Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 1.704
Filter
1.
Braz. j. biol ; 84: e252471, 2024. graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1355868

ABSTRACT

Abstract Smog has become the fifth season of Pakistan especially in Lahore city. Increased level of air pollutants (primary and secondary) are thought to be responsible for the formation of smog in Lahore. Therefore, the current study was carried out for the evaluation of air pollutants (primary and secondary) of smog in Wagah border particularly and other sites (Jail road, Gulburg) Lahore. For this purpose, baseline data on winter smog from March to December on primary and secondary air pollutants and meteorological parameters was collected from Environmental Protection Department and Pakistan Meteorological Department respectively. Devices being used in both departments for analysis of parameters were also studied. Collected data was further statistically analyzed to determine the correlation of parameters with meteorological conditions and was subjected to air quality index. According to results, PM 10 and PM 2.5 were found very high above the NEQS. NOx concentrations were also high above the permissible limits whereas SO2 and O3 were found below the NEQS thus have no roles in smog formation. Air Quality Index (AQI) of pollutants was PM 2.5(86-227), PM 10 (46-332), NOx (26-110), O3 (19-84) and SO2 (10-95). AQI of PM 2.5 remained between moderate to very unhealthy levels. AQI of PM 10 remained between good to hazardous levels. AQI of NOx remained between good to unhealthy for sensitive groups' levels. AQI of O3 and SO2 remained between good to moderate levels. Pearson correlation showed that every pollutant has a different relation with different or same parameters in different areas. It is concluded from the present study that particulate matter was much more responsible for smog formation. Although NOx also played role in smog formation. So there is need to reduce sources of particulate matter and NOx specifically in order to reduce smog formation in Lahore.


Resumo Smog tornou-se a quinta estação do Paquistão, especialmente na cidade de Lahore. Acredita-se que o aumento do nível de poluentes atmosféricos (primários e secundários) seja responsável pela formação de poluição atmosférica em Lahore. Portanto, o presente estudo foi realizado para a avaliação dos poluentes atmosféricos (primários e secundários) do smog na fronteira de Wagah em particular e em outros locais (Jail road, Gulburg) Lahore. Para este propósito, os dados de referência sobre a poluição atmosférica de inverno de março a dezembro sobre poluentes atmosféricos primários e secundários e parâmetros meteorológicos foram coletados do Departamento de Proteção Ambiental e do Departamento Meteorológico do Paquistão, respectivamente. Dispositivos sendo usados ​​em ambos os departamentos para análise de parâmetros também foram estudados. Os dados coletados foram posteriormente analisados ​​estatisticamente para determinar a correlação dos parâmetros com as condições meteorológicas e foram submetidos ao índice de qualidade do ar. De acordo com os resultados, PM 10 e PM 2,5 foram encontrados muito acima do NEQS. As concentrações de NOx também estavam muito acima dos limites permitidos, enquanto SO2 e O3 foram encontrados abaixo do NEQS, portanto, não têm papéis na formação de smog. O índice de qualidade do ar (AQI) de poluentes foi PM 2,5 (86-227), PM 10 (46-332), NOx (26-110), O3 (19-84) e SO2 (10-95). O AQI de PM 2,5 permaneceu entre níveis moderados a muito prejudiciais à saúde. O AQI de PM 10 permaneceu entre níveis bons e perigosos. AQI de NOx permaneceu entre bom e não saudável para os níveis de grupos sensíveis. O AQI de O3 e SO2 permaneceu entre níveis bons a moderados. A correlação de Pearson mostrou que cada poluente tem uma relação diferente com parâmetros diferentes ou iguais em áreas diferentes. Conclui-se do presente estudo que o material particulado foi muito mais responsável pela formação de smog. Embora o NOx também tenha desempenhado um papel na formação do smog. Portanto, é necessário reduzir as fontes de partículas e NOx, especificamente para reduzir a formação de smog em Lahore.


Subject(s)
Air Pollutants/analysis , Air Pollutants/adverse effects , Pakistan , Smog , Environmental Monitoring , Cities , Particulate Matter/analysis
2.
Braz. j. biol ; 84: e252952, 2024. tab, graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1355913

ABSTRACT

Abstract The main purpose of this study was to find out a possible association between ABO blood groups or Rh and diabetes mellitus (DM) in the local population of eight (8) different towns of Karachi, Pakistan. For this purpose a survey was carried out in Karachi to have a practical observation of these towns during the period of 9 months from June 2019 to Feb. 2020. Out of eighteen (18) towns of Karachi, samples (N= 584) were collected from only eight (8) Towns of Karachi and gave a code-number to each town. Diabetic group sample was (n1=432) & pre-diabetes sample was (n2 =152). A standard Abbot Company Glucometer for Random Blood Sugar (RBS) and Fasting Blood Sugar (FBS) tests, standard blood anti sera were used for ABO/Rh blood type. Health assessment techniques were performed ethically by taking informed consent from all registered subjects. Finally data was analyzed by SPSS version 20.0. In our current study, the comparison of ABO blood groups frequencies between diabetic and pre-diabetic individuals were carried out. The percentage values of blood Group-B as given as: (32% in DM vs. 31% in pre-diabetics), followed by blood Group-O as: (18% in DM vs. 11% in pre-diabetics). Contrary to Group-"B" & "O", blood Group-A and Group-AB were distribution percentage higher pre-diabetic as compared to DM patients, as given as: Group-A (32% in pre-diabetics vs. 26% in DM) & Group-AB (26% in pre-diabetics vs. 24% in diabetic's patients). In addition, percentage distribution of Rh system was also calculated, in which Rh+ve Group was high and more common in DM patients as compared to pre-diabetics; numerically given as: Rh+ve Group (80% in DM vs. 72% in pre-diabetics). Different views and dimensions of the research topic were studied through literature support, some have found no any association and some established a positive association still some were not clear in making a solid conclusion. It is concluded that DM has a positive correlation with ABO blood groups, and people with Group-B have increased susceptibility to DM disease.


Resumo O objetivo principal deste estudo foi descobrir uma possível associação entre grupos sanguíneos ABO ou Rh e diabetes mellitus (DM) na população local de oito (8) diferentes cidades de Karachi, Paquistão. Para tanto, foi realizado um levantamento em Karachi para observação prática dessas cidades durante o período de 9 meses de junho de 2019 a fevereiro de 2020.De dezoito (18) cidades de Karachi, as amostras (N = 584) foram coletadas de apenas oito (8) cidades de Karachi e deram um número-código para cada cidade. A amostra do grupo de diabéticos foi (n1 = 432) e a amostra de pré-diabetes foi (n2 = 152). Um glicômetro padrão da Abbot Company para testes de açúcar no sangue aleatório (RBS) e açúcar no sangue em jejum (FBS), antissoros de sangue padrão foram usados ​​para o tipo de sangue ABO / Rh. As técnicas de avaliação de saúde foram realizadas de forma ética, tomando o consentimento informado de todos os indivíduos registrados. Finalmente, os dados foram analisados ​​pelo SPSS versão 20.0.No presente estudo, foi realizada a comparação das frequências dos grupos sanguíneos ABO entre diabéticos e pré-diabéticos. Os valores percentuais do sangue do Grupo-B são dados como: (32% em DM vs. 31% em pré-diabéticos), seguido pelo sangue do Grupo-O como: (18% em DM vs. 11% em pré-diabéticos). Ao contrário dos Grupos "B" e "O", sangue do Grupo-A e Grupo-AB tiveram distribuição percentual maior de pré-diabéticos em comparação com pacientes com DM, dado como: Grupo-A (32% em pré-diabéticos vs. 26% em DM) e Grupo AB (26% em pré-diabéticos vs. 24% em pacientes diabéticos). Além disso, também foi calculada a distribuição percentual do sistema Rh, no qual o Grupo Rh + ve foi elevado e mais comum em pacientes com DM em comparação aos pré-diabéticos; dados numericamente como: Grupo Rh + ve (80% em DM vs. 72% em pré-diabéticos). Diferentes visões e dimensões do tema de pesquisa foram estudadas com o suporte da literatura, alguns não encontraram nenhuma associação e alguns estabeleceram uma associação positiva, embora alguns não estivessem claros em fazer uma conclusão sólida. Conclui-se que o DM tem correlação positiva com os grupos sanguíneos ABO, e as pessoas com o Grupo B têm maior suscetibilidade à doença DM.


Subject(s)
Humans , Rh-Hr Blood-Group System , Diabetes Mellitus/epidemiology , Pakistan/epidemiology , ABO Blood-Group System , Cities
3.
Braz. j. biol ; 83: e249229, 2023. tab, graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1339374

ABSTRACT

Abstract Birds are very valuable indicators of species richness and endemic patterns in a specified ecosystem, which eventually help the scientist to measure the environmental degradation. The aim of present study was to know human knowledge and attitude toward urban birds in Faisalabad city, Pakistan. The study conducted in four consecutive months: November 2019 to February 2020. Population of birds was noted from eight residential towns of Faisalabad city, data were collected through questionnaire. Faisalabad has a reasonably large population of birds and present data show that, there is a significant difference between favorite bird of residential areas and institutions. The pigeon received the most likeness in bird population among residential area residents, while the myna received the least. The most popular bird in Faisalabad institutions was the sparrow, while the least popular bird was the common myna. Bird adaptation percentage of residential areas and institutional areas of Faisalabad was the highest for parrot and sparrow respectively. People in residential areas and institutions, on the other hand, adapted least to common myna. It is concluded that people of the study area like birds and offered food and high population of birds are present in study area.


Resumo Os pássaros são indicadores muito valiosos da riqueza de espécies e padrões endêmicos em um determinado ecossistema, o que acaba ajudando o cientista a medir a degradação ambiental. O objetivo do presente estudo foi conhecer o conhecimento humano e a atitude em relação às aves urbanas na cidade de Faisalabad, Paquistão. O estudo foi conduzido em quatro meses consecutivos: novembro de 2019 a fevereiro de 2020. A população de pássaros foi observada em oito cidades residenciais da cidade de Faisalabad, os dados foram coletados por meio de questionário. Faisalabad tem uma população razoavelmente grande de pássaros, e os dados atuais mostram que há uma diferença significativa entre as aves favoritas de áreas residenciais e instituições. O pombo recebeu mais semelhanças na população de pássaros entre os residentes de áreas residenciais, enquanto o myna recebeu menos. A ave mais popular nas instituições de Faisalabad era o pardal, enquanto a ave menos popular era o myna comum. A porcentagem de adaptação de pássaros em áreas residenciais e institucionais de Faisalabad foi a mais alta para papagaios e pardais, respectivamente. As pessoas em áreas residenciais e instituições, por outro lado, se adaptaram menos ao myna comum. Conclui-se que pessoas da área de estudo como pássaros e alimentos oferecidos e alta população de pássaros estão presentes na área de estudo.


Subject(s)
Humans , Animals , Birds , Ecosystem , Pakistan , Cities , Biodiversity
4.
Braz. j. biol ; 83: e247993, 2023. tab, graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1278544

ABSTRACT

Abstract Bats are important for the homeostasis of ecosystems and serve as hosts of various microorganisms including bacteria, viruses, and fungi with pathogenic potential. This study aimed to isolate fungi from biological samples obtained from bats captured in the city of Sinop (state of Mato Grosso, Brazil), where large areas of deforestation exist due to urbanization and agriculture. On the basis of the flow of people and domestic animals, 48 bats were captured in eleven urban forest fragments. The samples were processed and submitted to microbiological cultures, to isolate and to identify the fungal genera. Thirty-four (70.83%) of the captured bats were positive for fungi; 18 (37.5%) and 16 (33.33%) of these bats were female and male, respectively. Penicillium sp., Scopulariopsis sp., Fusarium sp., Aspergillus sp., Alternaria sp., Cryptococcus sp., Trichosporon sp., and Candida sp., which may cause opportunistic infections, were isolated. The bat species with the highest number of fungal isolates was Molossus molossus: 21 isolates (43.8%). According to our results, bats captured in urban forest fragments in Sinop harbor pathogenic fungi, increasing the risk of opportunistic fungal infections in humans and domestic animals.


Resumo Os morcegos apresentam grande importância na homeostasia dos ecossistemas e são hospedeiros de uma rica diversidade de micro-organismos como bactérias, vírus e fungos com potencial patogênico. Portanto, este estudo visou isolar fungos presentes em amostras biológicas de morcegos na cidade de Sinop - MT, que possui grandes áreas de desmatamento devido à urbanização e agricultura. Foram capturados 48 morcegos de diferentes espécies, em onze fragmentos florestais urbanos definidos de acordo com fluxo de pessoas e animais domésticos, para obtenção de amostras biológicas. Essas amostras foram processadas e submetidas aos cultivos microbiológicos, para isolamento e identificação dos gêneros dos fungos. Dos 48 morcegos, 34 (70,83%) foram positivos para pelos menos um gênero de fungo, sendo 18 (37,5%) fêmeas e 16 (33,33%) machos, e os gêneros isolados a partir das amostras biológicas foram Penicillium sp., Scopulariopsis sp., Fusarium sp., Aspergillus sp., Alternaria sp., Cryptococcus sp., Trichosporon sp. e Candida sp., que podem ser causadores de infecções oportunistas. Desse total, a espécie que apresentou maior positividade para pelo menos um gênero de fungo foi Molossus molossus com 21 (43,8%). Nossos resultados demonstram que os morcegos capturados nos fragmentos florestais urbanos na cidade de Sinop - MT, podem atuar como agentes veiculadores de fungos com potencial patogênico, aumentando assim o risco de exposição e aquisição de infecções fúngicas oportunistas por pessoas e animais domésticos.


Subject(s)
Humans , Animals , Male , Female , Chiroptera , Brazil , Forests , Cities , Ecosystem , Fungi
5.
Licere (Online) ; 25(1): 01-25, mar.2022. ilus, tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1366188

ABSTRACT

Caracteriza-se como uma pesquisa de campo exploratória e análise qualitativa. Objetivou analisar o Dique do Tororó como equipamento de lazer e a importância da diversificação de vivências para os seus frequentadores. A coleta de dados se deu entre novembro de 2018 e maio de 2019, através de entrevistas realizadas com roteiro semiestruturado. Obteve-se 16 entrevistas que apontaram que o significado atribuído ao local é majoritariamente de espaço de práticas de atividade física e saúde nos momentos de lazer. Demonstrou-se também o potencial do Dique do Tororó de abrigar diversas vivências, e a partir dessa diversificação contribuir para a apropriação do espaço.


It is characterized as an exploratory field research and qualitative analysis. It aimed to analyze the Dique do Tororó as leisure equipment and the importance of diversifying experiences for its users. Data collection took place between November 2018 and May 2019, through interviews conducted with a semi-structured script. Sixteen interviews were obtained that indicated that the meaning attributed to the place is mostly a space for physical activity and health practices during leisure time. It also demonstrated the potential of the Dique do Tororó to house different experiences, and from this diversification, contribute to the appropriation of space.


Subject(s)
Humans , Health , Cities , Leisure Activities
6.
Ciênc. Saúde Colet ; 27(1): 287-298, jan. 2022. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1356034

ABSTRACT

Abstract Using five cause-specific mortality data sourced by the Brazilian Ministry of Health, and over 17 years period, we applied Bayesian spatio-temporal models on 644 municipalities of the state of São Paulo, using logistic model to the binary outcome that specifies whether or not the death was from a specific cause. We modeled the temporal mortality effects using B-splines, while the spatial components were considered through Gaussian and Markov random field, and inference was based on Markov chain Monte Carlo simulation. The results demonstrate consistent downward trend in mortality from infectious and parasitic diseases and external causes, while those from neoplasms and respiratory are rising. Cardiovascular is the only cause-specific death that is kept constant in time. All the causes of death considered show heterogeneous spatial and temporal variations among the municipalities, which sometimes change considerably within successive years. Mortality from infectious diseases clustered around the Northwestern municipalities in 2000, but changes to the Southeastern part in 2016, a similar development as external death causes. The study identifies areas with increased and decreased odds mortality and could be useful in disease monitoring, especially if we consider small spatial units.


Resumo Usando dados do Ministério da Saúde do Brasil para cinco causa de mortes, e num período de 17 anos, aplicamos modelos espaço-temporais Bayesianos em 644 municípios do estado de São Paulo, utilizando um modelo logístico binário que especifica se o óbito foi (ou não) de uma determinada causa. Modelamos os efeitos temporais da mortalidade com B-splines, e os componentes espaciais foram estimados através de campos aleatórios de Gaussiano e Markov. Simulamos a inferência estatística com Monte Carlo via cadeias de Markov. Os resultados demonstraram tendência consistente de queda nas mortes por doenças infecciosas e causas externas, enquanto mortes por neoplasias e doenças respiratórias aumentaram no tempo. Cardiovascular foi a única causa de morte constante no tempo. As causas de morte apresentaram variações espaciais e temporais entre os municípios, com consideráveis mudanças em anos sucessivos. A mortalidade por doenças infecciosas se concentrou nos municípios do noroeste do estado em 2000, mas mudou para a parte sudeste em 2016, um desenvolvimento semelhante as causas externas de morte. Este estudo identificou áreas com maior e menor chances de morte entre diferentes causas, e pode ser útil no monitoramento de doenças, especialmente se considerarmos pequenas unidades espaciais.


Subject(s)
Humans , Cause of Death , Brazil/epidemiology , Bayes Theorem , Cities , Spatio-Temporal Analysis
7.
Ciênc. Saúde Colet ; 27(1): 57-67, jan. 2022. graf
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356047

ABSTRACT

Resumo Frente às novas questões que se colocam, a partir da Reforma Psiquiátrica Brasileira, para os processos de desinstitucionalização da loucura no campo da saúde mental, esta pesquisa se debruça sobre os processos de produção de territórios existenciais na cidade, a partir da experiência de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Guiada pelas pistas do método cartográfico, e através da construção de mapas afetivos e da realização de trajetos pela cidade, foi possível acompanhar como os participantes tecem multiplicidades de territórios e redes vivas ao longo de seus itinerários, escapando de lugares instituídos pela lógica manicomial e concretizando princípios da desinstitucionalização na micropolítica de seu cotidiano. Neste movimento, informam-nos reflexões sobre quais cidades desejamos construir, reinventando coletivamente os territórios urbanos como mais sensíveis e permeáveis às forças instituintes, com novas formas de convivência e produção da diferença. Simultaneamente, trazem reflexões sobre de que formas estas vivências singulares de cidade podem comparecer e potencializar os itinerários terapêuticos de uma clínica que se propõe funcionar a partir da lógica do território.


Abstract In the light of new challenges posed to processes of deinstitutionalization by Brazil's mental health reform, this study explores the production of existential territories in the city by recording the experiences of users of a psychosocial care center in São Paulo. Using methods based on social cartography, including the creation of affective maps and accompanying participants on routes around the city, it was possible to understand how participants weave multiplicities of living territories and networks throughout their itineraries, breaking free from places instituted by the asylum logic and cementing the principles of deinstitutionalization in the micropolitics of their everyday lives. During this process, the participants'experiences stimulated reflections on the kind of cities we want to build, collectively reinventing urban territories, making them more sensitive and permeable to instituting forces and creating new ways of living together and producing differences. At the same time, they stimulate reflection on how these singular experiences of the city can be incorporated into and enhance the therapeutic itineraries of clinical practices based on the "logic of territory".


Subject(s)
Humans , Psychiatric Rehabilitation , Brazil , Mental Health , Cities , Health Care Reform
8.
Ciênc. Saúde Colet ; 27(1): 27-38, jan. 2022. tab
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356046

ABSTRACT

Resumo O presente artigo reflete sobre os limites e possibilidades de articulação entre a Luta Antimanicomial e os Planos Diretores Participativos das cidades (PDPs) no Brasil, com vistas ao cuidado antimanicomial em liberdade para as pessoas em sofrimento mental, bem como à garantia de realização e à ampliação dos seus direitos. Ao partir da premissa de que a cidade não é por si terapêutica nem tampouco cuidadora, desenvolvemos uma analítica que busca entrecruzar os desafios do "morar em liberdade" com as políticas de desenvolvimento urbano nos municípios brasileiros - estas, orientadas pelos PDPs. Assim, analisamos citações concernentes ao temário da Luta Antimanicomial e Reforma Psiquiátrica Brasileira (RPB) nos PDPs dos 15 municípios mais bem avaliados no ranking de qualidade urbana nacional, de acordo com a Plataforma Connected Smart Cities. Com base nessa pesquisa, pudemos refletir sobre a importância de a Luta Antimanicomial disputar as políticas urbanas municipais para articular, em arenas ainda mais ampliadas na via legislativa, avanços nos termos da desinstitucionalização, transformação do lugar social da loucura e realização dos direitos de cidadania para pessoas em situação de sofrimento mental nas cidades.


Abstract This article reflects on the limits and possibilities for articulating the anti-asylum struggle with participatory city master plans (PMPs) in Brazil with the aim of helping enhance anti-asylum care in liberty and guaranteeing the rights of people experiencing mental suffering. Departing from the premise that the city is neither a therapeutic nor a caring environment, this analysis seeks to weave together the challenges of "living in liberty" with urban planning policies guided by PMPs. To this end, we analyzed terms pertaining to the anti-asylum struggle and Brazil's mental health reform in the PMPs of the 15 highest-scoring cities in the Connected Smart Cities Ranking. The findings show that it is important for the anti-asylum struggle to dispute municipal urban policies in wider legislative arenas in order to promote further advances in deinstitutionalization and a transformation of the social place of madness, and guarantee the rights of people experiencing mental suffering in cities.


Subject(s)
Humans , Health Care Reform , Hospitals, Psychiatric , Brazil , Mental Health , Cities
9.
Ciênc. Saúde Colet ; 27(1): 17-26, jan. 2022.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356042

ABSTRACT

Resumo Este artigo tem como objetivo apresentar a potencialidade de táticas e estratégias de habitar a cidade utilizadas por pessoas em situação de rua, em Brasília (DF), como meios para se pensar produções de cuidado e vínculo junto à Atenção Primária à Saúde (APS). Primeiramente, discutiremos o sentido amplo dessa noção de se habitar como um conjunto de criações e inovações cotidianas que se estabelecem como formas passageiras e circunstais de criação de vínculos, e cuidados e também como instrumentos cotidianos do trabalho da saúde dentro do contexto do Sistema Único de Saúde (SUS). Posteriormente, apresentaremos dois relatos de pessoas em situação de rua na intenção de exemplificar fazeres na cidade partindo de suas casas edificadas nas ruas da cidade. A análise desses encontros abre caminho primeiramente para a contextualização das vidas nas ruas destacando os movimentos que operam no sentido de invisibilidade desse contingente e as precariedades e fragilidades dessas práticas e existências na e da cidade. Como perspectiva final de análise, pontuaremos o encontro dessas práticas para se habitar com os fazeres e tecnologias utilizados pela saúde no processo de se cuidar pelos espaços da cidade.


Abstract This paper aims to present the potential city dwelling tactics and strategies employed by People Living on the Streets (PLS) in Brasília, Brazil, to reflect on the production of care and bonding within the Brazilian PHC (known as APS). First, we will discuss the broad sense of this notion of living as a set of everyday creations and innovations established as transient and circumstantial ways of creating bonds and care and as daily tools of health workers within the Brazilian Unified Health System (SUS). We will then present two PLS narratives to offer examples of actions performed in their homes built in the streets. The analysis of these encounters allows us to contextualize their lives on the streets, highlighting the movements that lead to the invisibility of this population and the precarious and fragile state of these practices and existences in and of the city. As a final perspective, we will point to the meeting of these living practices with the actions and technologies used by health workers in the process of self-care in the urban spaces.


Subject(s)
Humans , Homeless Persons , Brazil , Cities , Health Personnel , Government Programs
10.
Ciênc. Saúde Colet ; 27(1): 377-386, jan. 2022. tab, graf
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356036

ABSTRACT

Resumo Objetiva-se analisar o padrão espacial de implantação de equipes da Atenção Primária à Saúde (APS) no Norte e Nordeste do Brasil em 2017. Estudo ecológico das taxas de Agentes Comunitários de Saúde (ACS), equipes Saúde da Família (eSF), equipes Saúde Bucal (eSB) e Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF), a partir de dados do Ministério da saúde (MS). A análise dos dados de área permitiu a identificação de padrões de dependência espacial dos municípios para as taxas, utilizando os índices e mapas de Moran para visualizar clusters de áreas críticas (95% de confiança). Os municípios do Norte (n=450) e Nordeste (n=1.794) apresentaram 132,2 mil ACS, 18,4 mil eSF, 13 mil eSB e 2,2 mil NASF. A proporção de municípios com taxas dentro do preconizado pelo MS: ACS (>1,33/mil) 96% no Norte e 98,5% no Nordeste; eSF (>2,9/10 mil) 54% e 80% nas respectivas regiões; eSB (>2,9/10 mil) 28% e 59% nestas respectivas regiões. Equipes NASF foram implantadas em 70% do Norte e 89% do Nordeste. Exceto ACS, a região Norte constituiu-se em área crítica de equipes, principalmente no Pará, Rondônia, Amazonas e Amapá. No Nordeste, essas áreas foram menores e concentradas a oeste da Bahia e leste do Maranhão. O Nordeste exibiu melhor composição de equipes e menor extensão de áreas críticas.


Abstract This study analyzes the spatial pattern of implementation of Primary Health Care (PHC) teams in Northern and Northeastern Brazil. This is an ecological study on the rates of Community Health Workers (ACS), Family Health Team (eSF), Oral Health Team (eSB), and Family Health Extended Center (NASF) based on data from the Ministry of Health (MoH). The analysis of the area data identified patterns of spatial dependence of the municipalities for the rates, using Moran indices and scatterplots to visualize critical areas' clusters (95% confidence). Municipalities of the North (n=450) and Northeast (n=1,794) had 132,174 ACS, 18,405 eSF, 13,017 eSB, and 2,205 NASF. The proportion of municipalities with rates within the recommended by the MoH were: ACS (>1.33), 96% in the North and 98.5% in the Northeast; eSF (>2.9/1,000), 54% and 80% in the respective regions; eSB (>2.9/10,000) 28% and 59% in these respective regions. NASF teams were deployed in 70% of the North and 89% of the Northeast. Except for ACS, the North was a critical team area, mainly in Pará, Rondônia, Amazonas, and Amapá. In the Northeast, these areas were smaller and concentrated mainly in western Bahia and eastern Maranhão. The Northeast showed a better composition of teams and a smaller extent of critical areas.


Subject(s)
Humans , Primary Health Care , Family Health , Brazil , Cities , Spatial Analysis
11.
Ciênc. Saúde Colet ; 27(1): 399-408, jan. 2022.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356031

ABSTRACT

Resumo Este estudo, fundamentado na Teoria da Estruturação de Giddens, buscou analisar as estratégias adotadas para garantir os direitos das pessoas com câncer em cinco municípios brasileiros, a partir da experiência de gestores e profissionais de saúde no contexto do Sistema Único de Saúde. Foi conduzido um estudo de casos múltiplos. A unidade de análise foi o município e a subunidade foi a unidade habilitada de atenção oncológica. Foi realizada a análise de conduta estratégica de dez gestores e 15 profissionais de saúde, a partir de entrevistas. Os resultados foram sistematizados em três dimensões: assistencial, judicial e social. Destacaram-se: a necessidade de expansão e organização da rede assistencial diagnóstica e terapêutica; a preocupação com o grande número de demandas judiciais, tanto pela sustentabilidade econômica do sistema de saúde, quanto pela promoção de iniquidades; a pouca resolutividade dos benefícios sociais, uma vez que não atendem a todos aqueles que necessitam. A percepção é de que as medidas adotadas são insuficientes para garantir os direitos da pessoa com câncer no sistema de saúde brasileiro.


Abstract This study was based on Giddens' Structuration Theory and aimed to analyze strategies adopted to ensure the rights of people with cancer in five Brazilian municipalities, anchored on the experience of managers and health professionals within the Brazilian Unified Health System (SUS). A multiple-case study design was conducted. The municipality was the unit of analysis and oncology care-certified facilities were established as analytical sub-units. We analyzed the strategic behavior of ten managers and 15 health professionals from interviews. The results were systematized according to care, legal and social dimensions. The relevant elements expressed were the need to expand and organize the diagnostic and therapeutic cancer care network; the concern with the large number of lawsuits, both in light of economic sustainability of the health system and because of the promotion of inequalities; and the low resoluteness of social benefits, as they do not meet all people's needs. The adopted measures are considered insufficient to ensure the rights of people with cancer in the Brazilian Unified Health System.


Subject(s)
Humans , Government Programs , Neoplasms/therapy , Brazil , Cities , Health Personnel
12.
Ciênc. Saúde Colet ; 27(1): 49-56, jan. 2022.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356026

ABSTRACT

Resumo As imagens das cidades antes, durante e depois da pandemia de COVID-19 representam um desafio contemporâneo. Nesse período, pensar sobre o ser, o estar e o habitar em uma cidade/sociedade capacitista traz à tona a perda de direitos e as demandas de segmentos populacionais particularmente diante das barreiras arquitetônicas, comunicacionais, atitudinais, sensoriais e socioculturais. Tematizar sobre o viver as diferentes inacessibilidades cotidianas nas cidades tangenciam e suscitam discussões no plano ético-estético dos territórios existenciais das pessoas com deficiência e sofrimento psíquico. Em que medida, urbanistas mantém conceitos que sustentam constructos de invisibilidade, que refletem segregações geradas pela macropolítica? Estariam pensando as cidades sem pensar nas pessoas que nelas habitam? O ensaio colabora com o debate sobre a necessidade de ações que visam superar o capacitismo. Partindo de teorias das ciências críticas e da noção de direito do sujeito sanitário, sobrevoa-se a "paisagem do tema" com vistas à efetivação de políticas públicas acessíveis e inclusivas.


Abstract The images of cities before, during and after the COVID-19 pandemic represent a contemporary challenge. During this period, thinking about being a person, being there and living in an ableist city/society brings to light the loss of rights and the demands of population segments, particularly in the face of architectural, communicational, attitudinal, sensory and sociocultural barriers. To thematize about experiencing the different types of daily inaccessibility in the cities come into contact with and raise discussions about the ethical-aesthetic level of the existential territories of people with disabilities and mental suffering. To what extent do urban planners maintain concepts that support invisibility constructs, which reflect segregations generated by macropolitics? Would they be imagining the cities without thinking about the people who inhabit them? The present essay collaborates with the debate on the need for actions aimed at overcoming capacitism. Based on critical science theories and the concept of the health subject's right, the "topic landscape" is explored with a view to implementing accessible and inclusive public policies.


Subject(s)
Humans , Disabled Persons , COVID-19 , Cities , Pandemics , SARS-CoV-2
13.
Braz. j. biol ; 82: e245368, 2022. tab, graf
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1278522

ABSTRACT

Abstract Foliar vegetables contaminated with fecal residues are an important route of transmission of intestinal parasites to humans. The aim of this study was to evaluate the presence of parasitic forms of protozoa and helminths on lettuces (Lactuca sativa) and collard greens (Brassica oleracea) sold in street- and supermarkets in the city of Aparecida de Goiânia, Goiás, Brazil. A total of 30 samples of each vegetable (15 samples from each supermarkets and street markets) was analyzed. All samples were processed by spontaneous sedimentation method and centrifugal flotation. In 45% of the samples, immature forms of intestinal parasites were identified with 66.7% helminths eggs and 33.3% protozoan cysts or oocysts. Significantly more lettuce samples were contaminated with eggs, cysts or oocyst of at least one parasite than collard green samples (U=216; Z=-3.45; P <0.001). The parasitic forms were identified morphologically up to the family level with eggs of Ancylostomatidae, Strongyloididae, Ascarididae and Taeniidae, or oocysts of Eimeriidae, to the genus with Cystoisospora sp. and Toxocara sp., and to the species level with Cystoisospora canis, Dipylidium caninum and Hymenolepis nana. The presence of these infective agents in lettuce and collard green from both street- and supermarkets highlights the high risk of spreading parasites by eating raw vegetables sold in Aparecida de Goiânia.


Resumo Hortaliças contaminadas com resíduos fecais são importantes vias de transmissão de parasitas intestinais ao homem. O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de formas parasitárias de protozoários e helmintos em alface (Lactuca sativa) e couve (Brassica oleracea) vendidas em feiras e supermercados na cidade de Aparecida de Goiânia, Goiás, Brasil. Um total de 30 amostras de cada vegetal (15 amostras de supermercados e 15 de feiras livres) foi analisado. Todas as amostras foram processadas pelos métodos de sedimentação espontânea e centrífugo-flutuação. Em 45% das amostras foram identificadas formas imaturas de parasitas intestinais sendo 66,7% ovos de helmintos e 33,3% de cistos ou oocistos de protozoários. Significativamente, mais amostras de alface estavam contaminadas com ovos, cistos ou oocistos de pelo menos um parasita do que as amostras de couve (U = 216; Z = -3,45; P <0,001). As formas parasitárias foram identificadas morfologicamente ao nível de família com ovos de Ancylostomatidae, Strongyloididae, Ascarididae e Taeniidae ou oocistos de Eimeriidae, dos gêneros Cystoisospora sp. e Toxocara sp., e ao nível de espécies com Cystoisospora canis, Dipylidium caninum e Hymenolepis nana. A presença desses agentes infecciosos em alface e couve, provenientes tanto de feiras quanto de supermercados, ressalta o alto risco de veiculação de parasitas pela ingestão de hortaliças cruas comercializadas em Aparecida de Goiânia.


Subject(s)
Humans , Animals , Vegetables , Helminths , Brazil , Cities , Supermarkets
14.
Braz. j. biol ; 82: e241162, 2022. tab
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1278483

ABSTRACT

Abstract Canine visceral leishmaniasis (CVL) caused by Leishmania (Leishmania) infantum is transmitted by phlebotomine sandflies and a major zoonotic disease in Brazil. Due to the southward expansion of the disease within the country and the central role of dogs as urban reservoirs of the parasite, we have investigated the occurrence of CVL in two municipalities Erval Velho and Herval d'Oeste in the Midwest region of Santa Catarina state. Peripheral blood samples from 126 dogs were collected in both cities and tested for anti-L. infantum antibodies by indirect enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) and indirect immunofluorescence reaction (IIF) and for the presence of parasite DNA by polymerase chain reaction (PCR) in peripheral blood. From examined dogs, 35.71% (45/126) were positive for at least one of the three tests and two (1.6%) were positive in all performed tests. Twelve dogs (9.5%) were positive for both ELISA and IIF, while 21 dogs were exclusively positive for ELISA (16.7%), and 15 (11.9%) for IIF. L. infantum k-DNA was detected by PCR in 9 out of 126 dogs (7.1%) and clinical symptoms compatible with CVL were observed for 6 dogs. Taken together, these results indicate the transmission of CVL in this region, highlighting the needs for epidemiological surveillance and implementation of control measures for CVL transmission in this region.


Resumo A Leishmaniose Visceral Canina (LVC) causada pela Leishmania (Leishmania) infantum e transmitida por flebotomíneos e é uma das principais zoonoses do Brasil que se encontra em expansão em estados da região sul do país, sendo os cães o principal reservatório urbano do parasito. O presente estudo investigou a ocorrência de LVC em dois municípios, Erval Velho e Herval d'Oeste localizados no meio-oeste de Santa Catarina. Para tanto, amostras de sangue periférico de 126 cães foram coletadas em ambas as cidades e submetidas à detecção de anticorpos anti-L. infantum por meio de testes de ELISA e imunofluorescência indireta (IFI), bem com a detecção de k-DNA pela reação em cadeia de polimerase (PCR). Além disso, também foram observados os sintomas clínicos e as condições ambientais associadas a esses animais. Dos cães examinados, 35,7% (45/126) foram positivos para pelo menos um dos três testes, dois cães (1,6%) foram positivos em todos os três testes, 12 cães (9,5%) foram positivos tanto no ELISA quanto na IFI, enquanto 21 cães (16,7%) foram positivos para ELISA e 15 (11,9%) para o IFI. A amplificação do k-DNA de L. infantum foi positiva em 9 dos 126 cães (7,1%). Entre os cães positivos seis apresentaram um ou mais sintomas clínicos correlacionados com a LVC. Esses resultados confirmaram a ocorrência de LVC na região e destacaram a importância do monitoramento e implementação de medidas de controle para a LVC nessa região


Subject(s)
Animals , Dogs , Leishmania infantum , Dog Diseases/epidemiology , Leishmaniasis, Visceral/veterinary , Leishmaniasis, Visceral/epidemiology , Brazil/epidemiology , Cities
16.
Braz. j. biol ; 82: e238110, 2022. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1249261

ABSTRACT

Abstract Scorpionic accidents are a major public health problem due to the high occurrence with potential seriousness. In this manner, the research aimed to analyze the occurrence of scorpionic accidents in a municipality in the northeastern of Brazil. An exploratory, descriptive study was made, with a quantitative approach, using secondary data which was gotten from the Notifiable Diseases Information System (SINAN), from 2008 to 2018. Data such as neighborhood, presence of street markets were also used, and the existence of sanitation and climatic data such as temperature and season. Geoprocessing was used to identify possible changes in the environment. In the analyzed period, 9,330 cases of scorpion accidents were recorded, with an average of 848 annual notifications. Scorpionic accidents occurred more frequently in women (5,686; 60.94%). Individuals aged 20 to 29 years (1.727; 18.51%) were more frequent to scorpion stings. Regarding the body parts where the stings were made, the highlights were on the foot (3.515; 37.67%) followed by the hand (2.818; 30.20%). No statistically significant relation was observed between climatic factors and scorpionic accidents. However, the high number of cases of scorpionic accidents was observed in the last 11 years studied. It was evident that during the study period there was no statistical relationship when climatic factors were correlated to scorpionic accidents. On its turn, when it was verified the results of the geoprocessing analysis, it was seen that anthropic factors have been motivating the potentiation of the occurrence of these accidents.


Resumo Os acidentes escorpiônicos apresentam-se como um grande problema de saúde pública em virtude da grande ocorrência com potencial gravidade. Nesse sentido, o trabalho teve como objetivo analisar a ocorrência de acidentes escorpiônicos em um município do nordeste brasileiro. Foi realizado um estudo descritivo, de caráter exploratório, com abordagem quantitativa em que foram utilizados dados secundários obtidos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), no período de 2008 a 2018. Também foram utilizados dados como bairro, presença de feiras livres e a existência de saneamento básico e dados climáticos como temperatura e estação do ano. O geoprocessamento foi utilizado para identificar as possíveis alterações no ambiente. No período analisado, foram registrados 9,330 casos de acidentes com escorpião, com média de 848 notificações anuais. Os acidentes escorpiônicos ocorreram com mais frequência em mulheres (5,686; 60,94%). Em indivíduos na faixa etária de 20 a 29 anos (1,727; 18,51%) foram mais frequentes a picada de escorpião. Com relação ao local das picadas destacaram-se o pé (3,515; 37,67%), seguido da mão (2,818; 30,20%). Não foi observada relação estatisticamente significativa entre os fatores clímáticos e os acidentes escorpiônicos. Foi observado elevado número de casos de acidentes escorpiônicos nos últimos 11 anos estudados. Ficou evidente que durante o período de estudo não existiu relação estatística quando se correlacionou fatores climáticos aos acidentes escorpiônicos. Por sua vez, ao verificar os resultados da análise de geoprocessamento foi visto que fatores antrópicos têm sido motivadores da potencialização da ocorrência desses acidentes.


Subject(s)
Humans , Animals , Female , Scorpions , Accidents , Brazil/epidemiology , Retrospective Studies , Cities
17.
Braz. j. biol ; 82: e240484, 2022. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1249278

ABSTRACT

Abstract The Cautín River is closely related with the economic development of Temuco city, (38°S; Chile). Existing knowledge of the Cautín River is limited to information about its biological characteristics as a reference for the evaluation and assessment of water quality. The object of this study was to develop taxonomic characterisation of the benthic macroinvertebrates along the main course of the Cautín River, and to study the community structure using correlation analysis between community parameters. To carry out this research, the macroinvertebrate community was studied in 10 sampling sites distributed along the main course of the river. The samples were taken in summer (1997 and 2000), when optimal hydrological conditions existed. Analysis of the samples showed that the benthic fauna was composed of 56 taxa, the dominant group being insects with 48 taxa. Three main sectors were recognised in the course of the Cautín River: high, middle and low. Each sector has restricted-distribution species, while other species are widely distributed along the river. These distribution patterns seem to be influenced by dissolved oxygen concentration, temperature, altitudinal distribution and anthropo-cultural activity, present at every sampling site. Finally, this research provides a first approach to the biology of the Cautín River. Further studies could be planned on the basis of this knowledge to investigate water quality indicators based on macroinvertebrate communities.


Resumo O rio Cautín está intimamente relacionado ao desenvolvimento econômico da cidade de Temuco (38°S; Chile). Quanto ao conhecimento total do rio Cautín, existem informações limitadas sobre as características biológicas que podem servir de referência para a avaliação da qualidade da água. Este estudo tem o objetivo de caracterizar os macroinvertebrados bentônicos taxonomicamente ao longo do curso principal do rio Cautín e estudar a estrutura da comunidade usando análise de correlação entre os parâmetros dela. Para realizar esta pesquisa, a comunidade de macroinvertebrados foi estudada em dez locais de estudo distribuídos ao longo do rio principal. As amostras foram coletadas no verão (1997 e 2000), em razão das condições hidrológicas ideais. A análise das amostras mostrou que a fauna bentônica é composta de 56 táxons, sendo o grupo dominante o de insetos com 48 táxons. Na distribuição do principal no curso do rio, três setores são reconhecidos: alto, médio e baixo no rio Cautín. Cada setor possui espécies de distribuição restrita e outro com ampla distribuição ao longo do rio. Esses padrões de distribuição parecem influenciar a concentração de oxigênio dissolvido, a temperatura, a distribuição altitudinal e a atividade antropocultural desenvolvida em todos os locais de amostragem. Finalmente, esta pesquisa fornece uma primeira abordagem biológica do rio Cautín e, de acordo com esses conhecimentos, um estudo posterior pode ser planejado em relação aos indicadores de qualidade da água e com base nas comunidades de macroinvertebrados.


Subject(s)
Animals , Rivers , Invertebrates , Chile , Environmental Monitoring , Cities , Ecosystem
18.
Braz. j. biol ; 82: e238772, 2022. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1249276

ABSTRACT

Abstract Necrophagous flies are of great importance for human and animal health. In places where their development occurs, parasitoids can be used as a tool to control these dipterans. In Brazil, the fauna of these parasitoids has been investigated in some regions. However, in Rio Grande do Sul, it is known the occurrence of only one species. Thus, this study aimed to create the first list of parasitoids in flies of medical and veterinary importance in Southern Brazil. Collections took place in the municipality of Pelotas (31º 42' S; 52º 18' W). Three replicates consisting of a 500 g bovine liver chunk placed in a tray were exposed to open air for 20 days. Then pupae were individualized and observed until their emergence. We identified 4,882 adult flies of Calliphoridae, Fanniidae, Muscidae, and Sarcophagidae. 4,040 parasitoids emerged, belonging to eight species, of which Nasonia vitripennis, Spalangia cameroni, Spalangia chontalensis, and Tachinephagus zealandicus are new records in Rio Grande do Sul state. Also, three undescribed species of the genus Aphaereta were collected. In spite of being the first attempt to inventory the fauna of hymenopteran parasitoids, this study may help in the development of management programs of these dipterans in the region.


Resumo Moscas necrófagas possuem grande importância para a sanidade humana e animal. Onde estas se desenvolvem ocorrem parasitoides que podem ser utilizados como ferramentas para o controle desses dípteros. No Brasil, a fauna desses parasitoides vem sendo investigada em algumas regiões e no Rio Grande do Sul é conhecida a ocorrência de apenas uma espécie. Portanto, o objetivo deste estudo foi criar a primeira lista de espécies de parasitoides de moscas de importância médica e veterinária ocorrentes no extremo sul do Brasil. As coletas foram realizadas no município de Pelotas (31º 42' S; 52º 18' O). Foram montadas três réplicas de bandejas contendo, cada uma, 500 g de fígado bovino, expostas ao ar livre durante 20 dias. Na sequência, as pupas foram individualizadas e observadas até a emergência. Foram identificados 4.882 adultos pertencentes às famílias Calliphoridae, Fanniidae, Muscidae e Sarcophagidae. Emergiram 4.040 parasitoides, pertencentes a oito espécies, das quais Nasonia vitripennis, Spalangia cameroni, Spalangia chontalensis e Tachinephagus zealandicus são novas ocorrências para o Rio Grande do Sul. Foram coletadas três espécies ainda não descritas do gênero Aphaereta. Apesar de ainda ser um primeiro esforço de inventariar a fauna de himenópteros parasitoides, este estudo pode auxiliar no desenvolvimento de programas de manejos desses dípteros na região.


Subject(s)
Humans , Animals , Diptera , Hymenoptera , Pupa , Brazil , Cattle , Cities
19.
Rev. bras. estud. popul ; 39: e0185, 2022. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1357046

ABSTRACT

Esta pesquisa tem o objetivo de realizar uma investigação empírica sobre o tamanho ótimo dos municípios, isto é, a quantidade de habitantes que propicia o menor nível de despesas em relação ao PIB municipal, de modo que se obtenha escala econômica para otimização da aplicação dos recursos públicos. Este estudo analisa uma amostra de dados de 4.835 municípios com população inferior a 50.000 habitantes, que representam 89% do total de municípios brasileiros. A base de dados reúne informações de receitas e despesas municipais, extraídas do Finanças do Brasil - Dados Contábeis dos Municípios - Finbra 2010 e dados socioeconômicos do Censo Demográfico do IBGE 2010 e do PIB dos municípios do IBGE 2010. Os resultados empíricos indicam que o tamanho ótimo de população para um município brasileiro equivale aproximadamente a 31.667 habitantes por cidade, com base em métodos econométricos como mínimos quadrados ordinários com desvio padrão robusto. Esse porte populacional proporciona ganhos de escala na administração pública e confere maior autonomia local em relação ao governo central para ofertar bens públicos de qualidade.


This research aims to carry out an empirical investigation on the optimal size of the municipalities, that is, the number of inhabitants that offers the lowest level of expenditure in relation to the municipal GDP, obtaining an economic scale to provide the best level of public resources. This study analyzes a sample of data from 4.835 municipalities with a population of less than 50,000 inhabitants, which represent 89% of the total Brazilian municipalities. The database gathers information on municipal revenues and expenses extracted from Finance of Brazil - Accounting Data of Municipalities - FINBRA 2010, socioeconomic data from the 2010 IBGE Demographic Census and the municipalities GDP from the 2010 IBGE. The outcomes showed that the optimal population size for a Brazilian municipality is equivalent to 31.667 inhabitants per city, based on Ordinary Least Squares (OLS) with robust standards errors. This population size provides gains of scale in public administration and improves local autonomy in relation to the central government in order to offer quality public goods.


Esta investigación tiene como objetivo realizar una investigación empírica sobre el tamaño óptimo de los municipios, es decir, sobre el número de habitantes que proporciona el menor nivel de gasto en relación al producto bruto interno (PIB) municipal, de manera de obtener la escala económica para la optimización de la aplicación de recursos públicos. Para ello analiza una muestra de datos de 4835 municipios con una población de menos de cincuenta mil habitantes, lo que representa el 89 % de todos los municipios brasileños. La base de datos recopila información sobre ingresos y gastos municipales, extraídos de Finanzas de Brasil-Datos contables municipales-FINBRA 2010, datos socioeconómicos del censo demográfico del IBGE de 2010 y datos del PIB de los municipios en 2010. Los resultados empíricos informaron que el tamaño ideal de la población de un municipio brasileño es equivalente a aproximadamente 31.667 habitantes por ciudad, según métodos econométricos, como enteros cuadrados ordinarios con desviación estándar robusta. Este tamaño de población ofrece ganancias de escala en la administración pública y otorga mayor autonomía local en relación con el gobierno central para ofrecer bienes públicos de calidad.


Subject(s)
Humans , Brazil , Cities , Federalism , Empirical Research , Public Expenditures , Social Class , Censuses , Gross Domestic Product
20.
Ciênc. Saúde Colet ; 27(2): 493-502, Fev. 2022. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356062

ABSTRACT

Resumo Estudo quantitativo que analisou as mortes de mulheres por agressão nos 122 municípios que fazem parte da linha de fronteira brasileira. As fronteiras são territórios de conquista, conflito e violência, e nos municípios de fronteira brasileiros há taxas elevadas de homicídios masculinos e femininos. O objetivo do estudo foi quantificar as mortes femininas por agressão nesses municípios e identificar fatores a elas associados. As mortes femininas por agressão, consideradas um indicador indireto dos feminicídios, foram o desfecho de uma análise multivariada utilizando o modelo de Poisson. No período de 2000 a 2015, ocorreram 1.384 mortes de mulheres por agressão, representando uma taxa média de 5,8/100.000 mulheres; dessas, 181 eram indígenas (13%). Observou-se o padrão de distribuição desses óbitos, que aconteceram predominantemente no Arco Central, em municípios maiores e onde há mais migrantes. Há uma heterogeneidade nas taxas de violência nos municípios que fazem parte da linha de fronteira, indicando um olhar atento aos locais mais populosos, com alta presença de migração e taxas elevadas de mortes femininas por agressão. Mas também se recomenda atentar para municípios pequenos em que houve mudança de padrão, com elevação abrupta no número de assassinatos de mulheres.


Abstract This quantitative study analyzed female deaths due to agression in the 122 municipalities that are part of the Brazilian borderline. Borders are territories of conquest, conflict and violence and Brazilian border cities have high rates of male and female homicides. This study aimed to quantify female deaths from agression in border towns and identify factors associated with these deaths. Female deaths from agression are considered an indirect indicator of femicides and were the outcome of a multivariate analysis using the Poisson model. In the 2000-2015 period, 1,384 women died from agression, which represent a mean rate of 5.8/100,000 women; of these, 181 were in indigenous women (13%). We observed the pattern of distribution of these deaths, which occurred predominantly in the Central Arch, larger municipalities, and where there are more migrants. There is heterogeneity in the rates of violence in the municipalities that are part of the borderline, indicating a close look at the most populous places, with a high presence of migration and female deaths due to agression. However, we should also pay attention to the small municipalities where there has been a change in pattern, with an abrupt increase in the number of female murders.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Violence , Homicide , Brazil/epidemiology , Multivariate Analysis , Cities/epidemiology
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL