Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 1 de 1
Filter
Add filters








Language
Year range
1.
Acta sci., Biol. sci ; 33(2): 219-225, Apr. - Jun. 2011.
Article in English | LILACS | ID: biblio-875385

ABSTRACT

The Sertoli cell has fundamental importance to the development and maintenance of spermatogenesis, as well as it has a directly proportional numerical relationship to sperm production. The proliferative period of this cell in rats occurs between 13 days pre-natal and 21 days pos-natal, when is established the final population in adult animals. The Leydig cell can modulate the Sertoli cell proliferation during fetal and neonatal period through-endorphin. The manipulation of opioidergic system can promote changes in parameters related to development of nervous, endocrine and reproductive systems. By the way, the main purpose of this present work was to compare the effects of the blockade of opioid receptor blocking in Sertoli cells using naltrexone (50 mg kg-1) during fetal and neonatal period in Wistar rats. According to the results, the manipulation of opioidergic system during pre-natal period reduced the total length of seminiferous tubule and Sertoli cell population in adult rats, but sperm production was normal because this cell has had a compensatory response for spermatozoids support capacity.


As células de Sertoli têm fundamental importância para o desenvolvimento e manutenção da espermatogênese, bem como possuem uma relação numérica diretamente proporcional com a produção espermática. O período proliferativo destas células em ratos ocorre entre 13 dias pré-natal e 21 dias pós-natal, resultando na definição da população de células de Sertoli nos animais adultos. As células de Leydig podem modular a proliferação das células de Sertoli durante o período fetal e neonatal por meio da -endorfina. A manipulação do sistema opioidérgico durante esta fase pode promover alterações em parâmetros relacionados com o desenvolvimento dos sistemas nervoso, endócrino e reprodutivo. Em virtude disto, o objetivo do presente trabalho foi comparar os efeitos do bloqueio de receptores opioides nas células de Sertoli, utilizando o naltrexone (50 mg kg-1), durante o período proliferativo destas células em ratos Wistar. De acordo com nossos resultados, a manipulação do sistema opioidérgico durante o período pré-natal reduziu o comprimento total de túbulos seminíferos e a população de células de Sertoli em ratos adultos, porém, a produção espermática foi normal pela resposta compensatória desta célula na capacidade de suporte para espermatozoides.


Subject(s)
Rats , Naltrexone , Spermatogenesis , Testis
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL