , Public Health , Risk Assessment , Rural Health
18.
Ciênc. saúde coletiva ; 17(6): 1557-1568, jun. 2012. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-626679

ABSTRACT

O presente trabalho objetivou analisar a contaminação de águas superficiais e de chuvas por agrotóxicos em dois municípios do estado do Mato Grosso, Lucas do Rio Verde e Campo Verde, situados entre os maiores produtores de soja, milho e algodão do estado e do país. A metodologia analítica combinou o uso de técnicas cromatográficas em amostras de água superficial e de chuva com análises ecotoxicológicas do impacto da contaminação por agrotóxicos sobre espécies bioindicadoras. Resultados das análises mostraram a presença de resíduos de diferentes agrotóxicos nas amostras de águas superficiais e de chuva coletadas nos dois municípios. Associados a estes dados, resultados das análises ecotoxicológicas mostraram a presença de anomalias em uma espécie de anfíbio anuro coletado em uma das duas localidades, compatíveis com exposição a agrotóxicos. Os resultados aqui apresentados e discutidos apontam para a degradação da qualidade de recursos hídricos da região, causada pelo uso intensivo de agrotóxicos na agricultura, incluindo fontes de água de consumo humano e de chuvas, amplificando o risco de contaminação para além das áreas de plantio.


This study sought to analyze groundwater and rainwater contamination by pesticides in two municipalities (Lucas do Rio Verde and Campo Verde) of Mato Grosso state. The area is Brazil's mid-west situated among the major soybean, corn and cotton producers in the state and the country. The analytical methodology combined chromatographic techniques on groundwater and rainwater samples with eco-toxicological analyses of the impacts of contamination by pesticide on bio-indicator species. The results revealed the presence of different pesticide residues in the groundwater and rainwater samples collected in the two municipalities. In conjunction with this data, results of the eco-toxicological tests revealed the presence of anomalies in a bio-indicator species collected in one of the two study sites compatible with exposure to pesticides. The results presented and discussed here highlight the degradation of water resources in the region, caused by the intensive use of pesticides in agriculture, including the contamination of drinking water sources and rain, broadening the risk of contamination beyond the cultivated areas.


Subject(s)
Agriculture , Groundwater/chemistry , Pesticide Residues/analysis , Pesticides/analysis , Rain/chemistry , Water Pollution, Chemical , Water Pollutants, Chemical/analysis , Brazil
19.
Ciênc. saúde coletiva ; 17(2): 311-325, fev. 2012. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-610686

ABSTRACT

O presente artigo tem por objetivo caracterizar os riscos relacionados ao uso de agrotóxicos na pecuária leiteira, no que tange a questões de legislação, de saúde e da percepção de riscos de trabalhadores dessa atividade. Para tanto, baseia-se em articulação metodológica que incluiu: a) revisão sistemática da literatura de referência sobre o objeto da pesquisa; b) análise da legislação correlata (produtos veterinários e agrotóxicos); c) identificação de perigos relacionados a produtos veterinários formulados à base de princípios ativos regulados como agrotóxicos; d) e análise da percepção de riscos de um grupo de trabalhadores da pecuária leiteira. A análise dos resultados do estudo apontou uma situação de especial interesse para o campo da Saúde Coletiva. No que diz respeito aos trabalhadores da pecuária leiteira, a invisibilidade de riscos associados ao manejo de agrotóxicos de uso veterinário aumenta sua exposição e está relacionada a diversos problemas de saúde, em especial nas mulheres. Esta mesma invisibilidade leva a um negligenciamento do respeito ao período de carência. Parte dos problemas pode estar associada à não classificação dos inseticidas de uso veterinários como agrotóxicos, o que torna necessária e urgente a discussão do tema.


This article seeks to characterize the risks related to the use of pesticides in dairy production, in terms of legislation, health and perception of risk for workers involved in this activity. It is based on methodological articulation that included: a) systematic review of the reference literature on the research topic; b) analysis of related legislation (veterinary products and pesticides); c) risk identification regarding the use of veterinary products formulated using active ingredients listed as pesticides; d) and risk perception analysis of a group of dairy production workers. Results indicate a situation of particular interest to Public Health. Regarding dairy production workers, the invisibility of risks associated with handling pesticides for veterinary use, increases their exposure and is related to several health problems, especially for women. This same invisibility leads to a neglect of the prohibition period between pesticide use and consumption of other products. Part of the problem may be associated with the non-classification of pesticides for veterinary use as 'pesticides' (they are classified as veterinary products), which highlights the importance and the urgency of discussion of the theme.


Subject(s)
Animals , Cattle , Humans , Attitude , Dairying , Occupational Exposure , Occupational Health , Pesticides , Tick Control , Brazil , Risk , Tick Control/legislation & jurisprudence
20.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-641442

ABSTRACT

A sociedade industrial impõe um legado socioambiental preocupante. No século XX, a expectativa de vida foi dobrada, a população foi quadruplicada, a produção de alimentos e o consumo de água foram aumentados em seis vezes, e a atividade econômica em 20 vezes; mas, também se excedeu em 30% a capacidade do planeta. Contudo, a exclusão social registra quase 300 milhões de desempregados, impede o acesso adequado à água a 1 bilhão de pessoas, mantém mais de 1 bilhão com algum tipo de desnutrição e exaure os recursos naturais de tal forma que, a continuar este modelo, a humanidade caminha para um futuro insustentável. Este cenário é discutido neste artigo, que destaca o crescimento econômico, o populacional, a produção e o consumo de energia, seus efeitos sobre os sistemas socioecológicos e os impactos sobre a saúde humana.

SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL