Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 5 de 5
Filter
Add filters








Type of study
Year range
1.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 73(5): 1243-1247, Sept.-Oct. 2021. ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1345271

ABSTRACT

Salmonelose é uma doença causada por bactérias do gênero Salmonella, com importância para saúde pública e animal. Dentre os sorotipos hospedeiro-específicos, destaca-se o Gallinarum, que possui os biovares Gallinarum e Pullorum adaptados às aves e amplamente difundidos pelo mundo. Os dados sobre a ocorrência de Salmonella spp. em criações avícolas alternativas no Brasil são escassos. O objetivo deste estudo foi pesquisar a ocorrência de Salmonella spp. em galinhas coloniais encaminhadas para necropsia ao LRD/FV/UFPel. Foram realizadas análises histopatológicas, microbiológicas e moleculares das colônias bacterianas isoladas de 12 amostras de órgãos de galinhas domésticas dos municípios de Pelotas e Piratini, no Rio Grande do Sul. Na análise microbiológica, foram isoladas bactérias do gênero Salmonella sorotipo Gallinarum das 12 amostras, sendo 10/12 bioquimicamente compatíveis com biovar Gallinarum e 2/12 com biovar Pullorum. Na análise molecular PCR 11/12, 91,7% foram identificadas genotipicamente como Salmonella spp. O presente estudo demonstrou uma elevada frequência de isolamento de Salmonella Gallinarum biovar Gallinarum em aves sintomáticas criadas em regime extensivo. Além disso, os dados epidemiológicos das aves analisadas demonstram que a infecção por Salmonella Gallinarum nesses casos está associada ao contato com aves silvestres e falhas de manejo sanitário.(AU)


Subject(s)
Animals , Salmonella/isolation & purification , Salmonella Infections, Animal/diagnosis , Salmonella Infections, Animal/epidemiology , Chickens
2.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1363-1368, July-Aug. 2020. ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131490

ABSTRACT

In this study we describe the epidemiology, clinical signs, and pathology of an outbreak of avian aspergillosis in alternative breeding in the southern region of Rio Grande do Sul, Brazil. Between the fifth and tenth day of life, 360 chicks from a flock of 4000 developed unspecific clinical signs and died. The birds were housed in a reused aviary litter, without previous treatment. In 11 six-day-old female ISA Brown chicks (Gallus gallus domesticus), necropsy revealed firm, yellowish-white, multinodular lesions extending from the pleura to the lung parenchyma. Histologically, a granulomatous, multifocal to coalescent pneumonia was observed. Granulomas were characterized by central necrosis, with heterophil and epithelioid macrophage infiltration and presence of countless Y-shaped intralesional septate hyphae morphologically compatible with Aspergillus spp. The diagnosis through isolation confirmed Aspergillus fumigatus. We highlight the importance of aspergillosis as a primary cause of diseases in the respiratory tract of young birds in alternative breeding. Measures to prevent aspergillosis mainly regarding the reuse of aviary litter are essential in poultry husbandry to prevent economic losses, reduce environmental contamination and mitigate the potential risk to public health.(AU)


Descrevem-se os aspectos epidemiológicos e patológicos de um surto de aspergilose aviária em criação alternativa na região sul do Rio Grande do Sul, Brasil. De um lote de 4000 pintainhas, entre o quinto e o 10º dia de vida, 360 aves apresentaram sinais clínicos inespecíficos e morreram. As aves foram alojadas em cama reutilizada do aviário, sem tratamento prévio. Na necropsia de 11 pintainhas (Gallus gallus domesticus), fêmeas, seis dias de idade da linhagem Isa Brown, foram observadas no pulmão lesões multinodulares, branco-amareladas e firmes, que se estendiam da pleura ao parênquima. Histologicamente foi observada pneumonia granulomatosa, multifocal a coalescente. Os granulomas eram caracterizados por necrose central, com infiltrado inflamatório de heterófilos, macrófagos, células epitelioides com presença de inúmeras hifas septadas intralesionais, semelhantes à letra "Y", morfologicamente compatíveis com Aspergillus spp. O diagnóstico foi confirmado pelo isolamento de Aspergillus fumigatus. Alerta-se para a importância da aspergilose como causa primária de afecções no trato respiratório de aves jovens em criações alternativas. Medidas preventivas relacionadas ao manejo dessas aves são indispensáveis principalmente quanto à reutilização da cama dos aviários, a fim de evitar perdas econômicas, reduzir a contaminação ambiental e o potencial risco à saúde pública.(AU)


Subject(s)
Animals , Poultry/microbiology , Aspergillosis/epidemiology , Aspergillus fumigatus/isolation & purification , Chickens/microbiology , Brazil
3.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(3): 794-798, May-June, 2020. ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1129180

ABSTRACT

Meningiomas são os principais tumores primários do sistema nervoso central (SNC) que afetam cães e gatos. Na maioria dos casos, são neoplasias benignas, geralmente expansivas, causando compressão do SNC, e raramente fazem metástase para outros órgãos. O presente trabalho tem como objetivo relatar a ocorrência de um meningioma microcístico com metástase pulmonar em um canino de 11 anos de idade, com sinais clínicos de andar cambaleante, compressão da cabeça contra objetos, agitação, salivação e agressividade. Na necropsia, foram observadas, no encéfalo, massas bem delimitadas pardo-avermelhadas, firmes, de aspecto granular, localizadas no córtex parietal e nos núcleos da base. Inúmeras micronodulações de aspecto semelhante foram observadas no pulmão. Histologicamente observaram-se nódulos formados por células neoplásicas fusiformes, com núcleos grandes e alongados e nucléolos evidentes, dispostas de forma frouxa, formando vacúolos e microcistos. À imuno-histoquímica, o meningioma apresentou marcação fortemente positiva para citoqueratina e negativa para vimentina. Por meio da histopatologia e da imuno-histoquímica, foi possível estabelecer a classificação histológica de meningioma microcístico, bem como diferenciá-lo de outras doenças que cursam com sinais nervosos.(AU)


Meningiomas are the main tumors of the central nervous system (CNS) affecting dogs and cats. In most of the cases they are benign neoplasms, usually expansive, causing compression of the CNS and rarely metastasize to other organs. We describe the occurrence of a microcystic meningioma with pulmonary metastasis in an 11 - year - old canine with clinical signs of staggering gait, head compression against objects, agitation, salivation and aggressiveness. At necropsy, well-defined, firm, granular-looking masses located in the parietal cortex and nuclei of the base were observed in the encephalon. Numerous micronodulations of similar appearance were observed in the lung. Histologically, nodules formed by spindle neoplastic cells with large, elongated nuclei and evident nuclei were loosely arranged, forming vacuoles and microcysts. Immunohistochemistry were strongly positive for cytokeratin and negative for vimentin. Through the histopathology and immunohistochemistry, it was possible to establish the histological classification of microcystic meningioma, as well as to differentiate from other diseases that present with nervous signals.(AU)


Subject(s)
Animals , Dogs , Lung/pathology , Meningioma/complications , Meningioma/veterinary , Neoplasm Metastasis , Immunohistochemistry/veterinary , Central Nervous System Neoplasms/veterinary , Lung Neoplasms/veterinary
4.
Pesqui. vet. bras ; 31(4): 331-335, abr. 2011. ilus, graf, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-584048

ABSTRACT

Foi realizado um estudo retrospectivo de casos de raiva paralítica em bovinos na área de influência do Laboratório Regional de Diagnóstico (LRD) da Faculdade de Veterinária, Universidade Federal de Pelotas (UFPel), ocorridos em 1978-2007. Foram estudados também 11 surtos de raiva observados em 2008-2010, na mesma região. Neste período morreram 42 animais de um total de 686 sob risco. A idade dos animais foi de 1-6 anos e o curso clínico de 4-14 dias. No estudo retrospectivo de 1978-2007 foram identificados 77 surtos ou casos isolados de raiva paralítica em bovinos. A morbidade em todos os surtos diagnosticados em 1978-2010 variou de 0,37 por cento a 20 por cento. Vinte e quatro casos ocorreram no outono, sete na primavera, 14 no verão e 16 no inverno. O diagnóstico foi realizado pela epidemiologia, sinais clínicos e lesões histológicas observadas. No estudo dos casos de raiva paralítica em bovinos ocorridos a partir de 2008, o diagnóstico foi confirmado pela técnica de imuno-histoquímica utilizando anticorpo policlonal anti-virus rábico. Em dois destes casos não foi observada meningoencefalite não-supurativa, porém a imuno-histoquímica demonstrou a presença do antígeno viral. Esta técnica é uma importante ferramenta para o diagnóstico de raiva, devendo ser utilizada em todos os casos suspeitos nos quais não se evidenciam lesões de encefalite.


A retrospective study of paralytic rabies in cattle in southern Rio Grande do Sul, Brazil, diagnosed from 1978 to 2007 by the Regional Diagnostic Laboratory (LRD) of the Veterinary School, Federal University of Pelotas (UFPel), with 77 outbreaks or isolated cases of paralytic rabies in cattle, is reported. A study of 11 outbreaks of rabies, observed from 2008 to 2010 in the same region, where 42 cattle aged 1-6 years died from a total of 686 at risk, with a clinical course of 4 to 14 days, was also made. The morbidity of all outbreaks diagnosed from 1978-2010 ranged from 0.37 percent to 20 percent; 24 cases occurred in autumn, 7 in spring, 14 in summer, and 16 in winter. The diagnosis was achieved by epidemiology, clinical signs and histological lesions. Immunohistochemistry using rabies virus polyclonal antibody was positive in all cases. In two cases non-suppurative meningoencephalitis was not observed, and the diagnosis was confirmed by immunohistochemistry. This technique is an important tool for the diagnosis of rabies and should be used in all suspected cases in which no evidence of encephalitis is observed.


Subject(s)
Animals , Immunohistochemistry , Rabies virus/pathogenicity
5.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 56(4): 441-448, ago. 2004. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-386709

ABSTRACT

Quarenta e cinco mastocitomas cutâneos caninos foram graduados histologicamente com o uso de hematoxilina-eosina. Foram empregados os métodos azul de toluidina e região organizadora nucleolar argirofílica (AgNOR) para, respectivamente, evidenciar os grânulos citoplasmáticos e avaliar o índice de proliferação celular. Diversas características histológicas foram observadas, como distribuição das células na pele, tamanho, forma, aspecto de citoplasma e núcleo, quantidade de estroma, presença de eosinófilos e alterações associadas. Com base nessas caracteríscas, 37,8 por cento dos mastocitomas foram classificados como grau I, 51,1 por cento como grau II e 11,1 por cento como grau III. A média geral de AgNOR nos mastocitomas foi de 1,9 (1,2 a 4,3) e as médias para os graus I, II e III foram, respectivamente, de 1,5, 1,85 e 3,25. A técnica de AgNOR mostrou ser de fácil execução, custo acessível e confiável como meio auxiliar para estimar um prognóstico mais objetivo para os mastocitomas.


Subject(s)
Dogs , Mastocytoma/classification , Nucleolus Organizer Region , Tolonium Chloride
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL