Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 249
Filter
1.
Rio de Janeiro; s.n; 2022. 71 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1392885

ABSTRACT

Esse trabalho pretende uma revisão da bibliografia sobre aspectos específicos da biologia do Aedes aegypti com relevância para ações de controle, com base nos manuais do Ministério da Saúde (MS). Procuramos lacunas técnicas frente ao conhecimento atual desse vetor na literatura especializada, tentando fornecer um quadro de referências e diretrizes técnicas para o planejamento e implementação de ações de vigilância, prevenção e controle de Ae. aegypti com base na estratificação de risco para apoiar a construção de possíveis cenários operacionais em nível local. Os cenários operacionais servem como referência para a seleção das ferramentas de controle de vetores mais apropriadas, visando tornar seu uso mais eficiente. A revisão dos manuais do MS pode permitir a sua atualização no futuro, com uma análise crítica dos novos conhecimentos e metodologias que ficaram disponíveis nos últimos anos. Para essa revisão foram escolhidos cinco tópicos chave: Bioecologia de Ae. aegypti e sua importância para fins de vigilância e controle; Vigilância entomológica; Controle vetorial; Cenários operacionais para abordar a vigilância e controle de Ae. aegypti; Estratificação de risco nos cenários. O conhecimento atual sobre esses tópicos foi levantado em diferentes bases de dados (Web of Science, SciELO e PUBMED). Além disso, os manuais do MS e da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), que são antigos e não possuem versão digital, foram digitalizados e serão disponibilizados para o público em site do ProgramaEssa revisão, bem como seus desdobramentos, visa, principalmente: sugerir aos gestores levarem em conta cenários operacionais que se formam nas ocorrências de vetores; utilizar esses cenários como referência para a seleção das ferramentas de controle de vetores mais apropriadas e seu uso mais eficiente, baseados em fatos entomológicos e epidemiológicos locais; orientar os profissionais da ponta a colaborar na tomada de decisão dos gestores municipais quanto a efetividade do uso das melhores metodologias e tecnologias disponíveis, que mais se adequem à situação de risco apresentada e à disponibilidade de recursos, de forma racional, acarretando melhor custo/benefício para os municípios e em prol da saúde de sua população. (AU)


In this work we proposed the literature review on specific aspects of Aedes aegypti biology that are relevant to control actions, based on the Brazilian Ministry of Health manuals. We looked for technical gaps in relation to the current knowledge on this vector in the specialized literature and provided a reference framework and guidelines in techniques for the planning and implementation of surveillance, prevention, and control actions against Ae. aegypti that are based on risk stratification to support the construction of possible local operational scenarios. Operational scenarios may serve as a reference for selecting the most appropriate vector control tools and their most efficient use. The revision of the Ministry of Health manuals suggested a necessity for updating them in the future, with a critical analysis of the new knowledge and methodologies that became available in the recent years. For this review five key topics were chosen: Aedes aegypti Bioecology and its importance for surveillance and control purposes; Entomological surveillance; Vector control; Operational scenarios for addressing Aedes aegypti surveillance and control; Risk stratification in scenarios. Current knowledge on these topics was gathered from different databases (Web of Science, Scielo and PUBMED). In addition, the manuals of Brazilian Ministry of Health and FUNASA (National Health Foundation), which exist only in print, were scanned, and will be made digitally available to the public on a website. This review, as well as its developments, suggests that field agents may take into account operational scenarios that form in vector occurrences. These scenarios may serve as a reference for the selection of the most appropriate vector control tools and their best use based on local entomological and epidemiological factsThis may improve decision-making to use the best available methodology and technology, which suit better their risk situation and resource availability, in a rational, cost-effective strategy for the health improvement of different urban populations.(AU)


Subject(s)
Arbovirus Infections , Mosquito Control , Data Collection , Aedes , Vector Control of Diseases , Surveillance in Disasters , Contingency Plans , Public Health Surveillance
2.
Rev. adm. pública (Online) ; 55(6): 1355-1368, nov.-dez. 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1356844

ABSTRACT

Resumo O desafio desta pesquisa é responder quais elementos caracterizam os fatores contingenciais no setor público e como eles influenciam o desempenho socioeconômico municipal. As principais hipóteses testadas neste estudo analisam se os fatores contingenciais ambiente (contexto externo), tecnologia (processos), estrutura (investimentos) e porte (tamanho) têm influência sobre o desempenho socioeconômico dos governos locais. Para tanto, uma pesquisa documental foi realizada junto aos 399 municípios paranaenses, totalizando 1.995 observações relativas ao período de 2013 a 2017, o que corresponde a um ciclo orçamentário completo. Para a análise dos dados, aplicou-se uma regressão linear múltipla com dados em painel. Os resultados revelam que os fatores contingenciais "ambiente" e "porte" afetam positivamente os resultados socioeconômicos, enquanto "tecnologia" apresenta influência negativa e "estrutura" não apresentou resultados significantes. Com base nesses resultados, conclui-se que os fatores externos, aqueles não controláveis pelos gestores, são os que melhor explicam o comportamento do desempenho socioeconômico dos governos locais investigados. Assim, cabe aos gestores implantar políticas públicas capazes de interferir em seu ambiente e incentivar um porte que contribua para o desempenho socioeconômico e atenda aos objetivos da população. De igual modo, os resultados apresentam implicações teóricas, pois contribuem para a literatura no sentido de acrescentar ao fluxo da pesquisa, fundamentada na Teoria da Contingência, elementos que caracterizam contingências no setor público, no âmbito municipal, como observatório social, grau de dependência, planejamento orçamentário, capacidades do órgão público em manter suas despesas correntes, estrutura de pessoal e de investimentos e porte considerando a receita do município.


Resumen El desafío de esta investigación es responder qué elementos caracterizan los factores de contingencia en el sector público y cómo influyen estos elementos en el desempeño socioeconómico municipal. Las principales hipótesis probadas en este estudio analizan si los factores de contingencia entorno (contexto externo), tecnología (procesos), estructura (inversiones) y porte (tamaño) influyen en el desempeño socioeconómico de los gobiernos locales. Para ello, se realizó una investigación documental con los 399 municipios del estado de Paraná, totalizando 1.995 observaciones para el período de 2013 a 2017, lo que corresponde a un ciclo presupuestario completo. Para el análisis de los datos se aplicó una regresión lineal múltiple con datos de panel. Los resultados revelan que los factores de contingencia entorno y porte inciden positivamente en los resultados socioeconómicos, mientras que el factor tecnología influye negativamente y el factor estructura no mostró resultados significativos. A partir de estos resultados se concluye que los factores externos, no controlables por los gestores, son los que mejor explican el comportamiento del desempeño socioeconómico de los gobiernos locales investigados. Así, corresponde a los gestores implementar políticas públicas capaces de interferir en su entorno y propiciar un porte que contribuya al desempeño socioeconómico y cumpla con los objetivos de la población. Asimismo, los resultados también tienen implicaciones teóricas, ya que aportan a la literatura en el sentido de sumar elementos que caracterizan las contingencias en el sector público, a nivel municipal, al flujo de investigación basada en la Teoría de la Contingencia, como el observatorio social, grado de dependencia, planificación presupuestaria, capacidades de la agencia pública para mantener sus gastos corrientes, estructura de personal e inversión y porte considerando los ingresos del municipio.


Abstract This research aims to identify which elements characterize the contingency factors in the public sector and how these elements influence municipal socioeconomic performance. The main hypotheses tested in this study analyze whether the contingency factors environment (external context), technology (processes), structure (investments), and size (population and revenues) influence the socioeconomic performance of local governments. We conducted documentary research with the 399 municipalities of Paraná, totaling 1,995 observations for the period from 2013 to 2017, which corresponds to a complete budget cycle. For data analysis, multiple linear regression with panel data was applied. The results reveal that the contingent factors environment and size positively affect the socioeconomic results, while technology has a negative influence and structure did not present significant results. Based on these results, we conclude that external factors, those not controllable by the managers, best explain the socioeconomic performance of the investigated local governments. Thus, managers need to implement public policies capable of impacting their environment and work towards achieving a population size able to improve socioeconomic performance and meets the population's objectives. As for theoretical implications, this study contributes to the literature by adding elements that characterize contingencies in the public sector, at the municipal level, to the flow of research based on contingency theory, such as social observatory, degree of dependence, budget planning, capacities of the public agency to maintain current expenses, personnel, and investment structure and size, when considering the municipality's revenue.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Socioeconomic Factors , Linear Models , Public Sector , Contingency Plans , Local Government
4.
Brasília; Brasil. Ministério da Saúde; 2021. ilus, mapas.
Monography in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-1373492

ABSTRACT

O Plano de Contingência para Resposta às Emergências em Saúde Pública: febre amarela (2ª edição) incorpora experiências e aprendizados históricos, bem como aqueles recentemente vividos durante a reemergência extra-amazônica entre 2014-2021, quando foram registrados os maiores surtos de FA silvestre da história do Brasil. Assim, constitui material de referência para a estruturação das ações e estratégias de vigilância e resposta à Emergência em Saúde Pública (ESP) por FA, a serem adotadas em todos os níveis de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) (municipal, estadual e federal), com vistas à redução do risco de transmissão e da morbimortalidade pela doença no País.


Subject(s)
Yellow Fever/epidemiology , Contingency Plans , Public Health Surveillance/methods , Yellow Fever/prevention & control , Unified Health System , Brazil/epidemiology
5.
Florianópolis; Secretaria de Estado de Saúde; 1. rev. e atual; 2021. 108 p. ilus, tab.
Monography in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, Educa, CONASS, SES-SC | ID: biblio-1247518

ABSTRACT

Este livro tem como objetivo, apresentar recomendações relevantes sobre a atuação da Atenção Primária como coordenadora do cuidado e coordenadora da Rede de Atenção à Saúde, no manejo clínico da Covid-19 no estado de Santa Catarina. Ao longo do ano de 2020 e 2021, Santa Catarina vem desenvolvendo ações para o enfrentamento da pandemia da Covid-19 com atividades intersetoriais coordenadas pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES). Tal enfrentamento pressupõe alterações na forma como os cuidados de saúde são prestados e a reorganização de toda a Rede de Atenção à Saúde (RAS) para o atendimento das necessidades de saúde da população. Como coordenadora do cuidado e ordenadora da RAS, a Atenção Primária à Saúde (APS) atua diretamente nesse enfrentamento, sendo porta de entrada da atenção à saúde e realizando o atendimento às pessoas com quadro suspeito de Covid-19 em todos os espectros de gravidade. A linha de cuidado para essa abordagem envolve desde o diagnóstico precoce, ao manejo de sintomas, a identificação de sinais de alerta para agravamento do quadro, a internação e a reabilitação após a alta hospitalar. Nesse enfoque, o livro digital oferece a oportunidade de rever as recomendações e outros documentos oficiais relevantes sobre a atuação da APS no manejo das síndromes gripais em RAS. O desafio é oferecer subsídios para os profissionais de saúde aperfeiçoarem sua prática nos serviços e garantir o cuidado no contexto da pandemia, respondendo às situações de saúde já existentes e aquelas que se apresentam a cada dia.


Subject(s)
Humans , Primary Health Care , Risk Groups , Contingency Plans , COVID-19 Vaccines , COVID-19/prevention & control , Severity of Illness Index , Comorbidity , Training Courses , Professional Training , COVID-19/diagnosis , COVID-19/psychology , COVID-19/epidemiology
6.
Rev. enferm. UERJ ; 28: e55415, jan.-dez. 2020.
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1146355

ABSTRACT

Objetivo: analisar o plano de contingência para infecção humana pelo Covid-19 e apresentar um modelo conceitual de gestão de risco para o Covid-19. Método: estudo de avaliação executiva, com análise seguindo os passos: Descrição da política; diagnóstico do problema; desenho da política; implementação; governança; resultados e impactos; que permitiu estabelecer o panorama geral acerca do Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo novo Coronavírus. Resultados: foram utilizados os passos metodológicos para apontar pontos positivos e fragilidades do plano de contingência e a construção de um modelo conceitual sobre a gestão de risco para o COVID-19. Conclusão: o cenário nacional enriquecido de condições socioambientais desfavoráveis, expõe o quão é vulnerável a nossa população e o sistema de saúde. Além disso, o estudo apontou para déficits de pessoal, materiais e preparação prévia para situações de risco como fatores a serem tratados dentro do processo de mitigação dos riscos.


Objective: to examine the contingency plan for human infection by Covid-19 and present a conceptual model of risk management for Covid-19. Method: in this executive evaluation study, the analysis followed the steps: policy description; problem diagnosis; policy design; implementation; governance; results and impacts; to establish an overall panorama of the National Human Infection Contingency Plan for the new Coronavirus. Results: the methodological steps were used to highlight the strengths and weaknesses of the contingency plan, and to construct a conceptual model of risk management for COVID-19. Conclusion: the scenario in Brazil, enhanced by unfavorable socio-environmental conditions, exposed how vulnerable its population and the health system are. The study also indicated that deficits in personnel, material and prior preparation for risk situations were factors to be addressed in the risk mitigation process.


Objetivo: examinar el plan de contingencia para la infección humana por Covid-19 y presentar un modelo conceptual de gestión de riesgos para Covid-19. Método: en este estudio de evaluación ejecutiva, el análisis siguió los pasos: descripción de la política; diagnóstico de problemas; diseño de políticas; implementación; gobernancia; resultados e impactos; Establecer un panorama general del Plan Nacional de Contingencia de Infección Humana por el nuevo Coronavirus. Resultados: los pasos metodológicos se utilizaron para resaltar las fortalezas y debilidades del plan de contingencia y para construir un modelo conceptual de gestión de riesgos para COVID-19. Conclusión: el escenario en Brasil, potenciado por condiciones socioambientales desfavorables, expuso la vulnerabilidad de su población y el sistema de salud. El estudio también indicó que los déficits en personal, material y preparación previa para situaciones de riesgo fueron factores a ser abordados en el proceso de mitigación de riesgos.


Subject(s)
Risk Management/standards , Coronavirus Infections/epidemiology , Contingency Plans , Pandemics , Betacoronavirus , Public Health Administration , Brazil
7.
São Miguel do Tocantins; [S.n]; 5; 27 ago. 2020. 104 p.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-TO | ID: biblio-1140088

ABSTRACT

Orienta na campanha para ações de combate ao Coronavírus (Covid-19) no município de São Miguel do Tocantins. Apresenta quais as definições de casos de infecção humana pelo COVID-19. Orientações de como notificar ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS). Quais os períodos de incubação da doença. Fatores sobre a transmissão e tratamento. Investigação epidemiológica. Quais atribuições da Vigilância em Saúde. Orientações para a coleta de amostras no Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (LACEN-TO) bem como a técnica de coleta de Swabde nasofaringe e orofaringe (swabs combinados), o acondicionamento, transporte e envio das amostras. Traz as recomendações para a coleta de amostras em situação de óbito. Mostra as medidas de prevenção e controle Precauções padrão, as medidas de isolamento. Transporte do paciente. Como se dá a Limpeza e desinfecção de superfícies.


He guides in the campaign for actions to combat the Coronavirus (Covid-19) in the municipality of São Miguel do Tocantins. It presents the definitions of cases of human infection by COVID-19. Guidelines on how to notify the Health Surveillance Strategic Information Center (CIEVS). What are the disease incubation periods. Factors about transmission and treatment. Epidemiological investigation. Which attributions of Health Surveillance. Guidelines for the collection of samples at the Central Laboratory of Public Health of Tocantins (LACEN-TO) as well as the technique of collecting Swabde nasopharynx and oropharynx (combined swabs), packaging, transport and sending of samples . It provides recommendations for the collection of samples in situations of death. Shows prevention and control measures Standard precautions, isolation measures. Transporting the patient. How to clean and disinfect surfaces.


Orienta en la campaña de acciones para combatir el Coronavirus (Covid-19) en el municipio de São Miguel do Tocantins. Presenta las definiciones de casos de infección humana por COVID-19. Directrices sobre cómo notificar al Centro de Información Estratégica de Vigilancia Sanitaria (CIEVS). Cuáles son los períodos de incubación de la enfermedad. Factores de transmisión y tratamiento. Investigación epidemiológica. Qué atribuciones de la Vigilancia Sanitaria. Lineamientos para la recolección de muestras en el Laboratorio Central de Salud Pública de Tocantins (LACEN-TO) así como la técnica de recolección de Swabde nasofaringe y orofaringe (hisopos combinados), el empaque, transporte y envío de las muestras . Proporciona recomendaciones para la recolección de muestras en situaciones de muerte. Muestra medidas de prevención y control Precauciones estándar, medidas de aislamiento. Transporte del paciente. Cómo limpiar y desinfectar superficies.


Il guide dans la campagne d'actions de lutte contre le Coronavirus (Covid-19) dans la municipalité de São Miguel do Tocantins. Il présente les définitions des cas d'infection humaine par COVID-19. Lignes directrices sur la notification du Centre d'information stratégique de surveillance sanitaire (CIEVS). Quelles sont les périodes d'incubation de la maladie. Facteurs de transmission et de traitement. Enquête épidémiologique. Quelles attributions de Surveillance de la Santé. Directives pour le prélèvement d'échantillons au Laboratoire Central de Santé Publique de Tocantins (LACEN-TO) ainsi que la technique de prélèvement Swabde rhinopharynx et oropharynx (écouvillons combinés), emballage, transport et envoi des échantillons . Il fournit des recommandations pour le prélèvement d'échantillons en cas de décès. Affiche les mesures de prévention et de contrôle Précautions standard, mesures d'isolement. Transport du patient. Comment nettoyer et désinfecter les surfaces.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/prevention & control , Communicable Disease Control , Coronavirus Infections/prevention & control , Contingency Plans , Comorbidity , Quarantine , Infectious Disease Incubation Period , Personal Protective Equipment/supply & distribution
10.
s.l; Paraná (Estado). Secretaria de Estado; jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-1102899

ABSTRACT

O Plano de Contingência é um documento elaborado com o intuito de auxiliar o Estado do Paraná na resposta ao enfrentamento da pandemia pelo coronavírus, originada na cidade de Wuhan, na China, no final do ano de 2019. O vírus SARS CoV-2, causador da Doença COVID-19, pode determinar sérios danos à saúde das pessoas e à economia dos entes federados. Neste Plano estão definidas as responsabilidades da Secretaria de Estado e Secretarias Municipais de Saúde, em parceria com o Ministério da Saúde, na organização necessária para gestão e funcionamento dos serviços de saúde, de modo a atender as situações de emergência relacionadas à circulação do vírus no Paraná. O documento visa a integralidade das ações na prevenção e monitoramento da doença, bem como na assistência à saúde da população. As ações em andamento e as que serão implementadas devem promover a assistência adequada às pessoas, com sensível e oportuna atuação da vigilância em saúde, bem como ações de informação e comunicação. Para tanto, é necessário que os municípios mantenham seus planos de contingência atualizados, contemplando a realidade local para planejamento e organização de ações. Estas diretrizes têm por objetivo colaborar com os serviços de saúde na mitigação dos processos epidêmicos, comunicação de risco e na redução da morbimortalidade por COVID-19. As equipes de saúde no Sistema Único de Saúde (SUS) já desenvolvem diversas atividades de rotina e deverão dar sustentação às ações definidas neste Plano de Contingência.


Subject(s)
Pneumonia, Viral , Coronavirus Infections/prevention & control , Coronavirus Infections/epidemiology , Contingency Plans , Public Health Surveillance , Sanitary Control of Airports and Aircrafts , Sanitary Control of Harbors and Crafts , Sanitary Control of Borders , Consumer Health Information/methods , Health Communication/methods
11.
Campo Grande; s.n; jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-1103518

ABSTRACT

Em 29 de dezembro de 2019, um hospital em Wuhan admitiu quatro pessoas com pneumonia e reconheceu que as quatro haviam trabalhado no Mercado Atacadista de Frutos do Mar de Huanan, que vende aves vivas, produtos aquáticos e vários tipos de animais selvagens ao público. O hospital relatou essa ocorrência ao Centro de Controle de Doenças (CDCChina) e os epidemiologistas de campo da China (FETP-China) encontraram pacientes adicionais vinculados ao mercado e, em 30 de dezembro, as autoridades de saúde da província de Hubei notificaram esse cluster ao CDC da China. A partir desse momento uma série de ações foi adotada, culminando com a ativação no dia 22 de janeiro de 2020 do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE- COVID-19), do Ministério da Saúde (MS) coordenado pela Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), com o objetivo de nortear a atuação do MS na resposta à possível emergência de saúde pública, buscando uma atuação coordenada no âmbito do SUS. O Brasil adota a ferramenta de classificação de emergência em três níveis, seguindo a mesma linha utilizada globalmente na preparação e resposta em todo o mundo. Portanto, Secretarias de Saúde dos Municípios, Estados e Governo Federal, bem como serviços de saúde pública ou privada, agências, empresas devem ter o plano nacional como norteador de seus próprios planos de contingência e suas medidas de resposta. Toda medida deve ser proporcional e restrita aos riscos vigentes. Este documento apresenta o Plano de Contingência Estadual para Infecção Humana pelo Coronavírus (COVID-19) para Mato Grosso do Sul, em caso de surto de COVID-19 e define o nível de resposta e a estrutura de comando correspondente a ser configurada, em cada nível de resposta.


Subject(s)
Humans , Coronavirus Infections/prevention & control , Coronavirus Infections/transmission , Coronavirus Infections/epidemiology , Contingency Plans , Public Health Surveillance/methods , Brazil , Sanitary Control of Airports and Aircrafts , Sanitary Control of Harbors and Crafts , Sanitary Control of Borders
13.
Palmas; Secretaria de Estado da Saúde; 26 jun. 2020. 167 p.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-TO | ID: biblio-1140165

ABSTRACT

Orienta na campanha para ações de combate ao Coronavírus (Covid-19) no estado do Tocantins. Apresenta quais as definições de casos de infecção humana pelo COVID-19. Orientações de como notificar ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS). Quais os períodos de incubação da doença. Fatores sobre a transmissão e tratamento. Investigação epidemiológica. Quais atribuições da Vigilância em Saúde. Orientações para a coleta de amostras no Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (LACEN-TO) bem como a técnica de coleta de Swabde nasofaringe e orofaringe (swabs combinados), o acondicionamento, transporte e envio das amostras. Traz as recomendações para a coleta de amostras em situação de óbito. Mostra as medidas de prevenção e controle Precauções padrão, as medidas de isolamento. Transporte do paciente. Como se dá a Limpeza e desinfecção de superfícies.


Guides in the campaign for actions to combat Coronavirus (Covid-19) in the state of Tocantins. It presents the definitions of cases of human infection by COVID-19. Guidelines on how to notify the Health Surveillance Strategic Information Center (CIEVS). What are the disease incubation periods. Factors about transmission and treatment. Epidemiological investigation. Which attributions of Health Surveillance. Guidelines for the collection of samples at the Central Laboratory of Public Health of Tocantins (LACEN-TO) as well as the technique of collecting Swabde nasopharynx and oropharynx (combined swabs), packaging, transport and sending of samples . It provides recommendations for the collection of samples in situations of death. Shows prevention and control measures Standard precautions, isolation measures. Transporting the patient. How to clean and disinfect surfaces.


Guías en la campaña de acciones para combatir el Coronavirus (Covid-19) en el estado de Tocantins. Presenta las definiciones de casos de infección humana por COVID-19. Directrices sobre cómo notificar al Centro de Información Estratégica de Vigilancia Sanitaria (CIEVS). Cuáles son los períodos de incubación de la enfermedad. Factores de transmisión y tratamiento. Investigación epidemiológica. Qué atribuciones de la Vigilancia Sanitaria. Lineamientos para la recolección de muestras en el Laboratorio Central de Salud Pública de Tocantins (LACEN-TO) así como la técnica de recolección de Swabde nasofaringe y orofaringe (hisopos combinados), el empaque, transporte y envío de las muestras . Proporciona recomendaciones para la recolección de muestras en situaciones de muerte. Muestra medidas de prevención y control Precauciones estándar, medidas de aislamiento. Transporte del paciente. Cómo limpiar y desinfectar superficies.


Guides dans la campagne d'actions de lutte contre le Coronavirus (Covid-19) dans l'état de Tocantins. Il présente les définitions des cas d'infection humaine par COVID-19. Lignes directrices sur la notification du Centre d'information stratégique de surveillance sanitaire (CIEVS). Quelles sont les périodes d'incubation de la maladie. Facteurs de transmission et de traitement. Enquête épidémiologique. Quelles attributions de Surveillance de la Santé. Directives pour le prélèvement d'échantillons au Laboratoire Central de Santé Publique de Tocantins (LACEN-TO) ainsi que la technique de prélèvement Swabde rhinopharynx et oropharynx (écouvillons combinés), emballage, transport et envoi des échantillons . Il fournit des recommandations pour le prélèvement d'échantillons en cas de décès. Affiche les mesures de prévention et de contrôle Précautions standard, mesures d'isolement. Transport du patient. Comment nettoyer et désinfecter les surfaces.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/prevention & control , Coronavirus Infections/prevention & control , Contingency Plans , Pandemics/prevention & control , Patient Isolation , Specimen Handling , Comorbidity , Quarantine , Communicable Disease Control , Infectious Disease Incubation Period , Personal Protective Equipment/supply & distribution
14.
s.l; s.n; jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-1103444

ABSTRACT

Diante da Emergência em Saúde Pública declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na data de 30 de janeiro do ano corrente, por doença respiratória causada pelo agente novo coronavírus (COVID-19), conforme casos detectados na China, e considerando-se as recomendações da OMS, a Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul (SES/RS) definiu a ativação do Centro de Operação de Emergência (COE) COVID-19. Este documento apresenta o Plano de Contingência Estadual, o qual está em consonância com o Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo novo Coronavírus, que definem o nível de resposta e a estrutura de comando correspondente a ser configurada, em cada esfera e nível de complexidade. A estruturação da resposta em três níveis é geralmente usada em planos de preparação e resposta em todo o mundo. Deste modo, seguimos a recomendação do Ministério da Saúde (MS). Toda medida deve ser proporcional e restrita aos riscos.(AU)


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/prevention & control , Coronavirus Infections/prevention & control , Coronavirus Infections/epidemiology , Contingency Plans , Public Health Surveillance , Sanitary Control of Airports and Aircrafts , Sanitary Control of Harbors and Crafts , Sanitary Control of Borders
16.
Araguaçu; [S.n]; 5 maio 2020. 37 p.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-TO | ID: biblio-1123396

ABSTRACT

Orienta na campanha para ações de combate ao Coronavírus (Covid-19) no município de Araguaçu no Tocantins. Apresenta quais as definições de casos de infecção humana pelo COVID-19. Orientações de como notificar ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS). Quais os períodos de incubação da doença. Fatores sobre a transmissão e tratamento. Investigação epidemiológica. Quais atribuições da Vigilância em Saúde. Orientações para a coleta de amostras no Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (LACEN-TO) bem como a técnica de coleta de Swabde nasofaringe e orofaringe (swabs combinados), o acondicionamento, transporte e envio das amostras. Traz as recomendações para a coleta de amostras em situação de óbito. Mostra as medidas de prevenção e controle Precauções padrão, as medidas de isolamento. Transporte do paciente. Como se dá a Limpeza e desinfecção de superfícies. Quais as atribuições das unidades hospitalares quanto aos cuidados com o paciente.


Guides in the campaign for actions to combat Coronavirus (Covid-19) in the municipality of Araguaçu in Tocantins. It presents the definitions of cases of human infection by COVID-19. Guidelines on how to notify the Health Surveillance Strategic Information Center (CIEVS). What are the disease incubation periods. Factors about transmission and treatment. Epidemiological investigation. Which attributions of Health Surveillance. Guidelines for the collection of samples at the Central Laboratory of Public Health of Tocantins (LACEN-TO) as well as the technique of collecting Swabde nasopharynx and oropharynx (combined swabs), packaging, transport and sending of samples . It provides recommendations for the collection of samples in situations of death. Shows prevention and control measures Standard precautions, isolation measures. Transporting the patient. How to clean and disinfect surfaces. What are the attributions of hospital units regarding patient care.


Guías en la campaña de acciones de combate al Coronavirus (Covid-19) en el municipio de Araguaçu en Tocantins. Presenta las definiciones de casos de infección humana por COVID-19. Directrices sobre cómo notificar al Centro de Información Estratégica de Vigilancia Sanitaria (CIEVS). Cuáles son los períodos de incubación de la enfermedad. Factores de transmisión y tratamiento. Investigación epidemiológica. Qué atribuciones de la Vigilancia Sanitaria. Lineamientos para la recolección de muestras en el Laboratorio Central de Salud Pública de Tocantins (LACEN-TO) así como la técnica de recolección de Swabde nasofaringe y orofaringe (hisopos combinados), el empaque, transporte y envío de las muestras . Proporciona recomendaciones para la recolección de muestras en situaciones de muerte. Muestra medidas de prevención y control Precauciones estándar, medidas de aislamiento. Transporte del paciente. Cómo limpiar y desinfectar superficies. Cuáles son las atribuciones de las unidades hospitalarias en cuanto a la atención al paciente.


Guides de la campagne d'actions de lutte contre le Coronavirus (Covid-19) dans la municipalité d'Araguaçu à Tocantins. Il présente les définitions des cas d'infection humaine par COVID-19. Lignes directrices sur la manière de notifier le Centre d'information stratégique de surveillance sanitaire (CIEVS). Quelles sont les périodes d'incubation de la maladie. Facteurs de transmission et de traitement. Enquête épidémiologique. Quelles attributions de la Surveillance de la Santé. Directives pour le prélèvement d'échantillons au Laboratoire Central de Santé Publique de Tocantins (LACEN-TO) ainsi que la technique de prélèvement de Swabde nasopharynx et oropharynx (écouvillons combinés), l'emballage, le transport et l'envoi des échantillons . Il fournit des recommandations pour le prélèvement d'échantillons en cas de décès. Affiche les mesures de prévention et de contrôle Précautions standard, mesures d'isolement. Transport du patient. Comment nettoyer et désinfecter les surfaces. Quelles sont les attributions des unités hospitalières en matière de soins aux patients.


Subject(s)
Secondary Care/organization & administration , Coronavirus Infections/prevention & control , Contingency Plans , Specimen Handling/methods , Serologic Tests , Disinfection/standards , Personal Protective Equipment/supply & distribution
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL