Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 2 de 2
Filter
Add filters








Year range
1.
Physis (Rio J.) ; 30(1): e300111, 2020.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1125330

ABSTRACT

Resumo O estudo descreve a Educação Interprofissional e os processos de Educação Permanente em Saúde na implantação de um Centro de Atenção Psicossocial para produção de cuidado em saúde mental. Destaca-se o contexto da interiorização da rede de atenção psicossocial, que ganhou impulso através da descentralização dos serviços de saúde em regiões compostas por municípios com menos de 15 mil habitantes. A metodologia utilizada foi embasada na análise institucional, socioclínica institucional, pesquisa-intervenção, com uma perspectiva teórica qualitativa. A construção dos dados ocorreu através das rodas de conversa com os profissionais do CAPS e participação observante com registro em diários de pesquisa. Os dados apontaram a educação interprofissional e educação permanente como estratégias de formação profissional no processo de trabalho, possibilitando reflexões e ações no cenário de prática voltado para além da intervenção psiquiátrica e da prescrição de psicotrópicos.


Abstract The study describes Interprofessional Education and Permanent Health Education processes in the implementation of a Psychosocial Care Center for the production of mental health care. The context of the interiorization of the psychosocial care network, which gained momentum through the decentralization of health services in regions composed of municipalities with less than 15 thousand inhabitants, stands out. The methodology was based on institutional analysis, institutional socioclinics, research-intervention, with a qualitative theoretical perspective. Data construction comprised conversation circles with CAPS professionals and observant participation registered in research journals. The data pointed to interprofessional education and permanent education as professional training strategies in the work process, allowing for reflections and actions in the practice scenario beyond psychiatric intervention and the prescription of psychotropic drugs.


Subject(s)
Humans , Health Personnel/education , Health Management , Education, Continuing , Mental Health Assistance , Interprofessional Education , Mental Health Services , Unified Health System , Brazil , Public Health , Integrality in Health , Interdisciplinary Placement
2.
Psicol. estud ; 16(3): 479-489, jul.-set. 2011. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-624285

ABSTRACT

O Sistema Único da Assistência Social (SUAS) provocou a expansão e a interiorização da profissão de psicólogo em todo o país. Objetiva-se com este estudo mapear a presença desse profissional no SUAS, identificando quantos somos e onde estamos atuando nesta política. Realizou-se um estudo descritivo-exploratório, de natureza quantitativa, tendo como fonte para a coleta, organização e sistematização dos dados o Cadastro Nacional do SUAS (CadSUAS). Entre os resultados, identificou-se que o Brasil conta com 7.607 CRAS e 2.155 CREAS, distribuídos nos 5.565 municípios. Ao todo, são 8.079 os psicólogos que atuam no SUAS (6.022 em CRAS e 2.057 em CREAS). O Nordeste destaca-se como o que conta com o maior número de psicólogos em CRAS (2.252), e o Sudeste, em CREAS (706). Ademais, 92,9% dos psicólogos do SUAS atuam em municípios interioranos. Neste contexto, entende-se o SUAS como um importante dispositivo de capilarização da atuação do psicólogo brasileiro para as cidades de médio e pequeno porte do país.


The Unique System of Social Assistance (USSA) caused expansion and interiorization of the profession in the whole country. This study aims to map the presence of the psychologist in Social Assistance, identifying how many and where are we acting in this policy. An exploratory-descriptive study was realized, of quantitative nature, having as source of collection, organization and systematization of the data , the National Cadastre (CadSUAS). Among the results, it is identified that Brazil counts with 7,607 CRAS and 2,155 CREAS distributed in 5,565 cities. There are 8,079 psychologists in USSA (6,022 in CRAS and 2,057 in CREAS). The northeast stands out with the major number of psychologists in CRAS (2,252) and the southeast in CREAS (706). Moreover, 92.9% of SUAS psychologists acts in inner cities. Through this, SUAS is understood as an important device of capillarisation of Brazilian psychologist action for small and medium size cities of the country.


El Sistema Único de Asistencia Social (SUAS) ha fomentado la expansión y la internalización de la profesión en todo el país. El objetivo de este estudio fue cartografiar la presencia del psicólogo en el SUAS e identificar cómo y dónde estamos actuando en esta política. Se realizó un estudio exploratorio descriptivo, cuantitativo, a partir de los datos del Registro Nacional de SUAS (CadSUAS). Entre los resultados, encontramos que hay en el país 7.607 CRAS y 2.155 CREAS distribuidos en 5.565 municipios. Hay en Brasil 8.079 psicólogos vinculados al SUAS (6.022 CRAS y 2.057 CREAS). El Nordeste se destaca con mayor número de psicólogos en el CRAS (2.252) y el sudeste en CREAS (706). Además, 92,9% de los psicólogos trabajan en municipios del interior. De esta manera, consideramos el SUAS como un dispositivo importante de la capilarización de la actuación de los psicólogos para ciudades brasileñas de tamaño pequeño y mediano.


Subject(s)
Psychology
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL