Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 13 de 13
Filter
Add filters








Year range
1.
Rev. bras. saúde ocup ; 44: e21, 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-1013755

ABSTRACT

Resumo Este relato visa apresentar e discutir o embasamento, o desenvolvimento e os resultados de um grupo de enfrentamento organizado com trabalhadores bancários adoecidos. A atividade foi realizada pelo Núcleo de Ação em Saúde do Trabalhador (NAST), em parceria com o Sindicato dos Bancários de Limeira. Partindo da trajetória profissional dos trabalhadores, o objetivo foi o de problematizar as características da organização do trabalho contemporâneo nesse setor. O grupo realizou oito encontros de aproximadamente duas horas na sede do sindicato, em Limeira. Nos encontros, os trabalhadores relataram situações laborais adversas determinantes no processo saúde-doença. Grande parte das queixas dos trabalhadores estava relacionada ao desgaste mental ocasionado pela pressão sofrida para alcançar metas superdimensionadas, levando ao estresse -, dentre outras formas de adoecimento -, inclusive pela falta de reconhecimento por parte dos gestores e usuários da instituição. O grupo se mostrou dispositivo potente de enfrentamento e ferramenta importante ao dar espaço de voz para trabalhadores se articularem na construção de estratégias individuais e coletivas para promoção da saúde no local de trabalho.


Abstract This report aims to present and discuss the basis, development and results of a support group constituted with sick bank workers. The activity was carried out by the Núcleo de Ação em Saúde do Trabalhador - NAST (Workers' Health Action Center) in partnership with the Bank Workers' Union of Limeira, state of São Paulo, Brazil. Starting from the workers' professional life, the objective was to query the current labor organization in this sector. The group held eight meetings of approximately two hours each at the union headquarters in Limeira. During the meetings, workers reported adverse work situations that were determinant in their health-disease process. Most of the workers' complaints were related to the mental strain caused by pressure to achieve oversized goals, and by the lack of recognition by the institution managers and users. The support group proved to be a powerful confrontation device and an important tool in providing a voice space for workers to articulate the construction of individual and collective strategies for health promotion in the workplace.

2.
Saúde Soc ; 23(3): 966-978, Jul-Sep/2014. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-725841

ABSTRACT

O objetivo deste estudo é analisar, a partir da manifestação de piora ou melhora de capacidade para o trabalho, os aspectos condicionantes de mudanças na relação entre trabalho e voz, segundo o discurso de docentes da rede municipal de ensino de São Paulo. Participaram as professoras que, em comparação com pesquisa anterior, apresentaram maior diferença tanto para piora (Grupo A) como para melhora (Grupo B) nos resultados do Índice de Capacidade para o Trabalho. Elas foram convidadas a discutir quais aspectos poderiam explicar a melhora ou piora desses resultados, em um contexto de grupo focal. Os relatos foram transcritos e analisados qualitativamente, segundo a recorrência dos enunciados. Constatou-se que o grupo A apresentou condição mais adoecida e maior necessidade de falar sobre as dificuldades no trabalho. O Grupo B apresentou mais força para enfrentar os problemas referentes ao trabalho, inclusive propostas criativas. A favor do Grupo B, também foram registradas melhores relações no trabalho quanto ao apoio social e autonomia...


This study aims to analyze, by means of manifestation of worsening or improvement in work ability, the aspects conditioning changes in the relation between work and voice, according to the discourse of teachers working at the municipal education network of São Paulo, Brazil. The participants were female teachers who, when comparing with a previous research, had greater difference both in terms of worsening (Group A) and improvement (Group B) in the results of the Work Ability Index. They were invited to discuss which aspects could explain the improvement or worsening in these results, in a focus group context. The reports were transcribed and qualitatively analyzed, according to the recurrence of utterances. We found out that group A showed a worse health status and it had a greater need to talk about difficulties at work. Group B showed more strength to face problems related to work, including creative proposals. In favor of Group B, better work relationships were also registered concerning social support and autonomy...


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aphonia , Faculty , Occupational Health , Sick Leave , Voice Disorders , Working Conditions , Working Environment , Speech, Language and Hearing Sciences , Unified Health System
3.
Rev. bras. saúde ocup ; 36(123)jan.-jun. 2011.
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-593664

ABSTRACT

Este artigo de caráter reflexivo discute a Saúde Mental relacionada ao trabalho no contexto atual. Para isso, aponta para a persistência das ideias que negam o nexo entre o trabalho e a saúde mental e critica sua lógica simplificadora e culpabilizante. Prossegue retomando os conceitos fundamentais do campo da saúde do trabalhador e a contribuição da abordagem do processo saúde-doença da Medicina Social Latino Americana. Ressalta, em seguida, a relevância e a atualidade do conceito de desgaste mental. Conclui com o delineamento dos desafios para os profissionais da saúde para a compreensão da relação entre saúde e trabalho e os novos horizontes abertos pela legislação que estabelece o Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário (NTEP) e o Fator Acidentário de Prevenção (FAP).


This reflective essay discusses work-related mental health in the current context, pointing to the persistence of ideas denying the nexus between work and mental health, and criticizing their simplistic and blaming logic. It goes on by resuming the fundamental concepts in the of occupational Health and the contributions of the Latin American social medicine health-disease approach. Then it highlights the relevance and contemporaneity of the concept of mental wearing down. It concludes by outlining health professionals challenges to understand the relationship between health and work, and the new horizons opened by Brazilian Social Security legislation with the introduction of Technical Epidemiological Nexus (NTEP) and Accident Prevention Factor (FAP).


Subject(s)
Mental Health , Health Occupations/legislation & jurisprudence , Psychology, Social , Health Workforce/legislation & jurisprudence , Occupational Groups
4.
Rev. bras. saúde ocup ; 36(123)jan.-jun. 2011.
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-593666

ABSTRACT

Este relato de experiência apresenta uma proposta desenvolvida por uma parceria entre o Curso de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, desde 2008, no campo da saúde mental relacionada ao trabalho. Esta ação que tem se revelado promissora tanto para os trabalhadores diretamente envolvidos, quanto para o sindicato: os grupos de enfrentamento do desgaste mental no trabalho bancário. Os grupos têm como objetivos principais: desenvolver atividade de acolhimento das pessoas com desgaste mental que procuram o sindicato; compreender o processo de adoecimento no interior das trajetórias de vida e trabalho dos participantes, considerando o momento atual de reestruturação produtiva no setor bancário; contribuir com a construção de ações individuais e coletivas de enfrentamento. O resultado da experiência evidencia a potencialidade de um trabalho como esse quanto à possibilidade de compreensão do processo de adoecimento, bem como quanto à identificação de fatores de desgaste mental na categoria bancária. Além disso, os demais objetivos foram alcançados, intensificando a presença da discussão sobre saúde mental e trabalho no cotidiano do sindicato.


This report presents the experience developed by the Course of Psychology of the Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) in a partnership with the Union of Bank Workers of São Paulo, Osasco and Region since 2008, in the of mental health related to work: support groups for those who suffer from mental strain while working in a bank. The initiative has been beneficial for the workers, as well as for their union. The support group main purposes are: to develop activities aiming at supporting mentally strained bank workers who seek help at the union; to understand the process of illness within participants work and life course, considering the productive reengineering banks are currently going through; and to contribute to the development of individual and collective actions to confront strain. These results evidenced the potentiality of such group activities for understanding the process of illness, as well as to identify mental strain factors among bank workers. Furthermore, our objectives were achieved, increasing the discussion about mental health and work within the workers union routine.


Subject(s)
Labor Unions , Mental Health , Occupational Groups
5.
Cad. psicol. soc. trab ; 11(1): 101-110, jan.-jun. 2008.
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-510345

ABSTRACT

A partir de um estágio em psicologia social do trabalho foi desenvolvida uma intervenção com profissionais do sexo na perspectiva da saúde do trabalhador. Tomando-se a prostituição como um trabalho, caracterizado pela situação de vulnerabilidade, buscou-se instaurar dentro do próprio local de trabalho (o bordel) um espaço de discussão entre as profissionais do sexo sobre temas relacionados à sua ocupação, visando à promoção de saúde das trabalhadoras. Em um total de dez encontros, foram abordadas questões referentes às formas específicas de organização desse trabalho, aos aspectos de vulnerabilidade, ao preconceito vivenciado e à maneira como os vínculos são estabelecidos nesse contexto. A intervenção mostrou-se potencializadora da apropriação de significados pessoais e coletivos pelas participantes, caracterizando-se como uma ferramenta para a ampliação da compreensão das trabalhadoras sobre suas próprias vivências, abarcando suas complexidade e ambigüidade.


Through an internship program, an intervention with sex workers was conducted, from the perspective of the worker's health. Taking prostitution as a job, characterized by its vulnerable situation, we sought to create within the work place (the brothel) a space for discussion, among the sex workers, on themes related to their occupation, with the aim of promoting the workers' health. With a total of ten meetings, issues was addressed concerning specific forms of organization for this type of work, its aspects of vulnerability, the prejudice experienced, and how bonds are established in that context. By helping the participants to retrieve their personal and collective meanings, this intervention has proved to be an empowering tool for the promotion of a deeper awareness and broadening the understanding of workers on their own experiences, covering their complexity and ambiguity.


Subject(s)
Humans , Female , Health Vulnerability , Occupational Health , Sex Work
6.
Cad. psicol. soc. trab ; 10(2): 1-15, dez. 2007. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-498981

ABSTRACT

A pesquisa-intervenção, iniciada como estágio supervisionado, desenvolveu-se durante o ano de 2006. Partiu-se da constatação do aumento do número de auxiliares de desenvolvimento infantil de creches conveniadas à Prefeitura Municipal de São Paulo que recorrem ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador e ao Sindicato da categoria nos últimos anos com queixas que se referem especialmente à incidência de sofrimento psíquico relacionado ao trabalho. Buscou-se contribuir com as trabalhadoras de uma das creches conveniadas na investigação das causas do sofrimento mental que têm vivenciado, além de colaborar com a construção de formas de enfrentamento transformadoras dessa realidade, constituídas coletivamente e a partir da articulação entre o conhecimento prático (saber-fazer das trabalhadoras) e o conhecimento teórico (aquele que trazemos de nossa inserção na universidade). Para tanto, foram realizados encontros periódicos com as trabalhadoras na creche, observações do cotidiano de trabalho, reuniões com a equipe dirigente da instituição e devolutivas a todas as participantes. O trabalho revelou a presença de intenso sofrimento psíquico relacionado ao trabalho e de vivências de humilhação, tudo isso adquirindo novas feições na atual política pública voltada à Educação Infantil no Brasil.


This intervention-research, which started during a period of supervised training, was developed during the year of 2006. It began with the observation of the increasing number of complaints by child development assistants from day-care centers associated to the city of São Paulo who have been turning to the reference center for workers' health as well as to their trade union with grievances regarding psychological suffering related to work. This research aimed not only to contribute with the women workers of one of the associated day-care centers in the inquiry of the causes of this mental suffering they have gone through but also to collaborate with the construction of transforming forms of confronting such reality by the collectively produced connection between practical knowledge (the workers' know-how) and theoretical knowledge (the one we bring because of our insertion in the university) of the involved sides. For that, periodic meetings with the workers in the day-care center, observation of their daily routine, meetings with the leading team of the institution were carried out and then fed back to all the participants. The work disclosed the presence of intense psychological suffering and humiliation experiences related to their work, features recently acquired in the current public policy directed to Child Education in Brazil.


Subject(s)
Child Day Care Centers , Child Rearing , Occupational Health , Stress, Psychological
7.
REME rev. min. enferm ; 8(2): 307-315, abr.-jun. 2004.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-397454

ABSTRACT

A análise de pesquisas que avaliam cursos oferecidos por instituições de ensino superior (IES) revela a existência de inúmeros trabalhos que adotam perspectivas quantitativas. Raros são os trabalhos que optam por abordagens qualitativas ou que articulam essas duas abordagens. Tendo em vista essa lacuna e a importância da abordagem desta problemática, optou-se por desenvolver uma pesquisa que garantisse essa articulação. Desse modo, buscou-se investigar as representações dos corpos docente e discente sobre o curso de Administração de Empresas de uma IES...


Subject(s)
Humans , Education, Higher
8.
Brasília; Brasil. Ministério da Saúde; fev. 2001. 23 p. ilus, tab.(Série A. Normas e Manuais Técnicos, 104).
Monography in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-290665
11.
Brasilia; Brasil. Ministério da Saúde; fev. 2001. 19 p. ilus.(Série A. Normas e Manuais Técnicos, 106).
Monography in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-290669
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL