Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 3 de 3
Filter
Add filters








Year range
1.
Ciênc. rural (Online) ; 51(12): e20200855, 2021. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1286016

ABSTRACT

ABSTRACT: The food industry is in a continuous search for strategies of reducing of antibiotic residues in livestock production, given the development of antibiotic-resistant bacteria. In that context, there is a consistent increasing in the usage of alternative feed phytogenic additives. Due to the pharmacological, the plants Marrubium vulgare and Leonurus sibiricus, are both potential replacements for growth-promoting antibiotics. This study evaluated the productive performance and analyze the sensory qualities in the meat of broiler that were administered M. vulgare and L. sibiricus infusions. A total of 320 chicks from an poultry farm were distributed in 8 groups groups according treatments by 28 days: Control Group (Saline); Positive control (tylosin 1%, 50 ppm); Groups of M. vulgare (MV) infusion: 2% (MV2), 4% (MV4) and 6% (MV6); and groups treated with L. sibiricus (LS) infusion: 2% (LS2), 4% (LS4) and 6% (LS6), all of them received relative doses corresponding to the live weight percentage in milliliter. There was weght gain in MV6 and LS6 group and a better food conversion in MV4, MV6, LS4, and LS6. In addition, weight gain and enhancement of the pectoral muscles were observed in these groups. The sensory analysis revealed that the broilers' meat of MV had a more intense flavor. For marketing purposes the meat from birds that received LS had a better demand. Improvement of productive performance and sensory qualities of the broilers meat might be associated with the phytobiotic activity in it. Therefore, MV and LS can be used as natural growth promoter in broilers.


RESUMO: A indústria de alimentos busca a redução de resíduos de antibióticos na criação intensiva de animais de produção devido ao desenvolvimento de bactérias resistentes. Nesse contexto, tem havido um aumento no uso de aditivos fitogênicos alternativos nas rações. Devido às suas propriedades farmacológicas demonstradas anteriormente as plantas Marrubium vulgare e Leonurus sibiricus tem potencial como aditivos em substituição aos antibióticos promotores de crescimento. O objetivo desse estudo foi avaliar o desempenho produtivo e analisar as qualidades sensoriais da carne de frangos que receberam a administração da infusão da M. vulgare (MV) e da L. sibiricus (LS). 320 pintainhas de um criatório industrial foram distribuídas em oito grupos experimentais: Grupo Controle (Salina); Controle Positivo (tilosina 1%, 50 ppm); Grupos tratados com MV: 2% (MV2), 4% (MV4) e 6% (MV6); e grupos tratados com a LS: 2% (LS2), 4% (LS4) e 6% (LS6), e todos eles receberam doses relativas correspondendo à percentagem de peso vivo, em mililitros. Houve maior ganho de peso no 28o dia nos grupos MV6 e LS6 e melhor conversão alimentar em MV4, MV6, LS4 e LS6. Além disso, foi observado aumento no peso e circunferência dos músculos peitorais nesses grupos. A análise sensorial revelou que amostras de carne do grupo MV tiveram sabor mais intenso do que no grupo controle. Na intenção de compra, a carne dos animais que receberam LS teve maior preferência. A melhoria do desempenho produtivo e das características sensoriais da carne de frangos pode estar associada à atividade fitobiótica. Assim, MV e LS podem ser usados como promotores de crescimento naturais para frangos de corte.

2.
Rev. bras. anal. clin ; 50(2): 153-160, nov. 23, 2018. tab, ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-963767

ABSTRACT

Objetivo: Objetivou-se analisar o consumo alimentar e os níveis plasmáticos de zinco além de biomarcadores do status oxidativo de pacientes com infecção pelo HIV. Métodos: Foram selecionados indivíduos adultos com HIV e contagem de linfócitos T CD4<500 células/mm3, assistidos por um centro especializado, localizado na região oeste do Paraná. Realizou-se a aplicação de questionários, avaliação antropométrica e coleta sanguínea para análise de zinco e biomarcadores do status oxidativo. Resultados: Avaliou-se um total de quarenta indivíduos adultos, nos quais se observaram consumo adequado de zinco e grande frequência de eutrofia e sobrepeso. Obteve-se correlação positiva entre tióis proteicos (SH-P) e os níveis plasmáticos de zinco e correlação negativa entre SH-P e a peroxidação lipídica (PL) no plasma e nos eritrócitos. Além disso, verificou-se um aumento nos níveis de SH-P em pacientes com presença de doença oportunista em alguma fase da infecção viral. Conclusão: Apesar de não ter sido observada relação entre níveis de zinco sanguíneo e a contagem de linfócitos T CD4 e carga viral, as propriedades do mineral ainda são defendidas como essenciais.


Subject(s)
Zinc/adverse effects , Serologic Tests , Nutritional Status , Acquired Immunodeficiency Syndrome , Oxidative Stress , Biomarkers , HIV Infections
3.
Ciênc. rural ; 34(5): 1593-1596, set.-out. 2004. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-383610

ABSTRACT

Com o objetivo de monitorar os resíduos de compostos tóxicos em alimentos, verificou-se a freqüência e os níveis de praguicidas organoclorados (OC) e bifenilas policloradas (PCBs) em amostras de salsichas Hot-Dog, comercializadas na Cidade de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul (RS) e, compararam-se os valores com aqueles estabelecidos pela Legislação. Para as análises, procedeu-se a extração da gordura das amostras. A partir da purificação desta, obteve-se um extrato do qual se determinaram os resíduos organoclorados por cromatografia gasosa com detector de captura eletrônica (CG - µECD63Ni). Verificou-se que o lindano e o HCB foram os pesticidas que apresentaram as maiores concentrações médias (0,001798ppm e 0,001652ppm, respectivamente). O somatório dos níveis médios dos pesticidas organoclorados detectados foi de 0,015783ppm, sendo que deste total 0,011165ppm pertencia aos metabólitos do DDT. Quanto as bifenilas policloradas, as maiores concentrações médias corresponderam às PCBs 10 (0,001817ppm) e 28 (0,000317ppm). O somatório das PCBs foi de 0,002172ppm. As concentrações de praguicidas organoclorados e PCBs encontradas nas amostras analisadas estavam abaixo dos limites máximos permitidos pela legislação.

SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL