Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 1 de 1
Filter
Add filters








Type of study
Year range
1.
Rev. baiana saúde pública ; 29(2): 339-352, jul.-dez. 2005. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-427589

ABSTRACT

O lazer como atividade prazerosa e voluntária, em suas dimensões cultural, física, intelectual e artística, interfere no desenvolvimento pessoal e social dos indivíduos. Este estudo objetivou descrever a prática de atividades de lazer entre um grupo populacional específico: a população idosa de uma área urbana de Feira de Santana, Bahia. Realizou-se estudo epidemiológico do tipo corte transversal, em amostra representativa da população desse município. Foram considerados idosos, os indivíduos com 60 anos ou mais de idade. Foram estudados 218 idosos: 65,1por cento eram do sexo feminino e 34,9por cento do sexo masculino. Constatou-se que, entre as mulheres, apenas 39,4por cento e, entre os homens, 50,7por cento participavam regularmente de alguma atividade de lazer. Quanto maior a escolaridade e a renda, maior o percentual de participação nas atividades de lazer. A visita a amigos foi a atividade sociocultural mais referida (80,2por cento). Entre os homens, a participação em festas foi maior qe entre as mulheres, 31,6por cento e 19,6por cento, respectivamente. Entre as atividades físicas realizadas, a caminhada foi a mais freqüente (31,9por cento). Alguns distúrbios do sono foram menos freqüentes entre os idosos que participavam regularmente de atividades de lazer, revelando que a manutenção de atividades prazerosas, como as de lazer, pode repercutir positivamente na saúde desse grupo populacional.


Subject(s)
Aged , Humans , Male , Female , Epidemiologic Studies , Leisure Activities , Motor Activity , Sleep Wake Disorders , Brazil/epidemiology
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL