Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 338
Filter
1.
Cambios rev. méd ; 20(1): 26-32, 30 junio 2021. tabs.
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-1292714

ABSTRACT

INTRODUCCIÓN. El tromboembolismo venoso es una complicación prevenible en pacientes hospitalizados y la estratificación del riesgo mejora la seguridad del paciente, su valoración evita su ocurrencia. OBJETIVO. Evaluar el riesgo de tromboembolismo venoso y uso adecuado de terapia tromboprofiláctica en pacientes hospitalizados. MATERIALES Y MÉTODOS. Estudio analítico transversal. Población de 412 y muestra de 373 pacientes encuestados, distribuidos: 186 en Unidades Clínicas, 163 en Unidades Quirúrgicas y 24 en Obstetricia del Hospital de Especialidades Carlos Andrade Marín, desde el 21 al 23 de febrero del 2019. La tabulación y análisis de datos se realizó en el programa estadístico International Business Machines Statistical Package for the Social Sciences, versión 21. RESULTADOS. Se categorizó como alto riesgo de tromboembolismo venoso al 76,67% (286; 373) de pacientes; 49,46% (144; 163) postquirúrgicos y 69,40% (129; 286) clínicos de alto riesgo de tromboembolismo venoso, recibiendo tromboprofilaxis farmacológica de forma adecuada el 38,80% (56; 144) de quirúrgicos y 57,40% (74; 129) de clínicos. CONCLUSIÓN. Se determinó que el uso de tromboprofilaxis no farmacológica y farmacológica con heparina de bajo peso molecular en pacientes hospitalizados con riesgo de tromboembolismo venoso, fue bajo.


INTRODUCTION. Venous thromboembolism is a preventable complication in hospitalized patients and risk stratification improves patient safety, its ocurrence is prevented by its assessment. OBJECTIVE. To evaluate the risk of venous thromboembolism and ade-quate use of thromboprophylactic therapy in hospitalized patients. MATERIALS AND METHODS. Cross-sectional analytical study. Population of 412 and sample of 373 patients surveyed, distributed: 186 in clinical wards, 163 in surgical wards and 24 in obstetrics of the Carlos Andrade Marín Specialties Hospital, from february 21 to 23, 2019. Data tabulation and analysis was performed in the statistical program International Business Machines Statistical Package for the Social Sciences, version 21. RESULTS. 76,67% (286; 373) of patients were categorized as high risk of venous thromboembolism; 49,46% (144; 163) post-surgical and 69,40% (129; 286) clinical patients as high risk of venous thromboembo-lism, with 38,80% (56; 144) of surgical and 57,40% (74; 129) of clinical patients receiving adequate pharmacological thromboprophylaxis. CONCLUSIONS. The use of nonpharma-cological and pharmacological thromboprophylaxis with low-molecular-weight heparin in hospitalized patients at risk of venous thromboembolism was low.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Middle Aged , Thromboembolism/drug therapy , Vascular Diseases/prevention & control , Veins , Heparin/therapeutic use , Venous Thrombosis/mortality , Venous Thromboembolism/complications , Thrombolytic Therapy , Drug Therapy , Data Analysis , Hemorrhage/prevention & control , Anticoagulants
2.
Brasília; s.n; 30 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117730

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 14 artigos e 8 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Technology Assessment, Biomedical , Vitamin D/therapeutic use , Methylprednisolone/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Cross-Sectional Studies , Cohort Studies , Ritonavir/therapeutic use , Drug Combinations , Lopinavir/therapeutic use , Betacoronavirus/drug effects , Hydroxychloroquine/therapeutic use
3.
Brasília; s.n; 24 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117704

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 21 artigos e 15 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Immunoglobulins/therapeutic use , Methylprednisolone/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Cohort Studies , Azithromycin/therapeutic use , Heparin, Low-Molecular-Weight/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Drug Combinations , Interleukin 1 Receptor Antagonist Protein/therapeutic use , Mesenchymal Stem Cells , Darunavir/therapeutic use , Adalimumab/therapeutic use , Rituximab/therapeutic use , Infliximab/therapeutic use , Clopidogrel/therapeutic use , Ticagrelor/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Anticoagulants/therapeutic use
4.
Brasília; S.N; 23 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117682

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 21 artigos e 8 protocolos.


Subject(s)
Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Steroids/therapeutic use , Technology Assessment, Biomedical , BCG Vaccine/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Almitrine/therapeutic use , Cohort Studies , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Enoxaparin/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Hydroxymethylglutaryl-CoA Reductase Inhibitors/therapeutic use , Darunavir/therapeutic use , Betacoronavirus/drug effects , Ipilimumab/therapeutic use , Fondaparinux/therapeutic use , Nivolumab/therapeutic use , Histamine Antagonists/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Anticoagulants/therapeutic use
6.
Brasília; s.n; 13 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117641

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 14 artigos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Vitamin D/therapeutic use , Ivermectin/therapeutic use , Immunoglobulins/therapeutic use , Angiotensins/therapeutic use , BCG Vaccine/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Interferon Type I/therapeutic use , Cross-Sectional Studies/instrumentation , Cohort Studies , Iloprost/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Enoxaparin/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Interleukin 1 Receptor Antagonist Protein/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
7.
Brasília; s.n; 1 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117618

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 14 artigos e 6 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Methylprednisolone/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Colchicine/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Antirheumatic Agents/therapeutic use , Interleukin 1 Receptor Antagonist Protein/therapeutic use , Febuxostat/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
8.
Rev. chil. obstet. ginecol. (En línea) ; 85(3): 275-280, jun. 2020. tab, graf
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-1126163

ABSTRACT

RESUMEN Presentamos caso clínico de puérpera de cesárea de noveno día con cuadro febril en espigas, asintomática, en que se plantea desde su ingreso el diagnóstico de tromboflebitis séptica pelviana y se inicia tratamiento con antibióticos parenterales de amplio espectro y heparina de bajo peso molecular en dosis terapéuticas. La respuesta es a la mejoría al tercer día de tratamiento. Se discuten los métodos diagnósticos, el diagnóstico diferencial y el tratamiento.


ABSTRACT A case of a woman on her 9th post-operative day after childbirth by cesarean section (CS) consulting with febrile spikes, otherwise asymptomatic, is presented. The diagnosis of a septic pelvic thrombophlebitis is proposed from the admission and treated with parenteral broad-spectrum antibiotics and low-molecular-weight heparin at therapeutic doses. Patient significantly improved on her third day of treatment. The diagnostic procedures, differential diagnosis and treatment are discussed.


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Ovary/blood supply , Thrombophlebitis/etiology , Cesarean Section/adverse effects , Sepsis/etiology , Pelvis/blood supply , Thrombophlebitis/drug therapy , Thrombophlebitis/diagnostic imaging , Heparin/therapeutic use , Tomography, X-Ray Computed , Sepsis/drug therapy , Sepsis/diagnostic imaging , Diagnosis, Differential , Anti-Bacterial Agents/therapeutic use , Anticoagulants/therapeutic use
9.
Brasília; s.n; 20 jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1102288

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 13 artigos e 9 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Immunoglobulins/therapeutic use , Angiotensin-Converting Enzyme Inhibitors/therapeutic use , Vaccines/isolation & purification , Heparin/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Clozapine/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Lopinavir/therapeutic use , Fibrinolytic Agents/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
10.
Brasília; s.n; 19 jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1100432

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 9 artigos e 6 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Immunoglobulins/therapeutic use , Methylprednisolone/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Cefoperazone/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Oseltamivir/therapeutic use , Lopinavir/therapeutic use , Moxifloxacin/therapeutic use , Thymalfasin/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
11.
Brasília; s.n; 17 jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1100423

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 15 artigos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Angiotensin-Converting Enzyme Inhibitors/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Lincomycin/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Angiotensin II Type 2 Receptor Blockers/therapeutic use , Lopinavir/therapeutic use , Interferon beta-1a/therapeutic use , Interferon beta-1b/therapeutic use , Interferon alpha-2/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Medicine, Chinese Traditional , Anti-Bacterial Agents/therapeutic use , Antimalarials/therapeutic use , Nitric Oxide/therapeutic use
12.
Brasília; s.n; 11 jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1100320

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 15 artigos e 26 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Immunoglobulins/therapeutic use , Angiotensin-Converting Enzyme Inhibitors/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Interferon-alpha/therapeutic use , Heparin, Low-Molecular-Weight/therapeutic use , Mesenchymal Stem Cells , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Anti-Bacterial Agents/therapeutic use
13.
Brasília; s.n; 10 jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1100317

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 12 artigos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Heparin/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Anti-Inflammatory Agents, Non-Steroidal/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Mesenchymal Stem Cells , Lopinavir/therapeutic use , Interferon alpha-2/therapeutic use
14.
Brasília; s.n; 27 jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1102294

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 17 artigos e 4 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Immunoglobulins/therapeutic use , Methylprednisolone/therapeutic use , Vaccines/isolation & purification , Heparin/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Colchicine/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Oseltamivir/therapeutic use , Lopinavir/therapeutic use , Interferon alpha-2/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
15.
s.l; s.n; 1 maio 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA | ID: biblio-1099517

ABSTRACT

CONTEXTO: A heparina tem mostrado propriedades antiinflamatórias ao reduzir a liberação e a atividade biológica da interleucina 6 (IL-6). OBJETIVOS: Identificar, avaliar sistematicamente e sumarizar as melhores evidências científicas disponíveis sobre os efeitos das heparinas no manejo de pacientes com infecção por SARS-CoV-2 (COVID-19). MÉTODOS: Revisão sistemática rápida (rapid review methodology), com busca realizada em 30 de abril de 2020. RESULTADOS: Após o processo de seleção, seis estudos foram identificados: dois estudos de coorte histórico e quatro ensaios clínicos randomizados em andamento. Os dois estudos de coorte eram heterogêneos, incluíram 491 adultos internados com infecção por SARS-CoV-2, que receberam ou não heparina em doses e por durações variadas, em adição ao tratamento de suporte (com ou sem antiviral). O risco de viés destes estudos foi considerado crítico. Os achados sugeriram que o uso de heparina parece (a) reduzir os níveis de dímero D e IL-6, (b) aumentar a concentração de linfócitos e (c) não alterar o tempo de internação hospitalar e a mortalidade. CONCLUSÃO: Considerando a limitação metodológica destes estudos e a imprecisão dos resultados, nenhuma estimativa sobre a eficácia e a segurança da heparina pode ser assumida. Espera-se que os resultados dos ensaios clínicos randomizados em andamento, envolvendo pelo menos 1.100 participantes, possam reduzir esta incerteza para orientar a tomada de decisão.(AU)


Subject(s)
Pneumonia, Viral/drug therapy , Heparin/therapeutic use , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Anticoagulants/therapeutic use , Technology Assessment, Biomedical , Cost-Benefit Analysis
16.
Buenos Aires; IECS; 26 mayo 2020.
Non-conventional in Spanish | LILACS, BRISA | ID: biblio-1100165

ABSTRACT

CONTEXTO CLÍNICO: La enfermedad por el Coronavirus 2019 (COVID­19, por su sigla en inglés Coronavirus Disease 2019) es una enfermedad respiratoria de humanos producida por un nuevo coronavirus identificado con la sigla SARS-CoV-2. El período de incubación de la infección es de 2 a 14 días. La mayor parte de los contagios se producen de persona a persona, siendo altamente transmisible. El cuadro clínico varía desde casos asintomáticos (80%) a cuadros febriles con tos y dificultad respiratoria, neumonía y distrés respiratorio. También puede acompañarse de alteraciones gastrointestinales. (Anexo II). El 11 de marzo de 2020 la Organización Mundial de la Salud (OMS) declaro la COVID-19 como una pandemia. Desde ese momento hasta 17 mayo 2020 su circulación se ha reportado en 213 países reportándose más de 4.731.987 casos y la muerte 315.496 personas. TECNOLOGÍA: Las heparinas son sustancias anticoagulantes inyectables. Cabe distinguir entre la heparina estándar o heparina no fraccionada (HNF) y las heparinas de bajo peso molecular (HBPM). La actividad antitrombótica y anticoagulante de la HNF está relacionada con la capacidad de inhibir el factor Xa y el factor IIA, respectivamente. Las HBPM tienen menor actividad inhibitoria de la trombina o factor IIa, pero mantienen igual potencia respecto al factor Xa por lo que es de esperar que presenten menor riesgo de hemorragia pero igual actividad antitrombótica. Las ventajas del uso HBPM es que no requieren de controles. OBJETIVO: El objetivo del presente informe es evaluar la evidencia disponible acerca de la eficacia, seguridad y aspectos relacionados a profilaxis y tratamiento de eventos tromboembólicos en pacientes con COVID 19. MÉTODOS: Se realizó una búsqueda en las principales bases de datos bibliográficas, en buscadores genéricos de internet, y financiadores de salud. Se priorizó la inclusión de revisiones sistemáticas (RS), ensayos clínicos controlados aleatorizados (ECAs), evaluaciones de tecnologías sanitarias (ETS), evaluaciones económicas, guías de práctica clínica (GPC) y recomendaciones de diferentes organizaciones de salud. RESULTADOS: No se encontraron ECAs que evalúen el uso de HBPM (diferentes dosis incluyendo dosis estándares) versus no usarlo en pacientes con COVID-19 para la prevención y/o tratamiento de eventos trombóticos. Se incluyeron dos revisiones narrativas, una serie de casos prospectiva y seis recomendaciones de sociedades científicas. Se encontraron 18 estudios registrados sobre el uso de heparina en pacientes COVID-19 positivos (estudios observacionales para evaluar tasas de episodios trombóticos, estudios que comparan heparina no fraccionada vs HBPM en pacientes con coagulopatías o para profilaxis , comparación de diferentes dosis de HBPM vs dosis estándares , comparación de 40 mg de enoxaparina vs 120 mg, heparina no fracciona vs tinzaparin, comparación de profilaxis con dosis a rangos de anticoagulación). CONCLUSIONES: No se encontró evidencia directa que evalúe diferentes dosis de heparina de bajo peso molecular (incluyendo las dosis estándares) en pacientes con COVID-19 para la prevención o tratamiento de eventos trombóticos. Sin embargo, dada la evidencia que muestra que los pacientes con COVID-19 moderado a severo hospitalizados presentan un riesgo elevado de trastornos de coagulación, y que el pronóstico de las mismas podría ser mejor si se indica la profilaxis; la mayoría de las recomendaciones internacionales y nacionales la indican. Las distintas asociaciones de hematología internacionales, de cardiología estadounidenses publicadas en marzo 2020, y el Instituto Nacional de la Salud de EE.UU., ante la incertidumbre sobre las dosis de anticoagulantes, recomiendan el testeo de marcadores de la coagulación en todo paciente COVID-19 positivo hospitalizado y la administración de profilaxis con heparina de bajo peso molecular a dosis estándares. Se indicaría esta profilaxis en todo paciente hospitalizado, independientemente del diagnóstico. El uso de dosis mayores para la prevención eventos trombóticos debe ser solo usada en el contexto de ensayos clínicos de investigación y no de forma rutinaria. Es importante tener en cuenta que se encuentran en curso más de 18 ensayos clínicos sobre el uso de diferentes dosis y tipos de heparina para la prevención de eventos trombóticos que podrían cambiar estas recomendaciones.


Subject(s)
Humans , Thromboembolism/drug therapy , Heparin/therapeutic use , Coronavirus Infections/physiopathology , Argentina , Technology Assessment, Biomedical , Health Evaluation
17.
Brasília; s.n; 4 maio 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1097406

ABSTRACT

Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 24 artigos e 10 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Vitamin D/therapeutic use , Calcium Channel Blockers/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Drug Combinations , Hydroxychloroquine/therapeutic use
18.
Brasília; s.n; 25 maio 2020.
Non-conventional in Portuguese | PIE, LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1097385

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 15 artigos e 10 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Antiviral Agents/therapeutic use , Angiotensin-Converting Enzyme Inhibitors/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Drug Combinations , Interleukin 1 Receptor Antagonist Protein/therapeutic use , Angiotensin II Type 2 Receptor Blockers/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Anti-Bacterial Agents/therapeutic use
19.
Rev. Hosp. Clin. Univ. Chile ; 31(3): 198-205, 2020. tab
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-1145376

ABSTRACT

Coronavirus disease (Covid-19) is characterized by an intense inflammatory response and coagulopathy that is associated to a high incidence of thrombotic events with in situ thrombosis of the microcirculation of the lungs and other organs, which is the key event in the pathogenesis of the respiratory and multi-organ failure. These observations have led to to the use of heparin, which has anticoagulant, antiinflammatory and anti-viral properties, as the best agent to treat these patients. Clinical guidelines recommend the use of heparin thromboprophilaxis in these patients, although there is no agreement in the indication, dose and duration of thromboprophylaxis due to lack of randomized studies. (AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Pregnancy , Coronavirus Infections , Venous Thromboembolism/prevention & control , Heparin/therapeutic use , Venous Thromboembolism/drug therapy , Anticoagulants/therapeutic use
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL