Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 393
Filter
1.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20220628. 121 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1377857

ABSTRACT

Este livro nasceu da experiência do Conselho Nacional de Saúde (CNS), principalmente por meio da Comissão Intersetorial de Recursos Humanos e Relações de Trabalho (CIRHRT) e da sua Câmara Técnica na avaliação da relevância social e sanitária dos cursos da área da saúde como tradução da qualidade tecnopolítica e da sua compatibilidade com as políticas do Sistema Único de Saúde (SUS). Sem estender muito a discussão sobre as diferentes abordagens da educação em relação à qualidade do ensino, para o CNS ­ e com inspiração nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) dos cursos da saúde, da Política Nacional de Educação e Desenvolvimento do Trabalho na Saúde (a denominada Política Nacional de Educação Permanente em Saúde ­ PNEPS), a articulação educação e trabalho é um marcador de excelência da qualidade, considerando a crítica epistemológica sobre a especialização do conhecimento e a fragmentação técnica e profissional no mundo contemporâneo e, sobretudo, reconhecendo a produção da saúde ­ e, da mesma forma, o trabalho no interior de sistemas, serviços e redes territoriais ­ como campo de ação complexo.


Subject(s)
Social Control, Formal , Education, Continuing , Health Human Resource Training , Professional Staff Committees , Unified Health System , Health Councils
2.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20220618. 80 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1377866

ABSTRACT

O trabalho de produção deste Rádio-Livro foi desenvolvido pela leitura e cuidadosa adaptação cultural nas linguagens das diferentes expressões da arte popular sobre as ações do Conselho Nacional de Saúde no enfrentamento à pandemia de COVID-19, mas também à omissão do governo e à negligência à vida das pessoas. O Rádio-Livro é acessado com o pensamento, com o coração e com a vontade de fazer o mundo melhor para todas as pessoas viverem e para que a saúde das pessoas e coletividades se expressem de forma mais plena. Esse material destina-se às Rádios Comunitárias e à população em geral e tem fins exclusivamente educacionais, sendo proibida a compra e a venda em qualquer circunstância.


Subject(s)
Health Councils , COVID-19 , Health Policy , Radio , Unified Health System , Adaptation, Psychological
3.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20220618. 84 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1377867

ABSTRACT

O trabalho de produção deste Rádio-Livro foi desenvolvido pela leitura e cuidadosa adaptação cultural nas linguagens das diferentes expressões da arte popular sobre a 16° Conferência Nacional de Saúde, que definiu diretrizes muito importantes para o SUS e para os governos, também sobre a vida e a democracia, nos fazendo lembrar da origem do SUS e da 8ª Conferência Nacional de Saúde. O Rádio-Livro é acessado com o pensamento, com o coração e com a vontade de fazer o mundo melhor para todas as pessoas viverem e para que a saúde das pessoas e coletividades se expressem de forma mais plena. Esse material destina-se às Rádios Comunitárias e à população em geral e tem fins exclusivamente educacionais, sendo proibida a compra e a venda em qualquer circunstância.


Subject(s)
Community Participation , Health Conferences , Health Councils , Radio , Unified Health System
4.
Editora Rede Unida; Editora Rede Unida; 20220618. 79 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1377870

ABSTRACT

O trabalho de produção deste Rádio-Livro foi desenvolvido pela leitura e cuidadosa adaptação cultural nas linguagens das diferentes expressões da arte popular sobre a 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde, uma importante ação do SUS que relaciona as práticas de atenção, promoção de saúde e prevenção de doenças essenciais para o pensar e fazer saúde nos territórios e que tornou-se ainda mais visível durante a pandemia de COVID-19. O Rádio-Livro é acessado com o pensamento, com o coração e com a vontade de fazer o mundo melhor para todas as pessoas viverem e para que a saúde das pessoas e coletividades se expressem de forma mais plena. Esse material destina-se às Rádios Comunitárias e à população em geral e tem fins exclusivamente educacionais, sendo proibida a compra e a venda em qualquer circunstância.


Subject(s)
Community Participation , Health Conferences , Health Councils , Radio , Unified Health System , Congresses as Topic , Public Health Surveillance
5.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20220618. 89 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1377871

ABSTRACT

O trabalho de produção deste Rádio-Livro foi desenvolvido pela leitura e cuidadosa adaptação cultural nas linguagens das diferentes expressões da arte popular sobre a 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres, conversando sobre direitos e a responsabilidade do Estado, sobre a produção da saúde e sobre as diferentes inserções que todas as mulheres têm com a saúde e que precisam ser respeitadas e atendidas com integralidade em todas as suas dimensões. O Rádio-Livro é acessado com o pensamento, com o coração e com a vontade de fazer o mundo melhor para todas as pessoas viverem e para que a saúde das pessoas e coletividades se expressem de forma mais plena. Esse material destina-se às Rádios Comunitárias e à população em geral e tem fins exclusivamente educacionais, sendo proibida a compra e a venda em qualquer circunstância.


Subject(s)
Community Participation , Health Conferences , Health Councils , Radio , Integrality in Health
6.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20220420. 156 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1377860

ABSTRACT

Um dos elementos fundamentais da garantia do direito à saúde que tem sido caracterizado por este acúmulo de ataques estruturais e conjunturais é o financiamento das políticas, ações e serviços do SUS que, além de enfrentar um processo crônico de subfinanciamento estatal, viu-se mergulhado, a partir da situação política reacionária aberta em 2016, em intenso processo de desfinanciamento com a aprovação da Emenda Constitucional 95 (EC 95). Com o objetivo de tematizar a questão do financiamento da saúde pública, a Rede Unida em parceria com o Conselho Nacional de Saúde (CNS) e a Organização Panamericana de Saúde (OPAS) lançam este e-book intitulado "O FINANCIAMENTO DO SUS: UMA LUTA DO CONTROLE SOCIAL" pela Série "Participação Social & Políticas Públicas", que, a partir da compreensão da relevância do espaço do controle social para a mobilização e organização dos movimentos sociais no Brasil, busca resgatar as experiências e construções técnico-políticas do CNS derivadas de um de seus espaços de reflexão e debate sobre o tema, no caso, a Comissão de Orçamento e Finanças (COFIN).


Subject(s)
Public Health , Health Councils , Integrality in Health , Pan American Health Organization , Professional Staff Committees , Social Control, Formal , Unified Health System , Social Participation , Right to Health , Health Policy
7.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20220420. 486 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1377861

ABSTRACT

A 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), conhecida pela marca da 8ª+8, em referência à relevância da 8ª Conferência Nacional de Saúde, realizada em 1986 e que deu origem às bases políticas e operacionais que permitiram a criação do Sistema Único de Saúde (SUS), percorreu um longo processo até a etapa nacional, realizada no período de 4 a 7 de agosto de 2019, em Brasília. A Comissão de Organização, instituiu amplo debate com conselheiros profissionais de saúde, gestores e prestadores, usuários, movimentos sociais e sindicais, que elaborou um documento orientador, o qual foi disponibilizado aos municípios e estados, para subsidiar os debates locais. Além dessa atribuição, acreditamos que seria necessário organizar um documento que permitisse o registro da 16ª Conferência para a memória da história da saúde no Brasil. A estruturação do presente relatório procurou dar conta dessa condição e foi feita de forma que se materialize a singularidade de cada momento e ações ofertadas e experienciadas por cada um(a) e, no seu todo, que representasse a relevância para a história do nosso sistema de saúde e para o contexto em que vivemos.


Subject(s)
Health Conferences , Health Councils , Health Policy , Professional Staff Committees , Unified Health System , Health Personnel , Research Report , Counselors
8.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20220324. 210 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1377854

ABSTRACT

Em um contexto de retrocessos políticos, sociais, sanitários e civilizatórios, deparamo-nos com a 16ª Conferência Nacional de Saúde, carinhosamente apelidada de 8ª + 8, para tornar visível o encontro com a conferência-marco da reforma sanitária brasileira. Durante a conferência foi realizada a pesquisa "Saúde e democracia: estudos integrados sobre participação social na 16ª Conferência Nacional de Saúde", cujo objetivo foi analisar a participação social no processo da 16ª Conferência Nacional de Saúde em dimensões que permitissem sistematizar evidências da relevância e da abrangência do processo participativo nas etapas e atividades que a compuseram. A partir das experiências vivenciadas pelos estudantes pesquisadores, afetivamente reconhecidos como "verdinhos e verdinhas", em alusão à camiseta de cor verde que os identificava entre os participantes da 16ª CNS, elaborou-se a chamada de manuscritos que culminou neste livro. Encontram-se aqui reunidos aproximadamente 30 narrativas, somadas a alguns manuscritos feitos sob demanda dos organizadores. Agradecemos a cada uma das pessoas que ofereceu sua narrativa, a cada esforço necessário para compor uma estética capaz de dizer do lugar de aprendizagem que cada um e cada uma das pessoas que estiveram conosco nesse grande laboratório de democracia e cidadania que foi a 16ª Conferência Nacional de Saúde. E a cada leitor e leitora que, sensivelmente, compreender que cada um dos textos é um convite para a defesa do SUS, do ensino da saúde pautado pelo compromisso ético com todas as saúdes dos territórios e com o SUS como política pública.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Young Adult , Community Participation , Health Conferences , Health Planning Councils , Public Policy , Unified Health System , Health Councils , Social Participation
10.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20210916. 273 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1342096

ABSTRACT

O livro "Literatura e Saúde Pública" reúne autoras/es de todo o Brasil em uma coletânea de rara beleza e que dialogam com os cenários e temáticas da saúde. O livro é uma parceria entre a Editora Rede Unida e o Laboratório de Políticas Públicas, Ações Coletivas e Saúde (LAPPACS/UFRGS). O livro conta com um prefácio de João Guilherme Dayrell, um dos idealizadores do projeto, que discute com maestria a densa relação entre a saúde e as políticas públicas. A imagem de capa e as ilustrações principais foram criadas por trabalhadoras/es e usuárias/os do CAPS AD III Amanhecer da cidade de Canoas/RS. São dois volumes compostos por contos, crônicas, poemas e relatos que discutem a complexidade do ato de cuidar e tensionando, por meio da escrita criativa, a relação entre ficção e realidade. Estas narrativas compõem um mosaico de produções heterogêneas, relacionando variados períodos históricos, variadas políticas públicas, categorias sociais diversas, tecnologias e suas incidências sobre os corpos, aprisionando ou expandindo limites. Foram abordadas diferentes enfermidades, peregrinações nos sistemas de saúde e pelos territórios diversos e singulares e as burocracias que desafiam a vida. Foram evocados corpos doentes ou adoecidos, vulneráveis ou vulnerabilizados, enfrentando kafkianas burocracias do Estado e também criando alternativas de fuga e de modos de vida, desbravando a selvageria do capitalismo, desvelando nuances do sistema sensíveis às fragilidades do corpo e da alma. Este primeiro Volume, intitulado "Literatura e Saúde Pública: A narrativa entre a intimidade, o cuidado e a política", se divide em quatro seções. Na primeira, "Encontros, saberes e culturas", os contos se aproximam pelo encontro entre realidades culturalmente diversas que emergem nas intervenções clínicas. A segunda sessão, "Temporalidades e Ficcionalidades", a temática dos deslocamentos entre passado e futuro é o eixo entre os capítulos. Na terceira, "Outras razões", experiências ambientadas em questões e práticas de cuidado relacionadas à saúde mental abordam isolamentos e outros estigmas. É possível vislumbrar subjetividades e ambientes moldados pelas formas outras da razão, através dos olhos dos pacientes e das/os profissionais, que são, de certa forma, aqueles a quem cabe acompanhar, apoiar, tratar, conter, e suportar o sofrimento mental. A quarta sessão, "Emergência" traz para o corpo literário do livro uma narrativa sobre a Pandemia.


Subject(s)
Humans , Health Councils , Health Planning , Health Programs and Plans
11.
Porto Alegre; Editora Rede Unida; 20210802. 186 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1343227

ABSTRACT

Este livro foi concebido no contexto da revitalização do Fórum Municipal dos Conselhos da Cidade de Porto Alegre (FMCC), o qual buscou articular os conselhos de forma sistemática, desencadeando várias ações em prol do seu fortalecimento. Em 2018, o FMCC desenvolveu um seminário de planejamento participativo, uma pesquisa sobre a situação dos conselhos e um seminário de formação, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Nesse seminário, os conselhos puderam debater a conjuntura, as potencialidades e dificuldades de sua atuação como órgãos de controle social. Essa profícua parceria com a Universidade e a mobilização da maioria dos conselhos foram materializadas no presente livro, como instrumento de sistematização dos modos de atuação, das dificuldades e desafios, dos projetos e das potencialidades políticas dos conselhos da cidade. Este livro apresenta o registro das ações, as competências, as particularidades de cada conselho, ao mesmo tempo em que retrata o trabalho que o FMCC vem desenvolvendo nos últimos anos, buscando vincular os conselheiros e outros atores da cena política da cidade. Com o objetivo de disponibilizar um material que tornasse acessível o histórico e as especificidades de cada colegiado, este livro alçou mão de um empolgante e exitoso trabalho de produção textual junto aos conselhos da cidade, conduzido por membros do Grupo de Pesquisa Associativismo, Contestação e Engajamento (GPACE/UFRGS), que se dividiram para assessorar os coletivos na elaboração dos capítulos. Foi um processo muito bem sucedido, que resultou na elaboração de dezenove capítulos, cada um correspondente ao relato de um conselho, além de reflexões do FMCC, discutindo o percurso recente de mobilização e articulação destes atores, e um capítulo analítico, escrito por pesquisadores do GPACE, que analisaram os dados produzidos pelas pesquisas, pelas oficinas e pelos processos de escrita desencadeados para a construção deste livro. Todo o trabalho de revisão e composição foi construído coletivamente com a contribuição dos atores envolvidos, o que expressa a força do trabalho coletivo.


Subject(s)
Social Control, Formal , Health Management , Health Councils
12.
Nursing (Säo Paulo) ; 24(277): 5847-5856, jun.2021.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1253861

ABSTRACT

Objective: To analyze the articles published by the Federal Nursing Council during the COVID-19 pandemic in the light of the Habermasian communicative action theory. Method: Qualitative documentary study, carried out from May to July 2020, using pandemic news published by the municipality as the primary source. The material was organized through thematic content analysis and discussed based on the theory and related literature. Results: The council produced technical note materials as instruments to guide professionals and approved resolutions and regulations. The performance of the system was focused on the acquisition and distribution of protective equipment through regional offices, lawsuits, the creation of an observatory and an emotional support channel for professionals. Conclusion: Communication with awareness and knowledge to nursing professionals was prioritized, empowering them in work processes in the pandemic context.(AU)


Objetivo: Analizar los artículos publicados por el Consejo Federal de Enfermería durante la pandemia de COVID-19 a la luz de la teoría de la acción comunicativa habermasiana. Método: Estudio documental cualitativo, realizado de mayo a julio de 2020, utilizando como fuente primaria las noticias sobre pandemias publicadas por el municipio. El material fue organizado a través de análisis de contenido temático y discutido con base en la teoría y literatura relacionada con el tema. Resultados: El consejo elaboró materiales de notas técnicas como instrumentos para orientar a los profesionales y aprobó resoluciones y reglamentos. La actuación del sistema se centró en la adquisición y distribución de equipos de protección a través de oficinas regionales, juicios, la creación de un observatorio y un canal de apoyo emocional a los profesionales. Conclusión: Se priorizó la comunicación con conciencia y conocimiento a los profesionales de enfermería, empoderándolos en los procesos de trabajo en el contexto pandémico.(AU)


Objetivo: Analisar as matérias publicadas pelo Conselho Federal de Enfermagem no transcurso da pandemia COVID-19 à luz da teoria da ação comunicativa habermasiana. Método: Estudo documental qualitativo, realizado durante o período de maio a julho de 2020, utilizando-se como fonte primária as notícias relacionadas à pandemia publicadas pela autarquia. O material foi organizado através da análise de conteúdo temática e discutido com base na teoria e literatura relacionada à temática. Resultados: O conselho produziu materiais notas técnicas como instrumentos norteadores aos profissionais e aprovou resoluções e normativas. A atuação do sistema esteve focada na aquisição e distribuição de equipamentos de proteção por intermédio dos regionais, ações judiciais, criação do observatório e de um canal de apoio emocional aos profissionais. Conclusão: Priorizou-se uma comunicação com sensibilização e conhecimento aos profissionais de enfermagem, empoderando-os nos processos de trabalho no contexto pandêmico.(AU)


Subject(s)
Humans , Nursing , Health Communication , COVID-19 , Health Councils , Pandemics
13.
Saúde Soc ; 30(3): e200356, 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1290087

ABSTRACT

Resumo Este artigo objetiva avaliar o desempenho dos conselhos de saúde (CS) em municípios de pequeno e médio porte. Trata-se de pesquisa avaliativa com a utilização do método spidergram adaptado à realidade dos CS. A matriz avaliativa foi composta por cinco dimensões: autonomia, organização, representatividade, envolvimento comunitário e influência política. O estudo foi desenvolvido nos municípios de Nova Canaã e Itapetinga, ambos no estado da Bahia, por meio de análise documental, observação das reuniões e 31 entrevistas com conselheiros de saúde. Utilizou-se a análise de conteúdo temática para a categorização dos dados. Os CS apresentaram baixo nível de desempenho, com resultados mais desfavoráveis ao menor município. Verificaram-se limitações na autonomia, como fragilidades no apoio técnico, estrutura física e dotação orçamentária. A dimensão organização revelou irregularidades na realização das reuniões e a inexistência de comissões temáticas. Foram evidenciadas fragilidades da relação entre representantes e representados. Sobre o envolvimento comunitário, observou-se o esvaziamento dos CS e baixos índices de comparecimento dos representantes. A influência política revelou diminuta capacidade dos CS em influenciar na definição das políticas de saúde locais. A adaptação da matriz avaliativa se mostrou oportuna e adequada. Os dois casos avaliados demostraram insuficiências no processo participativo e na capacidade de influência política.


Abstract Our paper aimed at evaluating the performance of health councils (HC) in small and medium-sized municipalities in Brazil. This is an evaluative research. We used the spidergram method adapted to the HC reality. The evaluation matrix was composed of five dimensions: autonomy, organization, representativeness, community engagement and political influence. The study was developed in Nova Canaã and Itapetinga, state of Bahia, based on document analysis, observation of meetings, and interviews with 31 councils members. We used thematic content analysis to categorize the data. The HC showed a low level of performance, with more unfavorable results to the smaller town. We identified limited autonomy, with weaknesses in technical support, physical structure and financial independence. The organization dimension identified non-compliance with meeting scheduling and absence of thematic commissions. A weak relationship between the representatives and the organizations were observed. The dimension related to community engagement indicated empty HC and low representatives' participation. The political influence dimensions showed limited capacity of HC to interfere in local health policies. The adaptation of the evaluative matrix has proved to be timely and appropriate to the reality of the Brazilian HC. Two cases evaluated showed weaknesses in the participatory process and in the political influence capacity.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Policy , Health Evaluation , Program Evaluation , Health Councils , Social Participation , Health Policy
15.
Saúde Soc ; 30(1): e200479, 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1252194

ABSTRACT

Resumo O objetivo desse trabalho é analisar o posicionamento dos representantes dos usuários no Conselho Estadual de Saúde da Bahia (CES-BA) diante das decisões do Governo Federal relativas ao financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS) no período 2016-2018. O referencial teórico se baseia na noção de participação incorporada no arcabouço jurídico político do SUS, que institui a criação de Conselhos de Saúde e a realização de Conferências de Saúde como espaços de formulação, monitoramento e avaliação de políticas de saúde nos diversos níveis organizativos do sistema. A coleta de dados foi realizada por meio de revisões documentais e entrevistas aos representantes do segmento usuários no conselho. Os resultados contemplam a caracterização do perfil político-associativo das entidades representadas no CES-BA e o posicionamento dos conselheiros sobre as mudanças no financiamento do SUS no período 2016-2018. Discute-se a baixa representatividade de alguns grupos populacionais no CES-BA e a percepção acerca da Emenda Constitucional 95 e da influência dos partidos políticos na dinâmica dos conselhos. A conclusão ressalta a importância relativa da qualificação técnica diante da experiência acumulada pelos conselheiros e a necessidade de articulação destes com as bases sociais que pretendem representar, especialmente na atual conjuntura política brasileira.


Abstract The objective of this study is to analyze the orientation of user representatives in the Health Council of the Bahia (CES-BA) in face of the decisions of the Federal Government finance the Unified Health System (SUS) in the period 2016-2018. The theoretical reference is based on the notion of participation incorporated in the SUS legal code, which instituted Health Councils and the holding of Health Conferences as spaces for formulating, supervising and evaluating health policies at the various organizational levels of the system. Data were collected via document review and interviews with representatives of the segment "users" at CES-BA. The results include the characterization of the political-associative profile of the entities represented in the State Health Council and the orientation of the counselors on changes in SUS financing in the 2016-2018 period. It discusses the low representativeness of some population groups at CES-BA and the perception of councilors about Constitutional Amendment 95 and the influence of political parties on the dynamics of councils. The conclusion shows the relative importance of technical qualification in the face of the experience accumulated by the councilors and the need to articulate them with the social bases they intend to represent, especially in the current political situation of the country.


Subject(s)
Unified Health System , Health Councils , Social Participation , Healthcare Financing , Health Policy
16.
Physis (Rio J.) ; 31(2): e310210, 2021. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1287553

ABSTRACT

Abstract The text addresses the representativeness in health councils in Brazil, based on guidelines proposed by the National Health Council. This study aimed to verify the adequacy of the councils to the criteria described in Resolution 453/2012, which demonstrate the representativeness of the segments that make up the collective. A descriptive cross-sectional study was conducted during May and June 2017. The study population was composed of health councils registered in the Health Councils Monitoring System, with public access and available on the Internet. The results obtained were organized considering the geographical distribution of the councils. The regions with the highest rates of non-compliance with the parity criterion were identified. It has been demonstrated that the guidelines for reformulating the councils are aligned with the notion of representativeness, but they are not a guarantee for the effectiveness of the representation. Future studies may deepen the analyses on representativeness in health councils in Brazil, and identify which mechanisms are adopted by entities to ensure the effectiveness of representation, as well as whether representation is renewed. It is recommended that the rules ordering the functioning of councils be permanently updated to promote social participation in health.


Resumo O texto aborda a representatividade nos conselhos de saúde no Brasil, a partir de diretrizes propostas pelo Conselho Nacional de Saúde. O objetivo do estudo foi verificar a adequação dos conselhos aos critérios descritos na Resolução 453/2012, que demonstram a representatividade dos segmentos que compõem o coletivo. Foi realizado estudo descritivo, do tipo transversal, durante os meses de maio e junho de 2017. A população do estudo foi composta pelos conselhos de saúde cadastrados no Sistema de Acompanhamento dos Conselhos de Saúde, de acesso público e disponível na internet. Os resultados obtidos foram organizados considerando a distribuição geográfica dos conselhos. Foram identificadas as regiões com maiores índices de descumprimento do critério de paridade. Ficou demonstrado que as diretrizes para reformulação dos conselhos estão alinhadas a noção de representatividade, porém, não são garantia para a efetividade da representação. Estudos futuros poderão aprofundar as análises sobre a representatividade nos conselhos de saúde no Brasil, e identificar quais mecanismos são adotados pelas entidades para garantir efetividade da representação, bem como se ocorre renovação da representação. É recomendável que as normas que ordenam o funcionamento dos conselhos sejam permanentemente atualizadas para favorecer a participação social na saúde.


Subject(s)
Humans , Unified Health System , Public Health , Community Participation , Health Councils/legislation & jurisprudence , Health Policy , Brazil
17.
Saúde Redes ; 6(2): 97-114, 23/09/2020. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1120686

ABSTRACT

Objetivo: apresentar, analisar e discutir um aplicativo que complementa as ações de educação permanente dos conselhos de saúde. Método: Trata - se de um produto elaborado para atender um requisito do Mestrado Profissional. Os participantes foram 18 conselheiros de saúde de um município localizado na Zona da Mata Mineira que atenderam aos critérios de inclusão e exclusão. Os instrumentos de coleta de dados eleitos foram documentos e entrevista semi - estruturada exploratória submetida à análise de conteúdo de Bardin. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: Baixa frequência dos conselheiros nos cursos presenciais; irregularidade de oferta de cursos; estratégias para aumentar a participação dos participantes foram dispostas pelas categorias organização do evento, planejamento do curso e representação comprometida; todos consideram necessário capacitar o conselho; 17 conselheiros possuem acesso à internet, sendo que 13 possuem acesso no celular; 9 entre 10 conselheiros consideram fóruns de discussão uma estratégia proveitosa; dos 7 que responderam sobre educação à distância, apenas um conselheiro expressou opinião negativa, considerando a unilateral, sem interação. Conclusões: O aplicativo responde a várias lacunas descritas pelos conselheiros, que dificultam sua capacitação, como: incompatibilidade de horário, tempo para se dedicar, discussões para trocas de experiências, material educativo de audiovisual, atualização legal e em tempo oportuno e local apropriado para aprendizagem.


Objective: to present, analyze and discuss an application that complements the permanent education actions of health councils. Method: This is a product designed to meet a Professional Master's requirement. The participants were 18 health counselors from a municipality located in the Zona da Mata Mineira that met the inclusion and exclusion criteria. The chosen data collection instruments were documents and an exploratory semi ­ structured interview submitted to Bardin's content analysis. The study was approved by the Research Ethics Committee. Results: Low attendance of counselors in classroom courses; irregularity in the offer of courses strategies to increase the participation of participants were provided by the categories event organization, course planning and committed representation; everyone considers it necessary to empower the council; 17 counselors have access to the internet, 13 of which have access to cell phones; 9 out of 10 counselors consider discussion forums to be a useful strategy; of the 7 who answered about distance education, only one counselor expressed a negative opinion, considering it unilateral, without interaction. Final considerations: The application answers several gaps described by the counselors, which hinder their training, such as: incompatibility of time, time to dedicate, discussions to exchange experiences, educational audiovisual material, legal and timely update and appropriate place for learning.


Subject(s)
Humans , Education, Distance , Health Councils , Education, Continuing , Mobile Applications , Telemedicine
18.
Rev. baiana saúde pública ; 44(3): 56-71, 20200813.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1370938

ABSTRACT

Este estudo objetiva analisar os motivos associados à participação de usuários em Conselhos Locais de Saúde (CLS) de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, por meio de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas e individuais com 14 usuários, conselheiros ou não, associados a seis Unidades de Saúde. O corpus foi tratado a partir da análise de conteúdo. Ao final, foram identificados fatores que dificultam a participação social, como problemas na comunicação, descrédito sobre impacto de conselhos, falta de infraestrutura adequada, horário das reuniões e situações de violência. Paralelo a isso, também verificaram-se aspectos que facilitam a participação, entre eles: contato com trabalhadoras(es) de saúde, posicionamento ético-político, projetos com comunidade e proatividade. Concluiu-se que fatores impeditivos e facilitadores à participação social pertencem a um mesmo conjunto de problemas e estão interligados, complexificando a situação e colocando em questão a própria participação.


This study analyzes the reasons associated with the participation of users in Local Health Councils (LHC) of Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil, by means of a qualitative and exploratory research. Semi-structured, individual interviews were carried out with 14 users, counselors or not, assigned to six Health Units. Data was treated using Content Analysis. In the end, the analysis identified six factors that hinder social participation: communication issues, lack of belief in the councils, lack of adequate infrastructure, meeting times, and situations of violence. Conversely, the factors that facilitate participation were mainly: contact with health workers, ethical-political standing, community projects, and proactivity. In conclusion, impeditive and facilitating factors to social participation belong to the same set of issues and are interconnected, complexifying the situation and putting into question participation itself.


Este estudio pretende analizar los motivos asociados a la participación de usuarios en Consejos locales de salud (CLS) de Porto Alegre, en Rio Grande do Sul (Brasil), con base en una investigación exploratoria de abordaje cualitativo. Se realizaron entrevistas semiestructuradas individuales con catorce usuarios, consejeros o no, adscritos a seis Unidades de Salud. El corpus fue tratado con la ayuda del análisis de contenido. Los resultados identificaron los factores que dificultan la participación social, como problemas de comunicación, descrédito en el impacto de los consejos, falta de una adecuada infraestructura, horario de las reuniones y situaciones de violencia. Paralelo a eso, existen factores para facilitar la participación: contacto con los/las trabajadores/as de salud, postura ético-política, proyectos con la comunidad y proactividad. Se concluye que los factores impeditivos y facilitadores en lo que se refiere a la participación social pertenecen a un mismo conjunto de problemas y están interconectados, complejizando la situación y poniendo en cuestión la propia participación.


Subject(s)
Health Councils , Infrastructure , Social Participation , Occupational Groups
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL