Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 4 de 4
Filter
Add filters








Year range
2.
Rev. bras. epidemiol ; 22: e190027, 2019. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-990746

ABSTRACT

RESUMO: Introdução: A ocorrência da tuberculose tem sido relacionada à organização espacial e à melhoria das condições de vida da população. Contudo, essa relação não é de forma direta, e o adoecimento por tuberculose envolve processos de diferentes níveis de organização. Método: Estudo ecológico que analisa a relação entre condições de vida e tuberculose no município de Niterói, Brasil. Foram criados dois indicadores, socioambiental e programático, por meio de análise fatorial e analisados por regressão no período de 2008 a 2012. Foram construídos mapas temáticos com os dados referentes à taxa de incidência e aos indicadores, para verificar o padrão da distribuição da taxa de incidência e desses indicadores no município. Resultados: Os resultados apontaram associação direta e significativa entre os dois indicadores com a taxa de incidência de tuberculose. O aumento em uma unidade no indicador programático esteve associado com um aumento na taxa de incidência em 7%. Já o indicador socioambiental associou-se com uma taxa de tuberculose 27% mais elevada. Discussão: Os resultados do presente trabalho foram consistentes ao constatar relação direta entre tuberculose e condições de vida no município de Niterói. Conclusão: Podemos concluir que a dinâmica da transmissão da tuberculose no município de Niterói pode ser explicada pela ocorrência da doença em áreas de periferia social consolidada e pela vulnerabilidade social de grupos específicos.


ABSTRACT: Introduction: The occurrence of tuberculosis has been related to the spatial organization and improvement of the living conditions of the population. However, this relationship is not directly related and tuberculosis illness involves processes at different levels of organization. Method: An ecological study analyzing the relationship between living conditions and tuberculosis in the city of Niteroi, Brazil. Two indicators, socio-environmental and programmatic, were created by factor analysis and analyzed by regression in the period of 2008 to 2012. Thematic maps were constructed to examine the distribution pattern of the incidence rate and indicators in the city. Results: The results showed a direct and significant association of the two indicators with the incidence rate of tuberculosis. A one-unit higher the programmatic indicator was associated with a 7% higher incidence rate. The socio-environmental indicator was associated with a 27% higher tuberculosis rate. Discussion: The results of the present study were consistent with the direct relationship between tuberculosis and living conditions in the city of Niteroi. Conclusion: We can conclude that the dynamics of tuberculosis transmission in Niteroi can be explained by the occurrence of the disease in areas of consolidated social periphery and by the social vulnerability of specific groups.

4.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 24(1): 3-8, jan.-mar. 2016. graf
Article in English | LILACS-Express | ID: lil-781539

ABSTRACT

Abstract Malaria is a major public health problem, and Brazil is the largest contributor in America to the number of cases. In the country, the Amazon concentrates around 99.5% of the cases. This article aims to compare trends in deforestation rate and the parasite index of malaria in the Amazon region between 1996 and 2012. The annual crude rate of deforestation and the Annual Parasite Index (API) of malaria between 1996 and 2012 were estimated. The rate of deforestation has great variability among the states every year, and a similar situation is observed for malaria API over the studied period. There are important variations across the states within this period. The historical series of crude deforestation rate and malaria API have markedly similar trends; with a 1-2 years lag between them, suggesting that the occurrence of fluctuations in deforestation numbers impacts malaria numbers in a period immediately following. The mapping of deforested areas and the analysis of temporal series are therefore useful in the analysis of malaria.


Resumo A malária é um problema de saúde pública, sendo o Brasil, na América, o país que mais contribui com o número de casos. A Amazônia Legal concentra a maioria dos casos, cerca de 99,5%. O objetivo deste artigo é comparar as tendências da taxa de desflorestamento e o índice parasitário por malária na região da Amazônia Legal entre 1996 e 2012. Foram estimados a taxa bruta anual de desflorestamento e o Índice Parasitário Anual de Malária entre 1996 e 2012, para a Amazômia Legal e seus estados. Obtiveram-se a série histórica dos dois indicadores e as estatísticas descritivas por ano e por estado. A taxa de desflorestamento apresenta grande variabilidade entre os estados, ano a ano, e situação semelhante é observada para o IPA de malária no período. Há variação importante quando são observados os estados dentro do mesmo período. As séries históricas da taxa bruta de desflorestamento e do IPA de malária apresentam tendências semelhantes, com um lag de 1-2 anos entre elas, sugerindo que as oscilações nos números de desflorestamento impactam os números de malária em período imediatamente posterior. O mapeamento das áreas desflorestadas e a análise de séries temporais, portanto, são úteis na análise da malária.

SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL