Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 2.796
Filter
1.
J. Health Biol. Sci. (Online) ; 10(1): 1-6, 01/jan./2022.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1364019

ABSTRACT

Objetivos: conhecer a atuação do enfermeiro e os cuidados desempenhados em saúde mental na Estratégia de Saúde da Família. Método: estudo descritivo e qualitativo, tendo como cenário um polo de matriciamento em saúde mental. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista individual, com questionário semiestruturado. Resultados: os resultados obtidos foram agrupados e discutidos por meio das seguintes categorias: ações de enfermagem no campo da saúde mental desenvolvidas na Estratégia de Saúde da Família e apoio matricial em Saúde Mental como elemento facilitador da prática de enfermagem. Conclusão: os enfermeiros têm desenvolvido ações de enfermagem no campo da saúde mental na Estratégia de Saúde da Família, e o apoio matricial atua como principal elemento facilitador da prática de enfermagem, reafirmando a Reforma Psiquiátrica Brasileira. Em contrapartida, a sobrecarga de ações e a restrita formação em saúde mental são elementos que dificultam o trabalho desse profissional.


Objectives: to know the role of nurses and the care performed in mental health in the Family Health Strategy. Method: a descriptive, exploratory, and qualitative study, with a scenario of matrix support in mental health. Data collection was carried out through individual interviews and with a semi-structured questionnaire. Results: the results obtained were grouped and discussed through the following categories: Nursing actions mental health field developed in the Family Health Strategy, and Matrix Support in Mental Health as a facilitating element of nursing practice. Conclusion: nurses have developed nursing actions mental health field in the Family Health Strategy and matrix support acts as the main facilitator of nursing practice, reaffirming the Brazilian Psychiatric Reform. On the other hand, the overload of actions and the limited training in mental health are elements that hinder the work of these professionals.


Subject(s)
Mental Health , Family Health Strategy , Nurses , Primary Health Care , Mental Disorders , Nurses, Male , Nursing Care
2.
Rev. urug. enferm ; 17(1): 1-13, jun. 2022.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1361874

ABSTRACT

O estudo objetiva identificar a percepção do significado do papel do agente comunitário de saúde na visão dos próprios agentes e dos profissionais da Estratégia Saúde da Família. Realizou-se pesquisa descritiva qualitativa, no município de Quixeré, Ceará - Brasil. Participaram desse estudo nove agentes de saúde e nove profissionais das equipes (três médicos, três enfermeiros e três odontólogos). Para a coleta de dados foi utilizada a técnica grupo focal e teve como método de análise o discurso o sujeito coletivo. Os resultados demostraram discursos baseados no papel do agente comunitário com o significado de doação, abnegação e vínculo. A construção de vínculos aparece nas dimensões da comunidade e da equipe de saúde, com satisfação e também com sofrimento, uma vez que o agente não se considera preparado para a escuta qualificada das demandas, demonstrando lacunas existentes em sua formação e a necessidade de interprofissionalidade. O vínculo foi fortemente enaltecido, sendo esse um princípio inerente ao trabalho do agente, que, para além da empatia com os usuários, necessitam de uma formação que balize o seu processo de trabalho, trazendo respostas concretas que os subsidiem em suas condutas junto à comunidade, ressignificando o papel da categoria e valorizando suas práticas. Apesar da produção científica relevante no país em relação a essa temática, esses sentidos merecem uma investigação mais aprofundada, como forma de legitimar práticas e reconhecer seu papel na comunidade e nos serviços de saúde.


El estudio tiene como objetivo identificar la percepción del significado del rol del agente comunitario de salud en la mirada de los agentes y profesionales de la Estrategia Salud de la Familia. Se realizó una investigación descriptiva cualitativa en el municipio de Quixeré, Ceará - Brasil. En este estudio participaron nueve agentes de salud y nueve profesionales del equipo (tres médicos, tres enfermeras y tres dentistas). Para la recolección de datos se utilizó la técnica de grupos focales y el sujeto colectivo como método de análisis. Los resultados mostraron discursos basados en el rol del agente comunitario con el significado de donación, abnegación y vinculación. La construcción de vínculos aparece en las dimensiones de la comunidad y del equipo de salud, con satisfacción y también con sufrimiento, ya que el agente no se considera preparado para la escucha calificada de las demandas, demostrando vacíos en su formación y la necesidad de interprofesionalidad. El vínculo fue muy elogiado, siendo este un principio inherente al trabajo del agente, quien además de la empatía con los usuarios, necesita una formación que oriente su proceso de trabajo, aportando respuestas concretas que los apoyen en su conducta con la comunidad. un nuevo significado al papel de la categoría y la valoración de sus prácticas. A pesar de la relevante producción científica en el país en relación a este tema, estos significados merecen una mayor investigación, como una forma de legitimar las prácticas y reconocer su rol en la comunidad y en los servicios de salud.


The study aims to identify the perception of the meaning of the role of the community health agent in the view of the agents and professionals of the Family Health Strategy. Qualitative descriptive research was carried out in the municipality of Quixeré, Ceará - Brazil. Nine health agents and nine team professionals participated in this study (three doctors, three nurses and three dentists). For data collection, the focus group technique was used and the collective subject was used as the method of analysis. The results showed speeches based on the role of the community agent with the meaning of donation, abnegation and bonding. The construction of bonds appears in the dimensions of the community and the health team, with satisfaction and also with suffering, since the agent does not consider himself prepared for the qualified listening of the demands, demonstrating gaps in his training and the need for interprofessionality. The bond was highly praised, this being a principle inherent in the work of the agent, who, in addition to empathy with users, need training that guides their work process, bringing concrete answers that support them in their conduct with the community. , giving a new meaning to the role of the category and valuing its practices. Despite the relevant scientific production in the country in relation to this theme, these meanings deserve further investigation, as a way of legitimizing practices and recognizing their role in the community and in health services.


Subject(s)
Humans , Brazil , Community Health Workers , Community-Institutional Relations , Professional Role , Family Health Strategy
3.
Nursing (Säo Paulo) ; 25(288): 7780-7793, maio.2022. tab
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1372427

ABSTRACT

Objetivo: identificar a prevalência da Síndrome de Burnout e as características sociodemográficas e ocupacionais associadas em enfermeiros de ESFs de municípios da 28ª Região de Saúde do Rio Grande do Sul. Método: trata-se de um estudo transversal, incluindo enfermeiros de Estratégia Saúde da Família de 13 municípios de uma região do sul do Brasil que responderam um questionário online com aspectos sociodemográficos e ocupacionais e o Maslach Burnout Inventory para mensurar o desfecho de SB no período de março a agosto de 2018. Resultados: um total de 47 enfermeiros respondeu o instrumento. A prevalência de Síndrome de Burnout foi de 57,4%. Os enfermeiros que possuem interesse em trocar de profissão, assim como aqueles que trabalhavam na zona urbana apresentaram associação com a Síndrome de Burnout (p≤0,05). Conclusão: o estudo demonstrou alta prevalência de Síndrome de Burnout entre os enfermeiros que atuam em ESFs da 28ª Região de Saúde, indicando predisposição em desenvolvê-la(AU)


Objective: To identify the prevalence of Burnout Syndrome and AS associated sociodemographic and occupational characteristics in nurses of FHTs from municipalities of the 28th Health Region of Rio Grande do Sul. Methods: This is a crosssectional study, including Family Health Strategy nurses from 13 municipalities of a region of southern Brazil that answered an online questionnaire with sociodemographic and occupational aspects and the Maslach Burnout Inventory to measure the SB outcome from March to August 2018. Results: A total of 47 nurses answered the instrument. The prevalence of SB was 57.4%. Nurses with an interest in changing jobs, as well as those working in the urban area, had an association with SB (p≤0.05). Conclusions: The study demonstrated a high prevalence of SB among nurses who work in FHSs of the 28th Health Region, indicating a predisposition to develop it.(AU)


Objetivo: Identificar la prevalencia de Sindome de Burnout y características sociodemográficas y ocupacionales asociadas en enfermeras de ESFs de municipios de la 28ª Región Sanitaria de Rio Grande do Sul. Métodos: Se trata de un estudio transversal, que incluye enfermeras de la Estrategia de Salud de la Familia de 13 municipios de una región del sur de Brasil. Quienes respondieron un cuestionario en línea con aspectos sociodemográficos y ocupacionales y el Maslach Burnout Inventory para medir el resultado de SB de marzo a agosto de 2018. Resultados: Un total de 47 enfermeras respondieron al instrumento. La prevalencia de BS fue del 57,4%. Las enfermeras que tienen interés en cambiar de profesión, así como las que trabajaban en el área urbana, se asociaron con BS (p≤0.05). Conclusiones: El estudio demostró una alta prevalencia de BS entre las enfermeras que trabajan en ESFs de la 28ª Región de Salud, lo que indica una predisposición a desarrollarla(AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Burnout, Professional , Family Health Strategy , Nurses
4.
Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) ; 21(1): 79-84, maio 05,2022. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1370714

ABSTRACT

Objetivo: analisar as mudanças no processo de trabalho do Agente Comunitário de Saúde, entre os anos de 2019 e 2020, em meio ao cenário da pandemia da COVID-19. Metodologia: caracteriza-se por um estudo documental, quantitativo, do tipo ecológico, de série temporal. Os dados foram coletados na base de dados do Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica. As variáveis do estudo tratam-se de dados referentes às atividades do Agente Comunitário de Saúde quanto às atividades coletivas, visitas domiciliares e os indicadores de desempenho elencados pelo sistema. Os dados foram analisados no SPSS versão 24.0, por meio de um cálculo do percentual de variação (%V) entre os anos coletados. Logo após, foi realizado o Teste T de Student para verificar diferenças estatisticamente relevantes entre os anos avaliados (p<0,05). Resultados: quanto às atividades coletivas, houve redução significativa (p<0,001) de 51,1% entre os anos. As visitas domiciliares também apresentaram uma diminuição do percentual de variação (18,6%); já os indicadores de desempenho não demonstraram significativas mudanças. Conclusões: diante do estudado, as ações de prevenção e promoção da saúde foram as mais prejudicadas nesse cenário, sendo necessário um maior empenho do Poder Público para a melhoria desses indicadores.


Objective: to analyze the changes in the work process of the Community Health Agent, of the Family Health Strategy, between 2019 and 2020, amid the COVID-19 pandemic scenario. Methods: characterized by a documentary, quantitative, ecological study, with a time series. Data were collected from the database of the Health Information System for Primary Care. The study variables are data referring to the activities of the Community Health Agent regarding collective activities, home visits, and the performance indicators listed by the system. Data were analyzed using SPSS version 24.0, by calculating the percentage of variation (%V) between the years collected. Soon after, the Student's T-test was performed to verify statistically relevant differences between the evaluated years (p<0.05). Results: regarding collective activities, there was a significant reduction (p<0.001) of 51.1% between the years. Home visits also showed a decrease in the percentage of variation (18.6%); performance indicators did not show significant changes. Conclusions:given the study, prevention, and health promotion actions were the most affected in this scenario, requiring greater efforts by the Government to improve these indicators.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Primary Health Care , Unified Health System , Community Health Workers , Family Health Strategy , COVID-19 , Ecological Studies , Evaluation Studies as Topic
5.
Rev. APS ; 25(Supl 1): 190-197, 2022-05-06.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1371070

ABSTRACT

Ao confrontar a elevação dos números de casos de infecções sexualmente transmissíveis, em especial a AIDS, a sífilis e as hepatites virais do tipo B e C; constatamos a necessidade de uma testagem mais expressiva da população por meio da facilitação do acesso aos insumos e demais materiais necessários para os procedimentos, visando à otimização do tempo dos usuários do serviço público de saúde e gerando uma maior adesão aos mecanismos de testagem. A facilitação do acesso aos materiais para testagem gerou umadiferença de seis vezes no número de testes quando comparados o primeiro mês do experimento e o último. A maior modificação, no entanto, não se concentrou no aparecimento da bancada com seu protocolo guia, mas sim na participação conjunta de todos os profissionais da equipe de saúde, buscando compreender e se envolver nos processos de testagem, de modo que todos estivessem aptos a realizar adequadamente os procedimentos assim que se fizesse necessário. Evidenciou-se o potencial beneficiador que a facilitação do acesso aos testes rápidos, com a devida capacitação conjunta da equipe disponível, produz efeitos notórios no rastreio e no diagnóstico precoce de infecções sexualmente transmissíveis de elevadas prevalências.


When confronting the increase in the number of cases of sexually transmitted infections, especially AIDS, syphilis, and viral hepatitis B and C, we found the need for more expressive testing of the population through facilitated access to supplies and other materials needed for the procedures aiming at optimizing the time users spend in public health services and generating greater adherence to the testing mechanisms. Facilitating access to testing materialsgenerated a sixfold difference in the number of tests when comparing the first month of the experiment and the last month. The biggest change, however, did not focus on the appearance of a protocol guide, but on the joint participation of all health team professionals seeking to understand and get involved in the testing processes so that everyone would be able to adequately perform the procedures as soon as they become necessary. Thus, it was evidenced that the potential benefits of facilitating access torapid tests along with the proper joint training of the team available produce notorious effects on screening and early diagnosis of sexually transmitted infections of high prevalence.


Subject(s)
Sexually Transmitted Diseases , Primary Health Care , Public Health , Health Education , Family Health Strategy , Early Diagnosis
6.
Rev. APS ; 25(Supl 1): 172-189, 2022-05-06.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1371068

ABSTRACT

A Atenção Básicaé a principal porta de entrada do Sistema Único de Saúde. O acesso efetivo a esse serviço pode ser avaliado pela utilização de atendimentos, e não apenas pela disponibilidade. O conhecimento do perfil populacional permite identificar grupos vulneráveis ànão utilização, assim como conhecer as morbidades mais prevalentes para promover melhor organização da oferta e utilização do serviço. Este trabalho trata-se de um estudo transversal, cujas fontes de dados foram registros das fichas do e-SUS de 8.390 indivíduos, cadastrados numa Unidade de Saúde da Família (USF). Foi analisada a prevalência de utilização de atendimentos na USF, nos quais se incluíram consultas médicas e de enfermagem. Foram comparados os perfis sociodemográfico e de morbidade referida dos utilizadores e não utilizadores da USF em 2019. O percentual de utilização de consultas foi de 50,1% dos cadastrados, sendo a média de 2,3 consultas por habitante ao ano. A maioria dos utilizadores fez até cinco consultas ao ano, porém aproximadamente um terço das consultas se referiram aos hiperutilizadores. Ser do sexo feminino, ser pardo ou negro, ter baixa escolaridade, idade mais avançada e não possuir plano de saúde privado foram condições associadas à maior utilização de consulta.


Primary care is the main entry point into the Brazilian public health system. Effective access to this service can be assessed not only by the quality of the healthcare assistance but also by its availability. Knowledge of the population's profile makes it possible to identify groups that are vulnerable to non-use of the service as well as to the most prevalent morbidities, so theservice can be better offered and organized. This is a cross-sectional study whose data source was records of 8,390 e-SUS files registered in a Family Health Unit (USF, in Portuguese). The prevalence of use of services at the USF was analyzed, which included medical and nursing consultations. The sociodemographic and reported morbidity profiles of users and non-users of the USF in 2019 were compared. The percentage of consultations was 50.1% of registered ones, with an average of 2.3 consultations per inhabitant per year. Most users have up to five consultations per year, but approximately a third of those consultations are referred to as hyper-users. Being female, being mixed-race or black, having low-level education, being older, and not having a private health plan were associated with greater use of consultations.


Subject(s)
Primary Health Care , Health Services Coverage , Health Centers , Public Health , Family Health Strategy , Delivery of Health Care , Effective Access to Health Services
7.
Rev. APS ; 25(Supl 1): 58-69, 2022-05-06.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1370786

ABSTRACT

Objetivo: compreender as percepções de profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) que atuam em territórios rurais de municípios do Nordeste brasileiro acerca das inter-relações entre a saúde e ambiente no processo saúde-doença-cuidado da população.Método: pesquisa de abordagem qualitativa, em que se realizaram 29 entrevistas de sete categorias profissionais. Adotou-se a análise temática para o processamento e interpretação do material empírico. Resultados: foram discutidas a necessidade de informação acerca de questões ambientais e seu impacto no processo saúde-doença e a consciência ambiental na dimensão do território. Há compreensão do ambiente como determinante de saúde, porém sob uma perspectiva embrionária, além de uma articulação insuficiente entre determinação social e práticas emancipatórias no contexto de saúde e ambiente. Conclusões: ressalta-se a importância de fortalecer as práticas na ESF a partir dos pressupostos explicitados na Política Nacional de Saúde Integral da População de Campo Florestas e Águas. Reforça-se a necessidade de se desenvolver processos formativos, envolvendo a equipe para contribuir na transformação da realidade em saúde da população de campo e das águas.


Objective: To understand the perceptions of Family Health Strategy (ESF, in Portuguese) professionals working in rural territories in municipalities of the Brazilian Northeast on the interrelationships between health and the environment in the health-disease-care process of the population. Method: qualitative research, in which 29 interviews in seven professional categories were carried out. Thematic analysis was adopted for the processing and interpretation of the empirical material. Results: it was discussed the need for information about environmental issues and their impact on the health-disease process, as well as environmental awareness in the dimension of the territory. From an embryonic perspective, there is an understanding of the environment as a determinant of health, with insufficient articulation between social determinants and emancipatory practices in the context of health and the environment. Conclusion: We emphasize the importance of strengthening ESF practices based on the assumptions outlined in the National Policy for the Integral Health of the Populations of the Field, Forest, and Water. We reinforce the need to develop training processes involving the team to contribute to the transformation of the health reality of the countryside and water populations.


Subject(s)
Family Health Strategy , Environment
8.
Rev. APS ; 25(Supl 1)2022-05-06.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1370783

ABSTRACT

As Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) são reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde e englobam várias terapêuticas corporais e comportamentais, sendo uma delas a acupuntura. Esta pesquisa teve como objetivo analisar uma experiência que articulou ações coletivas de acupuntura com a promoção da saúde em uma Unidade de Saúde da Família. Foi realizado um estudo descritivo e analítico, de natureza qualitativa, que utilizou rodas de conversas e registros em diário de pesquisa como estratégias para produção de dados. Este estudo possibilitou uma ampliação no acolhimento das demandas dos usuários, com estreitamento de vínculo entre a equipe de saúde e a comunidade, contribuindo para a desmedicalização do cuidado. Pôde-se perceber a ampliação da clínica,o aumento do conhecimento sobre as PICS, com incentivo à desmedicalização, autocuidado, participação de práticas coletivas, troca de saberes e inserção de estratégias capazes de colaborar com o processo de reconstrução de modos de viver a vida de pessoas que buscam o serviço de saúde.


Integrative and Complementary Practices in Health (PICS, in Portuguese) are recognizedby the World Health Organization and encompass several bodily and behavioral therapies, one of which is acupuncture. This research aimed to analyze and reflect on an experience that articulated collective actions using acupuncture practices with health promotion in a Family Health Unit. A descriptive and analytical study of qualitative nature was carried out, which used conversation circles and research diary records as strategies for data production. This study enabled an expansion in the understanding ofthe users' needs, with a closer bond between the health team and the community, contributing to the demedicalization of care. It was possible to perceive the expansion of the clinic's offer, the increase in knowledge of PICS, encouraging demedicalization,self-care, participation in collective practices, exchange of knowledge, and insertion of strategies capable of collaborating with the process of reconstructing the life habits of those who seek health care.


Subject(s)
Acupuncture , Family Health Strategy , Delivery of Health Care , Health Promotion
9.
Rev. psicol. (Fortaleza, Online) ; 13(1): 59-71, 01/01/2022.
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1357839

ABSTRACT

Esse artigo analisa como a violência urbana é tratada por profissionais de equipes da Estratégia Saúde da Família da cidade de Fortaleza-CE, problematizando os efeitos da intensificação dos homicídios nos cotidianos desses profissionais. O estudo é fruto de um desdobramento de uma pesquisa-inter(in)venção, sob o método da cartografia, que analisou práticas institucionais em torno da problemática dos homicídios infanto-juvenis em territórios de uma periferia da capital cearense. A discussão foi feita a partir de articulações da Psicologia Social com autores e autoras de áreas afins que seguem caminhos semelhantes no trato das juventudes e das expressões da violência. Os dados foram produzidos por observações no cotidiano, conversas no território, grupos de discussões e entrevistas. A seção de resultados e discussão aborda: o desafio de compreender o fenômeno da violência como lócus de ação-reflexão-ação, demandando práticas comunitárias e intersetoriais em torno de uma nova agenda no âmbito das políticas públicas de saúde.


This article analyzes how urban violence is treated by professionals from the Family Health Strategy teams in the city of Fortaleza-CE, problematizing the effects of the intensification of homicides in the daily lives of these professionals. The study is the result of an inter(in)vention-research, using the cartography method, which analyzed institutional practices around the issue of juvenile homicides in territories on the outskirts of the capital of Ceará. The discussion was based on the articulation of Social Psychology with authors from related fields who follow similar paths in dealing with youth and the expressions of violence. Data were produced by observations in daily life, conversations in the territory, discussion groups and interviews. The results and discussion section addresses: the challenge of understanding the phenomenon of violence as a locus of action-reflection-action, demanding community and intersectoral practices around a new agenda in the scope of public health policies.


Subject(s)
Violence , Adolescent , Family Health Strategy , Homicide
10.
Semina cienc. biol. saude ; 43(1): 3-14, jan./jun. 2022. Tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1354383

ABSTRACT

Introdução: o climatério pode ser influenciado por mudanças psicossociais simultâneas, que associadas às alterações hormonais, como o hipoestrogenismo e a diminuição dos níveis de progesterona, podem intensificar os sintomas e agravos na mulher. Objetivo: identificar os perfis sociodemográficos, obstétricos, ginecológicos, de saúde e hábitos de vida das mulheres climatéricas atendidas na rede básica de saúde, por meio da aplicação de questionário, escalas de Hamilton de Ansiedade e Depressão, e Índice Menopausal de Kupperman e Blatt. Material e Método: estudo transversal descritivo exploratório de relato de experiência, desenvolvido por graduandas em Medicina e Enfermagem. As participantes apresentam idade entre 45 e 60 anos, atendidas em quatro unidades de Estratégia de Saúde da Família. Resultados: participaram 41 mulheres, com idade média de 52,3 anos. Prevaleceram brancas, casadas, com filhos, ensino médio completo, sem plano de saúde, escore de depressão leve, índice menopausal leve, ansiedade normal e uso regular de medicamentos. Conclusão: as mulheres climatéricas necessitam de um espaço para verbalizar seus sentimentos e dúvidas em relação ao climatério e ter acesso à escuta atenta por profissionais capacitados, visando o atendimento integral de saúde com resolutividade.


Introduction: climacteric can be influenced by simultaneous psychosocial changes, which associated with hormonal changes, such as hypoestrogenism and decreased progesterone levels, can intensify symptoms and health problems in women. Objective: to identify the health profile of climacteric women in primary care regarding their obstetrics, gynecological, social, and demographic aspects, and their lifestyle as well, through a questionnaire and the application of the Hamilton Anxiety Scale, Depression Scale, and the Blatt-Kupperman Menopausal Index. Materials and Methods: it is an exploratory-descriptive cross-sectional study presented as an experience report, developed by medical and nursing students. The participants had 45 to 60 years-old and visited four units of the Family Health Strategy. Results: 41 women participated in the research, with an average age of 52.3-year-old. The majority were white, married, high school graduates, with no health insurance; had children, normal anxiety levels, mild depression, mild menopausal index, and reported regular use of medication. Conclusion: the climacteric women need some time to verbalize their feelings and doubts about the climacteric to trained professionals, aiming for a resolutive and comprehensive health care.


Subject(s)
Female , Middle Aged , Anxiety , Women , Climacteric , Health , Cross-Sectional Studies , Family Health Strategy , Depression
11.
Rev. Ciênc. Plur ; 8(1): e25324, 2022. ilus
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-1348744

ABSTRACT

Introdução:A Estratégia Saúde da Família busca promover saúde de maneira integralizada, acessível e equânime dentro da Atenção Primária em Saúde. O agente comunitário de saúde é uma categoria profissional essencial para a execução da Estratégia Saúde da Família. Por esse motivo, é necessário a busca pela qualificação desta força de trabalho.Objetivo: Relatar as atividades educativas desenvolvidas durante a pandemia de Covid-19 com Agentes Comunitários de Saúde em uma Unidade Básica de Saúde em um município do estado de Minas Gerais. Metodologia:Trata-se de um relato de experiência oriundo de uma capacitação multiprofissional elaborada pelos Residentes Multiprofissionais em Saúde da Família realizada no período de Abril a Agosto de 2020. As atividades eram realizadas a partir de oficinas mediante a discussão de temas relacionados ao cotidiano vivenciado pelos agentes comunitários de saúde na comunidade. As oficinas eramapresentadas utilizando recursos manuais, audiovisuais e atividades mobilizadoras de participação, estimulando a interação desses profissionais e estreitando o vínculo entre os agentes comunitários de saúde e a equipe de saúde da família. Resultados e Discussão: Após a realização dessas atividades, notou-se os principais desafios enfrentados por essa categoria e sua relação com a equipe de saúde da família daunidade básica de saúde. Além disso, a atividade permitiu um espaço de reflexão sobre os impactos dessa interação entre equipe eos agentes comunitários de saúdena comunidade. Conclusões:Portanto, conclui-se que esses encontros foram oportunos para enfatizar o seu protagonismo nessa lógica do processo de trabalho, destacando a busca pela qualificação desses profissionais, garantindo a integralidade do cuidado aos usuários (AU).


Introduction:TheFamily Health Strategy seeks to promote health in a comprehensive, accessible and equitable manner within Primary Health Care. The community health agent is an essential professional category for the implementation of the Family Health Strategy. For this reason, it is necessary to seek the qualification of this workforce.Objective:To report the educational activities developed during the Covid-19 pandemic with Community Health Agents in a Basic Health Unit in a municipality in the state of Minas Gerais.Methodology:This is an experience report arising from a multiprofessional training developed by Multiprofessional Residents in Family Health held from April to August 2020. The activities were carried out through workshops through the discussion of themes related to the daily life experienced by community health agents in the community. The workshops were presented using manual and audiovisual resources and activities that mobilized participation, stimulating the interaction of these professionals and strengthening the bond between community health agents and the family health team.Results and Discussion:After carrying out these activities, the main challenges faced by this category and its relationship with the family health team of the basic health unit were noted. In addition, the activity provided a space for reflection on the impacts of this interaction between the team and community health agents in the community. Conclusions:Therefore, it is concluded that these meetings were opportune to emphasize their role in this logic of the work process, highlighting the search for qualification of these professionals, ensuring comprehensive care to users (AU).


Introducción:La Estrategia de Salud de la Familia busca promover la salud de manera integral, accesible y equitativa dentro de la Atención Primaria de Salud. El agente de salud comunitaria es una categoría profesional fundamental para la implementación de la Estrategia de Salud de la Familia. Por ello, es necesario buscar la cualificación de esta plantilla.Objetivo:Informar las actividades educativas desarrolladas durante la pandemia Covid-19 con Agentes Comunitarios de Salud en una Unidad Básica de Salud de un municipio del estado de Minas Gerais. Metodología:Se trata de un relato de experiencia surgido de una formación multiprofesional desarrollada por Residentes Multiprofesionales en Salud de la Familia realizada de abril a agosto de 2020. Las actividades se realizaron a través de talleres a través de la discusión de temas relacionados con la vida cotidiana que viven los agentes comunitarios de salud en el comunidad. Los talleres se presentaron utilizando recursos y actividades manuales y audiovisuales que movilizaron la participación, estimulando la interacción de estos profesionales y fortaleciendo el vínculo entre los agentes comunitarios de salud y el equipo de salud de la familia. Resultados y Discusión:Luego de la realización de estas actividades, se señalaronlos principales desafíos que enfrenta esta categoría y su relación con el equipo de salud de la familia de la unidad básica de salud. Además, la actividad brindó un espacio de reflexión sobre los impactos de esta interacción entre el equipo y los agentes comunitarios de salud en la comunidad.Conclusiones:Por lo tanto, se concluye que estos encuentros fueron oportunos para enfatizar su rol en esta lógica del proceso de trabajo, destacando la búsqueda de la calificación de estos profesionales, asegurando una atención integral a los usuarios (AU).


Subject(s)
Humans , Primary Health Care , Community Health Workers , Family Health Strategy , Professional Training , Internship, Nonmedical
12.
Article in Portuguese | ColecionaSUS, LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1358408

ABSTRACT

Introdução/Objetivos: A pesquisa apresenta como a Gestão da Informação (GI) é desenvolvida e qual a influência desta nas tomadas de decisão, relativas ao Planejamento Estratégico das ações e serviços a serem realizados, da Saúde Bucal da Estratégia de Saúde da Família (ESF) de Anápolis/GO. Metodologia: Para atingir tal objetivo foram analisados os seguintes processos: a coleta de dados pelos Cirurgiões-Dentistas, o processamento dos dados pelo Setor de Informação para a Atenção Básica (SISAB), e a formação e utilização dos indicadores pelos gestores. A investigação foi conduzida por meio de entrevistas à profissionais da assistência, da Tecnologia da Informação e da Coordenação da Saúde Bucal da ESF de Anápolis/GO; roteiros semiestruturados foram usados como instrumento de coleta de dados e a Análise de Conteúdo de Bardin1 como técnica de interpretação dos dados coletados. Resultados: Os resultados puderam identificar que a Saúde Bucal da ESF de Anápolis/GO não possui um processo institucionalizado de formação de indicadores de saúde, sendo que a maioria dos dados tem apenas função burocrática e financeira. Conclusões: Consequentemente, as decisões da gestão são automáticas e sem embasamento estatístico ou científico. Além disso, revelou-se a dualidade de sentimentos que é trabalhar na saúde pública brasileira, uma mistura de prazer e sofrimento. Outros estudos são necessários para acompanhar a mudança imposta pelo "Previne Brasil", já que a formação de indicadores de saúde passa a ser obrigatória para o recebimento de recursos financeiros.


Introduction/Objectives: The research presents how the Information Management (IM) is developed and its influence on the Anápolis/GO Family Health Strategy (FHS) Oral Health decisions making related to Strategic Planning. Methodology: To achieve this objective, it analyzed the following processes: the Dental Surgeons data collection, the data processing by the Primary Care Information Sector (SISAB), and the indicators formation and use by the managers. The investigation was conducted through interviews with Anápolis/GO FHS Oral Health care, information technology and coordination professionals; semi-structured questionnaires were used as data collection instrument and Bardin1. Content Analysis as collect data interpretation technique. Results: The results were able to identify that the Anápolis/GO FHS Oral Health does not have a health indicators formation institutionalized process and most of the data has only bureaucratic and financial function. Conclusions: Consequently, management decisions are automatic and without statistical or scientific basis. In addition, it was revealed the dual feeling While Working in Brazilian public health, a suffering and pleasure mixture. Further studies are needed to monitor the change imposed by "Previne Brasil", since the health indicators formation becomes mandatory for the financial resources receiving


Subject(s)
Humans , Health Status Indicators , Family Health Strategy , Dental Health Services , Health Information Management , Dental Health Services/organization & administration , Electronic Health Records
13.
Texto & contexto enferm ; 31: e20200525, 2022. tab
Article in English | LILACS, BDENF | ID: biblio-1357477

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: determining the multidimensional factors associated with the severity of chronic back pain is essential to design appropriate interventions. The objective of this study was to assess the physical and emotional factors associated with the severity of chronic back pain in adults. Method: a descriptive, analytical and cross-sectional study, carried out between November 2017 and December 2018 in Family Health Strategies, with 198 adults with chronic back pain. Pain severity, assessed by the Brief Pain Inventory, was considered the outcome variable; and the pain interference in daily activities (Brief Pain Inventory), physical disability (Roland Morris Disability Questionnaire), quality of life (World Health Organization Quality of Life-Brief) and pain threshold (digital algometer) variables were considered explanatory. A Multivariate Multiple Linear Regression analysis, using the stepwise method with 5% significance, was preformed to establish an explanatory model of pain severity. Results: the mean age was 48.03 years old (standard deviation: 12.41). Most of the participants were women, married and worked. The variables that had a significant and joint impact on pain severity were pain interference in daily activities (parameter: 0.196; p-value<0.001) and in mood (parameter: 0.054; p-value=0.039) and physical domain of quality of life (parameter: -0.032; p-value<0.001). Conclusion: physical factors (pain interference in daily activities and physical domain of quality of life) and emotional factors (pain interference in mood) play an important role in the severity of chronic back pain, which reinforces its multidimensional character.


RESUMEN Objetivo: determinar los factores multidimensionales asociados a la gravedad del dolor de espalda crónico es esencial para diseñar intervenciones apropiadas. El objetivo de este estudio fue evaluar los factores físicos y emocionales asociados a la gravedad del dolor de espalda crónico en adultos. Método: estudio descriptivo y analítico, de corte transversal, realizado entre noviembre de 2017 y diciembre de 2018, en unidades de la Estrategia de Salud Familiar, con 198 adultos que sufren dolor de espalda crónico. La gravedad del dolor, evaluada por medio del Brief Pain Inventory, se consideró como variable de resultado; y las variables interferencia del dolor en las actividades cotidianas (Brief Pain Inventory), discapacidad física (Cuestionario de Discapacidad de Roland Morris), calidad de vida (World Health Organization Quality of Life-Brief) y umbral de dolor (algómetro digital) se consideraron como variables explicativas. Se realizó un análisis multivariado de Regresión Lineal Múltiple, usando el método stepwise con 5% de significancia, para establecer el modelo explicativo de la gravedad del dolor. Resultados: la media de edad fue de 48,03 años (desviación estándar: 12,41). La mayoría de los participantes fueron mujeres, casadas y con alguna actividad laboral. Las variables que ejercieron un impacto sobre la gravedad del dolor en forma significativa y conjunta fueron las siguientes: interferencia del dolor en las actividades cotidianas (parámetro: 0,196; valor p<0,001) y en el estado de ánimo (parámetro: 0,054; valor p=0,039) y el dominio físico de la calidad de vida (parámetro: -0,032; valor p<0,001). Conclusión: los factores físicos (interferencia del dolor en las actividades cotidianas y el dominio físico de la calidad de vida) y emocionales (interferencia del dolor en el estado de ánimo) desempeñan un rol importante en la gravedad del dolor de espalda crónico, lo que refuerza su carácter multidimensional.


RESUMO Objetivo: determinar os fatores multidimensionais associados à severidade da dor crônica nas costas é essencial para traçar intervenções apropriadas. O objetivo deste estudo consistiu em avaliar os fatores físicos e emocionais associados à severidade da dor crônica nas costas em adultos. Método: estudo descritivo analítico, de corte transversal, realizado entre novembro de 2017 e dezembro de 2018, em Estratégias de Saúde da Família, com 198 adultos com dor crônica nas costas. A severidade da dor, avaliada pelo Brief Pain Inventory, foi considera variável de desfecho; as variáveis interferência da dor nas atividades cotidianas (Brief Pain Inventory), incapacidade física (Questionário de Incapacidade de Rolland Morris), qualidade de vida (World Health Organization Quality of Life-Brief) e limiar de dor (algômetro digital) foram consideradas variáveis explicativas. Análise multivariada de Regressão Linear Múltipla, usando o método stepwise com 5% de significância, foi conduzida para estabelecer modelo explicativo da severidade da dor. Resultados: a média de idade foi de 48,03 anos (desvio padrão: 12,41). A maioria eram mulheres, casadas e que trabalhavam. As variáveis que tiveram impacto na severidade da dor de forma significativa e conjunta foram interferência da dor nas atividades cotidianas (parâmetro: 0,196; valor p<0,001) e no humor (parâmetro: 0,054; valor p=0,039) e domínio físico da qualidade de vida (parâmetro: -0,032; valor p<0,001). Conclusão: fatores físicos (interferência da dor nas atividades cotidianas e domínio físico da qualidade de vida) e emocionais (interferência da dor no humor) desempenham importante papel na severidade da dor crônica nas costas, o que reforça o seu caráter multidimensional.


Subject(s)
Humans , Pain Measurement , Regression Analysis , Back Pain , Chronic Pain , Activities of Daily Living , Cross-Sectional Studies , Multivariate Analysis , Nursing , Family Health Strategy
14.
Trab. Educ. Saúde (Online) ; 20: e00154167, 2022. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1366057

ABSTRACT

Resumo Os múltiplos impactos da Covid-19 nos territórios de vinculação das equipes da Estratégia Saúde da Família requerem reorganizar o processo de trabalho. Neste estudo, propõe-se analisar as recomendações da Secretaria de Saúde da cidade do Recife (Pernambuco) direcionadas às mudanças no processo de trabalho da Estratégia durante a pandemia de Covid-19, relacionando-as com as singularidades socioespaciais dos territórios de vinculação das equipes. Trata-se de estudo de caso desenvolvido mediante pesquisa documental (N=14). Os resultados indicam que os componentes do processo de trabalho (objeto, instrumentos, ações e finalidades) estão centralizados na doença, pressupondo um trabalho com abordagem individual e clínica. As ações coletivas de promoção e vigilância são direcionadas quase que exclusivamente ao agente comunitário de saúde. Em geral, as recomendações não consideram a magnitude das necessidades de saúde decorrentes das repercussões da Covid-19 e contemplam de forma incipiente as singularidades socioespaciais dos territórios. No entanto, os resultados obtidos retratam apenas a perspectiva das recomendações, evidenciando a necessidade de se checar a operacionalização, na busca de compreender a direcionalidade e a amplitude do processo de trabalho reorganizado em virtude da pandemia de Covid-19 e sua relação com as singularidades socioespaciais.


Abstract The multiple impacts of COVID-19 on the territories where the teams of the Family Health Strategy are linked require reorganizing the work process. In this study, it is proposed to analyze the recommendations of the Health Department of the city of Recife (Pernambuco) aimed at changes in the work process of the Strategy during the COVID-19 pandemic, relating them to the socio-spatial singularities of the territories where the teams are linked. This is a case study developed through documentary research with 14 documents. The results indicate that the components of the work process (object, instruments, actions and purposes) are centered on the disease, presupposing work with an individual and clinical approach. The collective actions of promotion and surveillance are directed almost exclusively at the community health agent. In general, the recommendations do not consider the magnitude of the health needs arising from the repercussions of COVID-19 and incipiently contemplate the socio-spatial singularities of the territories. However, the results obtained only portray the perspective of the recommendations, highlighting the need to check the operationalization, in the search to understand the directionality and width of the reorganized work process due to the COVID-19 pandemic and its relationship with the socio-spatial singularities.


Resumen Los múltiples impactos de la Covid-19 en los territorios donde se vinculan los equipos de la Estrategia Salud de la Familia exigen reorganizar el proceso de trabajo. En este estudio, se propone analizar las recomendaciones de la Secretaria de Salud de la ciudad de Recife (Pernambuco) dirigidas a cambios en el proceso de trabajo de la Estrategia durante la pandemia de Covid-19, relacionándolas con las singularidades socioespaciales de los territorios donde se vinculan los equipos. Se trata de un estudio de caso desarrollado mediante una investigación documental con 14 documentos. Los resultados indican que los componentes del proceso de trabajo (objeto, instrumentos, acciones y finalidades) están centrados en la enfermedad, suponiendo un trabajo con abordaje individual y clínico. Las acciones colectivas de promoción y vigilancia están dirigidas casi exclusivamente al agente comunitario de salud. En general, las recomendaciones no consideran la magnitud de las necesidades de salud derivadas de las repercusiones de la Covid-19 y contemplan de manera incipiente las singularidades socioespaciales de los territorios. Sin embargo, los resultados obtenidos solo retratan la perspectiva de las recomendaciones, destacando la necesidad de verificar si dicho proceso está operable, con la intención de comprender la direccionalidad y amplitud del proceso de trabajo reorganizado en virtud de la pandemia de Covid-19 y su relación con las singularidades socioespaciales.


Subject(s)
Humans , Family Health Strategy , Workforce , COVID-19
15.
Texto & contexto enferm ; 31: e20200639, 2022. graf
Article in English | LILACS, BDENF | ID: biblio-1361166

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: to develop a theoretical-explanatory model of the care provided to women in situations of intimate partner violence in the context of Primary Health Care. Method: a study with a qualitative approach, whose theoretical-methodological contribution adopted was the updated Straussian strand of the Grounded Theory. Between February and December 2019, individual interviews were conducted with 31 professionals who worked in Family Health Units in the Health District of a capital from northeastern Brazil, members of the minimum team (first sample group) and of the Expanded Family and Primary Care Health Center (second sample group). The data were organized using an analytical tool called Paradigmatic Model, consisting of three components: condition, action-interaction and consequences. Results: the theoretical-explanatory model of the phenomenon called "enabling the empowerment of women in situations of intimate partner violence" allowed understanding the meanings attributed by the professionals to the care offered to women in situations of intimate partner violence within the scope of the Family Health Strategy. Conclusion: the model of care provided to women in situations of intimate partner violence, based on identification of the problem and intervention in the cases, is limited due to the characteristics of the organization of the services. In this sense, the study points to the importance of managerial actions to achieve favorable outcomes for female empowerment and consequent confrontation of violence.


RESUMEN Objetivo: elaborar un modelo teórico-explicativo de la atención provista a las mujeres en situaciones de violencia conyugal en el ámbito de la Atención Primaria de la Salud. Método: estudio de enfoque cualitativo, donde se adoptó el aporte teórico-metodológico de la vertiente Straussiana actualizada de la Teoría Fundamentada en los Dados. Entre los meses de febrero y diciembre de 2019 se realizaron entrevistas individuales con 31 profesionales que se desempeñaban en Unidades de Salud de la Familia del Distrito Sanitario de una capital del noreste de Brasil, integrantes del equipo mínimo (primer grupo muestral) y del Centro Extendido de Salud de la Familia y Atención Básica (segundo grupo muestral). Los datos se organizaron por medio de la herramienta analítica denominada Modelo Paradigmático, conformado por tres componentes: condición, acción-interacción y consecuencias. Resultados: el modelo teórico-explicativo del fenómeno denominado "Viabilizar el empoderamiento de las mujeres en situaciones de violencia conyugal" permitió comprender los significados atribuidos por los profesionales a la atención ofrecida a las mujeres en situaciones de violencia conyugal en el ámbito de la Estrategia de Salud de la Familia. Conclusión: el modelo de atención a las mujeres en situaciones de violencia doméstica, basado en la identificación del problema y en la intervención frente a los casos, se encuentra limitado como consecuencia de las características de la organización de los servicios. En este sentido, el estudio señala la importancia de acciones de gestión a fin de lograr resultados favorables para el empoderamiento femenino y el consiguiente afrontamiento de la violencia.


RESUMO Objetivo: elaborar um modelo teórico-explicativo do cuidado à mulher em situação de violência por parceiro íntimo no âmbito da Atenção Primária à Saúde. Método: estudo com abordagem qualitativa, cujo aporte teórico-metodológico adotado foi a vertente straussiana atualizada da Teoria Fundamentada nos Dados. Entre os meses de fevereiro e dezembro de 2019 foram realizadas entrevistas individuais com 31 profissionais que atuavam em Unidades de Saúde da Família do Distrito Sanitário de uma capital do Nordeste brasileiro, integrantes da equipe mínima (primeiro grupo amostral) e do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (segundo grupo amostral). Os dados foram organizados por meio da ferramenta analítica denominada modelo paradigmático, composto por três componentes: condição, ação-interação e consequências. Resultados: o modelo teórico-explicativo do fenômeno "Viabilizando o empoderamento da mulher em situação de violência por parceiro íntimo" permitiu a compreensão dos significados atribuídos pelos profissionais aos cuidados ofertados à mulher em situação de violência por parceiro íntimo no âmbito da Estratégia de Saúde da Família. Conclusão: o modelo de cuidado à mulher em situação de violência por parceiro íntimo, pautado na identificação do agravo e intervenção diante dos casos, encontra-se limitado em decorrência das características da organização dos serviços. Nesse sentido, o estudo aponta para a importância de ações da gestão para o alcance de desfechos favoráveis para o empoderamento feminino e o consequente enfrentamento da violência.


Subject(s)
Humans , Adult , Women's Health , Health Personnel , Family Health Strategy , Delivery of Health Care , Forensic Nursing , Intimate Partner Violence , Grounded Theory
16.
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1361668

ABSTRACT

Objetivo: identificar a representação social da violência de homens e mulheres usuários da Estratégia Saúde da Família. Método: pesquisa qualitativa e descritiva, fundamentada na Teoria das Representações Sociais, realizada com 32 pessoas usuárias da Estratégia Saúde da Família, 16 homens e 16 mulheres, por meio de entrevista semiestruturada, analisadas com o auxílio do software IRAMUTEQ. Resultados: os homens retrataram a violência urbana, enquanto as mulheres a doméstica. De modo geral, os participantes demonstraram dificuldade na intervenção da violência, citando os motivos para manutenção de um relacionamento violento e as possíveis formas de prevenção dessas situações. Conclusão: a pesquisa contribuiu ao dar voz e evidenciar a representação social de homens e mulheres usuários da Estratégia Saúde da Família acerca da violência e, assim, possibilita a criação de ações e estratégias mais direcionadas em relação ao enfrentamento e prevenção da violência


Objective: to identify the social representation of violence by men and women using the Family Health Strategy. Method: qualitative and descriptive research, based on the Theory of Social Representations, carried out with 32 people using the Family Health Strategy, 16 men and 16 women, through semi-structured interviews, analyzed with the aid of the IRAMUTEQ software. Results: men portrayed urban violence, while women portrayed domestic violence. In general, the participants demonstrated difficulty in the intervention of violence, citing the reasons for maintaining a violent relationship and the possible ways of preventing these situations. Conclusion: the research contributed by giving a voice and highlighting the social representation of men and women using the Family Health Strategy about violence and, thus, allows the creation of more targeted actions and strategies in relation to confronting and preventing violence


Objetivo: Identificar la representación social de la violencia de hombres y mujeres utilizando la Estrategia de Salud de la Familia. Método: investigación cualitativa y descriptiva, basada en la Teoría de las Representaciones Sociales, realizada con 32 personas utilizando la Estrategia Salud de la Familia, 16 hombres y 16 mujeres, a través de entrevistas semiestructuradas, analizadas con la ayuda del software IRAMUTEQ. Resultados: los hombres retrataron la violencia urbana, mientras que las mujeres retrataron la violencia doméstica. En general, los participantes demostraron dificultad en la intervención de la violencia, citando las razones para mantener una relación violenta y las posibles formas de prevenir estas situaciones. Conclusión: la investigación contribuyó al dar voz y resaltar la representación social de hombres y mujeres utilizando la Estrategia de Salud de la Familia sobre la violencia y, así, permite la creación de acciones y estrategias más focalizadas en relación al enfrentamiento y prevención de la violencia


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Aged , Primary Prevention , Violence , Family Health Strategy , Adaptation, Psychological
17.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 35: eAPE02831, 2022.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1364220

ABSTRACT

Resumo Objetivo Compreender a prática da equipe de saúde da família sob o prisma da ética da virtude. Métodos Estudo de caso único de abordagem qualitativa, realizado entre janeiro e julho de 2019, em Estratégias de Saúde da Família, de um município do interior de Minas Gerais. Os participantes foram médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde, totalizando 35 profissionais das equipes da Estratégia Saúde da Família. Os dados foram coletados por meio de entrevistas e observação e, analisados por meio da análise de conteúdo, com auxílio do software Atlas.ti. Resultados A prática da equipe de saúde da família se desenvolve pelo cuidado centrado nos usuários, na busca de atender suas necessidades objetivas e subjetivas. Contudo, existem obstáculos que transitam na interface entre a legalidade/burocracia (ethos burocrático) referente ao atendimento de normas preconizadas para organização e funcionamento do serviço e o ethos profissional relacionado ao compromisso dos profissionais com as pessoas. Conclusão A prática da equipe de saúde da família na ótica da ética da virtude permite reconhecer que profissional e paciente são agentes morais que se orientam por valores e virtudes na busca pelo bem interno de suas vidas e prática.


Resumen Objetivo Comprender la práctica del equipo de salud de la familia bajo la perspectiva de la ética de las virtudes. Métodos Estudio de caso único de enfoque cualitativo, realizado entre enero y julio de 2019, en Estrategia Salud de la Familia de un municipio del interior de Minas Gerais. Los participantes fueron médicos, enfermeros, técnicos de enfermería y agentes comunitarios de salud, que sumaron un total de 35 profesionales de los equipos de Estrategia Salud de la Familia. Los datos fueron recopilados mediante entrevistas y observación y analizados mediante el análisis de contenido, con ayuda del software Atlas.ti. Resultados La práctica del equipo de salud de la familia se desarrolla mediante el cuidado centrado en los usuarios, buscando satisfacer sus necesidades objetivas y subjetivas. Sin embargo, existen obstáculos que transitan la interfaz entre la legalidad/burocracia (ethos burocrático), relacionado con el cumplimiento de normas recomendadas para la organización y el funcionamiento del servicio, y el ethos profesional, relacionado con el compromiso de los profesionales con las personas. Conclusión La práctica del equipo de salud de la familia bajo la perspectiva de la ética de las virtudes permite reconocer que profesional y paciente son agentes morales que se guían por valores y virtudes en la búsqueda del bien interno de su vida y práctica.


Abstract Objective To understand Family Health team's practice from the perspective of virtue ethics. Methods A single case study of a qualitative approach, conducted between January and July 2019 in Family Health Strategies in a municipality in the countryside of Minas Gerais. Participants were physicians, nurses, nursing technicians and community health workers, totaling 35 professionals from Family Health Strategy teams. Data were collected through interviews and observation and analyzed through content analysis, with the help of atlas.ti software. Results Family Health team's practice is developed by care centered on users, in the search to meet their objective and subjective needs. However, there are obstacles that pass through the interface between legality/bureaucracy (bureaucratic ethos) regarding compliance with standards recommended for service organization and operation and professional ethos related to professionals' commitment to people. Conclusion Family Health team's practice from the perspective of virtue ethics allows us to recognize that professional and patient are moral agents who are guided by values and virtues in the search for the internal good of their lives and practice.


Subject(s)
Humans , Patient Care Team , Professional Practice , Patient-Centered Care , Family Health Strategy , Ethics , Interviews as Topic , Evaluation Studies as Topic
18.
Rev Rene (Online) ; 23: e72148, 2022.
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1357644

ABSTRACT

Objetivo: compreender como ocorre o acompanhamento de crianças e adolescentes em uso de Ritalina pelos profissio-nais enfermeiros das unidades Estratégias Saúde da Família. Métodos: estudo qualitativo ancorado no referencial teó-rico dos atributos essenciais da atenção primária à saúde, no qual participaram 27 enfermeiros da Estratégia Saúde da Família. A coleta de dados ocorreu por meio de entre-vistas, que passaram por análise de conteúdo, com o auxílio do software NVivo. Resultados: emergiram três categorias: (Des)conhecimento sobre a população usuária de Ritalina: sobre a co-responsabilização do processo assistencial e as dificuldades enfrentadas para o acompanhamento do uso da Ritalina; Saberes e fazeres da atenção primária no cenário de utilização da Ritalina; A prescrição da Ritalina como de-manda da instituição escolar. Conclusão: o acompanhamen-to das crianças e adolescentes em uso de Ritalina está fragi-lizado, sendo necessário que a atenção primária à saúde se estruture, amplie e fortaleça os cuidados a essa população. (AU)


Subject(s)
Primary Health Care , Attention Deficit Disorder with Hyperactivity , Family Health Strategy , Methylphenidate
19.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 26: e20200433, 2022. tab
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1346045

ABSTRACT

RESUMO Objetivo avaliar os atributos da Atenção Primária à Saúde na perspectiva dos idosos, na cidade de Sinop em Mato Grosso. Método pesquisa avaliativa, de abordagem quantitativa e delineamento transversal. Utilizou-se o instrumento Primary Care Assessment Tool para entrevista aos 345 idosos. Após entrevista com o instrumento Primary Care Assessment Tool -Brasil, versão usuários, estimou-se o nível de qualidade dos atributos essenciais e derivados sendo considerado satisfatório o escore ≥ 6,6 e insatisfatório < 6,6. A análise foi feita no programa SPSS, versão 19.0. Resultados os atributos Longitudinalidade, Coordenação e Integralidade obtiveram avaliações satisfatórias. O Acesso de Primeiro Contato obteve a pior avaliação na perspectiva dos idosos. Conclusão verifica-se que o acesso de primeiro contato constitui uma barreira a ser transposta na busca de atender às necessidades dos idosos.


RESUMEN Objetivo evaluar los atributos de la Atención Primaria a la Salud desde la perspectiva de los adultos mayores en la ciudad de Sinop en Mato Grosso. Método investigación evaluativa, de enfoque cuantitativo y delineamiento transversal. Se utilizó el instrumento Primary Care Assessment Tool en la entrevista a 345 adultos mayores. Después de la entrevista con el instrumento Primary Care Assessment Tool -Brasil, versión usuarios, se estimó el nivel de calidad de los atributos esenciales y derivados, y se consideró satisfactorio cuando la puntuación era ≥ 6,6 e insatisfactorio el puntaje < 6,6. El análisis se llevó a cabo en el programa SPSS, versión 19.0. Resultados los atributos Longitudinalidad, Coordinación e Integralidad obtuvieron evaluaciones satisfactorias. El Acceso de Primer Contacto obtuvo la peor evaluación en la perspectiva de los adultos mayores. Conclusión se constató que el acceso de primer contacto constituye una barrera a ser traspuesta en el intento de satisfacer las necesidades de los adultos mayores.


ABSTRACT Objective to assess the attributes of Primary Health Care from the perspective of older adults in the municipality of Sinop, Mato Grosso. Method this is an evaluative research study with a cross-sectional design. The data were collected using the Primary Care Assessment Tool for interviews with 345 older adults. After the interviews, with the Primary Care Assessment Tool - Brazil, users' version, the quality level was estimated for the essential and derivative attributes with satisfactory scores ≥ 6.6, and unsatisfactory scores < 6.6. The analysis was performed using the SPSS software, version 19.0. Results the Logitudinality, Coordination and Completeness attributes obtained satisfactory assessments. First Contact Access obtained the worse assessment from the perspective of older adults. Conclusion it is verified that the first contact access constitutes a barrier to be overcome in seeking to meet the older adults' needs.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aged , Aged, 80 and over , Primary Health Care , Health Evaluation , Health of the Elderly , Cross-Sectional Studies , Continuity of Patient Care , Family Health Strategy , Health Services Accessibility
20.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 26: e20210197, 2022.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1360441

ABSTRACT

RESUMO Objetivo discutir o termo família no campo da saúde brasileira por meio: 1) do resgaste histórico do conceito e configuração da família no Brasil; 2) da recapitulação e problematização do termo na saúde brasileira; 3) da discussão na Política Nacional de Atenção Básica. Método trata-se de um estudo teórico-reflexivo. Resultado o texto foi dividido em: "Resgate histórico das transformações familiares no Brasil", "Primeira Unidade Básica de Saúde: a família" e "Política Nacional de Atenção Básica: de que família estamos falando?", que auxiliaram na argumentação sobre a problemática da (não)definição do termo família. Em meio a preocupação sobre alocar o cuidado voltado para a família, torna-se necessário repensar esse termo polissêmico, propondo a desnaturalização de definições cristalizadas que podem emergir na práxis dos profissionais, o que pode produzir atuações baseadas em (pré-)conceitos e negligências a famílias não hegemônicas. Considerações finais e implicações para a prática é necessário discutir sobre qual concepção de família é considerada no campo da saúde e suas repercussões, principalmente na Atenção Primária à Saúde e em políticas de saúde, como na Política Nacional de Atenção Básica, para minimizar possíveis dificuldades que possam surgir no fazer dos profissionais ao se deparar com a pluralidade das realidades familiares.


RESUMEN Objetivo discutir el término familia en el campo de la salud brasileña a través de: 1) la revisión histórica del concepto y configuración de la familia en Brasil; 2) por la recapitulación y problematización del término en la salud brasileña; 3) para la discusión en la Política Nacional de Atención Primaria. Método es un estudio teórico-reflexivo. Resultado el texto se dividió en: "Rescate histórico de las transformaciones familiares en Brasil", "Primera unidad básica de salud: la familia" y "Política Nacional de Atención Primaria: ¿de qué familia estamos hablando?", Que ayudó en la argumentación sobre el problema de la (no) definición del término familia. En medio de la preocupación por la asignación de cuidados orientados a la familia, se hace necesario repensar este término polisémico, proponer la desnaturalización de definiciones cristalizadas que pueden surgir en la praxis de los profesionales, que pueden producir acciones basadas en (pre) conceptos y negligencia de familias no hegemónicas. Consideraciones finales e implicaciones para la práctica es necesario discutir qué concepción de familia se considera en el campo de la salud y sus repercusiones, principalmente en la atención primaria de salud y en las políticas de salud, como la Política Nacional de Atención Primaria, para minimizar las posibles dificultades que puedan surgir en la actuación de los profesionales ante la pluralidad de realidades familiares.


ABSTRACT Objective to discuss the term family in the field of Brazilian health through: 1) the historical review of the concept and family arrangement in Brazil; 2) the recapitulation and problematization of the term in Brazilian health; 3) the discussion in the Brazilian National Primary Care Policy. Method this is a theoretical-reflective study. Results the text was divided into: "Historical rescue of family transformations in Brazil", "First Basic Health Unit: the family" and "Brazilian National Primary Care Policy: which family are we talking about?", which helped in the argument about the problem of (non)definition of family. Amidst the concern about allocating family-oriented care, it becomes necessary to rethink this polysemic term, proposing the denaturalization of crystallized definitions that can emerge in professionals' work, which can produce actions based on (pre-)concepts and negligence to non-hegemonic families. Final considerations and implications for practice it is necessary to discuss which conception of family is considered in the field of health and its repercussions, especially in Primary Health Care and in health policies, as in the Brazilian National Primary Care Policy, to minimize possible difficulties that may arise in professionals' actions when faced with the plurality of family realities.


Subject(s)
Humans , Primary Health Care , Family/history , Public Health , Family Health/history , Family Health Strategy
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL