Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 32
Filter
1.
In. Soeiro, Alexandre de Matos; Leal, Tatiana de Carvalho Andreucci Torres; Accorsi, Tarso Augusto Duenhas; Gualandro, Danielle Menosi; Oliveira Junior, Múcio Tavares de; Caramelli, Bruno; Kalil Filho, Roberto. Manual da residência em cardiologia / Manual residence in cardiology. Santana de Parnaíba, Manole, 2 ed; 2022. p.342-347, tab.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1352400
4.
Rev. bras. anestesiol ; 67(5): 535-537, Sept-Oct. 2017.
Article in English | LILACS | ID: biblio-897760

ABSTRACT

Abstract I report a case of hypotension and bradycardia before spinal anesthesia in a pregnant woman with mild to moderate hypertension treated with nifedipine and methyldopa, scheduled for an elective cesarean delivery. She had the history of neurally-mediated syncopes. Two main factors (increased vagal tone and adverse effects of antihypertensive drugs) could explain the hypotension and bradycardia before spinal anesthesia. Monitoring allowed recognizing the problem and corrected it. Thus, it was avoided a disaster in anesthesia, as hemodynamic changes after spinal anesthesia, they would have joined to previous hypotension and bradycardia, which would have caused even a cardiac arrest.


Resumo Relato de um caso de hipotensão e bradicardia antes da raquianestesia em uma mulher grávida com hipertensão leve a moderada tratada com nifedipina e metildopa, programada para parto cesáreo eletivo. A paciente apresentava história de síncopes neuralmente mediadas. Dois fatores principais (aumento do tônus vagal e efeitos adversos de medicamentos anti-hipertensivos) poderiam explicar a hipotensão e bradicardia antes da raquianestesia. O monitoramento permitiu reconhecer o problema e corrigi-lo. Dessa forma, foi evitado um desastre em anestesia; assim como as alterações hemodinâmicas após a raquianestesia, esses fatores teriam se juntado à hipotensão e bradicardia anterior, o que poderia até ter causado uma parada cardíaca.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Adult , Pregnancy Complications, Cardiovascular/diagnosis , Bradycardia/complications , Bradycardia/diagnosis , Cesarean Section , Elective Surgical Procedures , Hypertension, Pregnancy-Induced , Hypotension/complications , Hypotension/diagnosis , Anesthesia, Obstetrical , Anesthesia, Spinal , Preoperative Period
5.
Rev. medica electron ; 39(3): 561-566, may.-jun. 2017.
Article in Spanish | LILACS, CUMED | ID: biblio-902199

ABSTRACT

La onda J de Osborn es una deflexión que se inscribe en el electrocardiograma (ECG) entre el complejo QRS y el inicio del segmento ST. La onda J tiene una alta sensibilidad y especificidad en la hipotermia, aunque no es patognomónica. Se han descrito casos en la hemorragia subaracnoidea, la hipercalcemia, la isquemia cardíaca aguda y la hipotermia severa. Se presenta el caso de un paciente masculino, alcohólico, encontrado en situación de bajo nivel de conciencia por sobredosificación de alcohol, que desarrolló un cuadro de hipotermia con la presencia de una onda de Osborn en el electrocardiograma sin bradicardia asociada (AU).


The Osborn´s J wave is a deflection inscribed in the electrocardiogram (ECG) between the QRS complex and the beginning of the ST segment. The J wave shows a high sensibility and specificity in the hypothermia, although it is not patognomonic. Cases have been described in subarachnoid hemorrhage, hypercalcemia, acute cardiac ischemia and severe hypothermia. The case of an alcoholic, male patient is presented. He was found in a situation of a low awareness level due to alcohol overdoses, and developed hypothermia with the presence of an Osborn´s wave in the electrocardiogram without associated bradycardia (AU).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aged , Electrocardiography/methods , Hypothermia/complications , Bradycardia/complications , Bradycardia/diagnosis , Bradycardia/epidemiology , Hypothermia/diagnosis , Hypothermia/epidemiology
6.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 30(1): f:23-l:27, jan.-mar. 2017. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-837259

ABSTRACT

A distrofia miotônica é a doença neuromuscular mais frequente na população adulta. Embora tenha caráter multissistêmico, apresenta especial predileção pelo sistema de condução cardíaco, manifestando-se tanto com bloqueios atrioventriculares como com taquiarritmias ventriculares e supraventriculares. O foco deste trabalho é apresentar, através do relato de um caso, a importância de uma investigação mais detalhada dos casos de síncope em pacientes portadores de distrofia miotônica, pois alterações inaparentes e potencialmente graves podem passar despercebidas


Myotonic dystrophy is the most frequent neuromuscular disease in the adult population. Although it is a multisystem disease, it usually has a special preference for the cardiac conduction system manifesting itself as atrioventricular conduction block and as ventricular and supraventricular tachyarrhythmias. The focus of this work is to use a case report to demonstrate the importance of a more detailed investigation of syncope in patients with myotonic dystrophy, since unapparent and potentially serious changes may go by unnoticed


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Myotonic Dystrophy/complications , Myotonic Dystrophy/diagnosis , Patients , Syncope/complications , Bradycardia/complications , Electrocardiography/methods , Electrophysiology/methods , Neuromuscular Diseases/complications , Prevalence , Tachycardia, Ventricular/complications
8.
In. Kalil Filho, Roberto; Fuster, Valetim; Albuquerque, Cícero Piva de. Medicina cardiovascular reduzindo o impacto das doenças / Cardiovascular medicine reducing the impact of diseases. São Paulo, Atheneu, 2016. p.955-986.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-971577
9.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 25(4): 182-186, out.-dez.2015. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-789228

ABSTRACT

As arritmias cardíacas apresentam comportamento eletrofisiológico, manifestação clínica, prognóstico e resposta terapêutica diferentes na população. Sendo assim, a compreensão dos mecanismos envolvidos na gênese da anormalidade do ritmo cardíaco é fundamental para nortear a terapêutica. O sistema nervoso autônomo participa ativamente da eletrofisiologia da célula cardíaca e dos mecanismos relacionados ao desencadeamento das arritmias cardíacas. Dentre as arritmias supraventriculares, a fibrilação atrial merece destaque. Estudos avaliando a variabilidade da frequência cardíaca demonstram importante modificação autonômica antecedendo um quadro defibrilação atrial. Tanto a ativação simpática quanto a estimulação parassimpática podem participar da manutenção dessa arritmia. Além disso, métodos que reduzem a inervação autonômica também reduzem a incidência de arritmias atriais, sugerindo que a neuromodulação possa ser uma ferramenta promissora no controle dessa arritmia. As arritmias ventriculares também se relacionam ao comportamento autonômico. O infarto agudo do miocárdio ocasiona denervação das fibras simpáticas na cicatriz e as áreas de intensa fibrose perdem a capacidade de responderem a estimulação simpática; entretanto asregiões próximas a cicatriz apresentam um encurtamento do período refratário para a estimulação simpática de forma heterogênica predispondo a ocorrência da ectopias ventriculares. Dessa forma, a investigação do sistema nervoso autônomo no desencadeamento e manutenção das arritmias cardíacas é uma linha de pesquisa promissora e a maior compreensão dos mecanismos autonômicos irá propiciar novas ferramentas de controle das anormalidades do ritmo cardíaco...


Cardiac arrhythmias present varying electrophysiological behavior, clinical manifestation, prognosis, and therapeutic response in the population. An understanding of the mechanisms involved in the genesis of heart rhythm disorders is there fore essential for guiding the therapy. The autonomic nervous system plays an active role in the electrophysiology of the cardiac cells and the mechanisms that trigger cardiac arrhythmias. Atrial fibrillation, one of the supraventricular arrhythmias, deserves special attention. Studies to evaluate heart rate variability have demonstrated important modifications preceding an episode of atrial fibrillation. Both sympathetic activation and parasympathetic stimulation can play a role in the persistence of this arrhythmia. More over, methods that reduce autonomic innervation also reduce the incidence of atrial arrhythmias, suggesting that neuromodulation can be a promising tool in the control of this arrhythmia. Ventricular arrhythmias are also related to autonomic behavior. Acute myocardial infarction leads to denervation of the sympathetic fibers in the scar tissue, and the areas of intense fibrosis lose their capacity to respond to sympathetic stimulation, while the regions close to thescar tissue present heterogeneous refractory period shortening for sympathetic stimulation, predisposing to the occurrence of ventricular ectopic beats. Thus, the investigation of the autonomic nervous system in the triggering and persistence of heart arrhythmias is a promising line of research, and a better understanding of the autonomic mechanisms involved will provide new tools for the control of heart rhythm disorders...


Subject(s)
Humans , Arrhythmias, Cardiac/complications , Arrhythmias, Cardiac/therapy , Electrophysiology/methods , Autonomic Nervous System/physiology , Sleep Apnea, Obstructive/complications , Sleep Apnea, Obstructive/diagnosis , Bradycardia/complications , Bradycardia/diagnosis , Risk Factors , Heart Rate , Heart Atria/abnormalities
10.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 27(2): 90-93, abr.-jun.2014.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-727488

ABSTRACT

Introdução:A evolução da tecnologia envolvida no desenvolvimento e na construção dos cabos-eletrodosvisa a melhorar seu desempenho elétrico na prática clínica da estimulação cardíaca artificial, otimizando o usodos sistemas e tornando-os mais duradouros, sem perder a eficácia. Neste estudo, objetivou-se avaliar a efetividadee a segurança de um cabo-eletrodo bipolar endocárdico de fixação ativa St. Jude, modelo Tendril 2088TC®.Método:Foi realizada uma análise prospectiva de 43 pacientes submetidos a implante atrial direito do modelo emquestão, dos quais 26 (60%) eram do sexo feminino. Os valores de limiar de estimulação, sensibilidade da ondaP e impedância foram compilados em quatro momentos da evolução clínica de cada paciente: no implante, naalta hospitalar, 30 dias após o implante e com três meses de evolução. Ao final do período de estudo, 41 pacientescompletaram o seguimento.Resultados:Após análise estatística, os resultados demonstraram desempenhoelétrico favorável, com valores crônicos estáveis.Conclusão:Conclui-se que o referido cabo-eletrodo é eficiente eseguro na rotina do serviço de marcapasso.


Background:The evolution of the technology used for the development and construction of leads,is aimed at improving their electrical performance in the clinical practice of artificial cardiac pacing, optimizingsystems for a longer duration without losing their efficacy. The objective of this study is to evaluate the efficacyand safety of the St. Jude’s bipolar active fixation endocardial lead, model Tendril 2088TC®.Method:Prospectivestudy of 43 patients undergoing right atrial implantation using the model above, of which 26 (60%) were female.The threshold values for stimulation, P-wave sensitivity and impedance were collected at 4 timepoints duringthe clinical follow-up of each patient: at the time of implantation, at hospital discharge, 30 days and 3 monthsafter implantation. At the end of the study period 41 patients concluded the follow-up.Results:After statisticalanalysis, the results demonstrated a favorable electrical performance, with stable chronic values.Conclusion:Thelead above is safe and effective for use in routine pacemaking practice.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Aged, 80 and over , Atrioventricular Block/diagnosis , Cost-Effectiveness Evaluation , Electrodes, Implanted/economics , Pacemaker, Artificial/history , Bradycardia/complications
11.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 26(3): 162-165, jul.-set. 2013.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-716125

ABSTRACT

A Doença do Nó Sinusal (DNS) comumente está vinculada a lesões de células sinusais ou da junção sinoatrial ou a patologias do tecido intersticial que circunda tais células. Nos casos avançados, o marcapasso cardíaco artificial é o tratamento mais difundido. Relata-se o caso de DNS de uma paciente em evolução tardia de pós-operatório de cirurgia de Mustard e Senning, com complicações anatômicas, levando a necessidade de implante de MP definitivo por acesso venoso femoral e utilizando cabo-eletrodo longo.


Subject(s)
Humans , Female , Middle Aged , Bradycardia/complications , Pacemaker, Artificial , Femoral Vein
12.
Rev. guatem. cardiol. (Impresa) ; 23(1): 19-21, ene.-jun. 2013. tab
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-869892

ABSTRACT

Las ondas J o de Osborn son deflexiones positivas al final del complejo QRS, que han sido descritas en electrocardiogramas de pacientes con hipotermia. Se presenta el caso de un paciente masculino de 62 años de edad con hipotermia, cuyo electrocardiograma mostró bradicardia sinusal y ondas de OSBORN...


Subject(s)
Male , Bradycardia/complications , Electroshock , Circulatory Arrest, Deep Hypothermia Induced/mortality
13.
Yonsei Medical Journal ; : 295-300, 2013.
Article in English | WPRIM | ID: wpr-120580

ABSTRACT

PURPOSE: During carotid angioplasty and stenting (CAS), hemodynamic instability (HDI) can occur, possibly causing post-procedural ischemic complications. The goal of this study was to investigate the risk factors of HDI focusing on characteristics of plaque. MATERIALS AND METHODS: Thirty nine CAS patients were retrospectively evaluated for HDI. Prolonged HDI that lasted over 30 minutes was analyzed in relation to characteristics of calcified plaque. RESULTS: Nineteen (48.7%) patients had HDI. Ten of the 19 had both bradycardia and hypotension, and nine had only bradycardia. All bradycardia was treated well with a transcutaneous temporary cardiac pacemaker. But eight patients presented with prolonged hypotension in spite of recovery of bradycardia. Calcified plaque was a related factor associated with HDI (odds ratio, 8.571; 95% confidence interval, 1.321-55.62; p=0.024). Extensive and eccentric type calcified plaques were associated with prolonged hypotension (p=0.04, and p=0.028, respectively). CONCLUSION: The calcification of plaque is a predictable factor of HDI during CAS, and its extensive and eccentric calcified plaques may be related to prolonged HDI.


Subject(s)
Aged , Angioplasty/adverse effects , Bradycardia/complications , Carotid Arteries/surgery , Carotid Stenosis/physiopathology , Female , Hemodynamics , Humans , Hypotension/complications , Intraoperative Complications/etiology , Intraoperative Period , Logistic Models , Male , Middle Aged , Retrospective Studies , Risk Factors , Stents , Tomography, X-Ray Computed
14.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 24(4): 256-263, out.-dez. 2011. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-610050

ABSTRACT

Objetivo: Aferir qual dentre os sítios de estimulação do ventrículo direito (VD) causa menor atraso na ativação do ventrículo esquerdo (VE), menor alteração no eixo elétrico e menor aumento na duração do QRS, em pacientes com coração normal. Método: Trinta e um pacientes com coração normal, idade de 39,3 ± 17 anos, 11 dos quais do sexo masculino, foram submetidos a procedimentos ablativos e tiveram avaliados o eletrocardiograma (ECG) e os eletrogramas intracavitários da base do VE, durante o ritmo sinusal e a estimulação dos sítios do VD: para-hissiano (PH), inferomedial (IM), médiosseptal (MS), no ápex (AP) e na via de saída (VS). O tempo de ativação da base do VE foi avaliado a partir do início da espícula de estimulação até a deflexão maior e mais rápida a cruzar a linha de base do eletrograma registrado mais tardiamente na base do VE. O eixo elétrico e a duração do QRS foram avaliados por meio do ECG. Resultados: A duração do QRS foi significativamente menor na estimulação PH em relação aos outros sítios (p<0,05). O eixo elétrico não apresentou diferenças na estimulação PH e MS em relação ao ritmo sinusal (p>0,05). Entretanto, houve diferença significativa nas outras regiões. O tempo de ativação da base de VE apresentou diferenças significativas em todas as regiões em relação ao ritmo sinusal, que foram menores na estimulação PH e significativas nas demais regiões (p<0,05). Conclusão: a estimulação na região PH apresentou as menores alterações em relação ao ritmo sinusal no que diz respeito a duração do QRS, eixo elétrico e tempo de ativação da base de VE, sugerindo que esse sítio é o que provoca menores alterações elétricas no coração durante a estimulação cardíaca artificial. A estimulação AP apresentou as maiores alterações em relação ao ritmo de base.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Bradycardia/complications , Bradycardia/diagnosis , Cardiac Pacing, Artificial/methods , Pacemaker, Artificial , Electrocardiography/methods , Electrocardiography
15.
RELAMPA, Rev. Lat.-Am. Marcapasso Arritm ; 24(4): 277-282, out.-dez. 2011. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-610053

ABSTRACT

A síndrome de Twiddler é uma complicação rara relacionada aos dispositivos eletrônicos cardíacos implantáveis (DCEI). É caracterizada pela rotação do gerador de pulsos dentro da bolsa subcutânea, o que resulta em deslocamento dos cabos-eletrodos endocárdicos e disfunção do sistema. Relata-se o caso de uma paciente que apresentou perda de comando e sensibilidade nos canais atrial e ventricular na avaliação telemétrica ambulatorial, cinco meses após o implante de cardiodesfibrilador automático implantável com ressincronizador (CDI-R). Na reabordagem cirúrgica foi observado o deslocamento dos três cabos-eletrodos e seu enrolamento em torno do gerador, configurando a síndrome de Twiddler. Os cabos-eletrodos foram reposicionados nas câmaras direitas e o gerador fixado ao plano muscular nas duas extremidades para evitar recorrência do processo.


Subject(s)
Humans , Female , Middle Aged , Bradycardia/complications , Bradycardia/diagnosis , Death, Sudden , Tachycardia/complications , Tachycardia/diagnosis , Echocardiography/methods , Echocardiography , Radiography, Thoracic
16.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 21(4): 54-63, out.-dez. 2011. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-619511

ABSTRACT

Anormalidades do ritmo e frequência cardíaca são comumente encontradas na vida pré-natal. A maioria das arritmias ocorre devido a batimentos atriais ectópicos. Bradicardia ou taquicardia sustentada, que cursam com risco de vida e morbidade e mortalidade fetal e neonatal, são menos frequentes. Ecocardiografia Modo M e Dopplerecocardiografia têm significativa importância no diagnóstico das arritmias simples e complexas do feto e monitoração do tratamento pré-natal. Recentes avanços, como a Dopplerecocardiografia tecidual e a magnetocardiografia, têm adicionado recursos, melhorando o entendimento da fisiopatologia dos distúrbios do ritmo cardíaco. Informações obtidas com estes métodos contribuem para estabelecer o prognóstico, manuseio, tratamento, planejamento do parto e programação da assistência pós-natal. O diagnóstico e tratamento das arritmias constituem um dos grandes avanços da Cardiologia Fetal. Este artigo revisará as modalidades diagnósticas disponíveis para avaliação do ritmo cardíaco fetal, tipos de arritmias, impacto no resultado pré e pós-natal e opções de tratamento medicamentoso materno-fetal.


Subject(s)
Humans , Arrhythmias, Cardiac/surgery , Arrhythmias, Cardiac/complications , Bradycardia/complications , Fetal Heart , Tachycardia/complications , Tachycardia/therapy , Echocardiography/methods , Echocardiography
17.
Rev. bras. cardiol. (Impr.) ; 24(4): 225-232, jul.-ago. 2011. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-605500

ABSTRACT

Fundamentos: O atendimento a pacientes com arritmia cardíaca constitui um desafio devido à diversidade de apresentações clínicas e eletrocardiográficas. Apesar da presença de protocolos de atendimento mundialmente aceitos, estes não contemplam o impacto da prevalência das arritmias que pode ser variável, com implicações no treinamento e na manutenção das habilidades dos médicos que atuam nas salas de emergência. Objetivo: Avaliar o atendimento da arritmia cardíaca em sala de emergência de hospital universitário terciário, caracterizando a população atendida, identificando a prevalência de arritmias cardíacas apresentadas, a evolução dos pacientes e a eficácia da terapêutica empregada. Métodos: Foram incluídos prospectivamente todos os pacientes com idade superior a 12 anos, sem afecção traumática, cujo atendimento era devido a episódio agudode arritmia cardíaca. Os pacientes foram registrados através do preenchimento de ficha específica e realizados documentação e diagnóstico eletrocardiográficos. Todos os pacientes tiveram documentação ecocardiográfica da fração de ejeção após resolução do evento arritmogênico. Resultados: Foram estudados 182 pacientes (50% do sexo masculino com média de idade de 64,6±16,1 anos), no período de 19 meses, correspondendo a 1,9% dos atendimentos não traumáticos realizados no período. As arritmias cardíacas mais prevalentes foram as taquicardias supraventriculares (n=86; 47,3%) seguidas pelas bradicardias ocasionadas por bloqueios atrioventriculares (n=39; 21,4%). A taquicardia ventricular esteve associada à instabilidade clínica. O tratamento específico para a arritmia foi efetivo e a mortalidade observada (22%) não se relacionou diretamente à arritmia. Conclusão: As arritmias cardíacas são raras frente a outras condições clínicas na sala de emergência de um hospital geral e associam-se à grave condição clínica.


Background: Treating patients with cardiac arrhythmias is a challenge, due to a variety of clinical andelectrocardiographic presentations. Although accepted worldwide, protocols do not address the impact of theprevalence of arrhythmias and may vary, with implications on the training and skills of emergency room physicians.Objective: To assess cardiac arrhythmia treatment in the emergency room of a tertiary university hospital, characterizing the assisted population, identifying the prevalence of cardiac arrhythmias presented, monitoring patient progress and ascertaining theefficacy of the selected treatment.Methods: All non-trauma patients more than 12 years old treated for an acute cardiac arrhythmia episode were included prospectively. Patients were registered through completing a specific form, with documentation and electrocardiographic diagnoses. All patients had ejection fractions documented through echocardiography after the resolution of these arrhythmia events. Results: A total of 182 patients (50.0% male; 64.6±16.1 years) were studied for nineteen months, corresponding to 1.9% of all non-trauma treatments during the period. The most prevalent types of cardiac arrhythmia were: supraventricular tachycardia (n=86; 47.3%) followed by bradycardias caused by atrioventricular blocks (n=39; 21.4%). Ventricular tachycardia was associated with clinical instability. The specific arrhythmiatreatment was effective and the mortality rate (22.0%) was not directly associated with the arrhythmias. Conclusion: Cardiac arrhythmias are rare compared to other clinical conditions seen in emergency rooms, and are generally associated with severe clinicalconditions.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Arrhythmias, Cardiac/epidemiology , Bradycardia/complications , Tachycardia/complications , Tachycardia/mortality , Electrocardiography/methods , Electrocardiography , Prospective Studies
18.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 17(2): 177-186, abr.-jun. 2007. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-465724

ABSTRACT

Arritmias cardíacas de algum tipo ocorrem entre 10 por cento e 30 por cento nos exames de Holter nas crianças. Podem ser assintomáticas e benignas, porém em muitos casos produzem sintomas incapacitantes e risco de morte súbita. Frequentemente estão relacionadas a cardiopatias congênitas ou a cirurgias de correção, assim como à presença de feixes ou vias anômalas ou a cardiopatias adquiridas. A ablação por cateter por meio de radiofrequência mudou a história natural de muitas arritmias pediátricas, permitindo a cura definitiva na maioria dos casos. Adicionalmente, marcapassos especiais, desfibriladores e ressincronizadores estão cada vez mais estendendo seus benefícios ao pequeno paciente. Análises clínicas e laboratoriais...


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant, Newborn , Infant , Child, Preschool , Child , Arrhythmias, Cardiac , Bradycardia/complications , Bradycardia/mortality , Tachycardia/complications , Tachycardia/mortality , Pacemaker, Artificial , Syncope/complications , Syncope/mortality
19.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 15(3): 204-219, maio-jun. 2005. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-426789

ABSTRACT

As arritmias cardíacas não são mais comuns em atletas em comparação à população geral, mas trazem algum grau de preocupação quando presentes. A maioria das arritmias em atletas á assintomática e geralmente não está associada a cardiopatia. Em outros casos, as arritmias podem ser sintomáticas e estar associadas a algum tipo de cardiopatia, e nem sempre são consideradas benignas. Bradicardia sinusal, bloqueio atrioventricular de 1 grau e de 2 grau Mobitz tipo I são relativamente comuns e secundários ao predomínio da atividade parassimpática sobre os nódulos sinusal e atrioventricular, além de representarem um tipo de remodelamento dessas estruturas em resposta ao treinamento frequente e constante. Graus mais avançados de bloqueio atrioventricular merecem atenção, pois podem evoluir com hipofluxo cerebral e ser causa de síncope. O tratamento com marcapasso definitivo deve ser considerado nesses casos. Atletas com taquicardia supraventricular podem ser curados com ablação do circuito arritmogênico com radiofrequência e, assim, ser liberados para a prática de esportes competitivos. Entretanto, a taquicardia ventricular não sustentada ou a sustentada, monomórfica ou polimórfica, merecem atenção especial, pois geralmente estão associadas a alguma cardiopatia, como cardiomiopatia dilatada. Não raramente evoluem com sintomas de baixo débito cardíaco e até síncopes durante as atividades. Nesses casos, deverá ser realizada avaliação clínica pormenorizada do atleta, não só para sua qualificação para o esporte mas também com o objetivo de preservar sua vida...


Subject(s)
Male , Female , Humans , Arrhythmias, Cardiac , Exercise/physiology , Death, Sudden/prevention & control , Tachycardia/complications , Tachycardia/diagnosis , Bradycardia/complications , Bradycardia/diagnosis
20.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 14(6): 905-912, nov.-dez. 2004. ilus, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-413907

ABSTRACT

O infarto agudo do miocárdio é uma importante manifestação da síndrome isquêmica aguda. Suas seqüelas levam a significativas morbidade e mortalidade, a despeito dos avanços no tratamento dessa doença. A estratificação de risco é fator essencial na determinação dos pacientes potencialmente sujeitos a maior número de complicações e na decisão sobre medidas preventivas das mesmas. O objetivodeste artigo é revisar o conhecimento atual sobre a estratificação de risco da síndrome isquêmica aguda com supradesnível do segmento ST.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Epidemiology/classification , Myocardial Infarction/complications , Myocardial Infarction/diagnosis , Myocardial Infarction/mortality , Myocardial Ischemia/diagnosis , Bradycardia/complications , Bradycardia/diagnosis
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL