Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 1 de 1
Filter
Add filters








Year range
1.
Rev. bras. plantas med ; 14(2): 370-375, 2012. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-650680

ABSTRACT

A exploração desenfreada dos ecossistemas tropicais, principalmente o Cerrado, tem provocado uma redução nos indivíduos de inúmeras espécies medicinais, levando prejuízos para toda a população. A falta de informações sobre o extrativismo tem dificultado o uso de estratégias eficazes de manejo e conservação das espécies do cerrado. A fava-d'anta é uma dessas espécies nativas que possuem potencial econômico, principalmente devido à rutina, que é usada na fabricação de fármacos e de cosméticos. O objetivo deste estudo foi analisar os aspectos da atividade de coleta da fava-d'anta pelos coletores e comerciantes. Realizou-se entrevista estruturada com 61 extrativistas, sendo 44 coletores e 17 comerciantes em oito municípios do Norte de Minas Gerais. Constatou-se que a maioria dos entrevistados são homens casados, analfabetos ou com a primeira etapa do ensino fundamental. A coleta da fava-d'anta, apesar de pouco rentável, é uma alternativa para os coletores, sendo a renda inferior à dos comerciantes que já estão nesta atividade de compra da fava-d'anta há mais de 10 anos. A faixa etária de adulto e adulto/idoso são as mais representativas. A época de maior produção ocorre entre os meses de abril a julho, a bienalidade da produção leva à mudança do local de extração. Observou-se o auxílio de toda a família na atividade. Utiliza-se como instrumento de coleta o podão, a foice, facões e outras ferramentas que danificam as árvores. A maior dificuldade para os coletores é a secagem e, para os comerciantes, a venda. O plantio ou a produção de mudas não tem sido prática habitual dos entrevistados.


The uncontrolled exploitation of tropical ecosystems, especially Cerrado, has caused a reduction in individuals of many medicinal plant species, causing damage to the entire population. The lack of information about extraction has hindered the use of effective strategies for management and conservation of Cerrado species. "Fava-d'anta" is one of those native species that have economic potential, largely due to rutin, which is used in the preparation of drugs and cosmetics. The aim of this study was to analyze aspects of the activity of "fava-d'anta" harvest by harvesters and traders. We conducted a structured interview with 61 gatherers, 44 harvesters and 17 traders in eight counties in northern Minas Gerais State, Brazil. Most of them are men who are married and illiterate or had just studied the first stage of basic education. Although little profitable, "fava-d'anta" harvest is an alternative for harvesters, who obtain an income lower than that of traders, who in turn have been trading "fava-d'anta" for more than 10 years. The age range of adults and aged/adults are most representative. The period of greatest production is between April and July, and the 2 year production cycle leads to a change in the extraction site. The whole family helps in the extraction. The instruments used for harvest are trimmers, sickles, machetes and other tools that damage the trees. The greatest difficulty for collectors is seed drying and for traders, selling. The planting or the production of seedlings has not been the usual practice of interviewees.


Subject(s)
Fabaceae/growth & development , Grassland , Natural Resources Exploitation/analysis , Conservation of Natural Resources , Environmental Health Education
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL