Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 16 de 16
Filter
1.
Rev. enferm. UERJ ; 29: e56113, jan.-dez. 2021.
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1224567

ABSTRACT

Objetivo: descrever a escolha do parto domiciliar planejado acompanhado por enfermeira obstétrica em um centro urbano de grande porte, na perspectiva de mulheres brasileiras. Métodos: estudo qualitativo guiado pela Grounded Theory. Foram entrevistadas dez mulheres com idade entre 20 e 41 anos que tiveram parto domiciliar planejado acompanhadas por enfermeiras obstétricas. As participantes foram recrutadas por meio de rede social, acessando um grupo de mulheres que escreveram sobre seu parto domiciliar. Resultados: Emergiram duas categorias: Não vendo possibilidade de parir naturalmente no ambiente hospitalar e Pensando na segurança do parto domiciliar planejado. O hospital representou vários aspectos desfavoráveis como intervenções desnecessárias e solidão. As mulheres consideravam o lar um lugar seguro para parir, conectado aos cuidados de enfermeiras obstétricas. Conclusão: há mulheres que não desejam parir no hospital, preferindo parir em casa e do ponto de vista dos direitos humanos e dos cuidados desmedicalizados, as enfermeiras obstétricas devem apoiar as mulheres nessa sua decisão.


Objective: to describe the choice of planned homebirth attended by a nurse midwife in a large urban centre, from the perspective of Brazilian women. Methods: in this Grounded Theory study, ten women aged 20 to 41 years, who had a planned homebirth accompanied by a nurse midwife, were interviewed. Participants were recruited through a social network by accessing a group of women who wrote about their homebirth. Results: two categories emerged: seeing no possibility of giving birth naturally in the hospital environment; and thinking about the safety of a planned homebirth. Hospital represented several unfavourable aspects, such as unnecessary interventions and loneliness. Women thought of home as a safe place to give birth, connected with nurse midwife care. Conclusion: there are women who do not wish to give birth in hospital, but prefer to give birth at home and, from the point of view of human rights and de-medicalized care, nurse midwives should support women in their decision.


Objetivo: describir la elección del parto domiciliario planificado con enfermera obstétrica en un gran centro urbano, desde la perspectiva de mujeres brasileñas. Métodos: estudio cualitativo guiado por la Grounded Theory. Se entrevistó a diez mujeres entre 20 y 41 años que tuvieron parto domiciliario planificado, siendo acompañadas de enfermeras obstétricas. Las participantes fueron reclutadas a través de red social, accediendo a un grupo de mujeres que escribieron sobre su parto en domicilio. Resultados: surgieron dos categorías: las que no veían posibilidad de dar a luz naturalmente en el hospital y las que pensaron en la seguridad del parto domiciliario planificado. El hospital representó varios aspectos desfavorables como intervenciones innecesarias y soledad. Las mujeres consideraban que el hogar era un ambiente seguro para dar a luz, vinculado al cuidado de enfermeras obstétricas. Conclusión: hay mujeres que no desean dar a luz en el hospital, prefieren hacerlo en casa y, desde el punto de vista de los derechos humanos y de los cuidados sin la intervención de un médico, las enfermeras obstétricas deben apoyarlas en esa decisión.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Adult , Home Childbirth/nursing , Natural Childbirth/nursing , Nurse Midwives , Pregnant Women/psychology , Patient Safety , Home Childbirth/psychology , Natural Childbirth/psychology
2.
Rev. gaúch. enferm ; 42: e20200262, 2021. graf
Article in English | LILACS, BDENF | ID: biblio-1347560

ABSTRACT

ABSTRACT Objective To understand the childbirth experience of women assisted in a maternity hospital signatory of the Adequate Childbirth Project. Methodology Mixed study, carried out in 2018. Applied the Free Word Association Test in 62 pregnant women and then conducted an open interview with 18 of them, then puerperal women, and, for analysis, the Central Nucleus Theory, Word Cloud, and thematic Categories, respectively. Results The predominant words revealed in the quantitative stage were: pain, wonderful, recovery, anxiety, and desires. The qualitative analysis is presented by thematic categories "Women's insecurities in the PPA model" and "New perspectives from experience in the PPA model". Conclusions The women's experiences demonstrated that the model favored the remodeling of childbirth care. However, they still experience pain, dissatisfaction, and lack of autonomy. The impossibility of choosing a trusted professional was a source of insecurity, and nurses had no voice in decisions and actions in care.


RESUMEN Objetivo Comprender la experiencia de parto de mujeres asistidas en una maternidad signataria del Proyecto Parto Adecuado. Metodología Estudio mixto, realizado en 2018. La prueba de asociación libre de palabras se aplicó a 62 mujeres embarazadas y después se realizó una entrevista abierta con 18 de ellas, en ese momento ya puérperas y, para el análisis, la Teoría del Núcleo Central, la Nube de palabras y las Categorías Temáticas, respectivamente. Resultados Las palabras predominantes reveladas en la etapa cuantitativa fueron: dolor, maravilloso, recuperación, ansiedad y deseos. El análisis cualitativo se presenta por las categorías temáticas "Inseguridades de las mujeres en el modelo PPA" y "Nuevas perspectivas desde la experiencia en el modelo PPA". Conclusiones Las experiencias de las mujeres mostraron que el modelo favoreció la remodelación de la atención del parto. Sin embargo, todavía experimentan dolor, insatisfacción y falta de autonomía. La imposibilidad de elegir un profesional de confianza era una fuente de inseguridad, y las enfermeras no tenían voz en las decisiones y acciones en la atención.


RESUMO Objetivo Compreender a experiência de parto de mulheres assistidas em maternidade signatária do Projeto Parto Adequado. Metodologia Estudo misto, realizado em 2018. Aplicado o Teste de Associação Livre de Palavras em 62 gestantes e depois realizado entrevista aberta com 18 delas, então puérperas, e, para análise a Teoria do Núcleo Central, Nuvem de Palavras e Categorias temáticas, respectivamente. Resultados As palavras de predomínio reveladas na etapa quantitativa foram: dor, maravilhoso, recuperação, ansiedade e desejos. A análise qualitativa está apresentada pelas categorias temáticas "Inseguranças da mulher no modelo PPA" e "Novas perspectivas a partir da experiência no modelo PPA". Conclusões As experiências das mulheres demonstraram que o modelo favoreceu a remodelagem da atenção ao parto. Entretanto, elas ainda vivenciam dor, insatisfação e falta de autonomia. A impossibilidade de escolha do profissional de confiança foi um gerador de insegurança, e as enfermeiras não tiveram voz nas decisões e ações no cuidado.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Humanizing Delivery , Hospitals, Maternity , Natural Childbirth/psychology , Obstetric Nursing
3.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e43354, jan.-dez. 2019.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1052551

ABSTRACT

Objetivo: analisar, a partir da experiência de primíparas, a relação entre a assistência recebida durante o parto normal e o pósparto imediato e seus reflexos na amamentação. Método: qualitativo, descritivo, aprovado pelo Comitê de Ética, realizado em um Centro de Parto Normal, do polo Petrolina-Juazeiro, em 2018. Participaram 17 primíparas, através de entrevista semiestruturada, sendo os dados submetidos a análise temática de conteúdo. Resultados: a amamentação ocorreu positivamente, pois esse lócus é apropriado para essa prática, favorecendo-a de maneira natural. O apoio e a compreensão são primordiais e devem superar uma assistência focada apenas em informações rápidas, técnicas e generalizadas. Conclusão: os anseios e particularidades de cada puérpera precisam ser respeitados e atendidos, valorizando o investimento em políticas de saúde que enfatizem o cuidado humanizado para cada mulher. Logo, a educação em saúde precisa estabelecer reflexão, discussão e aprendizado nesse processo que transcende o biológico.


Objective: to analyze the relationship between the care received during normal delivery and the immediate postpartum and its effects on breastfeeding, from the experience of primiparous women. Method: qualitative and descriptive study, approved by the Ethics Committee, held in a Normal Birth Center in Petrolina-Juazeiro Center, Brazil, in 2018. Seventeen primiparous women participated through semi-structured interviews, treated by thematic content analysis. Results: breastfeeding occurred positively, as this locus is appropriate for this practice, favoring it naturally. Supporting and understanding are primordial and should go beyond assistance focused only on quick, technical and generalized information. Conclusion: the wishes and particularities of each postpartum woman need to be respected and met, valuing the increment in health policies that emphasize humanized care for each woman. Therefore, health education needs to establish reflection, discussion and learning in this process that transcends the biological.


Objetivo: analizar la relación entre la atención recibida durante el parto normal y el posparto inmediato y sus efectos sobre la lactancia materna, a partir de la experiencia de las mujeres primíparas. Método: estudio cualitativo y descriptivo, aprobado por el Comité de Ética, realizado en un Centro de Parto Normal en el Centro Petrolina-Juazeiro, Brasil, en 2018. Diecisiete mujeres primíparas participaron a través de entrevistas semiestructuradas, tratadas por análisis de contenido temático. Resultados: la lactancia materna ocurrió positivamente, ya que este lugar es apropiado para esta práctica, favoreciéndolo naturalmente. El apoyo y la comprensión son primordiales y deben ir más allá de la asistencia centrada solo en información rápida, técnica y generalizada. Conclusión: los deseos y particularidades de cada mujer posparto deben ser respetados y cumplidos, valorando el incremento en las políticas de salud que enfatizan la atención humanizada para cada mujer. Por lo tanto, la educación sanitaria necesita establecer reflexión, discusión y aprendizaje en este proceso que trasciende lo biológico.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Breast Feeding , Parturition , Postpartum Period/psychology , Natural Childbirth/nursing , Natural Childbirth/psychology , Nursing Care , Breast Feeding/psychology , Humanizing Delivery
4.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 9(3): 717-726, jul.-set. 2017. tab
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-869946

ABSTRACT

Objective: To understand the factors that influence the process of choosing the type of delivery, from the perception of mothers. Methods: This is a qualitative and descriptive research, held at the Women’s Hospital Midwife Maria Correia, Mossoró/RN. A total of 14 mothers were interviewed. Data were analyzed according to the Collective Subject Discourse technique. The study was submitted to the Ethics Committee in Research of Universidade Potiguar approved under the number CAAE: 38520214.0.0000.5296. Results: Women’s desire a birth delivery without complications and fast recovery. The influences of the “fear of pain” and individual experiences and other women for choosing the type of delivery are significant. Conclusion: We emphasize the importance of access to prenatal quality actions that provide safe choices, clarifying doubts and future mother’s wishes, reassuringly for delivery.


Objetivo: Comprender, a partir de la percepción de las madres, los factores que influyen en la elección del tipo de parto. Métodos: Se trata de una investigación cualitativa y descriptiva, que tuvo lugar en el Hospital de la Mujer de la partera María Correia, em Mossoró/RN. Fueron entrevistadas 14 madres. Los datos fueron analizados de acuerdo a la técnica del Discurso del Sujeto Colectivo. El estudio fue presentado al Comité de Ética en Investigación de la Universidad Potiguar con número de autorización CAAE: 38520214.0.0000.5296. Resultados: Las mujeres apuntan al deseo de un nacimiento sin complicaciones y una recuperación rápida. Las influencias del “miedo al dolor” y las experiencias individuales y otras mujeres para elegir el tipo de parto son significativos. Conclusión: Destacamos la importancia del acceso a las acciones de calidad prenatales que proporcionan opciones seguras, aclarar dudas y deseos futuros de la madre, de modo tranquilizador para la entrega.


Objetivo: Compreender, a partir da percepção das puérperas, os fatores que influenciam na escolha ao tipo de parto. Métodos: Trata-se de uma pesquisa do tipo qualitativo e descritivo, realizado no Hospital da Mulher Parteira Maria Correia, município de Mossoró/RN. Foram entrevistadas 14 parturientes. Os dados foram analisados de acordo com a Técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. A pesquisa foi submetida ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Potiguar, aprovado, sob o número do CAAE: 38520214.0.0000.5296. Resultados: As puérperas apontam o desejo de um parto sem intercorrências e com recuperação rápida. São significativas as influências do “medo da dor” e das experiências individuais e de outras mulheres para a escolha da via de parto. Conclusão: Ressalta-se a relevância do acesso ao pré-natal de qualidade, com ações que proporcionem escolhas seguras, esclarecendo dúvidas e anseios da futura mãe, tranquilizando-a para o momento do parto.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Adolescent , Young Adult , Adult , Prenatal Care/psychology , Natural Childbirth/methods , Natural Childbirth/psychology , Parturition/psychology , Postpartum Period , Labor, Obstetric , Brazil
5.
Belo Horizonte; s.n; 2016. 89 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-870164

ABSTRACT

A trajetória das mulheres na rede de saúde pode dizer muito sobre o que as motivam a procurar determinados serviços e o que esperam de cuidado. O Brasil enfrenta desafios em relação à assistência obstétrica, em razão da elevada quantidade de cirurgias cesarianas, de mortalidade neonatal e materna e de intervenções desnecessárias no parto e no nascimento.Tais fatos levam à necessidade de entender o trajeto das mulheres na rede de saúde e o que as fazem peregrinar, quais as motivações para que procurem determinados serviços de saúde e como tem sido a assistência nesses locais. O incentivo e a criação de novas estruturas assistenciais, como Centros de Parto Normal e qualificação dos profissionais de saúde, são estratégias para uma mudança do modelo de atenção obstétrica no país. Trata-se de estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado no Centro de Parto Normal (CPN) peri hospitalar,cujo objetivo foi conhecer a trajetória de mulheres assistidas em uma Casa de Parto e sua relação com as escolhas terapêuticas no parto e nascimento. Foram entrevistadas28 mulheres no período de maio a julho de 2014. Como referencial metodológico para a análise de dados, utilizou-se a análise temática de conteúdo. O conceito de sistema de cuidados de saúde elaborado por Arthur Kleinman e a abordagem dos itinerários terapêuticos foram utilizados como referencial teórico. Como resultados deste estudo, percebeu-se a influência das convicções pessoais, da família, da sociedade e da comunidade na construção da trajetória das mulheres para o parto. Foram demonstradas as (res)significações das mulheres em relação ao momento do parto. As mulheres retrataram as dificuldades na rede de saúde para conseguir exames e atendimento de acordo com o cuidado que desejavam...


Women’s trajectory in the health network can give us much information about what motivates women to search specifics services and what do they expect from care. Brazil faces challenges related to obstetric assistance due to the increased quantity of cesarean surgery, neonatal and maternal mortality, unnecessary intervention during parturition and birth. Such facts expose the need to know the trajectories of women in the heath network and what make them peregrinate, what are the motivations for them to search for specifics health services and how have assistance in those places been. The incentive to the creation of new assistance structures, such as Normal Parturition Centers and health professional’s qualification are strategies to change of the model of obstetric assistance in Brazil. This is a descriptive study,of qualitative approach, accomplished at a Normal Birth Center (CPN, in Portuguese) birth center, which objective is to know the trajectory of women assisted in a birth center and its relation to therapeutics choices in parturition and birth. Twenty-eight women were interviewed between May to July, 2014. As a methodologic referential for data analysis, it was used thematic analysis of content. The concept of health care system described by Arthur Kleinman and therapeutic itinerary approach were used as a theoretical...


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Birthing Centers , Pregnant Women/psychology , Humanizing Delivery , Natural Childbirth/psychology , Anthropology, Cultural , Qualitative Research , Social Values
6.
Rev. gaúch. enferm ; 36(spe): 143-151, 2015.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: lil-778456

ABSTRACT

RESUMO Objetivo Conhecer as vivências de mulheres primíparas em relação às práticas de cuidado prestadas por profissionais de enfermagem no parto normal. Método Estudo qualitativo, descritivo, realizado com dez mulheres primíparas, em uma maternidade no interior do Rio Grande do Sul, entre fevereiro e abril de 2014, por meio de entrevista individual semiestruturada. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo temática pela proposta operativa. Resultados Os dados foram agrupados nas categorias: O medo de não conseguir e o incentivo da equipe de enfermagem; A vivência da dor no parto normal; Apoio versus distanciamento; Vivência boa ou ruim no parto? “No final tudo compensa!”. Conclusões O cuidado prestado se reflete na vivência e na forma como a mulher enfrenta os eventos que permeiam o processo parturitivo.


RESUMEN Objetivo conocer las experiencias de mujeres primerizas con respecto a las prácticas de atención prestados por los profesionales de enfermería en el parto normal. Método cualitativo, estudio descriptivo, llevado a cabo con diez mujeres primerizas, en una maternidad en el interior de Rio Grande do Sul, entre febrero y abril de 2014, a través de entrevistas semiestructuradas individuales. Los datos fueron analizados por análisis de contenido temático sobre la propuesta operativa. Resultados los datos se agruparon en categorías: El miedo al fracaso y el aliento del equipo de enfermería; La experiencia del dolor en el parto normal; Apoyo contra el distanciamiento; ¿Buena o mala experiencia en el parto? “Al final vale la pena”. Conclusiones la atención recibida refleja la experiencia y la forma en que las mujeres se enfrentan a acontecimientos que permean el proceso parturitivo.


ABSTRACT Objective to know the experiences of primiparous women regarding the care practices provided by nursing professionals during natural childbirth. Method a qualitative, descriptive study, conducted with ten primiparous mothers at a maternity hospital in the interior of Rio Grande do Sul, between February and April 2014, based on individual semi-structured interviews. The data were submitted to thematic content analysis according to the operative proposal. Results the data were grouped into the following categories: The fear of not being able to give birth naturally and the encouragement of the nursing staff; The experience of pain in natural childbirth; Support versus distance; Good or bad childbirth experience? “It was worth it in the end!” Conclusions the provided care has a direct impact on the experience and how the women cope with the process of childbirth.


Subject(s)
Adolescent , Adult , Female , Humans , Infant, Newborn , Pregnancy , Young Adult , Mother-Child Relations , Natural Childbirth/psychology , Object Attachment , Parity
7.
Rev. bras. enferm ; 67(2): 282-289, Mar-Apr/2014.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: lil-710142

ABSTRACT

Realizou-se uma pesquisa descritiva, de natureza qualitativa, com o objetivo de conhecer as representações sociais do parto normal e da cesárea de mulheres que os vivenciaram. Foram realizadas entrevistadas episódicas entre julho a outubro de 2010, com mulheres que vivenciaram ambas as vias de parto, totalizando vinte participantes, com saturação teórica durante a coleta e análise de conteúdo. Os resultados revelam, na vivência da maternidade, representações como: a busca de informações; o vivenciar da parturição sozinha versus acompanhada; e a mulher não tem opção de escolha. O parto normal engloba temas centrais como: ambivalência de sentimentos; percepção positiva e hospitalização. A cesárea está relacionada com ambivalência de sentimentos, a solução de um problema e a preferência pela cesárea. O parto normal é um desafio para as mulheres; porém, os sentimentos positivos superam as dificuldades, enquanto que a cesárea está associada aos benefícios físicos de sua realização.


Aiming to understand the social representations of natural childbirth and caesarean section for women who experienced them, it was developed a descriptive, qualitative research. Interviews were conducted from July to October 2010, with twenty women who experienced both types of birth. The number of participants was determined by theoretical saturation during data collection and content analysis. The results showed, during the experience of motherhood: the search for information, the experience of childbirth alone versus support at birth; and that the woman has no option of choice on type of birth. Natural childbirth includes important issues such as: the ambivalence of feelings, positive perception and hospitalization. Cesarean section is associated with ambivalence of feelings, understood as a solution of a problem and the preference for cesarean section. The natural childbirth is a challenge for women, but the positive feelings outweigh the difficulties, while the cesarean section is associated to the physical benefits of its execution.


Con el objetivo de conocer las representaciones sociales del parto vaginal y de la cesárea de las mujeres que los experimentaron, se llevo a cabo un estudio descriptivo, de carácter cualitativo. Se hicieron entrevistas episódicas entre julio y octubre de 2010, con veinte mujeres que experimentaron ambas formas de parto. El número de participantes fue determinado por la saturación teórica en la recolección de datos y el análisis de contenido. En la experiencia de la maternidad, los resultados revelan representaciones como: la búsqueda de información; la experiencia de dar a luz sola en contraposición a estar acompañada; y la mujer no tiene opción de escoger. El parto vaginal incluye temas centrales como: la ambivalencia de los sentimientos, la percepción positiva y la hospitalización. La cesárea se asocia con la ambivalencia de sentimientos, la solución de un problema y la preferencia por la cesárea. El parto vaginal es un desafío para las mujeres; sin embargo, los sentimientos positivos superan las dificultades, mientras que la cesárea se asocia con los beneficios físicos de su realización.


Subject(s)
Adult , Female , Humans , Middle Aged , Pregnancy , Young Adult , Attitude to Health , Cesarean Section/psychology , Natural Childbirth/psychology , Social Perception
8.
Belo Horizonte; s.n; 2013. 152 p. ilus, mapas, graf.
Thesis in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: lil-713482

ABSTRACT

Trata-se de um estudo que aborda as formas de pensar, sentir e agir de mulheres com uma cesárea em gestação anterior sobre o parto normal. Considerando as expressivas taxas de cesárea, seu recrudescimento em todo o Mundo, e a importância das indicações de cesárea por causa de cesárea anterior na manutenção dessas taxas, a proposta deste estudo foi construída tendo as seguintes tensões: de um lado a força da crença “uma vez cesárea, sempre cesárea” no conjunto social, seu vigor simbólico mantido pela falta de informação; a determinação das experiências de gestações prévias no modo como as mulheres irão lidar em futuras gravidezes, e por outro lado, a possibilidade de se ter um parto normal após uma cesárea, conforme as evidências científicas apontam, com benefícios para mãe e filho. Tudo isso configura uma investigação que se insere em um contexto de desafios. O objetivo é compreender as representações sociais de mulheres com uma cesárea em gestação anterior sobre o parto normal. Utilizou-se a abordagem qualitativa com orientação teórica da Teoria das Representações Sociais na perspectiva proposta por Serge Moscovici, realizado em duas maternidades, que prestam atendimento exclusivo ao Sistema Único de Saúde, no município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Participaram 31 puérperas que tiveram partos normais como via de parto atual e que, em uma experiência anterior, tiveram cesárea, que atenderam aos critérios de inclusão da pesquisa. Os dados foram obtidos, durante o período de 09/03/2012 e 27/04/2012, por meio de entrevista aberta. Os relatos foram analisados segundo a técnica de análise de conteúdo temática proposta por Bardin. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética de Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais e das instituições em que o estudo foi realizado. O termo de consentimento livre esclarecido foi assinado por todas as participantes. Foram identificadas duas categorias empíricas: a) a presença do “estranho”...


This study addresses the ways of thinking, feeling and acting of women with a previous cesarean over a vaginal delivery. Considering the expressive cesarean rates, its recrudescence worldwide and the importance of cesarean indications because of a previous cesarean in the keeping of these rates, the proposal of this study was built having the following tensions: on the one hand the strength of the belief that “oncecesarean, always cesarean” in the social set, its symbolic vigor , kept by lack of information; the determination of previous pregnancies in the way women are going to deal with future pregnancies and, on the other hand, the possibility of having a vaginal delivery after a cesarean, as scientific evidences point out, with benefits for both mother and infant, setting an investigation that is inserted in a context of challenges. The objective is to understand the social representation of women with a previous cesarean over a vaginal delivery. It was employed a qualitative approach with a theoretical orientation of the Theory of Social Representations in the perspective proposed by Serge Moscovici, carried out in two maternity hospitals, which render exclusive service to the National Health System, in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. In this study thirty one puerperal women who had vaginal delivery as a via of present delivery that, in a previous experience, had cesarean delivery and who accomplished the requirements for the criteria of inclusion in the research, took part. The data were collected between 09/03/2012 and 27/04/2012, through open interview. The reports were analyzed in accordance with the analyses technique of thematic content proposed by Bardin. The research was approved by the Ethics Research Committee of the Federal University ofMinas Gerais and by the institutions where the study was carried out. The informed consent form was signed by all participants. Two empirical categories were identified: a) The presence...


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Culture , Vaginal Birth after Cesarean/psychology , Natural Childbirth/psychology , Labor, Obstetric/ethnology , History of Medicine , Qualitative Research , Unified Health System
9.
Aletheia ; (37): 212-227, abr. 2012. ilus
Article in Portuguese | LILACS, INDEXPSI | ID: lil-692504

ABSTRACT

O presente estudo objetivou conhecer as percepções, as expectativas e os conhecimentos de puérperas em relação à experiência do parto normal, assim como os procedimentos utilizados pelos profissionais da saúde para a humanização do parto. Foram entrevistadas 31 puérperas que passaram pela parturição normal, na maternidade de um Hospital Público do município de Franca. Foi aplicado ainda um questionário a 20 profissionais de saúde que atuavam no centro obstétrico da referida maternidade. O método de análise dos dados seguiu as diretrizes da Análise do Discurso. A experiência da parturição foi percebida pela maioria das mulheres como extremamente dolorosa e sofrida, compensada, no entanto, pela atenção, apoio e carinho recebidos de alguns profissionais e acompanhantes, que contribuíram para uma visão satisfatória do parto normal. Entre os profissionais evidenciou-se dificuldade em conceituar sobre a temática da humanização do parto. Constatou-se a importância de enfocar, sobretudo o aspecto relacional, base para uma verdadeira prática humanizada


This study investigated the perceptions, expectations and knowledge of puerperal in regarding the experience of natural childbirth, as well as the procedures used by health professionals for the humanizing delivery. We interviewed 31 puerperal who gave birth by vaginal delivery in a public hospital in Franca. A questionnaire was also applied to 20 health professionals who worked in the obstetric ward of that hospital. The method of data analysis followed the guidelines of Analysis of Discourse. The experience of childbirth was perceived by most women as extremely painful and distressful, offset, however, by the attention, support and affection received from some professionals and caregivers who contributed to a satisfactory view of natural childbirth. Among the professionals was evident the difficulty in conceptualizing about humanizing delivery. It was noted the importance of focus, especially the relational aspect, basis for a truly humane practice


El presente estudio objetivó conocer las percepciones, expectativas y conocimientos de puérperas em relación a la experiencia del parto normal así como los procedimientos utilizados por los profesionales de salud para la humanización del parto. Fueron entrevistadas 31 puérperas que pasaron por la parturición normal en la maternidad de um hospital publico del município de Franca, SP. Asimismo fue aplicado un cuestionario a 20 profesionales de salud que actuaban em el centro obstectrico de la referida maternidad. El método de análisis de datos siguió las directrizes del analisis de discurso. La experiencia de parturición fue percebida por la mayoria de las mujeres como extremamente dolorosa y sufrida, compensada, sin embargo, por la atención, apoyo y cariño recebidos por algunos profesionales y acompañantes que contribuyeron para una visión satisfactória del parto normal. Entre los profesionales se evidenció dificultad em conceptuar la temática de la humanización del parto. Fue constatada la importancia de enfocar sobretodo el aspecto relacional para una verdadera practica humanizada


Subject(s)
Humans , Female , Adolescent , Humanizing Delivery , Health Promotion , Natural Childbirth/psychology , Brazil
10.
Interaçao psicol ; 13(1): 13-23, jan.-jun. 2009. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-542462

ABSTRACT

O estudo investigou a preferência pelo tipo de parto em 40 gestantes primigestas por meio de uma entrevista semiestruturada. A maioria das gestantes (75 por cento) relatou preferir o parto normal, principalmente porque acreditam ter uma rápida recuperação e ser melhor para elas e/ou bebês. 15 por cento das gestantes preferiram a cirurgia cesariana porque consideram ser um parto sem dor e essas preferências, em geral, foram influenciadas por amigas. A maioria das gestantes afirmou que diante do parto temem: sentir dor/sofrer, acontecer algo com elas e/ou bebês, a situação desconhecida ou avaliada como negativa e a presença de pessoas de confiança, como o marido, a mãe ou o médico, poderia amenizar esse temor. Esses resultados reforçam as contribuições de profissionais da saúde, como os psicólogos, no atendimento das necessidades psicossociais de gestantes diante do parto e do nascimento.


Subject(s)
Humans , Female , Adolescent , Adult , Cesarean Section/psychology , Pregnancy/psychology , Natural Childbirth/psychology
11.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 13(1): 140-144, jan.-mar. 2009. tab
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: lil-516542

ABSTRACT

O objetivo deste estudo foi analisar a associação entre a analgesia epidural e a laceração perineal em mulheres submetidas ao parto vaginal. Foi realizado um estudo descritivo e transversal, para o qual foram pesquisados 109 prontuários de mulheres assistidas durante o processo de parturição, em uma maternidade em Ribeirão Preto. Os dados foram coletados nos meses de março e abril de 2003. Para analisar a correlação entre as variáveis foi aplicado o teste qui-quadrado. Foi realizado parto normalem 91,7% (100) das parturientes e fórceps em 8,2% (9). Na análise dos dados, 74,3% da amostra receberam analgesia epidural; destas, 26,5% tiveram algum grau de laceração perineal e 9,1%, períneo íntegro, não sendo possível verificar a associação entre as variáveis mencionadas. Não foi verificada, neste estudo, significância estatística para afirmar que as condiçõesdo períneo após o parto vaginal e a utilização da analgesia epidural estão associadas (valor x²4GL= 3,1).


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Analgesia, Epidural/nursing , Natural Childbirth/psychology , Perineum/injuries , Women's Health , Labor, Obstetric/psychology
12.
Belo Horizonte; s.n; 2009. 124 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1037074

ABSTRACT

Trata-se de um estudo de caso, de natureza qualitativa fundamentado nos pressupostos da Sociologia Compreensiva de Michel Maffesoli, com o objetivo de compreender a vivência paterna do momento do parto e nascimento. O cenário da pesquisa foi o Centro de Parto Normal Dr David Capistrano (CPN) Unidade intra-hospitalar ao Hospital Sofia Feldman (HSF) pertencente à Fundação de Assistencial Integral à Saúde/Hospital Sofia Feldman (FAIS/HSF), instituição não-governamental, filantrópica, voltada à saúde da mulher e do recém-nascido. Os sujeitos da pesquisa são quatorze pais que acompanharam o trabalho de parto e parto de suas mulheres no CPN, sendo o primeiro filho do casal e ambos sem filhos de relacionamentos anteriores. A coleta de dados foi realizada por meio de um roteiro semi-estruturado. Para o tratamento e a análise dos dados, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo segundo Bardin (2004) e Minayo (2008). Da análise, surgiram três categorias empíricas: 1. Nasce um filho, nasce um pai, 2. O apoio paterno durante o nascimento, 3. A naturalidade do nascer. A primeira categoria trata de dois aspectos vividos pelo pai durante o trabalho de parto: o primeiro é sua percepção do processo da dor do parto com significados como o sofrimento enquanto algo necessário para o nascimento e que ele pôde viver com a companheira, valorizando-a em sua capacidade de superação; o segundo marca os sentimentos contraditórios vivenciados pelo pai, no momento do nascimento do filho, frente ao medo do desconhecido, do inesperado; das responsabilidades inerentes a seu novo papel e as emoções que esse momento desencadeia. A segunda categoria revela o apoio emocional, físico e psicológico do homem a sua companheira, ressaltando suas ações, atitudes e comportamentos. A terceira categoria dá ênfase aos significados atribuídos pelo pai ao parto natural, descrevendo o fenômeno fisiológico do nascimento com seu olhar de homem, participante ativo e experimentador desse processo...


Subject(s)
Humans , Fathers/psychology , Humanizing Delivery , Natural Childbirth/psychology , Father-Child Relations , Surveys and Questionnaires , Paternity , Qualitative Research
13.
Rev. eletrônica enferm ; 10(2): 337-346, abr.-jun. 2008. ilus
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: lil-717861

ABSTRACT

O fenômeno do parto existe desde o surgimento da humanidade e representa a finalização do processo pelo qual se garante a perpetuação da espécie. Este estudo objetiva conhecer elementos da representação social acerca do parto na perspectiva de mulheres que vivenciaram partos normal e cirúrgico. Trata-se de uma pesquisa de campo, qualitativa e descritiva, a qual utiliza a Teoria das Representações Sociais como referencial teórico-metodológico. Os dados foram obtidos a partir de entrevista aberta em profundidade com secundíparas atendidas em maternidade pública municipal localizada em Goiânia entre julho e agosto de 2006. A análise se deu pelo software ALCESTE 4.5. Emergiram dois eixos e cinco classes. O que se apreende quanto aos elementos importantes representacionais do parto é sua estruturação em três pilares, um relacionado aos elementos negativos, outro a parte positiva, e o último constituído por aspectos ligados à sua institucionalização. O parto continua sendo visto como uma experiência esperada, única e relevante na vida das mulheres, apesar da manifestação da dor, e a hospitalização buscada como segurança para o processo da parturição.


The delivery phenomenon has existed since the arisal of humankind and it represents the process finalling through which species perpetuation is guaranteed. This study aims at knowing the elements of social representation concerning the delivery under the perspectives of women living both natural delivery and caesarian section. This is a descriptive qualitative field research using the Social Representations Theory as a theoretical methodological referential. Data was collected using open interviews in deep with second-time mothers cared in public maternity in Goiânia from July to august in 2006. The analysis was carried out through ALCESTE 4.5 software. Two thematic axes and five classes have emerged. What is considered as the fundamental elements representing childbirth is its framework divided into three stakes, the first one related to the negative part, the second one related to the positive part, and the third one being constituted of aspects related to its institutionalization. Childbirth is still seen as an expected experience, unique and relevant to women's lives, in spite of pain manifestation, and the hospitalization pursued for safety purposes in the delivery process.


El fenómeno del parto existe desde el surgimiento de la humanidad y representa la finalización del proceso por el cual se garantiza la perpetuación de la especie. El estudio tiene como objetivo conocer elementos de la representación social al respecto del parto en la perspectiva de mujeres que pasaron partos, normal y quirúrgico. Se trata de una pesquisa de campo, de calidad y descriptiva, la cual utiliza la Teoría de las Representaciones Sociales como referencial teórico-metodológico. Los datos fueron obtenidos a partir de entrevista abierta en profundidad con segundíparas cuidado en la maternidad pública municipal ubicada en Goiania, en julio y agosto de 2006; el análisis se dio por el software ALCESTE 4.5. Emergieron dos ejes y cinco clases. Lo que se aprende cuanto a los elementos importantes representativos del parto es su estructuración en tres pilares, uno relaciondo a los elementos negativos, otro a la parte positiva y el último constituído por aspectos ligados a su institucionalización. El parto continua siendo visto como una experiencia esperada, única e relevante en la vida de las mujeres, a pesar de la manifestación del dolor, y la hospitalización buscada como seguridad para el proceso del parto.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Adult , Natural Childbirth/psychology , Delivery, Obstetric/psychology , Psychology, Social
14.
Rev. gaúch. enferm ; 12(1): 15-9, jan. 1991. ilus
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: lil-114989

ABSTRACT

Foi estudada uma amostra de 45 mäes que tiveram parto normal e realizaram "Curso de preparaçäo ao parto" no serviço de Enfermagem de Saúde Pública do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O estudo tem como objetivo conhecer a opniäo de mäes quanto à contribuiçäo do Curso no desempenho do parto.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Patient Education as Topic , Natural Childbirth/psychology , Brazil
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL