Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 988
Filter
1.
Demetra (Rio J.) ; 19: 71469, 2024. ^etab, ^eilus
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1552727

ABSTRACT

Introdução: Favelas são regiões que não foram priorizadas pelas políticas públicas, e isso se reflete no ambiente alimentar e, consequentemente, na dificuldade de acesso aos alimentos, sobretudo aqueles produzidos de forma sustentável. Objetivo: Caracterizar o acesso físico às feiras de orgânicos municipais em favelas de Belo Horizonte, Minas Gerais, identificando desertos e pântanos alimentares e realizando uma comparação com a disponibilidade, distância e tempo de deslocamento de estabelecimentos que ofertam alimentos convencionais nessas áreas. Métodos: Foi analisada a distribuição das feiras de orgânicos municipais, dos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e dos estabelecimentos que ofertam alimentos cadastrados na Secretaria da Fazenda do Estado de Minas Gerais para o ano de 2019, nos 192 setores censitários localizados em favelas de Belo Horizonte. Para as análises closestfacility e distância de deslocamento, foi utilizado o buffer network de 500 metros. Também foi realizada a análise do tempo de deslocamento utilizando transporte público. Resultados: As feiras de orgânicos municipais estão em menor número e mais distantes dos centroides das favelas. E, além da maior distância para acessar as feiras caminhando, acessá-las por meio de transporte público leva, em geral, um tempo maior de deslocamento. Conclusões: São necessários programas e políticas públicas que incentivem a abertura de feiras de orgânicos e outros tipos de estabelecimentos que ofertam alimentos in natura e minimamente processados que adotem modelos de produção sustentáveis em áreas de favelas, a fim de reduzir as iniquidades de acesso aos alimentos saudáveis e sustentáveis nesse território.Introdução: Favelas são regiões que não foram priorizadas pelas políticas públicas, e isso se reflete no ambiente alimentar e, consequentemente, na dificuldade de acesso aos alimentos, sobretudo aqueles produzidos de forma sustentável. Objetivo: Caracterizar o acesso físico às feiras de orgânicos municipais em favelas de Belo Horizonte, Minas Gerais, identificando desertos e pântanos alimentares e realizando uma comparação com a disponibilidade, distância e tempo de deslocamento de estabelecimentos que ofertam alimentos convencionais nessas áreas. Métodos: Foi analisada a distribuição das feiras de orgânicos municipais, dos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e dos estabelecimentos que ofertam alimentos cadastrados na Secretaria da Fazenda do Estado de Minas Gerais para o ano de 2019, nos 192 setores censitários localizados em favelas de Belo Horizonte. Para as análises closestfacility e distância de deslocamento, foi utilizado o buffer network de 500 metros. Também foi realizada a análise do tempo de deslocamento utilizando transporte público. Resultados: As feiras de orgânicos municipais estão em menor número e mais distantes dos centroides das favelas. E, além da maior distância para acessar as feiras caminhando, acessá-las por meio de transporte público leva, em geral, um tempo maior de deslocamento. Conclusões: São necessários programas e políticas públicas que incentivem a abertura de feiras de orgânicos e outros tipos de estabelecimentos que ofertam alimentos in natura e minimamente processados que adotem modelos de produção sustentáveis em áreas de favelas, a fim de reduzir as iniquidades de acesso aos alimentos saudáveis e sustentáveis nesse território.


Introduction: Favelas are usually in regions forgotten by public policies, and it reflects on their residents' food environment, as well as on their tough time accessing food, mainly produced through sustainable ways. Objective: Featuring the physical access to municipal organic-food fairs in Belo Horizonte City, Minas Gerais State, based on identifying food deserts and swamps and comparing food availability to distance and displacement time from shops that sell conventional food in these places. Methods: The distribution of organic food municipal fairs, as well as of both food security and nutrition public equipment, and shops selling food that was registered at Minas Gerais State Treasure Secretariat in 2019, located in the 192 census sectors set in Belo Horizonte favelas. The closest facility and displacement distance analyses were based on the 500m buffer network. Displacement time linked to public transportation usage was also analyzed. Results: The number of organic food municipal fairs in favelas is smaller, and favelas are located farther from fairs' centroids. The distance to be crossed to get to fairs on foot in favelas is also longer, and getting to them by public transportation often demands longer displacements. Conclusions: Public programs and policies are needed to encourage new organic fairs and other establishment types capable of providing fresh and minimally processed food in favela areas based on sustainable production models. It must be done to reduce inequities in access to healthy and sustainable food in these territories.


Subject(s)
Architectural Accessibility , Poverty Areas , Food, Organic , Diet, Healthy , Food Supply , Access to Healthy Foods , Brazil
2.
Revista Digital de Postgrado ; 12(3): 373, dic. 2023. ilus, tab, graf
Article in Spanish | LILACS, LIVECS | ID: biblio-1531731

ABSTRACT

La Canasta Alimentaria Normativa (CAN) es un instrumento estratégico de planificación y seguimiento, que impacta el ámbito económico (fijación del salario mínimo SM y del umbral de la pobreza relativa), la seguridad alimentaria y la salud pública. El objetivo fue describir la evolución histórica de la CAN en Venezuela, contrastando su valoración económica respecto al SM durante el período 1990 ­ 2023. Tipo de estudio: Descriptivo. Se empleó la CAN del Instituto Nacional de Estadísticas/Instituto Nacional de Nutrición (INE/INN) y su comparación con la canasta del Centro de Documentación y Análisis Social de la Federación Venezolana de Maestros(CENDAS ­ FVM). Los valores mensuales de la CAN y del SM se recalcularon a dólares USA, de acuerdo a la tasa de cambio oficial. No se incluyó evaluación de la estructura interna, ni sus expresiones en términos de aporte de energía y nutrientes. Resultados: Desde 1990 hasta el año 2015, se requirieron entre1,0 y 1,8 SM y entre 0,6 y 1,7 Ingresos Mínimos Legales (IML)para acceder a la CAN. Para el año 2023 se requirieron hasta 78,3SM y 51,6 IML. El valor promedio de la canasta del CENDAS-FVM fue superior al valor de la CAN INE/INN, en una proporción de 1,7: 1. Conclusiones: la CAN resultó sensible en identificar los cambios y tendencias de su estimación económica, en el ambiente inflacionario venezolano. El uso de sus resultados está sujeta a cierto grado de discrecionalidad política. El costo de la CAN, expresa una contracción del poder de compra de los hogares venezolanos con potenciales impactos sobre la nutrición y la salud física y mental a corto y largo plazo.


The Normative Food Basket (NFB) represents astrategic planning and monitoring instrument, which impactsthe economic sphere (setting of the minimum wage (MW) andthe relative poverty threshold), food security and public health.The objective was to describe the historical evolution of the NFB in Venezuela, contrasting its economic valuation with respect to the MW during the period 1990 ­ 2023. Type of study: Descriptive. The NFB of the National Institute of Statistics/National Institute of Nutrition (NIS/NIN) was used and itscomparison with the basket of the Center for Documentationand Social Analysis of the Venezuelan Federation of Teachers (CENDAS ­ FVM). The monthly values of the NFB and theMW were recalculated into dollars (US$), according to theofficial exchange rate. No evaluation of the internal structurewas included, nor its expressions in terms of energy and nutrientcontribution. Results: From 1990 to 2015, between 1.0 and1.8 MW and between 0.6 and 1.7 Minimum Legal Income(MLI) were required to access the NFB. By 2023, up to 78.3MW and 51.6 MLI were required. The average value of the CENDAS-FVM basket was higher than the value of the NFBNIS/NIN, in a proportion of 1.7: 1. Conclusions: As a statistical operation, the NFB was sensitive in identifying changes andtrends in its estimate economic, in the Venezuelan inflationaryenvironment. The use of its results is subject to a certain degree ofpolitical discretion. The cost of CAN expresses a contraction inthe purchasing power of Venezuelan households with potentialimpacts on nutrition and physical/mental health in the shortand long term.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Health , Malnutrition/economics , Food Supply/statistics & numerical data , Food Supply/standards , Food Supply/statistics & numerical data , Socioeconomic Factors , Costs and Cost Analysis/statistics & numerical data , Basic Health Services , Feeding Behavior , Inflation, Economic
3.
Revista Digital de Postgrado ; 12(3): 377, dic. 2023. tab, graf
Article in Spanish | LILACS, LIVECS | ID: biblio-1531130

ABSTRACT

El presente estudio tiene como objetivo analizarla relación entre los indicadores de seguridad alimentaria,subalimentación y costo de la canasta alimentaria en el contextode las políticas públicas en materia alimentaria en Venezuela,durante el periodo comprendido entre 2017 y 2022. Para ello, sellevó a cabo un análisis exhaustivo de los datos disponibles sobrela seguridad alimentaria en Venezuela, incluyendo informaciónsobre la subalimentación, y el costo de la canasta alimentaria.Asimismo, se analizaron las políticas públicas implementadas enel país en materia alimentaria durante el periodo de estudio, conel fin de entender su impacto en los indicadores de seguridadalimentaria. Ninguna de las asociaciones estudiadas resultó sersignificativa a nivel estadístico (p>0,05), por lo que, aunqueteóricamente existe una relación entre estos indicadores en elperíodo estudiado, el carácter multidimensional prevalece y hacecompleja la posibilidad de comparaciones. Se identificaron laspolíticas públicas que requieren mejoras o ajustes para proteger laseguridad alimentaria del venezolano. Estos resultados obtenidospodrán ser de utilidad para los responsables de la toma dedecisiones en el país, así como para los investigadores yprofesionales interesados en el tema de la seguridad alimentariay la nutrición


EL objective of this study is to analyzethe relationship between the indicators of food security,undernourishment and the cost of the food basket in thecontext of public policies on food in Venezuela, during theperiod between 2017 and 2022. For this, an exhaustive analysisof the available data on food security in Venezuela wascarried out, including information on undernourishment, andthe cost of the food basket. Likewise, the public policiesimplemented in the country regarding food during the studyperiod were analyzed, in order to understand their impacton food security indicators. None of the associations studiedturned out to be statistically significant (p>0.05), therefore,although theoretically there is a relationship between theseindicators in the period studied, the multidimensional natureprevails and makes comparability complex. Public policies that require improvements or adjustments to protect Venezuelanfood security were identified. These results obtained may beuseful for those responsible for decision-making in the country,as well as for researchers and professionals interested in thesubject of food security and nutrition.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Policy , Malnutrition , Food Supply/statistics & numerical data , Food Supply/statistics & numerical data , Basic Health Services , Health Policy , Nutritive Value
6.
Rev. argent. salud publica ; 15: 1-8, 16 Febrero 2023.
Article in Spanish | LILACS, ARGMSAL, BINACIS | ID: biblio-1524240

ABSTRACT

INTRODUCCIÓN: El Código Internacional de Comercialización de Sucedáneos de la Leche Materna de la Organización Mundial de la Salud (OMS) contribuye a proteger y promover la lactancia humana, para evitar que la comercialización aliente la utilización de sucedáneos. El objetivo fue evaluar el cumplimiento de las disposiciones del Código de la OMS respecto del etiquetado de fórmulas de inicio, fórmulas especiales, fórmulas de seguimiento y leches de crecimiento en la ciudad de Buenos Aires durante julio, agosto y septiembre de 2019. MÉTODOS: Se realizó un estudio observacional de tipo descriptivo, corte transversal y enfoque cualitativo en 93 etiquetas. Se aplicó la metodología propuesta por el Fondo de las Naciones Unidas para la Infancia (UNICEF), la International Baby Food Action Network (IBFAN) y el International Code Documentation Centre (ICDC) en el documento Herramienta Monitoreo del Código (2015). RESULTADOS: El 90,32% incumple al menos un requisito definido en el Art. 9 del Código de la OMS. El 88,17% de las etiquetas analizadas incumple por la presencia de textos e imágenes que desalientan la lactancia materna. DISCUSIÓN: Las etiquetas cumplen parcialmente los lineamientos del Código de la OMS según la herramienta de investigación utilizada. Por lo tanto, se sugiere garantizar la protección del derecho a la alimentación adecuada durante la primera infancia mediante el monitoreo, control y fiscalización del Código por parte de las autoridades sanitarias


Subject(s)
Breast Feeding , Breast-Milk Substitutes , Food Labeling , Food Supply , Health Policy
8.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 60: e204539, 2023. tab, ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1451775

ABSTRACT

This study aimed to evaluate methods for studying the in vitro antimicrobial activity of lactic acid bacteria (LAB) against Brucella abortus and to evaluate the antagonistic effect of LAB on the viability of this pathogen. A total of 18 LAB strains (Lactobacillus plantarum, n = 11; Pediococcus acidilactici, n = 1; Lactobacillus rhamnosus, n = 4; and Lactobacillus brevis,n = 2), isolated from Minas artisanal cheeses produced in three regions (Canastra, Campos das Vertentes, and Araxá) of Minas Gerais State, Brazil, were tested for their antimicrobial activity against B. abortus using three methods: spot-on-lawn, agar well diffusion assay, and antagonistic activity of the culture supernatants. None of the tested LAB strains could inhibit B. abortus in the spot-on-lawn and agar-well diffusion assays. The supernatants produced by LAB had an acidic pH, with intensity depending on bacterial growth and strain, and could inhibit the growth of B. abortus. In contrast, pH-neutralized (pH 7.0) LAB supernatants did not suppress the growth of B. abortus. The results showed that the best technique to study the in vitro antagonism of LAB against B. abortus was the antagonistic activity of culture supernatants. The growth of B. abortus may have been inhibited by acid production.(AU)


Este estudo teve como objetivo avaliar métodos de estudo in vitro da atividade antimicrobiana de bactérias lácticas contra Brucella abortus e avaliar o efeito antagônico das mesmas sobre a viabilidade deste patógeno. Um total de 18 amostras de bactérias lácteas (Lactobacillus plantarum, n = 11; Pediococcus acidilactici, n = 1; Lactobacillus rhamnosus, n = 4; e Lactobacillus brevis, n = 2), isoladas de exemplares de Queijo Minas Artesanal produzidos em três regiões (Canastra, Campos das Vertentes e Araxá) do estado de Minas Gerais, Brasil, foram testados quanto à sua atividade antimicrobiana contra B. abortus usando três métodos: spot-on-lawn, ensaio de difusão em poço e atividade antagonista de sobrenadante de cultura. Nenhuma das cepas testadas foi capaz de inibir B. abortus nos ensaios spot-on-lawm e de difusão em poço. Os sobrenadantes produzidos pelas bactérias lácteas apresentaram pH ácido, com intensidade dependente do crescimento bacteriano e da amostra, podendo inibir o crescimento de B. abortus. Em contraste, os sobrenadantes com pH neutralizado (pH 7,0) não inibiram o crescimento de B. abortus. Os resultados mostraram que a melhor técnica para estudar o antagonismo in vitro de bactérias lácteas contra B. abortus foi a atividade antagonista de sobrenadante de cultura. O crescimento de B. abortus pode ter sido inibido pela produção de ácido.(AU)


Subject(s)
Lactobacillaceae/isolation & purification , Cheese/microbiology , Microbiota , Brazil , Brucella abortus , Food Supply
9.
Campo Grande; dos Autores; 2023. 175 p. tab, ilus.
Monography in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, SES-MS | ID: biblio-1551733

ABSTRACT

Diante das dificuldades em padronizar fichas técnicas de preparações culinárias por parte dos profissionais atuantes na alimentação escolar, o CECANE/UFMS se propôs em realizar a elaboração de um receituário padrão. Tal documento tem o objetivo de auxiliar no planejamento, organização e execução do preparo das refeições nas escolas, de modo que este receituário se constitua como um instrumento de auxílio para melhor execução do PNAE nas escolas indígenas. Acompanhando o cenário nacional, a população indígena de Mato Grosso do Sul vem sofrendo com a insegurança alimentar e nutricional devido à carência de ingestão de proteínas, vitaminas e minerais, ocasionada pela redução do consumo de alimentos in natura e pelo aumento da oferta e acesso a alimentos industrializados com alto teor de açúcares, gorduras e aditivos alimentares. Essa situação é causada pela mudança dos hábitos alimentares ocasionada pela influência da população não-indígena, pela diminuição das terras indígenas, mudanças climáticas e escassez de alimentos (CHAMORRO; COMBÈS, 2015). Nesse contexto, o suporte governamental manifesto por meio da implantação de programas sociais e políticas públicas de alimentação e nutrição são ferramentas de extrema importância para combate à fome, garantia do direito à alimentação adequada e saudável, assim como a manutenção das tradições indígenas (CHAMORRO; COMBÈS, 2015). Dentre as ferramentas governamentais existentes para promover a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) no âmbito escolar, o PNAE desponta como um programa federal bem consolidado que viabiliza recursos financeiros para a alimentação dos estudantes e para ações de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) nas comunidades (BRASIL, 2020). Os ditos materiais desenvolvidos pelo CECANE/UFMS visam tratar de temas tais quais o acesso aos alimentos de forma igualitária, bem como apoiar o desenvolvimento sustentável por meio do incentivo à compra de diferentes gêneros alimentícios produzidos pela agricultura familiar e pelos empreendedores familiares rurais, principalmente aqueles das comunidades tradicionais indígenas e quilombolas. Como disposto na legislação em relação aos cardápios escolares, seu planejamento e execução devem ser feitos pelo Responsável Técnico (RT) do PNAE, priorizandose a utilização de alimentos in natura ou minimamente processados, respeitando as necessidades nutricionais das respectivas faixas etárias, os hábitos alimentares locais, e atendendo às especificidades culturais das comunidades tradicionais, além de defender a sustentabilidade, sazonalidade e diversidade agrícola da região (BRASIL, 2020).


Subject(s)
Humans , Male , Female , Child, Preschool , Child , Adolescent , Indians, South American/ethnology , Food and Nutritional Health Promotion/methods , Food Guide , Food Supply/methods , Brazil/ethnology , Recommended Dietary Allowances/legislation & jurisprudence , Nutritional Requirements/physiology
10.
Campo Grande; dos Autores; 2023. 105 p. graf, ilus.
Monography in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, SES-MS | ID: biblio-1555581

ABSTRACT

Este e-book, desenvolvido pelo Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição Escolar (Cecane) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), apresenta receitas da culinária indígena Terena e Guarani Kaiowá, com suas respectivas Fichas Técnicas de Preparação (FTP). As receitas foram obtidas a partir de visitas e conversas informais com indígenas das etnias Guarani Kaiowá e Terena, nas Terras Indígenas Caarapó (Caarapó-MS), Limão Verde (Aquidauana-MS) e Nioaque (Nioaque-MS) e podem ser utilizadas como opções de preparações nos cardápios da alimentação escolar indígena das respectivas etnias, desde que façam parte da cultura alimentar daquela aldeia ou Terra Indígena e tenham boa aceitabilidade pelos escolares. O e-book também pode ser utilizado por indivíduos da comunidade em geral, que tenham interesse na culinária Guarani Kaiowá e Terena. A partir das visitas realizadas, por meio de conversas informais com membros das comunidades indígenas, foram registradas preparações culinárias Guarani Kaiowá e Terena. Posteriormente, as receitas obtidas nas visitas foram reproduzidas no Laboratório de Técnica Dietética e Gastronomia da UFMS e padronizadas através de Fichas Técnicas de Preparação. As fichas técnicas são instrumentos essenciais no planejamento de cardápios e se caracterizam por conter todas as informações necessárias para o desenvolvimento de uma preparação culinária, como as quantidades dos ingredientes em gramas/mililitros e também em medidas caseiras, indicadores culinários como fator de correção, rendimento da preparação, além de custo e valor nutricional. A Resolução CD/FNDE nº 06/2020, que regulamenta o PNAE, exige a Ficha Técnica de Preparação para todas as preparações do cardápio da alimentação escolar. Assim, o presente e-book traz preparações da culinária indígena Guarani Kaiowá e Terena com suas respectivas Fichas Técnicas de Preparação. O presente e-book teve por objetivo elaborar Fichas Técnicas de Preparações de receitas culinárias das etnias Guarani Kaiowá e Terena para encorajar seu uso na alimentação escolar indígena e assim buscar o pleno cumprimento do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o qual fortalece as políticas públicas de Segurança Alimentar e Nutricional, e assume papel fundamental para a promoção da saúde dos povos indígenas. Embora ainda existam muitos desafios no campo da nutrição a serem enfrentados no Brasil, a implementação e inserção de políticas públicas torna mais justo o acesso à alimentação adequada e saudável, combatendo todas as formas de má nutrição no país, numa abordagem focada em minimizar a problemática em saúde associada à alimentação nas comunidades vulneráveis, principalmente dos povos indígenas.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Indians, South American/ethnology , Food and Nutritional Health Promotion/methods , Food Guide , Food Supply/methods , Brazil/ethnology , Nutritional Requirements/physiology
11.
Belo Horizonte; s.n; 2023. 126 p.
Thesis in Portuguese | LILACS, InstitutionalDB, BDENF, ColecionaSUS | ID: biblio-1433776

ABSTRACT

Objetivo: Identificar mudanças no ambiente alimentar de varejo decorrentes da pandemia de covid-19, no ano de 2020, bem como analisar o fechamento dos estabelecimentos de venda de alimentos diante das medidas restritivas implementadas na região metropolitana de Belo Horizonte- MG. Metodologia: Estudo ecológico realizado em três cidades da região metropolitana de Belo Horizonte. Foram utilizados dados secundários da Secretaria Estadual da Fazenda, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, da Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Minas Gerais e das e Secretarias Municipais de Saúde. Avaliaram-se as seguintes variáveis: abertura e fechamento de estabelecimentos que comercializavam alimentos segundo o tipo e categorias de estabelecimentos, sendo comparadas as medidas restritivas implementadas em cada cidade com o fechamento desses estabelecimentos. Os estabelecimentos foram classificados de acordo com o código da Classificação Nacional das Atividades Econômicas (CNAE), a partir da CNAE, os estabelecimentos de alimentos foram classificados conforme a atividade fim realizada e predominância dos alimentos comercializados, sendo agrupados seguindo os critérios apresentados no Relatório Técnico de Mapeamento de Desertos Alimentares para o Brasil elaborado pela Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN), sendo categorizados em três categorias, (1) estabelecimentos de aquisição de in natura, (2) estabelecimentos mistos, (3) estabelecimentos de aquisição de ultraprocessados. Por fim, estes estabelecimentos foram agregados segundo o perfil de aquisição e consumo de alimentos sendo agrupados em duas categorias (1) estabelecimentos para consumo imediato, (2) estabelecimentos para consumo no domicílio. Ademais, por se tratar de um estudo que avaliou o ambiente alimentar durante a pandemia de Covid-19, foram incluídas no estudo variáveis que descreviam o comportamento da pandemia nas cidades, tais como, a incidência da doença, taxa de mortalidade e medidas legislativas que foram utilizadas durante o primeiro ano da pandemia. Por fim, os estabelecimentos que fecharam em 2020 foram descritos de acordo com a vulnerabilidade do setor censitário onde estavam localizados os estabelecimentos. A vulnerabilidade foi determinada pela renda per capita do setor (renda total/ população total), foram utilizados dados do Censo Demográfico de 2010. Foi realizada análise descritiva (frequência relativa) com o auxílio do software Stata 14.0 e mapas com o uso do software QGIS 2.10.1. Resultados: Dentre os estabelecimentos que fecharam durante o primeiro ano de pandemia, a maioria comercializava alimentos para consumo imediato (Belo Horizonte 76,53%; Betim 69,95% e Contagem 70,87%). Além disso, foi possível perceber um aumento na abertura de estabelecimentos do tipo delivery nas três cidades do estudo. Apesar disso, as características gerais do ambiente alimentar de varejo se mantiveram inalteradas nas três cidades, com alta disponibilidade dos estabelecimentos que comercializavam predominantemente alimentos ultraprocessados. Conclusão: A pandemia de Covid-19 parece ter impactado mais os estabelecimentos que comercializam alimentos para consumo imediato. Contudo, ainda não é possível afirmar a dimensão do impacto gerado pela pandemia, para isso é necessário um acompanhamento a longo prazo para identificar se ocorre remodelação do ambiente alimentar


Objective: To identify changes in the retail food environment resulting from the covid-19 pandemic, in the year 2020, as well as to analyze the closure of food outlets in the face of the restrictive measures implemented in the metropolitan region of Belo Horizonte-MG. Methodology: Ecological study carried out in three cities in the metropolitan region of Belo Horizonte. Secondary data from the State Department of Finance, the Brazilian Institute of Geography and Statistics, the State Department of Health of the State of Minas Gerais and the Municipal Health Departments were used. The following variables were evaluated: opening and closing of establishments that sold food according to the type and categories of establishments, comparing the restrictive measures implemented in each city with the closure of these establishments. The establishments were classified according to the code of the National Classification of Economic Activities (CNAE), based on the CNAE, the food establishments were classified according to the core activity carried out and the predominance of food sold, being grouped according to the criteria presented in the Technical Report Mapping of Food Deserts for Brazil prepared by the Interministerial Chamber of Food and Nutritional Security (CAISAN), being categorized into three categories, (1) establishments for the acquisition of in natura, (2) mixed establishments, (3) establishments for the acquisition of ultra-processed. Finally, these establishments were aggregated according to the profile of acquisition and consumption of food, being grouped into two categories (1) establishments for immediate consumption, (2) establishments for consumption at home. Furthermore, as this is a study that evaluated the food environment during the Covid-19 pandemic, variables that described the behavior of the pandemic in cities were included in the study, such as the incidence of the disease, mortality rate and legislative measures that were used during the first year of the pandemic. Finally, establishments that closed in 2020 were described according to the vulnerability of the census sector where the establishments were located. Vulnerability was determined by the sector's per capita income (total income/total population), data from the 2010 Population Census were used. Descriptive analysis (relative frequency) was performed using Stata 14.0 software and maps using QGIS software 2.10.1. Results: Among the establishments that closed during the first year of the pandemic, most sold food for immediate consumption (Belo Horizonte 76.53%; Betim 69.95% and Contagem 70.87%). In addition, it was possible to notice an increase in the opening of delivery establishments in the three cities of the study. Despite this, the general characteristics of the retail food environment remained unchanged in the three cities, with high availability of establishments that predominantly sold ultra-processed foods. Conclusion: The Covid-19 pandemic seems to have had a greater impact on establishments that sell food for immediate consumption. However, it is still not possible to state the dimension of the impact generated by the pandemic, for which long-term monitoring is necessary to identify whether there is a remodeling of the food environment.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Health , Pandemics , Food , COVID-19 , Food Social Space , Population , Per Capita Income , Food Supply , Food, Processed
12.
São Paulo; s.n; 2023. 94 p.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1438117

ABSTRACT

Introdução - Em dezembro de 2019, o mundo foi surpreendido pela epidemia de uma síndrome respiratória aguda grave causada pelo novo Coronavírus e a população idosa foi o grupo que apresentou as maiores taxas de internações diárias e de óbitos em comparação às demais faixas etárias. Para evitar a disseminação do vírus e, na inexistência de imunizante aprovado, foram adotadas medidas de isolamento social que impactaram diretamente a segurança alimentar e nutricional (SAN) da população geral e a realização das atividades de vida diária (AVDs) naquele grupo populacional, contribuindo, assim, para um possível processo de fragilização. O auxílio emergencial foi uma política pública adotada com finalidade de suprir as necessidades dos cidadãos que se viram desempregados ou que tiveram sua renda diminuída. Objetivo - Analisar a situação de SAN e de fragilidade em idosos no primeiro semestre de 2020 (antes e durante a pandemia de COVID-19), assim como verificar o impacto do auxílio emergencial sobre a SAN dos idosos que tiveram acesso ao benefício por meio de seus familiares. Métodos - Trata-se de um estudo longitudinal, descritivo, realizado com idosos matriculados em uma Unidade de Referência em Saúde do Idoso (URSI) localizada na zona sul do município de São Paulo. Os dados foram coletados por meio de entrevista presencial antes do início da pandemia (etapa 1) e por meio de ligação telefônica, na vigência da pandemia (etapa 2), nos meses de fevereiro, março e julho de 2020. Para avaliação da SAN e da fragilidade, foram utilizadas a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA) e o Instrumento de Avaliação de Fragilidade Autorreferida respectivamente, bem como questionários estruturados para avaliação sociodemográfica e nutricional dos sujeitos da pesquisa. Para a análise estatística, foram utilizados modelos de regressão logística simples (univariados) para testar a hipótese de associação entre diferentes características da amostra e a frequência de insegurança alimentar. Resultados - a amostra foi composta por 46 idosos, com predominância de mulheres, pretos e pardos, viúvos ou casados, com escolaridade média de 4,1 anos de estudo e renda familiar per capita inferior a 1 salário-mínimo. A insegurança alimentar variou de 56,5% na Etapa 1 para 50% na Etapa 2. Essa diferença não foi estatisticamente significante, embora tenha se destacado a proporção considerável de idosos que migraram de segurança para a insegurança alimentar no período (17,39%). Ao se comparar as frequências de fragilidade antes e durante pandemia, foi observado que a frequência de fragilidade variou de 78,3% antes para 67,4% durante a pandemia, mas sem significância estatística. Não foi encontrada associação estatisticamente significante entre auxílio emergencial e SAN pelo teste exato de Fischer (p = 1,000), nem deste sobre a variação de níveis de SAN pelo T teste. Conclusão - não houve evidência suficientemente forte para verificar o impacto da pandemia de COVID-19 para a SAN e para o processo de fragilização de idosos, assim como o estudo não teve dados estatísticos suficientes para provar associação entre auxílio emergencial e SAN.


Introduction - In December 2019, the world was surprised by the epidemic of a severe acute respiratory syndrome caused by the new Coronavirus, and the elderly population was the group that had the highest rates of daily hospitalizations and deaths compared to other age groups. To avoid the spread of the virus and, in the absence of a vaccine, social isolation measures were adopted, what have directly impacted in the food and nutrition security (FNS) of the general population and the performance of activities of daily living (ADLs) by that population group, contributing, thus, for a possible frailty process. "Auxílio Emergencial" was a public policy adopted with the purpose of meeting the needs of citizens who found themselves unemployed or who had their income reduced. Objective - To analyze the situation of FNS and frailty in the elderly in the first half of 2020 (before and during the COVID-19 pandemic), as well as to to verify the impact of "Auxílio Emergecial" on the FNS of the elderly who had access to the benefit through their family members. Methods - This is a longitudinal, descriptive study, carried out with elderly people enrolled in a Health Reference Unit for the Elderly located in the south zone of São Paulo city. Data were collected, during February, March and July 2020, through face-to-face interviews before the beginning of the pandemic (stage 1) and through telephone calls, during the pandemic (stage 2). Structured questionnaires for sociodemographic and nutritional assessment scales were used: the Brazilian Food Insecurity Scale and the Self-Reported Frailty Assessment Instrument. For statistical analysis, simple logistic regression models (univariate) were used to test the hypothesis of association between different characteristics of the sample and the frequency of food insecurity. Results - the sample consisted of 46 elderly people, predominantly women, black and brown, widowed or married, with an average of 4.1 years of schooling and per capita family income of less than 1 minimum wage. Food insecurity ranged from 56.5% in Stage 1 to 50% in Stage 2. This difference was not statistically significant, although the considerable proportion of elderly people who migrated from security to food and nutritional insecurity in the period (17.39%). When comparing the frequencies of frailty before and during the pandemic, it was observed that the frequency of frailty reduced from 78.3% before to 67.4% during the pandemic. No statistically significant association was found between "auxílio emergencial" and FNS by Fisher's exact test (p = 1.000), nor on the effect of "auxílio emergencial" on the amendment of FNS levels by the T test. Conclusion - there was no evidence strong enough to verify the impact of the COVID-19 pandemic on FNS and on the process of frailty of the elderly, as well as the study did not have enough statistical data to prove an association between "auxílio emergencial" and FNS.


Subject(s)
Public Policy , Aged , Health of the Elderly , Frail Elderly , Nutritional Sciences , Pandemics , Food Supply , COVID-19
13.
Demetra (Rio J.) ; 18: 66037, 2023.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1442860

ABSTRACT

Os debates sobre o acolhimento das diversidades e a inclusão de grupos populacionais em maior situação de vulnerabilidade na área da saúde têm sido crescentes em âmbito nacional e internacional. No Brasil, a trajetória da Nutrição Inclusiva foi impulsionada no início na década de 2000, e atualmente é definida como a forma de exercer a profissão na qual o nutricionista utiliza todos os recursos disponíveis para promover a inclusão, a saúde e a segurança alimentar e nutricional de pessoas em situação de vulnerabilidade, por meio de ações oportunas e ajustadas às singularidades desses sujeitos, tendo como base o acolhimento, o respeito à diversidade, a acessibilidade e o estímulo à autonomia. Atravessa todas as áreas de atuação e cenários de prática do nutricionista, com foco na produção de novos modos de cuidar e novas formas de organizar o trabalho que visem à segurança alimentar e nutricional e à justiça social. Assim, os saberes que vêm sendo construídos nessa direção devem ser incorporados pelo profissional desde a sua formação até a sua prática cotidiana, visando beneficiar direta e/ou indiretamente a saúde e a nutrição dos grupos populacionais em maior situação de vulnerabilidade.


Debates on embracing diversity and the inclusion of more vulnerable populations in the health area have been growing at the national and international levels. In Brazil, the trajectory of Inclusive Nutrition was pushed forward at the beginning of the 2000s and is currently defined as a practice in which the nutritionist uses all available resources to promote inclusion, health, food safety, and nutrition of vulnerable populations through timely actions adjusted to their singularities, based on acceptance, respect for diversity, accessibility, and encouragement of autonomy. It extends over all the areas of action and practice of the nutritionist, focusing on the production of new ways of caring and of organizing work aimed at food and nutritional security and social justice. Thus, the knowledge that has been built in this direction must be incorporated by professionals, from their training to their daily practice, aiming to directly and/or indirectly benefit the health and nutrition of vulnerable populations.


Subject(s)
Vulnerable Populations , Nutritionists , Social Inclusion , Food Supply
14.
Demetra (Rio J.) ; 18: 68531, 2023.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1442897

ABSTRACT

Introdução: Os Guarani da Tekoa Pyau, aldeia localizada no município de São Paulo, estão confinados em uma pequena área ameaçada por disputas territoriais e com intensa urbanização no entorno. Esses fatores dificultam as atividades tradicionais e permitem afluxo crescente de pessoas e mercadorias da cidade, fazendo com que a vida na aldeia não prescinda de produtos industrializados, afetando questões políticas, ambientais, econômicas, espirituais, sociais e de saúde. As compreensões sociocosmológicas que orientam saberes e práticas relacionadas à alimentação no contexto podem ser potentes ferramentas de promoção de alianças entre sistemas próprios de alimentação e a política nacional. Objetivo: Debater Segurança Alimentar e Nutricional com interface das políticas públicas na aldeia e realizar proposições para sua efetividade. Método: A etnografia foi escolhida para compreender um mundo em que as práticas alimentares só podem ser apreendidas em seus significados locais. Resultados: Os Guarani categorizam os alimentos em "mortos" (os que foram comprados nos mercados e enfraquecem os corpos) e "vivos" (os extraídos da natureza que os fortalecem). Entre os "vivos" existe o avaxi etei ('milho verdadeiro'), dádiva de Nhanderu ('Nosso Pai', divindade) e base da alimentação tradicional; entre os "mortos", estão os ultraprocessados. Conclusão: Ao analisar os dados, pondera-se mau uso de gerência pública com distribuição inadequada de fórmulas infantis, invisibilidade política e alimentação escolar sem afinidade com a alimentação tradicional. Para construir políticas públicas, é importante considerar o vínculo entre a alimentação e a cosmologia e compreender as práticas de saúde dos Guarani.


Introduction: The Guarani people from the indigenous village of Tekoa Pyau, in the municipality of São Paulo, are confined to a small area imperiled by territorial disputes and surrounded by intense urbanization. These circumstances hinder their traditional practices and favor an increasing circulation of people and industrialized goods, diminishing their autonomy in relation to such goods, thus impacting political, environmental, economic, spiritual, social and health-related aspects of the community. The sociocosmological knowledge that informs their culture and practices around food could be powerful tools for fostering alliances between traditional food systems and government policies. Objective: Discuss Food and Nutritional Security in relation to existing public policies for the village and elaborate proposals for their effectiveness. Method: Ethnography was chosen to understand a world in which food practices can only be apprehended within their local meaning. Results: The Guarani categorize foods as "dead foods" (purchased in supermarkets and that weaken their bodies, including ultra-processed foods) and "living foods" (extracted from nature directly, which strengthens them). Among the "living foods" they yield avaxi etei ('real corn'), a gift from Nhanderu ('Our Father' deity) and basic ingredient of their traditional foods. Conclusion: In the data analysis, public mismanagement of resources with inappropriate distribution of infant formulas, political invisibility and school meal programs with no relation to the traditional food are examined. In order to build appropriate public policies, it is important to consider the link between traditional foods and the cosmology, and to understand the healthcare practices of the Guarani.


Subject(s)
Humans , Indigenous Peoples , Food Supply , Public Policy , Brazil , Anthropology, Cultural
15.
Demetra (Rio J.) ; 18: 68409, 2023. ^eilus
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1442904

ABSTRACT

Introdução: O I Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (PLAMSAN) é uma ferramenta de planejamento, gestão e implementação da Política de Segurança Alimentar e Nutricional. Em Duque de Caxias, RJ, o I PLAMSAN foi sancionado em 2016. Objetivo: Realizar avaliação do I PLAMSAN-DC (2017-2020), utilizando como procedimentos metodológicos uma aproximação do "Ciclo de Políticas Públicas". Métodos: Estudo de avaliação usando elementos da ferramenta "ciclo de políticas públicas" com base nos seguintes procedimentos metodológicos: 1) Análise documental; 2) Revisão de literatura; 3) Avaliação do cumprimento das metas com base nas respostas advindas das Secretarias que compõem a Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional. Resultados: Verificou-se que, dentre as 42 metas do Plano, 14,7% foram cumpridas, 34,1% foram parcialmente cumpridas, e 51,2% não foram cumpridas. Conclusões: Observou-se que ainda não há acentuado papel por parte do nível municipal para a concretude de inúmeras ações que necessitam de recursos financeiros. Além disso, verifica-se a necessidade de superação de entraves, sobretudo em relação ao alcance da intersetorialidade e fortalecimento das estruturas componentes do sistema de segurança alimentar e nutricional.


Introduction: The I Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (PLAMSAN, I Municipal Plan for Food and Nutrition Security) is a planning, managing and implementing tool of the Food and Nutrition Security Policy. In Duque de Caxias, RJ, the I PLAMSAN was sanctioned in 2016. Objective: To carry out an evaluation of the I PLAMSAN-DC (2017-2020), using as methodological procedures an approximation of the "Public Policies Cycle". Methods: Evaluation study using elements of the "Public Policies Cycle" tool based on the following methodological procedures: 1) Document analysis; 2) Literature review; 3) Assessment of achievement of goals based on responses from the secretariats that make up the Intersectoral Chamber for Food and Nutrition Security. Results: Among the 42 goals of the Plan, 14.7% were met, 34.1% were partially met, and 51.2% were not met. Conclusions: The municipality still does not play an important role in the implementation of a number of food and nutrition initiatives that require financial resources. In addition, there is a need to overcome barriers, especially in terms of achieving intersectoriality and of strengthening the structures that make up the food and nutrition security system.


Subject(s)
Public Policy , Food Supply , Brazil
16.
Rev. bioét. (Impr.) ; 31: e3445PT, 2023. graf
Article in English, Spanish, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1529699

ABSTRACT

Resumen Este estudio cualitativo tuvo como objetivo analizar, desde la perspectiva de la bioética de intervención, las motivaciones de la migración de venezolanos que residen en la ciudad de Medellín, Colombia. Se entrevistaron a 20 personas, de las cuales 9 son hombres y 11 mujeres, y los datos recolectados se procesaron en el software IRAMUTEQ. Los ejes que resultaron del análisis de las entrevistas fueron: 1) acceso a los servicios de salud en Venezuela y Colombia; 2) acceso a los medicamentos y alimentos; y 3) proceso migratorio para Colombia, que sirvieron como referentes que dialogan con la perspectiva bioética de intervención. En conclusión, la alimentación y la salud tienen un papel preponderante en la vida de los sujetos como derechos humanos de primera necesidad, y se refuerza el papel del Estado en la promoción de políticas que garanticen los derechos civiles, económicos, sociales y culturales a los migrantes.


Abstract This qualitative study aimed to analyze from the perspective of intervention bioethics, the motivations for migration in Venezuelans residing in the city of Medellín-Colombia. Twenty people were interviewed, being 9 men and 11 women. The collected data was processed through the IRAMUTEQ software. The thematic axes that resulted from the analysis of the interviews; the first thematic axis, access to health services in Venezuela and Colombia; the second thematic axis, access to medicines and food; the third and last axis, the migratory process for Colombia, it served as references that dialogue with the selected bioethical perspective. In conclusion, food and health have a preponderant role in the lives of people, as essential human rights, the role of States is reinforced in promoting policies that guarantee civil, economic, social and cultures rigths of migrants.


Resumo Este estudo qualitativo teve como objetivo analisar, na perspectiva da bioética de intervenção, as motivações para a migração de venezuelanos residentes na cidade de Medellín, Colômbia. Foram entrevistadas 20 pessoas, sendo nove homens e 11 mulheres, e os dados coletados foram processados por meio do software Iramuteq. Os eixos que resultaram da análise das entrevistas foram: 1) acesso aos serviços de saúde na Venezuela e na Colômbia; 2) acesso a medicamentos e alimentação; e 3) processo migratório para a Colômbia, que serviram de referencial que dialoga com a perspectiva bioética de intervenção. Em conclusão, a alimentação e a saúde têm um papel preponderante na vida dos sujeitos como direitos humanos básicos, sendo papel do Estado promover políticas que garantam os direitos civis, econômicos, sociais e culturais aos migrantes.


Subject(s)
Food Supply
17.
Demetra (Rio J.) ; 18: 69599, 2023. ^etab ilus
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1519139

ABSTRACT

Resumo Objetivo: Descrever o processo de validação do modelo lógico operacional (MLO) do Programa Mesa Brasil Sesc (MBS) para a promoção da SAN. Métodos: Trata-se de um estudo transversal e de validação de instrumento, baseado em documentos legais de SAN, por meio da técnica de consenso Delphi com painel de especialistas. Resultados: O painel para validação foi formado por 12 participantes, atores em SAN das cinco macrorregiões geográficas do país, que analisaram a pertinência e relevância das atividades, produtos, resultados e impactos dos seis componentes técnicos do MBS. Os 103 itens, distribuídos nos componentes técnicos, foram consensuados quando alcançaram mais de 85% de concordância entre os participantes, confirmados pelas análises da mediana e intervalo interquartílico. Conclusão: Esse processo proporcionou um espaço rico e horizontal de discussão sobre teoria, prática e resultados, trouxe reflexões e novas percepções sobre o MBS, e o MLO resultante é valiosa ferramenta para o desenvolvimento de estratégias de M&A, tomada de decisões e governança sobre o programa.


Objective: To describe the validation process of the logical operational model (LOM) of Mesa Brasil Sesc Program (MBS) for the promotion of FNS. Methods: This is a cross-sectional study and instrument validation, based on FNS legal documents, using the Delphi consensus technique with a team of experts. Results: The validation team was made up of 12 participants, FNS important players from the country's five geographical macro-regions, who analyzed the pertinence and relevance of the activities, products, results and impacts of the six technical components of MBS. The 103 items, distributed in the technical components, reached consensus when they reached more than 85% agreement among the participants, confirmed by the analysis of the median and interquartile range. Conclusion: This process provided a rich and horizontal discussion on theory, practice and results, brought reflections and new perceptions about MBS and the resulting LOM is a valuable tool for developing M&E strategies, decision-making and governance of the Program.


Subject(s)
Outcome and Process Assessment, Health Care/methods , Food and Nutritional Health Promotion , Cross-Sectional Studies , Food Assistance , Food Supply
18.
Demetra (Rio J.) ; 18: 74213, 2023. ^etab
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1519154

ABSTRACT

Introdução: O Brasil enfrenta um cenário de enfraquecimento das políticas públicas em saúde, principalmente as voltadas ao acesso à alimentação, afetando a qualidade de vida da população. Objetivo: Buscou-se investigar a situação de saúde e de segurança alimentar e nutricional de gestantes usuárias da Atenção Primária à Saúde de um município do interior do Rio Grande do Norte. Métodos: Trata-se de um estudo transversal que analisou as condições de acesso aos alimentos por meio da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar, além de realizar avaliação antropométrica e de percepção de saúde de gestantes, através de questionário estruturado adaptado para tal fim. Realizou-se o teste de Qui-quadrado de Pearson para verificar a associação entre as variáveis categóricas do estudo, considerando-se estatisticamente significante as associações com valores de p < 0,05. Resultados: Identificou-se alta prevalência de insegurança alimentar (IA) entre a s gestantes (70,6%) e associação entre insegurança alimentar (IA) e doenças crônicas não transmissíveis (p=0,036) e programas sociais assistenciais (p=0,028). Apesar dos avanços enquanto sociedade, ainda há determinantes sociais fortemente relacionados à insegurança alimentar e nutricional da população, principalmente quanto à menor renda e na população beneficiária de programas socioassistenciais. Conclusão: Este estudo ressalta a necessidade de implantação e ampliação de políticas públicas que garantam o Direito Humano à Alimentação Adequada e Saudável de gestantes ­ que se encontra gravemente violado ­, haja vista sua importância para a saúde do binômio.


Introduction: Brazil faces the weakening of public health policies, especially those directed at access to food, which affects the quality of life of the population. Objective: The aim of the present study was to investigate the health status of pregnant women in primary care in a municipality in the state of Rio Grande do Norte, Brazil. Methods: A cross-sectional study was conducted involving an analysis of access to foods using the Brazilian Food Insecurity Scale, anthropometric measures and a questionnaire designed to collect information on the perception of health among pregnant women. The chi-square test was used to investigate associations between categorical variables, with a p-value < 0.05 considered indicative of statistical significance. Results: The prevalence of food insecurity was high among the pregnant women (70.6). Food insecurity was associated with chronic noncommunicable diseases (p=0.036) and being a beneficiary of social assistance programs (p=0.028). Despite advances in society, social determinants remain strongly associated with food and nutritional insecurity in the population, especially individuals with a low income and beneficiaries of social assistance programs. Conclusion: The present findings underscore the need for the implantation and expansion of public policies that ensure the human right to adequate, healthy food among pregnant women, which has been severely violated, considering the importance to the health of the mother-child dyad.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Primary Health Care , Diagnosis of Health Situation , Prenatal Nutrition , Food Supply , Food Insecurity , Brazil , Health Policy
19.
Rev. Nutr. (Online) ; 36: e220107, 2023. graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1441043

ABSTRACT

ABSTRACT This systematic scoping review aimed to map and characterize the scientific production of researchers from Portuguese-speaking African institutions that align with the Food and Nutrition Security Strategy of the Community of Portuguese-Speaking Countries. The literature search was conducted using six electronic databases (PubMed, EMBASE, Virtual Health Library, Scientific Electronic Library Online, Scopus, and Web of Science), with no restrictions on the year of publication nor language. Through the search strategy, 10,061 records were identified, of which 502 documents and 654 researchers were selected by Food and Nutrition Security specialists along three axes: 1) Policy governance; 2) Access to food; 3) Availability of food. Institutional researchers from Mozambique (66.9%), Guinea-Bissau (15.9%), and Angola (11.4%) presented the most publications and international collaborations. Researchers from Cape Verde, Sao Tome and Principe, and Equatorial Guinea institutions added only 5.8% of the total production. A greater number of publications (61%) was related to axis two of the Food and Nutrition Security Strategy of the Community of Portuguese-Speaking Countries. The most studied themes were sustainable development, child malnutrition, and agricultural production for the first, second, and third axis, respectively. In general, scientific publications have shown limitations in their approaches due to the challenge imposed by the complexity of the food system. However, there has been a quantitative evolution in publications in the last decade, with a greater participation of researchers from Portuguese-speaking African institutions.


RESUMO Esta revisão sistemática de escopo teve como objetivo mapear e caracterizar a produção científica de pesquisadores de instituições africanas de língua portuguesa que se alinham com a Estratégia de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. A busca das literaturas foi realizada em seis bases de dados eletrônicas (PubMed, EMBASE, Biblioteca Virtual em Saúde, Scientific Electronic Library Online, Scopus e Web of Science), sem restrição quanto ao ano de publicação e ao idioma. Por meio da estratégia de busca, foram identificados 10.061 registros, dos quais 502 documentos e 654 pesquisadores foram selecionados por especialistas em Segurança Alimentar e Nutricional em três eixos: 1) Governança de políticas; 2) Acesso à alimentação; 3) Disponibilidade de alimentos. Pesquisadores de intuições de Moçambique (66,9%), Guiné-Bissau (15,9%) e Angola (11,4%) foram os que apresentaram o maior número de publicações e colaborações internacionais. No entanto, os pesquisadores das instituições de Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné Equatorial somaram apenas 5,8% da produção total. Foi observado maior número de publicações (61%) relacionadas com o eixo dois da Estratégia de Segurança Alimentar e Nutricional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. As temáticas mais estudadas foram desenvolvimento sustentável, desnutrição infantil e produção agrícola para o primeiro, segundo e terceiro eixo, respectivamente. De forma geral, as publicações científicas mostraram limitações em suas abordagens frente ao desafio imposto pela complexidade do sistema alimentar. Todavia, foi houve uma evolução quantitativa nas publicações na última década; além disso, maior participação de pesquisadores de instituições africanas de língua portuguesa pode ser vislumbrada.


Subject(s)
Research Personnel , Authorship in Scientific Publications , Community of Portuguese-Speaking Countries , Child Nutrition Disorders , Crop Production , Sustainable Development , Food Supply
20.
Rev. Nutr. (Online) ; 36: e220267, 2023. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1514845

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: The research was carried out with the objective of evaluating the conditions for the promotion of food and nutrition security in three capitals of the southern region of Brazil. Methods: This is an evaluative research, which used an analysis and judgment matrix composed of 7 dimensions, 11 sub-dimensions, 27 indicators and 56 measures, which classified each of the elements of the matrix as excellent, good, regular or poor for the promotion of food and nutrition security in the three capitals. Data collection took place in public and freely accessible information systems. Results: The three capitals were evaluated as poor in their conditions for promoting food and nutrition security. Florianópolis and Porto Alegre presented less favorable conditions compared to Curitiba. Aspects related to universal access to adequate food and water, agroecological production systems and sustainable food supply, and traditional peoples and communities stood out negatively in the three capitals. Conclusion: Although the evaluated capitals present good socioeconomic indicators, the conditions for promoting food and nutrition security are still fragile, which is reflected in the inability to overcome hunger and food insecurity in the southern region of Brazil. The results indicate the need to qualify territorial strategies for food and nutrition security, considering different contexts, as a condition for guaranteeing the realization of the right to food with equity and priority for families and peoples in situations of social vulnerability.


RESUMO Objetivo: A pesquisa foi conduzida com o objetivo de avaliar as condições para a promoção da segurança alimentar e nutricional nas três capitais da região Sul do Brasil. Métodos: Trata-se de uma pesquisa avaliativa, que utilizou uma matriz de análise e julgamento composta por 7 dimensões, 11 subdimensões, 27 indicadores e 56 medidas. Permitiu também classificar cada um dos elementos da matriz como ótimos, bons, regulares ou ruins para a promoção da segurança alimentar e nutricional nas três capitais. A coleta de dados ocorreu em sistemas de informação públicos e de acesso livre. Resultados: As três capitais foram avaliadas como ruins em suas condições para a promoção da segurança alimentar e nutricional, sendo que Florianópolis e Porto Alegre apresentaram condições menos favoráveis em comparação com Curitiba. Destacaram-se negativamente nas três capitais, aspectos relacionados ao acesso universal à alimentação adequada e à água, aos sistemas de produção agroecológica e ao abastecimento sustentável de alimentos, e aos povos e comunidades tradicionais. Conclusão: Apesar de as capitais avaliadas apresentarem bons indicadores socioeconômicos, ainda são frágeis as condições para a promoção da segurança alimentar e nutricional, o que tem se refletido na incapacidade de superação da fome e da insegurança alimentar na região Sul do país. Os resultados alertam para a necessidade de qualificação das estratégias territoriais de segurança alimentar e nutricional, considerando os diferentes contextos, como condição para garantir a realização do direito à alimentação com equidade e prioridade para as famílias e povos em situação de vulnerabilidade social.


Subject(s)
Public Policy , Food Supply/economics , Food Insecurity/economics , Socioeconomic Factors , Brazil , Hunger , Cities
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL