Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 121
Filter
1.
Diagn. tratamento ; 28(1): 29-32, jan-mar. 2023.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1413201

ABSTRACT

A prevalência das disfunções sexuais é alta na população geral. A capacidade de regular as experiências emocionais facilita o relacionamento mais adaptado aos estados internos e às condições ambientais. A prática da atenção plena promove atenção à experiência do momento presente ­ com curiosidade, abertura, aceitação, não reatividade e não julgamento ­ e tem se mostrado eficaz para melhorar muitas condições biopsicossociais, sendo utilizada em ambientes de saúde, escolas e locais de trabalho. O objetivo é apresentar atualizações na abordagem das dificuldades sexuais por meio do desenvolvimento da atenção plena. Entre outras recomendações, o treinamento para descentralizar a atenção, o desenvolvimento de habilidades para perceber pensamentos e sentimentos como estados mentais, não necessariamente reais, além de promover aceitação, compaixão e melhor gestão de pensamentos intrusivos e ruminativos são alguns pontos positivos da prática da atenção plena como única abordagem ou associada a outras. É apresentado um protocolo com grupo terapêutico para desenvolvimento da atenção plena para casais, em que o parceiro é sobrevivente do câncer de próstata. Segue uma proposta terapêutica com oito módulos desenvolvida em formato presencial e adaptada para a plataforma virtual. Os módulos são: definições e causas da disfunção sexual; conscientização crescente das sensações físicas; exploração do corpo e julgamentos sobre ele; consciência de pensamentos e crenças sexuais; trabalho com aversão e autotoque; consciência das sensações sexuais; foco sensorial com o parceiro; manutenção (e aumento) dos ganhos. Essa prática desenvolvida online abriu um campo importante para beneficiar portadores de disfunção sexual com dificuldade para buscar outras modalidades de intervenção.

2.
BrJP ; 5(2): 91-95, Apr.-June 2022.
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1383945

ABSTRACT

ABSTRACT BACKGROUND AND OBJECTIVES: Chronic pain has a negative impact on the quality of life of individuals and requires multidisciplinary attention. The aim of this study was to assess the feasibility of a brief multidisciplinary intervention for the management of chronic pain. METHODS: A pilot feasibility study. The participants were individuals with chronic pain. The intervention had a psychoeducational focus and was carried out in a group for six weeks, with a two-hour weekly meeting. Participants received education on pain management, practiced stretching and relaxation techniques. The intervention was applied by two nurses, a psychologist and a physical therapist. The specific objective of this study was to assess the feasibility of the intervention through indicators of acceptability and feasibility. RESULTS: Forty-eight people with chronic pain eligible to participate in the study were identified. Among the acceptability indicators, the acceptance rate to participate in the intervention was 52% and the retention rate among participants was 60%. The rate of adherence to the recommendations was moderate for walking (53.3%) and satisfactory for stretching (100%) and relaxation (73.3%). As for the feasibility indicators, the following aspects were considered "great": access to the intervention site (83.3%), the intervention room (66.6%), the intervention content (86.6%) and the number of sessions (46.6%). All participants (100%) suggested increasing the number of sessions. CONCLUSION: The brief multidisciplinary intervention for chronic pain management was considered feasible and should be tested and implemented in primary care services and outpatient services specialized in pain management.


RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dor crônica provoca impacto negativo na qualidade de vida dos indivíduos e requer atenção multidisciplinar. O objetivo deste estudo foi avaliar a viabilidade de uma intervenção multidisciplinar breve para manejo da dor crônica. MÉTODOS: Estudo clínico de viabilidade. Os participantes foram pessoas com dor crônica. A intervenção teve foco psicoeducativo e foi realizada em grupo, por seis semanas, com um encontro semanal de duas horas. Os participantes receberam educação sobre manejo da dor, praticaram alongamento e técnicas de relaxamento. A intervenção foi aplicada por duas enfermeiras, uma psicóloga e uma fisioterapeuta. O objetivo específico deste estudo foi avaliar a viabilidade da intervenção por meio de indicadores de aceitabilidade e viabilidade. RESULTADOS: Identificaram-se 48 pessoas com dor crônica elegíveis para participar do estudo. Entre os indicadores de aceitabilidade, a taxa de aceitação para participar da intervenção foi de 52% e a taxa de retenção foi de 60%. A taxa de adesão às recomendações foi moderada para caminhada (53,3%) e satisfatória para alongamento (100%) e relaxamento (73,3%). Quanto aos indicadores de viabilidade, foram considerados "ótimos": o acesso ao local da intervenção (83,3%), a sala da intervenção (66,6%), o conteúdo da intervenção (86,6%) e o número de sessões (46,6%). Todos os participantes (100%) sugeriram aumentar o número de sessões. CONCLUSÃO: A intervenção multidisciplinar breve para manejo da dor crônica foi considerada viável e deve ser testada e implantada em serviços de atenção primária e serviços ambulatoriais especializados no tratamento da dor.

3.
J. bras. psiquiatr ; 71(2): 149-160, abr.-jun. 2022. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1386071

ABSTRACT

OBJETIVO: O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é um transtorno altamente prevalente e incapacitante. Mesmo quando tratado com uma intervenção de primeira linha, terapia cognitivo-comportamental (TCC), 45% dos pacientes continuam sofrendo desse transtorno. Portanto, conhecer os fatores que podem prever quem responderá à TCC seria de grande valor no tratamento desses pacientes. Por esse motivo, revisamos sistematicamente a literatura para identificar as variáveis que poderiam predizer a resposta à TCC em pacientes que sofrem de TEPT. MÉTODOS: Seguindo as diretrizes do PRISMA 2020, pesquisamos em banco de dados eletrônico como ISI Web of Science, Scopus, PsycINFO, MEDLINE e PTSDpubs até novembro de 2021. Dois autores conduziram independentemente a seleção do estudo e a extração de dados. Estudos que examinaram possíveis preditores de resposta à terapia, com amostra de adultos (18-65 anos) de ambos os sexos, com e sem comorbidades, foram considerados elegíveis. As características dos estudos foram sintetizadas em uma tabela. O risco de viés foi avaliado pela ferramenta de avaliação de qualidade de risco de viés da Cochrane. RESULTADOS: Vinte e oito estudos envolvendo 15 variáveis foram selecionados. Desses, oito mostraram baixo risco de viés, 19 mostraram algumas preocupações e um mostrou alto risco potencial de viés. A relação terapêutica foi a única variável considerada um preditor de boa resposta à terapia. Todas as outras variáveis apresentaram resultados conflitantes. CONCLUSÕES: A variável mais promissora, embora muito fraca cientificamente, é a relação terapêutica. Ensaios clínicos randomizados adicionais devem ser conduzidos para esclarecer o papel dessa variável como um preditor de resposta da TCC em pacientes com TEPT.


OBJECTIVE: Posttraumatic stress disorder (PTSD) is a highly prevalent and disabling disorder. Even when treated with the first-line intervention, cognitive-behavioral therapy (CBT), 45% of the patients continue suffering from this disorder. Therefore, knowing the factors that could foresee who will respond to CBT would be of great value to the treatment of these patients. Thus, we have systematically reviewed the literature to identify the variables that could predict response to CBT in patients suffering from PTSD. METHODS: Following the PRISMA 2020 guidelines, we searched the electronic databases ISI Web of Science, Scopus, PsycINFO, MEDLINE, and PTSDpubs until November 2021. Two authors have independently conducted study selection and data extraction. Studies that examined possible predictors of response to therapy on a sample of adults (18-65 years), both genders, with and without comorbidities were considered eligible. The characteristics of the studies were synthesized in a table. The risk of bias was assessed by the Cochrane risk of bias quality assessment tool. RESULTS: Twenty- -eight studies comprising 15 variables were selected. Among those, eight showed a low risk of bias, 19 showed some concerns, and one showed a high potential risk of bias. The therapeutic relationship was the only variable considered to be a predictor of a good response to therapy. All other variables showed conflicting results. CONCLUSIONS: The most promising variable, although scientifically weak, is the therapeutic relationship. Additional randomized clinical trials should be conducted to clarify the role of this variable as a predictor of response to CBT in patients with PTSD.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Stress Disorders, Post-Traumatic/diagnosis , Stress Disorders, Post-Traumatic/therapy , Cognitive Behavioral Therapy/methods , Randomized Controlled Trials as Topic , Treatment Outcome
4.
Arq. neuropsiquiatr ; 80(5,supl.1): 307-312, May 2022. tab, graf
Article in English | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1393927

ABSTRACT

ABSTRACT Although, insomnia is one of the most common diseases that health professionals face in their practice, it receives little attention in medical training. Diagnosis is based on a careful history taking, and physicians must be aware of the diagnostic criteria. Insomnia should not be considered a symptom, but a comorbid condition. Although cognitive behavioral therapy (CBT) has been the mainstay treatment for insomnia for many years, it is usually regarded as a novel therapeutic strategy, both because of scarcity of qualified psychologists and of limited knowledge about insomnia among physicians. GABA receptor acting drugs are being abandoned in the treatment of insomnia because of abuse and dependence potential and accident risk. Two main current therapeutic options with the best scientific evidence are the tricyclic antidepressant, doxepin, and a new melatoninergic receptor agonist, ramelteon. Newer drugs to treat insomnia are in the pipeline. Hypocretine blocking agents will be marketed in the near future.


RESUMO Embora a insônia seja uma das doenças mais comuns encontrada por profissionais de saúde em sua prática quotidiana, está ainda é negligenciada nos currículos médicos. O diagnóstico baseia-se em anamnese cuidadosa e os médicos devem conhecer os critérios diagnósticos. A insônia não deve ser considerada apenas um sintoma, mas uma comorbidade. Apesar de a terapia cognitivo comportamental (TCC) para insônia ser a principal opção terapêutica há muito anos, esta modalidade terpêutica ainda é considerada uma nova estratégia pela escassez de psicólogos qualificados e pelo desconhecimento médico acerca da insônia. Os fármacos que atuam nos receptores GABA vêm sendo abandonados no tratamento da insônia devido ao potencial de abuso e dependência e pelo risco de acidentes. As duas principais opções terapêutica para insônia com melhor evidência científica são um antigo antidepressivo tricíclico, a doxepina, e um novo agonista do receptor melatoninérgico, a ramelteona. Novas drogas para insônia estão em processo de aprovação regulatória e comercialização. As mais próximas de serem liberadas para o mercado são as drogas bloqueadoras do sistema da hipocretina.

5.
Psicol. pesq ; 16(1): 1-22, jan.-abr. 2022.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1356627

ABSTRACT

O estudo investigou as representações sociais de estudantes de Psicologia acerca da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC). Os 196 estudantes indicaram de três a cinco palavras que lhes vinham à mente ao pensarem sobre a TCC. Os resultados foram tratados no Software Evoc e distribuídos em quatro quadrantes em ordem de expressividade: 1) comportamentos, crenças e reforço; 2) pensamentos; 3) emoção, objetiva, cognição, curto-prazo, científica e testes; 4) técnica, tarefas e mudanças. O pensamento social dos estudantes é consonante com a estrutura base da teoria e os resultados contribuem para o entendimento da TCC na formação em Psicologia.


The study investigated the social representations of Psychology students on Cognitive-Behavioral Therapy (CBT). The 196 students indicated three to five words that came to their minds when thinking about CBT. The results were treated on the Evoc Software and distributed in four quadrants in order of expressiveness: 1) behaviors, beliefs and reinforcement; 2) thoughts; 3) emotion, objective, cognition, short-term, scientific and tests; 4) techniques, tasks and changes. The students' social thinking is in line with the basic structure of the theory and the results contribute to the understanding of CBT in Psychology training.


El estudio investigó las representaciones sociales de estudiantes de Psicología respecto de la Terapia Cognitiva Conductual (TCC). Los 196 estudiantes indicaron de tres a cinco palabras que le venían a la mente al pensar sobre la TCC. Los resultados fueron sistematizados en el Software Evoc y se distribuyeron en cuatro cuadrantes en orden de expresividad: 1) comportamientos, creencias y refuerzo; 2) pensamientos; 3) emoción, objetiva, cognición a corto plazo, científico y pruebas; 4) técnicas, tareas y cambios. El pensamiento social de los estudiantes está en línea con la estructura teórica básica y los resultados contribuyen a la comprensión de la TCC en la formación en Psicología.

6.
Rev. Bras. Psicoter. (Online) ; 24(1): 1-15, jan-abr. 2022.
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1369972

ABSTRACT

O presente trabalho tem como objetivo ilustrar como a articulação entre a Terapia Cognitivo Comportamental e a Terapia Cognitiva Processual possibilita resultado satisfatório em casos de Trantorno distímico. Os estudos acerca do transtorno distímico ainda são limitados. No entanto, o caso clínico corrobora com a literatura, que aponta a importância dos psicofarmacos no tratamento dos transtornos de humor, bem como a importância da psicoterapia, inclusive em casos mais brandos, como os de distimia. A Terapia Congitivo Comportamental clássica não foi suficente para a melhora significativa da paciente, sendo necessário o acréscimo de técnicas da Tereapia Cognitiva Processual. Essa articulação das abordagens nas intervenções psicoterápicas proporcionou mudanças significativas no padrão de pensamento, sentimento e comportamento da paciente.(AU)


This paper aims to illustrate how the articulation between Cognitive-Behavioral Therapy and Cognitive Processual Therapy enables satisfactory results in cases of dysthymic disorder. Studies on dysthymic disorder are still limited. However, the clinical case corroborates the literature, which points out the importance of psychopharmaceuticals in the treatment of mood disorders, as well as the importance of psychotherapy even in milder cases such as dysthymia. The classic Cognitive-Behavioral Therapy was not enough for the patients significant improvement, and the addition of Cognitive Processual Therapy techniques was necessary. This articulation of approaches in psychotherapeutic interventions provided significant changes in the patients pattern of thinking, feeling, and behaving.(AU)


El presente trabajo pretende ilustrar cómo la articulación entre la Terapia Cognitivo Conducutal y la Terapia Cognitiva Procesal permite obtener resultados satisfactorios en casos de trastorno distímico. Los estudios sobre el trastorno distímico son todavía limitados. Sin embargo, el caso clínico corrobora la literatura, que señala la importancia de los psicofármacos en el tratamiento de los trastornos del estado de ánimo, así como la importancia de la psicoterapia, incluso en los casos más leves, como la distimia. La clásica Terapia CognitivoConductual no fue suficiente para la mejora significativa del paciente, siendo necesaria la adición de técnicas de la Terapia Cognitiva Procesal. Esta articulación de enfoques en las intervenciones psicoterapéuticas condujo a cambios significativos en el patrón de pensamiento, sentimiento y comportamiento del paciente.(AU)


Subject(s)
Psychotherapy , Cognitive Behavioral Therapy , Dysthymic Disorder
7.
Rev. Bras. Psicoter. (Online) ; 24(1): 17-30, jan-abr. 2022.
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1369980

ABSTRACT

As pessoas diagnosticadas com transtorno bipolar vivenciam episódios de depressão, mania/hipomania e até mesmo episódios mistos. O transtorno tem causa multifatorial, apresenta uma intensa carga genética e está associado aos sintomas físicos e psicológicos. Há vários aspectos importantes no tratamento do transtorno bipolar, sendo a medicação e a psicoterapia cognitivo-comportamental dois pilares fundamentais. Utilizandose do artefato cultural lançado em março de 2015, dirigido e escrito por Paul Dalio, o filme Touched with Fire (Tocados pelo Fogo), objetiva-se relacionar o transtorno bipolar vivenciado por Carla, com uma das intervenções psicossociais que mais demonstram eficácia em prevenir a recorrência maníaca e depressiva: a Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) e suas técnicas. Este trabalho baseia-se em um método de abordagem qualitativa de natureza descritiva, cuja fundamentação teórica foi elaborada através de uma revisão bibliográfica da literatura produzida sobre o tema. A psicologia baseada em evidências salienta que a TCC é uma das abordagens mais eficazes para o tratamento do transtorno. Destacou-se técnicas cognitivo-comportamentais para utilizar no tratamento de Carla, sendo elas: psicoeducação, gráfico do humor ­ afetivograma, reestruturação cognitiva, cenário da pior hipótese, intervenção familiar e prevenção à recaída. A partir dos achados, percebe-se que várias áreas da vida do sujeito diagnosticado com transtorno bipolar são afetadas, mas com acompanhamento psiquiátrico e medicamentoso, aliado à TCC, há bons prognósticos.(AU)


Diagnosed people with bipolar disorder experience episodes of depression, mania/hypomania and mixed episodes. The disorder has multifactorial causes, presents heavy genetic relation, and is associated with physical and psychological symptoms. Several aspects on bipolar disorder treatment are important, with medication and Cognitive Behavioral Therapy (CBT) being two fundamental pillars. Using the movie written and directed by Paul Dalio, Touched With Fire (2015), as a cultural artifact the present work aim to connect the bipolar disorder experienced by the character Carla with one of the most effective psychosocial interventions on prevent maniac and depressive recurrence: Cognitive Behavioral Therapy and its techniques. The method used on the present study was of qualitative and descriptive nature, with the theorical base produced through a review of literature on the theme. Evidence-based psychology points that CBT is one of the most effective for bipolar disorder treatment. We highlighted behavioral cognitive techniques to use on Carla's treatment: psychoeducation, mood chart, cognitive restructuring, worst case scenario hypothesis, family intervention and relapse prevention. Based on our findings we note that several areas of the subject's life diagnosed with bipolar disorder are affected, but there is good prognosis with psychiatric and medication follow-up allied to cognitive behavioral therapy.(AU)


Personas con diagnóstico de trastorno bipolar vivencian episodios de depresión, manía/hipomanía e incluso episodios mezclados. El trastorno tiene causa multifactorial, presenta una fuerte carga genética y se asocia a síntomas físicos y psicológicos. Hay varios aspectos importantes en el tratamiento del trastorno bipolar, siendo la medicación y la psicoterapia cognitivo-conductual dos pilares fundamentales. Utilizando el artefacto cultural lanzado en marzo de 2015, dirigido y escrito por Paul Dalio, la película Touched with Fire (Tocados por el Fuego), tiene como objetivo relacionar el trastorno bipolar vivenciado por Carla con una de las intervenciones psicosociales que más demuestran eficacia en la prevención de la recurrencia maníaca y depresiva: la Terapia Cognitivo-Conductual (TCC) y sus técnicas. Este trabajo se basa en una metodología cualitativa de carácter descriptivo. Para el desarrollo de la fundamentación teórica se elaboró una revisión bibliográfica de la literatura producida acerca del tema. La psicología basada en evidencias resalta que la TCC es uno de los abordajes más efectivos para el tratamiento del trastorno. Teniendo en cuenta el tratamiento de Carla, se destacaron técnicas cognitivo conductuales a utilizarse: psicoeducación, gráfico del estado de ánimo ­ afectivograma, reestructuración cognitiva, peor escenario, intervención familiar y prevención de recaídas. A partir de los hallazgos, se evidencia que varias áreas de la vida del sujeto diagnosticado con trastorno bipolar se ven afectadas, pero con acompañamiento psiquiátrico y farmacológico, combinado con la TCC, hay buenos pronósticos.(AU)


Subject(s)
Psychotherapy , Bipolar Disorder , Cognitive Behavioral Therapy , Motion Pictures
8.
Rev. Bras. Psicoter. (Online) ; 24(1): 49-62, jan-abr. 2022.
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1371610

ABSTRACT

A contratransferência, mesmo que seja considerada fundamental, é pouco discutida na Terapia Cognitivo- Comportamental (TCC) e, com menor ênfase ainda, na supervisão clínica. Este texto tem por objetivo fomentar a reflexão sobre a contratransferência em supervisão na TCC e a importância de seu manejo pelo supervisor. Para tanto, duas vinhetas de situações hipotéticas de supervisão são apresentadas, sendo uma em grupo e outra individual, a fim de ressaltar como possíveis reações esquemáticas do supervisor frente ao terapeuta e/ou à situação supervisionada, se não observadas, podem impactar nos propósitos primordiais formativos, normativos e restauradores da supervisão. Como consequência, é possível que supervisões venham a se tornar danosas ou prejudiciais. Considera-se a importância do treinamento de supervisor com intuito de aumentar o manejo contratransferencial, incluindo o uso de estratégias da própria TCC, para identificação e reestruturação de pensamentos distorcidos, regulação emocional e aumento de estratégias salutares no processo de ensino e aprendizagem clínica.(AU)


Countertransference, although considered fundamental, is little discussed in Cognitive-Behavioral Therapy (CBT) and, with even less emphasis, in clinical supervision. This text aims to encourage reflection on countertransference in supervision in TCC and the importance of its management by the supervisor. To this end, two vignettes of hypothetical supervision situations are presented, one in a group and the other individually, to highlight how possible schematic reactions of the supervisor towards the therapist and/or the supervised situation, if not observed, can impact the primary formative, normative and restorative purposes of supervision. As a result, it is possible that supervision will become adverse or harmful. It is considered the importance of supervisor training to increase countertransference management, including the use of CBT strategies to identify and restructure distorted thoughts, emotional regulation and increase healthy strategies in clinical teaching and learning process.(AU)


La contratransferencia, aunque se considera fundamental, es poco discutida en la Terapia Cognitivo-Conductual (TCC) y, con aún menos énfasis, en la supervisión clínica. Este texto tiene como objetivo fomentar la reflexión sobre la contratransferencia en la supervisión en TCC y la importancia de su gestión por parte del supervisor. Con este fin, se presentan dos viñetas de situaciones hipotéticas de supervisión, una en grupo y otra individualmente, con el fin de resaltar cómo las posibles reacciones esquemáticas del supervisor hacia el terapeuta y / o la situación supervisada, si no se observan, pueden impactar los propósitos formativos, normativos y restaurativos primarios de la supervisión. Como resultado, es posible que la supervisión se vuelva prejudicial. Se considera la importancia de la capacitación de supervisores para incrementar el manejo de la contratransferencia, incluyendo el uso de estrategias de TCC para identificar y reestructurar pensamientos distorsionados, regulación emocional e incrementar estrategias saludables en el proceso de enseñanza y aprendizaje clínico.(AU)


Subject(s)
Cognitive Behavioral Therapy , Countertransference , Teaching
9.
Rev. Bras. Psicoter. (Online) ; 24(1): 91-105, jan-abr. 2022.
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1371659

ABSTRACT

O Transtorno de Oposição Desafiante (TOD) caracteriza-se por um padrão frequente e persistente, de humor irritável, comportamento desafiador ou índole vingativa. Diferentes estratégias de prevenção e tratamento são propostas, como é o caso do treinamento parental. Nesse contexto, destacam-se as intervenções baseadas na Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), as quais, apesar de apresentarem resultados promissores, ainda carecem de sistematização de suas contribuições em contexto brasileiro. Em função disso, este estudo teve como objetivo apresentar as contribuições da TCC no Treinamento de Pais de crianças com TOD. Para tanto, foi realizada uma revisão narrativa literatura. Os resultados apontaram que o treinamento parental baseado na TCC faz uso de distintas variáveis (ex. estilos ou práticas parentais, estresse e competência parental) e estratégias (ex: role-play, resolução de problemas, treino de habilidades sociais educativas e reestruturação cognitiva). Conclui-se que o TOD e seu sintomas trazem consequências negativas no contexto familiar e o treinamento parental é um recurso eficaz para prevenção e tratamento desse transtorno, uma vez que possibilita a melhoria da relação entre pais e filhos. Entretanto, estudos acerca do tema ainda precisam ser ampliados em contexto brasileiro.(AU)


The Oppositional Defiant Disorder (ODD) is characterized by a frequent and persistent pattern of irritable mood, defiant behavior or vengeful nature. Different strategies of prevention and treatment are proposed, as is the case of parental training. In this context, the interventions based on Cognitive-Behavioral Therapy (CBT) stand out, which, despite presenting promising results, still need to systematize their contributions in the brazilian context. As a result, this study aimed to present the contributions of CBT in Parents' Training of children with ODD. For this, a literature review was performed. The results showed that parental training based on Cognitive-Behavioral Therapy makes use of different variables (e.g., parenting styles or practices, stress and parental competence) and strategies (e.g., role-play, problem solving, training of educational social skills and cognitive restructuring). It is concluded that ODD and its symptoms bring negative consequences in the family context and parental training is an effective resource for prevention and treatment of this disorder, since it allows the improvement of the relationship between parents and children. However, it is suggested that studies on the subject be expanded in the brazilian context.(AU)


El trastorno de oposición desafiante (TOD) se caracteriza por un patrón frecuente y persistente de estado de ánimo irritable, comportamento desafiante o la naturaleza vengativa. Se proponen diferentes estrategias de prevención y tratamiento, como el entrenamiento de los padres. En este contexto, destacamos las intervenciones basadas en la Terapia Cognitivo-Conductual (TCC), que, a pesar de presentar resultados prometedores, todavía carecen de sistematización de sus contribuciones en el contexto brasileño. Como resultado, este estudio tenía como objetivo presentar las contribuciones de cbt en el entrenamiento de los padres de los niños con OD. Para ello, se llevó a cabo una revisión narrativa literaria. Los resultados mostraron que el entrenamiento de los padres basado en la TCC hace uso de diferentes variables (por ejemplo, estilos o prácticas de crianza, estrés y competencia parental) y estrategias (por ejemplo, juego de roles, resolución de problemas, entrenamiento de habilidades sociales educativas y reestructuración cognitiva). Se concluye que el TOD y sus síntomas traen consecuencias negativas en el contexto familiar y el entrenamiento parental es un recurso eficaz para la prevención y tratamiento de este trastorno, ya que permite la mejora de la relación entre padres e hijos. Sin embargo, se sugiere ampliar los estudios sobre el tema en el contexto brasileño.(AU)


Subject(s)
Cognitive Behavioral Therapy , Attention Deficit and Disruptive Behavior Disorders , Family Relations
10.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 17(44): e3389, 20220304. ilus, tab
Article in English, Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-1395998

ABSTRACT

Introdução: O programa "Deixando de Fumar sem Mistérios" foi desenvolvido para ajudar os participantes a cessar o tabagismo. Objetivo: Avaliar o número de participantes que cessaram o tabagismo após 12 meses do programa "Deixando de Fumar sem Mistérios", mensurar o nível atual de dependência da nicotina dos que não cessaram o hábito e detectar os fatores envolvidos na falta de adesão ao programa. Metodologia: Entrevista foi realizada com 39 participantes do programa "Deixando de Fumar sem Mistérios" em um município mineiro, para a aplicação do teste de Fagerström e de questionário sobre o funcionamento do programa. A análise dos dados foi realizada por meio do cálculo das frequências absolutas (n) e relativas (%). Resultados: Dos entrevistados, 23% relataram ter parado de fumar, 51% não faltaram às reuniões, e 74% declararam satisfação com o resultado do programa. O nível de dependência do tabaco dos participantes que não cessaram o tabagismo foi moderado (5,2±2,8 pontos), com consumo médio de 22,9±17,3 cigarros/dia e 35,0±15,5 anos de consumo. Os fatores que mais contribuíram para a falta de adesão foram questões logísticas (56%) e crenças pessoais (36%). Conclusão: O grau de satisfação com o programa foi elevado. A desatualização cadastral dificultou o contato com grande parte dos participantes, evidenciando a necessidade de adaptações logísticas para que o programa contribua mais efetivamente com a cessação do tabagismo dos participantes.


Introduction: The "Deixando de Fumar sem Mistérios" (Stop Smoking with no Mysteries) program was developed to help participants quit smoking. Objective: To assess the number of participants who quit smoking after 12 months of the "Deixando de Fumar sem Mistérios" program, measure the current level of nicotine dependence in those who did not stop smoking, and detect the factors involved in the lack of adherence to the program. Methods: Interviews were conducted with 39 participants of the program in a municipality in Minas Gerais to administer the Fagerström test and a questionnaire on the operation of the program. We analyzed the data by calculating absolute (n) and relative (%) frequencies. Results: Among the interviewees, 23% reported stopping smoking, 51% did not miss the meetings, and 74% declared satisfaction with the program results. The level of tobacco dependence among participants who did not quit smoking was moderate (5.2±2.8 points), with a mean consumption of 22.9±17.3 cigarettes/day and 35.0±15.5 years of use. The factors that contributed most to the lack of adherence were logistical issues (56%) and personal beliefs (36%). Conclusion: The level of satisfaction with the program was high. Outdated records made it difficult to contact most participants, evidencing the need for logistical adjustments so that the program can contribute more effectively to smoking cessation among the participants.


Introducción: El programa "Dejar de Fumar sin Misterios" fue desarrollado para ayudar a los participantes a dejar de fumar. Objetivo: Evaluar el número de participantes que dejaron de fumar después de 12 meses de programa "Dejar de Fumar sin Misterios", medir el nivel actual de dependencia a la nicotina de los que no dejaron de fumar y detectar los factores involucrados en la falta de adherencia al programa. Metodología: Se realizó una entrevista con 39 participantes del programa "Dejar de Fumar sin Misterios" en un municipio de Minas Gerais, para la aplicación de la prueba de Fagerström y un cuestionario sobre el funcionamiento del programa. El análisis de datos se realizó calculando frecuencias absolutas (n) y relativas (%). Resultados: De los entrevistados, el 23% informó dejar de fumar, el 51% no faltaba a las reuniones y el 74% declaró estar satisfecho con los resultados del programa. El nivel de tabaquismo de los participantes que no dejaron de fumar fue moderado (5,2±2,8 puntos), con un consumo medio de 22,9±17,3 cigarrillos/día y 35,0±15,5 años de consumo de tabaco. Los factores que más contribuyeron a la falta de adherencia fueron aspectos logísticos (56%) y creencias personales (36%). Conclusión: Hubo un alto grado de satisfacción con el programa. La desactualización del registro dificultó el contacto con la mayoría de los participantes, evidenciando la necesidad de adaptaciones logísticas para que el programa contribuya de manera más efectiva a la deshabituación tabáquica de los participantes.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Tobacco Use Disorder , Cognitive Behavioral Therapy , Primary Health Care , Cross-Sectional Studies , Retrospective Studies
11.
Psicol. (Univ. Brasília, Online) ; 38: e38317, 2022. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1406353

ABSTRACT

Resumo Este estudo quase-experimental avaliou os resultados do programa FAcilitando o conVívio com Alunos - FAVA, destinado a professores do ensino fundamental I, visando a promoção da eficácia docente e a redução de problemas emocionais/comportamentais infantis, aferidos pela Escala de Avaliação das Crenças de Eficácia do Professor e pelo Questionário de Capacidades e Dificuldades, respectivamente. O FAVA contemplou a psicoeducação sobre o modelo cognitivo, o desenvolvimento socioemocional e a modificação de comportamentos. Comparação entre os grupos experimentais (GE1, que recebeu intervenção completa, e GE2, sem o modelo cognitivo) e o grupo de comparação evidenciou a promoção da eficácia pessoal docente (GE2) e a redução da percepção das dificuldades emocionais/comportamentais infantis (GE1). Ressalta-se a contribuição do modelo cognitivo e da aprendizagem socioemocional em intervenções com professores.


Abstract Through a quasi-experimental design, the results of FAcilitando o conVívio com Alunos - FAVA´s program for elementary school teachers, were evaluated, aiming at promoting teaching effectiveness and reducing child behavior problems, as measured by Teacher's Effectiveness Beliefs Scale and Strengths and Difficulties Questionnaire, respectively. The FAVA contemplated psychoeducation about cognitive model, socioemotional development and behavior modification. The comparison between experimental groups (GE1 that received complete intervention and GE2 that did not have the cognitive model) and comparison group showed the promotion of teaching staff effectiveness (GE2) and the reduction in the perception of child behavioral difficulties (GE1). The contribution of the cognitive model and socioemotional learning in interventions with teachers is emphasized.

12.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 56(spe): e20210450, 2022. tab, graf
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1387311

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: To test the effects of a brief interprofessional intervention for chronic pain management. Methods: Before and after pilot study. The brief interprofessional intervention had a psychoeducational focus and was based on the Self-Efficacy Theory, using Cognitive-Behavioral Therapy strategies. The intervention aimed to improve the management of chronic pain. It was conducted in group, over six weeks, with a two-hour weekly meeting, including educational strategies on pain management, stretching, and relaxation techniques. Self-efficacy, pain intensity, disability, fatigue, and depressive symptoms were assessed. Data were analyzed using the paired t-test and Pearson's correlation. Results: Adults with moderate to severe pain took part in the study. Post-intervention analysis showed significant improvement in self-efficacy (p = 0.004) and significant reduction in pain intensity (p = 0.024), disability (p = 0.012), fatigue (p = 0.001), and depressive symptoms (p = 0.042). Conclusion: The effects of brief interprofessional intervention were positive for chronic pain management. We suggest the conduction of studies with more robust designs and a larger sample to confirm these findings.


RESUMEN Objetivo: Probar los efectos de una breve intervención interprofesional en el manejo del dolor crónico. Método: Estudio piloto, de tipo antes y después. La breve intervención interprofesional, de enfoque psicoeducativo, estuvo basada en la Teoría de la Autoeficacia, con el uso de estrategias de Terapia Cognitivo-Conductual. La intervención tuvo como propósito mejorar el manejo del dolor crónico. Se realizó en grupo durante seis semanas, con una reunión semanal de dos horas, incluidas estrategias educativas sobre el manejo del dolor, estiramiento y técnicas de relajación. Se evaluaron la autoeficacia, la intensidad del dolor, la discapacidad, la fatiga y los síntomas depresivos. Los datos se analizaron utilizando la prueba t pareada y la correlación de Pearson. Resultados: En el estudio participaron adultos con dolor de moderado a severo. El análisis posintervención apuntó a una mejora significativa en la autoeficacia (p = 0,004) y una significativa reducción en la intensidad del dolor (p = 0,024), discapacidad (p = 0,012), fatiga (p = 0,001) y síntomas depresivos (p = 0,042). Conclusión: Los efectos de la breve intervención interprofesional fueron positivos en el manejo del dolor crónico. Se sugieren estudios con diseños más robustos y una muestra más grande para confirmar estos hallazgos.


RESUMO Objetivo: Testar os efeitos de uma intervenção interprofissional breve para manejo da dor crônica. Método: Estudo piloto do tipo antes e depois. A intervenção interprofissional breve teve enfoque psicoeducativo e foi baseada na Teoria da Autoeficácia, com utilização de estratégias da Terapia Cognitivo-Comportamental. A finalidade da intervenção foi melhorar o manejo da dor crônica. Realizada em grupo, ao longo de seis semanas, com um encontro semanal de duas horas, incluindo estratégias educativas sobre manejo da dor, alongamento e técnicas de relaxamento. Autoeficácia, intensidade da dor, incapacidade, fadiga e sintomas depressivos foram avaliados. Os dados foram analisados por meio do teste t-pareado e correlação de Pearson. Resultados: Participaram do estudo adultos com dor moderada a intensa. A análise pós-intervenção mostrou melhora significativa da autoeficácia (p = 0,004) e redução significativa da intensidade da dor (p = 0,024), incapacidade (p = 0,012), fadiga (p = 0,001) e sintomas depressivos (p = 0,042). Conclusão: Os efeitos da intervenção interprofissional breve foram positivos para manejo da dor crônica. Sugere-se estudos com desenhos mais robustos e amostra ampliada para confirmar estes achados.


Subject(s)
Chronic Pain , Pain Management , Cognitive Behavioral Therapy , Health Education , Self Efficacy
13.
Rev. bras. orientac. prof ; 22(1): 61-72, jan.-jun. 2021. ilus
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1351867

ABSTRACT

É imprescindível que o profissional desenvolva competências inerentes ao papel de supervisor clínico, uma vez que a supervisão em psicoterapia tem características e funções específicas. O objetivo desta pesquisa é conhecer a percepção sobre a formação de supervisores de terapia cognitivo-comportamental dos profissionais que estavam em treinamento para essa função. Foram realizadas entrevistadas não estruturadas com 10 supervisoras em treinamento. Para as análises de Classificação Hierárquica Descendente e de Similitude foi utilizado o software IRAMUTEQ, que resultou em seis classes de sentidos, incluindo formação, aprendizado, desafios, mudança de funções, evolução e tarefas do supervisor. Os resultados fomentam um conhecimento ainda incipiente e possibilitam reflexões sobre a formação do supervisor clínico.


It is essential that the professional develops skills inherent to the role of clinical supervisor whereas psychotherapy supervision has specific characteristics and functions. The aim of this study is to know the professional's perception about the training of cognitive behavioral therapy supervisors who were practicing for this function. Unstructured interviews were conducted with 10 supervisors in training. IRAMUTEQ software was used for the Descending Hierarchical Classification and the Similarity analyzes which resulted in six classes of meanings, including training, learning, challenges, role change, evolution and supervisor tasks. The results foster a still incipient knowledge and allow reflections on the training of the clinical supervisor.


Es fundamental que el profesional desarrolle habilidades inherentes al rol de supervisor clínico, ya que la supervisión en psicoterapia tiene características y funciones específicas. El objetivo de esta investigación es conocer la percepción acerca de la capacitación de los supervisores en terapia cognitivo-conductual de los profesionales que se encontraban en capacitación para esta función. Se realizaron entrevistas no estructuradas con 10 supervisores en formación. Para los análisis de Clasificación Jerárquica Descendente y de Similitud, se utilizó el software IRAMUTEQ, que dio como resultado seis clases de significados, que incluyen capacitación, aprendizaje, desafíos, cambio de roles, evolución y tareas de supervisión. Los resultados fomentan un conocimiento aún incipiente y permiten reflexiones sobre la formación del supervisor clínico.


Subject(s)
Organization and Administration , Psychotherapy , Cognitive Behavioral Therapy , Professional Training , Mentoring
14.
Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) ; 14(1): 1-19, jan.-abr. 2021. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1279113

ABSTRACT

Imigrantes e refugiados são uma população de risco para transtornos mentais, como o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (Tept), e a psicoterapia com indivíduos provenientes de diferentes contextos culturais pode ser desafiadora, porém, a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) vem se mostrando uma abordagem eficaz com essa população. O presente estudo de revisão sistemática tem como objetivo descrever os protocolos culturalmente adaptados de TCC para imigrantes e refugiados com diagnóstico ou sintomas de Tept, seguindo as recomendações do método PRISMA. Foram realizadas buscas nas bases de dados PubMed/Medline e PsycInfo, nos últimos 15 anos, sendo incluídos 11 artigos. As principais adaptações realizadas pelos estudos foram: o uso da língua mãe dos participantes, uso de imagens relativas ao país de origem ou à religião e modificações na exposição usual. As informações descritas neste estudo podem auxiliar no desenvolvimento de futuros estudos ou na prática clínica com essa população.


Immigrants and refugees are a population at risk for mental disorders, such as Posttraumatic Stress Disorder (PTSD), and psychotherapy with individuals from different cultural contexts can be challenging, however, Cognitive-Behavioral Therapy (CBT) has shown to be an effective approach with this population. This systematic review study aims to describe the culturally adapted protocols of CBT for immigrants and refugees with diagnosis or symptoms of PTSD, following the recommendations of the PRISMA method. Searches were conducted in the PubMed/Medline and PsycInfo databases, in the last 15 years, and 11 articles were included. The main adjustments made by the studies were: the use of the participant's mother tongue, use of images related to the country of origin or religion and modifications in the usual exposure. The information described in this study may help in the development of future studies or in clinical practice with this population.


Subject(s)
Transients and Migrants , Cognitive Behavioral Therapy , Psychotherapy , Refugees , Stress Disorders, Post-Traumatic , Adaptation, Psychological , Emigrants and Immigrants , Mental Disorders
15.
Dement. neuropsychol ; 15(2): 286-290, Apr.-June 2021. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1286191

ABSTRACT

ABSTRACT Math anxiety (MA) is a feeling of dread, tension and anxiety when dealing with math situations. Avoidance behavior prevents children from learning math, impairing their performance. Cognitive behavioral therapy is an approach with robust evidence of efficacy in treating anxiety disorders. The Coping Cat, a protocol for treating anxiety disorders, inspired the MA intervention reported here. The participant was N. L., an 11-year-old female displaying math-related and math-unrelated anxiety symptoms. Outcome measures included arithmetic performance, and self-reports of general positive and negative affect and math-related self-perceived performance, attitude, unhappiness and anxiety. The therapeutic approach included psychoeducation, relaxation, diaphragmatic breathing, cognitive restructuring, problem-solving training and graded exposure. After 12 individual intervention sessions, there was an improvement in negative and positive affect, as well as an improvement in self-perceived performance and a decrease in MA.


RESUMO A ansiedade matemática (AM) pode ser definida como sentimento de tensão e ansiedade ao se manipular estímulos numéricos. O comportamento de esquiva, típico da ansiedade, impede que a criança treine matemática, prejudicando seu desempenho. A terapia cognitivo-comportamental é uma abordagem com evidências robustas de eficácia no tratamento da ansiedade e, ao longo do tempo, diversos protocolos de intervenção foram desenvolvidos para esse distúrbio. Um protocolo infantil conhecido por sua eficácia é o Coping Cat, o qual inspirou a elaboração da intervenção para AM do presente estudo. N. L., 11 anos, foi classificada como superior em uma escala de AM. Após 12 sessões de intervenção individuais, ela alcançou escores médios na mesma escala. As técnicas utilizadas foram psicoeducação, respiração diafragmática, relaxamento, reestruturação cognitiva, treinamento de resolução de problemas e exposição.


Subject(s)
Humans , Cognitive Behavioral Therapy , Anxiety , Schools , Child , Learning , Mathematics
16.
Rev. Pesqui. Fisioter ; 11(1): 40-49, Fev. 2021. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1252841

ABSTRACT

INTRODUÇÃO: A fibromialgia (FM) é uma dor musculoesquelética de longa duração, que continua a ser uma entidade clínica problemática a nível mundial e a gestão desta condição é um desafio para os profissionais de saúde. Numerosas opções de tratamento individual estão disponíveis para melhorar os sintomas da fibromialgia, mas ainda falta uma especificidade sob medida para determinados pacientes. Assim, neste estudo testamos tanto os efeitos individuais das técnicas de fisioterapia quanto a combinação de terapia cognitivo-comportamental com técnicas de fisioterapia trariam alguma alteração nos sintomas da fibromialgia. OBJETIVO: Determinar o efeito da combinação de terapia cognitiva comportamental juntamente com técnicas de fisioterapia na gestão dos sintomas de fibromialgia. MÉTODOS: Este estudo experimental recrutou 60 participantes FM com idades entre 18-50 anos de Dehradun, Índia, e foram divididos aleatoriamente em 2 grupos: apenas Fisioterapia integrada e fisioterapia integrada e terapia cognitiva comportamental, durante 12 semanas. Escala analógica visual, questionário impacto fibromialgia revisado, índice de depressão Beck, versão abreviada-36 inquéritos de saúde, algômetro de pressão da dor, distúrbio de ansiedade geral - 7 foram registados na linha de base, quatro semanas, oito semanas e dose semanas. RESULTADOS: Após três meses, melhoras significativas (p <0,05) foram observadas em todas as medidas de resultados acima de fisioterapia integrada e grupo de terapia cognitivo-comportamental. CONCLUSÃO: A terapia cognitiva-comportamental combinada com tratamento fisioterápico teve um efeito de reduzir a depressão e a deficiência, melhorando qualidade de vida na fibromialgia.


INTRODUCTION: Fibromyalgia (FM) is a long-lasting musculoskeletal pain, which remains a problematic clinical entity globally and the management of this condition is a challenge for the health providers. Numerous individual treatment options are available to improve the symptoms of fibromyalgia, but a specificity tailored to particular patient is still missing. Thus, in this study we tested both the individual effects of physiotherapy techniques and the combination of cognitive behavioral therapy along with physiotherapy techniques would bring any changes on the fibromyalgia symptoms. OBJECTIVE: To determine the combined effect of cognitive behavioral therapy along with physiotherapy techniques in the management of fibromyalgia symptoms. METHODS: This experimental study recruited 60 FM participants aged 18-50 years from Dehradun, India and were randomized into one of 2 groups: Integrated Physiotherapy only, integrated physiotherapy and cognitive behavioral therapy for 12 weeks. Visual analogue scale, revised fibromyalgia impact questionnaire, beck depression index, shortform-36 health surveys, Pain pressure algometer, General Anxiety Disorder - 7 were recorded at baseline, four weeks, eight weeks and twelve weeks. RESULTS: After three months significant improvement (p<0.05) were noted on all the above outcome measures of integrated physical therapy and cognitive behavioral therapy group. CONCLUSION: Cognitive behavioral therapy combined with Physiotherapy treatment had an effect to reduce the depression and disability, improvement on the quality of life on fibromyalgia.


Subject(s)
Fibromyalgia , Cognitive Behavioral Therapy , Pain Threshold
17.
Psico USF ; 26(1): 141-152, Jan. 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1287591

ABSTRACT

O presente estudo tem como objetivo realizar uma revisão integrativa da literatura latino-americana acerca de quais são as competências essenciais para um terapeuta cognitivo-comportamental, visto que as pesquisas na região são escassas e o desenvolvimento de competências profissionais fortalece a prática clínica. Foi realizado um levantamento bibliográfico por meio do mapeamento do que se tem publicado nas bases de dados PsycINFO, LILACS, SciELO e PePSIC. Foram incluídos na síntese qualitativa final oito artigos. As competências essenciais foram categorizadas em competências analíticas, sociais, instrumentais e de autoconhecimento e autorreflexão. Entre os principais achados estão as competências essenciais descritas nos artigos. Dentre estas, considera-se que a maior contribuição foi em relação às competências sociais, como uma competência inespecífica ou geral, necessária a todas as psicoterapias independentemente da orientação teórica de base. O presente estudo visou contribuir com a temática, visto que os estudos em âmbito nacional e latino-americano são escassos. (AU)


There is a shortage of studies on essential skills for a cognitive-behavioral therapist in Latin America, so this study aims to conduct an integrative review of the existing literature in the region, since the development of professional skills is essential to strengthen clinical practice. A bibliographic survey was performed by mapping what has been published in the PsycINFO, LILACS, Scielo, and Pepsic databases. Eight articles were included in the final qualitative synthesis. Core competencies were categorized into analytical, social, instrumental, self-knowledge, and self-reflection skills. The main findings comprise the essential skills described in the articles. Among these, it is considered that the greatest contribution was in relation to social competencies, as a non-specific or general competence, necessary to all psychotherapies regardless of the basic theoretical orientation. (AU)


Este estudio tuvo como objetivo realizar una revisión integradora de la literatura latinoamericana sobre cuáles son las competencias esenciales para un terapeuta cognitivo conductual, dado que la investigación en la región es insuficiente y el desarrollo de habilidades profesionales fortalece la práctica clínica. Se realizó una encuesta bibliográfica mediante el mapeo de lo publicado en las bases de datos PsycINFO, LILACS, Scielo y Pepsic. Se incluyeron ocho artículos en la síntesis cualitativa final. Las competencias básicas se caracterizaron en habilidades analíticas, sociales, instrumentales, de autoconocimiento y autorreflexión. En los principales hallazgos se encuentran las habilidades esenciales descritas en los artículos. Entre estos, se considera que la mayor contribución fue con relación a las competencias sociales, como una competencia no específica o general, necesaria para todas las psicoterapias, independientemente de la orientación teórica básica. Este estudio tuvo como objetivo contribuir a la temática, ya que los estudios a nivel nacional y latinoamericano son escasos. (AU)


Subject(s)
Humans , Professional Competence , Cognitive Behavioral Therapy , Databases, Bibliographic
18.
Femina ; 49(12): 699-704, 2021. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1358207

ABSTRACT

A perda gestacional de repetição (PGR) é definida classicamente como três perdas consecutivas antes de 20 semanas de gestação. Ela afeta aproximadamente 3% dos casais que tentam conceber, quando se consideram pelo menos duas perdas, e cerca de 1%, quando acima de três perdas. A PGR está associada a diferentes fatores causais. Algumas mulheres não terão nenhuma anormalidade identificável nos protocolos investigativos atuais. O aborto pode causar doenças mentais, tais como depressão e ansiedade, e ser responsável por sentimentos como medo, raiva e culpa. Embora existam intervenções já estabelecidas para pacientes com perda gestacional com fator causal determinado, não existe nenhum tratamento comprovadamente efetivo em mulheres com perda gestacional inexplicada. O oferecimento do chamado Tender Loving Care pode levar a melhores resultados gestacionais nessas pacientes. Este artigo irá fazer uma revisão sobre os aspectos psíquicos em PGR e o cuidado suportivo que poderá ser realizado nessas pacientes.(AU)


Recurrent pregnancy loss (RPL) is classically defined as three consecutive losses before 20 weeks of gestation. It affects approximately 3% of couples who try to conceive, when considering at least two losses, and about 1%, when considering three or more. RPL is associated with different causal factors. Some women will have no identificable abnormalities in current investigative protocols. Abortion can cause mental illness, such as depression and anxiety, and be responsible for feelings like fear, anger and guilt. Although there are interventions already established for patients with pregnancy loss with a determined causal factor, there is no proven effective treatment for women with unexplained pregnancy loss. The offer of the so-called Tender Loving Care can lead to better pregnancy results in these patients. This article will review the psychic aspects of recurrent pregnancy losses and the supportive care that can be performed in these patients.(AU)


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Cognitive Behavioral Therapy/statistics & numerical data , Abortion, Habitual/psychology , Abortion, Habitual/therapy , Stress, Psychological/psychology , Stress, Psychological/therapy , Clinical Protocols , Stress Disorders, Traumatic/psychology , Stress Disorders, Traumatic/therapy , Depression/psychology , Depression/therapy , Patient Health Questionnaire
19.
Psico (Porto Alegre) ; 52(3): 41554, 2021.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1348059

ABSTRACT

A saúde mental da população foi impactada pela pandemia da COVID-19. O artigo relata a experiência do projeto "LaPICC contra COVID-19" que ofertou grupos psicoeducativos durante a pandemia para oportunizar a aprendizagem de estratégias de manejo de ansiedade e de estresse diante da grave crise sanitária. Foi proposta uma intervenção online de Terapia cognitivo-comportamental em grupo, com foco no manejo de ansiedade e de estresse, composta de duas sessões que ocorriam na mesma semana. A intervenção foi realizada por videoconferência, sendo que 34 participantes finalizaram a mesma. O conjunto de dados obtidos sugere a diminuição dos níveis de ansiedade, a aquisição de habilidades de manejo de emoções desagradáveis de sentir e o aumento de comportamentos de autocuidado. O artigo discute os desafios em intervenções de terapia cognitivo-comportamental em grupo online e a responsabilidade social dos profissionais de psicologia no contexto da pandemia


The population mental health was impacted by the COVID-19 pandemic. The article reports the experience of the "LaPICC against COVID-19" project, which offered psychoeducational groups during the pandemic to provide opportunities for learning about anxiety and stress management strategies, it is in the face of a serious health crisis. An online group cognitive-behavioral therapy intervention was proposed, focusing on the management of anxiety and stress, consisting of 2 sessions in the same week. The intervention was carried out by videoconference, and 34 participants completed it. The data obtained suggests a decrease in anxiety levels, the acquisition of skills to manage unpleasant emotions and an increase in self-care behaviors. The article discusses the challenges in online group cognitive-behavioral therapy interventions and the social responsibility of psychology professionals in the context of the pandemic


La salud mental de la población se vio afectada por la pandemia del COVID-19. El artículo relata la experiencia del proyecto "LaPICC contra COVID-19", que ofreció grupos psicoeducativos durante la pandemia para brindar oportunidades de aprendizaje sobre estrategias de manejo de la ansiedad y el estrés ante una grave crisis de salud. Se propuso una intervención de terapia cognitivo-conductual grupal en línea, centrada en el manejo de la ansiedad y el estrés, que estaba compuesta por 2 sesiones, que se realizaban en la misma semana. La intervención se realizó por videoconferencia y la completaron 34 participantes. Los datos obtenidos sugieren una disminución de los niveles de ansiedad, la adquisición de habilidades para el manejo de emociones desagradables y un aumento de las conductas de autocuidado. El artículo analiza los desafíos en las intervenciones de terapia cognitivo-conductual grupal en línea y la responsabilidad social de los profesionales de la psicología en el contexto de la pandemia


Subject(s)
Cognitive Behavioral Therapy , COVID-19 , Psychotherapy , Internet-Based Intervention
20.
J. bras. pneumol ; 47(6): e20210254, 2021. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1356422

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: To evaluate the efficacy of a mindfulness-based treatment (MBT) for smoking cessation or reduction and compare it with that of cognitive behavioral therapy (CBT). Methods: This was a single-center randomized controlled clinical trial including 113 patients divided into two groups: MBT (n = 54) and CBT (n = 59). The interventions comprised eight 90-min sessions. The primary outcome was smoking cessation at 16 weeks after program initiation. Secondary outcomes included reduction in the mean number of cigarettes smoked/day at 16 weeks after treatment initiation, as well as smoking cessation and reduction in the number of cigarettes smoked/day at the last program session. Participants had to attend ≥ 50% of the sessions to be included in the primary outcome analysis. An intention-to-treat analysis was also performed. Results: There was no difference between the groups regarding the primary outcome (30.4% in the MBT group vs. 31.6% in the CBT group, p = 0.68) or immediate abstinence rates (47.8% in the MBT group vs. 36.8% in the CBT group, p = 0.47). Both treatments were equally effective in reducing the number of cigarettes smoked/day at the last program session (a reduction of 93.33% [0-100%] in the MBT group and of 70% [33.3-100%] in the CBT group, p = 0.92) and at 16 weeks after program initiation (a reduction of 57.1% [0-100%] in the MBT group and of 70% [25-100%] in the CBT group, p = 0.49). Conclusions: MBT appears to be as effective as CBT for smoking cessation or reduction and can be an option for the treatment of tobacco use disorders in Brazil (Brazilian Registry of Clinical Trials identifier: RBR-3w2scz [http://www.ensaiosclinicos.gov.br])


RESUMO Objetivo: Avaliar a eficácia de um mindfulness treatment (MT, tratamento baseado em atenção plena) para a cessação ou redução do tabagismo e compará-la à da terapia cognitivo-comportamental (TCC). Métodos: Ensaio clínico controlado randomizado realizado em um único centro, com 113 pacientes divididos em dois grupos: MT (n = 54) e TCC (n = 59). As intervenções consistiram em oito sessões de 90 min cada. O desfecho primário foi a cessação do tabagismo 16 semanas após o início do programa. Os desfechos secundários foram a redução da média de cigarros fumados/dia em 16 semanas após o início do programa, bem como a cessação do tabagismo e redução do número de cigarros fumados/dia na última sessão do programa. Os participantes deveriam comparecer a ≥ 50% das sessões para que fossem incluídos na análise do desfecho primário. Foi também realizada uma análise por intenção de tratamento. Resultados: Não houve diferença entre os grupos quanto ao desfecho primário (30,4% no grupo MT vs. 31,6% no grupo TCC, p = 0,68) ou às taxas de abstinência imediata (47,8% no grupo MT vs. 36,8% no grupo TCC, p = 0,47). Ambos os tratamentos foram igualmente eficazes na redução do número de cigarros fumados/dia na última sessão do programa [redução de 93,33% (0-100%) no grupo MT e de 70% (33,3-100%) no grupo TCC, p = 0,92] e em 16 semanas após o início do programa [redução de 57,1% (0-100%) no grupo MT e de 70% (25-100%) no grupo TCC, p = 0,49]. Conclusões: A MT parece ser tão eficaz quanto a TCC para a cessação ou redução do tabagismo e pode ser uma opção para o tratamento do tabagismo no Brasil. [Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos - ReBEC; número de identificação: RBR-3w2scz (http://www.ensaiosclinicos.gov.br)]


Subject(s)
Humans , Tobacco Use Disorder , Cognitive Behavioral Therapy , Smoking Cessation , Mindfulness , Brazil , Treatment Outcome
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL