Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 1.174
Filter
1.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 26: e20210056, 2022. graf
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1356217

ABSTRACT

Resumo Objetivo relatar a experiência de indução da lactação em nuligestas realizada por enfermeira consultora em aleitamento. Método relato de experiência. O processo de indução láctea foi realizado com três mulheres por motivo de gestação em útero de substituição e relacionamento homoafetivo. Resultados todas perceberam o aumento de tamanho e a sensibilidade nas mamas, bem como apresentaram secreção láctea. No entanto, a continuidade da amamentação foi diferenciada entre elas. A primeira não recebeu apoio de profissionais de saúde no contexto de pós-parto hospitalar, nem em casa, e não deu continuidade à amamentação. A segunda recebeu apoio da equipe do hospital e da parceira, amamentando por três meses. A terceira, com o apoio da parceira, amamentou por dois meses, mas interrompeu por sentir-se inibida por familiares. Conclusão e implicações para a prática a técnica de indução é capaz de desencadear a produção láctea. Já o processo de amamentação só se estabeleceu mediante a associação com a rede de apoio, o acolhimento, o incentivo da equipe de saúde e o olhar integral à mulher e sua família. Dessa forma, o cuidado de Enfermagem na indução láctea não deve focar apenas no manejo da indução, mas transcender o aspecto técnico, o que se mostra como fundamental para a proteção, o estabelecimento e a continuidade da amamentação.


Resumen Objetivo reportar la experiencia de inducir la lactancia en nuligestas realizada por una consultora de enfermería en lactancia materna. Método relato de experiencia. El proceso de inducción de la leche se realizó con tres mujeres por embarazo en útero de reemplazo y relación homoafectiva. Resultados todas notaron el aumento de tamaño y la sensibilidad en las mamas, además de presentar secreción de leche. Sin embargo, la continuidad de la lactancia materna se diferencia entre ellos. La primera no recibió apoyo de los profesionales de la salud en el contexto posparto hospitalario, ni en el domicilio, y no continuó con la lactancia. La segunda recibió apoyo del personal del hospital y su pareja, amamantando durante tres meses. La tercera, con el apoyo de su pareja, amamantó durante dos meses, pero la interrumpió porque se sentía inhibida por familiares. Conclusión e implicaciones para la práctica la técnica de inducción es capaz de desencadenar la producción de leche. El proceso de lactancia materna, en cambio, solo se estableció a través de la asociación con la red de apoyo, la acogida, el estímulo del equipo de salud y la mirada integral a la mujer y su familia. Así, el cuidado de Enfermería en la inducción de la leche no debe enfocarse solo en el manejo de la inducción, sino trascender el aspecto técnico, que se muestra fundamental para la protección, el establecimiento y la continuidad de la lactancia materna.


Abstract Objective to report the experience of lactation induction in women who never got pregnant by a lactation consultant nurse. Method experience report. The process of lactation induction was performed with three women due to surrogate pregnancy and homosexual relationships. Results all noticed an increase in the size and sensitivity of the breasts, as well as milk secretion. However, the continuity of breastfeeding was different between them. The first did not receive support from health professionals in the postpartum hospital setting, nor at home, and did not continue breastfeeding. The second received support from the hospital staff and her partner, breastfeeding for three months. The third, with the support of her partner, breastfed for two months, but stopped because she felt inhibited by family members. Conclusion and implications for practice the induction technique is capable of triggering milk production. However, the breastfeeding process was only established through the association with the support network, the reception, the encouragement of the health team, and the comprehensive view of the woman and her family. Thus, nursing care in lactation induction should not focus only on the management of induction, but transcend the technical aspect, which is essential for the protection, establishment, and continuity of breastfeeding.


Subject(s)
Humans , Female , Breast Feeding/methods , Lactation , Social Support , Weaning , Women's Rights , Breast/injuries , Lactation/drug effects , Surrogate Mothers , Consultants , Domperidone/therapeutic use , User Embracement , Galactogogues/therapeutic use , Research Report , Breast Milk Expression , Sexual and Gender Minorities , Nurse Midwives
2.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 56: e20210428, 2022. tab, graf
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1365400

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: To examine the effect of breastfeeding educational intervention given in the antenatal period on LATCH and breastfeeding self-efficacy scores. Method: A total of 80 pregnant who met the research criteria were randomly assigned to intervention (n = 40) or control (n = 40) groups. Pregnant women received to the control group received only standard care while breastfeeding education was accepted to the intervention group along with standard care. Both groups were visited at their home, and the personal data form, the LATCH Breastfeeding Assessment Tool, and Breastfeeding Self-Efficacy Scale-Short Form (BSES-SF) were applied in the postpartum 1st week. End of the study, brochures prepared by the researcher were given to both groups. Result: The mean breastfeeding self-efficacy and LATCH scores were higher in the intervention group compared to the control group. Breastfeeding success was found to increase as the maternal breastfeeding self-efficacy perception increased. Conclusion: Breastfeeding education given in the antenatal period increased maternal breastfeeding self-efficacy perception and breastfeeding success in the postpartum 1st week period. Study is registered at ClinicalTrials.gov NCT04757324.


RESUMO Objetivo: Inspecionar a influência da ajuda de treinamento em amamentação fornecida durante o processo pré-natal nos escores do LATCH e da autoeficácia da amamentação. Método: As gestantes, com número total de 80, que atendem aos critérios de investigação, foram arbitrariamente separadas em dois grupos, ou seja, um grupo de interferência (n = 40) e um grupo controle (n = 40). Enquanto as gestantes do grupo controle recebem apenas a cuidado normal, o grupo de interferência recebeu como extras os cuidados com a cuidado normal e o treinamento em amamentação. Ambos os grupos foram visitados em suas residências na primeira semana do puerpério e os formulários necessários à investigação, ou seja, o formulário de informações pessoais, LATCH Ferramenta de aproximação da amamentação e Formulários Curtos da Escala de Autoeficácia em Amamentação foram devidamente preenchidos. Etapa da investigação, foi entregue uma cartilha organizada pelo investigador para os dois grupos acima mencionados. Resultados: Comparado ao grupo controle, observou-se que o grupo interferência apresentou maiores médias de autoeficácia para amamentação e escores LATCH. Concluiu-se que quando se desenvolve a apreensão da mãe sobre a autoeficácia em amamentar, obviamente também se desenvolve a realização da amamentação. Conclusão: O treinamento em amamentação fornecido no período pré-natal desenvolveu a apreensão da autoeficácia da amamentação materna e a realização da amamentação na primeira semana do período pós-parto. A investigação é registrada em ClinicalTrials.gov NCT04757324.


RESUMEN Objetivo: Inspeccionar la influencia de la ayuda de capacitación en lactancia proporcionada durante el proceso prenatal en LATCH y las puntuaciones de autoeficacia en la lactancia. Metodo: Las gestantes, con un total de 80, que cumplieron con los criterios de investigación, fueron separadas arbitrariamente en dos grupos, es decir, un grupo de interferencia (n = 40) y un grupo de control (n = 40). Mientras que las mujeres embarazadas en el grupo de control solo reciben cura ordinaria, el grupo de interferencia recibió la cura ordinaria y capacitación en lactancia como extra. Ambos grupos fueron visitados en sus domicilios en la primera semana del puerperio y se cumplimentaron los formularios necesarios de la investigación, es decir, el formulario de datos personales, la Herramienta de Evaluación de Lactancia LATCH y los Formularios Breves de la Escala de Autoeficacia en la Lactancia Materna. Etapa de la investigación, se entregó un folleto organizado por el investigador a los dos grupos antes mencionados. Resultados: En comparación con el grupo de control, se observó que el grupo de interferencia tenía un promedio más alto de autoeficacia para amamantar y puntajes LATCH. Se concluyó que cuando se desarrolla la aprensión de la madre sobre la autoeficacia de amamantar, obviamente también se desarrolla el logro de amamantar. Conclusión: La capacitación en lactancia brindada en el período prenatal desarrolló la aprehensión de la autoeficacia de la lactancia materna y el logro de la lactancia materna en la primera semana del período posparto. La investigación está registrada en ClinicalTrials.gov NCT04757324.


Subject(s)
Breast Feeding , Education, Nursing , Lactation , Prenatal Education , Milk, Human
3.
Braz. j. biol ; 82: e254111, 2022. tab
Article in English | MEDLINE, LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1339335

ABSTRACT

Abstract This article presents the results of the level of feeding and the health status of dairy cows in a commercial dairy farm on the content of the main components in milk (fat, protein, urea). The aim of the research was to study the milk productivity and composition of milk of cows, to analyze the level of feeding and the content of basic nutrients in the diet of the farm. The farm breeds purebred Holstein cattle with a high genetic potential for productivity. The milking herd was formed in 2009 on the basis of 600 heads of Holstein-Friesian heifers imported from Hungary, as well as 65 heads of Holsteinized heifers of Ukrainian selection from Ukraine in 2015. Today the livestock numbers about 1,500 head of cattle, of which there are about 900 breeders. On the territory of the farm there are: 3 cowsheds for keeping cows, an insemination room, a milking parlor with a parallel installation of the Delaval company, in which 48 cows are milked for one milking, the ABK, where the manager's office, livestock technician, accounting is located, and a mini-hotel with dining room and lounges. Dairy bases are equipped with auto-drinkers, ventilation, plumbing, electric lighting, manure removal mechanisms, and a milking installation. The object of the research was Holstein cows in the amount of 483 heads of Aina Dairy Farm LLP. The studies were carried out according to generally accepted zootechnical methods using modern equipment for conducting analyzes and interstate and state standards. The research results showed that the milk productivity of cows averaged 19.5 kg per day, the fat content 4.3%, the protein 3.9%, the number of somatic cells 230.5 thousand units / ml, urea 45.3 mg / 100 ml respectively. Analyzing the level of urea in milk can suggest a high crude protein content in the diet. The ration of feeding dairy cows on the farm is concentrate-silage-haylage and there is an excess of dry matter by 16.2%, crude protein by 9.8%, starch by 29.4%, respectively.


Resumo Este artigo apresenta os resultados do nível de alimentação e do estado de saúde de vacas leiteiras em uma fazenda comercial leiteira sobre o conteúdo dos principais componentes do leite (gordura, proteína, ureia). O objetivo da pesquisa foi estudar a produtividade e composição do leite de vacas, analisar o nível de alimentação e o teor de nutrientes básicos na dieta da fazenda. A fazenda produz gado holandês de raça pura com alto potencial genético de produtividade. O rebanho leiteiro foi formado em 2009 com base em 600 cabeças de novilhas Holstein-Friesian importadas da Hungria, bem como 65 cabeças de novilhas holsteinizadas da seleção ucraniana em 2015. Hoje o gado totaliza cerca de 1.500 cabeças de gado, das quais existem cerca de 900 criadores. No território da fazenda existem: 3 estábulos para criação de vacas, uma sala de inseminação, uma sala de ordenha com instalação paralela da empresa Delaval, na qual são ordenhadas 48 vacas para cada ordenha, a ABK, onde fica o escritório do gestor, pecuária técnica, a contabilidade está localizada, e um mini-hotel com refeitório e salões. As bases leiteiras são equipadas com bebedouros automáticos, ventilação, encanamento, iluminação elétrica, mecanismo de remoção de esterco e instalação de ordenha. O objeto da pesquisa foram vacas da raça holandesa no valor de 483 cabeças da Aina Dairy Farm LLP. Os estudos foram realizados de acordo com métodos zootécnicos geralmente aceitos, utilizando equipamentos modernos para a realização de análises e padrões interestaduais e estaduais. Os resultados da pesquisa mostraram que a produtividade do leite das vacas era em média 19,5 kg por dia, o teor de gordura 4,3%, a proteína 3,9%, o número de células somáticas 230,5 mil unidades / ml, ureia 45,3 mg / 100 ml respectivamente. A análise do nível de ureia no leite pode sugerir alto teor de proteína bruta na dieta. A ração para alimentação das vacas leiteiras na fazenda é concentrado-silagem-silagem-silagem e há excesso de matéria seca em 16,2%, proteína bruta em 9,8% e amido em 29,4%, respectivamente.


Subject(s)
Animals , Female , Lactation , Milk , Cattle , Diet , Farms
4.
Rev. APS ; 24(1): 61-75, 2021-10-18.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1359388

ABSTRACT

Objetivos: Avaliar os fatores que determinam o tipo e o tempo de aleitamento materno, bem como delinear sobre a situação social e nutricional de mulheres atendidas na rede de atenção primária à saúde no município de Juiz de Fora (MG). Métodos: Realizaram-se quatro avaliações: a primeira no terceiro trimestre da gestação, e as outras, nos 1o, 3o e 6o meses pós-parto. Inicialmente, aplicou-se um questionário sobre amamentação e um Recordatório 24 horas, também aplicado no 6o mês pós-parto. Posteriormente, questionou-se sobre a frequência, tipo de aleitamento e dificuldades no manejo. Resultados: As variáveis que influenciaram significativamente no aleitamento materno exclusivo nos 1°, 3° e 6° meses foram: maior consumo mediano de Vitamina C e B9, maior desempenho no teste sobre amamentação, idade da mãe entre 20 e 35 anos, consumo adequado de carboidratos e suplementação de complexo vitamínico. Os fatores protetores do aleitamento materno exclusivo ou predominante foram: apresentar alguma dificuldade para amamentar e dieta inadequada em relação aos lipídios. Já os fatores de risco foram: fumo na gestação, não saber responder sobre o correto manejo da lactação e renda familiar menor que um salário mínimo. Conclusões: Variáveis maternas, dietéticas, socioeconômicas e conhecimentos sobre o manejo da lactação influenciaram no tempo e tipo do aleitamento materno.


Objectives: To evaluate the factors determining the type and maternal breastfeeding time and report on the social and nutritional status of women at the local network of primary health care in the city of Juiz de Fora (MG). Methods: There were four evaluations: the first in the third trimester of pregnancy and the others in the first, third, and sixth months following delivery. At first, we applied a questionnaire about breastfeeding and 24-hour dietary recall, also applied in the sixth month postpartum. Subsequently, they were asked about the frequency, type of feeding, and difficulties in management. Results: The variables that significantly influenced the exclusive breastfeeding in the first, third, and sixth months were higher mean intake of vitamins C and B9, higher scores in the test on breastfeeding, mother aged between 20 and 35 years old, adequate intake of carbohydrates and supplementation of vitamin complex. Protective factors in exclusive or predominant breastfeeding were having some difficulty in breastfeeding and inadequate diet in relation to lipids. However, the risk factors were smoking during pregnancy, being unable to correctly answer about lactation management, and family income lower than one minimum wage. Conclusions: Maternal variables, diet, socioeconomic, and knowledge about lactation management influenced the time and type of breastfeeding.


Subject(s)
Breast Feeding , Primary Health Care , Women , Lactation
5.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 73(5): 1147-1158, Sept.-Oct. 2021. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1345262

ABSTRACT

The aim of this study was to evaluate the productive and reproductive performance of dairy goat genotypes, as well as the influence of hygienic practices by farmers on the quality of goat milk. Productive and reproductive data of 81 Anglo Nubian and Alpine crossbred goats, as well as data on total milk production of goats over 100 days of lactation and partial production up to 56 days of lactation. Also, in natura milk samples from 160 properties in the region were evaluated. At the time of collection, a questionnaire was applied to diagnose goat milk production systems. Data from productive and reproductive performance were evaluated by Tukey test and descriptive analysis using the SPSS program. The herd presented a variation of the total milk production in lactation (TMP) from 267.40kg to 468.55kg, with lactation length ranging from 157 to 247 days, and average daily production between 1.43 and 1.89kg/day. Fertility rates were satisfactory, with the lowest rate being 76% and the highest 92%, with an average of 85.24% considering the six seasons of birth. The means of the gestation periods varied between 144 and 152 days. Regarding the sanitary characterization, 73% of farmers performed a cleaning of the room before and after milking. However, 94.8% of farmers did not eliminate the first jets of milk and only 29.2% used the screened mug test to identify clinical mastitis. Only 41% of farmers performed pre and post-dipping and 30.2% applied the iodine solution. Only 8.3% of farmers used disposable paper towels. However, 92% of producers still used fabric towel. It was also observed that 99% of the properties stored milk in buckets or cans without refrigeration. In the microbiological analysis, a small amount of milk samples (5.6%) was contaminated with Staphylococcus aureus, however the total coliform count was high. Regarding the somatic cell count, it was found that 86% of the properties presented values above one million cells per mL of sample. The study demonstrated the prevalence of several factors that contribute to the vulnerability of milk contamination in various stages of production such as milking and processing. Thus, the guidance and awareness of those responsible is extremely important to improve goat milk quality in the semi-arid region of Paraíba.(AU)


O objetivo do presente estudo foi avaliar o desempenho produtivo e reprodutivo de genótipos caprinos leiteiros, assim como a influência da adoção das práticas higiênicas pelos produtores sobre a qualidade do leite caprino. A primeira parte da pesquisa foi realizada na Estação Experimental Pendência-PB. Foram analisados dados produtivos e reprodutivos de 81 cabras Anglo-Nubiana e alpinas mestiças, bem como dados de produção total de leite das cabras acima de 100 dias de lactação e produção parcial até 56 dias de lactação. Também foram avaliadas amostras de leite in natura de 160 propriedades da região. No momento da coleta, foi aplicado um questionário de diagnóstico dos sistemas de produção de leite caprino. Os dados de desempenho produtivo e reprodutivo foram avaliados pelo teste de Tukey e pela análise descritiva utilizando o programa SPSS. O rebanho apresentou uma variação da produção de leite total na lactação desde 267,40kg a 468,55kg, com durações de lactação variando de 157 e 247 dias, e produção média diária entre 1,43 e 1,89kg/dia. As taxas de fertilidade foram satisfatórias, sendo a menor taxa de 76% e a maior de 92%, com uma média de 85,24% considerando as seis estações de parição. As médias dos períodos de gestação variaram entre 144 e 152 dias. Quanto à caracterização da sanidade, 73% dos produtores realizam limpeza da sala antes e após a ordenha. No entanto, 94,8% dos produtores não eliminam os primeiros jatos de leite e somente 29,2% utilizam o teste da caneca telada para identificação de mastite clínica. Apenas 41% dos produtores realizam pré-dipping e pós-dipping e 30,2% aplicam a solução de iodo. Somente 8,3% dos produtores usam toalhas descartáveis e 92% ainda utilizam toalha de tecido. Observou-se, ainda, que 99% das propriedades armazenam o leite ordenhado em baldes ou latões, sem refrigeração. Pequenas quantidades de amostras (5,6%) estavam contaminadas por Staphylococcus aureus, porém a contagem de coliformes totais teve valor elevado. Em relação à contagem de células somáticas, verificou-se que 86% das propriedades apresentaram CCS acima de um milhão de células por mL, devendo-se ajustar corretamente os manejos alimentar, produtivo e reprodutivo. As épocas de parição, lactação e o genótipo influenciaram de forma direta os índices produtivos e reprodutivos dos animais. Obsevou-se a prevalência de vários fatores que contribuem para a vulnerabilidade de contaminação do leite em diversas etapas de produção, tais como ordenha e processamento. Portanto, a orientação adequada e a conscientização dos responsáveis são de extrema importância para melhorar a qualidade do leite de cabra na região semiárida da Paraíba.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Goats , Food Contamination/analysis , Milk/microbiology , Milk/chemistry , Lactation , Food Hygiene , Efficiency
6.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 73(4): 923-928, Jul.-Aug. 2021. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1285266

ABSTRACT

The aim of this research was to determine the influence of lactation number and parity on milk yield of Saanen goat's breed. It has been concluded that milk yield was higher for goats that had given birth to twins and three kids than for goats that had given birth to a single kid (P<0.05). The longevity has a great positive impact on production, given that goats in the fifth lactation produced more milk than goats in first or second lactation (P<0.05), while goats in the sixth lactation still produced more milk than goats in first lactation (P<0.05). During the period from 2014- 2019, the research was conducted on a farm of multiparous Saanen goats in Vojvodina (northern part of Serbia). In the observed period, the farm had between 350 and 400 goats per milking, and the research included a total of 1,628 concluded lactations, within which the first lactations were the most 484, then the second 381. According to the number of lactations, goats were grouped into classes from one to seven and from one to three for parity. By comparing each individual lactation, it was determined that in first lactation goats produced significantly lower milk than goats in the rest lactations(P<0.05), except the seventh. Research has shown that lactation number has a significant influence on milk yield (P=0.00). Increasing the fertility of goats significantly affects the production capacity of dairy goats, since does with a larger number of kids in the litter had a significantly higher milk production (P<0.05). Due to the larger number of kids in the litter, milk production also increases. Likewise, it is assumed that the increase in milk yield of goats with two and three kids is a consequence of a larger placenta, i.e. stronger lactogenic activity during pregnancy.(AU)


O objetivo desta pesquisa foi determinar a influência do número de lactações e da paridade na produção de leite da raça de cabras Saanen. Concluiu-se que a produção de leite era maior para caprinos que haviam dado à luz gêmeos e três cordeiros do que para caprinos que haviam dado à luz um único cordeiro (P<0,05). A longevidade tem um grande impacto positivo na produção, dado que as cabras na quinta lactação produziram mais leite do que as cabras na primeira ou segunda lactação (P<0,05), enquanto as cabras na sexta lactação ainda produziram mais leite do que as cabras na primeira lactação (P<0,05). Durante o período de 2014- 2019, a pesquisa foi realizada numa fazenda de cabras Saanen multipares em Voivodina (parte norte da Sérvia). No período observado, a fazenda tinha entre 350 e 400 cabras por ordenha, e a pesquisa incluiu um total de 1.628 lactações concluídas, dentro das quais as primeiras lactações foram as mais 484, depois as segundas 381. De acordo com o número de lactações, as cabras foram agrupadas em classes de um a sete e de um a três para paridade. Comparando cada lactação individual, determinou-se que na primeira lactação as cabras produziram leite significativamente menor do que as cabras nas demais lactações (P<0,05), exceto a sétima. Pesquisas mostraram que o número de lactações tem uma influência significativa na produção de leite (P=0,00). O aumento da fertilidade das cabras afeta significativamente a capacidade de produção de caprinos leiteiros, já que com um número maior de cabritos na ninhada a produção de leite foi significativamente maior (P<0,05). Devido ao maior número de cabritos na ninhada, a produção de leite também aumenta. Da mesma forma, assume-se que o aumento na produção de leite de cabras com dois e três cabritos é uma consequência de uma placenta maior, ou seja, de uma atividade lactogênica mais forte durante a gestação.(AU)


Subject(s)
Animals , Lactation , Goats/physiology , Pregnancy Rate/trends , Parturition/physiology , Milk/statistics & numerical data
7.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 73(4): 949-954, Jul.-Aug. 2021. graf, ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1285268

ABSTRACT

The purpose of this study was to model the factors affecting the 305-day milk yield of dairy cows by using Automatic Linear Modeling Technique (ALM). The data set of this study consisted of eight different cow breeds grown in eight province of Turkey. Results of ALM showed that the accuracy of the model was 64.2 % means that 64.2% of the variation in the 305-day milk yield could be explained by the constructed model. Created model was consisted of four factors namely the Breed, Lactation Length, Parity, and Province. Therefore, those selected factors were more efficient than the others in predicting the 305-day milk yield.(AU)


O objetivo deste estudo foi modelar os fatores que afetam a produção de leite das vacas leiteiras em 305 dias, utilizando a Técnica de Modelagem Linear Automática (ALM). O conjunto de dados deste estudo consistia em oito raças diferentes de vacas cultivadas em oito províncias da Turquia. Os resultados da ALM mostraram que a precisão do modelo era de 64,2% significa que 64,2% da variação na produção de leite de 305 dias poderia ser explicada pelo modelo construído. O modelo criado consistia de quatro fatores: Raça, Comprimento da Lactação, Paridade e Província. Portanto, esses fatores selecionados foram mais eficientes do que os outros na previsão da produção de leite de 305 dias.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Lactation , Linear Models , Analytical Methods/methods , Milk , Turkey , Models, Statistical
8.
Rev. Ciênc. Plur ; 7(2): 119-131, maio 2021. tab
Article in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-1282980

ABSTRACT

Introdução:O Aleitamento Materno é o modo mais seguro, natural e saudável de nutrição para um recém-nascido, por issoo aleitamento materno exclusivo é recomendado até os seis meses de vida.É sabido, os inúmeros benefíciosdessa alimentação, porém pesquisadores apontam uma baixa frequência do aleitamento materno.Objetivo:Identificaras principais queixas que acometem as doadoras de leite humano, que procuram o Banco de Leite Humano de uma Maternidade Escola em Alagoas. Metodologia:Estudo transversal, realizado através de registros cadastrais de 2.909 puérperas doadoras entre 2015 a 2018. Foramcoletadasas principais queixas das nutrizes erealizou-se uma análise descritivasobre as mais prevalentes.Resultados:A faixa etária mais frequente das puérperas foram 28 e 39 anos. As principais queixas relatadas foram: hiperlactaçãoe lesão mamária-mamas cheias (13,5%) e fissuras (5,6%). Foram encontradas associações estatisticamente significativas entre as queixas e as idades maternas -fissuras: 29 anos; mamas cheias: 25,9 anos. A doação voluntária do leite fora o principal motivo da procura ao Banco de Leite Humano, pois no serviço recebiam informações sobre a importância e os benefícios do aleitamento.Conclusões:É perceptível, que a busca ao Banco de Leite Humanopelas puérperas demonstra escassez de informações, sendo esse serviço fundamental na orientação e condutadesses problemas (AU).


Introduction: Breastfeeding is the safest, most natural,and healthy way of nutrition for a newborn baby. Exclusive breastfeeding is recommended up to six months of life. There are many benefits to breastfeeding, but researchers point out a low frequency of breastfeeding.Objective: To identify the main complaints that affect human milk donors who seek the Human Milk Bank of a Maternity School in Alagoas. Methodology: Cross-sectional study, conducted through registry records of 2,909 child donors between 2015 and 2018. The mothers' main complaints were collected, and a descriptive analysis of the most prevalent was carried out. Results: The most frequent age group of puerperal women was 28 and 39 years old. The main complaints reported were:hyper lactation and breast lesions -full breasts (13.5%) and fissures (5.6%). Statistically significant associations were found between the complaints and maternal age -clefts: 29 years; full breasts: 25.9 years. The voluntary donation of milk was the main reason for the demand to the Human Milk Bank because it received information about the importance and benefits of breastfeeding.Conclusions: It is noticeable that the Human Milk Bank search for puerperal shows a scarcity of information, and this service is fundamental in guiding and conducting these problems (AU).


Introducción:La lactancia materna es la forma más segura, natural y saludable de nutrición para un recién nacido. Se recomienda la lactancia materna exclusiva hasta los seis meses de vida. Son muchos los beneficios de la lactancia materna, pero los investigadores señalan una baja frecuencia de la misma.Objetivo:Identificar las principales quejas que afectan a las donantes de leche humana que acuden al Banco de Leche Humana de una Maternidad de Alagoas. Metodología:Estudio transversal, realizado a través de registros de 2.909 niños donantes entre 2015 y 2018. Se recogieron las principales quejas de las madres y se realizó un análisis descriptivo de las más prevalentes.Resultados:El grupo de edad más frecuente de las puérperas fue de 28 y 39 años. Las principales quejas referidas fueron: hiperlactancia y lesiones mamarias -senos llenos (13,5%) y fisuras(5,6%). Se encontraron asociaciones estadísticamente significativas entre las quejas y la edad materna -fisuras: 29 años; senos llenos: 25,9 años. La donación voluntaria de leche fue el principal motivo de demanda al Banco de Leche Humana, ya que recibióinformación sobre la importancia y los beneficios de la lactancia materna. Conclusiones:Se observa que la búsqueda del Banco de Leche Humana para las puérperas muestra una escasez de información, siendo este servicio fundamental para orientar y conducir estos problemas (AU).


Subject(s)
Humans , Female , Adolescent , Adult , Middle Aged , Brazil/epidemiology , Breast Feeding , Lactation , Epidemiology , Postpartum Period , Milk Banks , Statistics, Nonparametric , Qualitative Research , Milk, Human
9.
Ciênc. Saúde Colet ; 26(4): 1381-1390, abr. 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1285908

ABSTRACT

Resumo O objetivo deste artigo é identificar os fatores sociodemográficos e alimentares associados ao estado nutricional de iodo do grupo materno-infantil. A revisão foi baseada no método PRISMA. As bases consultadas foram: Medline (PubMed), Scopus e Lilacs. A busca ocorreu em dezembro de 2018, utilizando os descritores estado nutricional, iodo, lactente, gestante e lactante. A seleção seguiu as etapas de exclusão dos duplicados, leitura dos títulos, resumos e análise na íntegra. Foram identificados 1.500 estudos e 26 contemplaram os critérios de inclusão. A qualidade metodológica dos estudos foi avaliada pelo questionário proposto por Downs e Black. Houve associação entre os fatores sociodemográficos renda, escolaridade, idade materna e gestacional, paridade e local de residência rural ou urbano com o estado nutricional de iodo. Já em relação aos fatores alimentares, o consumo de suplementos, sal iodado e alimentos fontes de iodo, em especial os produtos lácteos, exercem papel protetor contra a deficiência. É preciso criar estratégias mais específicas, efetivas e que contemplem todos esses fatores que afetam o estado nutricional de iodo para evitar as desordens provocadas pela deficiência.


Abstract This article sets out to identify the socio-demographic and nutritional factors associated with the nutritional status of iodine in the maternal-infant group. The review was based on the Prisma method and the Medline (PubMed), Scopus and Lilacs databases were consulted. The search was conducted in December 2018, using the key words nutritional status, iodine, infant, pregnant and lactating. The selection followed the stages of excluding duplicated articles, reading the titles, abstracts and texts in full. A total of 1,500 studies were identified and 26 met the inclusion criteria. The methodological quality of the studies was evaluated using the questionnaire proposed by Downs and Black. There was an association between the sociodemographic factors of income, education, maternal and gestational age, uniformity and place of residence in rural or urban areas with the nutritional state of iodine. In relation to dietary factors, the consumption of supplements, iodized salt and dietary sources of iodine, especially dairy products, play a protective role to avoid the deficiency. It is necessary to create more specific and effective strategies that address all the factors that affect the nutritional state of iodine to avoid the disorders resulting from the deficiency.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Infant , Nutritional Status , Iodine , Lactation , Sodium Chloride, Dietary , Dietary Supplements , Diet
10.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 73(1): 18-24, Jan.-Feb. 2021. tab, graf
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1153046

ABSTRACT

The objective of this study was to estimate the components of variance and genetic parameters of test-day milk yield in first lactation Girolando cows, using a random regression model. A total of 126,892 test-day milk yield (TDMY) records of 15,351 first-parity Holstein, Gyr, and Girolando breed cows were used, obtained from the Associação Brasileira dos Criadores de Girolando. To estimate the components of (co) variance, the additive genetic functions and permanent environmental covariance were estimated by random regression in three functions: Wilmink, Legendre Polynomials (third order) and Linear spline Polynomials (three knots). The Legendre polynomial function showed better fit quality. The genetic and permanent environment variances for TDMY ranged from 2.67 to 5.14 and from 9.31 to 12.04, respectively. Heritability estimates gradually increased from the beginning (0.13) to mid-lactation (0.19). The genetic correlations between the days of the control ranged from 0.37 to 1.00. The correlations of permanent environment followed the same trend as genetic correlations. The use of Legendre polynomials via random regression model can be considered as a good tool for estimating genetic parameters for test-day milk yield records.(AU)


O objetivo deste estudo foi estimar os componentes de variância e os parâmetros genéticos da produção de leite no dia do teste (TDMY) em vacas Girolando de primeira lactação, usando modelo de regressão aleatória. Foram utilizados 126.892 registros de produção de leite no dia controle de 15.351 vacas primíparas das raças Holandesa, Gir e Girolando, obtidas na Associação Brasileira dos Criadores de Girolando. Para estimar os componentes de (co) variância, as funções genéticas aditivas e de covariância ambiental permanente foram estimadas por regressão aleatória em três funções: Wilmink, polinômios de Legendre (terceira ordem) e polinômios splines lineares (três nós). A função polinomial de Legendre apresentou melhor qualidade de ajuste. As variâncias genéticas e de ambiente permanente para produção de leite no dia do controle variaram de 2,67 a 5,14 e de 9,31 a 12,04, respectivamente. As estimativas de herdabilidade aumentaram gradativamente do início (0,13) para o meio da lactação (0,19). As correlações genéticas entre os dias do controle variaram de 0,37 a 1,00. As correlações de ambiente permanente seguiram a mesma tendência das correlações genéticas. A utilização dos polinômios de Legendre via modelos de regressão aleatória pode ser considerada como uma boa ferramenta para estimação de parâmetros genéticos da produção de leite no dia do teste.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Lactation/physiology , Inheritance Patterns , Milk , Quality Management , Reference Parameters , Correlation of Data
11.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 29: e3412, 2021. tab, graf
Article in English | LILACS, BDENF | ID: biblio-1289787

ABSTRACT

Objective: to identify breastfeeding patterns, survival of exclusive breastfeeding and factors associated with its interruption, in the first six months of life of babies seen by Lactation Consulting. Method: a prospective cohort, with 231 mother-babies in a Baby-Friendly Hospital. An initial questionnaire was applied after 24 hours of birth, after consulting, as well as a follow-up questionnaire, applied by telephone at 15, 30, 60, 120 and 180 days, with sociodemographic and obstetric variables, maternal habits, father's schooling, birth data and baby feeding. Survival Analysis was carried out. Results: at 180 days of age, exclusive breastfeeding was 12.7% and the probability was 19.6% in the analysis of the survival curve. The factors associated with its interruption were smoking during pregnancy (HR 1.66; CI 1.05 - 2.61), age ≥ 35 years old (HR 1.73; CI 1.03 - 2.90), difficulty in breastfeeding after hospital discharge (HR 2.09; CI 1.29 - 3.41), search for professional assistance (HR 2.45; CI 1.69 - 3.54) and use of a pacifier (HR 1.76; IC 1.21 - 2.58). Conclusion: lactation consultancy contributed to the improvement of the exclusive breastfeeding rates, although there are opportunities for advances.


Objetivo: identificar padrões de amamentação, sobrevida do aleitamento materno exclusivo e fatores associados à sua interrupção, nos seis primeiros meses de vida de bebês atendidos por Consultoria em Lactação. Método: coorte prospectiva, com 231 mãe-bebê em Hospital Amigo da Criança. Utilizou-se questionário inicial aplicado após 24 horas do nascimento, depois da consultoria, e de seguimento, aplicado por telefone aos 15, 30, 60, 120 e 180 dias, com variáveis sociodemográficas, obstétricas, hábitos maternos, escolaridade paterna, dados do nascimento e alimentação do bebê. Procedeu-se à Análise de Sobrevivência. Resultados: aos 180 dias de vida, o aleitamento materno exclusivo foi 12,7% e probabilidade de 19,6% na análise da curva de sobrevivência. Os fatores associados à sua interrupção foram tabagismo na gestação (HR 1,66; IC 1,05 - 2,61), idade ≥ 35 anos (HR 1,73; IC 1,03 - 2,90), dificuldade na amamentação pós-alta hospitalar (HR 2,09; IC 1,29 - 3,41), busca por auxílio profissional (HR 2,45; IC 1,69 - 3,54) e uso de chupeta (HR 1,76; IC 1,21 - 2,58). Conclusão: a consultoria em lactação contribuiu para melhoria das taxas de aleitamento materno exclusivo, embora existam oportunidades de avanços.


Objetivo: identificar patrones de lactancia materna, supervivencia de la lactancia materna exclusiva y factores asociados a su interrupción, en los primeros seis meses de vida de los bebés atendidos por Consultoría de Lactancia. Método: cohorte prospectiva, con 231 madres-bebés en el Hospital Amigo del Niño. Se aplicó un cuestionario inicial a las 24 horas del nacimiento, previa consultoría, y de seguimiento, aplicado por teléfono a los 15, 30, 60, 120 y 180 días, con variables sociodemográficas, obstétricas, hábitos maternos, educación del padre, datos de nacimiento y alimentación del bebé. Se llevó a cabo un Análisis de Supervivencia. Resultados: a los 180 días de vida, la lactancia materna exclusiva fue del 12,7% y la probabilidad del 19,6% en el análisis de la curva de supervivencia. Los factores asociados a su interrupción fueron el tabaquismo en la gestación (HR 1,66; IC 1,05 - 2,61), edad ≥ 35 años (HR 1,73; IC 1,03 - 2,90), dificultad para amamantar después del alta hospitalaria (HR 2,09; IC 1,29 - 3,41), búsqueda de asistencia profesional (HR 2,45; IC 1,69 - 3,54) y uso de chupete (HR 1,76; IC 1, 21-2,58). Conclusión: la consultoría en lactancia contribuyó a la mejora de las tasas de lactancia materna exclusiva, aunque existen oportunidades de avances.


Subject(s)
Humans , Female , Infant , Adult , Breast Feeding , Lactation , Survival Analysis , Cohort Studies , Consultants , Educational Status , Nursing Care
12.
Einstein (Säo Paulo) ; 19: eAO5657, 2021. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1286305

ABSTRACT

ABSTRACT Objective To evaluate the morphology and morphometry of the muscles extensor digitorium longus and soleus of C57BL/6 females, who were exposed to glyphosate during pregnancy and lactation. Methods Twelve female mice from the C57BL/6 lineage were used. After detection of pregnancy, they were divided into a Control Group, which received only water, and a Glyphosate Group, which received water with 0.5% glyphosate during pregnancy and lactation. Both groups received ad libitum standard diet. After weaning, the females were euthanized and weighed; naso-anal length was measured, and fats were collected and weighed. The muscles extensor digitorium longus and soleus were collected, and their length and weight were measured. Then, the muscles were fixed in Methacarn to perform the histological study of muscle fibers. Results Glyphosate Group presented lower weight gain during pregnancy and also lower final body weight and naso-anal length; however, the other body parameters evaluated did not present a significant difference in relation to the Control Group. Significant differences were also not observed in the analysis of muscle fibers and connective tissue. Conclusion Exposure to 0.5% glyphosate during pregnancy and lactation resulted in lower weight gain during pregnancy, final weight, and naso-anal length. Despite not directly altering the morphology of muscle tissue, these results may indicate enough exposure to interfere with animal metabolism.


RESUMO Objetivo Avaliar a morfologia e a morfometria dos músculos extensor longo dos dedos e sóleo de fêmeas C57BL/6 expostas ao glifosato durante a prenhez e lactação. Métodos Foram utilizados 12 camundongos fêmeas da linhagem C57BL/6. Após detecção da prenhez, foram separadas em Grupo Controle, que recebeu somente água, e Grupo Glifosato, que recebeu água com 0,5% de glifosato durante a prenhez e lactação. Ambos os grupos receberam dieta padrão ad libitum. Após o desmame, as fêmeas foram eutanasiadas e pesadas; o comprimento nasoanal foi mensurado, e as gorduras foram coletadas e pesadas. Os músculos extensor longo dos dedos e sóleo foram coletados, e seu comprimento e peso foram mensurados. Em seguida, os músculos foram fixados em Methacarn para a realização do estudo histológico das fibras musculares. Resultados O Grupo Glifosato apresentou menor ganho de peso durante a prenhez e também menor peso corporal final e comprimento nasoanal, entretanto os demais parâmetros corporais avaliados não apresentaram diferença significativa em relação ao Grupo Controle. Na análise das fibras musculares e do tecido conjuntivo, também não foram observadas diferenças significativas. Conclusão A exposição a 0,5% de glifosato durante a prenhez e lactação resultou em menor ganho de peso na gestação, peso final e comprimento nasoanal, o que pode indicar que, apesar de não alterar a morfologia do tecido muscular diretamente, a exposição foi suficiente para interferir no metabolismo dos animais.


Subject(s)
Animals , Female , Pregnancy , Mice , Muscle, Skeletal , Muscle Fibers, Skeletal , Lactation , Glycine/analogs & derivatives , Mice, Inbred C57BL
13.
Rev. bras. ginecol. obstet ; 42(11): 752-758, Nov. 2020. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1144179

ABSTRACT

Abstract Objective: To identify whether the effects of thyroid disease during pregnancy and lactation affect the nutritional composition of human milk. Methods: Systematic review of the scientific literature using the Medical Literature Analysis and Retrieval System Online/MedLine databases to evaluate the association of thyroid diseases during pregnancy and lactation with the nutritional composition of human milk. There was no delimitation by period or by language, and the searches were completed in March 2019. The following descriptors were applied: human milk AND thyroid AND composition, using the preferred reporting items for systematic reviews and meta-analyses (PRISMA) protocol for data search, selection, and extraction. The flowchart proposed for bibliographic search resulted in 12 articles and, of these, four were selected. Results: The articles elected for this review were published between 1976 and 2018. Two studies found significant differences in the nutritional composition of mothers' milk with hypothyroidism or overweight compared with the milk of those without hypothyroidism. Studies have shown that the presence of the disease led to changes in the nutritional composition of human milk, especially a higher concentration of human milk fat. Conclusion: It is extremely important that these women have continuous nutritional follow-up to minimize the impact of these morbidities on the nutritional composition of human milk.


Resumo Objetivo: Identificar se os efeitos da doença da tireoide durante a gestação e lactação afetam a composição nutricional do leite humano. Métodos: Revisão sistemática da literatura científica por meio das bases de dados Medical Literature Analysis and Retrieval System Online/MedLine a fim de avaliar a associação das doenças da tireoide na gestação e na lactação com a composição nutricional do leite humano. Não houve delimitação por período nem por idioma, e as buscas foram finalizadas em março de 2019. Foram aplicados os seguintes descritores: human milk AND thyroid AND composition, utilizando protocolo preferred reporting items for systematic reviews and meta-analyses (PRISMA) para a busca, seleção e extração de dados. De acordo com o fluxograma proposto, a busca bibliográfica resultou em 12 artigos e, destes, quatro foram selecionados. Resultados: Os artigos elegidos para a presente revisão foram publicados entre 1976 e 2018. Dois estudos verificaram diferenças significativas na composição nutricional do leite de mães com hipotireoidismo ou excesso de peso em comparação ao grupo controle sem hipotireoidismo. Os estudos demonstraram que a presença da doença levava a modificações na composição nutricional do leite humano, principalmente em relação à maior concentração da gordura. Conclusão: É de extrema importância que essas mulheres tenham acompanhamento nutricional contínuo a fim de minimizar o impacto dessas morbidades sobre a composição nutricional do leite humano.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Puerperal Disorders , Thyroid Diseases , Lactation , Milk, Human/chemistry
14.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1469-1478, July-Aug. 2020. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131483

ABSTRACT

The objective of this study was to evaluate the different lactation stages of F1 Holstein x Zebu cows on intake and digestibility of nutrients, nitrogen use efficiency, feeding behavior and performance. Thirty-six F1 Holstein × Zebu cows with initial body weight (BW) of 482±43kg were used. The early, mid and late lactation stages were characterized after 50±13, 111.5±11.75 and 183.0±17.5 days in milk, respectively. A completely randomized design with three lactation stages and 12 cows in each treatment group was used. Dry matter intake (P=0.01) was higher in late lactation. Milk yield (P<0.01) was 24.17% higher in early lactation than in other stages. Body weight was lowest in mid-lactation cows (465.63kg; P<0.01). The feed efficiency was 23.36% higher in early lactation than in other stages (0.82kg of milk/kg of DM). F1 Holstein x Zebu cows have increased dry matter intake in late lactation. Milk yield and feed efficiency in early lactation were benefited by changes in feeding behavior, such as increased rumination time.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar os diferentes estágios de lactação de vacas F1 Holandês x Zebu quanto ao consumo e à digestibilidade de nutrientes, à eficiência no uso de nitrogênio, ao comportamento ingestivo e ao desempenho. Trinta e seis vacas F1 Holandês × Zebu, com peso corporal inicial (PC) de 482±43kg, foram utilizadas. Os estágios inicial, médio e final da lactação foram caracterizados após 50±13, 111,5±11,75 e 183,0±17,5 dias de lactação, respectivamente. O arranjo experimental adotado foi o delineamento inteiramente ao acaso, com três fases de lactação e 12 vacas em cada grupo de tratamento. O consumo de matéria seca (P=0,01) foi maior no período final da lactação. Na fase inicial da lactação, a produção de leite (P<0,01) foi maior em 24,17% em comparação às demais fases. Na fase intermediária da lactação, as vacas apresentaram menor peso corporal (465,63kg; P<0,01) em relação às demais fases. A eficiência alimentar foi maior em 23,36% na fase inicial da lactação (0,82kg de leite/kg de MS). Vacas F1 Holandês x Zebu aumentam o consumo de matéria seca no período final da lactação. A produção de leite e a eficiência alimentar no início da lactação foram favorecidas por mudanças no comportamento ingestivo, como o aumento do tempo de ruminação.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Nutrients , Feeding Behavior , Nitrogen/administration & dosage , Lactation , Crosses, Genetic
15.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1545-1554, July-Aug. 2020. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131469

ABSTRACT

This study aimed to evaluate the effects of different nutritional plans on the productive, physiological and metabolic parameters of F1 ½ Holstein x ½ Zebu cows in different stages of lactation. Sixty lactating cows were allotted to a completely randomized 5 x 3 factorial design with five feed allowances and three lactation periods. The dry matter intake, milk yield and heart rate were reduced by 5.69kg, 2.41kg and 10.36 beats/min (morning) and 10.25 beats/min (afternoon) for each 1% feed restriction, respectively. There was no difference in the concentration of glucose, total protein, albumin, cholesterol and non-esterified fatty acids for cows subjected to different feed allowances, with means of 95.25, 7.98, 2.95, 121.68 and 0.45mg/dL, respectively. Feed restriction of up to 2.50% BW is a cost reduction strategy that does not alter milk yield, regardless of the stage of lactation.(AU)


Objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes planos nutricionais sobre as características produtivas, fisiológicas e metabólicas de vacas F1 ½ Holandês x ½ Zebu. Foram utilizadas 60 vacas em lactação, seguindo-se o delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 5 x 3, com cinco níveis de oferta de dieta e três períodos de lactação. À medida que se aumentou 1% na restrição da oferta da dieta, houve redução linear de 5,69kg no consumo de matéria seca pelos animais, 2,41kg na produção de leite, bem como de 10,36bat/min (manhã) e 10,25 bat/min (tarde) na frequência cardíaca dos animais. Não houve diferença para a concentração de glicose, proteínas totais, albumina, colesterol e NEFA com a restrição na oferta da dieta dos animais, sendo a média de 95,25, 7,98, 2,95, 121,68 e 0,45mg/dL, respectivamente. Recomenda-se a restrição de até 2,50% de peso corporal como estratégia de redução dos custos em todos os estágios em lactação, visando não alterar, economicamente, a produção de leite.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Lactation , Cholesterol/analysis , Diet Therapy/veterinary , Glucose/analysis , Fatty Acids, Nonesterified , Respiratory Rate
16.
Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online) ; 23(1, cont.): e2311, 20200000. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1129314

ABSTRACT

This study aimed at estimating genetic parameters for milk production and conformation characteristics in Girolando crossbred dairy cows reared in the High and Low Acre region using the restricted maximum likelihood methodology, under an animal model. We estimated the variance components and genetic parameters using the REML/BLUP procedure (Restricted Maximum Likelihood Methodology/Best Linear Unbiased Prediction). The estimated average for milk production for 305 days of lactation (P305) was of 1523.25 ± 481.11 kg, with a heritability of 0.38 for this characteristic. The conformation characteristics showed no significant correlation with milk production. The phenotypical correlations between the linear characteristics of type were, in general, positive and moderate. The P305 obtained in this study can be considered low and indicates that there is a possibility of increasing milk production through selection in herds along with the use of tested and proven bulls. The heritability estimate found (0.38) indicates that there is genetic variability for milk production, demonstrating that selection for this characteristic would result in genetic progress.(AU)


Este estudo teve como objetivo estimar parâmetros genéticos para produção de leite e características de conformação em vacas leiteiras mestiças Girolando criadas na região do Alto e Baixo Acre, utilizando a metodologia da máxima verossimilhança restrita, sob modelo animal. As estimativas dos componentes de variância e dos parâmetros genéticos foram realizadas pelo procedimento REML/BLUP (Máxima verossimilhança restrita/Melhor predição linear não viesada). A média estimada para produção de leite aos 305 dias de lactação (P305) foi de 1.523,25 ± 481 kg e a herdabilidade para esta característica foi de 0,38. As características de conformação não apresentaram correlação significativa com a produção de leite. As correlações fenotípicas entre as características lineares de tipo foram em geral positivas e de magnitude moderada. A P305 obtida neste estudo pode ser considerada baixa e indica que existe a possibilidade de aumento da produção de leite através de seleção nos rebanhos, juntamente com a utilização de touros testados e provados. A estimativa de herdabilidade encontrada (0,38) indica que há variabilidade genética para produção de leite, demonstrando que a seleção para esta característica resultaria em progresso genético.(AU)


El objetivo del estudio fue estimar los parámetros genéticos para la producción de leche y las características de conformación en vacas lecheras cruzadas Girolando criadas en la región de Alto y Bajo Acre utilizando el método de máxima verosimilitud restringida, con un modelo animal. Estimamos los componentes de la varianza y los parámetros genéticos mediante el procedimiento REML / BLUP (metodología de máxima verosimilitud restringida / mejor predicción lineal insesgada). El promedio estimado para la producción de leche para los 305 días de lactancia (P305) fue de 1523.25 ± 481.11 kg, con una heredabilidad de 0.38 para esta característica. Las características de conformación no mostraron correlación significativa con la producción de leche. Las correlaciones fenotípicas entre las características lineales de tipo fueron, en general, positivas y moderadas. El P305 obtenido en este estudio puede considerarse bajo y muestra que existe la posibilidad de incrementar la producción de leche a través de la selección en rebaños, junto con el uso de toros probados y comprobados. La estimación de heredabilidad encontrada (0,38) indica que existe variabilidad genética para la producción de leche, lo que demuestra que la selección de esta característica daría lugar a un progreso genético.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Lactation , Cattle/genetics , Reference Parameters , Biological Variation, Population/genetics , Milk
17.
Ciênc. Saúde Colet ; 25(4): 1445-1462, abr. 2020. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1089523

ABSTRACT

Resumo A amamentação é considerada o método ideal de alimentação no início da vida, porém tem baixa prevalência mundial, sendo o trabalho materno um dos obstáculos para a continuidade dessa prática. O objetivo deste artigo é revisar sistematicamente estudos que avaliaram a associação entre aspectos institucionais e aleitamento materno e aleitamento materno exclusivo em mulheres trabalhadoras. Foi realizada uma revisão sistemática da literatura nas bases de dados PubMed, LILACS e SciELO, até junho de 2016 (termos de indexação: breastfeeding, workplace e observational study). Dezoito estudos foram incluídos nesta revisão sistemática, sendo demonstrada associação positiva com a amamentação: o retorno tardio e o não retorno ao trabalho, o trabalho em tempo parcial, a sala de apoio à amamentação, a disponibilidade de tempo para a expressão do leite materno, a consulta com enfermeiro após o retorno ao trabalho e a participação em programa de apoio à amamentação. Associação negativa com a amamentação foi demonstrada em relação ao trabalho em tempo integral. Intervenções simples no local de trabalho e algumas mudanças na política da empresa direcionadas ao incentivo da amamentação podem influenciar positivamente a continuidade dessa prática após as mães retornarem ao trabalho.


Abstract Breastfeeding is considered the ideal feeding method early in life. Despite the scientific evidence, the worldwide prevalence of breastfeeding is low. Maternal work is pointed out as one of the obstacles to maintain this practice. To systematically review studies that evaluated the association between institutional aspects and breastfeeding and exclusive breastfeeding among working women. A literature search until June 2016 was carried out using PubMed, LILACS, and SciELO (MeSH terms: breastfeeding, workplace and observational study). Eighteen observational studies were included. A positive association with breastfeeding were found for later or not return to work, part-time work, availability or the use of lactation room, breast pumping breaks, professional advice on maintaining breastfeeding after returning to work, and attendance at breastfeeding support program. A negative association with breastfeeding was shown for full-time work. Simple interventions in the workplace and some changes in company policy to encourage breastfeeding can positively influence its maintenance after women return to work.


Subject(s)
Humans , Female , Adult , Women, Working , Breast Feeding , Organizational Policy , Workplace , Employment , Time Factors , Lactation , Observational Studies as Topic , Return to Work
18.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(2): 371-378, Mar./Apr. 2020. tab, graf
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1128217

ABSTRACT

The aim of this study was to evaluate the metabolic, inflammatory, and hepatic aspects, as well as the milk yield in heifers submitted to protocol for induction of lactation compared to primiparous cows. Sixty Holstein heifers were selected and enrolled into two groups: Control (n= 30), pregnant heifers and Induction heifers (n= 30), non-pregnant femeales, submitted to a lactation induction protocol. Blood samples were collected at: pre-lactation period (weeks -3, -2 and -1) and post-lactation period (weeks 1, 2 and 3), aiming to evaluate glucose, non-esterified fatty acids, paraoxonase-1, albumin, ALT, GGT and cortisol. The protocol efficiently induced lactation in all the heifers, which produced 74.54% of the total production of milk from primiparous cows. In the pre-lactation period, induced animals presented higher concentrations of non-esterified fatty acids than the Control heifers, and the opposite was observed in the post lactation period. In both moments albumin and ALT were lower in the Induction group, and paraoxonase-1 activity and GGT concentrations were higher, compared to the Control. Thus, lactation induction protocol is efficient to initiate milk production in dairy heifers with no considerable changes in energetic, metabolic and hepatic profile when compared to heifers in physiological lactation.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar os perfis metabólico, inflamatório, hepático e a produção de leite de novilhas induzidas à lactação comparadas a primíparas. Sessenta novilhas da raça Holandês foram selecionadas e alocadas em grupos: controle (n=30), novilhas prenhas, e indução (n=30), novilhas vazias submetidas a um protocolo de indução de lactação. As amostras de sangue foram coletadas nas semanas -3, -2 e -1 (pré-lactação) e nas semanas 1, 2 e 3 (pós-início de lactação) para avaliação de glicose, ácidos graxos não esterificados, paraoxonase-1, albumina, ALT, GGT e cortisol. O protocolo induziu eficientemente a lactação em todas as novilhas, que produziram 74,54% da produção total de leite do controle. No período pré-lactação, o grupo indução apresentou maiores concentrações de ácidos graxos não esterificados que o controle, e o oposto foi observado pós-lactação. Em ambos os momentos, albumina e ALT foram menores no grupo indução, e a atividade da paraoxonase-1 e as concentrações de GGT foram maiores, em comparação ao controle. Assim, o protocolo de indução de lactação foi eficiente para iniciar a produção de leite em novilhas induzidas, além de terem sido observadas alterações nos perfis energético, metabólico e hepático em comparação a novilhas em lactação fisiológica.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Lactation/physiology , Hydrocortisone/analysis , Alanine Transaminase/analysis , Albumins/analysis , Fatty Acids, Nonesterified/analysis , gamma-Glutamyltransferase/analysis , Milk
19.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 136-144, Jan.-Feb. 2020. tab, graf
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088918

ABSTRACT

This study evaluated the effect of detoxified castor meal on the reproductive performance, metabolic stress, milk production, and kid development in peripartum goats. The diet of the animals were with (DCM, n= 20) or without (WDCM, n= 21) detoxified castor meal during the entire gestation and until weaning, 60 days post-birth. No differences were observed in the gestation period, litter size, rate of multiple births, and mortality between the two groups. The postpartum plasma concentrations of progesterone remained below 1ng/mL in all animals, thus, confirming the absence of active corpora lutea. The thickness of sternum adipose tissue and loin area, levels of urea and cholesterol, milk production, and daily weight gain in the kids were low in the DCM group when compared to those in the WDCM group (P< 0.05). To conclude, the use of detoxified castor meal in peripartum goats resulted in lower level of performance in the kids because of reductions in the amount of milk received from their mothers during lactation. In addition, the diet containing detoxified castor meals was not efficient in recovering from the loss of stored body reserves able to initiate the recovery of the cyclic activity of the goats.(AU)


Este estudo avaliou o efeito da torta de mamona desintoxicada na reprodução, no estresse metabólico, na produção de leite e no desenvolvimento de cabritos no periparto de cabras. Um grupo foi alimentado com torta de mamona (DCM, n=20), e o outro (WDCM, n=21) não recebeu tal suplemento , durante a gestação até o desmame, 60 dias pós-parto. Não foram observadas diferenças significativas no período de gestação, no número de cabritos, na taxa de partos múltiplos e na mortalidade entre os dois grupos. Em todos os animais, a concentração plasmática de progesterona ficou abaixo de 1ng/mL, confirmando a ausência de atividade lútea. A espessura da gordura subcutânea do esterno e da área de olho-de-lombo, a concentração de ureia e colesterol, a produção de leite e o ganho de peso dos cabritos foram menores no grupo DCM (P<0,05). Conclui-se que o uso de torta de mamona desintoxicada no periparto de cabra resultou em cabritos mais leves devido à redução na produção de leite das matrizes e as cabras não retornaram ao cio, pois não recuperaram a massa corporal.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Ricinus , Stress, Physiological , Lactation , Goats/physiology , Animals, Newborn/growth & development , Nitrogen/administration & dosage , Progesterone , Dietary Supplements
20.
Ciênc. cuid. saúde ; 19: e47104, 20200000.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1119294

ABSTRACT

Objetivo:conhecer as representações sociais de doadoras sobre a doação de leite humano em um hospital universitário. Método:trata-se de uma pesquisa qualitativa utilizando como marco conceitual a Teoria das Representações Sociais. Para a análise qualitativa foi utilizado o método de análise de conteúdo. Resultados: participaram do estudo 30 doadoras de um banco de leite humano de um hospital universitário público do Sul do Brasil. Os temas relacionados à doação que emergiram das falas dessas doadoras foram: banco de leite humano: lugar de acolhimento e aprendizagem; doar o leite materno: dá trabalho e exige compromisso e ser doadora é compartilhar o que tem e ajudar a quem precisa. Conclusão: a doação de leite humano esteve relacionada ao sentimento de orgulho e compartilhamento, tendo a família importante papel nesse processo. Além disso, observou-se a pertinência do acolhimento e apoio recebido no banco de leite como forma de fortalecer o vínculo entre doadora e instituição e estimular tal prática.


Objective: to know the social representations of donors about human milk donation in a university hospital. Method:This is a qualitative research using the Theory of Social Representations as a conceptual framework. For the qualitative analysis, the content analysis method was used. Results: participants were thirty donors from a human milk bank in a public university hospital in southern Brazil. The themes related to donation that emerged from the speeches of these donors were: human milk bank: place of welcoming and learning; to donate breast milk: it takes work and requires commitment and being a donor is sharing what you have and helping those in need. Conclusion: the donation of human milk was related to the feeling of pride and sharing, with the family having an important role in this process. In addition, it was observed the importance of the welcoming and support received at the milk bank as a way to strengthen the bond between donor and institution and encourage such practice.


Subject(s)
Humans , Female , Gift Giving , Hospitals, University , Milk, Human , Breast Feeding , Lactation , Family , Child , Milk Banks , User Embracement
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL