Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 328
Filter
1.
Rev. adm. pública (Online) ; 54(4): 1079-1096, jul.-ago. 2020. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1137001

ABSTRACT

Resumo Este artigo analisou o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) como ferramenta para mitigar os impactos econômicos e sociais da COVID-19 no Brasil. Para isso, foram realizadas projeções de investimentos e analisadas as condições de operacionalização do programa no momento atual. Foi adotada uma metodologia quanti-quali de análise. Na abordagem quantitativa, foram construídos cenários com projeções de investimentos na política pública; na qualitativa, realizaram-se entrevistas não estruturadas com atores-chave na execução do programa. Os resultados revelaram que o aumento de recursos investidos no programa em um cenário otimizado pode proporcionar ampla capilarização dos benefícios. Identificou-se que o PAA é estratégico para o enfrentamento aos efeitos negativos da COVID-19 porque escoa os produtos da agricultura familiar, o que promove estruturação de cadeias produtivas, acesso a novos mercados e indução ao dinamismo econômico, além de atuar no combate à fome e à miséria de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade. O programa não só apresenta condições de operacionalização durante a pandemia da COVID-19, como tem se adaptado à realidade atual, seguindo protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde. Concluiu-se que o PAA pode minimizar as crises sanitária e econômica, principalmente para a população mais vulnerável, apresentando ações que vão ao encontro das demandas da sociedade civil organizada e de recomendações de organismos nacionais e internacionais especializados, visando à redução dos impactos econômicos e sociais da pandemia causada pelo novo coronavírus.


Resumen Este artículo analizó el Programa de Adquisición de Alimentos (PAA) como una herramienta para mitigar los impactos económicos y sociales de la COVID-19 en Brasil. Con este fin, se hicieron proyecciones de inversión y se analizaron las condiciones para operativizar el programa en el momento actual. Se adoptó una metodología de análisis cuanti-cualitativo. En el enfoque cuantitativo, los escenarios se construyeron con proyecciones de inversión en políticas públicas; en el cualitativo, se realizaron entrevistas no estructuradas con actores clave en la ejecución del programa. Los resultados revelaron que el aumento de recursos invertidos en el programa en un escenario optimizado puede proporcionar una amplia capilarización de los beneficios. Se identificó que el PAA es estratégico para enfrentar los efectos negativos de la COVID-19 porque incentiva la venta de los productos de la agricultura familiar, lo que promueve la estructuración de las cadenas de producción, el acceso a nuevos mercados e induce al dinamismo económico, además de actuar en la lucha contra el hambre y la miseria de las familias que viven en situación de vulnerabilidad. El programa no solo presenta condiciones operativas durante la pandemia de COVID-19, sino que también se ha adaptado a la realidad actual, siguiendo los protocolos establecidos por las autoridades sanitarias. Se concluyó que el PAA puede minimizar las crisis sanitaria y económica, especialmente para la población más vulnerable, presentando acciones que satisfagan las demandas de la sociedad civil organizada y las recomendaciones de organizaciones nacionales e internacionales especializadas destinadas a reducir los impactos económicos y sociales de la pandemia causada por el nuevo coronavirus.


Abstract This article analyzed the Food Acquisition Program (PAA) as a tool to mitigate the economic and social impacts of COVID-19 in Brazil. The study conducted investment projections and analyzed the conditions to operate the program during the pandemic, adopting quantitative-qualitative analysis. As for the quantitative approach, the study worked with projections of public policy investments; the qualitative policy was carried out with unstructured interviews with key actors. The results showed that, in an optimal scenario, the rise of investment could provide a wide capillarization of the benefits of the program. The results point out that the PAA is strategic to face the negative effects of COVID-19 because it helps family farming products reach the consumers, structuring production chains, facilitating access to new markets, and inducing economic dynamics, in addition to combating hunger and extreme poverty of families living in vulnerability. Also, the research found that the program is in operational conditions and adapted to the reality of the pandemic, following protocols established by health authorities. Therefore, the PAA can minimize health and economic crises for the most vulnerable population. It addresses the demands of the organized civil society and recommendations from national and international organizations specialized in reducing the economic and social impacts of the COVID-19 pandemic.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Policy , Adaptation, Psychological , Coronavirus Infections , Vulnerable Populations , Food Security , Food Assistance , Social Programs , Qualitative Research , Economics
2.
Rev. adm. pública (Online) ; 54(4): 1123-1133, jul.-ago. 2020. graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1136991

ABSTRACT

Resumo O presente artigo tem como objetivo analisar as estratégias de intervenção adotadas pela gestão pública frente à crise desencadeada pela COVID-19 para redução da insegurança alimentar, baseado em um estudo de caso no Rio Grande do Norte. Com abordagem qualitativa, foram utilizadas a Teoria do Programa e a abordagem dos múltiplos fluxos para análise das ações emergenciais. No estado, a pandemia confluiu para uma janela de oportunidade, evidenciando o papel importante das Políticas Públicas na agenda governamental, como o Programa Restaurante Popular, e favorecendo a elaboração de respostas rápidas e de medidas de adequação na implementação da política. Conclui-se, neste estudo, que esta pode ser considerada uma boa prática e que ela pode servir de referência a outras ações semelhantes pelo país.


Resumen Este artículo tiene como objetivo analizar las estrategias de intervención adoptadas por la administración pública frente a la crisis desencadenada por la COVID-19 para reducir la inseguridad alimentaria, con base en un estudio de caso en Río Grande do Norte. Con un enfoque cualitativo, se utilizaron la teoría del programa y el enfoque de múltiples flujos para el análisis de acciones de emergencia. En el estado, la pandemia se convirtió en una ventana de oportunidad, destacando el importante papel de las políticas públicas en la agenda gubernamental, como el Programa Restaurante Popular, y favoreciendo la elaboración de respuestas rápidas y de medidas de adecuación en la implementación de las políticas. Se concluye que esta puede ser una buena práctica y que puede ser una referencia para otras acciones similares en todo el país.


Abstract This article aims to analyze the intervention strategies adopted by public management during the COVID-19 pandemic to reduce food insecurity, based on a case study in the Brazilian state of Rio Grande do Norte. The study used a qualitative approach based on Program Theory and the multiple streams model to analyze the actions. In the state, the pandemic brought a window of opportunity, showing the importance of public policy in the government agenda, such as the program "Restaurante Popular," which offers low-cost meals, and favors quick response and adequacy of means of implementation. The study highlights best practices, inspiring actions all over the country.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Policy , State Government , Coronavirus Infections , Health Management , Food Security
3.
Rev. adm. pública (Online) ; 54(4): 1134-1145, jul.-ago. 2020. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1136978

ABSTRACT

Resumo Este artigo tem como objetivo analisar a contribuição do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para o enfrentamento da fome e da insegurança alimentar (IA), ao propor um conjunto de estratégias para que o PNAE possa garantir a alimentação dos escolares neste momento de crise. Realizamos um diagnóstico da IA e da fome no Brasil, analisamos o processo de enfraquecimento das políticas de segurança alimentar e nutricional, consideramos a evolução histórica do PNAE e sua situação atual e, com base nessas reflexões, apresentamos um conjunto de propostas, avaliando seus impactos no orçamento destinado ao PNAE. Apresentamos as seguintes estratégias para o período em que as aulas estiverem suspensas: distribuição de kits ou refeições para escolares, se possível mantendo o caráter universal da política ou beneficiando estudantes das famílias elegíveis para receber o Auxílio Emergencial; ampliar o valor repassado pelo PNAE para os municípios com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) baixo e muito baixo; manter e incentivar a aquisição de alimentos da agricultura familiar. Após o retorno das aulas, sugerimos as seguintes estratégias: levantamento da IA entre os estudantes, manutenção da equidade da política por meio da ampliação do valor do repasse para municípios com IDH baixo e muito baixo, além de atendimento dos escolares de famílias em IA durante as férias e o recesso escolar.


Resumen Este artículo tiene como objetivo analizar la contribución del Programa Nacional de Alimentación Escolar (PNAE) en la lucha contra el hambre y la inseguridad alimentaria (IA) y proponer un conjunto de estrategias para que el PNAE pueda garantizar la alimentación de los estudiantes en este momento de crisis. Para tanto, realizamos un diagnóstico de la IA y el hambre en Brasil, analizamos el debilitamiento de las políticas de seguridad alimentaria y nutricional, consideramos la evolución histórica del PNAE y su situación actual. Con base en estas reflexiones, presentamos un conjunto de propuestas evaluando sus impactos en el presupuesto asignado al PNAE. Presentamos las siguientes estrategias para el período en que las clases estén suspendidas: distribución de kits de alimentos o comidas a los alumnos, manteniendo, si fuera posible, el carácter universal de la política o beneficiando a los estudiantes de familias elegibles para recibir la Ayuda de Emergencia debido a la COVID-19; aumentar el monto transferido por el PNAE a los municipios con un índice de desarrollo humano (IDH) bajo y muy bajo y; mantener e incentivar la compra de alimentos a la agricultura familiar. Después del regreso de las clases, sugerimos las siguientes estrategias: encuesta de IA entre los estudiantes; mantenimiento de la equidad de la política mediante el aumento del monto de la transferencia a municipios con IDH bajo y muy bajo; y asistencia a los estudiantes de familias en situación de IA durante las vacaciones y el receso escolar.


Abstract This article aims to analyze the contribution of the National School Feeding Program (PNAE), in the fight against hunger and food insecurity (FI) and to propose a set of strategies to guarantee that students will continue to receive food during the COVID-19 pandemic. Diagnosis of FI and hunger in Brazil was carried out, analyzing the weakening of Food and Nutritional Security Policies, considering the historical evolution of PNAE and its current situation, and from this analysis, a set of proposals were drawn up, assessing their impacts on the PNAE's budget. We present the following strategies for the period of school closures: distribution of meals for students, maintaining, if possible, the universal character of the policy or benefiting students from families eligible to receive Emergency Aid due to COVID-19; expand the amount transferred by the PNAE to municipalities with a low and very low Human Development Index (HDI) and; maintenance and incentive to purchase food from family farming. When schools re-open, we suggest the following strategies: FI survey among students; maintenance of the equity of the policy by expanding the transfer amount to municipalities with low and very low HDI, and; attendance of students from families in FI during the vacations.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Policy , School Feeding , Coronavirus Infections , Food Security
4.
Brasília; IPEA; 20200500. 21 p. (Nota Técnica / IPEA. Dirur, 17).
Monography in Portuguese | LILACS, ECOS | ID: biblio-1102206

ABSTRACT

Esta nota técnica aborda o potencial do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) como ferramenta para mitigar os impactos econômicos e sociais da Covid-19 no Brasil, além de realizar projeções sobre o alcance do programa em diferentes cenários de investimento, visando gerar subsídios para auxiliar na tomada de decisão quanto à alocação de recursos em medidas para reduzir os efeitos negativos decorrentes da pandemia.


Subject(s)
Public Policy , Coronavirus Infections , Coronavirus , Food Security , Pandemics , Food Supply
5.
RECIIS (Online) ; 14(1): 199-211, jan.-mar. 2020.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1087306

ABSTRACT

As práticas integrativas e complementares buscam espaço em um contexto pautado na visão biologicista da saúde. Neste sentido, os saberes tradicionais e populares têm sido silenciados, sendo seu potencial promotor de saúde reduzido às práticas individuais, reprimidas pelo sistema que provê o cuidado à saúde. Este artigo tem por objetivo a descrição do processo de construção do documentário Cantos e Saberes, com mulheres, sobre saberes e práticas populares do uso de plantas medicinais. O gênero documentário promove comunicação intercultural capaz de trazer o conhecimento carregado de subjetividades e impressões. A montagem do documentário é pautada na análise do discurso das personagens, aprimorando a compreensão sobre a problemática do silenciamento dos seus saberes. Além disso, o produto deste trabalho funciona como propagador dos conhecimentos reunidos por meio das entrevistas, multiplicando as informações para diversas esferas, incluindo, neste caso, pesquisadores, profissionais e comunidades, proporcionando o diálogo entre os saberes.


Integrative and complementary practices looks for space in a context lined up with the biologicist view of health. Besides, the traditional and popular knowledge has been silenced, being its potential health promoter reduced to individual practices, repressed by the system which provides health care. This article aims to describe the process of construction of a documentary under the title Cantos e Saberes, with women, about learning and practices of the medicinal plants use. The documentary genre promotes intercultural communication capable of bringing information loaded with subjectivities and impressions. The documentary editing is based on the discourse analysis of the characters, improving the understanding of the problem regarding the silence in health care about their medicinal plants knowledge. The work product also serves as diffuser for the knowledge gathered by means of the interviews, multiplying the information to different spheres, including researchers, professionals and communities, providing the dialogue between different forms of knowledge.


Las prácticas integrativas y complementarias buscan espacio en un contexto pautado en la visión biologicista de la salud. En ese sentido, los saberes tradicionales y populares son silenciados, teniendo su potencial promotor de salud reducido a prácticas individuales, reprimidas por el sistema que proporciona el cuidado a la salud. Este artículo tiene por objetivo la descripción de la construcción del documental Cantos y Saberes, con mujeres, sobre saberes y prácticas populares del uso de hierbas medicinales. El género documental promueve comunicación intercultural capaz de traer el conocimiento cargado de subjetividades e impresiones. El montaje del documental es pautado en análisis del discurso de los personajes, mejorando la comprensión de la problemática del silenciamiento de sus saberes. Además, el producto de este trabajo propaga los conocimientos reunidos por medio de las entrevistas, multiplicando las informaciones para diversas esferas, incluyendo, en este caso, investigadores, profesionales y comunidades, proporcionando el diálogo entre los saberes.


Subject(s)
Humans , Plants, Medicinal , Primary Health Care , Complementary Therapies , Documentaries and Factual Films , Health Promotion , Agricultural Cultivation , National Health Strategies , Qualitative Research , Food Security , Popular Culture
6.
Demetra (Rio J.) ; 15(1): e43568, jan.- mar.2020. ilus, tab
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1097301

ABSTRACT

As plantas alimentícias não convencionais (PANC) oferecem a oportunidade de superação de desafios que se impõem aos sistemas alimentares. Todavia, a escassez de dados sobre essas plantas e as lacunas encontradas na formação em Nutrição são gargalos que dificultam sua abordagem. Para abordar alguns desses limites, um projeto de horta comunitária foi desenvolvido em um curso de graduação em nutrição em uma universidade federal do nordeste do Brasil. Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados obtidos com esta iniciativa em seus primeiros doze meses com o uso do método Aprendizagem Baseada em Hortas (ABH). Durante 2018, oito plantas foram estudadas. Os dados coletados sobre PANC pelos alunos incluíram: família botânica, nomes populares, origem, bioma de ocorrência, usos alimentícios e indicadores nutricionais. O uso da ABH envolveu algumas estratégias, tais como definição de tema, elaboração de um produto de culminância e promoção da pesquisa em múltiplas bases de evidência. O método ABH mediou o processo educacional implicado com conceitos, práticas e atitudes. As plantas estudadas têm potencial para contribuir com a Segurança Alimentar e Nutricional, devido a alguns critérios, como adequação ao bioma do ambiente de estudo e variedade de nutrientes. Reconhecer plantas alimentícias nativas e adaptadas, resilientes à paisagem da Caatinga, é essencial para melhorar a saúde ambiental e humana neste bioma. Os dados resultantes da experiência de ensino serviram de base para ações de promoção de dietas sustentáveis junto à comunidade inserida no projeto, por meio de conversas e atividades práticas na horta e oficinas culinárias. (AU)


Underutilized food plants (UFP) offer the opportunity to overcome issues that are currently facing sustainable food systems. The scarcity of data on them and the gaps found in the nutrition workforce are challenges that limit their approach. To addresses some of them, a community-based garden project was developed in an undergraduate program in nutrition at a federal university in northeastern Brazil. This paper aims to present the results obtained with this project in its first twelve months concerning the use of Garden-Based Learning (GBL). During 2018 eight plants were studied with the support of this method. The data gathered on UFP by students included: botanical family, vernacular names, origin, the biome of occurrence, food uses, and nutritional indicators. The use of GBL involved some strategies such as definition of theme, elaboration of a culmination product, and fostering the research of different kinds of knowledge. The GBL method mediated the educational process implied with concepts, practices, and attitudes. The plants studied have the potential to contribute with Food and Nutrition Security due some criteria such as adequacy to the biome of the study setting and variety of nutrients. Recognize native and adapted food plants resilient to the dry landscape is central to enhance environmental and human health. The resulting data served as a basis to promote sustainable diets with the surrounding community, from lectures to hands-on activities in the garden and kitchen. (AU)


Subject(s)
Plants, Edible , Problem-Based Learning , Biodiversity , Plants , Universities , Food Security
7.
Demetra (Rio J.) ; 15(1): e42725, jan.- mar.2020. tab, ilus
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1096636

ABSTRACT

As plantas alimentícias não convencionais, conhecidas pela sigla PANC, são hortaliças, frutas, flores ou ervas que crescem espontaneamente na natureza, mas que por serem desconhecidas para a maioria das pessoas, acabam sendo confundidas com plantas daninhas. Este estudo objetivou realizar um levantamento das pesquisas sobre PANC nos anais das últimas seis edições do Congresso Brasileiro de Nutrição (CONBRAN) e nos anais das últimas sete edições do Congresso da Sociedade Brasileira de Nutrição (SBAN), indicando o perfil dessas pesquisas no Brasil no campo da Nutrição. Trata-se de pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória. Foram identificados 25 trabalhos sobre o tema no CONBRAN e dez no Congresso SBAN, indicando que as PANC são tema ainda pouco explorado e abordado com pouca frequência nas pesquisas em Nutrição no Brasil. Destaca-se o potencial emergente de pesquisa que as PANC podem representar no campo da Alimentação em suas mais diversas vertentes: culinária, gastronomia, segurança alimentar, ciência de alimentos, entre outras. Esta pesquisa contribui para a ampliação do conhecimento e direcionamento dos estudos nesta área e, assim, poderá sinalizar uma agenda para estudos futuros. (AU)


Unconventional food plants, known by the acronym UFP (PANC, in Portuguese), are vegetables, fruits, flowers or herbs that grow spontaneously in nature, but because they are unknown to most people, they end up being confused with weeds. This study aimed to carry out a survey of the research on non-conventional food plants in the records of the last six editions of the Brazilian Congress of Nutrition (CONBRAN) and of the last seven editions of the Congress of the Brazilian Society of Nutrition (SBAN), indicating the profile of these studies in Brazil in the field of Nutrition. It is a qualitative, descriptive and exploratory research. Twenty-five studies on the subject at the CONBRAN Congress and ten at the SBAN Congress were identified, indicating that UFP still are little explored subject and rarely addressed in Nutrition research in Brazil. We highlight the emerging research potential that UFP can represent in the field of Food in its most diverse aspects: cooking, gastronomy, food safety, food science, among others. This research contributes to the expansion of knowledge and direction of studies in this area and it may also signal an agenda for future studies. (AU)


Subject(s)
Plants, Edible , Biodiversity , Food Security
8.
Demetra (Rio J.) ; 15(1): e43568, jan.- mar.2020. tab
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1096559

ABSTRACT

Objetivo: Conhecer os determinantes das escolhas alimentares entre as beneficiárias do Programa Bolsa Família em um município do interior da Bahia. Métodos: Trata-se de estudo transversal, com abordagem quantitativa, realizado com mulheres adultas titulares do Programa. Foram realizadas entrevistas para a aplicação do questionário de marcadores de consumo alimentar, da ficha de cadastro e acompanhamento nutricional do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional, e do questionário sobre motivo das escolhas alimentares. Resultados: : Foram avaliadas 40 mulheres, todas consideradas de baixa renda, pretas e pardas (90%), com idade entre 20 e 39 anos (57,5%) e escolaridade superior a quatro anos de estudos (62,5%). Observaram-se maior consumo de feijão, frutas e bebidas adoçadas, e baixa ingestão de verduras e alimentos ultraprocessados. Os motivos das escolhas alimentares com maior grau de importância foram o apelo sensorial, a saúde e o preço dos alimentos; aqueles com menor relevância foram conveniência e humor. Conclusão: Um conjunto de determinantes é responsável pelas escolhas alimentares: alguns relacionados ao alimento, outros vinculados ao indivíduo e aqueles ainda referentes aos aspectos sociais, culturais, éticos, entre outros. Assim, conhecer os principais determinantes torna-se essencial para a compreensão do consumo alimentar das beneficiárias do Bolsa Família e as repercussões sobre o estado nutricional, auxiliando nutricionistas, demais profissionais de saúde e gestores públicos na adoção de estratégias que promovam a Segurança Alimentar e Nutricional das famílias de baixa renda. (AU)


Objective: To know the determinants of food choices among the beneficiaries of the Bolsa Família Program in a city in the State of Bahia. Methods: This is a crosssectional study with a quantitative approach, conducted with adult women who were beneficiaries of the Program. Interviews were conducted by the application of dietary intake markers questionnaire, the registration form, and the nutritional monitoring of Food and Nutrition Surveillance System, and the questionnaire exploring the reason for food choices. Results: fourty women participated in the study, all of them were considered to be low income, 90% were black and brown 57.5% aged 20 to 39 years old, and 62.5% had more than four years of education. Higher consumption of beans, fruits and sweetened beverages and low intake of vegetables and ultraprocessed foods were observed. The most important food choices reasons were sensory appeal, health and food prices; the least relevant were convenience and mood.Conclusion: A set of determinants is responsible for food choices: some related to food, others are individual-related, and still are related to social, cultural, and ethical factors, among others. Hence, it is fundamental to know the main determinants in order to understand the food consumption of Bolsa Família beneficiaries and the impacts on nutritional status, helping nutritionists, health professionals, and public managers when it comes to adopting strategies that promote Food and Nutrition Security of low income families. (AU)


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Middle Aged , Poverty , Feeding Behavior , Food Preferences , Nutrition Programs and Policies , Eating , Vulnerable Populations , Food Security
9.
Demetra (Rio J.) ; 15(1): e42451, jan.- mar.2020. tab, ilus
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1096284

ABSTRACT

Objetivo: Avaliar a situação de segurança alimentar de famílias com crianças préescolares da zona rural de um município do Vale do Paraíba paulista. Métodos: Estudo transversal e analítico, com questionário socioeconômico, demográfico e sobre o plantio de hortas e pomares nos domicílios, além da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar. Os dados foram tratados por meio da estatística descritiva e os testes de hipóteses seguiram nível de significância de 5%. Resultados: Participaram da pesquisa 98 mães de crianças de quatro meses a seis anos de idade, moradoras da zona rural. Verificou-se que 51% das famílias estavam em situação de insegurança alimentar, prevalecendo a forma leve. Encontrou-se associação entre insegurança alimentar e as variáveis: escolaridade materna, renda familiar e recebimento de benefício social. Conclusão: Número considerável de famílias se encontrava em situação de insegurança alimentar; os fatores associados se relacionam com a vulnerabilidade social das famílias, demonstrando a necessidade de melhoria nas condições de vida e acesso aos alimentos para as famílias. (AU)


Objective: to evaluate the situation of Food Security of families with children of primary schools in the rural areas of the Vale do Paraíba Paulista. Methods: a cross-sectional and analytical study, in which it was applied a socioeconomic and demographic questionnaire, questions about the kitchen gardens and orchards plantation's in the houses, and Brazilian Food Insecurity Scale. The data was analyzed by descriptive statistic and the hypothesis tests followed a significance level of 5%. Results: the participants were 98 mothers of children from 4 months to 6 years old, living in the countryside. It was verified that 51% of the families were in Food Insecurity, predominating the light form. It was found association between Food Insecurity and the variables: educated mothers, monthly income of the families and the receiving of social benefit. Conclusion: a considerable number of children assessed who live in the countryside are in Food Insecurity situation; the associated factors relate to the social vulnerability of families. It is necessary to take actions that in fact will improve the access to food and living situation of these families. (AU)


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Middle Aged , Rural Areas , Food Security , Child , Child, Preschool
10.
Demetra (Rio J.) ; 15(1): e47218, jan.- mar.2020.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1117015

ABSTRACT

Introdução: diversos relatórios internacionais têm apresentado as mulheres e meninas como pessoas mais vulneráveis e que demandam justiça social e de gênero para promoção da segurança alimentar e nutricional (SAN). No Brasil, a Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (PNSAN) e importantes programas de SAN apresentam foco prioritário nas mulheres. Este ensaio objetiva examinar a política de segurança alimentar e nutricional brasileira dentro das perspectivas de justiça de gênero de Nancy Fraser. Métodos: Analisamos a PNSAN a partir do conceito tridimensional de justiça de gênero de Nancy Fraser, detendo especial atenção nas mulheres como produtoras, consumidoras e gerentes-chave de alimentos em casa e na comunidade, as implicações de desigualdades no acesso aos alimentos, a política e aos programas públicos cujo intuito é superar os quadros de insegurança alimentar nas mulheres. Resultados: sugere-se que a PNSAN promove mecanismos para ampliar as condições de acesso aos alimentos, água, emprego e redistribuição de renda. Da mesma forma, visa preservar a autonomia e o respeito à dignidade das pessoas, sem discriminação de qualquer espécie; e a participação social na formulação, execução, acompanhamento, monitoramento e controle das políticas e dos planos de segurança alimentar e nutricional em todas as esferas de governo. Conclusão: a PNSAN apresenta uma sensibilidade ao gênero, considerando as mulheres um grupo vulnerável à insegurança alimentar e nutricional. Contudo, os programas e ações desenvolvidos apresentam limitações em considerar o gênero, pois, por vezes, apresentam argumentos parciais, apolíticos e sexistas dos problemas de segurança alimentar e nutricional. (AU)


Introduction: several international reports have presented women and girls as more vulnerable people who demand social and gender justice to promote food and nutrition security (FNS). In Brazil, the National Food and Nutrition Policy (NFNP) and important FNS programs have a priority focus on women. This essay aims to examine the Brazilian Food and Nutrition Policy from the perspective of Nancy Fraser's concept of gender justice. Method: We analyzed NFNP from Fraser's three-dimensional gender justice concept, with special attention to women as producers, consumers and food managers at home and in the community, as well as the implications of inequalities in access to food, public policy, and programs that aim to overcome the situation of food insecurity among women. Results: The results of this analysis suggest that NFNP promotes mechanisms to expand the conditions of access to food, water, employment, and income redistribution. Likewise, it aims to preserve people's autonomy and respect for their dignity, without discrimination of any kind; and it encourages social participation in the formulation, execution, follow-up, monitoring and control of food and nutrition security policies and plans at all levels of government. Conclusion: NFNP is thus gender-sensitive, considering women as a vulnerable group to food and nutritional insecurity. However, subsequent NFNP-based programs and actions are limited in this regard since, in practice, they have included partial, apolitical, and sexist arguments when addressing problems of food and nutrition security. (AU)


Subject(s)
Women , Food Security , Gender Inequality , Public Policy , Nutrition for Vulnerable Groups
11.
Rev. bras. promoç. saúde (Impr.) ; 33: 1-11, 03/01/2020.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1099813

ABSTRACT

Objetivo: Verificar os fatores associados à insegurança alimentar e nutricional (IAN) de uma comunidade carente. Métodos: Estudo transversal e analítico, desenvolvido nos meses de agosto e setembro de 2018, com 150 indivíduos, em uma comunidade carente de São Luís, Maranhão, Brasil. Participaram da pesquisa maiores de 18 anos, de ambos os sexos e residentes em domicílios na comunidade escolhida. Não foi incluído mais de um indivíduo por domicílio. Aplicou-se um questionário para obtenção de dados sociodemográficos (sexo, idade, escolaridade, renda, cor da pele, número de moradores da residência, estado civil e ocupação). A situação de insegurança alimentar e nutricional foi avaliada com auxílio da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar, que mede a percepção e a experiência familiar da segurança alimentar, insegurança e fome em nível domiciliar, classificando o domicílio em segurança ou insegurança alimentar (leve, moderada ou grave). Realizou-se análise multivariada pelo modelo de regressão de Poisson. Resultados: A prevalência de IAN foi de 94% (n=141) nos avaliados. No que se refere à renda, 70,7% (n=106) tinham renda mensal menor que um salário mínimo. Quanto à escolaridade, 50,7% (n=76) relataram tempo inferior a oito anos de estudo. Observou-se associação em ter renda familiar menor que um salário mínimo (IRR=1,07; IC=1,07-1,31) com a IAN. Conclusão: A prevalência de insegurança alimentar foi elevada entre os indivíduos investigados e mostrou-se associada à menor renda.


Objective: To verify the factors associated with Food and Nutrition Insecurity (FNI) in a needy community. Methods: This analytical cross-sectional study was conducted from August to September 2018 with 150 people from a needy community in São Luís, Maranhão, Brazil. Participants were 18 years old, of both sexes, and lived in households in the chosen community. No more than one person per household was included. A questionnaire was used to obtain sociodemographic data (sex, age, education, income, skin color, number of people living in the household, marital status and occupation). Food and nutrition insecurity status was assessed by the Brazilian Food Insecurity Scale, which measures family's perception and experience of food security, insecurity and hunger in the household and classifies the household as either food security or food insecurity (mild, moderate or severe). Multivariate analysis was performed using the Poisson regression model. Results: The prevalence rate of FNI was 94% (n=141) in the people analyzed. Regarding income, 70.7% (n=106) of the participants had a monthly income of less than one minimum wage. As for education, 50.7% (n=76) of the participants reported having less than eight years of study. There was an association between household income of less than one minimum wage (IRR=1.07; CI=1.07-1.31) and FNI. Conclusion: The prevalence of food insecurity was high among the people analyzed and it was associated with lower income.


Objetivo: Verificar los factores asociados con la inseguridad alimentaria y nutricional (IAN) de una comunidad desfavorecida. Métodos: Estudio transversal y analítico desarrollado en los meses entre agosto y septiembre de 2018 con 150 individuos de una comunidad desfavorecida de São Luís, Maranhão, Brasil. Mayores de 18 años, de ambos los sexos y residentes de domicilios de la comunidad elegida participaron de la investigación. No se ha incluido más de uno individuo de cada domicilio. Se aplicó una encuesta para obtener los datos sociodemográficos (el sexo, la edad, la escolaridad, la renta, el color de la piel, el número de personas de la vivienda, el estado civil y la ocupación). La situación de inseguridad alimentaria y nutricional ha sido evaluada por la Escala Brasileña de Inseguridad Alimentaria que mide la percepción y la experiencia de la familia sobre la seguridad alimentaria, la inseguridad y el hambre a nivel domiciliario clasificándole de seguridad o inseguridad alimentaria (leve, moderada o grave). Se realizó un análisis multivariado por el modelo de regresión de Poisson. Resultados: La prevalencia de IAN en los evaluados ha sido del 94% (n=141). Sobre la renta, el 70,7% (n=106) tenía la renta mensual de menos de un sueldo mínimo. Respecto la escolaridad, el 50,7% (n=76) ha relatado haber tenido menos de ocho años de estudio. Se observó la asociación entre tener la renta familiar de menos de un sueldo mínimo (IRR=1,07; IC=1,07-1,31) y la IAN. Conclusión: La prevalencia de inseguridad alimentaria ha sido elevada entre los individuos investigados y se ha asociado con la renta baja.


Subject(s)
Risk Factors , Social Vulnerability , Food Security
12.
Saúde Soc ; 29(4): e200031, 2020. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1156891

ABSTRACT

Resumo A garantia da segurança alimentar e nutricional (SAN) por meio da oferta de alimentos de qualidade é essencial para o desenvolvimento humano e fator de proteção para melhores condições de saúde da população. O objetivo deste estudo foi comparar a qualidade dos alimentos, segundo o sistema de produção, e sua relação com a SAN. Trata-se de uma revisão sistemática da literatura baseada no método Preferred Reporting Items for Systematic Reviews (Prisma), cujo levantamento de dados totalizou 389 estudos, sendo 14 incluídos. Os estudos comparativos entre alimentos produzidos em sistemas convencionais e alternativos de base ecológica mostraram efeitos benéficos destes últimos à saúde, uma vez que possuem qualidade nutricional superior e são mais seguros para o consumo. Em relação ao impacto ambiental, tais alimentos favorecem a produção sustentável. Ao contrário, o modelo de produção convencional mostrou limitações, como a contaminação mundial da cadeia alimentar por resíduos de agrotóxicos e fertilizantes sintéticos que podem causar danos à saúde e ao meio ambiente, levando à insegurança alimentar e nutricional. Informações que contribuam para o fortalecimento dos sistemas agroalimentares sustentáveis são ferramentas essenciais para criação de políticas públicas que atuem como estratégia intersetorial de promoção da saúde e de segurança alimentar e nutricional.


Abstract The guarantee of Food and Nutrition Security (FNS) through the provision of quality food is essential for human development and a protective factor for better health conditions for the population. The aim of this study was to compare the quality of food according to the production system and its relationship with FNS. It is a systematic review of literature, based on the Preferred Reporting Items for Systematic Reviews (Prisma) method, whose data totaled 389 studies, 14 of which were included. Comparative studies between foods produced in conventional and alternative production systems based on ecology have shown beneficial effects of the latter on health since they have superior nutritional quality and are safer for consumption. Regarding the environmental impact, these foods favor sustainable production. On the other hand, the conventional production model showed limitations such as the worldwide contamination of the food chain by pesticide residues and synthetic fertilizers, which can cause damage to health and the environment, leading to food and nutritional insecurity. Information that contributes to the strengthening of sustainable agri-food systems is essential tools for the creation of public policies that act as an intersectoral strategy for the promotion of health and food and nutrition security.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Policy , Eating , Food Production , Food Quality , Food Security , Diet, Healthy , Health Promotion
13.
Saúde Soc ; 29(4): e180890, 2020. tab
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-1156890

ABSTRACT

Resumen El concepto de gobernanza adquiere cada vez más relevancia en los debates y práctica de la gestión de estrategias políticas de Seguridad Alimentaria y Nutricional (SAN). Sin embargo, su análisis demuestra una complejidad por la influencia de actores locales, regionales, nacionales e internacionales. El enfoque sistémico de la SAN contempla, dentro de otros principios, la participación y la intersectorialidad, tales estrategias parten de una perspectiva multidisciplinaria que no presupone homogeneidad, sino que se conforma de diversos actores y sus distintas formas de relacionamiento multinivel. Para comprenderlo, este artículo propone una ruta teórico-metodológica que consiste en el análisis de actores involucrados en determinada problemática, utilizando las contribuciones del abordaje de las Redes de Política Pública (RPP). Las herramientas analíticas de dicho abordaje ofrecen caminos para delimitar el estudio y definir cómo y quiénes ejercen la gobernanza en la SAN del contexto a estudiar.


Abstract The concept of governance acquires more and more relevance in the debates and practice of the management of political strategies of Food and Nutrition Security (FSN). However, its analysis demonstrates a complexity due to the influence of local, regional, national and international actors. The systemic approach of the FNS contemplates participation and intersectorality, among other principles. Such strategies are based on a multidisciplinary perspective that does not imply homogeneity, but rather consists on diverse actors and their different forms of multilevel relationship. In order to clarify it, this article proposes a theoretical-methodological route that consists on the analysis of actors involved in a given problem using the contributions of the Public Policy Networks (PPN) approach. The analytical tools of this approach offer ways to delimit the study and define the way, as well as who exercises the governance in FSN under the context to be studied.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Policy , Intersectoral Collaboration , Food Security , Health Governance
14.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 593-602, jan.-dez. 2020. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1099714

ABSTRACT

Objetivos: sintetizar o conhecimento produzido na literatura acerca do estado nutricional e a segurança alimentar de famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família. Métodos: Revisão integrativa, com publicações de 2004 a 2017, nas bases de dados: Scientific Electronic Library Online, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde e Biblioteca Virtual em Saúde utilizando-se os descritores: Estado Nutricional; Segurança Alimentar; Saúde Pública; Política Nutricional; Política Social. Resultados: Foram selecionadas 17 publicações que atenderam aos critérios de inclusão. O Programa proporcionou às famílias beneficiadas acesso a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente. Em contrapartida, proporcionou o aumento no consumo de alimentos calóricos e de baixo teor nutritivo, ocasionando distúrbios nutricionais. Conclusão: O Programa trouxe inúmeros benefícios, mas recomenda-se a realização de ações educativas que visem à alimentação saudável e a busca por investimentos nos setores de educação, saúde, geração de trabalho e renda e implantação de políticas voltadas à desigualdade social


Objectives: To synthesize the knowledge produced in the literature about the nutritional status and food security of families benefited by the Bolsa Família Program. Methods: Integrative review, with publications from 2004 to 2017, in the databases: Scientific Electronic Library Online, Latin American and Caribbean Health Sciences Literature and Virtual Health Library using the keywords: Nutritional Status; Food safety; Public health; Nutritional policy; Social policy. Results: We selected 17 publications that met the inclusion criteria. The Program provided beneficiary families with access to sufficient and quality food. On the other hand, it provided an increase in the consumption of low calorie and nutritious foods, causing nutritional disturbances. Conclusion: The Program has brought many benefits, but it is recommended to carry out educational actions aimed at healthy eating and the search for investments in education, health, job and income generation and implementation of policies aimed at social inequality


Objetivos: sintetizar los conocimientos producidos en la literatura sobre el estado nutricional y la seguridad alimentaria de las familias beneficiados por el Programa Bolsa Família. Métodos: Revisión integrativa, con publicaciones de 2004 a 2017, en las bases de datos: Biblioteca Electrónica Científica En Línea, Literatura Latinoamericana y del Caribe sobre Ciencias de la Salud y Biblioteca Virtual de Salud utilizando los descriptores: Estado Nutricional; Seguridad Alimentaria; Salud Pública; Política Nutricional; Política Social. Resultados: Seleccionamos 17 publicaciones que cumplían los criterios de inclusión. El Programa proporcionó a las familias beneficiadas acceso a alimentos de calidad y suficientes. Por otro lado, aumentó el consumo de alimentos calóricos con bajo contenido nutricional, causando trastornos nutricionales. Conclusión: El Programa ha traído numerosos beneficios, pero se recomienda llevar a cabo acciones educativas dirigidas a una alimentación saludable y la búsqueda de inversiones en los sectores de la educación, la salud, la generación de trabajo y los ingresos y la implementación de políticas dirigidas a la desigualdad social


Subject(s)
Humans , Male , Female , Nutrition Programs and Policies , Nutritional Status , Food Security , Nutrition Surveys , Government Programs
15.
Rev. bras. ciênc. saúde ; 24(1): 37-44, 2020. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1087472

ABSTRACT

Objetivo: Apresentar a prevalência de (in)segurança alimentar e nutricional e analisar a associação desta com alguns indica-dores socioeconômicos e o perfil antropométrico das mulheres beneficiadas por programa social. Metodologia: A população do estudo foi constituída por mulheres beneficiadas pelo programa Minha Casa Minha Vida, no Município de Petrolina-PE. Foram coletadas informações sobre os indicadores socioeconômicos, como raça, escolaridade, renda, quantidade de moradores. Foram aferidos o peso (Kg) e a altura para o cálculo do IMC. Por fim, foram coletadas as informações sobre (in)segurança alimentar por meio da Escala Brasileira de Insegurança Alimen-tar (EBIA). Resultados: A amostra do estudo foi constituída por 206 mulheres, em que 23,3% de suas famílias investigadas apresentaram segurança alimentar. O restante apresentou insegurança alimentar, 53,4% apresentaram insegurança leve, 13,6% insegurança moderada e 9,7% insegurança alimentar grave. O perfil antropométrico dessas mulheres não mostrou associação com a (in)segurança alimentar, sendo que 3,4% encontraram-se com baixo peso, 44,2% encontraram-se eu-tróficas e 52,4% apresentaram sobrepeso ou obesidade. Os indicadores socioeconômicos associados foram a renda total do domicílio, a escolaridade e a raça, enquanto a quantidade de moradores não se associou. A maior parte das mulheres eram pardas ou negras, possuíam baixa escolaridade e um rendimento domiciliar de até 1 salário mínimo, com quatro ou cinco moradores em seu domicílio. Conclusão: A popu-lação beneficiada apresenta elevado índice de insegurança alimentar, que está associada à baixa qualidade vida. Dessa forma, programas precisam sejam reformulados para garantir aos brasileiros acesso as necessidades básicas que possam assegurar bem-estar e qualidade vida. (AU)


Objective: To present the prevalence of food and nutritional (in)security in families benefited by a social program and to analyze the association of some socioeconomic indicators and the anthropometric profile of these women. Methodology:The study population consisted of women benefiting from the "Minha Casa Minha Vida" program in the city of Petrolina-PE. Data on socioeconomic indicators were collected, such as race, education, income, number of residents, weight (Kg) and height for the calculation of BMI. The Brazilian Scale of Food Insecu-rity (EBIA) was used to evaluate the food (in)security. Results:The study sample consisted of 206 women, where 23.3% of their families presented food security. The remaining families presented 53.4% mild, 13.6% moderate and 9.7% severe food insecurity. The anthropometric profile of these women did not show an association with food (in)security, with 3.4% being underweight, 44.2% were eutrophic and 52.4% were overweight or obese. The associated socioeconomic indicators were the total income, schooling and race, while the number of residents of the household did not have any association. Most women declared brown or black race, with low schooling and household income up to 1 minimum wage, with four or five residents in their home. Conclusion: The benefitted population has a high level of food insecurity, which is associated with poor quality of life. Thus, programs need to be reformulated to guarantee Brazilians' access to basic needs that ensure wellbeing and quality of life. (AU)


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Middle Aged , Aged , Young Adult , Socioeconomic Factors , Body Mass Index , Food Security , Social Programs , Body Weight , Cross-Sectional Studies , Overweight
16.
São Paulo; s.n; 2020. 163 p.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1145889

ABSTRACT

Com base no referencial teórico da saúde coletiva sobre processo de trabalho em saúde e necessidades de saúde, este estudo teve o objetivo de analisar o trabalho em saúde na Estratégia Saúde da Família (ESF) a partir do cuidado oferecido a usuários em insegurança alimentar e nutricional (ISAN), com recorte para pessoas com obesidade. Foi realizado um estudo de caso de abordagem qualitativa em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) localizada na zona leste do município de São Paulo. Foram feitas 11 entrevistas semiestruturadas com trabalhadores da ESF como enfermeiros, profissionais do Núcleo de Apoio a Saúde da Família e médicos. Além disso, a observação participante, entre os meses de julho e agosto de 2019, e a elaboração de um diário de campo deram suporte para a discussão dos achados. Por meio da análise temática, os resultados e a discussão foram apresentados em três seções. Foi possível compreender que a organização dos processos de trabalho na ESF impõe limites ao enfrentamento à obesidade crescente no Brasil. Os profissionais de saúde estão submetidos a um modelo assistencial ainda fortemente pautado pela lógica biomédica, com um vínculo empregatício frágil e pressionados pela lógica de desempenho. Consequentemente, demonstraram ter pouca autonomia e tempo para a definição do seu processo de trabalho. A organização do trabalho na ESF e a falta de domínio do processo de trabalho conduzem os profissionais a uma reprodução de atividades assistenciais produzindo um cuidado fragmentado, protocolar e voltado para o cumprimento das metas de produção pré estabelecidas. No caso do processo de trabalho voltado para pessoas com obesidade, a lógica individualizante fortemente presente nos pilares da promoção da saúde reforça responsabilização, estigmatização e culpabilização dos usuários com obesidade. Assim, a finalidade das atividades desenvolvidas na UBS acaba se voltando para a perda de peso e para a mudança do comportamento de risco, mesmo que os profissionais compreendam que a determinação da obesidade tem raízes na organização social. Como desafios para o campo da saúde coletiva, destaca-se a necessidade do fortalecimento de uma concepção de ISAN que extrapole a noção de risco à saúde e que se aproxime das raízes causadoras da obesidade. Ademais, a necessidade de fortalecimento de modelos assistenciais que busquem a coletivização das questões de saúde e alimentação, para assim possibilitar a construção de processos de trabalho que se aproximem das necessidades de saúde dos usuários e também dos trabalhadores de saúde. Esta pesquisa lança um olhar sobre as contradições inerentes ao processo de trabalho em saúde no capitalismo e suas implicações sobre as práticas de cuidado destinadas às pessoas com obesidade.


Based on the theoretical framework of collective health about health work process and health needs, this study aimed to analyze health work in the Family Health Strategy (ESF) starting from the care offered to users with food and nutritional insecurity, particularly people with obesity. A case study of qualitative approach was carried out in a Basic Health Unit (UBS) located on the East Side of São Paulo city. Eleven semi-structured calls to ESF workers such as nurses, professionals from the Family Health Support Center and doctors have been made. In addition, participant observation between July and August 2019, and the preparation of a field diary provided support for discussing the findings. Through thematic analysis, results and discussion were presented in three sections. It was possible to understand that the organization of work processes in ESF imposes limits on coping with growing obesity in Brazil. Health professionals are subjected to a care model that is still strongly guided by biomedical logic, with a fragile employment relationship and pressured by the logic of performance. Consequently, they demonstrated to have little autonomy and time to define their work process. The organization of work in ESF and the lack of mastery of the work process lead professionals to a reproduction of care activities, producing fragmented, protocol-based care aimed at meeting pre-established production goals. In the case of work processes aimed at people with obesity, the individualizing logic that is strongly present in the pillars of health promotion reinforces accountability, stigmatization and blaming of users with obesity. Thus, the purpose of the activities developed in UBS ends up focusing on weight loss and change in risky behavior, even though professionals understand that the determination of obesity has its roots in social organization. As challenges for the field of collective health, the need to strengthen a concept of food and nutritional insecurity that goes beyond the notion of risk to health and that approaches the root causes of obesity stands out. Besides that, the need to strengthen health care models that seek to collectivize health and food issues, in order to enable the construction of work processes that are closer to the health needs of users and health workers. This research casts a glance at the contradictions inherent in the health work process under capitalism and its implications on care practices for people with obesity.


Subject(s)
Primary Health Care , Work , Capitalism , National Health Strategies , Food Security , Obesity
17.
Enferm. foco (Brasília) ; 11(2,n.esp): 226-230, dez. 2020.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1145898

ABSTRACT

Objetivo: Refletir sobre a experiência de pesquisadores em realizar entrevistas com mulheres refugiadas sobre cuidados com etapas de seleção, higiene e preparo de alimentos em tempos de Covid-19. Método: Trata-se de um relato de experiência a respeito do processo vivenciado por pesquisadores em manter coleta de informações a partir de entrevistas com mulheres refugiadas residentes no Estado do Rio de Janeiro sobre alimentação em tempos de pandemia. Resultados: Foram identificadas fragilidades para manter hábitos alimentares saudáveis, medidas de proteção individual e aquisição de informações seguras, o que contribuiu para reforçar a necessidade de orientações sobre segurança alimentar, atreladas às recomendações de isolamento social, lavagem das mãos e uso de máscaras, medidas importantes para o enfrentamento da pandemia e manutenção da vida. Conclusão: Essa experiência possibilitou criar grupos de orientações para as refugiadas na área da saúde alimentar, em especial no fornecimento de informações acerca de alimentos, seleção, higiene e preparo durante a pandemia. (AU)


Objective: Reflecting on the experience of researchers in conducting interviews with refugee women about food care due to steps of selection, hygiene and food preparation in times of COVID-19. Methodo: It is an experience report on the reflections regarding the process experienced by researchers in maintaining information collection from interviews with refugee women living in the state of Rio de Janeiro in times of pandemic. Results: reflecting on weaknesses to maintain healthy eating habits, individual protection measures and the acquisition of safe information contributed to reinforce the need for guidelines on food security, linked to recommendations for social isolation, hand washing and the use of important masks to face the pandemic and maintenance of life. Conclusion: This experience made it possible to create groups of guidelines for refugees in the area of food health, especially in providing information about food, selection, hygiene and preparation during the pandemic. (AU)


Objetivo: Reflexionar sobre la experiencia de los investigadores en la realización de entrevistas con mujeres refugiadas sobre la atención con pasos de selección, higiene y preparación de alimentos en tiempos de COVID-19. Metodo: Es un informe de experiencia sobre las reflexiones sobre el proceso experimentado por los investigadores para mantener la recopilación de información de entrevistas con mujeres refugiadas que viven en el estado de Río de Janeiro en tiempos de pandemia. Resultados: Reflexionar sobre las debilidades para mantener hábitos alimenticios saludables, las medidas de protección individual y la adquisición de información segura contribuyeron a reforzar la necesidad de pautas sobre seguridad alimentaria, vinculadas a recomendaciones para el aislamiento social, el lavado de manos y el uso de máscaras importantes para enfrentar la pandemia y mantenimiento de la vida. Conclusión: Esta experiencia permitió crear grupos de pautas para los refugiados en el área de la salud alimentaria, especialmente en el suministro de información sobre alimentos, selección, higiene y preparación durante la pandemia. Descriptores: Infecciones por Coronavirus; Refugiados; Dieta; Seguridad Alimentaria y Nutricional; Preferencias Alimentarias. (AU)


Subject(s)
Coronavirus Infections , Refugees , Diet , Food Security , Food Preferences
18.
Saúde Soc ; 29(3): e190570, 2020. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS, SES-SP | ID: biblio-1139534

ABSTRACT

Resumo O nutricionista é um profissional importante para a promoção da saúde individual e coletiva, tendo em vista a realização da segurança alimentar e nutricional (SAN), que focaliza o direito humano à alimentação adequada (DHAA) e se constitui estratégia de ações e políticas que pautam o próprio DHAA, a soberania alimentar e o enfoque sistêmico. Nesse sentido, a formação do nutricionista deve incluir conteúdos que subsidiem a sua tarefa de promoção da alimentação adequada e saudável, comprometida com os princípios do Sistema Único de Saúde, na perspectiva da SAN. Este estudo analisou 27 projetos pedagógicos do curso de nutrição de universidades federais das cinco regiões do país, visando identificar como a SAN aparece nos currículos e se constitui elemento para a construção do perfil profissional. A análise evidenciou que, apesar de a maioria estar em consonância com as orientações das Diretrizes Curriculares Nacionais em relação ao perfil esperado para o egresso, o tema é abordado por um número restrito de disciplinas, apontando baixa representatividade dos conteúdos de SAN em relação a outros conteúdos disciplinares. Conclui-se que o fortalecimento do tema na formação refletirá na atuação do profissional engajado e comprometido com a sua realização no cotidiano.


Abstract Nutritionists are key for individual and collective health promotion focused on achieving Food and Nutrition Security (FNS) policies, which in Brazil focuses on the human right to adequate food (HRAF) and includes guidelines for itself, for food sovereignty, and its systemic approach. The nutritionist's training must include content that promotes adequate and healthy food, following SUS principles from the perspective of FNS. This study analyzes 27 pedagogical projects of the Nutrition course from federal universities in the five regions of Brazil to identify how the FNS appears in Nutrition curricula and functions as an element for constructing a professional profile. The results showed that, although most curricula comply with the national curriculum guidelines regarding the expected profile for graduates, the subject is addressed by a restricted number of disciplines, indicating a low representativeness of FNS content regarding interdisciplinary content. Strengthening the subject during training thus reflects on these professionals' performance in daily life.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Universities , Health Human Resource Training , Food Security , Nutritionists , Health Promotion , Job Description , Unified Health System
19.
Saúde Soc ; 29(4): e190687, 2020. tab
Article in Portuguese | LILACS, SES-SP | ID: biblio-1139550

ABSTRACT

Resumo No Rock in Rio de 2017 a Vigilância Sanitária apreendeu, por falta do selo federal de inspeção sanitária, mais de 160kg de produtos de origem animal, incluindo queijos e linguiças artesanais, de uma renomada chef brasileira. Este evento reacendeu o debate sobre a qualidade dos alimentos no país. Neste artigo, propomos uma discussão sobre a inspeção de produtos animais no Brasil e defendemos um conceito amplo de qualidade, utilizando um método que se baseia na proposta de ensaio de Adorno. Apresentamos o cenário nacional da inspeção, definindo responsabilidades governamentais, conflitos de interesses e propostas em andamento para revisar as normativas específicas vigentes. Em seguida, abordamos a ampliação do conceito de qualidade de alimentos, contextualizando-o no movimento contemporâneo intitulado quality turn. Por fim, apontamos os desafios do cenário político brasileiro e destacamos a necessidade das reformas epistemológica, política e ética para o debate sobre a qualidade de alimentos visando a promover a segurança alimentar e nutricional da população brasileira.


Abstract In 2017, at Rock in Rio, Sanitary Surveillance seized more than 160 kg of animal products, including cheese and hand-crafted sausages, from a renowned Brazilian chef for lack of a federal sanitary inspection stamp. This event rekindled the debate on food quality in the country. In this paper, we discuss animal products' inspection in Brazil and advocate for a broad concept of quality. Our method relays on Adorno's essay proposal. We present the national scenario of the inspection, defining governmental responsibilities, conflicts of interest, and undergoing proposals to review current laws. Then we approach the expansion of the concept of food quality, contextualizing it in the contemporary movement called "quality turn". Lastly, we indicate the challenges of the Brazilian political scenario and highlight the epistemological, political and ethical reforms needed for the debate on food quality to promote the Food and Nutrition Security of the Brazilian population.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Health Surveillance , Food Quality , Food Security , Diet, Healthy
20.
Rev. Nutr. (Online) ; 33: e200171, 2020.
Article in English | LILACS, SES-SP | ID: biblio-1136705

ABSTRACT

ABSTRACT In Brazil, indigenous peoples present a complex reality characterized by a marked social vulnerability that is manifested in health and nutritional indicators. In this scenario, poor sanitary conditions prevail, with a high burden of chronic noncommunicable diseases; infectious/parasitic diseases; and nutritional disorders, including malnutrition and anemia. This situation is reflected in numerous aspects of food insecurity, placing this population in a position of particular vulnerability to the coronavirus disease 2019 pandemic and its effects. The objective of our study was to present a set of preliminary reflections on food insecurity and indigenous protagonism in times of Covid-19. The pandemic has deepened the inequalities that affect the indigenous peoples, with a direct impact on food security conditions. Amid the effects of the pandemic, indigenous protagonism has played a fundamental role in guaranteeing these peoples' rights and access to food, denouncing the absent and slow official responses as acts of institutional violence, which will have serious and lasting effects on the lives of indigenous peoples.


RESUMO No Brasil, os povos indígenas apresentam uma realidade complexa e caracterizada por uma acentuada vulnerabilidade social, manifesta em indicadores de saúde e de nutrição. Neste cenário prevalecem condições sanitárias precárias, com elevada carga de doenças crônicas não transmissíveis, doenças infecto-parasitárias e agravos nutricionais diversos, incluindo desnutrição e anemia. Esse quadro se reflete em inúmeras faces da insegurança alimentar, situando-os em uma posição particularmente vulnerável à pandemia e seus efeitos. O objetivo deste trabalho é apresentar um conjunto de reflexões, em caráter preliminar, sobre a insegurança alimentar e o protagonismo indígena em tempos de Covid-19. A pandemia vem aprofundando as iniquidades que os atingem, com impactos diretos nas condições de segurança alimentar. O protagonismo indígena tem tido um papel fundamental na garantia de seus direitos e acesso à alimentação, denunciando a ausência e a lentidão das respostas oficiais como ações de violência institucional, que terão graves e duradouros efeitos nas trajetórias destes povos.


Subject(s)
Humans , Coronavirus Infections/ethnology , Food Security , Indigenous Peoples , Social Organization
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL