Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 22
Filter
1.
Rev. patol. trop ; 39(3): 173-187, jul.-set. 2010.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-591465

ABSTRACT

No presente estudo, analisou-se a qualidade microbiológica de dois importantes mananciais que abastecem a cidade de Goiânia, o rio Meia Ponte e o ribeirão João Leite, antes e após o tratamento nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) municipais, bem como do esgoto bruto e do e fluente tratado na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Também foi analisada a correlação entre a densidade pluviométrica e os parâmetros físico-químicos e microbiológicos da água, utilizando-se o teste de correlação linear de Pearson. A concentração de coliformes, a presença de Salmonella spp e a análise dos parâmetros físico-químicos foram avaliados em amostras de água bruta e tratada de esgoto e efluente tratado, coletados no ano de 2005 em rios, ETAs e na ETE de Goiânia. O rio Meia Ponte se enquadrou como manancial de Classe I durante o período analisado e o ribeirão João Leite, como Classe III. A densidade pluviométrica ocorrida no período correlacionou-se com a contaminação fecal e com alguns parâmetros físico-químicos da água (cor e turbidez) do rio Meia Ponte e ribeirão João Leite. O tratamento de água nas ETAs mostrou-se satisfatório, entretanto o tratamento primário do esgoto na ETE não foi suficiente para reduzir significativamente sua carga fecal, constituindo importante fonte de poluição para o rio Meia Ponte.


Subject(s)
Water Supply/analysis , Waste Water/analysis , Salmonella , Water Microbiology , Water Monitoring , Water Pollution , Water Quality , Water Purification , Brazil
2.
Rev. patol. trop ; 37(2): 131-142, maio-jun. 2008. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-496542

ABSTRACT

Objetivando verificar a qualidade microbiológica de empadão goiano, comercializado em uma feira de lazer de Goiânia, e conhecer o perfil de susceptibilidade a antimicrobianos dos microrganismos isolados, foram coletadas 144 amostras em 24 barracas, sendo uma mostra mensal de cada barraca. As amostras foram analisadas de acordo co a legislação vigente, que preconiza a contagem de coliformes termotolerantes, Escherichia coli, Staphylococcus coagulase positiva, Bacillus cereus, Clostridium sulfito redutor a 46graus C e a pesquisa de Salmonella sp. Das 144 amostras analisadas, 41 (28,5por cento) foram positivas para coliformes termotolerantes, 22 (15,3por cento) para E. coli e 9 (6,2por cento) para Staphylococcus coagulase positiva. Nenhuma amostra foi positiva para B. cereus, C. perfringens e Salmonella sp. No teste de susceptibilidade antimicrobiana, o maior percentual de resistência das nove cepas de S. aureus foi em relação à penicilina (88,9por cento); as cepas foram agrupadas em cinco perfis fenotípicos (A-E), sugerindo diferentes fontes de contaminação. Das 22 cepas de E. coli, o maior percentual de resistência estava relacionado à tetraciclina (41,0por cento) e à cefalotina (41,0por cento); as cepas foram agrupadas em sete perfis fenotípicos (A-G). Foi possível constatar que o empadão apresentava falhas em sua qualidade microbiológica, sinalizando o risco potencial de ocorrência de doenças veiculadas por alimentos, inclusive por microrganismos resistentes a antimicrobianos. Ficou evidente a importância da realização de trabalhos educativos dirigidos aos manipuladores de alimentos para que sejam reduzidos os erros e os riscos identificados e, dessa forma, seja assegurada a proteção da saúde do consumidor.


Subject(s)
Environmental Health , Food Hygiene , Food Microbiology , Brazil , Food Contamination
3.
Hig. aliment ; 21(148): 110-114, jan.-fev. 2007.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-456209

ABSTRACT

Com a finalidade de verificar as condições higiênico-sanitárias das águas de irrigação de hortaliças consumidas cruas, foram analisadas 103 amostras, sendo 82 de Goiânia e 21 de Aparecida de Goiânia, Goiás, Brasil. O protocolo microbiológico constou da contagem padrão em placas de bactérias heterotróficas, mesófilas, coliformes totais, fecais e de Escherichia coli. Das 103 amostras, 96 (93,2 por cento) apresentaram-se positivas para coliformes fecais e 70 (67,9 por cento) com coliformes totais acima dos limites máximos estabelecidos pela legislação brasileira vigente. E. coli foi enumerada em 86,4 por cento das amostras e a enumeração das bactérias heterotróficas mesófilas variou de 6,7 x 10 a 5,6x10 UFC;mL. A análise estatística evidenciou uma correlação positiva entre os parâmetros analisados. Os altos índices dos indicadores de contaminação fecal encontrados permitiram concluir que, as águas utilizadas na irrigação de hortaliças consumidas cruas nos municípios de Goiânia e Aparecida de Goiânia, apresentaram-se em condições higiênico-sanitárias insatisfatórias, com a possibilidade destas águas serem veículo de disseminação de bactérias entéricas patogênicas.


Subject(s)
Coliforms , Vegetables , Agricultural Irrigation , Microbiological Techniques , Water Pollution , Analysis of Variance
4.
Braz. j. microbiol ; 37(4): 538-544, Oct.-Dec. 2006. tab
Article in English | LILACS | ID: lil-442208

ABSTRACT

An attempt was made to evaluate microbiological quality of horticultural crops grown organically. Three species of vegetables were used, lettuce (Lactuva sativa), radish (Raphanus sativus) and spinach (Tetragonia expansa), grown organically, in fertile soil. Six different treatments were applied: mineral fertilizer, chicken, cow, and pig manure, chicken litter and cow manure, in association with a liquid foliar biofertilizer. These crops were handled according to correct agronomic practices for growing crops organically for commercial purposes. Samples were examined for the Most Probable Number (MPN/g/mL) of total and fecal coliforms and to detect the presence of Escherichia coli and Salmonella spp. All analyzed samples were considered acceptable for consumption, as Salmonella spp. was not detected. However, 63.3 percent, 50.0 percent, and 23.3 percent of the samples of lettuce, radish and spinach, respectively, contained >10² total coliforms/g of product. None of the samples of spinach or radish presented >10² fecal coliforms/g, and only 6.6 percent of lettuce samples contained >10² fecal coliforms/g. The presence of E. coli was confirmed in one sample of spinach, cultivated with cow manure.


O objetivo do presente trabalho foi avaliar a qualidade microbiológica de hortaliças orgânicas produzidas sob diferentes condições. Três espécies de vegetais, alface (Lactuva sativa), rabanete (Raphanus sativus) e espinafre (Tetragonia expansa), foram cultivadas no sistema orgânico, em solo fertilizado com seis tratamentos diferentes: adubo mineral, estercos de galinha, bovino e suíno, cama de frango e esterco bovino associado com biofertilizante líquido de aplicação foliar. O cultivo das hortaliças foi feito de acordo com as práticas agronômicas recomendadas para o sistema orgânico em escala comercial. Das hortaliças cultivadas, foram coletadas amostras para a determinação do Número Mais Provável de coliformes totais e termotolerantes e detecção da presença de Escherichia coli e Salmonella spp. Todas as amostras analisadas foram consideradas apropriadas para o consumo humano, de acordo com a legislação brasileira em vigor, uma vez que, em nenhuma delas foi detectada a presença de Salmonella spp. Entretanto, 63,3 por cento, 50,0 por cento e 23,3 por cento, respectivamente, das amostras de alface, rabanete e espinafre apresentaram contagens de coliformes totais >100/g. Em nenhuma das amostras de rabanete e espinafre o nível de coliformes termotolerantes foi >100/g e em somente 6,6 por cento das amostras de alface foi maior que 100/g. E. coli foi detectada em uma amostra de espinafre produzido em solo fertilizado com esterco bovino.


Subject(s)
Agricultural Zones , Enterobacteriaceae , Escherichia coli , In Vitro Techniques , Plant Leaves , Plants , Plants, Edible , Salmonella , Fertilizers , Methods , Sampling Studies
5.
Ciênc. rural ; 36(4): 1221-1227, jul.-ago. 2006. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-432541

ABSTRACT

Este trabalho objetivou caracterizar fenotipicamente isolados de Escherichia coli a partir de amostras obtidas de mãos e narizes de manipuladores, de leite cru e de queijo Minas Frescal produzidos em um laticínio em Goiás, Brasil, visando a estabelecer uma relação de contaminação entre o manipulador e/ou a matéria-prima e o produto final. Foram coletadas 24 amostras de leite cru e de queijo Minas Frescal, 46 swabs de mãos e 46 de narizes dos manipuladores envolvidos na fabricação do queijo, no período entre março/2004 e fevereiro/2005. As 69 cepas isoladas foram submetidas ao teste de suscetibilidade a seis antimicrobianos (ampicilina, cefalotina, ciprofloxacina, gentamicina, sulfametoxazol trimetoprin e tetraciclina) e, a partir deste teste, foi possível agrupá-las em 17 diferentes perfis fenotípicos (A-Q). Somente um perfil fenotípico (E) foi semelhante entre cepas de E. coli isoladas, tanto de amostra de queijo (14Qb) como de um dos manipuladores (10M1). Tal resultado sugere uma possível contaminação do produto durante a sua manipulação; portanto, apenas neste caso pôde-se estabelecer a origem da E. coli para o queijo. Nas demais situações, não foi possível determinar a fonte da bactéria para o queijo. Conclui-se que o antibiograma não se mostrou um teste eficiente na determinação da fonte de microrganismos para o produto final.


Subject(s)
Cheese , Enterobacteriaceae , Microbial Sensitivity Tests , Milk , Salmonella
6.
Rev. patol. trop ; 35(1): 1-21, jan.-abr. 2006. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-432229

ABSTRACT

A presente revisão descreve os aspectos básicos necessários para assegurar a qualidade higiênico-sanitária de carnes de origem bovina, mais especificamente sobre o hambúrguer pronto para o consumo, que é atualmente um dos alimentos produzidos em grande escala e de crescente consumo no Brasil. Os limites e padrões microbiológicos que devem ser adotados para garantir uma correta interpretação sobre os resultados das análises microbiológicas, os fatores que contribuem para a ocorrência de surtos de enfermidades de origem alimentar e a necessidade da implantação de sistemas de boas práticas de produção que visem identificar os perigos e os riscos microbiológicos são parâmetros importantes abordados ao longo deste trabalho. Além disso, são descritos os aspectos legais e os perigos bacterianos que comprometem a qualidade destes alimentos expostos à venda ou ao consumo, visando-se, sobretudo, prevenir ou minimizar o número de doenças veiculadas por alimentos, visto que estas representam um dos problemas de saúde pública mais difundidos no contexto mundial.


Subject(s)
Humans , Food Contamination , Food Hygiene , Food Microbiology , Feeding Behavior , Meat , Brazil/epidemiology , Cattle , United States/epidemiology , Quality Control
7.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 43(supl): 102-108, 2006. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-473518

ABSTRACT

O trabalho teve por objetivo isolar, identificar e caracterizar fenotipicamente utilizando o antibiograma, Staphylococcus aureus isolados de manipuladores, leite cru e queijo Minas Frescal, em um laticínio de Goiás. Durante doze meses (Março/2004 a Fevereiro/ 2005) 140 amostras foram analisadas. As cepas foram isoladas de 75% dos manipuladores resultando em 31 (33,7%) isolados a partir de 92 amostras coletadas (46 de mãos e 46 de nasofaringe). Das 24 amostras de leite cru, 18 (75,0%) foram positivas, resultando em 26 isolados, com média de contagem de 1,1 x 10(elevado a 5) UFC/ml. Das 24 amostras de queijo 17 (70,8%) foram positivas originando 20 isolados, com média de 3,8 x 10(elevado a 4)UFC/g, sendo 13 (54,2%) com população acima do limite estabelecido pela legislação brasileira (10(elevado a 3) UFC/ g). A tipagem das cepas foi feita pelo antibiograma, através do método de difusão em placas. Todos os isolados foram susceptíveis à ciprofloxacina e gentamicina. Foi observada resistência em cinco (6,5%) isolados para eritromicina, 19 (24,7%) para tetraciclina, um (1,3%) para vancomicina, quatro (5,2%) para oxacilina e 53 (68,8%) para penicilina. Onze (14,3%) isolados foram susceptíveis a todos os antibióticos testados e 18 (23,4%) foram resistentes a mais de um antibiótico. O antibiograma permitiu a classificação das cepas em doze perfis diferentes (A-L), porém não foi uma técnica eficiente em determinar a origem da contaminação final do queijo.


During a year (March/2004 to February/2005) 140 samples of raw milk, dairy staff, and Minas Frescal cheese were analyzed for the presence of S. aureus in a dairy plant in Goiás, Brazil. Strains were isolated from 75% of the personnel investigated resulting in 31 (33.7%) isolates from 92 collected samples (46 from hands and 46 from nasopharynx). The 24 raw milk samples resulted in 18 (75.0%) positive samples and 26 isolates, with mean number: 1.1 x 10(involution 5) CFU/ml. Among 24 cheese samples 17 (70.8%) were positive resulting in 20 isolates, with mean number: 3.8 x 10(involution 4) CFU / g. Thirteen samples (54.2%) were above the limit established by the brazilian legislation (10(involution 3) CFU / g). The differentiation of strains was performed by antimicrobial susceptibility test. All isolates were susceptible to ciprofloxacin and gentamicin. Resistance was observed in five (6.5%) isolates for erythromycin, 19 (24.7%) for tetracycline, one (1.3%) for vancomycin, four (5.2%) for oxacillin and 53 (68.8%) isolates for penicillin. Eleven isolates (14.3%) were susceptible to all antibiotics tested and 18 (23.4%) were resistant to more than one antibiotic. The antibiotic susceptibility allowed the discrimination of isolates in 12 different profiles (A-L), but the phenotypic typing failed to determine the source of bacteria for the cheese.


Subject(s)
Milk/adverse effects , Cheese/adverse effects , Staphylococcus aureus/genetics , Staphylococcus aureus/isolation & purification , Microbial Sensitivity Tests/methods
8.
Mem. Inst. Oswaldo Cruz ; 99(4): 415-419, Jun. 2004. ilus, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-363860

ABSTRACT

This study compares smear, growth in Lowenstein-Jensen medium, and in-house polymerase chain reaction (PCR) techniques for the detection of Mycobacterium tuberculosis. A total of 72 specimens from 72 patients with clinical symptoms of tuberculosis, including 70 sputum and two bronchial aspirate samples, were tested in parallel by smear, culture, and in-house PCR techniques. From these, 48 (66.6 percent) were negative by the 3 methods, 2 (2.8 percent) were smear positive and negative by culture and in-house PCR, 11 (15.3 percent) were both smear and culture negative, and in-house PCR positive, 7 (9.7 percent) were positive by the 3 methods, 2 (2.8 percent) were positive by smear and culture, and negative by PCR, 2 (2.8 percent) were positive by culture and PCR, but smear negative. After the resolution of discrepancies in PCR results, the sensitivity and specificity for in-house PCR technique to M. tuberculosis relative to the culture, were 81.8 percent and 81.9 percent, respectively. These results confirm that this method, in-house PCR, may be a sensitive and specific technique for M. tuberculosis detection, occurring in both positive and negative smear and negative cultures.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Mycobacterium tuberculosis , Polymerase Chain Reaction , Tuberculosis, Pulmonary , Bronchoalveolar Lavage Fluid , Culture Media , DNA, Bacterial , Sensitivity and Specificity , Sputum
9.
Rev. patol. trop ; 32(2): 193-203, jul.-dez. 2003. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-363187

ABSTRACT

Este estudo visa determinar os microorganismos predominantes em cremes cosméticos manipulados em Goiânia. Os produtos avaliados incluíram cremes faciais obtidos nas farmácias de manipulação e analisados microbiologicamente para determinação da presença de bactérias, bolores e leveduras. Pseudomonas aeruginosa e Staphylococcus aureus foram os patógenos predominantemente isolados em 14,58 por cento das amostras examinadas. A pesquisa salienta a importância da adoção de normas de controle de qualidade e prevenção da contaminação na produção.


Subject(s)
Humans , Environmental Pollution , Cosmetics , Health Surveillance , Pharmacies
10.
Rev. patol. trop ; 32(1): 45-52, jan.-jun. 2003. ilus, tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-387493

ABSTRACT

Com a finalidade de verificar a qualidade de hambúrgueres de carne bovina prontos para o consumo comercializados em sanduicherias tipo trailers da cidade de Goiânia (GO), foi realizada uma avaliação microbiológica de cem amostras. Estas foram coletadas com o apoio da Vigilância Sanitária Municipal, sendo cinqüenta oriundas de estabelecimentos de regiões centrais e cinqüenta de regiões periféricas. Posteriormente, foram analisadas com base na Resolução RDC nº 12, de 2 de janeiro de 2001, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O protocolo microbiológico, de acordo com American Public Health Association - APHA (1992) e Brasil (1999), incluiu a contagem de coliformes a 45°C, Staphylococcus coagulase positiva e bactérias Clostridium sulfito redutores a 46°C, além da pesquisa de Salmonella sp. Procedeu-se ainda à contagem de bactérias mesófilas aeróbias estritas e/ou facultativas viáveis e coliformes a 35°C. Os resultados evidenciaram a presença de mesófilos em 95 por cento das amostras e de coliformes totais em 35 por cento; no entanto, coliformes fecais e Escherichia coli (1 por cento), Staphylococcus coagulase positiva (1 por cento) e Clostridium sulfito redutores (2 por cento) foram encontradas em menor proporção. Não foi detectada nenhuma espécie de Salmonella nas amostras analisadas. A pesquisa microbiológica realizada evidenciou a elevada qualidade microbiológica das amostras analisadas, pois 99 por cento delas apresentaram-se de acordo com a legislação vigente.


Subject(s)
Humans , Food Contamination , Food Microbiology , Food Quality , Food Samples , Meat , Cattle
11.
Hig. aliment ; 17(107): 86-94, abr. 2003. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-350944

ABSTRACT

Com o intuito de avaliar a qualidade microbiológica foram analisadas 40 amostras de sorvetes prontos para o consumo, 28 de calda para sorvete pasteurizada e 40 não pasteurizada, colhidas de 10 fábricas com produção artesanal em Goiânia, através da contagem de bactérias mesófilas aeróbias e/ou facultativas viáveis, Staphylococcus aureus, coliformes totais e fecais e pesquisa de Salmonella sp. Das amostras de sorvetes analisadas 26 (65 por cento) apresentaram contagens microbiológicas acima dos limites máximos permitidos para gelados comestíveis estabelecidos pela Portaria nº 451 de 19 de setembro de 1997 do Ministério da Saúde. Destas amostras, 14 (35 por cento) estiveram acima dos padrões para bactérias mesófilas, quatro (10 por cento) para Staphylococcus aureus e 24 (60 por cento) para coliformes totais. As amostras de calda pasteurizada e não pasteurizada estiveram acima dos limites, considerando sorvetes, em 62,5 por cento e 82,1 por cento, respectivamente. Foi detectada uma amostra de calda não pasteurizada positiva para Salmonella, caracterizada sorologicamente com Salmonella Paratyphi B. A análise estatística mostrou diferença significativa dos resultados quando as fábricas foram comparadas, mostrando diferenças das práticas de higiene no processamento do sorvete.


Subject(s)
Food Microbiology , Ice Cream
12.
Rev. bras. anal. clin ; 35(2): 59-62, 2003. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-346063

ABSTRACT

Com o intuito de identificar e verificar a sensibilidade de cepas de Mycobacterium tuberculosis isoladas de 206 amostras clínicas obtidas de formas pulmonares e extrapulmonares, provenientes de 144 pacientes externos e internos do Hospital de Doenças Tropicais do Estado de Goiás, foi realizado baciloscopia pela técnica de coloraçäo de Ziehl-Neelsen e a cultura em Lowenstein-Jensen e sistema bifásico. A identificaçäo foi realizada através de provas de crescimento na presença de inibidores, produçäo de pigmentos, tempo de crescimento e provas bioquímicas, conjuntamente com a determinaçäo da susceptibilidade às drogas antimicobacterianas. Foram isoladas micobactérias em 13 (6,3 porcento) amostras, sendo 12 (92,3 porcento) identificadas como M. tuberculosis e uma (7,7 porcento) do complexo M. avium (MAC). Das amostras isoladas, 12 apresentaram sensibilidade a isoniazida, etambutol, rifampicina, estreptomicina, pirazinamida, etionamida e somente uma amostra, apresentou resistência à isoniazida, rifampicina, pirazinamida e etionamida


Subject(s)
Humans , Mycobacterium tuberculosis , Drug Resistance, Microbial/immunology , Tuberculosis, Pulmonary , Decontamination/methods , Ethambutol , Ethionamide , Hospitals, Public , Isoniazid , Pyrazinamide , Rifamycins , Streptomycin
13.
Rev. patol. trop ; 31(2): 175-193, jul.-dez. 2002. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-363196

ABSTRACT

Visando avaliar a qualidade sanitária através da ocorrência de coliformes totais (CT) e fecais (CF) em águas superficiais do Rio Meia Ponte (RMP) e do Ribeirão João Leite (RJL), foram analisadas 48 amostras, colhidas de 12 pontos, sendo sete no RMP e cinco do RJL, trimestralmente, de março a dezembro de 1999, e submetidas à determinação de CT e CF através da técnica do Número Mais Provável. Dentre as 28 amostras analisadas no RMP, os resultados apresentados por 19 (68 por cento) delas para CT e 20 (71,5 por cento) para CF não se enquadraram como água de Classe II da Resolução nº 20/1986, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA). Das 20 amostras do RJL, os resultados foram também insatisfatórios para esse enquadramento em sete (35 por cento) amostras para CT e 14 (70 por cento) delas para CF. Os níveis máximos para CT e CF ocorreram nos pontos de amostragem localizados em área urbana. Houve correlação positiva significante entre os índices de coliformes CT e CF e precipitação pluviométrica. Foi evidente o processo de autodepuração no RMP, porém a qualidade sanitária de suas águas mostrou-se mais comprometida que a do RJL, pois os resultados no RMP, com enquadramento na Classe II desta resolução, foram nove (32 por cento) amostras para CT e oito (28,5 por cento) para CF, sendo menores do que os encontrados no RJL: 13 (65 por cento) amostras para CT e seis (30 por cento) para CF. Conclui-se que os índices de coliformes sofreram influência das variações sazonais e comprovou-se o impacto da ocupação urbana e atividades antrópicas na qualidade da água dos mananciais estudados.


Subject(s)
Humans , Enterobacteriaceae , River Pollution , Water Pollution , Water Quality
14.
Hig. aliment ; 16(101): 56-62, out. 2002. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-331643

ABSTRACT

Foram analisadas 60 amostras de farinha de carne e ossos e 60 de farinha de sangue, constituintes de ração para animais, provenientes de um abatedouro-frigorífico de bovinos, em Goiânia/GO, obtidas no período de julho de 1999 a junho de 2000, com a finalidade de avaliar as condições sanitárias, através do isolamento e identificação bioquímica e sorológica de bactérias pertencentes ao gênero Salmonella, realizando-se estudo dos perfis de suscetibilidade a cinco agentes antimicrobianos. Das amostras analisadas, 25 (20,83 por cento) foram positivas para Salmonella spp., sendo cinco (8,33 por cento) provenientes de farinha de carne e ossos e 20 (33,33 por cento) de farinha de sangue. Foram identificados oito sorovares em 58 cepas isoladas, dentre os quais, Salmonella Worthington correspondendo a 22,4 por cento dos isolamentos, S. Pomona 20,7 por cento, S. Muenchen 17,2 por cento, S. Mbandaka 13,8 por cento, S. Othmarshchen 8,6 por cento, S. Give e S. Urbana 6,9 por cento e S. Cerro 3,5 por cento. O maior índice de resistência foi em relação ao ácido nalidíxico (43,1 por cento), seguido por estreptomicina (3,4 por cento) e ampicilina (1,7 por cento). As cepas testadas apresentaram 98,3 por cento de sensibilidade à ampicilina, 96,5 por cento ao cloranfenicol, 79,3 por cento à tetraciclina, 58,6 por cento à estreptomicina e 36,2 por cento ao ácido nalidíxico. As cepas também apresentaram níveis de sensibilidade intermediária em percentuais de 37,9 por cento à estreptomicina, 20,7 por cento ao ácido nalidíxico e à tetraciclina e 3,4 por cento ao cloranfenicol. As cepas isoladas das amostras de farinha de sangue foram as que apresentaram maiores percentuais de resistência aos antimicrobianos testados sendo, 46 por cento ao ácido nalidíxico, 4,0 por cento à estreptomicina e 2 por cento à ampicilina, enquanto que as de farinha de carne e ossos apresentaram percentuais de resitência somente ao ácido nalidíxico (25 por cento).


Subject(s)
Animal Feed/microbiology , Drug Resistance, Microbial , Salmonella , Slaughterhouse Sanitation
15.
Rev. patol. trop ; 31(1): 77-86, jan.-jun. 2002. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-387323

ABSTRACT

Foram analisadas 99 amostras de leite pasteurizado tipo C de diferentes marcas comercializadas no Estado de Goiás, entre janeiro e junho de 2000, sendo 49 amostras (49,5 por cento) consideradas fora dos padrões legais vigentes (Portaria nº 451 de 22 de setembro de 1997 do Ministério da Saúde). Dentre essas, 8 amostras (8,1 por cento) foram classificadas como "produto em condições higiênicas insatisfatórias" devido às contagens de mesófilos, e 39 amostras (39,4 por cento) mostraram-se em desacordo com os padrões para coliformes totais, sendo 23 destas (23,2 por cento) consideradas como "produto em condições higiênicas insatisfatórias", 7 amostras (7,1 por cento), "produto inaceitável para o consumo", e 9 amostras (9,1 por cento), como "produto impróprio para o consumo". Quanto ao número mais provável de coliformes fecais, 14 amostras (14,1 por cento) foram classificadas como "produto em condições higiênico-sanitárias insatisfatórias", 20 amostras (20,2 por cento) foram consideradas "produto inaceitável para o consumo" e 4 amostras (4,0 por cento), como "produto impróprio para o consumo". De acordo com os resultados encontrados, há necessidade de adoção de normas de higiene para obtenção e transporte do leite, ou seja, de controle desde a ordenha até a comercialização, assim como a necessidade de fiscalização mais rigorosa durante a pasteurização e embalagem do produto para obtenção de um produto que atenda pelo menos às condições mínimas exigidas pela legislação vigente.


Subject(s)
Animals , Cattle , Food Microbiology , Milk , Quality Control
16.
Rev. patol. trop ; 28(2): 202-10, jul.-dez. 1999. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-280874

ABSTRACT

Foram avaliadas microbiologicamente 26 amostras de equipamentos que entram em contato com a carne bovina, provenienyes de dois matadouros-frigoríficos de Goiânia, com o objetivo de verificar suas condiçöes higiênico-sanitárias, através das contagens padräo em placas de icrorganismos aeróbios e/ou facultativos mesófilos, psicrotróficos, bolores e leveduras, coliformes totais, estatilococos coagulase positivos e pesquisa de bactérias pertencentes ao gênero Salmonella. Verificou-se que 100 por cento das amostras analisadas apresentaram contagens de mesófilos, 42,3 por cento de psicrotróficos, 19,2 por cento de bolores e leveduras, 73,1 por cento de coliformes totais e 3,8 por cento de estafilococos coagulase positivos. Näo foi detectada a presença de Salmonella sp nos equipamentos (mesas e bandejas de aço inoxidável e serras elétricas) estudados. As serras elétricas mostraram-se mais contaminadas do que as mesas e bandejas de aço inoxidável. Observou-se, ainda, que os equipamentos apresentarm condiçöes higiênicas insatisfatórias, e as serras, condiçöes sanitárias adotados pelos matadouros-frigoríficos avaliados näo foram realizados de maeira satisfatória, como é proconizado pelo Serviço de Inspeçäo Sanitária Federal.


Subject(s)
Cattle , Animals , Abattoirs/instrumentation , Equipment Contamination , Meat , Cattle
17.
Hig. aliment ; 13(66/67): 37-43, nov.-dez. 1999. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-255186

ABSTRACT

Avaliou-se as condiçöes microbiológicas, mensurou-se a temperatura e o pH da carne, observou-se a rotina empregada e o tempo de duraçäo das etapas do fluxograma de vinte preparaçöes de carne bovina, do cardápio, de um serviço de alimentaçäo, no período de junho a dezembro de 1996. As etapas incluíram a Recepçäo, Estocagem, Preparo, Cocçäo, Fatiamento e Distribuiçäo do alimento. Foram obtidas 98 amostras (entre carne crua e cozida), nas quais foram realizadas contagem padräo em placas de microrganismos aeróbios e/ou facultativos mesófilos viáveis, de coliformes totais, de coliformes fecais, de E. coli, de S. aureus e a pesquisa de bactérias do gênero Salmonella. De acordo com os resultados obtidos, 95 por cento das amostras de carne crua apresentaram contagens >100 UFC/g para mesófilos, 65 por cento para coliformes totais, 30 por cento para coliformes fecais e E. coli, e 15 por cento para S. aureus. Nenhuma amostra forneceu o isolamento de Salmonella sp. A análise estatística desses dados permitiu constatar a heterogeneidade da qualidade microbiológica da matéria-prima, entretanto, todas as amostras se apresentaram de acordo com os padröes sanitários do Ministério da Saúde. Quanto à temperatura da carne, 100 por cento das amostras alcançaram os critérios preconizados pelos organismos internacionais. Em relaçäo ao pH, 45 por cento dessas amostras apresentaram valores próximos ao valor médio estabelecido pelo Ministério da Agricultura. Após o tratamento térmico utilizado na etapa Cocçäo, 100 por cento das amostras apresentaram contagens <100 UFC/g para os microrganismos pesquisados, sendo o binômio tempo-temperatura eficiente para impedir a sobrevivência das bactérias estudadas. Pelos resultados, conclui-se que o serviço de alimentaçäo estudado mostrou-se com um sistema de controle de qualidade eficaz, garantindo riscos microbiológicos mínimos no fluxograma de produçäo da carne bovina.


Subject(s)
Food Microbiology , Food Quality , Meat , Cattle
18.
Hig. aliment ; 13(60): 68-73, mar. 1999. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-233494

ABSTRACT

Foram analisadas 34 amostras de utensílios utilizados em salas de abate de matadouros de Goiânia/GO, que entram em contato com a carne bovina, com a finalidade de avaliaçäo microbiológica de suas condiçöes higiênico-sanitárias, através das contagens padräo em placas de microrganismos aeróbios e/ ou facultativos mesófilos e psicrotróficos, bolores e leveduras, coliformes totais, estafilococos coagulase positiva e pesquisa de bactérias pertencentes ao gênero Salmonella. Os resultados obtidos revelaram a ocorrência de mesófilos em 100 por cento, psicotróficos em 58,8 por cento, bolores e leveduras em 50 por cento, coliformes totais em 76,5 por cento e estafilococos coagulase positiva em 23,5 por cento das amostras. Näo foram isoladas bactérias do gênero Salmonella nas amostras estudadas. Dos utensílios analisados, facas, ganchos, cestas e bandejas plásticas, as cestas plásticas mostraram-se mais contaminadas. Os resultados revelaram ainda que os utensílios apresentaram condiçöes higiênicas insastifatórias, sendo que as cestas plásticas também apresentaram condiçöes sanitárias insatisfatórias. Pôde-se observar, ainda, que os procedimentos de higiene dos utensílios adotados pelos matadouros, de acordo com recomendaçäo da Inspeçäo Sanitária Federal, näo säo utilizados de forma homogênea e sistemática.


Subject(s)
Slaughterhouse Sanitation
19.
Rev. patol. trop ; 22(1): 9-15, jan.-jun. 1993.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-162737

ABSTRACT

Estudou-se a presença do gênero Listeria em 200 amostras de leite e derivados, sendo 44 de leite pasteirizado tipo "C", 44 de leite cru, 73 de queijo minas frescal, 30 de requeijäo cremoso e 16 de requeijäo caseiro. Observou-se que em quatro (2 pôr centro) amostras de leite cru e em duas (1 pôr cento de queijo minas frescal foi encontrada a mesma espécie de Listeria. Os resultados positivos confirmaram bioquímica e sorologicamente a presença de Listeria innocua 6ª. Näo se detectou a presença de L. monocytogenes nas amostras analisadas


Subject(s)
Listeria monocytogenes , Prevalence , Cheese , Dairy Products , Listeria , Milk
20.
Rev. patol. trop ; 22(1): 17-22, jan.-jun. 1993.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-162738

ABSTRACT

Observou-se a presença de 5 (11,9 pôr cento) amostras contendo cepas de Listeria monocytogenes pertencentes ao sorotipo 4b, em 42 amostras de linguiça fescal de carne suína, comercializadas em supermercados da cidade de Goiânia. A patogenicidade foi verificada e confirmada, nas amostras positivas, quando foram submetidas ao teste de Anton. Este percentual de amostras patogênicas evidencia o problema da possível veiculaçäo de Listeria ao consumidor, por alimentos


Subject(s)
Listeria monocytogenes/isolation & purification , Meat , Meat Products , Prevalence , Mice, Inbred Strains , Glucose , Maltose , Mannitol/administration & dosage , Rhamnose , Xylose
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL