Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 711
Filter
2.
Brasília; ANVISA; 21 mar. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS (Americas), ColecionaSUS | ID: biblio-1095106

ABSTRACT

Reconhece-se que a população idosa que reside nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), em geral, é mais vulnerável, com níveis variados de dependência e possui necessidades complexas. Como a nova doença respiratória, COVID-19, que está se espalhando globalmente e que apresenta letalidade elevada na população idosa (pessoas com 60 anos ou mais), as ILPI devem implementar medidas de prevenção e controle de infecção para evitar ou reduzir ao máximo que os residentes, seus cuidadores e profissionais que atuem nesses estabelecimentos sejam infectados pelo vírus e, mais significativamente, reduzir a morbi-mortalidade entre os idosos nessas instituições. As medidas de prevenção que devem ser aplicadas são as mesmas para detectar e impedir a propagação de outros vírus respiratórios, como por exemplo a influenza. A doença classificada como COVID-19 é causa dada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), que foi identificado pela primeira vez na cidade de Wuhan, na China. Outras infecções por coronavírus incluem o resfriado comum, a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS-CoV) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave(SARS-CoV).Nesta Nota Técnica, serão abordadas orientações mínimas para as ILPI quanto às medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas durante a assistência aos residentes, principalmente com relação aos casos suspeitos ou com diagnóstico confirmado de COVID-19, segundo as orientações divulgadas pela Organização Mundial da Saúde(OMS)e outros órgãos. No entanto, ressaltamos que este é um documento que pode ser alterado a qualquer momento, conforme novas informações estiverem disponíveis, já que se trata de um microrganismo novo no mundo e portanto, com poucas evidências sobre ele.


Subject(s)
Humans , Aged , Aged, 80 and over , Pneumonia, Viral/prevention & control , Coronavirus Infections/prevention & control , Public Health Surveillance , Homes for the Aged/standards , Epidemics/prevention & control
3.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 13(1): 7-17, jan/mar 2020. ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-1052731

ABSTRACT

O aumento da expectativa de vida vem fazendo crescer, no Brasil, o número de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI), as quais devem investir na qualidade de vida de seus residentes. Nesse contexto, convém refletir sobre a importância da promoção da saúde junto a pessoas institucionalizadas, ressaltando aspectos interacionais, pois é por meio da participação social que elas podem permanecer ativas e integradas à comunidade em que vivem. Como objetivo de compreender o papel que atividades dialógicas assumem na promoção da saúde de idosos institucionalizados, o presente estudo, de caráter qualitativo, pautou-se na análise dialógica do discurso e contou com a participação de 14 residentes de duas ILPI, situadas no Sul do Brasil. Eles participaram de 16 encontros grupais, com duração de 90 minutos, que ocorreram semanalmente, em cada ILPI. Na visão dos idosos, práticas dialógicas proporcionaram-lhes bem-estar, contribuindo para que enfrentassem a rotina da instituição.


Since increase in life expectancy is a fact in Brazil, long-term institutions for the elderly have to invest in life quality of their residents. It is highly important to discuss health promotion for institutional elderly people and underscore its interactional aspects, since, through social participation, they remain active and integrated to the community in which they live. Current qualitative study is based on the dialogic analysis of discourse with the participation of 14 residents of two institutions in southern Brazil, so that the role of dialogical activities in health promotion of the elderly may be understood. The elderly people participated in 16 group meetings, with a duration of 90 min, on a weekly basis, in each institution. According to the elderly, dialogical practices provided well-being and contributed towards coping with the institutions´ routine.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aged , Aged, 80 and over , Aging , Communication , Health Promotion , Homes for the Aged
4.
Dement. neuropsychol ; 14(1): 62-68, Jan.-Mar. 2020. tab
Article in English | LILACS (Americas) | ID: biblio-1089808

ABSTRACT

ABSTRACT Falls are a major problem in nursing homes due to their high prevalence and impact on the functioning of elderly. Objective: This study aims to: a) construct and validate a scale for assessing the practices and behaviors of professionals from nursing homes after falls in elderly; b) describe practices and behaviors after falls; and c) associate practices and behaviors with professionals' length of experience, training and age. Methods: This is a correlational study, conducted in a sample of 152 professionals from six nursing homes. The study adhered to all of the Declaration of Helsinki principles. Results: The scale constructed has a Cronbach's alpha of 0.938. The 12 items of the scale are grouped into two factors. The most expressive indicators are the communication of fall episodes that result in severe injuries (4.64 ± 0.812) and the communication of falls that result in injuries and need intervention from health technicians (4.61 ± 0.832). We found no significant statistical difference between length of professional experience, training and age when associated with professional practices and behaviors after falls in elderly (p > 0.05). Conclusion: Future studies should investigate the association of post-fall professional practices and behaviors with fear of another fall, fall recurrence, and changes in functioning of the elderly following a fall.


RESUMO As quedas são um problema grave nas instituições de longa permanência para idosos nos lares devido à elevada prevalência e consequências na funcionalidade dos residentes. Objetivo: Este estudo tem como objetivos: a) Construir e validar uma escala para avaliar práticas e comportamentos de profissionais das instituições de longa permanência para idosos após a queda; b) Descrever as práticas e comportamentos dos profissionais após a queda e c) Associar as práticas e comportamentos ao tempo de exercício profissional, formação e idade do profissional. Métodos: Estudo correlacional, realizado com uma amostra de 152 profissionais de seis instituições. Durante este estudo, cumprimos todos os princípios da declaração de Helsínquia. Resultados: A escala construída possui um alfa de Cronbach de 0,938. Os 12 itens são distribuídos em dois fatores. Os indicadores com maior expressão são a comunicação de episódios de queda, resultando em lesões graves (4,64 ± 0,812) e a comunicação de queda, resultando em lesões e necessitando de intervenção dos técnicos de saúde (4,61 ± 0,832). Não encontramos diferença estatística significativa entre o tempo de experiência profissional, formação e idade, quando associados às práticas e comportamentos profissionais após queda de idosos (p > 0,05). Conclusão: Estudos futuros devem associar práticas e comportamentos profissionais após uma queda ao medo de uma nova queda, à recorrência e à evolução da funcionalidade do idoso após a queda.


Subject(s)
Humans , Psychometrics , Accidental Falls , Aged , Caregivers , Cognitive Dysfunction , Homes for the Aged
7.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 28: e3268, 2020. tab
Article in English | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1101739

ABSTRACT

Objective: determine the psychometric properties of the safety practices and behaviors dimension of the Scale of Practices and Behaviors of Institutionalized Elderly People to Prevent Falls in a sample of elderly people with cognitive decline. Method: methodological study, with a quantitative approach, to assess the psychometric properties of the mentioned scale in a sample with 102 elderly people with cognitive decline who lived in two long-term care institutions for the public in this age group. Internal consistency evaluation was carried out by calculating the Cronbach's alpha coefficient; interobserver reliability was expressed by Cohen's kappa coefficient; and temporal stability, by obtaining Spearman correlation. Compliance with all ethical procedures was observed. Results: the dimension of safety practices and behaviors showed α = 0.895 for its 11 items. Seven out of the 11 items reached good to excellent agreement among the experts for interobserver reliability. Kappa index values indicated that the instrument is valid and reliable. Safety practices and behaviors were influenced by institutionalization time, being at least 85 years old, and gait skills. Conclusion: the results pointed out that the instrument has good reproducibility and is valid and reliable, which allows its use in clinical practice in elderly people with cognitive decline as well as in research.


Objetivo: determinar as propriedades psicométricas da dimensão das práticas e dos comportamentos de segurança da Escala de Práticas e Comportamentos dos Idosos Institucionalizados para Prevenir Quedas numa amostra de idosos com declínio cognitivo. Método: estudo metodológico, com abordagem quantitativa, para a avaliação das propriedades psicométricas da escala numa amostra de 102 idosos com declínio cognitivo, residentes em duas Instituições de Longa Permanência para Idosos. A avaliação da consistência interna foi efetuada pelo α de Cronbach, a confiabilidade interobservadores, calculada pelo coeficiente de concordância Kappa de Cohen e a estabilidade temporal, pela correlação de Spearman. Todos os procedimentos éticos foram contemplados no estudo. Resultados: a dimensão das práticas e dos comportamentos de segurança da escala apresentou um α=0,895 para os seus 11 itens. Na confiabilidade interobservador, 7 dos 11 itens obtiveram de boa a excelente concordância entre os juízes. Os valores do Índice Kappa evidenciam que o instrumento é válido e fidedigno. As práticas e os comportamentos de segurança são influenciados pelo tempo de institucionalização, idade superior a 85 anos e capacidade de marcha. Conclusão: os resultados indicam uma boa reprodutibilidade, o instrumento é válido e fidedigno, permitindo a utilização do instrumento na clínica em idosos com declínio cognitivo e na investigação.


Objetivo: determinar las propiedades psicométricas de la dimensión de prácticas y conductas de seguridad de la Escala de prácticas y comportamientos de los ancianos institucionalizados para prevenir las caídas, sobre una muestra de ancianos con deterioro cognitivo. Método: estudio metodológico de abordaje cuantitativo para evaluar las propiedades psicométricas de la escala sobre muestra de 102 ancianos con deterioro cognitivo, residentes en dos hogares para ancianos. Evaluación de consistencia interna verificada por α de Cronbach, confiabilidad interobservadores calculada por coeficiente de concordancia Kappa de Cohen, estabilidad temporal comprobada por correlación de Spearman. Fueron contemplados todos los procedimientos éticos. Resultados: la dimensión de prácticas y comportamientos de seguridad de la escala expresa α=0,895 para sus 11 ítems. En confiabilidad interobservadores, 7 de los 11 ítems obtienen buena o excelente concordancia entre los evaluadores. Los valores del índice Kappa evidencian que el instrumento es válido y fidedigno. Las prácticas de comportamiento de seguridad están influidas por el tiempo de institucionalización, edad superior a 85 años y capacidad de marcha. Conclusión: los resultados demuestran buena reproductividad, el instrumento es válido y confiable, pudiéndoselo utilizar en la clínica con ancianos con deterioro cognitivo y en la investigación.


Subject(s)
Humans , Aged , Aged, 80 and over , Psychiatric Status Rating Scales , Psychometrics , Behavior , Accidental Falls/prevention & control , Geriatric Assessment , Validation Study , Geriatric Psychiatry , Homes for the Aged
8.
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1116283

ABSTRACT

Objetivo: Analisar as atividades realizadas pelos cuidadores de idosos de uma instituição de longa permanência. Método: Pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, realizada em uma Instituição de longa Permanência para Idosos no município de Teresina-PI, com 12 cuidadores de idosos, de fevereiro a março de 2017, por meio de uma entrevista semi-estruturada. Resultados: Após a análise temática foi possível destacar duas categorias: Atividades em relação às necessidades humanas básicas e a sobrecarga dos cuidadores na realização das atividades com os idosos. Conclusão: As ações realizadas não correspondem às atividades além do cuidado. Embora alguns cuidadores se referem fazer algumas brincadeiras, danças e jogos, essas são consideradas como algo não habitual. Há um contratempo, pois as atividades levam a estes a uma sobrecarga de trabalho, mudanças de humor, dificuldades na adaptação, dependência total, tornando assim uma barreira para execução das mesmas


Objective: The study's purpose has been to analyze the activities performed by long-stay institution caregivers. Methods: It is a descriptive research with a qualitative approach, which was performed at a long-stay philanthropic institution for the elderly located in the East of Teresina city, Piauí State. A total of 12 randomly selected elderly caregivers have participated of the study. Data collection took place from February to March 2017 through semi-structured interviews. Results: Based on the thematic analysis, it was possible to underline two categories, as follows: Activities concerning basic human needs; and, The caregivers' overload due to elderly-related activities. Conclusion: The actions taken do not go beyond the caring activities. Although some caregivers mention doing some plays, dances, and games, those actions are considered unusual, because not everyone does it. There is a setback, because the activities lead such professionals to work overload, mood swings, adaptation difficulties, total dependency, then becoming a barrier to its own execution


Objetivo: Analizar las actividades realizadas por los cuidadores de ancianos de una institución de larga permanencia. Método: Investigación descriptiva con abordaje cualitativo, realizada en una Institución de larga permanencia para ancianos en el municipio de Teresina-PI, con 12 cuidadores de ancianos, de febrero a marzo de 2017, a través de una entrevista semiestructurada. Resultados: Después del análisis temático fue posible destacar dos categorías: Actividades en relación a las necesidades humanas básicas y la sobrecarga de los cuidadores en la realización de las actividades con los ancianos. Conclusión: Las acciones realizadas no corresponden a las actividades más allá del cuidado. Aunque algunos cuidadores se refieren a hacer algunas bromas, danzas y juegos, esas son consideradas como algo no habitual. Hay un contratiempo, pues las actividades llevan a éstos a una sobrecarga de trabajo, cambios de humor, dificultades en la adaptación, dependencia total, haciendo así una barrera para ejecución de las mismas


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Working Conditions , Occupational Health , Caregivers , Homes for the Aged , Play and Playthings , Aged , Dancing , Qualitative Research
9.
Rev. cient. Esc. Univ. Cienc. Salud ; 6(2): 12-16, jun.-dic. 2019. graf
Article in Spanish | LILACS (Americas) | ID: biblio-1117033

ABSTRACT

La terapia ocupacional lleva a cabo su labor en lo que se refiere a la promoción de la salud, prevención de enfermedades y rehabilitación de la salud mediante estrategias de ocupación del adulto con actividades diarias que permitan y estimulen su independencia física. Objetivo: Identificar las actividades de terapia ocupacional y su impacto en el estado de animo de los ancianos que viven en dos asilos del departamento de Cortés. Pacientes y Métodos: Estudio cuantitativo, descriptivo-transversal, realizado en dos asilos de ancianos del departamento de Cortés, en el primer semestre del año 2017. Muestra no probabilistíca de 30 adultos mayores institucionalizadas en dos asilos. Instrumento tipo cuestionario para las actividades de salud ocupacional y la escala de depresión geriatrica-Test de Yesavage. Resultados: Se encontró que el 50% de los adultos mayores institucionalizados no realizan ninguna terapia ocupacional, el otro 50% refieren hacer terapia ocupacional como; manualidades con papel, ir a la iglesia, pintar, sembrar, hacer ejercicios. Se encontró que 18 (60%) a menudo se sienten desmoralizados y tristes; 21 (70%) presentan un nivel de depresión que va de leve a grave. Conclusión: El estudio indicó que más del 50% de los ancianos realizarón algún tipo de terapia ocupacional y en su estado de animo presentaron un nivel de depresión geriátrica que va desde leve a grave,lo que indica que tiene un impacto directo en su estado de ánimo y salud física...(AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aged , Aged, 80 and over , Occupational Therapy/methods , Affect , Patient Health Questionnaire , Homes for the Aged
10.
Diagn. tratamento ; 24(3): [111-118], jul - set. 2019. fig, tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-1026700

ABSTRACT

Introdução: A dinapenia é caracterizada pela redução da força muscular que acontece durante o processo de envelhecimento. Objetivo: Analisar a prevalência e os fatores associados à dinapenia em idosos institucionalizados. Métodos: Foram avaliados idosos institucionalizados de São Caetano do Sul. A dinapenia foi caracterizada pela reduzida força de preensão manual combinada com reduzida força de membros inferiores. As variáveis independentes avaliadas foram sexo, idade, tempo de institucionalização, medicamentos, satisfação com a vida, depressão, suspeita de deficit cognitivo e número de passos por dia. A análise de regressão logística estimou o odds ratio (OR) com intervalo de confiança de 95% (IC 95%). Resultados: A prevalência de dinapenia foi de 36% entre os idosos. Um dos fatores associados à dinapenia foi a pior satisfação com a vida. Idosos com menor circunferência de panturrilha apresentaram maior chance de dinapenia (OR = 2,44; IC 95%: 1,14-5,25); por outro lado, o excesso de peso mostrou-se um fator protetor para a dinapenia (OR = 0,09; IC 95%: 0,02-0,57). Além desses fatores, idosos com alterações nas atividades da vida diária apresentaram maior chance de dinapenia (OR: 3,73; IC 95%: 1,54-9,05). Conclusão: Idosos dinapênicos institucionalizados apresentaram redução nas atividades da vida diárias, na satisfação com a vida e a menor circunferência da panturrilha. Por outro lado, o excesso de peso mostrou ser importante fator protetor para a reduzida força muscular neste grupo.


Subject(s)
Aging , Physical Fitness , Personal Autonomy , Muscle Strength , Homes for the Aged
11.
Estud. interdiscip. envelhec ; 24(2): 81-95, set. 2019. tab, ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas), INDEXPSI | ID: biblio-1096127

ABSTRACT

Introdução: A insuficiência cognitiva é um dos principais fatores que podem comprometer a independência e a autonomia dos idosos, especialmente nos que residem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Objetivo: Avaliar a qualidade de vida (QV) de idosos com sinais de demência residentes em instituições de longa permanência em Betim, Minas Gerais. Métodos: Trata-se de estudo quantitativo, transversal, de caráter descritivo, em que inicialmente foi conduzida uma triagem com o Miniexame do Estado Mental (MEEM); aqueles participantes que obtiveram triagem positiva, segundo critérios de escolaridade e escore acima de 10, foram submetidos à versão brasileira da Escala de Qualidade de Vida na Doença de Alzheimer (QdV-DA). Dos 106 idosos participantes nas 3 instituições cenário deste estudo, 58 atenderam ao critério de inclusão e, desses, 15 foram inseridos no estudo. Resultados: Foi utilizada a distribuição em quartis para a correção composta (P25 = 26,7; P50 = 31,3; P75 = 36,00). Assim, os resultados permitiram afirmar que 26,7% (n=4) dos idosos avaliados possuem baixa QV, 46,6% média QV (n=7) e 26,7 % foram classificados como tendo alta QV (n=4). Conclusão: A avaliação de constructos subjetivos, como a QV, é um desafio entre idosos com sinais de demência, porém extremamente importante para avaliar o impacto das intervenções propostas. A QV deve ser levada em consideração pelos responsáveis pela gestão dessas instituições, a fim de estruturar suas atividades buscando o bem-estar dos idosos institucionalizados, além de permanecer atentos ao perfil dessa população. (AU)


Introduction: Cognitive insufficiency is one of the main factors that may compromise the independence and autonomy of the older adults, especially in those living in Homes for the Aged. Objective: To evaluate the Quality of Life (QOL) of older adults with signs of dementia who live in Long-term care facilities in Betim, Minas Gerais State. Methods: This is a quantitative, cross-sectional, descriptive study that initial triage was performed using the Mini-Mental State Examination (MMSE); those who obtained positive screening criteria according to schooling and scores above 10 were submitted to the Brazilian version of the Alzheimer's Disease Quality of Life Scale (QOLAD). The total of 106 older adults in 3 in Long-term care facilities, 58 were able to respond to the cognitive screening performed by the MMSE and, of these, 15 obtained scores to participate in this study. Results: The quartile distribution was used for the composite correction (P25 = 26.7, P50 = 31.3, P75 = 36.00, and the results allowed to state that 26.7% (n=4) had low QOL, 46.6% mean QOL (n=7) and 26.7% were classified as having high QOL (n=4). Conclusion: The evaluation of subjective constructs, as QOL, is a challenge to older adults with signs of dementia, but extremely important to evaluate the impact of the proposed interventions. The QOL should be taken into account by those responsible for the management of these institutions in order to structure their activities seeking the welfare of the institutionalized older adults, attentive to the profile of this population. (AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aged , Quality of Life/psychology , Dementia/psychology , Health of Institutionalized Elderly , Homes for the Aged , Brazil , Cross-Sectional Studies
12.
Rev. enferm. UFSM ; 9: 16, jul. 15, 2019.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1009356

ABSTRACT

"\"\\\"[{\\\\\\\"text\\\\\\\": \\\\\\\"Objetivo: descrever como trabalhadores de uma Instituição de Longa Permanência para Idosas\\\\\\\\r\\\\\\\\npercebem o papel e a participação da família na vida de idosas institucionalizadas. Método: pesquisa qualitativa\\\\\\\\r\\\\\\\\nrealizada com 16 trabalhadores de uma Instituição de Longa Permanência para Idosas. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e utilizou a análise temática. Resultados: constatou-se que o papel da família está relacionado à manutenção de vínculos com a idosa para suprir as necessidades afetivas dela, na visão dos trabalhadores. As diferentes formas de participação da família na instituição ocorrem por meio de visita, contato telefônico e auxílio no cuidado. Conclusão: o papel da família é prestar apoio para a idosa por diferentes formas de participação na instituição: minimizar a solidão, promover sentimentos positivos de pertencimento ao núcleo familiar para a idosa.\\\\\\\", \\\\\\\"_i\\\\\\\": \\\\\\\"pt\\\\\\\"}, {\\\\\\\"text\\\\\\\": \\\\\\\"Aim: to describe how the workers from a Long-Term Care Institution for the Elderly perceive the role\\\\\\\\r\\\\\\\\nand participation of the family in the lives of institutionalized elderly. Methods: qualitative research undertaken with 16 workers from the Long-Term Care Institution for the Elderly. The data were collected through a semi-structured interview and used thematic analysis. Results: it was verified that the family's role is related to maintaining ties with each elderly relative and to supply their affective needs - in the view of workers. The different forms of family participation in the institution occur through visits, telephone contact and aid in care. Conclusion: the family role is to provide support to the elderly through various forms of participation in the institution: minimize loneliness and promote positive feelings of belonging to the family nucleus for the aged.\\\\\\\", \\\\\\\"_i\\\\\\\": \\\\\\\"en\\\\\\\"}, {\\\\\\\"text\\\\\\\": \\\\\\\"Objetivo: describir como trabajadores de una Institución de Larga Permanencia para Ancianas\\\\\\\\r\\\\\\\\ncomprenden el papel y la participación de la familia en la vida de personas mayores institucionalizadas. Métodos: investigación cualitativa, con 16 trabajadores de una Institución de Larga Permanencia para Ancianas. Los datos fueron recolectados por medio de una entrevista semiestructurada y se utilizó el análisis temático. Resultados: se constató que el papel de la familia está relacionado al mantenimiento de vínculos con la anciana y para suplir las necesidades afectivas de ellas - en la perspectiva de los trabajadores. Las diferentes formas de participación de la familia en la institución ocurren por medio de la visita, del contacto telefónico y de la ayuda en el cuidado. Conclusión: el papel de la familia es prestar apoyo para la anciana por medio de diferentes formas de participación en la institución: minimizar la soledad, promover sentimientos positivos de pertenencia al núcleo familiar para la anciana.\\\\\\\", \\\\\\\"_i\\\\\\\": \\\\\\\"es\\\\\\\"}]\\\"\""


Subject(s)
Humans , Occupational Groups , Family Relations , Geriatric Nursing , Homes for the Aged
13.
Biosci. j. (Online) ; 35(3): 977-982, may./jun. 2019. ilus
Article in English | LILACS (Americas) | ID: biblio-1048721

ABSTRACT

The poor oral health of older adults, living in nursing homes (NH), affects their quality of life, requiring government protection in favor of the collectivity and to defend the social and individual rights of Brazilians. citizens This study reports a case investigated by the Department of Public Prosecution of Rio Grande do Sul/Brazil, which received complaints about the care provided to the residents of a nursing home, including oral care, which was unsatisfactory. A multidisciplinary team carried out visits to the institution and analysis, with professionals in the medical, nursing and dental fields. No mistreatment was confirmed, but dental healthcare revealed poor hygiene conditions that leaded to the confection of a Term of Conduct Adjustment (TCA), to be implemented in the inspected institution. Nevertheless, some of the elder residents still presented unsatisfactory oral health conditions, with some necessary action inside the institution to enhance the quality of life for this group.


A precariedade das condições de saúde bucal de idosos residentes em instituições de longa permanência afeta a qualidade de vida deste grupo, que necessita da tutela do poder público em favor de interesses coletivos com o intuito de garantir e defender os direitos sociais e individuais dos brasileiros. Este trabalho tem o objetivo de relatar um caso investigado pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul/Brasil, partindo de denúncias a respeito da precariedade dos cuidados com a higiene oral em idosos institucionalizados. As visitas e avaliações foram feitas por uma equipe de saúde multidisciplinar composta por médicas, uma enfermeira e uma cirurgiã-dentista. Não foram confirmados sinais de maus-tratos. Contudo, a avaliação da saúde bucal revelou condições insatisfatórias de higiene, resultando na elaboração de um Termo de Ajustamento de Condutas (TAC), pela equipe de saúde, o qual foi implementado na ILP. O TAC propiciou melhorias envolvendo o cuidado aos residentes da instituição inspecionada. Entretanto, os idosos aindaapresentam condições de higiene bucal insatisfatórias, sendo necessárias alguns ações dentro da instituição para que haja uma melhora da qualidade de vida deste grupo.


Subject(s)
Aged , Oral Health , Geriatrics , Homes for the Aged
14.
J. Health NPEPS ; 4(1): 31-46, jan.-jun. 2019. graf, ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-999641

ABSTRACT

Objetivo: avaliar os efeitos do canto na função respiratória, cardíaca e qualidade de vida em idosos institucionalizados. Método: pesquisa quase experimental e sem grupo controle, com a avaliação de 11 idosos institucionalizados no tempo 0 (pré aplicação) e no tempo 1 (pós aplicação) entre maio a agosto de 2017. As variáveis analisadas foram: função respiratória (capacidade inspiratória, obstrução das vias aéreas, expansibilidade torácica e saturação periférica de oxigênio), função cardíaca (pressão arterial e frequência cardíaca), função neurológica (mini exame do estado mental) e a qualidade de vida (escala de qualidade de vida de Flanagan). Resultados: houve melhora significativa na capacidade inspiratória (p= 0,001) e nos valores de obstrução das vias aéreas (p = 0,008). Conclusão: o canto é uma atividade coadjuvante no tratamento fisioterapêutico para mobilizar volumes, capacidades pulmonares e diminuir obstrução do fluxo aéreo atenuando os efeitos da senescência em idosos institucionalizados.(AU)


Objective: to evaluate the effects of singing in respiratory and cardiac functions and quality of life in institutionalized elderly. Method: almost experimental and non-control group, with the evaluation of 11 institutionalized elderly at time 0 (pre-application) and at time 1 (post application) between May and August 2017. The variables analyzed were respiratory function (inspiratory capacity, airway obstruction, thoracic expandability and peripheral oxygen saturation), cardiac function (blood pressure and heart rate), neurological function (mini mental status examination), and quality of life (quality of life scale of Flanagan). Results: there was a significant improvement in the respiratory capacity (p= 0,001) and airways obstruction values (p= 0,008). Conclusion: singing is a supporting activity in the physiotherapy treatment to mobilize volumes, pulmonary capacities and decrease airflow obstruction attenuating senescence's effects in institutionalized elderly.(AU)


Objetivo: evaluar los efectos del canto en la función respiratoria, cardiaca y calidad de vida en ancianos institucionalizados. Método: investigación casi experimental y sin grupo control, con la evaluación de 11 ancianos institucionalizados en el tiempo 0 (pre-aplicación) y en el tiempo 1 (post aplicación) entre mayo a agosto de 2017. Las variables analizadas fueron: función respiratoria (capacidad inspiratoria, obstrucción de las mismas las vías aéreas, la expansibilidad torácica y la saturación periférica de oxígeno), la función cardiaca (presión arterial y frecuencia cardíaca), la función neurológica (mini examen del estado mental) y la calidad de vida (escala de calidad de vida de Flanagan). Resultados: hubo una mejora significativa en la capacidad inspiratoria (p = 0,001) y en los valores de obstrucción de las vías aéreas (p = 0,008). Conclusión: el canto es una actividad coadyuvante en el tratamiento fisioterapéutico para movilizar volúmenes y capacidades pulmonares y disminuir obstrucción del flujo aéreo atenuando los efectos de la senescencia en ancianos institucionalizados.(AU)


Subject(s)
Humans , Quality of Life , Physical Therapy Modalities/instrumentation , Respiratory Rate , Singing , Heart Rate , Homes for the Aged , Epidemiology, Experimental
15.
J. Health NPEPS ; 4(1): 47-61, jan.-jun. 2019. graf, tab
Article in Spanish | LILACS (Americas) | ID: biblio-999642

ABSTRACT

Objetivo: describir la factibilidad y aceptabilidad de una intervención de ejercicio físico y estrategias de memoria en adultos mayores frágiles viviendo en asilos. Método: estudio de factibilidad realizado en 20 adultos mayores frágiles residentes de dos asilos del área metropolitana de la ciudad de Monterrey, Nuevo León, México. La factibilidad se describe considerando el acceso a los participantes, barreras, procesos y esfuerzo percibido. La aceptabilidad se midió mediante una encuesta con 20 preguntas, aplicada en 12 ocasiones. Resultados: el 90% completó el total de las sesiones programadas. Los participantes evaluaron como aceptables todos los componentes de la intervención (ejercicios, series y repeticiones) y estuvieron satisfechos con el programa. Se observó que a los adultos mayores les llevó más tiempo realizar algunos ejercicios de las estrategias de memoria. Conclusión: la intervención es factible en adultos mayores con fragilidad, residentes en asilos que cuenten con espacio para entregar la intervención. Se recomienda realizar un estudio a mayor escala para evaluar la efectividad de la intervención alargando el tiempo planeado de las estrategias de memoria, continuar utilizando la escala de Borg y monitorear el estado de salud físico y emocional de los adultos mayores.(AU)


Objective: to describe the feasibility and acceptability of a physical exercise and memory strategies intervention in frail elders living in nursing homes. Method: the feasibility study was conducted in 20 frail elders living in two nursing homes in the metropolitan area of the city of Monterrey, Nuevo León, Mexico. Feasibility is described considering the access to participants, barriers, processes and perceived effort. Acceptability was measured using a survey with 20 questions, which was applied 12 times. Results: 90% completed the total of the planned sessions. Participants evaluated as aceptable all the components of the intervention (exercise, sets, and repetitions), and were satisfied with the program. It was observed that older adults took more time to perform some of the memory strategies exercises. Conclusion: the intervention is feasible in frail older adults living in nursing homes that have enough space to deliver the intervention. It is recommended to conduct a study at a larger scale to evaluate the effectiveness of the intervention, planning more time for the memory strategies, continue using the Borg scale, and monitoring the physical and emotional health status of the elderly.(AU)


Objetivo: descrever a factibilidade e aceitabilidade de uma intervenção baseada no exercício físico e estratégias de memória em idosos frágeis de instituições asilares. Método: estudo de factibilidade. Participaram 20 idosos que moravam em duas instituições asilares da região metropolitana da cidade de Monterrey, Nuevo León, México. A factibilidade foi descrita considerando o acesso, barreiras, processo e esforço percebido. A aceitabilidade foi medida com um questionário estruturado com 20 perguntas. O questionário foi aplicado 12 vezes. Resultados: 90% completaram o total de sessões agendadas. Os participantes avaliaram todos os componentes da intervenção como aceitáveis (exercícios, séries e repetições) e ficaram satisfeitos com o programa. Observou-se que levou mais tempo para os idosos realizarem alguns exercícios de estratégias de memória. Conclusão: a intervenção é viável em idosos frágeis que residem em casas de repouso que têm espaço para realizar a intervenção. Recomenda-se a realização de um estudo em maior escala para avaliar a eficácia da intervenção, alongando o tempo planejado das estratégias de memória, continuar usando a escala de Borg e monitorar o estado de saúde física e emocional dos idosos.(AU)


Subject(s)
Humans , Exercise , Frail Elderly , Memory and Learning Tests , Homes for the Aged , Nursing Homes , Feasibility Studies
16.
Saúde Soc ; 28(2): 215-226, abr.-jun. 2019.
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-1014583

ABSTRACT

Resumo No Brasil, instituições de longa permanência para idosos (Ilpi) são o principal equipamento prestador de cuidados prolongados para idosos em situação de vulnerabilidade social ou fragilidade de saúde. Este estudo buscou analisar as percepções de gestores e profissionais que atuam em nove Ilpi de diferentes regiões do estado do Rio de Janeiro acerca da institucionalização, das dificuldades para realizar os cuidados preconizados e de como melhorá-los. Foi feito um estudo qualitativo, que analisou 38 entrevistas semiestruturadas: nove com gestores e 29 com profissionais. Utilizou-se a técnica de análise de conteúdo temática, buscando compreender nos relatos quais são os principais desafios para garantir um cuidado atento e digno nessas instituições. Constatou-se que a violência é um grande obstáculo, que atua na contramão do cuidado preconizado. Ela manifesta-se de diferentes modos na realidade institucional: sob a forma de negligência e abandono antes da institucionalização, mas também no interior das Ilpi; nos preconceitos contra idosos; na visão negativa da velhice; na infantilização e despersonalização daqueles que acolhem; e no contexto macropolítico, pela ausência ou não cumprimento das ações previstas nas políticas públicas de atenção ao idoso ou na falta de legislações que atendam às suas necessidades. Políticas são necessárias e precisam ser implementadas. Para isso, deverá haver mais investimento, sobretudo na capacitação dos profissionais, para que os cuidados de longa duração sejam prestados dignamente à população idosa.


Abstract In Brazil, long-term care institutions for the elderly (ILPI) are the main long-term care providers for the elderly in situations of social vulnerability or fragile health. This study sought to analyze the perceptions of care managers and professionals who work in eight ILPI in different regions of Rio de Janeiro state regarding the institutionalization, difficulties of performing recommended care and how to improve these. A qualitative study was carried out that analyzed 38 semi-structured interviews: nine with care managers and 29 with care professionals. A thematic content analysis technique was used in trying to understand in the reports what the main challenges are to guarantee attentive and dignified care in these institutions. Violence has been found to be a major obstacle, which acts contrary to the care advocated. It manifests itself in different ways within the institutional reality: in the form of neglect and abandonment before institutionalization, but also within ILPI themselves. It appears in prejudices against the elderly: in the negative view of old age, in the infantilization and depersonalization of those that receive them, in the macro-political context, and by the absence or non-fulfillment of actions foreseen in public policies of attention to the elderly or in the lack of legislation that attends to their needs. Policies are necessary and need to be implemented. To this end, there should be more investment, especially in the training of professionals, so that long-term care is provided to the elderly in a dignified manner.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aged , Aged, 80 and over , Public Policy , Violence , Social Vulnerability , Elder Abuse , Homes for the Aged
17.
Estud. interdiscip. envelhec ; 24(1): 63-74, abr. 2019. ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas), INDEXPSI | ID: biblio-1046485

ABSTRACT

Este estudo trata do sistema de informação (SI) como recurso que visa garantir a disponibilidade e a distribuição de informações imprescindíveis para orientar os profissionais na continuidade dos diferentes cuidados prestados por uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) do interior de São Paulo. A partir de entrevistas realizadas foi possível analisar as percepções dos profissionais responsáveis pelo cuidado sobre o processo de comunicação vigente. Objetivou- -se compreender como se estabelece o auxílio proveniente do SI mantido na instituição quanto a comunicação entre os serviços e identificar fatores que possam promover uma melhor qualidade do processo comunicacional entre os membros da equipe gestora do cuidado do ponto de vista da disponibilidade, acessibilidade e confiabilidade. Os resultados demonstraram que a ausência de um SI fundamentado em recursos tecnológicos não impediu que a gestão da ILPI sistematizasse as informações inerentes aos cuidados prestados como previsto na legislação. As conclusões indicam que o auxílio do sistema de informação se estabelece por processos de comunicação que perpassam a estrutura hierárquica vertical e horizontalmente. Tais processos procuram gerenciar e suportar as ações individuais e coletivas de trabalho da gestão do cuidado por meio de relatórios, diários de bordo, prontuários e recursos informais como lembretes e cadernetas. Os fatores identificados que podem fomentar melhorias no processo comunicacional são: padronização dos meios de comunicação, rotinização dos registros, avaliação periódica que subsidiem intervenções, conscientização dos riscos de um processo deficiente e a inteligibilidade das informações transmitidas de modo a coibir mal-entendidos que possam afetar a segurança dos residentes. (AU)


This present study deals with the information system (IS) as a resource for ensuring availability and the distribution of essential information to orientate and guide practitioners in the continuity of the various care provided by a home for the aged located in the interior of São Paulo State. Based on interviews, it was possible to analyze the perceptions of professionals responsible for care about the current communication process. The objective was to understand how to establish the assistance provided by the IS maintained in the home for the communication between the services and identify factors that can promote a better quality of the communication process between the members of the care management team, considering availability, accessibility and reliability. The results showed that the absence of an IS based on technological resources did not prevent the home management from systematizing the information inherent to the care provided as determined by the legislation. The conclusions indicate that the support of the information system is established by communication processes that cross the hierarchical structure vertically and horizontally. These processes manage and support the individual and collective work actions of care management through reports, logbooks, medical records and informal resources such as reminders and passbooks. The identified factors that can foster improvements in communication are: standardization of communication media, routinization of records, periodic evaluation that subsidize interventions, awareness of the risks of a poor process and the intelligibility of the information transmitted in order to prevent misunderstandings that may affect the safety of residents. (AU)


Subject(s)
Humans , Health Personnel , Health Communication , Health Information Systems , Homes for the Aged , Health Management
18.
Licere (Online) ; 22(1): I:24-f:48, mar.2019. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-996163

ABSTRACT

A presente pesquisa investigou os estados de humor de mulheres idosas em diferentes contextos de vida e a percepção das mesmas quanto à importância do lazer em suas vidas. Participaram da amostra 32 idosas residentes de casas-lares e idosas inscritas nas aulas de artesanato de um Centro de Convivência de Idosos. Para avaliação psicológica utilizou-se instrumentos validados no Brasil e um questionário semiestruturado. Os resultados inferem que mulheres que vivem em casas-lares possuem maiores valores de depressão e menor qualidade de vida que mulheres não institucionalizadas e que apesar dos dois grupos terem em seu dia-a-dia atividades de lazer manual, físico-esportivo, o significado que aquelas que estão fora das instituições de longa permanência e que possuem um conhecimento de uma educação pelo e para o lazer dão a este construto é muito diferente daquela que não sabem o porquê de fazer este tipo de atividade.


The present research investigated the humor states of elderly women in different life contexts and their perception of the importance of leisure in their lives. The sample was comprised of 32 elderly women, residing in nursing homes and enrolled in handiwork classes of an Elderly Living Together Centers. For psychological assessment were applied validated instruments for Brazilian older adults and a semistructured questionnaire. The results showed that women living in nursing homes have higher levels of depression and lower quality of life in relation to non-institutionalized women. Although, both women groups have manual leisure and physical-sport activities in their lives, those women that don't live in long stay institution and have more knowledge about the importance of leisure time activities attribute a very different meaning to the leisure construct than those women don't know why it is important to have leisure time activities.


Subject(s)
Humans , Female , Aged , Aged, 80 and over , Anxiety , Quality of Life , Women , Aged , Mental Health , Almshouses , Affect , Depression , Emotions , Centers of Connivance and Leisure , Homes for the Aged , Leisure Activities
19.
Dement. neuropsychol ; 13(1): 116-121, Jan.-Mar. 2019. tab
Article in English | LILACS (Americas) | ID: biblio-989680

ABSTRACT

ABSTRACT: Falls in long-stay institutions for elderly people have a high prevalence, contributing to the physical and mental deterioration of institutionalized elderly. Objective: To determine the prevalence of falls among institutionalized elderly with and without cognitive decline, and to characterize the practices and behaviors of those with and without cognitive decline in managing fall risks, and relate them to some factors. Methods: The present correlational study was carried out with a sample of 204 institutionalized elderly, 50% of whom had cognitive decline. Results: The elderly with cognitive decline (40.2%) fell less often than those who did not have cognitive decline (42.2%) (p>0.05). Safety practices and behaviors were better in the elderly with cognitive decline (p<0.05). Most of the elderly with cognitive decline who fell took benzodiazepines (65.9%), in contrast with those without cognitive decline (32.2%). It was observed that 81.4% of the elderly without cognitive decline and 43.9% of those with cognitive decline who fell had a performance of over 12 seconds on the Timed Up and Go Test, where differences reached statistical significance in both groups of elderly. Conclusion: Data collected in the present study further the knowledge on risk factors in the genesis of falls and on the behavior of elderly with and without cognitive decline in maintaining their safety in self-care and accessibility.


RESUMO: As quedas nas instituições de longa permanência para idosos apresentam uma elevada prevalência, contribuindo para a deterioração física e mental dos idosos institucionalizados. Objetivo: Determinar a prevalência de quedas nos idosos institucionalizados com e sem declínio cognitivo; caracterizar as práticas e comportamentos dos idosos com e sem declínio cognitivo na gestão do risco de queda e relacionar com alguns fatores. Métodos: Este estudo correlacional foi realizado numa amostra de 204 idosos institucionalizados (50% com declínio cognitivo). Resultados: Os idosos com declínio (40,2%) caíram menos que os que não tem declínio (42,2%) cognitivo (p>0,05). As práticas e comportamentos de segurança são melhores nos idosos com declínio (p<0,05). O maior percentual de idosos com declínio que caem consomem benzodiazepinas (65,9%), o mesmo não se verificando com os idosos sem declínio (32,2%). Verificamos que 81,4% dos idosos sem declínio e 43,9% dos idosos com declínio que caem apresentam perfomance no Timed Up and Go Test superior a 12 segundos tendo as diferenças significado estatístico em ambos os grupos de idosos. Conclusão: Os dados contribuem para um melhor conhecimento dos fatores de risco na génese da queda e das práticas e comportamentos dos idosos com e sem declínio para manterem a sua segurança no autocuidado e a acessibilidade.


Subject(s)
Humans , Accidental Falls , Risk Factors , Cognitive Dysfunction , Homes for the Aged
20.
Rev. habanera cienc. méd ; 18(1): 138-149, ene.-feb. 2019. tab
Article in Spanish | LILACS (Americas) | ID: biblio-1004128

ABSTRACT

Introducción: Los cambios demográficos que ocurren a nivel mundial no son ajenos a Ecuador, donde la esperanza de vida de la población ha aumentado. Objetivo: Caracterizar las condiciones de salud de los adultos mayores que asistieron a centros geriátricos en la ciudad de Loja en el año 2017. Material y Métodos: Estudio descriptivo de corte transversal, donde se utilizaron técnicas cuantitativas, aplicándose diferentes escalas geriátricas a 87 adultos mayores que asistían al Centro Municipal de Atención al Adulto Mayor No.1 y a los centros Daniel Álvarez y San José, de la ciudad de Loja, Ecuador. Resultados: El 59.1% de los adultos mayores estudiados fueron mujeres, el 59,7 por ciento apenas tenían escolaridad básica o primaria, con un promedio de edad de 84,01 años. Se precisó que el 62,1 por ciento de ellos no presentaron comorbilidad. Fue identificado déficit neurosensorial visual (64,4 por ciento y auditivo (50,6 por ciento). Se constató fragilidad en el 54,0 por ciento de los casos e indicadores de dependencia funcional para las actividades básicas (73,5 por ciento) y para las actividades instrumentales (93.1 por ciento). El déficit cognitivo fue evaluado en el 50,6 por ciento y la depresión fue diagnosticada en el 56,3 por ciento de ellos. Conclusiones: Los adultos mayores estudiados fueron predominantemente mujeres, con escolaridad básica o primaria y con un promedio de edad superior a los 80 años. Prevalecieron los sujetos que tenían ausencia de comorbilidad, déficit visual y auditivo, fragilidad física, dependencia funcional para realizar las actividades básicas e instrumentales de la vida diaria, deterioro cognitivo y depresión(AU)


Introduction: The demographic changing on a worldwide scale are not unfamiliar to Ecuador where the life expectancy of the population has increased. Objective: To characterize the health conditions of the elderly who attended geriatric centers in the city of Loja in 2017. Material and Methods: Descriptive cross-sectional study where quantitative techniques were used applying different geriatric scales to 87 older adults who attended the Municipal Elderly Care Center No. 1, and Daniel Álvarez and San José Centers in the city of Loja, Ecuador. Results: The 59.1 percent of the older adults studied were women; 59.7 percent had just basic or elementary education and the average age was 84.01 years. It was specified that 62.1 percent of them did not present comorbidity. Visual neurosensory (64.4 percent) and auditory (50.6 percent) deficits were identified. Fragility was found in 54.0 percent of the cases as well as indicators of functional dependence on basic activities (73.5 percent) and instrumental activities (93.1 percent). Cognitive deficit was evaluated in 50.6 percent of the cases, and depression was diagnosed in 56.3 percent of them. Conclusions: The older adults included in the study were mainly women with basic or elementary education and an average age of over 80 years. Subjects who did not have comorbidity, those who presented visual and auditory deficit, physical fragility, dependence to perform the basic activities of daily life and the instrumental ones, cognitive deficit, and depression prevailed in the study(AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Aged, 80 and over , Health Status , Health Services for the Aged , Epidemiology, Descriptive , Cross-Sectional Studies , Homes for the Aged/ethics
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL