Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 24
Filter
1.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 54: e03571, 2020. tab
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1115153

ABSTRACT

Abstract Objective: To verify the frequency of physical restraint in patients and the factors associated with its use in the intensive care unit. Method: An observational and prospective study on the use of restraint in patients observed over two days, considering the variables: age and gender, personal and clinical characteristics, devices, adverse event and restraint use. The frequency was verified in three groups of patients with different conditions by applying the Chi-Squared, Likelihood Ratio or Kruskal-Wallis tests. The association of the variables was verified with the Multinomial Logistic Regression. Results: Eighty-four (84) patients participated. Restraint was observed in 77.4% of the 84 analyzed patients, and was more frequent in the presence of sedation, agitation and invasive devices. The chance of being restrained was at least five times higher in sedation conditions, whether in weaning or daily awakening, mechanical ventilation weaning, agitation or the presence of invasive devices. Conclusion: Restraint use was high and was associated with female gender, sedation, agitation and invasive airway. It is emphasized and important to apply policies to reduce restraint use in intensive care.


Resumen Objetivo: Verificar la frecuencia de restricción mecánica en los pacientes y los factores asociados con su empleo en la Unidad de Cuidados Intensivos. Método: Estudio observacional y prospectivo acerca del uso de la restricción en pacientes, observados en dos días, considerando las variables: edad y sexo, características personales y clínicas, dispositivos, evento adverso y empleo de restricción. La frecuencia fue verificada en tres grupos de pacientes con distintas condiciones, aplicándose las pruebas Chi cuadrado o Razón de Verosimilitud o Kruskal-Wallis. La asociación de las variables fue verificada con la Regresión Logística Multinomial. Resultados: Participaron 84 pacientes. La restricción fue observada en el 77,4% de los 84 pacientes analizados y fue más frecuente en la presencia de sedación, agitación y dispositivos invasivos. La probabilidad de estar restricto fue por lo menos cinco veces mayor en las condiciones de sedación, ya sea en la reducción gradual de la medicación o despertar diario, reducción gradual de la ventilación mecánica, agitación y presencia de dispositivos invasivos. Conclusión: El empleo de la restricción fue elevado y se asoció con el sexo femenino, sedación, agitación y vía aérea invasiva. Se subraya la importancia de aplicación de políticas para reducción de la restricción en cuidados intensivos.


Resumo Objetivo: Verificar a frequência de restrição mecânica nos pacientes e os fatores associados ao seu uso na Unidade de Terapia Intensiva. Método: Estudo observacional e prospectivo sobre uso da restrição em pacientes, observados em dois dias, considerando as variáveis: idade e sexo, características pessoais e clínica, dispositivos, evento adverso e uso de restrição. A frequência foi verificada em três grupos de pacientes com diferentes condições aplicando-se os testes Qui-Quadrado ou Razão de Verossimilhança ou Kruskal-Wallis. A associação das variáveis foi verificada com a Regressão Logística Multinomial. Resultados: Participaram 84 pacientes. A restrição foi observada em 77,4% dos 84 pacientes analisados e foi mais frequente na presença de sedação, agitação e dispositivos invasivos. A chance de se estar restrito foi cerca de pelo menos cinco vezes maior nas condições de sedação, seja em desmame ou despertar diário, desmame da ventilação mecânica, agitação e presença de dispositivos invasivos. Conclusão: O uso da restrição foi elevado e associou-se ao sexo feminino, sedação, agitação e via aérea invasiva. Ressalta-se a importância de aplicação de políticas para redução da restrição em terapia intensiva.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adolescent , Adult , Middle Aged , Aged , Aged, 80 and over , Restraint, Physical , Intensive Care Units , Nursing Care , Risk Management , Prospective Studies
2.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [20], jul. 15, 2019.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1024456

ABSTRACT

Objetivos: caracterizar os profissionais dos programas de Residência multiprofissional quanto aos dados sociodemográficos, educacionais e rotinas de vida diária como sono e hábitos alimentares e avaliar sua qualidade de vida (QV). Método: estudo descritivo, transversal, quantitativo realizado em uma universidade pública no início de 2014. O instrumento utilizado para avaliação da qualidade de vida foi o World Health Organization Quality Of Life-bref (WHOQOL-bref), aplicado por meio de plataforma eletrônica. Resultados: a confiabilidade do instrumento variou de 0,63-0,79. Participaram 49% do total de residentes matriculados, a maioria mulheres, com 25 anos, solteiras e procedentes de São Paulo. Os profissionais residentes dormem em média seis horas por noite e referem alimentação mais ou menos saudável. A pontuação da QV no domínio Físico foi de 55,96; Psicológico 56,96; Relações Sociais alcançou 62,76 e Meio Ambiente de 49,65. Conclusão: a avalição do WHOQOL-bref revelou que, na maioria dos domínios, a QV dos residentes é comprometida.


Aim: to characterize the professionals enrolled in the Multidisciplinary Residency programs according to socio-demographic, educational, and daily living routines data, such as sleep and eating habits, and to assess their quality of life (QoL). Method: descriptive, cross-sectional, quantitative study performed at a public university in the beginning of 2014. The tool used to assess the quality of life was the World Health Organization Quality Of Life-bref (WHOQOL-bref), applied through an electronic platform. Results: the tool's reliability ranged from 0,63-0,79. Forty-nine percent of residents participated, mostly women, 25 years old, single, from São Paulo. The residents sleep an average of 6 hours per night and refer to eating relatively healthily. The QoL score in the Physical health domain was 55.96; Psychological 56.96; Social Relationships 62.76, and Environment 49.65. Conclusion: The WHOQOL-bref's assessment revealed that, in most domains, the QoL of the residents is compromised.


Objetivo: caracterizar los profesionales de programas de Residencia Multiprofesional a partir de dados sociodemográficos, educacionales y rutinas de vida como sueño y hábitos alimentares y evaluar su calidad de vida (CV). Método: estudio descriptivo, transversal, cuantitativo realizado en una universidad pública en el inicio del 2014. El instrumento utilizado para evaluación de calidad de vida fue el Word Health Organization Quality of Life-bref (WHOQOL-bref), aplicado por la plataforma electrónica. Resultados: la confiabilidad del instrumento varió de 0,63-0,79. Participaron 49% del total de residentes matriculados, la mayoría mujeres, con 25 años, solteras, procedentes de São Paulo. Los profesionales residentes duermen en media seis horas por noche y refieren alimentación más o menos saludable. La puntuación de CV en el dominio Físico fue 55,96; Psicológico 56,96; Relaciones Sociales 62,76 y Medio Ambiente 49,65. Conclusión: la evaluación del WHOQOL-bref reveló que, en la mayoría de los dominios, la CV de los residentes es comprometida.


Subject(s)
Humans , Quality of Life , Students, Health Occupations , Professional Training , Health Occupations
3.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 31(2): 201-208, Mar.-Abr. 2018. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-949272

ABSTRACT

Resumo Objetivo Realizar a adaptação transcultural da Escala de Valoración Actual del riesgo de desarrollar Úlceras por presión en Cuidados Intensivos (EVARUCI) para a língua portuguesa do Brasil e analisar sua confiabilidade em pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Métodos Pesquisa metodológica para adaptação transcultural e análise da confiabilidade da EVARUCI. A consistência interna foi verificada utilizando-se o Coeficiente Alfa de Cronbach. A concordância interobservadores foi verificada pela aplicação simultânea da versão final da EVARUCI por 3 enfermeiros e analisada pelo Coeficiente de Correlação Intraclasse (CCI). Resultados Na tradução e retrotradução, as discordâncias relacionaram-se ao uso de sinônimos e estilo de redação. Na avaliação do comitê de especialistas os termos, consciente, decúbito supino e turno não alcançaram a concordância de 90,0%. A consistência interna da EVARUCI mostrou-se aceitável (α=0,782). A concordância interobservadores foi excelente entre os avaliadores (CCI=0,980). Conclusão A adaptação transcultural da EVARUCI para o português do Brasil foi satisfatória quanto à consistência interna e à concordância interobservadores, indicando ser um instrumento específico para UTI, de fácil e rápida aplicação para avaliação de risco para lesão por pressão em pacientes críticos.


Resumen Objetivo Realizar la adaptación transcultural de la Escala de Valoración Actual del Riesgo de Desarrollar Úlceras por Presión en Cuidados Intensivos (EVARUCI) al portugués brasileño y analizar su confiabilidad en pacientes de Unidad de Terapia Intensiva (UTI). Métodos Investigación metodológica para adaptación transcultural y análisis de confiabilidad de la EVARUCI. Consistencia interna verificada utilizando el Coeficiente Alfa de Cronbach. Concordancia interobservadores verificada por aplicación simultánea de versión final de la EVARUCI por 3 enfermeros, y analizada por Coeficiente de Correlación Intraclase (CCI). Resultados En la traducción y retrotraducción, las discordancias se relacionaron al uso de sinónimos y estilo de redacción. En la evaluación del comité de especialistas, los términos: consciente, decúbito supino y turno no alcanzaron la concordancia de 90,0%. La consistencia interna de la EVARUCI se mostró aceptable (α=0,782). La concordancia interobservadores fue excelente entre los evaluadores (CCI=0,980). Conclusión La adaptación transcultural de la EVARUCI al portugués brasileño fue satisfactoria respecto de consistencia interna y concordancia interobservadores, indicando ser un instrumento específico para UTI, de fácil y rápida aplicación para evaluación de riesgo de lesión por presión en pacientes críticos.


Abstract Objective Perform a transcultural adaptation of the current risk assessment scale for pressure injuries in intensive care (Escala de Valoración Actual del riesgo de desarrollar Úlceras por presión en Cuidados Intensivos - EVARUCI) to Brazilian Portuguese and analyze its reliability among intensive care unit (ICU) patients. Methods Methodological study for transcultural adaptation and reliability analysis of the EVARUCI. Internal consistency was verified using Cronbach's alpha coefficient. Inter-rater agreement was verified using the simultaneous application of the final version of the EVARUCI by 3 nurses and analyzed by the intraclass correlation coefficient (ICC). Results In the translation and back-translation processes, disagreements were related to the use of synonyms and writing style. In the evaluation of the expert committee, the terms 'conscious,' 'supine decubitus,' and 'shift' did not reach a 90.0% agreement. The internal consistency of the EVARUCI was acceptable (α=0.782). Inter-rater agreement was excellent (ICC=0.980). Conclusion The transcultural adaptation of the EVARUCI to Brazilian Portuguese was satisfactory in terms of internal consistency and inter-rater agreement, indicating that it is a specific instrument for ICUs that can be easily and quickly used in the evaluation of risk for pressure injuries in critically ill patients.

4.
Texto & contexto enferm ; 27(3): e3250017, 2018. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-962951

ABSTRACT

RESUMO Objetivo: identificar os instrumentos que são utilizados para avaliar o risco de lesão por pressão em pacientes críticos adultos de unidade de terapia intensiva e analisar a capacidade preditiva dos mesmos. Método: revisão integrativa observando-se os critérios para seleção dos estudos: avaliação do risco de lesão por pressão em pacientes internados em unidade de terapia intensiva de adultos por meio de escala ou índice; mensuração da capacidade preditiva do instrumento aplicado; idiomas inglês, português ou espanhol; período entre 1962 e 2016. Os descritores utilizados foram: pressure ulcer ou pressure sores e risk assessment. As variáveis de interesse foram: sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo, valor preditivo negativo e área sob a curva receiver operator characteristic. Resultados: : foram identificadas 1032 publicações e deste total foram selecionados 13 estudos para análise. A predição do risco para lesão por pressão foi mensurada unicamente com escalas genéricas em sete dos 13 estudos. Nos estudos comparativos de escalas específicas de unidade de terapia intensiva com escalas genéricas, o valor preditivo negativo foi elevado e todos com área da curva receiver operator characteristic com valores acima de 0,700. Entre as escalas genéricas predominou a escala de Braden. Foram identificadas seis escalas que apresentaram boa capacidade preditiva para avaliar risco de lesão por pressão em pacientes de unidade de terapia intensiva. Conclusão: : esta revisão revelou uma variedade de escalas preditivas, genéricas e específicas, que são utilizadas para avaliação de risco de lesão por pressão no paciente de unidade de terapia intensiva.


RESUMEN Objetivo identificar los instrumentos que se utilizan para evaluar el riesgo de lesión por presión en pacientes críticos adultos de unidad de terapia intensiva y analizar la capacidad predictiva de los mismos. Método revisión integrativa observándose los criterios para la selección de los estudios: evaluación del riesgo de lesión por presión en pacientes internados en unidad de terapia intensiva de adultos por medio de escala o índice; medición de la capacidad predictiva del instrumento aplicado; idiomas Inglés, portugués o español; período entre 1962 y 2016. Los descriptores utilizados fueron: pressure ulcer o pressure sores y risk assessment. Las variables de interés fueron: sensibilidad, especificidad, valor predictivo positivo, valor predictivo negativo y área bajo la curva receptor operador. Resultados se identificaron 1032 publicaciones y de este total se seleccionaron 13 estudios para análisis. La predicción del riesgo para la lesión por presión se midió únicamente con escalas genéricas en siete de los 13 estudios. En los estudios comparativos de escalas específicas de unidad de terapia intensiva con escalas genéricas, el valor predictivo negativo fue elevado y todos con área de la curva receptor operator con valores por encima de 0,700. Entre las escalas genéricas predominó la escala de Braden. Se identificaron seis escalas que presentaron buena capacidad predictiva para evaluar riesgo de lesión por presión en pacientes de unidad de terapia intensiva. Conclusión esta revisión reveló una variedad de escalas predictivas, genéricas y específicas, que se utilizan para evaluar el riesgo de lesión por presión en el paciente de unidad de terapia intensiva.


ABSTRACT Objective: to identify instruments used to assess pressure injury risk in adult critically ill patients in an intensive care unit and analyze their predictive capacity. Method: an integrative review was carried out, observing the following criteria for study selection: pressure injury risk assessment in patients hospitalized in adult intensive care units by means of a scale or index; predictive capacity measurement of the instrument used; English, Portuguese, or Spanish languages; period between 1962 and 2016. The descriptors used were: pressure ulcer or pressure sores and risk assessment. The variables of interest were: sensitivity; specificity; positive predictive value; negative predictive value; and area under the receiver operating characteristic curve. Results: a total of 1,032 publications were identified, of which 13 studies were selected for analysis. Pressure injury risk prediction was only measured with generic scales in seven of the 13 studies. In the comparative studies of intensive care unit specific scales with generic scales, the negative predictive value was high and they all presented an area of receiver operating characteristic curve with values higher than 0.700. There was a prevalence of the Braden scale among generic scales. Six scales that presented good predictive capacity to assess pressure injury risk in intensive care patients were identified. Conclusion: the present review showed a range of predictive, generic, and specific scales used for pressure injury risk assessment in intensive care unit patients.

5.
Acta paul. enferm ; 30(1): 31-38, jan.-fev. 2017. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: biblio-837828

ABSTRACT

Resumo Objetivo Mensurar e comparar a carga de trabalho de enfermagem e a frequência dos itens pontuados no Nursing Activities Score (NAS), considerando os diferentes grupos de IMC de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Métodos Estudo longitudinal realizado na UTI de hospital universitário em São Paulo, na qual o IMC do paciente foi calculado dividindo-se o peso pelo quadrado da altura e a carga de trabalho de enfermagem foi mensurada pelo NAS. Resultados A análise de 529 pacientes mostrou que o NAS não diferiu entre os grupos conforme o IMC. Os pacientes obesos demandaram mais tempo para o procedimento de higienização e maior número de pessoas para mobilização/posicionamento. Pacientes de baixo peso receberam mais frequentemente tratamento para melhora da função pulmonar. Conclusão Os resultados não apontaram diferença na carga de trabalho de enfermagem quando se considerou o IMC do paciente.


Abstract Objective To measure and compare the nursing workload and the frequency of the items scored in the Nursing Activities Score (NAS) considering the different groups of BMI of patients hospitalized in Intensive Care Units (ICU). Methods Longitudinal study conducted in the ICU of a university hospital in São Paulo in which the BMI of patients was calculated by dividing the weight by the square of the height and the nursing workload was measured through the NAS. Results Analysis of 529 patients showed that the NAS did not differ between the groups according to the BMI. Obese patients demanded more time for hygiene procedures and more people to support the mobilization/positioning process. Underweight patients received treatment for improving lung function with a higher frequency. Conclusion The results showed no difference in the nursing workload when the BMI of the patient was considered.

6.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 50(4): 587-593, July-Aug. 2016. tab
Article in English | LILACS (Americas) | ID: lil-794929

ABSTRACT

Abstract OBJECTIVES To identify the incidence of delirium, compare the demographic and clinical characteristics of patients with and without delirium, and verify factors related to delirium in critical care patients. METHOD Prospective cohort with a sample made up of patients hospitalized in the Intensive Care Unit (ICU) of a university hospital. Demographic, clinical variables and evaluation with the Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit to identify delirium were processed to the univariate analysis and logistic regression to identify factors related to the occurrence of delirium. RESULTS Of the total 149 patients in the sample, 69 (46.3%) presented delirium during ICU stay, whose mean age, severity of illness and length of ICU stay were statistically higher. The factors related to delirium were: age, midazolam, morphine and propofol. CONCLUSION Results showed high incidence of ICU delirium associated with older age, use of sedatives and analgesics, emphasizing the need for relevant nursing care to prevent and identify early, patients presenting these characteristics.


Resumen OBJETIVOS Identificar la incidencia de delirium, comparar las características demográficas y clínicas de los pacientes con y sin delirium y verificar los factores relacionados con el delirium en pacientes ingresados en Unidad de Cuidados Intensivos (UCI). MÉTODO Cohorte prospectiva, cuya muestra estuvo constituida de pacientes ingresados en la UCI de un hospital universitario. Variables demográficas, clínicas y de evaluación con el Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit para identificación de delirium fueron procesadas para análisis univariado y regresión logística a fin de identificar factores relacionados con la ocurrencia del delirium. RESULTADOS Del total de 149 pacientes de la muestra, 69 (46,3%) presentaron delirium durante la estancia en la UCI, observándose que el promedio de edad, el índice de gravedad y el tiempo de estancia en las UCI fueron estadísticamente mayores. Los factores relacionados con el delirium fueron: edad, midazolam, morfina y propofol. CONCLUSIÓN Los resultados mostraron elevada incidencia de delirium en la UCI y su ocurrencia estuvo asociada con las edades más avanzadas y el uso de sedativo y analgésicos, resaltándose la importancia de la actuación del enfermero en la prevención e identificación precoz del cuadro en los pacientes con dichas características.


Resumo OBJETIVOS Identificar a incidência de delirium, comparar as características demográficas e clínicas dos pacientes com e sem delirium e verificar os fatores relacionados ao delirium em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). MÉTODO Coorte prospectiva, cuja amostra foi constituída de pacientes internados em UTI de um hospital universitário. Variáveis demográficas, clínicas e da avaliação com o Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit para identificação de delirium foram processadas para análise univariada, e regressão logística para identificar fatores relacionados à ocorrência do delirium. RESULTADOS Do total de 149 pacientes da amostra, 69 (46,3%) apresentaram delirium durante a internação na UTI, observando-se que a média da idade, o índice de gravidade e o tempo de permanência nas UTI foram estatisticamente maiores. Os fatores relacionados ao delirium foram: idade, midazolam, morfina e propofol. CONCLUSÃO Os resultados mostraram elevada incidência de delirium na UTI e sua ocorrência associada às idades mais avançadas e o uso de sedativos e analgésicos, ressaltando-se a importância da atuação do enfermeiro na prevenção e identificação precoce do quadro nos pacientes com essas características.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Middle Aged , Aged , Delirium/epidemiology , Incidence , Intensive Care Units , Prospective Studies
7.
REME rev. min. enferm ; 20: [1-8], 2016. ilus, tab
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-835273

ABSTRACT

Os objetivos do estudo foram mensurar entre os enfermeiros a valoração da higiene bucal de pacientes adultos intubados, verificar a identificação e registros dos diagnósticos e prescrições de enfermagem pertinentes às alterações da cavidade bucal e avaliar os registros e as ações dos técnicos de enfermagem relacionados à higienização bucal. Estudo descritivo realizado em unidades de terapia intensiva de um hospital universitário por meio de questionário e análise de registros. A amostra foi constituída de 47 (72,3%) entre 65 enfermeiros e foram analisados 53 prontuários. Os resultados revelaram que o escore médio atribuído pelos enfermeiros relacionado à valoração do procedimento foi de 83. A maioria relata avaliar as condições da cavidade bucal e prescreve o procedimento de higienização. Nos prontuários não foram encontrados os diagnósticos de enfermagem relacionados. Em 67% dos prontuários havia registros sobre a realização da higiene pelos técnicos. O escore médio indicado pelos enfermeiros condiz com o reconhecimento sobre a importância da higiene bucal, mas os registros são falhos ou inexistentes.


The aims of this study were to measure the valuation of oral hygiene of intubated adult patients among nurses, verify if they identify and recordnursing diagnoses and prescription concerning to changes in the oral cavity; checking the records and interventions of nursing staff related to oralhygiene. Exploratory study conducted in the Intensive Care Units in a university hospital through questionnaire and analysis of records. The sampleconsisted of 47 (72.3%) nurses, 65 nurses and 53 medical records analyzed. The results revealed that the average score assigned by nurses accordingto the valuation of oral hygiene was 83. Most nurses reported that they had assessed the conditions of the oral cavity and prescribed the oralhygiene. Records were not found in the related nursing diagnoses. In 67% of the records evaluated there were annotations on the implementation of the oral hygiene by nursing technicians. The average score appointed by nurses is consistent with the recognition of the importance of procedure, but the records are flawed or nonexistent.


El presente estudio buscó medir entre los enfermeros la valoración de la higiene bucal de pacientes adultos entubados, comprobar la identificación yregistros de los diagnósticos y prescripciones de enfermería relacionados con las alteraciones de la cavidad bucal y evaluar los registros y las accionesde los técnicos de enfermería relacionados con la higiene bucal. Estudio exploratorio descriptivo realizado en la unidad de cuidados intensivos deun hospital universitario a través de un cuestionario y del análisis de los registros. La muestra consistió en 47 (72,3%) entre 65 enfermeros y fueronanalizados 53 registros médicos. Los resultados revelaron que la puntuación media atribuida por los enfermeros en relación con la valoración del procedimiento fue 83. La mayoría informa que evalúa las condiciones de la cavidad bucal y que prescribe su higienización. En los registros médicosanalizados no se encontraron los diagnósticos de enfermería pertinentes. En 67% de los registros médicos estaba registrada la higiene bucal realizadapor los técnicos de enfermería. La puntuación media designada por los enfermeros está de acuerdo con el reconocimiento de la importancia del procedimiento, pero los registros son deficientes o inexistentes.


Subject(s)
Humans , Nursing Care , Oral Hygiene , Pneumonia, Ventilator-Associated , Intensive Care Units
8.
Rev. bras. ter. intensiva ; 24(4): 341-346, out.-dez. 2012. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: lil-664048

ABSTRACT

OBJETIVO: Avaliar a confiabilidade do SF-36 para pacientes graves no período anterior à admissão em unidade de terapia intensiva e mensurar a qualidade de vida relacionada à saúde prévia e sua relação com a gravidade da doença e o tempo de permanência em unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Estudo de coorte prospectivo realizado em unidades de terapia intensiva de um hospital escola público. Foram entrevistados 91 pacientes comunicativos e orientados nas primeiras 72 horas de admissão nas unidades de terapia intensiva durante 3 meses. O escore APACHE II foi utilizado para avaliar a gravidade da doença e o questionário SF-36 para avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde. RESULTADOS: A confiabilidade do SF-36 foi avaliada em todas as dimensões por meio do coeficiente alfa de Cronbach. Em seis, de oito dimensões, o valor excedeu 0,70. As médias dos escores do SF-36 para pacientes críticos referentes ao período anterior à admissão em unidades de terapia intensiva foram: 57,8 para capacidade funcional; 32,4 para aspectos físicos; 53,0 para dor; 63,2 para estado geral de saúde; 50,6 para vitalidade; 56,2 para aspectos sociais; 54,6 para aspectos emocionais e 60,3 para saúde mental. As correlações entre gravidade da doença, tempo de permanência e escores da qualidade de vida relacionada à saúde foram muito baixas, variando de -0,152 a 0,175 e -0,158 a 0,152, respectivamente. CONCLUSÃO : O SF-36 demonstrou boa confiabilidade quando utilizado para medir qualidade de vida relacionada à saúde em pacientes críticos antes da admissão em unidade de terapia intensiva. O domínio com maior comprometimento prévio foi aspectos físicos e o melhor foi o estado geral de saúde. A qualidade de vida relacionada à saúde prévia dos pacientes não se correlacionou com a gravidade da doença e o tempo de permanência em unidade de terapia intensiva.


OBJECTIVE: To examine the reliability of the SF-36 general health questionnaire when used to evaluate the health status of critically ill patients before admission to intensive care and to measure their health-related quality of life prior to admission and its relation to severity of illness and length of stay in the intensive care unit. METHODS: Prospective cohort study conducted in the intensive care unit of a public teaching hospital. Over three months, communicative and oriented patients were interviewed within the first 72 hours of intensive care unit admission; 91 individuals participated. The APACHE II score was used to assess severity of illness, and the SF-36 questionnaire was used to measure health-related quality of life. RESULTS: The reliability of SF-36 was verified in all dimensions using Cronbach's alpha coefficient. In six dimensions of eight domains the value exceeded 0.70. The average SF-36 scores of the health-related quality of life dimensions for the patients before admission to intensive care unit were 57.8 for physical functioning, 32.4 for role-physical, 53.0 for bodily pain, 63.2 for general health, 50.6 for vitality, 56.2 for social functioning, 54.6 for role-emotional and 60.3 for mental health. The correlations between severity of illness and length of stay and the health-related quality of life scores were very low, ranging from -0.152 to 0.175 and -0.158 to 0.152, respectively, which were not statistically significant. CONCLUSION: In the sample studied, the SF-36 demonstrated good reliability when used to measure health-related quality of life in critically ill patients before admission to the intensive care unit. The worst score was role-physical and the best was general health. Health-related quality of life of patients before admission was not correlated with severity of illness or length of stay in the intensive care unit.

9.
Einstein (Säo Paulo) ; 8(4)Oct.-Dec. 2010. tab
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas) | ID: lil-571974

ABSTRACT

Objective: To identify researches related to anxiety and strategies to reduce it in patients who are in the pre-cardiac catheterization period. Methods: A bibliographic research was carried out in the on line databases of PubMed, MedLine, CINAHL, LILACS and SciELO, from 1997 to 2009 in MedLine and from 1999 to 2009 in the others databases. The boolean expressions "and" and "or" has been used with the descriptors in Portuguese and in English. The inclusion of discerning was related about the presence, level and workable of the anxiety from the period of pre-cardiac catheterization. Results: Coping most of 17 researches selected were in American scientific publications, with experimental-descriptive studies. The possibilities of intercurrence and/or complications during and post-procedure, diagnostic, possibility of bad prognostic, being alone during the waiting, the first time submission the procedure, lost information and/or orientation and long time waiting could cause anxiety in pre-cardiac catheterization. Maintenance of escort and family alongside the patient, information adapted to the patient understanding level, overcoming traumas and difficulties with a multiprofessional approach, pharmacologic and non pharmacologic therapies were strategies to reduce the anxiety. Conclusions: The nurses are responsible to provide a humanized assistance to offer a fast recuperation, minimize traumas of the hospitalization and the procedure. The knowledge of the causes and the strategies are fundamental to reduce the level of anxiety in pre-catheterization cardiac.


Objetivo: Identificar pesquisas relacionadas à ansiedade e as estratégias para minimizá-la em pacientes no período pré-cateterismo cardíaco. Métodos: Revisão bibliográfica realizada no sistema de base de dados on-line PubMed, MedLine, CINAHL, LILACS e SciELO, compreendendo o período de 1997 a 2009 na MedLine e de 1999 a 2009 nas demais bases de dados. Foram utilizadas as expressões booleanas "and" e "or" combinando os termos no idioma português e inglês. Os critérios de inclusão foram estar relacionados à presença, ao nível ou ao manejo da ansiedade pré-cateterismo cardíaco. Resultados: Dentre as 17 pesquisas selecionadas, verificou-se maior número de publicações em revistas americanas, com estudos do tipo experimental-descritivo. As possibilidades de intercorrências e/ou complicações durante e após o procedimento, diagnóstico, possibilidade de mal prognóstico, falta de acompanhante, a primeira vez ao qual é submetido ao procedimento, a falta de informação e/ou orientação e o tempo de espera são as principais causas de ansiedade pré-cateterismo cardíaco. A manutenção dos acompanhantes e familiares junto ao paciente, as informações precoces adaptadas ao nível de entendimento, a superação de traumas e dificuldades com uma abordagem multiprofissional, as terapias farmacológicas e não farmacológicas são estratégias para redução de ansiedade. Conclusões: Os enfermeiros são responsáveis por proporcionar uma assistência humanizada, preparando o paciente afim de gerar uma recuperação mais breve, minimizando os traumas da hospitalização e do procedimento. O conhecimento das causas e das estratégias é fundamental para reduzir o nível de ansiedade no período pré-cateterismo cardíaco.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Angiography , Anxiety , Cardiac Catheterization , Humanization of Assistance , Nursing Care
10.
Rev. bras. ter. intensiva ; 21(1): 58-64, jan.-mar. 2009. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: lil-572671

ABSTRACT

O delirium é freqüentemente observado em pacientes internados em unidades de terapia intensiva e a sua ocorrência relaciona-se com o aumento da morbimortalidade, do período de internação, declínio funcional e custos elevados. O Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit é um instrumento que facilita a identificação precoce e a ocorrência de delirium em pacientes intubados. Este trabalho tem como objetivo verificar aspectos já estudados sobre o delirium utilizando o Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit. Foi realizada uma revisão narrativa nas bases de dados LILACS, MedLine, PubMed e CINAHL que compreendeu desde o ano de validação do Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit (2001) até março de 2008. Os descritores utilizados nas bases de dados LILACS, MedLine, PubMed foram delirium e intensive care unit e na CINAHAL foram delirium e intensive care. Do total de 293 artigos encontrados foram selecionados 35. Em relação aos aspectos estudados constatou-se incidência variável dos tipos de delirium em diferentes tipos de unidades de terapia intensiva. Quanto a sensibilidade do Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit este apresentou uma variação de 93 a 100 por cento e a especificidade foi de 89 a 100 por cento sendo considerado um instrumento valioso na detecção, caracterização e controle do delirium e suas repercussões. Além disso, sua utilização permite o controle mais eficaz dos pacientes graves que apresentam o distúrbio ou riscos para desenvolvê-lo.


Delirium is frequently observed in intensive care unit patients and its occurrence is related to increased morbidity and mortality, length of stay, functional decline and high costs. The Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit is a tool that facilitates early identification and occurrence of delirium among intubated patients. Objective: To verify the aspects of delirium studied by means of the Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit. A literature review was conducted in the LILACS, MedLine, PubMed and CINAHL databases, from 2001, when the Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit was validated, to 2008. Descriptors used for LILACS, MedLine and PubMed were delirium and intensive care unit, while for the CINAHL database, delirium and intensive care were used. From 293 articles, 35 were selected. The aspects analyzed disclosed, different types of delirium in different intensive care units. Variation in sensitivity was of 93 percent to 100 percent and variation in specificity, 89 percent to 100 percent of the Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit, an important tool for detection, characterization and control of delirium and its impact. The aspects of delirium studied by means of the Confusion Assessment Method for Intensive Care Unit were: the performance index, identification, management, cost of treatment, morbidity and mortality due to delirium.

11.
Acta paul. enferm ; 22(spe): 897-902, 2009. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | ID: lil-543647

ABSTRACT

OBJETIVOS: Verificar a associação entre ocorrência de úlcera por pressão (UP) em pacientes em estado crítico com escores da escala de Braden, gravidade do paciente e carga de trabalho de enfermagem e, identificar os fatores de risco para UP em pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). MÉTODOS: trata-se de estudo transversal realizado em três UTIs de um hospital, cuja coleta prospectiva incluiu dados clínicos e de internação de 74 pcientes e a aplicação dos índices Simplified Acute Phisiology (SAPS II), Nursing Activities Score (NAS) e Escala de Braden. RESULTADOS: dos 74 pacientes estudados 31 por cento apresentaram UP. As variáveis que se associaram a presença de UP foram: idade, tempo de internação, escores Braden e SAPSII. O NAS não se associou com ocorrência de UP. Escores SAPSII e NAS apresentaram correlação moderada com escores Braden e foram identificados como fatores de risco para UP. CONCLUSÃO: A ocorrência de UP associou-se à idade mais elevada, maior tempo de internação e gravidade do paciente. Identificaram-se como preditores de risco para UP a gravidade do paciente associada a carga de trabalho de enfermagem.


OBJECTIVES: to examine the association between pressure ulcer (PU) in critical care patients and their Braden scale score and the association between patient acuity and nursing workload, and to identify the risk factors for pressure ulcer among patients in critical care units (CCUs). METHODS: This was a cross-sectional study with 74 patients in three CCUs at a major hospital. Data were collected prospectively using the simplified acute physiology score (SAPS II), the nursing activities score (NAS), and the Braden scale. RESULTS: Approximately a third of patients (31 percent) had a PU. Factors associated with PUs were age, days of hospital stay, the score on the Braden scale, and the score on the SAPS II. The score on the NAS was not associated with PUs. Scores on the SAPS II and NAS were moderately correlated with the score on the Braden scale. CONCLUSION: The development of PUs was associated with advanced age, longer hospital stay, and patient acuity. Patient acuity and nursing workload were predictors of UPs.


OBJETIVOS: Verificar la asociación entre la ocurrencia de la úlcera por decúbito (UD) en pacientes en estado crítico con escores de la escala de Braden, gravedad del paciente y carga de trabajo de enfermería e, identificar los factores de riesgo para UD en pacientes de la Unidad de Cuidados Intensivos (UCI). MÉTODOS: se trata de un estudio transversal realizado en tres UCIs de un hospital, cuya recolección prospectiva incluyó datos clínicos y de internamiento de 74 pacientes así como la aplicación de los índices Simplified Acute Phisiology (SAPS II), Nursing Activities Score (NAS) y la Escala de Braden. RESULTADOS: de los 74 pacientes estudiados el 31 por ciento presentó UD. Las variables que se asociaron a la presencia de UD fueron: edad, tiempo de internamiento, escores Braden y SAPS II. El NAS no se asoció con la ocurrencia de UD. Los Escores SAPS II y NAS presentaron correlación moderada con escores Braden y fueron identificados como factores de riesgo para la UD. CONCLUSIÓN: La ocurrencia de la UD se asoció a la edad más elevada, mayor tiempo de internamiento y gravedad del paciente. Se identificaron como predictores de riesgo para la UD la gravedad del paciente asociada a la carga de trabajo de enfermería.

12.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 42(4)dez. 2008. graf, tab
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-500615

ABSTRACT

Trata-se de estudo descritivo, cujos objetivos foram comparar a carga de trabalho de enfermagem em unidade de pós-operatório de cirurgia cardíaca indicada pelo NAS, TISS-28 e NEMS, e também verificara proporção profissional de enfermagem por paciente existente na unidade e a proporção necessária, segundo os índices utilizados. Os dados foram coletados em um hospital-escola de outubro a novembro de 2004. A amostra, constituída de 55 pacientes, totalizou 283 medidas de carga de trabalho. A carga de trabalho mensurada pelo NAS (73,7 por cento) foi estatisticamente superior ao do TISS-28 (62,2 por cento) e ao do NEMS (59,7 por cento). A proporção média de profissionais de enfermagem por paciente, estimada pelo NAS (1,0:1), TISS-28 (0,8:1) e NEMS (0,8:1) foi inferior ao observado na unidade (1,2:1). Concluiu-se que o NAS quantificou maior carga de trabalho de enfermagem e apresentou uma relação profissional de enfermagem por paciente mais próxima ao observado na unidade estudada.


This is a descriptive study, aiming at comparing the nursing workload in a post-operatory heart surgery unit (UPOCC) using NAS, TISS-28 and NEMS, and verifying both the observed and recommended nursing staff-to-patient ratio according to the workload indexes used. Data collection happened in a University Hospital, from October to November, 2004. The sample included 55 patients, resulting in 283 nursing workload measurements. The nursing workload measured by NAS (73.7 percent) were statistically higher than TISS-28 (66.2 percent) and NEMS (59.7 percent). The average of nursing staff-to-patient ratio estimated by NAS (1:1), TISS-28 (0.8:1) and NEMS (0.8:1) were lower than the observed ratio in the unit (1.2:1). We concluded that NAS measured a higher nursing workload and showed a nursing staff-to-patient ratio similar to the results found in the unit studied.


Estudio descriptivo cuyos objetivos fueron comparar la carga laboral de enfermería en el servicio post-operatorio de cirugía cardiaca según el NAS, TISS-28 y NEMS, y verificar la proporción profesional de enfermeros por paciente existentes en la unidad, así como la proporción necesaria según los índices utilizados. Los datos fueron recolectados en un hospital-escuela de octubre a noviembre del 2004. La muestra constituida por 55 pacientes, totalizaron 283 medidas para la carga de trabajo. Esta variable fue medida por NAS (73.7 por ciento) siendo estadísticamente superior al TISS-28 (62.2 por ciento) y al NEMS (59.7 por ciento). La proporción promedio de profesionales de enfermería por paciente, estimado por el NAS (1.0:1), TISS-28 (0.8:1) y NEMS (0.8:1) fue inferior a lo observado en la unidad (1.2:1). Se concluyó que el NAS cuantificó mayor carga de trabajo de enfermería y presentó una relación profesional de enfermería/paciente con mayor cercanía a la observada en la unidad estudiada.


Subject(s)
Adult , Aged , Aged, 80 and over , Female , Humans , Male , Middle Aged , Young Adult , Coronary Care Units , Personnel Staffing and Scheduling , Postanesthesia Nursing , Workload , Postoperative Period , Young Adult
13.
Acta paul. enferm ; 20(3): 305-310, jul.-set. 2007. tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-465385

ABSTRACT

OBJETIVOS: Avaliar a qualidade de vida (QV) dos técnicos e auxiliares de enfermagem que trabalham em Unidades de Terapia Intensiva e identificar os fatores sociodemográficos e relacionados ao trabalho que podem influenciar a QV. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em um hospital escola da cidade de São Paulo. A coleta de dados de 126 trabalhadores de enfermagem em nove Unidades de Terapia Intensiva foi realizada em outubro e novembro de 2005. Utilizou-se como instrumento de avaliação de QV o WHOQOL-BREF. RESULTADOS: As médias em cada domínio da QV foram: Relações Sociais 66,3; Psicológico 60,8; Físico 53,1 e Meio-Ambiente 49,4. A variável idade apresentou correlação positiva somente com o domínio físico e o número de empregos se correlacionou inversamente com os domínios Físico, Psicológico e Relações Sociais. CONCLUSÃO: A qualidade de vida dos trabalhadores de enfermagem em todas as dimensões é relativamente baixa, considerando-se os valores entre 0-100. Há fraca correlação dos domínios com idade e número de empregos.


OBJECTIVES: To assess the quality of life of nursing assistants and licensed practical nurses from nine Intensive Care Units and to determine whether their demographic characteristics influence their quality of life. METHODS: This cross-sectional study was conducted in a teaching hospital in São Paulo city, Brazil. The sample consisted of 126 nursing assistants or licensed practical nurses. Data were collected from October to November, 2005. Quality of life was measured with the WHOQOL-BREF tool. RESULTS: The average score on each domain of the WHOQOL-BREF were: Social relations (66.3), psychological (60.8), physical (53.1), and environment (49.4). Among the demographics, age was positively correlated with the physical domain of quality of life, and number of jobs was inversely correlated with the physical, psychological, and social relations domains. There was also a weak correlation between age and number of jobs. CONCLUSION: The scores on the domains of quality of life among the sample of this study were low.


OBJETIVOS: Evaluar la calidad de vida (CV) de los técnicos y auxiliares de enfermería que trabajan en Unidades de Cuidados Intensivos e identificar los factores sociodemográficos y los relacionados al trabajo que pueden influir en la CV. MÉTODOS: Se trata de un estudio transversal realizado en un hospital escuela de la ciudad de Sao Paulo. La recolección de datos de 126 trabajadores de enfermería en nueve Unidades de Cuidados Intensivos se llevó a cabo en octubre y noviembre del 2005. Se utilizó como instrumento de evaluación de CA el WHOQOL-BREF. RESULTADOS: Los promedios en cada dominio de la CV fueron: Relaciones Sociales 66,3; Psicológico 60,8; Físico 53,1 y Medio-Ambiente 49,4. La variable edad presentó correlación positiva solamente con el dominio físico y el número de empleos se correlacionó inversamente con los dominios Físico, Psicológico y Relaciones Sociales. CONCLUSION: La calidad de vida de los trabajadores de enfermería en todas las dimensiones es relativamente baja, considerándose los valores entre 0-100. Hay una débil correlación de los dominios con la edad y número de empleos.


Subject(s)
Humans , Nursing, Team , Cross-Sectional Studies , Quality of Life , Surveys and Questionnaires , Nursing Service, Hospital , Intensive Care Units , Socioeconomic Factors
14.
Rev. gaúch. enferm ; 28(2): 193-199, jun. 2007.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-534911

ABSTRACT

Este estudo descritivo foi realizado com o objetivo de verificar como ocorreu a inserção de 26 egressos doCurso de Especialização em Enfermagem, Modalidade Residência em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), daUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP) no mercado de trabalho, em outros programas de pós-graduaçãoe o significado do Curso para a vida profissional. Os resultados obtidos por meio de questionário evidenciaramque: 73,1% dos egressos ingressaram imediatamente no mercado de trabalho e 11,4% concluíram o mestrado.Aquisição de autoconfiança, habilidade prática e expansão de conhecimentos foram relatadas como aspectospositivos. Atividades de gerenciamento, liderança de equipe e manuseio de equipamentos precisam ser reforçadaspara melhoria da formação do enfermeiro que atuará em UTI.


Subject(s)
Humans , Adult , Education, Nursing, Graduate , Specialization , Internship and Residency , Intensive Care Units , Professional Practice
16.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 34(1): 64-75, mar. 2000. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-508168

ABSTRACT

Neste estudo descritivo de natureza exploratória, apresentamos o contexto familiar, socioeconômico e cultural pregresso, com ênfase na trajetória escolar e profissional, de um grupo de enfermeiros, cuja característica comum é a formação prévia na área de Enfermagem. No estudo original, do qual foram extraídos parte dos dados aqui apresentados, a abordagem analítica utilizada foi quantitativa e qualitativa em razão do duplo enfoque no tratamento dos dados, por entendermos que estes eram complementares. No presente artigo, objetivamos caracterizar a população em questão, enfatizando-se os aspectos socioeconômicos e culturais que foram determinantes do habitus peculiar, culminando com a classificação socioeconômica anterior e posterior à graduação a fim de detectar o fenômeno da mobilidade social decorrente da mobilidade ocupacional. Concluímos que esta última aconteceu para pouco mais da metade da população estudada, muito mais em razão do duplo vínculo empregatício do que propriamente em razão da ascensão profissional.


This exploratory and descriptive study presents the family context socioeconomic and cultural advancements in addition to emphasizing the educational trajectory of a group of nurses whose the common characteristic is their previous formation in the Nursing area. Based in the original study which provided part of the data used for this study, the analytical approach was of either of quantitative and qualitative nature as a consequence of the duplicate focus used in these data treatment viewing their complementarity. The present study was intended to characterize the studied population emphasizing the socioeconomic and cultural aspects which were determinant to the peculiar habitus, and culminated with a socioeconomic classification carried out either previous and subsequently to graduation time in order to detect the social mobility phenomenon resulting from the occupational mobility. It was then concluded that the latter could be observed in more than half the studied population, mostly because of the double employment linkage than the professional advancement itself.


Subject(s)
Students, Nursing/statistics & numerical data , Career Mobility , Health Occupations/statistics & numerical data
18.
Säo Paulo; s.n; 1998. 122 p. tab, graf.
Thesis in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: lil-306982

ABSTRACT

Neste trabalho estudamos o fenômeno da mobilidade ocupacional na Enfermagem e por decorrência a mobilidade social de um grupo de enfermeiros com peculiaridades próprias: vivência profissional pregressa na funçäo de atendentes, auxiliares ou técnicos de enfermagem, origem social, condiçöes socioeconômicas e culturais diferenciadas, bem como as trajetórias educacional e profissional. Grupos similares e numericamente crescentes vêm se inserindo no mercado de trabalho advindos predominantemente das instituiçöes da rede privada de Ensino Superior. Essa conformaçäo poderá possivelmente num futuro próximo, transformar o cenário da prática de Enfermagem. Este foi o principal motivo que me levou a realizar este estudo, que tem por objetivos: apreender as manifestaçöes de reconstruçöes materiais e simbólicas da mobilidade socioocupacional assim como as representaçöes socialmente constituídas pelo próprio grupo acerca do fenômeno vivenciado. Para tanto, abordamos a questäo numa dupla perspectiva: de externalidade, analisando quantitativamente a mobilidade ocupacional no contexto sociocultural e na trajetória de vida dos sujeitos e de internalidade, buscando entender qualitativamente as construçöes de caráter expressivo, os significados representacionais relativos à pópria mobilidade ocupacional. Concluímos que em relaçäo às condiçöes objetivas de vida, para aproximadamente metade dos participantes, houve uma mudança no padräo socioeconômico no sentido da ascensäo. Entretanto, esta aconteceu muito mais em razäo do duplo vínculo empregatício do que em funçäo da mobilidade ocupacional propriamente dita. Destacamos ainda, que mais de 40 porcento dos sujeitos premaneceram no mesmo patamar socioeconômico e para um participante houve descenso social, apesar da mobilidade ocupacional. Quanto às construçöes de natureza expressiva relacionadas à própria mobilidade, constatamos que este processo envolveu uma necessidade de repactuar a própria identidade profissional. Neste processo os determinantes socioenconômicos e educacionais se relativizam considerando a existência de uma outra dimensäo relacionada à escolha profissional: a afetiva, a necessidade de atender os chamados interiores, configurando um processo inscrito também na dimensäo subjetiva. A reidentificaçäo profissional no nível superior foi decorrente da qualidade deste processo identificatório


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Career Mobility , Nurses , Nurses, Male , Nursing Process
19.
São Paulo; s.n; 1998. 122 p.
Thesis in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1023296

ABSTRACT

Neste trabalho estudamos o fenômeno da mobilidade ocupacional na Enfermagem e por decorrência a mobilidade social de um grupo de enfermeiros com peculiaridades próprias: vivência profissional pregressa na função de atendentes, auxiliares ou técnicos de enfermagem, origem social, condições socio-econômicas e culturais diferenciadas, bem como as trajetórias educacional e profissional. Grupos similares e numericamente crescentes vêm se inserindo no mercado de trabalho advindos predominantemente das instituições da rede privada de Ensino superior. Essa conformação poderá possivelmente num futuro próximo, transformar o cenário da prática da enfermagem. Este foi o principal motivo que me levou a realizar este estudo, que tem por objetivos: apreender as manifestações de reconstruções materiais e simbólicas da mobilidade socio-ocupacional assim como as representações socialmente constituídas pelo próprio grupo acerca do fenômeno vivenciado. Para tanto, abordamos a questão numa dupla prespectiva: de externalidade, analisando quantitativamente a mobilidade ocupacional no contexto socio-cultural e na trajetória de vida dos sujeitos e de internalidade, buscando entender qualitativamente as construções de caráter expressivo, os significados representacionais relativos à própria mobilidade ocupacional. Concluímos que em relação às condições objetivas de vida, para aproximadamente metade dos participantes, houve uma mudança no padrão sócio-econômico no sentidode ascenção. Entretanto, esta aconteceu muito mais em razão do duplo vínculo empregatício do que em função da mobilidade ocupacional propriamente dita. Destacamos ainda, que mais de 40% dos sujeitos permaneceram no mesmo patamar sócio-econômico e para um participante houve descenso social, apesar da mobilidade ocupacional. Quanto às construções de natureza expressiva relacionadas à própria mobilidade, constatamos que este processo envolveu uma necessidade de repactuar ) a própria identidade profissional. Neste processo os determinantes sócio-econômicos e educacionais se relativizaram considerando a existência de uma outra dimensão relacionada à escolha profissional: a afetiva, a necessidade de atender os chamados interiores, configurando um processo inscrito também na dimensão subjetiva. A reidentificaçào profissional no nível superior foi decorrente da qualidade deste processo identificatório.


The occupational mobility phenomenon is presently investigated, and by parallelism, the socialmobility of a group of nurses with their own peculiarities: previous professional experience as nursing ordelies, nurse's aides, nursing technicians, social background, differing cultural and socioeconomic conditions, as well as their unique educational and professional trajectory. similar and numerically increasing groups predominantly proceeding from the private network higher education institutions are being introduced in the work market. Thus, in near future, this configuration may possibly change the nursing practice scenery. This was the main reason which caused me to carry out the present study with the purpose of: apprehend the manifestations of symbolic and material reconstruction related to the socio-occupational mobility as well as the representations socially constituted by the group itself concerning the experienced phenomenon. The question was thus approached from a dual perspective: the externalization perspective, quantitatively analysing occupational mobility within either the sociocultural context and the subject's life trajectory, and the internality perspective seeking to quantitatively ubderstand the constructions of expressive character, and the representative meanings related to the occupational mobility itself. We arrived at the conclusion that regarding the objective life conditions, there occured an ascensional change in the socioeconomicstandart for aproximately half of the participating subjects. That cahnge, however, was mostly caused by their double employment linkage than by the very occupational mobility. We also emphasized that 40% of the subjects remained in the same socieconomic level. in relation to the constructions of expressive character regarding mobility itself, we are able to verify that this process involved the need to reconvene the proper professional identity. (To Be Continued) Within this process, the socieconomic and educational determinants showed their relativity by considering the existence of another dimension related to professional choice: the one affective, the need to listen to inner summons, while shaping a process also inscribed within the subjective simension. The professional higher-level re-identification was shown to be this identifying process consequence.


Subject(s)
Nursing
20.
In. Cianciarullo, Tamara Iwanow. Instrumento básico para o cuidar. Säo Paulo, Atheneu, 1996. p.137-49, ilus.
Monography in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1035567
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL