Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 461
Filter
1.
Braz. j. biol ; 84: e250936, 2024. graf
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1345557

ABSTRACT

Abstract This study was carried out to evaluate the effect of Glutamine, as a dipeptide or a free amino acid form, on the progression of burn injuries in rats. Thirty male Wistar rats were burned with a comb metal plate heated in boiling water (98 °C) for three minutes, creating four rectangular full-thickness burn areas separated by three unburned interspaces (zone of stasis) in both dorsum sides. The animals were randomized into three groups (n=10): saline solution (G1-Control) and treated groups that orally received Glutamine as dipeptide (G2-Dip) or free amino acid (G3-FreeAA). Two and seven days after burn injury, lesions were photographed for unburned interspaces necrosis evolution assessment. Seven days after injury, glutathione seric was measured and histopathological analysis was performed. By photographs, there was a significant reduction in necrosis progression in G3-Free-AA between days two and seven. Histopathological analysis at day 7 showed a significantly higher stasis zone without necrosis and a higher number of fibroblasts in G2-Dip and G3-FreeAA compared with G1-Control. Also, glutathione serum dosage was higher in G2-Dip. The plasmatic glutathione levels were higher in the G2-Dip than the G1-Control, and there was a trend to higher levels in G3-FreeAA. The reduction in histological lesions, greater production of fibroblasts, and greater amounts of glutathione may have benefited the evolution of burn necrosis, which showed greater preservation of interspaces.


Resumo Este estudo foi realizado para avaliar o efeito da Glutamina, como um dipeptídeo ou forma de aminoácido livre, na progressão de queimaduras em ratos. Trinta ratos Wistar machos foram queimados com um pente de metal aquecido em água fervente (98 °C) por três minutos, criando quatro áreas retangulares queimadas separadas por três interesespaços não queimados (zona de estase) em ambos os lados do dorso. Os animais foram randomizados em três grupos (n = 10): solução salina (G1-Controle) e grupos tratados que receberam glutamina via oral como dipeptídeo (G2-Dip) ou aminoácido livre (G3-FreeAA). Dois e sete dias após a queimadura, as lesões foram fotografadas para avaliação da evolução da necrose entre os espaços não queimados. Sete dias após a lesão, foi dosada a glutationa sérica e realizada análise histopatológica. Pelas fotografias, houve uma redução significativa na progressão da necrose no G3-Free-AA entre os dias dois e sete. A análise histopatológica no dia 7 mostrou uma zona de estase significativamente maior sem necrose e número mais elevado de fibroblastos em G2-Dip e G3-FreeAA em comparação com G1-Controle. Os níveis plasmáticos de glutationa foram maiores no G2-Dip em relação ao G1-Controle, e houve tendência a níveis mais elevados no G3-FreeAA. A redução das lesões histológicas, maior produção de fibroblastos, maior quantidade de glutationa podem ter beneficiado a evolução da necrose da queimadura, que mostrou maior preservação dos interespaços.


Subject(s)
Animals , Male , Rats , Burns/drug therapy , Glutamine , Rats, Wistar , Dipeptides , Disease Models, Animal , Amino Acids
2.
Braz. j. biol ; 83: e249209, 2023.
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1339360

ABSTRACT

Abstract Alo vera is a centenary remedy use for minor wounds and burns, but its mechanism of wound healing has not been know since. This article will evaluate and gather evidence of the effectiveness and safety of the use of aloe vera in the treatment of burns. A systematic review was carried out on the databases: MEDLINE, LILACS, DECS, SCIELO, in the last 7 years, with the descriptors: "Aloe", "Burns" and "treatment". 16 articles were found. After using the exclusion criteria; research in non-humans and literature review; 5 articles were selected. The article Teplick et al. (2018) performed an in vitro clinical experiment in A. Vera solution, and demonstrated that there was proliferation and cell migration of human skin fibroblasts and keratinocytes, in addition to being protective in the death of keratonocytes. That is, it accelerates the healing of wounds. Muangman et al. (2016), evaluated 50 patients with 20% of the total body surface area burned with second-degree burns, between 18-60 years old, with half of the group receiving gauze dressings with soft paraffin containing 0.5% chlorhexidine acetate and the other half receiving polyester dressings containing extracts of medicinal plants mainly Aloe Vera. It had positive results, a higher healing speed and shorter hospital stay compared to the control group. Hwang et al. (2015) investigated the antioxidant effects of different extracts from 2,4,6,8,12 months of Aloe Vera. And the 6-month concentrated extract of 0.25 mg / mL had a higher content of flavonoids (9.750 mg catechin equivalent / g extract) and polyphenols (23.375 mg gallic acid equivalent / g extract) and the greater ferric reducing antioxidant power (0.047 mM equivalent ferrous sulfate / mg extract), that is, greater potential for free radical scavenging and also a protective effect against oxidative stress induced by tert-butyl hydroperoxide (t-BHP), suggesting evidence of a bioactive potential of A. vera . However, in the article Kolacz et al. (2014) suggested as an alternative treatment the use of Aloe Vera dressing in combination with honey, lanolin, olive oil, wheat germ oil, marshmallow root, wormwood, comfrey root, white oak bark, lobelia inflata, glycerin vegetable oil, beeswax and myrrh, without obtaining significant and conclusive results that would allow the conventional treatment of burns to be subsidized. Finally, in the article by Zurita and Gallegos (2017), it carried out a descriptive cross-sectional study with 321 people, both sexes between 17-76 years of age, of an inductive nature, exploring the experience of this population and their behavioral attitudes regarding the treatment of dermatoses. Aloe vera had 13.8% cited by individuals in the treatment of acne and 33.6% in the treatment of burns. Even with evidence that suggests the efficacy in the treatment of burns with the use of Aloe Vera extract, further clinical trials with larger sample space on the use of Aloe vera dressings in medium burns are suggested for further conclusions.


Resumo Alo vera é um remédio centenário usado para pequenas feridas e queimaduras, mas seu mecanismo de cicatrização de feridas não foi conhecido desde então. Este artigo avaliará e reunirá evidências da eficácia e segurança do uso de aloe vera no tratamento de queimaduras. Realizada revisão Sistemática nas bases de dados: MEDLINE, LILACS, DECS, SCIELO, nos últimos 7 anos, com os descritores: "Aloe", "Burns" and "treatment". Foram encontrados 16 trabalhos. Após utilizarmos os critérios de exclusão; pesquisa em nao humanos e revisão da literatura ; foram selecionados 5 artigos. O artigo Teplick et al. (2018) realizou um experimento clinico in vitro em solução de A. Vera, e demonstrou que houve proliferação e migração celular de fibroblastos e queratinócitos de pele humana, além de ser protetor na morte de queratonócitos. Ou seja, acelera a cicatrização das feridas. Já Muangman et al. (2016), avaliou 50 pacientes com 20% do total da área superficial corporal queimada com queimaduras de segundo grau, entre 18-60 anos, tendo metade do grupo como controle recebendo curativos de gaze com parafina mole contendo 0,5% acetado de clorexidina e a outra metade recebendo curativos com poliéster contendo extratos de plantas medicinais principalmente Aloe Vera. Teve resultados positivos, uma maior velocidade de cicatrização e menor tempo de internação comparado ao grupo controle. Já Hwang et al. (2015) investigou os efeitos antioxidante de diferentes extratos de 2,4,6,8,12 meses da Aloe Vera. E o extrato com 6 meses concentrado de 0,25 mg/mL teve maior teor de flavanóides (9,750 mg equivalente catequina / g extrato) e polifenóis (23,375 mg equivalente ácido gálico / g extrato) e o maior poder antioxidante redutor férrico (0,047 mM de sulfato ferroso equivalente / extrato mg), ou seja, maior potencial de eliminação de radicais livres e também efeito proteror contra o estresse oxidativo induzido por hidroperóxido de terc-butila (t-BHP), sugerindo indícios de um potencial bioativo da A. vera. Porém, no artigo Kolacz et al. (2014) sugeriu como tratamento alternativo o uso do curativo com Aloe Vera em conjunto de mel, lanolina, azeite de oliva, óleo de gérmen de trigo, raiz de marshmallow, absinto, raiz de confrei, casca de carvalho branco, lobelia inflata, glicerina vegetal, cera de abelha e mirra, não obtendo resultados significativos e conclusivos que permitam subsidiar o tratamento convencional das queimaduras. Por fim, no artigo de Zurita and Gallegos (2017), realizou um estudo descritivo transversal com 321 pessoas, ambos os sexos entre 17-76 anos, de natureza indutiva, explorando a vivência dessa população e suas atitudes comportamentais quanto ao tratamento de dermatoses. Aloe vera teve 13,8% citada pelos indivíduos no tratamento de acne e 33,6% no tratamento de queimaduras. Mesmo tendo evidências que sugerem a eficácia no tratamento de queimaduras com o uso do extrato da Aloe Vera, sugere-se mais ensaios clínicos com espaço amostral maior sobre o uso de curativos de Aloe vera em médio queimados para maiores conclusões.


Subject(s)
Humans , Plants, Medicinal , Burns/drug therapy , Aloe , Wound Healing , Plant Extracts/therapeutic use , Plant Extracts/pharmacology , Cross-Sectional Studies
3.
Rev. bras. cir. plást ; 37(4): 445-450, out.dez.2022. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1413195

ABSTRACT

Introdução: Substâncias químicas apresentam uma prevalência relativamente baixa dentre as causas de queimaduras. Porém, têm importância, pois a maioria dos acidentes ocorrem no âmbito do trabalho e em população economicamente ativa. O objetivo é realizar uma análise do perfil dos pacientes internados por queimaduras químicas em uma Unidade de Queimados. Métodos: Análise retrospectiva de pacientes internados na Unidade de Queimados do Hospital Estadual de Bauru, Bauru, SP, Brasil, entre os anos de 2008 e 2018. Múltiplas variáveis foram analisadas, como idade, sexo, agente químico, local onde ocorreu o acidente, necessidade de internação em UTI e dias de hospitalização. Resultados: No total, 40 (1,7%) pacientes foram internados devido a queimadura química. A média de idade foi de 35 anos, com predominância do sexo masculino, com 30 (75%) indivíduos. O principal local do trauma foi no ambiente de trabalho, em 20 casos (50%). Acidentes com base foram responsáveis por 20 (50%) internações. A superfície corporal queimada média foi de 7,5%. Queimadura ocular ocorreu em 11 (27,5%) pacientes. Leito de terapia intensiva foi necessário para 10 (25%) casos. Quando comparados os acidentes entre substâncias ácidas e bases, evidenciamos diferença no número de pacientes internados em UTI, com oito pacientes em lesões envolvendo bases e dois com ácidos (p=0,04). Conclusão: A casuística e resultados apresentados neste artigo são semelhantes à literatura mundial sobre o assunto. Evidenciamos a importância dessa queimadura no ambiente de trabalho e o acometimento de indivíduos em idade ativa, assim como a maior gravidade de acidentes com substância química.


Introduction: Chemicals have a relatively low prevalence among the causes of burns. However, they are important because most accidents occur in the scope of work and in an economically active population. The objective is to perform an analysis of the profile of patients hospitalized for chemical burns in a Burn Unit. Methods: Retrospective analysis of patients hospitalized in the Burn Unit of the State Hospital of Bauru, Bauru, SP, Brazil, between 2008 and 2018. Multiple variables were analyzed, such as age, gender, chemical agent, place where the accident occurred, need for ICU stay and days of hospitalization. Results: In total, 40 (1.7%) patients were hospitalized due to chemical burn. The mean age was 35 years, with predominance of males, with 30 (75%) individuals. The main site of trauma was in the workplace, in 20 cases (50%). Based accidents were responsible for 20 (50%) admissions. The mean burned body surface was 7.5%. Eye burn occurred in 11 (27.5%) patients. Intensive care bed was required for 10 (25%) cases. When comparing accidents between acid iced substances and bases, we noted a difference in the number of ICU patients, with eight patients in lesions involving bases and two with acids (p=0.04). Conclusion: The sample and results presented in this article are similar to the world literature on the subject. We evidenced the importance of this burn in the work environment and the involvement of individuals of active age, as well as the greater severity of accidents with chemical substance.

4.
Rev. bras. cir. plást ; 37(4): 514-517, out.dez.2022. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1413234

ABSTRACT

Introdução: Calcinose cutânea é uma doença rara caracterizada por precipitações de cristais de cálcio no tecido cutâneo. Pode ser localizada ou generalizada, distrófica, metastática, iatrogênica ou idiopática. Relato do Caso: Paciente feminina, 66 anos, vítima de queimaduras de segundo e terceiro graus por fogo em abdome inferior e coxas aos 8 anos de idade atingindo 25% de superfície corpórea. Após 58 anos, recebeu o diagnóstico de calcinose distrófica na cicatriz da queimadura, contemplado através de biópsia e análise histopatológica. Submetida a exérese cirúrgica associada a rotação de retalho dermogorduroso de abdome superior e enxertia de pele total para correção de cicatrizes. Conclusão: Embora a melhor escolha terapêutica ainda não seja clara, o tratamento de complicações que podem culminar em incapacidade funcional é fundamental para reduzir a morbidade e aumentar a qualidade de vida do paciente.


Introduction: Cutaneous calcinosis is a rare disease characterized by the precipitation of calcium crystals in the skin tissue. It can be localized, generalized, dystrophic, metastatic, iatrogenic, or idiopathic. Case Report: Female patient, 66 years old, victim of second and third-degree burns by fire in the lower abdomen and thighs at 8 years old, reaching 25% of the body surface. After 58 years, she was diagnosed with dystrophic calcinosis in the burn scar, which was confirmed through biopsy and histopathological analysis. She underwent surgical excision associated with rotation of the upper abdomen dermal-fat flap and total skin graft for scar correction. Conclusion: Although the best therapeutic choice is still unclear, treating complications leading to functional disability is essential to reduce morbidity and increase the patient's quality of life.

5.
Rev. bras. cir. plást ; 37(3): 332-337, jul.set.2022. ilus
Article in English, French | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1398722

ABSTRACT

Introdução: As lesões por queimaduras são um problema de saúde global que atinge todas as faixas etárias, não só pela frequência com que ocorrem, mas também pela gravidade. Podem ser incapacitantes, ter alta mortalidade e, ao mesmo tempo, gerar um impacto econômico desfavorável para o país. O objetivo é descrever o perfil microbiológico de pacientes hospitalizados por queimaduras. Métodos: Estudo descritivo, longitudinal e prospectivo no Hospital Provincial Clínico Cirúrgico Celia Sánchez Manduley, Cuba, de julho de 2017 a junho de 2020. Foram estudadas amostras de cultura, positividade, microrganismos isolados e sensibilidade antimicrobiana. Resultados: O estudo mostrou que as amostras de lesões cutâneas por queimaduras (130) foram predominantes e delas 58,46% foram positivas; Staphylococcus aureus, com 51,73%, foi o germe mais isolado; sensibilidade à amicacina de 55,56% e vancomicina 51,11%; a sobrevida foi alta. Conclusão: Predominou a positividade nas amostras de cultura de pele queimada, principalmente Staphylococcus aureus, e uma alta sensibilidade a poucos antimicrobianos.


Introduction: Injuries caused by burns are a global health problem that affects all age groups, not only because of the frequency in which they occur but according to their severity. They can be disabling and have high mortality, and at the same time, generate an unfavorable economic impact on the country. The objective is to describe the microbiological profile of burned hospitalized patients. Methods: A descriptive, longitudinal, and prospective study was carried out at the Provincial Clinical Surgical Celia Sánchez Manduley Hospital from July 2017 to June 2020. Microbiology culture, positivity, isolated microorganisms, and antimicrobial sensitivity were studied. Results: The study showed that the culture microbiology of skin lesions due to burns (130 samples) were predominant, and of them, 58.46% were positive, Staphylococcus aureus with 51.73% was the most isolated germ; sensitivity to amikacin of 55.56% and vancomycin 51.11%; survival was high. Conclusions: The positivity in the culture microbiology of burned skin, mainly Staphylococcus aureus, and high sensitivity to few antimicrobials predominated.

6.
Rev. bras. cir. plást ; 37(2): 189-193, abr.jun.2022. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1379840

ABSTRACT

Introdução: As queimaduras, um problema de saúde pública, são lesões que podem ocorrer na pele ou outros tecidos do corpo decorrentes de trauma de origem térmica, podendo ocasionar lesões leves, graves e até mesmo o óbito. Assim, são estudadas as características epidemiológicas dos pacientes atendidos na Unidade de Queimados do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. Métodos: Estudo transversal de dados registrados nos prontuários dos pacientes atendidos por queimadura na Unidade de Queimados de 2016 até 2019. Resultados: Um total de 252 prontuários foram revisados, sendo mais atingido o gênero masculino da faixa etária adulta. O principal agente causal foi o líquido inflamável (42,4%), com predomínio do álcool (66,35), acontecendo no domicílio (59,9%). O percentual médio da superfície corporal queimada foi de 17,7%, precisando de enxerto ou debridamento cirúrgico 25% dos pacientes. A média de internaçação foi 23,3 dias, com 8,7% necessitando de Unidade de Terapia Intensiva. A tentativa de autoextermínio foi de 5,5%, sendo a taxa geral de óbito de 3,5%. Conclusões: Pacientes por queimadura atendidos na Unidade de Queimados do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia abrangem mais a população jovem e adulta, sendo o álcool a causa predominante, com média de óbitos similar a outras regiões. Este estudo ajudará a criar medidas no sentido de reduzir o número de casos e adequar o atendimento de forma quantitativa e qualitativa, contribuindo para a elaboração de protocolos de cuidados, a fim de assegurar a qualidade da assistência dos pacientes e da população em geral.


Introduction: Burns, a public health problem, are injuries that can occur on the skin or other tissues of the body resulting from the trauma of thermal origin, which can cause mild, severe injuries and even death. Thus, the epidemiological characteristics of patients seen at the Burn unit of the Hospital de Clínicas of the Universidade Federal de Uberlândia are studied. Methods: Cross-sectional study of the data recorded in patients' medical records treated for the burn at the Burn Units from 2016 to 2019. Results: 252 medical records were reviewed, with the male gender of the adult group being most affected. The main causal agent was the flammable liquid (42.4%) with a predominance of alcohol (66.35), occurring at home (59.9%). The average percentage of burned body surface was 17.7%, requiring a graft or surgical debridement in 25% of the patients. The average hospital stay was 23.3 days, requiring 8.7% of the Intensive Care Unit. The attempt at self-extermination was 5.5%, with a general death rate of 3.5%. Conclusions: Burn patients treated at the Burn Unit of the Hospital de Clínicas of the Universidade Federal de Uberlândia encompasses more of the young and adult population, with alcohol being the predominant cause, with an average death rate like other regions. This study will help create measures in search of reducing the number of cases and adapting the care quantitatively and qualitatively, contributing to the elaboration of care protocols to ensure the quality of the care of the patients and the population.

7.
Rev. bras. cir. plást ; 37(2): 194-198, abr.jun.2022. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1379852

ABSTRACT

Introdução: O envelhecimento leva a limitações físicas e cognitivas, além de uma diminuição da capacidade funcional. Logo, evidencia-se maior risco, maior índice de complicações e óbito nos pacientes idosos diante de queimaduras. Métodos: Estudo transversal e documental de abordagem quantitativa, com idosos (≥60 anos) internados por queimaduras e corrosões no Brasil (2010 - 2019) notificados por meio do Sistema de Declaração de Morbidade Hospitalar do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Resultados: A taxa de mortalidade geral para o período estudado foi de 9%, indo de 8,37% em 2010 para 8,6% em 2019. A média de internação para o Brasil entre 2010 e 2019 foi de 8,5 dias. Neste período, houve redução da média de dias, indo de 8,6 dias em 2010 para 8,1 dias em 2019. A taxa de mortalidade nos idosos (9%) foi maior do que na população geral (2,87%) devido às fragilidades inerentes à terceira idade que contribuem para que o idoso tenha um maior risco de mortalidade por queimaduras. A média de permanência hospitalar vai ao encontro da literatura, a qual demonstra que, quanto maior a média de permanência do idoso em hospitais, maior será a taxa de mortalidade deste. Conclusão: Diante disso, é possível comprovar a correlação entre a faixa etária idosa e a alta taxa de mortalidade anual por queimaduras. Esta se torna mais expressiva à medida que o grupo etário envelhece.


Introduction: Aging leads to physical and cognitive limitations and decreased functional capacity. Therefore, there is a greater risk, a higher rate of complications and death in elderly patients from burns. Methods: Cross-sectional and documentary study with a quantitative approach, with elderly (≥60 years old) hospitalized for burns and people in Brazil (2010 - 2019) corrosion notice through the Hospital Morbidity Declaration System of Department of Informatics of the Brazilian Public Health System. Results: The overall mortality rate for the period studied was 9%, going from 8.37% in 2010 to 8.6% in 2019. The average hospital stay in Brazil between 2010 and 2019 was 8.5 days. During this period, there was a reduction in the average number of days, from 8.6 days in 2010 to 8.1 days in 2019. The mortality rate in the elderly (9%) was higher than in the general population (2. 87%) due to the inherent weaknesses of the elderly that contribute to the elderly having a higher risk of mortality from burns. The average hospital stay found is in line with the literature, demonstrating that the higher the average hospital stays for the elderly, the higher the mortality rate. Conclusion: Because of this, it is possible to prove the correlation between the elderly age group and the high annual mortality rate from burns. It becomes more expressive as the age group gets older.

8.
Rev. bras. cir. plást ; 37(2): 199-203, abr.jun.2022. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1379869

ABSTRACT

Introdução: A infecção pelo HIV e as queimaduras são um problema comum de saúde pública, principalmente em países de baixa e média renda. Há uma escassez na literatura sobre a epidemiologia de pacientes HIV positivos hospitalizados em unidades de queimados. O objetivo deste estudo é avaliar dados clínicoepidemiológicos de pacientes HIV positivos internados em uma Unidade de Terapia de Queimaduras. Métodos: Realizada análise retrospectiva de pacientes com diagnóstico de HIV internados na Unidade de Terapia de Queimados do Hospital Estadual de Bauru entre os anos de 2008 e 2018. Resultados: No total, foram revisados 2364 prontuários e encontrados 14 (0,6%) pacientes com diagnóstico de HIV. A idade média foi 43,1 anos. Quanto ao gênero, nove (64,3%) eram masculinos e cinco (35,7%) femininos. O mecanismo mais comum foi por chama direta em 11 (78,7%) casos. A etiologia foi álcool (42,9%) em seis pacientes, em três explosão (21,5%) e os demais foram gasolina, cigarro e contato com escapamento, todos com um (7,1%) caso. A causa mais comum foi acidente, em nove (64,3%) casos, dois (14,3%) tentativa de homicídio, um (7,1%) autoextermínio e dois (14,3%) casos sem informação. Em relação à superfície corporal queimada (%SCQ), cinco (37,5%) apresentavam queimaduras de 0-10%, três (21,4%) de 11-20% e cinco (35,7%) maiores que 20%, e em um era desconhecida. Quatro (28,6%) apresentaram lesões de vias aéreas. Dois (14,3%) pacientes foram a óbito. Conclusão: A prevalência de pacientes HIV positivos queimados internados em uma unidade especializada para este tratamento se assemelha à nacional, com características semelhantes em relação a idade e gênero.


Introduction: HIV infection and burns are common public health issues, especially in low- and middle-income countries. There is a paucity in the literature evaluating the epidemiology of burns hospitalization in HIV patients. This study aims to evaluate the clinical and epidemiological profile of HIV-positive patients hospitalized in a Burn Therapy Unit. Methods: A retrospective analysis of burn patients diagnosed with HIV was performed at the Therapy Unit of the State Hospital of Bauru between 2008 and 2018. Results: 2,364 medical records were reviewed, and 14 (0.6%) patients were diagnosed with HIV. The mean age was 43.1 years. Regarding gender, nine (64.3%) were male, and five (35.7%) were female. The most common mechanism was direct flame in 11 (78.7%) cases. The etiology was alcohol (42.9%) in six patients, in three explosions (21. 5%), and the others were gasoline, cigarettes and contact with exhaustion, all with one (7.1%) case. When the cause of these burns was evaluated, nine (64.3%) were due to accidents, either at work or home, two (14.3%) for attempted murder, one (7.1%) self-extermination, and two (14.3%) cases had no information. Regarding total burn surface area, five (37.5%) had burns of 0-10%, three (21.4%) 11-20% and five (35.7%) greater than 20%, and one was unknown. Four (28.6%) showed airway lesions. Two (14.3%) patients died. Conclusion: The prevalence of burned HIV-positive patients admitted to a specialized unit for this treatment is like the national one, with similar characteristics concerning age and gender.

9.
Rev. bras. cir. plást ; 37(2): 218-227, abr.jun.2022. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1379872

ABSTRACT

Introdução: O aumento na sobrevida de pessoas vítimas de queimaduras trouxe para a realidade os problemas relacionados às sequelas, que podem gerar estigmatização e discriminação e influenciar todos os aspectos da vida do indivíduo. O objetivo é analisar o princípio da não estigmatização e não discriminação da Declaração Universal de Bioética e Direitos Humanos na melhoria da qualidade de vida das pessoas com sequelas de queimaduras. Métodos: Revisão integrativa pelo uso da estratégia PICO, P=paciente vítima de sequela de queimadura; I=princípio da não estigmatização; C=função psicossocial saudável; Resultado=melhoria da qualidade de vida, pela questão: Como a aplicação do princípio da não estigmatização e não estigmatização pode auxiliar para a melhoria da qualidade de vida de pessoas com sequelas de queimaduras? Resultados: Nos últimos cinco anos foram encontrados 77 artigos com os descritores stigma and burn, doze foram selecionados para análise. Os instrumentos de avaliação de estigma, estresse, autoestima foram descritos. As pessoas vítimas de sequelas de queimaduras apresentaram grande carga psicossocial, estigmatização e discriminação envolvidas, que persistiram ao longo do tempo. Conclusão: Nesta revisão integrativa foram verificados instrumentos para avaliação do estigma, estresse, autoestima e avaliação do suporte social. Foram identificados fatores intrínsecos e extrínsecos relacionados a estigmatização e discriminação, e apresentaram-se ponderações e reflexões para a aplicação do princípio da não estigmatização da Declaração Universal de Bioética e Direitos Humanos conforme propostas por autores, que destacaram ações que podem melhorar o suporte social e a qualidade de vida de pessoas com sequelas de queimaduras.


Introduction: The increase in the survival of burn victims brought to reality the problems related to sequelae, which can generate stigmatization and discrimination and influence all aspects of the individual's life. The objective is to analyze the principle of non-stigmatization and non-discrimination of the Universal Declaration of Bioethics and Human Rights in improving the quality of life of people with burn sequelae. Methods: Integrative review using the PICO strategy, P=patient victim of burn sequelae; I=principle of non-stigmatization; C=healthy psychosocial; Result=improvement of quality of life, for the question: How can the application of the principle of nonstigmatization and non-stigmatization help to improve the quality of life of people with burn sequelae? Results: In the last five years, 77 articles were found with the stigma and burn descriptors, and twelve were selected for analysis. The instruments for assessing stigma, stress, and self-esteem have been described. People who were victims of burn sequelae had a great psychosocial burden, stigmatization, and discrimination that persisted over time. Conclusion: In this integrative review, instruments were found to assess stigma, stress, self-esteem and assess social support. Intrinsic and extrinsic factors related to stigmatization and discrimination were identified, and considerations and reflections were presented to apply the Principle of non-stigmatization of Universal Declaration of Bioethics and Human Rights as proposed by the authors, who highlighted actions that can improve people's social support and quality of life with burns sequelae.

10.
Rev. bras. cir. plást ; 37(2): 239-244, abr.jun.2022. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1379879

ABSTRACT

Introdução: Apresentar um relato de caso de confecção de retalho sural reverso como alternativa ao retalho microcirúrgico na reconstrução de pé após trauma elétrico. O relato apresentado é de um paciente atendido pelos grupos de Queimaduras e Feridas Complexas do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, no ano de 2020. Relato de Caso: Paciente masculino, 35 anos, sem comorbidades, vítima de trauma elétrico de alta voltagem (1300V) em domicílio, acometendo membros superiores e inferiores bilateralmente. Devido à gravidade das lesões, foi submetido a amputação transtibial à esquerda e desbridamentos seriados no membro contralateral, resultando em defeito em face medial, hálux e todo dorso do pé direito, com exposição óssea. Devido ao insucesso de reconstrução com retalho microcirúrgico de músculo vasto lateral, optou-se por reconstrução com retalho sural reverso. Evoluiu com necrose distal, sendo necessário novo desbridamento e reavanço do retalho. No seguimento, apresentou evolução favorável, e está em processo de reabilitação. Conclusão: O retalho sural reverso mostrou-se adequado para o tratamento de resgate de lesão extensa em pé após falha da terapia microcirúrgica, oferecendo cobertura estável e ótimo contorno, permitindo, assim, reabilitação satisfatória do paciente.


Introduction: To present a reverse sural flap case report as an alternative to microsurgical flap in foot reconstruction after electrical trauma. The report presented is of a patient treated by the Burns and Complex Wounds groups of the Plastic Surgery Service of the Hospital das Clínicas of the Faculty of Medicine of the University of São Paulo in 2020. Case Report: Male patient, 35 years old, without comorbidities, victim of high voltage electrical trauma (1300V) at home, affecting upper and lower limbs bilaterally. Due to the severity of the injuries, he underwent left transtibial amputation and serial debridement in the contralateral limb, resulting in a defect in the medial face, hallux and entire dorsum of the right foot, with bone exposure. Due to the failure of reconstruction with a microsurgical flap of the vastus lateralis muscle, reconstruction with a reverse sural flap was chosen. It evolved with distal necrosis, requiring new debridement and re-advancement of the flap. In the follow-up, he presented a favorable evolution and is in the process of rehabilitation. Conclusion: The reverse sural flap proved to be suitable for the salvage treatment of extensive foot injuries after the failure of microsurgical therapy, offering stable coverage and excellent contour, thus allowing satisfactory patient rehabilitation.

11.
Med. crít. (Col. Mex. Med. Crít.) ; 36(2): 107-111, mar.-abr. 2022. graf
Article in Spanish | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1405578

ABSTRACT

Resumen: En diciembre de 2019 inicia un brote de un nuevo coronavirus en la ciudad de Wuhan, capital de la provincia de Hubei, China, denominado por la Organización Mundial de la Salud (OMS) como SARS-CoV-2, causante de una nueva enfermedad COVID-19 declarada pandemia el 11 de marzo de 2020. Esto conlleva un reto para todos los sistemas sanitarios, incluyendo las unidades de quemados (UQ) alrededor del mundo, que se ven obligadas a modificar su estructura, logística de trabajo y funcionamiento con la finalidad de garantizar la atención y el cuidado de pacientes quemados, y a su vez participar en la contención de la pandemia. Los elementos más importantes a tomar en cuenta son la reconversión hospitalaria, que no excluye a las UQ, la atención primaria y la atención hospitalaria de los pacientes quemados, y el uso de la telemedicina como herramienta para optimizar la atención de estos enfermos. Es importante generar nuevos conocimientos a partir de las experiencias vividas y prepararnos para futuras situaciones similares.


Abstract: In December 2019, an outbreak of a new coronavirus begins in the city of Wuhan, capital of the province of Hubei, China, called by the World Health Organization (WHO) as SARS-CoV-2, causing a new disease, COVID-19 and declaring a pandemic on March 11, 2020. This entails a challenge for all health systems, including Burn Units (BU) around the world, which are forced to modify their work and operating structure and logistics, in order to guarantee the care of burned patients, and participate in the containment of the pandemic. The most important elements to take into account are hospital reconversion, which does not exclude BUs, primary care and hospital care for burned patients, and the use of telemedicine as a tool to optimize the care of these patients. It is important to generate new knowledge from lived experiences and prepare for future similar situations.


Resumo: Em dezembro de 2019, iniciou-se um surto de um novo coronavírus na cidade de Wuhan, capital da província de Hubei, na China, nomeado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como SARS-CoV-2, causando uma nova doença, COVID-19 e declarou uma pandemia em 11 de março de 2020. Isso representa um desafio para todos os sistemas de saúde, incluindo as Unidades de Queimados (UQ) de todo o mundo, que são obrigados a modificar sua estrutura e logística de trabalho e funcionamento, a fim de garantir o atendimento e atenção aos pacientes queimados, e por sua vez participar na contenção da pandemia. Os elementos mais importantes a serem levados em consideração são a reconversão hospitalar, que não exclui UQ, atenção primária e atenção hospitalar para pacientes queimados, e o uso da telemedicina como ferramenta para otimizar o atendimento a esses pacientes. É importante gerar novos conhecimentos a partir de experiências vividas e preparar-se para futuras situações semelhantes.

12.
Rev. bras. cir. plást ; 37(1): 66-70, jan.mar.2022. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1368218

ABSTRACT

Introdução: As queimaduras são lesões cutâneas causadas pelo calor, tendo aquelas diversos agentes, que podem comprometer tecido muscular, tendões, ossos e trazem riscos de perda de membros, de função ou até a morte do paciente. São problemas que podem resultar em danos clínicos, físicos e psicológicos. O objetivo é avaliar o perfil epidemiológico dos pacientes adultos internados em um centro de tratamento de queimados no Recôncavo da Bahia, no período de 13 meses. Métodos: Estudo descritivo retrospectivo, no qual foram avaliados os prontuários médicos dos pacientes internados na instituição em questão. Resultados: No período em questão, foram admitidos 102 pacientes adultos, existindo um equilíbrio entre os sexos masculino e feminino. Ao analisar o motivo da queimadura, pode-se observar que a maioria apresentava queimaduras de natureza acidental. A escaldadura por líquidos quentes, englobando leite, café e óleo em altas temperaturas, foi o principal agente, com 68 casos (66,7%). Quanto à profundidade das lesões, 83 (81,4%) foram vítimas de queimaduras de 2° grau, 17 (16,7%) de 3° grau e 2 (2%) com profundidade da lesão não especificada nos registros. Com relação ao desfecho, 96 (94,1%) receberam alta hospitalar, 3 (2,9%) foram a óbito e 3 (2,9%) foram transferidos para outro serviço. Conclusão: A queimadura é um mal evitável, sendo assim, os dados epidemiológicos são ferramentas que contribuem para a elaboração de cuidados e de prevenção voltados para esse grupo. Este estudo poderá servir no planejamento de políticas públicas de saúde voltadas para o atendimento e prevenção a queimaduras.


Introduction: Burns are skin lesions caused by heat of various agents, which can compromise muscle tissue, tendons, bones and bring risks of loss of limbs, function or even the death of the patient. These are problems that can result in clinical, physical and psychological damage. The objective is to evaluate the epidemiological profile of adult patients admitted to a burn treatment center in Recôncavo da Bahia, over a 13-month period. Methods: Retrospective descriptive study where the medical records of patients admitted to the institution in question were evaluated. Results: In the period in question, 102 adult patients were admitted, with a balance between male and female. When analyzing the reason for the burn, it can be seen that the majority had burns of an accidental nature. Scalding by hot liquids, including milk, coffee and oil at hot temperatures, was the main agent with 68 cases (66.7%). As for the depth of the injuries, 83 (81.4%) were victims of 2nd degree burns, 17 (16.7%) of the 3rd degree and 2 (2%) with injury depth not specified in the records. Regarding the outcome, 96 (94.1%) were discharged from the hospital, 3 (2.9%) died and 3 (2.9%) were transferred to another service. Conclusion: Burning is a preventable evil, therefore, epidemiological data are tools that contribute to the development of care and prevention aimed at this group. This study may serve in the planning of public health policies aimed at providing care and preventing burns.

13.
Semina cienc. biol. saude ; 43(1): 177-184, jan./jun. 2022.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1354485

ABSTRACT

Objetivo: explorar a percepção de um paciente cirúrgico queimado em relação à sede e seu manejo no período pré-operatório e pós-operatório imediato. Relato de caso: trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, exploratória, do tipo estudo de caso. Os critérios de inclusão foram: paciente estar internado no centro de tratamento de queimados, ser submetido a procedimento cirúrgico ou balneoterapia, ter experenciado a sede no período pré-operatório ou pós-operatório e ter recebido o manejo da sede. Para a coleta de dados utilizou-se entrevista semiestruturada, gravada e transcrita. Paciente do sexo feminino, de 32 anos, admitida com queimaduras de segundo grau em extensão de tórax, membros superiores e pescoço por tentativa de autoextermínio com álcool. Passou por seis procedimentos e esteve internada por 15 dias até o momento da coleta. Experienciou o desconforto sede durante o jejum pré-operatório e pós-operatório, considerado intenso e muito estressante durante sua internação. Conclusão: a partir da identificação do desconforto sede, utilizou-se como estratégia o picolé de gelo, que fez diferença em seu tratamento. O modelo de manejo da sede é pioneiro no cuidado ao paciente queimado e apresenta benefícios para minorar a sede.


Objective: explore thirst perception of a burnt surgical patient and its management in the preoperative and immediate postoperative period. Case report: study with a qualitative and exploratory approach, named as case study. Inclusion criteria were: inpatient at burnt treatment unit, undergone surgical procedure or balneotherapy, experienced thirst in the preoperative or postoperative period and received thirst management. For data collection, semi-structured interviews were performed, recorded and transcribed. Female patient, 32 years old, admitted with second degree burns in extension of thorax, upper limbs and neck due to attempted self-extermination with alcohol. Underwent six procedures and was hospitalized for 15 days until the data collection. Experienced thirst discomfort during preoperative and postoperative fasting, which was considered intense and very stressful during his hospitalization. Conclusion: since the identification of thirst discomfort, the ice popsicle was used as a strategy, which made difference in her treatment. The thirst management model is pioneer in care of burnt patients and has benefits to alleviate thirst.


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Patients , Thirst , Balneology , Burns , Ice , Postoperative Period , Therapeutics , Data Collection , Fasting , Preoperative Period , Hospitalization , Inpatients , Neck
14.
Acta bioquím. clín. latinoam ; 56(1): 33-36, ene. 2022.
Article in Spanish | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1402944

ABSTRACT

Resumen Las heridas por quemadura representan un grave problema, sobre todo en la población pediátrica, dada la severidad de su presentación y la morbimortalidad asociada. La infección es la complicación más frecuente y grave en el paciente quemado. Las bacterias que conforman el complejo Burkholderia cepacia (CBc) son capaces de causar enfermedades en plantas, humanos y animales. En el hombre pueden establecer infecciones crónicas y frecuentemente graves, por lo general en pacientes con fibrosis quística y en inmunocomprometidos. El CBc está compuesto por al menos 22 especies filogenéticamente muy relacionadas. El objetivo de esta publicación fue describir el primer caso de una infección de piel y partes blandas por Burkholderia stabilis, una especie poco frecuente, en un niño con grandes quemaduras en la Argentina. Las especies del CBc son intrínsecamente resistentes a la mayoría de los antimicrobianos disponibles clínicamente, como aminoglucósidos, quinolonas, polimixinas y β-lactámicos. Esto representa un serio problema en el momento de tratar las infecciones por las escasas opciones terapéuticas.


Abstract Burn wounds represent a serious problem, especially in the pediatric population, given the severity of their presentation and the associated morbidity and mortality. Infection is the most frequent and serious complication in the burned patient. Burkholderia cepacia (CBc) complex bacteria are capable of causing disease in plants, humans, and animals. In human beings they can establish chronic and frequently serious infections, generally in patients with cystic fibrosis and in immunocompromised patients. The CBc is composed of 22 phylogenetically closely related species. The objective of this publication was to describe the first report of a skin and soft tissue infection by Burkholderia stabilis, a rare species, in a child with extensive burns in Argentina. CBc species are inherently resistant to most clinically available antimicrobials, such as aminoglycosides, quinolones, polymyxins, and β-lactams. This represents a serious problem when treating infections, due to the limited therapeutic options.


Resumo As feridas por queimadura representam um grave problema, principalmente na população pediátrica, devido à gravidade de sua apresentação e morbimortalidade associada. A infecção é a complicação mais frequente e grave do paciente queimado. As bactérias que compõem o complexo Burkholderia cepacia (CBc) são capazes de causar doenças em plantas, humanos e animais. No homem, podem estabelecer infecções crônicas e freqüentemente graves, geralmente em pacientes com fibrose cística e imunocomprometidos. O CBc é composto, no mínimo, por 22 espécies filogeneticamente muito relacionadas. O objetivo desta publicação é descrever o primeiro caso de uma infecção de pele e tecidos moles por Burkholderia stabilis, uma espécie rara, em uma criança com queimaduras extensas na Argentina. As espécies do CBc são inerentemente resistentes à maioria dos antimicrobianos disponíveis clinicamente, como aminoglicosídeos, quinolonas, polimixinas e β-lactâmicos. Isso representa um problema sério na hora de tratar as infecções devido às opções terapêuticas limitadas.

15.
Rev. enferm. UERJ ; 29: e51316, jan.-dez. 2021.
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1151295

ABSTRACT

Objetivo: identificar as evidências científicas sobre a assistência de enfermagem no atendimento pré-hospitalar a vítima de queimadura. Método: revisão de escopo realizada conforme orientações do Instituto Joanna Briggs e protocolo PRISMA-ScR. A busca foi executada em seis fontes de dados, no recorte temporal de 2016 a 2020. Doze artigos atenderam aos critérios de inclusão, sendo selecionados para a amostra dos resultados. Resultados: no âmbito da assistência de enfermagem, destacaramse reposição volêmica com infusão de fluidos; resfriamento local com água limpa, corrente e em temperatura ambiente; monitoramento/controle dos sinais vitais, uso de oxigenoterapia; analgesia e cuidados com a ferida, utilizando coberturas oclusivas, identificação do agente causador, avaliação da Superfície Corporal Queimada, extensão e profundidade da lesão. Conclusão: a assistência de enfermagem frente ao atendimento pré-hospitalar às vítimas de queimaduras se dá principalmente pelo controle da evolução dos danos causados pelo incidente desde o momento da chegada até o atendimento terciário.


Objective: to identify the scientific evidence on nursing in pre-hospital care for burn victims. Method: this scoping Review was conducted following the Joanna Briggs Institute guidelines and the PRISMA-ScR protocol. Six data sources were searched in the time frame from 2016 to 2020. Twelve articles met the inclusion criteria and were selected for sampling of the results. Results: prominent within the scope of nursing care were fluid volume replacement by infusion; local cooling with clean, running water at room temperature; monitoring / control of vital signs, use of oxygen therapy; analgesia and wound care, using occlusive dressings, identification of the causative agent, assessment of the Burned Body Surface Area, extent and depth of the injury. Conclusion: nursing in pre-hospital care for burn victims mainly involves controlling the progression of the injury caused by the incident between the moment of arrival and tertiary care.


Objetivo: identificar la evidencia científica sobre la asistencia de enfermería en la atención prehospitalaria a víctimas de quemaduras. Método: Revisión del alcance realizada según las orientaciones del Instituto Joanna Briggs y el protocolo PRISMAScR. La investigación se realizó sobre seis fuentes de datos, en el período de 2016 a 2020. Doce artículos cumplieron los criterios de inclusión y fueron seleccionados para la muestra de los resultados. Resultados: en el ámbito de la atención de enfermería se destacó la reposición volémica a través infusión de fluidos; enfriamiento local con agua corriente limpia en temperatura ambiente; seguimiento / control de signos vitales, uso de oxigenoterapia; analgesia y cuidado de heridas, utilizando curas oclusivas, identificación del agente causante, evaluación de la superficie corporal quemada, extensión y profundidad de la lesión. Conclusión: la asistencia de la enfermería ante la atención prehospitalaria a las víctimas de quemaduras ocurre principalmente mediante el control de la evolución de los daños ocasionados por el incidente desde el momento de la llegada hasta la atención terciaria.

16.
Rev. enferm. UERJ ; 29: e58896, jan.-dez. 2021. graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS, BDENF | ID: biblio-1365794

ABSTRACT

RESUMO Objetivo identificar as dificuldades vivenciadas nas Unidades Básicas de Saúde pela equipe multiprofissional no atendimento ao usuário queimado. Método estudo qualitativo, descritivo, realizado com 14 profissionais atuantes em três unidades básicas de saúde no Sul do Rio Grande do Sul. A coleta de dados ocorreu em junho de 2018, por meio de entrevista semiestruturada. Os dados foram tratados por análise temática. Resultados os multiprofissionais relataram que consideram sua formação insuficiente e que se sentem despreparados para o primeiro atendimento e manejo, repercutindo em estresse e ansiedade, quando surgem queimaduras mais específicas. Identificaram-se relato de discordâncias nas condutas adotadas e a ausência de um protocolo para o manejo apropriado. Pontuaram que a estrutura física e insumos são inadequados. Conclusão diante das dificuldades vivenciadas para o atendimento ao queimado, é necessário capacitação profissional e um olhar mais próximo pela gestão, para investir em recursos físicos, materiais e protocolos que possibilitem esse atendimento.


RESUMEN Objetivo identificar las dificultades vividas en las Unidades Básicas de Salud por el equipo multiprofesional en la atención al usuario quemado. Método estudio cualitativo, descriptivo, realizado junto a 14 profesionales que trabajan en tres unidades básicas de salud en el sur de Rio Grande do Sul. La recolección de los datos se realizó en junio de 2018, mediante entrevista semiestructurada. Los datos fueron tratados por análisis temático. Resultados los multiprofesionales refirieron que consideraron su formación insuficiente y que no se sentían preparados para el primer cuidado y manejo, lo que reflejaba en estrés y ansiedad, cuando surgían quemaduras más específicas. Se identificaron diferencias en las conductas adoptadas y ausencia de un protocolo para el manejo adecuados. Apuntaron que la estructura física y los insumos son inadecuados. Conclusión ante las dificultades vividas en la atención de personas quemadas, hace falta una formación profesional y una mirada más cercana por parte de la gestión, en el sentido de invertir en recursos físicos, materiales y protocolos que hagan posible esa atención.


ABSTRACT Objective to identify difficulties experienced in Basic Health Units by multiprofessional teams providing care for burn patients. Method in this qualitative, descriptive study with 14 health personnel working in three basic health units in southern Rio Grande do Sul state, data were collected in June 2018 by semi-structured interview, and treated by thematic analysis. Results the multiprofessionals reported that they considered their training insufficient and that they felt unprepared to provide first care and management when more specific burns presented, which was reflected in stress and anxiety. There were reports of divergences in procedures adopted and no protocol for appropriate burn management was in place. They pointed out that the physical structure and materials were unsuitable. Conclusion the difficulties experienced in providing care to burn victims pose a need for training, and closer attention by management with a view to investing in physical resources, materials and protocols to enable this service.

17.
Rev. enferm. UERJ ; 29: e58896, jan.-dez. 2021.
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1354541

ABSTRACT

Objetivo: identificar as dificuldades vivenciadas nas Unidades Básicas de Saúde pela equipe multiprofissional no atendimento ao usuário queimado. Método: estudo qualitativo, descritivo, realizado com 14 profissionais atuantes em três unidades básicas de saúde no Sul do Rio Grande do Sul. A coleta de dados ocorreu em junho de 2018, por meio de entrevista semiestruturada. Os dados foram tratados por análise temática. Resultados: os multiprofissionais relataram que consideram sua formação insuficiente e que se sentem despreparados para o primeiro atendimento e manejo, repercutindo em estresse e ansiedade, quando surgem queimaduras mais específicas. Identificaram-se relato de discordâncias nas condutas adotadas e a ausência de um protocolo para o manejo apropriado. Pontuaram que a estrutura física e insumos são inadequados. Conclusão: diante das dificuldades vivenciadas para o atendimento ao queimado, é necessário capacitação profissional e um olhar mais próximo pela gestão, para investir em recursos físicos, materiais e protocolos que possibilitem esse atendimento.


Objective: to identify difficulties experienced in Basic Health Units by multiprofessional teams providing care for burn patients. Method: in this qualitative, descriptive study with 14 health personnel working in three basic health units in southern Rio Grande do Sul state, data were collected in June 2018 by semi-structured interview, and treated by thematic analysis. Results: the multiprofessionals reported that they considered their training insufficient and that they felt unprepared to provide first care and management when more specific burns presented, which was reflected in stress and anxiety. There were reports of divergences in procedures adopted and no protocol for appropriate burn management was in place. They pointed out that the physical structure and materials were unsuitable. Conclusion: the difficulties experienced in providing care to burn victims pose a need for training, and closer attention by management with a view to investing in physical resources, materials and protocols to enable this service.


Objetivo: identificar las dificultades vividas en las Unidades Básicas de Salud por el equipo multiprofesional en la atención al usuario quemado. Método: estudio cualitativo, descriptivo, realizado junto a 14 profesionales que trabajan en tres unidades básicas de salud en el sur de Rio Grande do Sul. La recolección de los datos se realizó en junio de 2018, mediante entrevista semiestructurada. Los datos fueron tratados por análisis temático. Resultados: los multiprofesionales refirieron que consideraron su formación insuficiente y que no se sentían preparados para el primer cuidado y manejo, lo que reflejaba en estrés y ansiedad, cuando surgían quemaduras más específicas. Se identificaron diferencias en las conductas adoptadas y ausencia de un protocolo para el manejo adecuados. Apuntaron que la estructura física y los insumos son inadecuados. Conclusión: ante las dificultades vividas en la atención de personas quemadas, hace falta una formación profesional y una mirada más cercana por parte de la gestión, en el sentido de invertir en recursos físicos, materiales y protocolos que hagan posible esa atención.

18.
Rev. bras. cir. plást ; 36(4): 490-495, out.-dez. 2021. graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1365572

ABSTRACT

■ RESUMO O trabalho faz uma revisão do emprego da plástica em Z nas técnicas de queiloplastia empregadas para o tratamento da fissura labial unilateral. Destaca a contribuição de autores brasileiros, principalmente a de Perseu Lemos. Relata também a conduta adotada pelo autor sênior neste tipo de queiloplastia.


■ ABSTRACT The study reviews the use of Z-plasty in the cheiloplasty techniques used to treat unilateral cleft lip. It highlights the contribution of Brazilian authors, especially that of Perseu Lemos. It also reports the conduct adopted by the senior author in this type of cheiloplasty.

19.
Rev. bras. cir. plást ; 36(4): 485-489, out.-dez. 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1365590

ABSTRACT

■ RESUMO Introdução: A pandemia de COVID-19 se espalhou rapidamente pelo mundo trazendo a necessidade de ações emergenciais para o controle da doença em nível coletivo e individual. Assim, a Divisão de Cirurgia Plástica e Queimaduras do maior complexo hospitalar da América Latina foi fisicamente destinada aos infectados. Neste contexto, encontramos os desafios de tratar um paciente grande queimado e politraumatizado, que apresentou trombose arterial em membro inferior, uma rara complicação associada à queimadura térmica. Todo tratamento foi realizado em hospital não especializado ao atendimento de trauma. Relato de Caso: Paciente masculino, 18 anos, sem comorbidades, com queimaduras predominantemente de 3º grau de 50% de superfície corpórea queimada e neurotrauma grave, que apresentou trombose arterial em perna direita 24 horas após a queimadura. Paciente submetido à amputação do membro e a seriadas intervenções cirúrgicas para desbridamento e enxertia de pele. Apesar dos protocolos de prevenção, paciente foi infectado pela COVID-19 durante a internação. Conclusão: Este caso enfoca uma complicação rara relacionada à lesão por queimadura, que ainda não possui critérios de diagnóstico e medidas profiláticas definidas. Além disso, a pandemia de COVID-19 trouxe impactos em diversos âmbitos nos serviços de saúde, sendo fundamental o compartilhamento de conhecimentos durante esta pandemia pela busca de adaptações à situação de crise.


■ ABSTRACT Introduction: The COVID-19 pandemic spread rapidly worldwide, bringing the need for emergency actions to control the disease at the collective and individual level. Thus, the Division of Plastic Surgery and Burns of the largest hospital complex in Latin America was physically aimed at the infected. In this context, we find the challenges of treating a large burned and polytraumatized patient, who presented arterial thrombosis in the lower limb, a rare complication associated with the thermal burn. All treatment was performed in a hospital not specialized in trauma care. Case Report: Case Report: Male patient, 18 years old, without comorbidities, with predominantly third-degree burns of 50% of body surface burned and severe neurotrauma. He presented arterial thrombosis in his right leg 24 hours after the burn. The patient underwent limb amputation and serial surgical interventions for debridement and skin grafting. Despite the prevention protocols, the patient was infected by COVID-19 during hospitalization. Conclusion: This case focuses on a rare complication related to burn injury, which does not yet have diagnostic criteria and defined prophylactic measures. Besides, the COVID-19 pandemic has impacted various health services areas, and it is essential to share knowledge during this pandemic by seeking adaptations to the crisis situation.

20.
Rev. bras. ciênc. vet ; 28(3): 146-150, jul./set. 2021. il.
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1363943

ABSTRACT

A pele é o maior órgão do corpo e pode ser acometida por uma série de processos patológicos. As doenças dermatológicas em geral são um aspecto frustrante na clínica de animais de grande porte. Desse modo, o objetivo deste estudo foi relatar lesões de pele diagnosticadas em búfalos na região do Baixo Amazonas, estado do Pará. Foram avaliados 156 búfalos das raças Murrah, Mediterrâneo e seus mestiços; adultos e jovens, com idade variando de oito meses a nove anos. No exame físico constatou-se que 36,5% (57/156) dos animais apresentavam abscessos no local de vacinação. Destes, 12,2% (19/156) eram abscessos com presença de alopecia e 1,3% (2/156) com fistulação Além disso, 1,3% (2/156) dos animais apresentaram ainda no local de vacinação, feridas ulceradas com presença de secreção purulenta. Identificou-se que 3,8% (6/156) dos búfalos possuíam lesões provenientes da marcação a fogo, com queimaduras, de aspecto crostoso, eritematoso e exsudativo, na região da garupa.; A maioria 64,1% (100/156) dos animais apresentaram corte das orelhas, 1,9% (3/156) apresentaram lesões por penetração de corno e em 1,2% (2/156) observou-se lesão de pele no membro posterior direito. Conclui-se que foi possível diagnosticar diversas lesões cutâneas nos búfalos na região do Baixo Amazonas, sendo o erro no manejo dos animais as principais causas das lesões diagnosticadas. Além disso, houve correlação entre dois grupos de animais avaliados (com e sem lesão).


The skin is the largest organ in the body and can be affected by a series of pathological processes. Dermatological diseases in general are a frustrating aspect in the clinic of large animals. Thus, the objective of this study was to report skin lesions diagnosed in buffaloes in the region of Baixo Amazonas, state of Pará. 156 buffaloes of the Murrah, Mediterranean and crossbred breeds were taken; Adults and young people, with ages varying from eight months to nine years. On physical examination, it was found that 36.5% (57/156) of the animals had abscesses at the vaccination site. Of these, 12.2% (19/156) were abscesses with the presence of alopecia and 1.3% (2/156) with fistulation. In addition, 1.3% (2/156) of the animals separated at the vaccination site, ulcerated wounds with the presence of purulent secretion. It was identified that 3.8% (6/156) of the buffaloes had the location of the fire mark, with burns, with a crusted, erythematous and exudative aspect, in the croup region. The majority 64.1% (100/156) of the animals separation of the ears, 1.9% (3/156) dissipation by penetration of the horn and in 1.2% (2/156) a skin lesion was observed in any limb posterior right. It was concluded that it was possible to diagnose several cutaneous lesions in buffaloes in the region of Baixo Amazonas, with the error in handling animals being the main causes of the diagnosed injuries. In addition, there was a correlation between two groups of acquired animals (with and without injury).


Subject(s)
Animals , Skin Diseases/veterinary , Buffaloes/injuries , Burns/veterinary , Amazonian Ecosystem , Abscess/veterinary
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL