Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 131
Filter
1.
Neotrop. ichthyol ; 14(1)2016. mapas, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-794415

ABSTRACT

Functional traits are important for understanding the links between species occurrence and environmental conditions. Identifying these links makes it possible to predict changes in species composition within communities under specific environmental conditions. We used functional traits related to habitat use and trophic ecology in order to assess the changes in fish community composition between streams with varying habitat structure. The relationship between the species traits and habitat characteristics was analyzed using an RLQ ordination analysis. Although species were widely distributed in habitats with different structures, physical conditions did favor some species based on their functional characteristics. Eight functional traits were found to be associated with stream habitat structure, allowing us to identify traits that may predict the susceptibility of fish species to physical habitat degradation.


Os atributos funcionais são importantes para entender a ligação entre ocorrência das espécies e condições ambientais, permitindo predizer sobre as mudanças na composição de espécies em comunidades submetidas a condições ambientais específicas. Utilizamos atributos funcionais relacionados com o uso de habitat e ecologia trófica para avaliar as mudanças na composição de espécies de peixes em riachos com diferenças na estrutura física. O relacionamento entre os atributos das espécies e as variáveis ambientais foi avaliado por meio da análise de ordenação RLQ. Embora algumas espécies tenham sido amplamente distribuídas em hábitats com diferentes características, outras foram restritas por essas condições e este relacionamento está associado com as características morfológicas. Oito atributos funcionais foram capazes de detectar as variações na estrutura física do hábitat em riachos, permitindo a identificação de atributos que podem predizer a suscetibilidade das espécies de peixes para a degradação física do hábitat.


Subject(s)
Animals , Ecosystem/analysis , Fishes/anatomy & histology , Fishes/growth & development , Geomorphology
2.
Neotrop. ichthyol ; 14(2)2016. ilus, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-796527

ABSTRACT

Baryancistrus xanthellus is a species from the Ancistrini tribe known commonly as "amarelinho " or "golden nugget pleco". It is one of the most popular and valued ornamental fishes due to its color pattern. Also, it is an endemic species from the Xingu River occurring from Volta Grande do Xingu, region where the Belo Monte Hydropower Dam is being built, to São Félix do Xingu. The current study aimed to cytogenetically characterize B. xanthellus . Results point to the maintenance of 2n=52, which is considered the most common condition for the tribe, and a single nucleolus organizer region (NOR). Mapping of the 18S rDNA confirmed the NOR sites, and the 5S rDNA was mapped in the interstitial position of a single chromosome pair. The 18S and 5S rDNA located in different pairs constitute an apomorphy in Loricariidae. Large blocks of heterochromatin are present in pairs 1 and 10 and in the regions equivalent to NOR and the 5S rDNA. Data obtained in this study corroborated with the currently accepted phylogenetic hypothesis for the Ancistrini and demonstrate evidence that the genus Baryancistrus occupies a basal position in the tribe.


Baryancistrus xanthellus é uma espécie da tribo Ancistrini conhecida popularmente como "amarelinho" ou "cascudo pepita de ouro". É um dos peixes ornamentais mais populares e valorizados, devido aos padrões de cor. Também é uma espécie endêmica do rio Xingu, ocorrendo a partir da Volta Grande do Xingu, região onde a Usina Hidrelétrica de Belo Monte está sendo construída, até São Félix do Xingu. O presente estudo teve como objetivo caracterizar citogeneticamente B. xanthellus . Os resultados apontam para a manutenção do 2n=52, considerado a condição mais comum para a tribo, e região organizadora de nucléolo (RON) simples. O mapeamento do DNAr 18S confirmou a marcação da RON e o DNAr 5S foi localizado na posição intersticial de apenas um par cromossômico. A localização dos DNAr 18S e 5S em diferentes pares configura uma apomorfia em Loricariidae. Grandes blocos de heterocromatina estão presentes nos pares 1 e 10 e nas regiões equivalentes à RON e ao DNAr 5S. Os dados obtidos neste estudo corroboram a hipótese filogenética atualmente mais aceita para Ancistrini e demonstram evidências que o gênero Baryancistrus ocupa uma posição basal na tribo.


Subject(s)
Animals , Cytogenetic Analysis/classification , Cytogenetic Analysis/veterinary , Catfishes/genetics , Ecosystem/analysis
3.
Neotrop. ichthyol ; 13(3): 579-590, July-Sept. 2015. tab, ilus
Article in English | LILACS | ID: lil-760454

ABSTRACT

The functional structure of communities is commonly measured by the variability in functional traits, which may demonstrate complementarity or redundancy patterns. In this study, we tested the influence of environmental variables on the functional structure of fish assemblages in Amazonian streams within a deforestation gradient. We calculated six ecomorphological traits related to habitat use from each fish species, and used them to calculate the net relatedness index (NRI) and the nearest taxon index (NTI). The set of species that used the habitat differently (complementary or overdispersed assemblages) occurred in sites with a greater proportion of forests. The set of species that used the habitat in a similar way (redundant or clustered assemblages) occurred in sites with a greater proportion of grasses in the stream banks. Therefore, the deforestation of entire watersheds, which has occurred in many Amazonian regions, may be a central factor for the functional homogenization of fish fauna.


A estrutura funcional das comunidades é comumente medida através da variabilidade nos traços funcionais, que pode demonstrar padrões de complementaridade ou redundância. Testamos a influência de variáveis ambientais na estrutura funcional de peixes de riachos Amazônicos ao longo do gradiente de desmatamento. Para cada espécie, calculamos seis traços ecomorfológicos relacionados ao uso do hábitat e usamos esses traços para calcular o índice de proximidade de táxon (NRI) e o índice do táxon mais próximo (NTI). Os conjuntos de espécies que usam o hábitat de modo distinto (comunidades complementares) ocorreram em trechos de microbacias com maior proporção de florestas, e os conjuntos de espécies que utilizam o hábitat de forma similar (comunidades redundantes) ocorreram em trechos com maior proporção de gramíneas nas margens. Portanto, o desmatamento de microbacias inteiras, como vem acontecendo em muitas regiões Amazônicas, pode ser o fator principal para a homogeneização funcional da ictiofauna.


Subject(s)
Animals , Ecosystem/analysis , Ecosystem/history , Fishes/classification , Fishes/growth & development , Biodiversity
4.
Agora USB ; 14(2): 601-636, jul.-dic. 2014.
Article in Spanish | LILACS | ID: lil-776810

ABSTRACT

El presente texto presenta los resultados de un ejercicio investigativo. que visibiliza Por un lado las problemáticas más sentidas de los habitantes de las comunidades Golondrinas y El Faro de la Comuna 8 de la ciudad de Medellín, un ejercicio que se adelantó como respuesta ante los procesos de intervención institucional, derivados de los constantes procesos de transformación de la ciudad, los cuales, han generado desplazamientos y silencios frente a la realidad misma de dichas comunidades; por otro lado, presenta las propuesta de solución construidas desde las mismas comunidades ante dichos problemas.


This text presents: on the one hand, the results of an investigative exercise,which makes visible the deepest problems of the inhabitants of the communities swallows and the lighthouse of 8 commune of the city of Medellin, an exercise that be stepped forward in response to the process of institutional intervention arising from the constant processes of transformation of the city, which have led to displacement and rests with the same realities of those communities; on the other hand, it presents the proposal of solution built from the same communities face these problems.


Subject(s)
Ecosystem , Ecosystem/classification , Ecosystem/analysis , Ecosystem/economics , Ecosystem/adverse effects , Ecosystem/ethics , Ecosystem/history , Ecosystem/methods , Ecosystem/policies
5.
Neotrop. ichthyol ; 12(1): 105-116, Jan-Mar/2014. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-709830

ABSTRACT

An important step in invasive biology is to assess biological variables that could be used to predict invasion success. The study of genetics, evolution, and interactions of invasive and native species in invaded ranges provides a unique opportunity to study processes in population genetics and the capability of a species' range expansion. Here, we used information from microsatellite DNA markers to test if genetic variation relates to propagule pressure in the successful invasion of an apex predator (the Amazonian cichlid Cichla) into Southeastern Brazilian River systems. Invasive populations of Cichla have negatively impacted many freshwater communities in Southeastern Brazil since the 1960s. Reduction of genetic variation was observed in all invasive populations for both Cichla kelberi (CK) and Cichla piquiti (CP). For instance, heterozygosity was lower in the invasive range when compared to native populations from the Amazon basin (CP HE = 0.179/0.44; CK HE = 0.258/0.536 respectively). Therefore, despite the successful invasion of Cichla in southeast Brazil, low genetic diversity was observed in the introduced populations. We suggest that a combination of factors, such as Cichla's reproductive and feeding strategies, the "evolutionary trap" effect and the biotic resistance hypothesis, overcome their depauperete genetic diversity, being key aspects in this apex predator invasion. Uma importante etapa na biologia da invasão é acessar variáveis biológicas que podem predizer o sucesso de invasão. O estudo da genética, evolução e interações entre invasores e espécies nativas no ambiente invadido pode prover uma oportunidade única para o estudo dos processos em genética de populações e a capacidade de uma espécie ampliar seu habitat. Nesse trabalho, nos utilizamos dados de marcadores de DNA microssatélites para testar se a variação genética é relacionada a pressão de propágulo na invasão bem sucedida do predador de topo (o ciclídeo Amazônico Cichla) nos rios do Sudeste Brasileiro. Populações invasoras de Cichla vem impactando negativamente diversas comunidades de água doce no Sudeste brasileiro deste 1960. A redução da variação genética foi observada em todas populações invasoras, tanto para Cichla kelberi (CK) como Cichla piquiti (CP). Por exemplo, a heterozigose foi menor no ambiente invadido quando comparada com as populações nativas da bacia Amazônica (CP HE = 0.179/0.44; CK HE = 0.258/0.536 respectivamente). Assim, apesar do sucesso da invasão de Cichla no sudoeste do Brasil, baixa diversidade genética foi observada nas populações introduzidas. Nós sugerimos que uma combinação de fatores, como as estratégias reprodutivas de Cichla, o efeito de "armadilha evolutiva" e a hipótese de resistências biótica superam o efeito que a diversidade genética depauperada exerce, sendo aspectos-chave na invasão desse predador de topo de cadeia.


Subject(s)
Animals , Hydrographic Basins/analysis , Introduced Species/trends , Ecosystem/analysis , Fishes/classification
6.
Neotrop. ichthyol ; 12(1): 187-192, Jan-Mar/2014. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-709833

ABSTRACT

The habitat use of a stream-dwelling Astyanax taeniatus from the State of Rio de Janeiro was investigated. We performed 12 h of underwater observation in a 200 m long stretch in the upper Roncador stream and quantified the following microhabitat descriptors: (i) water velocity, (ii) distance from the stream bank, (iii) substratum, and (iv) water column depth. Microhabitat selectivity was analyzed by comparing the microhabitat used by fish and the microhabitat available in the study site as well as by applying the Ivlev Electivity Index to the microhabitat use data. Differences in the use and availability of the various microhabitats revealed non-stochastic patterns of spatial occupation by A. taeniatus, which was selective for two of the four analyzed microhabitats. Our findings indicated that A. taeniatus is associated with habitats that have higher depths, low water velocity, and sand and bedrock substratum. O uso do micro-habitat por Astyanax taeniatus de riacho do estado do Rio de Janeiro foi investigado. Realizamos 12 h de observações subaquáticas em um trecho de 200 m do alto rio Roncador e quantificamos os seguintes descritores do micro-habitat: (i) velocidade da água, (ii) distância da margem, (iii) substrato, e (iv) profundidade da coluna d'água. A seletividade do micro-habitat foi analisada pela comparação do micro-habitat usado pelos peixes e o micro-habitat disponível na área de estudo, bem como pelo Índice de Eletividade de Ivlev aplicado aos dados de uso do micro-habitat. As diferenças no uso e disponibilidade dos diferentes descritores do micro-habitat revelaram um padrão não aleatório para a ocupação especial por A. taeniatus que foi seletivo para dois dentre quatro descritores analisados. Nossos registros indicaram que A. taeniatus está associado à habitats com maior profundidade, baixa velocidade da água e substrato de areia e rocha.


Subject(s)
Animals , Aquatic Fauna/analysis , Ecosystem/analysis , Rivers , Species Specificity , Fishes/classification
7.
Neotrop. ichthyol ; 11(1): 85-94, Jan-Mar/2013. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-670939

ABSTRACT

Floating litter banks are an ephemeral habitat consisting of branches, twigs, flowers, seeds, and fruits that are trapped on the stream water surface by a variety of retention mechanisms. These heterogeneous materials form a deep layer of dead plant matter that is colonized by a variety of organisms, including fish that forage on the aquatic macroinvertebrates found in this unique habitat. In this study, we aimed to characterize which fish species occupy the floating litter banks and their trophic characteristics, as well as determine if fish assemblage composition and species richness can be predicted by the size of the floating litter banks. Fish sampling was conducted in five rivers located in the Amazon basin. Of the 31 floating litter banks sampled that contained fish, 455 individuals were recorded and were distributed within 40 species, 15 families and five orders. Siluriformes were the most representative order among the samples and contained the largest number of families and species. The fish fauna sampled was mainly composed of carnivorous species that are typically found in submerged litter banks of Amazonian streams. The fish assemblage composition in the kinon can be predicted by the volume of the floating litter banks using both presence/absence and abundance data, but not its species richness. In conclusion, kinon banks harbor a rich fish assemblage that utilizes this habitat for shelter and feeding, and may function as a refuge for the fishes during the peak of the flooding season.


Bancos de folhiço flutuantes são habitats efêmeros constituídos de troncos e galhos de árvores, flores, sementes e frutos retidos por uma variedade de mecanismos. Estes materiais formam uma camada espessa de matéria vegetal morta, que é colonizada por diferentes organismos, incluindo peixes que se alimentam de macroinvertebrados aquáticos presentes neste habitat. Nosso objetivo foi caracterizar as espécies e características tróficas dos peixes que ocupam esses bancos de folhiço flutuantes, bem como determinar se a composição da assembleia de peixes e a riqueza de espécies podem ser previstas pelo tamanho dos bancos. A amostragem dos peixes foi realizada em cinco rios da bacia amazônica. Dos 31 bancos de folhiço flutuantes amostrados que continham peixes, foram registrados 455 indivíduos distribuídos em 40 espécies, 15 famílias e cinco ordens. Siluriformes foi a ordem mais representativa, com o maior número de espécies e famílias. A fauna de peixes coletados foi composta principalmente por espécies carnívoras, que geralmente são encontrados em bancos de folhiço submersos de igarapés amazônicos. A composição das assembleias de peixes do 'kinon' pode ser prevista pelo volume desses bancos de liteira flutuante, tanto utilizando dados de presença/ausência quanto de abundância, mas não de riqueza de espécies. Em conclusão, os bancos de folhiço flutuante abrigam uma rica assembleia de peixes, que utilizam esse habitat como local de abrigo e de alimentação, e podem funcionar como refúgio para a ictiofauna dos bancos de folhiço submerso durante a estação chuvosa.


Subject(s)
Animals , Ecosystem/analysis , Wetlands/analysis , Fishes/growth & development , Species Specificity , Catfishes , Rainy Season
8.
Neotrop. ichthyol ; 11(4): 871-880, 2013. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-697855

ABSTRACT

We determined in this study the habitat preferences of seven native fish species in a regulated river in Southeastern Brazil. We tested the hypothesis that fishes differ in habitat preference and that they use stretches of the river differing in hydraulic characteristics and substrate type. We surveyed fishes in four 1-km long river stretches encompassing different habitat traits, where we also measured water depth, velocity, and substrate type. We investigated preference patterns of four Siluriformes (Loricariichthys castaneus, Hoplosternum littorale, Pimelodus maculatus, and Trachelyopterus striatulus) and three Characiformes (Astyanax aff. bimaculatus, Oligosarcus hepsetus, and Hoplias malabaricus), representing approximately 70% of the total number of fishes and 64% of the total biomass. We classified fishes into four habitat guilds: (1) a slow-flowing water guild that occupied mud-sand substrate, composed of two Siluriformes in either shallow (< 4 m, i.e., H. littorale) or deep (> 8 m, L. castaneus) waters; (2) a run-dwelling guild that occurs in deep backwaters with clay-mud substrate, composed of the Characiformes A. aff. bimaculatus and O. hepsetus; (3) a run-dwelling guild that occurs in sandy and shallow substrate, composed of T. striatulus; and (4) a fast-flowing guild that occurs primarily along shorelines with shallow mud bottoms, composed of H. malabaricus and P. maculatus. Our hypothesis was confirmed, as different habitat preferences by fishes appear to occur in this regulated river.


Determinamos neste estudo a preferência de habitat de sete espécies de peixes abundantes em um rio regulado do Sudeste do Brasil. Testamos a hipótese de que peixes diferem na preferência de habitat e usam trechos do rio com diferentes características hidráulicas e tipos de substratos. Realizamos amostragens de peixes, utilizando redes de espera e tarrafas em quatro trechos do rio de 1 km de extensão, compreendendo diferentes características do habitat, onde também obtivemos medidas de profundidade, velocidade da água e tipo de substrato. Quatro Siluriformes (Loricariichthys castaneus, Hoplosternum littorale, Pimelodus maculatus e Trachelyopterus striatulus) e três Characiformes (Astyanax aff. bimaculatus, Oligosarcus hepsetus e Hoplias malabaricus) que juntos compreenderam aproximadamente 70% do número total e 64% do peso total de peixes foram estudados. Classificamos os peixes em quatro guildas: (1) peixes que ocorrem em trechos com baixa velocidade de fluxo e substrato constituído predominantemente de lama e areia, compreendendo dois Siluriformes, um de áreas rasas (< 4 m, i.e., H. littorale) e outro de áreas profundas (> 8 m, i.e., L. castaneus); (2) peixes que utilizam rápidos de áreas laterais mais profundas com substrato lamoso, representados pelos pequenos Characiformes, A. aff. bimaculatus e O. hepsetus; (3) peixes que utilizam rápidos que ocorrem em áreas rasas e substrato arenoso, representado por T. striatulus; e (4) peixes de corredeiras que utilizam as margens rasas com fundo lamoso, representados por H. malabaricus e P. maculatus. As espécies estudadas apresentam diferenciação na preferência por variáveis do hábitat, corroborando a hipótese investigada.


Subject(s)
Animals , Aquatic Fauna/analysis , Ecosystem/analysis , Rivers , Species Specificity , Fishes/classification
9.
Neotrop. ichthyol ; 11(4): 845-858, 2013. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-697866

ABSTRACT

The present study was based on the identification of the ecomorphological patterns that characterize the fish species found in tide pools in the Amazonian Coastal Zone (ACZ) in the Pará State, Brazil. Representatives of 19 species were collected during two field campaigns in 2011. The dominance, residence status, and trophic guild of each species were established, and morphometric data were obtained for up to 10 specimens of each species. A total of 23 ecomorphological attributes related to locomotion, position in the water column, and foraging behavior were calculated for the analysis of ecomorphological distance. Principal Component Analysis (PCA) was utilized for the evaluation of ecomorphological attributes that explained the variation among species. Mantel Test was used to correlate the taxonomic distance with species' morphological patterns and a partial Mantel Test to analyze the correlation among trophic guilds and ecomorphological patterns, controlling the effects of taxonomic distance among species. The analyses revealed two principal axes of the variation related to locomotion, correlated with the width of the caudal peduncle and the shape of the anal fin, as well as the influence of taxonomic distance on the ecomorphological characteristics of the different species. The dominant and resident species both presented a reduced capacity for continuous swimming. The two principal axes identified in relation to the position of the fish in the water column were correlated with the position of the eyes, the area of the pelvic fin, and body shape, with evidence of the influence of taxonomic distance on the morphology of the species. PCA grouped species with pelagic habits with benthonic ones. In the case of foraging behavior, the two principal axes formed by the analysis correlated with the size of the mouth, eye size, and the length of the digestive tract. Species of different guilds were grouped together, indicating a weak relationship between morphology and foraging behavior, and no relationship was found with taxonomic distance. The resident and dominant species in the tide pools of the ACZ present sedentary habits, with little evidence of the influence of taxonomic distance on the use of habitats or morphology, which was a poor indicator of foraging strategies, and showing that phylogenetically distant species could present similar ecomorphological patterns.


Identificamos padrões ecomorfológicos que refletem a ecologia de espécies encontradas em poças de maré na Zona Costeira Amazônica (ZCA). Indivíduos de 19 espécies foram coletados no estado do Pará durante duas expedições em 2011. Foram estabelecidas dominância, grau de residência, guildas tróficas e tomadas medidas morfométricas de até 10 indivíduos de cada espécie. Calculou-se 23 atributos ecomorfológicos relacionados à locomoção, posição e forrageio, utilizados para o cálculo da distância ecomorfológica. Foram utilizadas Análises de Componentes Principais (PCA) para avaliar que atributos ecomorfológicos explicaram a variação entre as espécies. O teste de Mantel foi utilizado para testar a correlação da distância taxonômica com a morfologia das espécies e um teste de Mantel parcial para avaliar a correlação das guildas tróficas com os padrões ecomorfológicos, controlando-se o efeito da distância taxonômica entre as espécies. Nas análises formaram-se dois eixos principais para variação em relação aos padrões de locomoção, correlacionados à largura do pedúnculo caudal e formato da nadadeira anal, ocorrendo influência da distância taxonômica entre as espécies nos padrões ecomorfológicos. Espécies dominantes e residentes apresentaram menor capacidade de natação contínua. Quanto à posição na coluna d'água, formaram-se dois eixos principais da variação, correlacionados à posição do olho, área da nadadeira pélvica e formato do corpo, ocorrendo influência da distância taxônomica entre as espécies nas dissimilaridades morfológicas. A PCA agrupou espécies de hábito pelágico com espécies de hábito bentônico. Em relação ao forrageio, formaram-se dois eixos principais da variação, correlacionados ao tamanho da boca, tamanho do olho e comprimento do trato digestório. Espécies de diferentes guildas permaneceram agrupadas, sugerindo fraca relação da morfologia com o forrageio e não houve influência da distância taxonômica nas dissimilaridades nas guildas tróficas. Espécies residentes e dominantes em poças de maré na ZCA apresentam hábito sedentário, ocorrendo pouca influência da distância taxonômica nos padrões ecomorfológicos que se referem à posição na coluna d'água e locomoção, demonstrando que espécies distantes filogeneticamente podem apresentar padrões ecomorfológicos similares, e a morfologia demonstrou-se como fraca preditora das táticas de forrageio.


Subject(s)
Animals , Classification , Ecosystem , Ecosystem/analysis , Species Specificity , Fishes/classification
10.
Neotrop. ichthyol ; 11(4): 859-870, 2013. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-697870

ABSTRACT

Fish assemblage structure was evaluated and compared among 36 karstic pools located within protected areas of the Calakmul Biosphere Reserve (southern Mexico) and unprotected adjacent areas beyond the Reserve. Nonmetric multidimensional scaling (MDS), indicator species analysis (ISA), and canonical correspondence analysis (CCA) were used to identify which environmental factors reflected local influences and to evaluate the correlation of these variables with fish assemblages structure. Thirty-one species were encountered in these karstic pools, some for the first time within the Reserve. These aquatic environments were separated into three groups based on physico-chemical characteristics. Although CCA identified significant associations between several fish species (based on their relative abundance) and environmental variables (K, NH4, NO3, and conductivity), the most abundant species (Astyanax aeneus, Poecilia mexicana, and Gambusia sexradiata ) occur in most pools and under several environmental conditions. Baseline data on fish diversity along with a continued monitoring program are essential in order to evaluate the conservation status of fish assemblages and their habitats, as well as to measure the influence of anthropogenic impacts on pristine habitats such as the karstic pools of the Calakmul Biosphere Reserve.


A estrutura da assembleia de peixes foi avaliada e comparada entre 36 poços cársticos localizados dentro de áreas protegidas da Reserva da Biosfera Calakmul (sul do México) e nas áreas desprotegidas adjacentes à Reserva. A análise multidimensional não-métrica (MDS), a análise da espécies indicadora (ISA) e a análise de correspondência canônica (CCA) foram utilizadas para identificar as variáveis ambientais localmente mais importantes e para avaliar a correlação destas com a estrutura das assembleias de peixes. Trinta e uma espécies foram amostradas nos poços cársticos, algumas das quais representam o primeiro registro para a Reserva. Os poços foram separados em três grupos de acordo com as suas características físico-químicas. Embora a CCA tenha possibilitado a identificação de associações significativas entre várias espécies (baseado na abundância relativa das espécies) e as variáveis ambientais (K, NH4, NO3 e condutividade), as espécies mais abundantes (Astyanax aeneus, Poecilia mexicana e Gambusia sexradiata ) ocorreram na maioria dos poços em diferentes condições ambientais. A obtenção de dados de base sobre padrões de diversidade, associado a implantação de programas de monitoramento, são essenciais para a avaliação do estado de conservação das assembleias de peixes e seus habitats, assim como para proporcionar informações sobre a influência de impactos antropogênicos sobre habitats prístinos, tais como os poços cársticos da Reserva da Biosfera Calakmul.


Subject(s)
Animals , Ecosystem/analysis , Population Groups , Fishes/classification
11.
Neotrop. ichthyol ; 10(3): 593-599, Sept. 2012. ilus
Article in English | LILACS | ID: lil-653599

ABSTRACT

The egg surface structure of Thalassophryne amazonica, a freshwater toadfish from the Amazon basin is described. Eggs of this species show a remarkable, highly unusual system of parallel ridges and intermittent grooves that originate at the equator of the egg and lead to the micropylar pit, at which they end in a spiralling pattern. A similar egg surface structure has so far been described only from a group of Asian anabantoid percomorphs, obviously not closely related to Thalassophryne. This egg surface pattern may enhance fertilization success by guiding sperm to the micropyle. We review museum records for T. amazonica, present an updated map of its occurrence in the Amazon basin, and provide information on its habitat.


A estrutura da superfície do ovo de Thalassophryne amazonica um batracoidídeo de água doce da bacia amazônica é descrita. Os ovos dessa espécie apresentam um sistema notável e incomum de cristas paralelas e canais intermitentes, que se originam na porção equatorial do ovo e vão até a micrópila onde terminam em um padrão espiralado. Uma estrutura superficial de ovo semelhante foi até agora descrita apenas para um grupo de anabantóideos asiáticos, obviamente não relacionado a Thalassophryne. Esse padrão de superfície de ovo talvez aumente o sucesso da fertilização ao guiar o espermatozóide até à micrópila. Nós revisamos os registros de T. amazonica em museus, apresentamos um mapa atualizado de sua ocorrência na bacia Amazônica e fornecemos informações sobre seu habitat.


Subject(s)
Animals , Batrachoidiformes/growth & development , Egg Shell/anatomy & histology , Animal Distribution/classification , Ecosystem/analysis , Eggs/analysis , Amazonian Ecosystem/analysis
12.
Neotrop. ichthyol ; 10(3): 633-642, Sept. 2012. ilus, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-653601

ABSTRACT

This study aimed to assess abundance and habitat use by juvenile and adult damselfishes, as much as the benthic cover of different reefs on Isla Colon, Bocas del Toro, Panama. Reefs were selected considering different levels of wave exposure and depths. Damselfish and benthic communities were distinct between reefs. The most abundant species in the sheltered deeper reef was Stegastes planifrons followed by S. leucostictus, and they were also recorded in the sheltered shallower reef. Low densities of S. partitus and S. variabilis were also observed in the sheltered deeper reef, as these species are apparently restricted to higher depths. Additionally, these reefs presented patches with high cover of live and dead massive coral. Shallow depths presented high abundances of S. adustus, indicating a preference of this species for shallow habitats and exhibiting a two-fold increase in abundance at higher wave surge. Also, Microspathodon chrysurus reached higher numbers in shallow depths. Furthermore, the exposed reef presented a high cover (%) of algae groups and the fire-coral Millepora alcicornis, acknowledged as a preferred habitat for M. chrysurus and other reef fish. In this study, distinct habitat uses were observed, with patterns regulated by depth and/or wave exposure levels and/or availability of specific benthic cover. For site-attached species as damselfish, habitat specialization, competition and/or non-random recruitment patterns have been found to rule distributional patterns. Similar results for damselfish relative abundances were found compared to studies conducted within Panama and other reefs throughout the Caribbean region over three decades ago, indicating strong habitat affinity for the most abundant species. However, severe reductions of habitat availability following coral mass-mortality events may have disrupted their distributional patterns.


Este estudo teve como objetivo avaliar a abundância e uso do habitat por juvenis e adultos de peixes-donzela, assim como as comunidades bentônicas em distintos recifes de Isla Colon, Bocas del Toro, Panamá. Os recifes foram escolhidos considerando diferentes níveis de exposição a ondas e profundidade. As comunidades de peixes e bentos estudadas se mostraram distintas. A espécie mais abundante em recifes com maior profundidade e abrigados foi Stegastes planifrons, seguida por S. leucostictus, que também foram observadas em recifes rasos abrigados. As baixas abundâncias de S. partitus e S. variabilis também foram observadas no primeiro recife citado e estas espécies foram aparentemente restritas à profundidade maiores. Adicionalmente, estes mesmos recifes apresentaram uma vasta cobertura de corais massivos, vivos ou mortos. Stegastes adustus apresentou sua maior abundância em baixas profundidades, indicando uma preferência por habitats rasos, aumentando em duas vezes com a exposição a ondas. Os recifes rasos também tiveram maior abundância de Microspathodon chrysurus. Além disso, o recife com maior exposição apresentou extenso percentual de cobertura por algas e o coral-de-fogo Millepora alcicornis, reconhecido habitat preferencial de M. chrysurus e outras espécies de peixes. Neste trabalho, diferentes padrões de uso do habitat foram encontrados, sendo regulados pela profundidade e/ou exposição e ainda a disponibilidade de determinada cobertura bentônica. Para espécies fortemente associadas ao substrato, a especialização, a competição e padrões não aleatórios do recrutamento são conhecidos determinantes dos padrões distribucionais. Este estudo apresentou resultados similares a outros conduzidos há 30 anos no Panamá e outros recifes do Caribe, indicando que as espécies mais abundantes mantêm forte afinidade com o habitat. Entretanto, severas reduções na disponibilidade de habitat, seguidas de eventos de mortalidade em massa, podem ter possivelmente afetado seus padrões de distribuição.


Subject(s)
Animals , Benthic Fauna/analysis , Ecosystem/analysis , Perciformes/growth & development , Marine Environment/analysis
13.
Neotrop. ichthyol ; 10(3): 675-684, Sept. 2012. ilus, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-653604

ABSTRACT

The lack of knowledge of the freshwater ichthyofauna of coastal streams in the State of São Paulo (Brazil) is a cause of concern, as these streams are inserted in the Atlantic forest, a hotspot highly threatened. The aim of the present study is to investigate the freshwater ichthyofauna composition of clear and blackwater streams in a preservation area of Brazilian Atlantic forest. Fish samples were taken using electrofishing. A total of 20 species were registered, with Astyanax ribeirae, Hollandichthys multifasciatus, and Mimagoniates microlepis (Characiformes, Characidae) as the more representative. In general, the observed pattern of occurrence and distribution of fish species varied according to habitat characteristics, due to the longitudinal gradient in clearwaters, and among clearwaters and blackwaters. In clearwater streams, the headwater stretches had lower species diversity, while the opposite occurred in the middle and lower sites. These longitudinal variations of ichthyofauna were related with habitat characteristics (depth, stream flow, and bottom type) in which they were found, since the diversity of habitats was higher in headwaters and lower in downstream reaches (middle and lower sites). The physical and chemical variables of water do not seem to have influenced the distribution of species in clearwater streams, but the clear and blackwater fish composition was influenced mainly by pH concentration. Unlike the spatial differences, significant temporal differences were not registered in fish assemblages, probably due to the absence of a pronounced dry season in the studied region.


A falta de conhecimento dos peixes de água doce em riachos costeiros no estado de São Paulo é preocupante, considerando que estes riachos estão inseridos em um bioma brasileiro extremamente ameaçado, a floresta Atlântica. O objetivo deste trabalho é investigar a composição da ictiofauna de riachos de águas claras e pretas em uma área preservada da Mata Atlântica. A pesca elétrica foi utilizada para amostrar a ictiofauna. Foram coletadas 20 espécies, sendo Astyanax ribeirae, Mimagoniates microlepis e Hollandichthys multifasciatus (Characiformes, Characidae), as mais representativas. De modo geral, o padrão de ocorrência e distribuição da ictiofauna observado variou de acordo com as características dos habitats, tanto no gradiente longitudinal nos riachos de águas claras, quanto entre os riachos de águas claras e o de águas pretas. Nos riachos de águas claras, os trechos de cabeceiras apresentaram riqueza e diversidade de espécies menor, enquanto o inverso ocorreu nos pontos médios e inferiores. Estas variações longitudinais da ictiofauna provavelmente estão associadas às características dos ambientes (profundidade, correnteza e substrato) em que foram encontradas, visto que a diversidade de habitats foi maior nos trechos de cabeceiras e menor nos trechos médios e inferiores. As variáveis físicas e químicas da água parecem não ter influenciado tanto a distribuição das espécies nos riachos de águas claras, porém as diferenças na composição da ictiofauna entre riachos de águas claras e de águas pretas foram influenciadas principalmente pelo pH. Ao contrário das diferenças espaciais, não foram registradas diferenças temporais nas ictiocenoses, provavelmente devido à ausência de um período seco pronunciado na região de estudo.


Subject(s)
Animals , Environmental Change , Aquatic Fauna/analysis , Fishes/growth & development , Aquatic Environment/adverse effects , Ecosystem/analysis
14.
Braz. j. vet. res. anim. sci ; 49(2): 146-152, 2012. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-687587

ABSTRACT

Os morcegos são hospedeiros de uma rica diversidade de microrganismos. Muitos trabalhos apontam uma estreitaligação entre quirópteros e fungos com potencial patogênico, principalmente por habitarem ambientes como cavernas, grutas e ocos de árvores, favoráveis à manutenção e propagação dos fungos. O objetivo do trabalho foi estudar a microbiota fúngica gastrintestinal de morcegos. Das 98 amostras pertencentes a 11 espécies de morcegos procedentes de 15 cidades estudadas, 20% são da espécie Carollia perspicillata, 19% Artibeus lituratus, 17% Molossus rufus, 13% Glossophaga soricina, 9% Nyctinomops macrotis, 8% Molossus molossus, 7% Desmodus rotundus, 2% Lasiurus ega, e 1%Eptesicus furinalis, Myotis nigricans e Tadarida brasiliensis. O gênero Aspergillus sp. foi isolado de 29% das amostras, seguidos por 6% Microsporum sp. e Penicillium sp., 4% Tricophyton sp. e zigomicetos e 2% Fusarium sp. Das espécies deleveduras, 14% foram de Rhodotorula sp., 10% Candida sp. e 2% Cryptococcus sp., 22% dos isolados permaneceram sem identificação. Todos os 82 cultivos de vísceras foram negativos para Histoplasma capsulatum. Houve associação estatísticasignificativa entre os resultados do cultivo microbiológico e as espécies de morcegos (p < 0,05). Concluímos que osmorcegos podem atuar como agentes veiculadores de fungos com potencial patogênico, entretanto outros trabalhosdevem ser realizados a fim de estabelecer estratégias que permitam identificar os principais fatores correlacionados com o crescimento e a disseminação dos microrganismos na natureza e qual a implicação dos quirópteros no cicloepidemiológico.


Bats are hosts of a rich diversity of microorganisms. Many studies indicate a close link between bats and fungi with pathogenic potential, especially for living in environments such as caves, caverns and hollow trees, favorable to the maintenance and spread of fungi. The objective was to study the gastrointestinal mycoflora of bats. Of the 98 samples belonging to 11 species of bats coming from 15 studied cities, 20% of the species were Carollia perspicillata, 19% Artibeus lituratus, 17% Molossus rufus, 13% Glossophaga soricina, 9% Nyctinomops macrotis, 8% Molossus molossus, 7% Desmodus rotundus, 2% Lasiurus ega and 1% Eptesicus furinalis, Myotis nigricans and Tadarida brasiliensis. The genus Aspergillus sp. was isolated from 29% of the samples, followed by 6% Microsporum sp. and Penicillium sp. 4% Trichophyton sp. and zygomycetes and 2% Fusarium sp. Of yeast species, 14% were from Rhodotorula sp., 10% Candida sp. and 2% Cryptococcus sp., 22% of isolates remained unidentified. All 82 cultures of organs were negative for Histoplasma capsulatum. There was a statistically significant association between the results of microbiological culture and bat species (p < 0.05). We conclude that the bats can act as disperser agents of fungi with pathogenic potential, although other studies should be performed to establish strategies to identify the main factors correlated with the growth and spread of microorganisms in nature and implication of bats in the epidemiological cycle.


Subject(s)
Animals , Fungi/pathogenicity , Chiroptera/classification , Gastrointestinal Tract/anatomy & histology , Zoonoses/parasitology , Ecosystem/analysis , Yeasts
15.
Neotrop. ichthyol ; 10(1): 81-88, 2012. ilus, mapas
Article in English | LILACS | ID: lil-624070

ABSTRACT

The life history of freshwater stingrays (Potamotrygonidae) under natural conditions has been poorly documented. In this study, we investigated theperiod of activity and the habitat use of two species of the genus Potamotrygon in the upper Paraná River basin, Southeastern Brazil. Potamotrygon falkneri and P. motoro are similar to each other as far as the analyzed behavior is concerned. Individuals of both species segregate according to their size, and in function of the depth and period of the day. Younger individuals inhabit mostly sandy beaches and places that are no deeper than four meters throughout the whole day. Bigger stingrays realize bathymetric migrations, alternating their position between places deeper than eight meters during the day, and shallow areas at night. Individuals of intermediate size inhabit transition environments that have greater habitat diversity. Both species presented mostly nocturnal habits, especially regarding their feeding behavior. The behavioral patterns observed seem to go through ontogenetic variations and probably change throughout the year, between dry and wet seasons.


Informações sobre o modo de vida das raias de água doce (Potamotrygonidae) sob condições naturais são escassas. Neste trabalho, estudamos o período de atividade e as formas de uso do habitat de duas espécies do gênero Potamotrygon na bacia do alto rio Paraná, no Sudeste do Brasil. Potamotrygon falkneri e P. motoro apresentaram comportamento muito semelhante, com nítida segregação espacial dos indivíduos em função do seu tamanho, da profundidade e do período do dia. Juvenis estiveram associados a praias arenosas e locais com profundidades abaixo de quatro metros ao longo de todo o dia. Raias de grande porte realizaram migrações batimétricas, alternando sua posição entre locais com profundidade superior a oito metros durante o dia e áreas mais rasas à noite. Indivíduos com tamanho intermediário ocuparam ambientes de transição, com maior heterogeneidade ambiental. Ambas as espécies apresentaram atividade, especialmente alimentar, predominantemente noturna. Os padrões comportamentais estudados parecem sofrer variações ontogenéticas e é provável que se alterem ao longo do ano, entre períodos de seca e cheia.


Subject(s)
Animals , Fresh Water/analysis , Ecosystem/analysis , Skates, Fish/growth & development , Spatial Behavior/physiology
16.
Neotrop. ichthyol ; 10(1): 109-122, 2012. ilus
Article in English | LILACS | ID: lil-624073

ABSTRACT

Reefs, mangroves and seagrass biotopes often occur in close association, forming a complex and highly productive ecosystem that provide significant ecologic and economic goods and services. Different anthropogenic disturbances are increasingly affecting these tropical coastal habitats leading to growing conservation concern. In this field-based study, we used a visual census technique (belt transects 50 m x 2 m) to investigate the interactions between fishes and microhabitats at the Mamanguape Mangrove-Reef system, NE Brazil. Overall, 144 belt transects were performed from October 2007 to September 2008 to assess the structure of the fish assemblage. Fish trophic groups and life stage (juveniles and adults) were recorded according to literature, the percent cover of the substrate was estimated using the point contact method. Our results revealed that fish composition gradually changed from the Estuarine to the Reef zone, and that fish assemblage was strongly related to the microhabitat availability, as suggested by the predominance of carnivores at the Estuarine zone and presence of herbivores at the Reef zone. Fish abundance and diversity were higher in the Reef zone and estuary margins, highlighting the importance of structural complexity. A pattern of nursery area utilization, with larger specimens at the Transition and Reef Zone and smaller individuals at the Estuarine zone, was recorded for Abudefduf saxatilis, Anisotremus surinamensis, Lutjanus alexandrei, and Lutjanus jocu. Our findings clearly suggests ecosystem connectivity between mangrove, seagrass and reef biotopes, and highlighted the importance of Mamanguape Mangrove-Reef System as a priority area for conservation and research, whose habitat mosaics should be further studied and protected.


Recifes, manguezais e bancos de fanerógamas marinhas são biótopos frequentemente associados, formando um ecossistema complexo e altamente produtivo que proporciona significativos bens e serviços ecológicos e econômicos. Diferentes impactos antrópicos estão crescentemente afetando esses habitats costeiros tropicais, trazendo preocupações acerca de sua conservação. Neste estudo de campo, utilizamos uma técnica de censo visual subaquático (transecções de 50 x 2 m) para investigar as interações entre os peixes e microhabitats no complexo estuarino-recifal de Mamanguape, no Nordeste do Brasil. Entre outubro de 2007 e setembro de 2008 foram realizadas 144 transecções para avaliar a estrutura da assembleia de peixes. Grupos tróficos e estágios de vida dos peixes (jovens e adultos) foram registrados segundo a literatura, enquanto a porcentagem de cobertura do substrato foi estimada através do método de pontos de contato. Nossos resultados mostraram que a composição da ictiofauna mudou gradualmente da Zona Estuarina para a Zona Recifal, e que a assembleia de peixes esteve fortemente relacionada com a disponibilidade de microhabitats - como sugerido pela predominância de carnívoros na zona estuarina e presença de herbívoros na zona recifal. A abundância e diversidade de peixes foram maiores na zona recifal e nas margens do estuário, destacando a importância da complexidade estrutural. O padrão de uso da área como berçário, com indivíduos maiores nas zonas de transição e recifal, e os menores na zona estuarina, foi registrado para Abudefduf saxatilis, Anisotremus surinamensis, Hippocampus reidi, Lutjanus alexandrei e Lutjanus jocu. Nossos resultados sugerem que há conectividade entre os biótopos de manguezal, bancos de fanerógamas e recifes, e destacam a importância do Sistema Manguezal-Recife de Mamanguape como uma área prioritária para conservação e pesquisa, cujos mosaicos de habitats devem ser ainda estudados e protegidos.


Subject(s)
Animals , Coral Reefs , Coasts/ethnology , Environment/analysis , Wetlands/ethnology , Fishes/growth & development , Biota , Ecosystem/analysis
17.
Neotrop. ichthyol ; 10(1): 167-176, 2012. ilus, graf, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-624078

ABSTRACT

We experimentally examined the predator-prey relationships between juvenile spotted sorubim Pseudoplastystoma corruscans and young-of-the-year invasive and native fish species of the Paraná River basin, Brazil. Three invasive (peacock bass Cichla piquiti, Nile tilapia Oreochromis niloticus, and channel catfish Ictalurus punctatus) and two native (yellowtail tetra Astyanax altiparanae and streaked prochilod Prochilodus lineatus) fish species were offered as prey to P. corruscans in 300 L aquaria with three habitat complexity treatments (0%, 50% and 100% structure-covered). Prey survival was variable through time and among species (C. piquiti < O. niloticus < A. altiparanae < P. lineatus < I. punctatus), depending largely on species-specific prey behavior but also on prey size and morphological defenses. Habitat complexity did not directly affect P. corruscans piscivory but some prey species changed their microhabitat use and shoaling behavior among habitat treatments in predator's presence. Pseudoplatystoma corruscans preyed preferentially on smaller individuals of those invasive species with weak morphological defensive features that persisted in a non-shoaling behavior. Overall, our results contrast with those in a companion experiment using a diurnal predator, suggesting that nocturnal piscivores preferentially prey on different (rather diurnal) fish species and are less affected by habitat complexity. Our findings suggest that recovering the native populations of P. corruscans might help controling some fish species introduced to the Paraná River basin, particularly C. piquiti and O. niloticus, whose parental care is expected to be weak or null at night.


A relação predador-presa entre juvenis de pintado Pseudoplatystoma corruscans (piscívoro nativo) e jovens do ano de espécies nativas e invasoras de peixes da bacia do rio Paraná, Brasil, foi testada experimentalmente. Três espécies de peixe invasoras (o tucunaré Cichla piquiti, a tilápia do Nilo Oreochromis niloticus e o bagre do canal Ictalurus punctatus) e duas nativas (o lambari do rabo amarelo Astyanax altiparanae e o curimbatá Prochilodus lineatus) foram oferecidas como presa para P. corruscans em microcosmos, com três tratamentos de complexidade de habitat (0%, 50% e 100% de cobertura por estruturas submersas). A sobrevivência de presas variou ao longo do tempo e entre espécies (C. piquiti < O. niloticus < A. altiparanae < P. lineatus < I. punctatus), sendo governada, em grande parte, por diferenças espécies-específicas no comportamento das presas, mas também pelo tamanho e defesas morfológicas das mesmas. A complexidade de habitat não afetou diretamente a piscivoria de P. corruscans, mas, na presença do predador, algumas espécies-presa alteraram seu comportamento quanto ao uso de micro-habitat e grau de agregação entre os níveis de complexidade de habitat. Pseudoplatystoma corruscans predou preferencialmente sobre os indivíduos menores das espécies invasoras que apresentaram estruturas morfológicas defensivas pouco desenvolvidas e que não formavam cardume. Em geral, os resultados obtidos contrastam com os de um experimento análogo, no qual foi usado um piscívoro diurno, sugerindo que piscívoros noturnos predam preferencialmente sobre espécies de peixes diferentes (de hábitos mais diurnos) e que são menos afetados pela complexidade estrutural de habitats. Os resultados obtidos sugerem que a recuperação de populações nativas de P. corruscans poderia contribuir para o controle de algumas espécies de peixes introduzidas no rio Paraná, especialmente C. piquiti e O. niloticus, dos quais se espera que o cuidado parental seja reduzido ou nulo à noite.


Subject(s)
Animals , Hunting/ethnology , Predatory Behavior/physiology , Ecosystem/analysis , Introduced Species , Catfishes/growth & development , Adaptation, Psychological/physiology , Cichlids , Ictaluridae/growth & development
18.
Neotrop. ichthyol ; 9(2): 445-454, Apr.-June 2011. graf, mapas, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-593207

ABSTRACT

This study aims to characterize the spatial and seasonal distribution of the fish assemblage and evaluate the integrity of streams in a sustainable use area that includes integral protection conservation units in Distrito Federal, Central Brazil (Cerrado biome). For the study, 12 stretches of 8 streams were sampled in 2008 (dry season) and 2009 (wet season). For that evaluation was estimated the Physical Habitat Index (PHI), vegetation cover (VC), pH, dissolved oxygen, turbidity, and conductivity. We recorded 22 species, about eight undescribed species, by a total of 2,327 individuals. The most representative families in number of species were Characidae (31.8 percent), Loricariidae (31.8 percent), and Crenuchidae (13.6 percent). Knodus moenkhausii was the most abundant species with 1,476 individuals, added to Astyanax sp., Phalloceros harpagos, and Hasemania sp. they represent over 95 percent of the total abundance. The species Astyanax sp. (occurring in 79.2 percent of the stretches) and K. moenkhausii (50.0 percent) were considered constant in both seasons. The longitudinal gradient (River Continuum) exerts a strong influence on the studied assemblage. According to CCA, the variables that structure the fish assemblage are based on aspects related to water volume and habitat complexity. No seasonal variation in richness, diversity, abundance, and mass were detected. A cluster analysis suggests a separation of species composition between the stretches of higher and lower orders, which was not observed for seasonality. The streams were considered well preserved (mean PHI 82.9±7.5 percent), but in some stretches were observed anthropogenic influence, detected in the water quality and, mainly, on the riparian vegetation integrity. The exotic species Poecilia reticulata was sampled in the two stretches considered most affected by anthropogenic activities by PHI, conductivity, and VC.


Esse estudo teve como objetivo caracterizar a distribuição espacial e sazonal da taxocenose de peixes e avaliar a integridade dos córregos de uma área de uso sustentável que inclui unidades de conservação de proteção integral no Distrito Federal, Brasil Central (bioma Cerrado). Para o estudo, foram amostrados 12 trechos de oito cursos d'água em 2008 (estação seca) e 2009 (estação chuvosa). Para essa avaliação foram utilizados o Índice Físico do Habitat (IFH), cobertura vegetal (CV), pH, oxigênio dissolvido, turbidez e condutividade. Foram coletadas 22 espécies, sendo oito não descritas, em um total de 2.327 indivíduos. As famílias mais representativas em número de espécies foram Characidae (31,8 por cento), Loricariidae (31,8 por cento) e Crenuchidae (13,6 por cento). Knodus moenkhausii foi a espécie mais abundante, com 1.476 indivíduos, que juntamente com Astyanax sp., Phalloceros harpagos e Hasemania sp. representaram mais de 95 por cento da abundância total. As espécies Astyanax sp. (ocorrendo em 79,2 por cento dos trechos) e K. moenkhausii (50,0 por cento) foram consideradas constantes nas duas estações. O gradiente longitudinal (rio Contínuo) exerce forte influência na taxocenose estudada. De acordo com a CCA, as variáveis que estruturam a taxocenose íctica se baseiam em aspectos relacionados ao volume e complexidade dos habitats. Não foi detectada variação sazonal na riqueza, diversidade, abundância e massa. Uma análise de agrupamento sugere uma separação na composição de espécies entre trechos de maiores e menores ordens, o que não foi observado para a sazonalidade. Os córregos da APA encontram-se relativamente bem preservados (IFH médio de 82,9±7,5 por cento), porém em alguns trechos foi observada certa influência antrópica, detectada na qualidade da água e, principalmente, na integridade da vegetação ripária. A espécie exótica Poecilia reticulata foi coletada nos dois trechos considerados mais afetados por atividades antrópicas de acordo com o IFH, condutividade e CV.


Subject(s)
Animals , Fishes , Ecosystem/analysis , Grassland
19.
Neotrop. ichthyol ; 9(1): 233-240, Mar. 2011. ilus, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-583956

ABSTRACT

O peixe-pregador Gobiesox barbatulus apresenta atividade alimentar noturna, permanecendo estacionário e aderido à parte inferior de pedras durante a maior parte do dia. Para se alimentar utiliza as táticas de espreita e consumo de material particulado. Apresenta hábito alimentar carnívoro e ingere principalmente crustáceos bentônicos. Locomove-se principalmente de duas formas: (1) “pedra-a-pedra”, deslizando seu disco adesivo ventral por sobre pedras adjacentes e (2) “surfe”, quando se aproveita da energia da maré vazante para percorrer rapidamente distâncias de até quatro vezes seu tamanho. A época reprodutiva desta espécie ocorre entre o final da primavera e início do verão, quando deposita aproximadamente 2.000 ovos adesivos de 1 mm de diâmetro cada e dispostos em uma única camada na parte inferior de pedras. Possui mais de uma desova por estação reprodutiva e, portanto, contendo ovos em diferentes estágios de desenvolvimento. Realiza ventilação, limpeza e guarda dos ovos como formas de cuidado parental. Os dados aqui apresentados também indicam que G. barbatulus possui certa fidelidade aos locais nos quais se abriga, sendo provavelmente uma espécie territorial.


The clingfish Gobiesox barbatulus shows nocturnal feeding activity, spending most part of the day stationary and adhered to the inferior part of stones. To feed, this species uses the sit-and-wait and particulate feeding tactics. It shows a carnivorous feeding habit mostly consuming small benthic crustaceans. It can move in two ways: (1) “stone-by-stone”, sliding its ventral sucker disc across each stone and (2) “surf”, when it takes advantage of the energy of the ebbing tide to quickly cross a distance up to four times its body length. Its reproductive season occurs between the end of spring and the beginning of summer, during which time it lays about 2,000 adhesive eggs of 1 mm each in a single layer under stones. It has more than one egg-laying session per reproductive season, therefore showing several different developmental stages. It performs fanning, mouthing and guarding of the eggs as forms of parental care. Data shown here also indicates that G. barbatulus has some shelter fidelity, being probably territorial.


Subject(s)
Animals , Ecosystem/analysis , Fishes/classification , Feeding Behavior/ethnology , Reproduction/physiology
20.
Neotrop. ichthyol ; 9(1): 161-168, Mar. 2011. ilus, tab
Article in English | LILACS | ID: lil-583959

ABSTRACT

A garoupa-verdadeira (Mycteroperca marginata) é uma espécie marinha geralmente associada a fundos rochosos e recifes. O presente trabalho investiga a dieta e estratégia alimentar de uma população da garoupa-verdadeira que habita um longo (4,5 km) par de molhes de pedra na desembocadura do estuário da laguna dos Patos, sul do Brasil. Não há trabalhos anteriores realizados nesse tipo de habitat construído pelo homem e este trabalho fornece uma base de comparação com estudos de dieta de outras populações da garoupa-verdadeira ocorrendo em habitats naturais. De modo similar ao encontrado em estudos prévios realizados em substratos naturais, caranguejos e peixes foram as principais categorias de alimento consumidas (%IRI = 85,1 e %IRI = 12,6, respectivamente), enquanto camarões e moluscos tiveram menor importância na dieta (%IRI = 1,9 e %IRI = 0,4, respectivamente). Como reportado anteriormente para populações de garoupa-verdadeira que habitam recifes e fundos rochosos, o presente trabalho revelou marcadas mudanças na dieta em função do tamanho da espécie. Siri-azul e peixes tornam-se gradativamente mais importantes na dieta de indivíduos maiores (> 500 mm de comprimento total, CT). Finalmente, foi observado que a população de garoupa-verdadeira teve uma estratégia alimentar generalista com uma elevada variação entre indivíduos no consumo de presas. Essa estratégia permaneceu similar ao longo do aumento em tamanho da espécie. Os resultados do presente trabalho sugerem que substratos rochosos estabelecidos pelo homem propiciam locais de alimentação adequados para a garoupa-verdadeira no sul do Brasil e que poderiam ser usados como ferramentas adicionais nos esforços de conservação dessa espécie ameaçada.


The dusky grouper (Mycteroperca marginata) is a marine species usually associated with rocky bottoms and reefs. The present work investigated the diet and feeding strategy of a dusky grouper population inhabiting a 4.5 km long pair of rocky jetties located in the mouth of Patos Lagoon estuary. No prior research has been conducted in such man-made habitat and the current study provides a basis for comparative studies on the diet of the dusky grouper populations inhabiting natural vs. manmade rocky habitats. Similarly with previous studies on natural substrates, crabs and fishes were the main food categories consumed (%IRI = 85.1 and %IRI = 12.6, respectively), whereas shrimps and mollusks had lower importance in the diet (%IRI = 1.9 and 0.4, respectively). As previously reported for dusky grouper populations inhabiting reefs and rocky bottoms, the present work revealed conspicuous size related dietary shifts. Blue crabs and fishes become increasingly important food itemsin the diet of larger individuals (> 500 mm, TL). Finally, it was found that the studied dusky population has a generalist feeding strategy with a high between-individual variation in prey consumption. Such strategy remained similar across the size increment of the species. Our findings suggest that man-made rocky substrates provide suitable feeding grounds for the dusky grouper in southern Brazil and could be used as an additional tool in the conservation efforts of this endangered species.


Subject(s)
Animals , Fishes/classification , Health Strategies , Diet/trends , Ecosystem/analysis , Body Size/physiology
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL