Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 273
Filter
1.
Pesqui. vet. bras ; 42: e06958, 2022. tab, ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1487702

ABSTRACT

Bovine mastitis is the most common disease in dairy cattle and responsible for economic losses in the milk industry. The present study aimed to identify the main species and to evaluate the antimicrobial susceptibility of bacterial isolates from cow herds with mastitis in dairy farms from southern Brazil. A total of 107 milk samples were collected from different cow herds in one important dairy producing region in southern Brazil, including farms located in ten cities from the Northeast region in the Rio Grande do Sul state. Bacterial strains were isolated and submitted to presumptive identification by classical bacteriological methods. Bacterial species were also identified by MALDI-TOF MS and antimicrobial susceptibility testing was performed with 12 antimicrobials commonly used in dairy farms. Fifty-one bacterial strains were isolated and the presumptive identification demonstrated the occurrence of Staphylococcus spp. (82.3%), Bacillus spp. (3.9%), Klebsiella spp. (3.9%), Streptococcus spp. (3.9%), Corynebacterium sp. (2%), Enterococcus sp. (2%) and Serratia sp. (2%). Forty-one isolates were successfully identified in the MALDI-TOF analysis, including 35 isolates from eleven different bacterial species. Importantly, there were eight different Staphylococcus species, with a high frequency of Staphylococcus chromogenes (48.6%) and Staphylococcus aureus (20%). Overall, bacterial isolates demonstrated resistance to penicillin (46.3%), tetracycline (39%), amoxicillin (36.6%), ampicillin (34.1%) and sulfamethoxazole/trimethoprim (31.7%). Enrofloxacin was the unique antimicrobial that all isolates were susceptible. In addition, there were six multidrug resistant isolates (five S. chromogenes and one S. aureus). This study highlights that bacterial pathogens with resistance to several antimicrobials were identified in cows from dairy farms in a very important milk producing region located in southern Brazil. Microbial identification of the bovine mastitis pathogens and determination of the antimicrobial profile is necessary for the rational use of the medicines.


A mastite bovina é a doença mais comum em gado leiteiro e responsável por perdas econômicas na indústria de laticínios. O presente estudo teve como objetivo identificar as principais espécies e avaliar a suscetibilidade antimicrobiana de isolados bacterianos de rebanhos bovinos com mastite em fazendas leiteiras no sul do Brasil. Um total de 107 amostras de leite foram coletadas em diferentes rebanhos bovinos em uma importante região produtora de leite do sul do Brasil, incluindo fazendas localizadas em 10 cidades da região Nordeste do estado do Rio Grande do Sul. As cepas bacterianas foram isoladas e submetidas à identificação presuntiva por métodos bacteriológicos clássicos. A identificação bacteriana foi confirmada por MALDI-TOF MS e o teste de sensibilidade antimicrobiana foi realizado com antimicrobianos comumente usados em fazendas leiteiras. Cinquenta e uma cepas bacterianas foram isoladas e a identificação presuntiva demonstrou a ocorrência de Staphylococcus spp. (82,3%), Bacillus spp. (3,9%), Klebsiella spp. (3,9%), Streptococcus spp. (3,9%), Corynebacterium sp. (2%), Enterococcus sp. (2%) e Serratia sp. (2%). Os 41 isolados foram identificados com sucesso na análise MALDI-TOF, incluindo 35 isolados de onze espécies bacterianas diferentes. É importante ressaltar que houve a ocorrência de oito espécies diferentes de Staphylococcus, com alta frequência de Staphylococcus chromogenes (48,6%) e Staphylococcus aureus (20%). No geral, os isolados bacterianos tiveram alta resistência à penicilina (46,3%), tetraciclina (39%), amoxicilina (36,6%), ampicilina (34,1%) e sulfametoxazol/trimetoprima (31,7%). A enrofloxacina foi o único antimicrobiano que todos os isolados foram suscetíveis. Além disso, havia seis isolados multirresistentes (cinco S. chromogenes e um S. aureus). Este estudo destaca que os patógenos bacterianos com resistência aos antimicrobianos estão presentes em fazendas leiteiras de subsistência em uma importante região produtora no sul do Brasil. É necessário o monitoramento constante dos patógenos da mastite bovina e a determinação de seu perfil antimicrobiano para o uso racional dos medicamentos.


Subject(s)
Female , Animals , Cattle , Milk/microbiology , Mastitis, Bovine , Drug Resistance, Microbial , Staphylococcus/isolation & purification , Spectrometry, Mass, Matrix-Assisted Laser Desorption-Ionization
2.
Pesqui. vet. bras ; 42: e06958, 2022. tab, ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1360626

ABSTRACT

Bovine mastitis is the most common disease in dairy cattle and responsible for economic losses in the milk industry. The present study aimed to identify the main species and to evaluate the antimicrobial susceptibility of bacterial isolates from cow herds with mastitis in dairy farms from southern Brazil. A total of 107 milk samples were collected from different cow herds in one important dairy producing region in southern Brazil, including farms located in ten cities from the Northeast region in the Rio Grande do Sul state. Bacterial strains were isolated and submitted to presumptive identification by classical bacteriological methods. Bacterial species were also identified by MALDI-TOF MS and antimicrobial susceptibility testing was performed with 12 antimicrobials commonly used in dairy farms. Fifty-one bacterial strains were isolated and the presumptive identification demonstrated the occurrence of Staphylococcus spp. (82.3%), Bacillus spp. (3.9%), Klebsiella spp. (3.9%), Streptococcus spp. (3.9%), Corynebacterium sp. (2%), Enterococcus sp. (2%) and Serratia sp. (2%). Forty-one isolates were successfully identified in the MALDI-TOF analysis, including 35 isolates from eleven different bacterial species. Importantly, there were eight different Staphylococcus species, with a high frequency of Staphylococcus chromogenes (48.6%) and Staphylococcus aureus (20%). Overall, bacterial isolates demonstrated resistance to penicillin (46.3%), tetracycline (39%), amoxicillin (36.6%), ampicillin (34.1%) and sulfamethoxazole/trimethoprim (31.7%). Enrofloxacin was the unique antimicrobial that all isolates were susceptible. In addition, there were six multidrug resistant isolates (five S. chromogenes and one S. aureus). This study highlights that bacterial pathogens with resistance to several antimicrobials were identified in cows from dairy farms in a very important milk producing region located in southern Brazil. Microbial identification of the bovine mastitis pathogens and determination of the antimicrobial profile is necessary for the rational use of the medicines.(AU)


A mastite bovina é a doença mais comum em gado leiteiro e responsável por perdas econômicas na indústria de laticínios. O presente estudo teve como objetivo identificar as principais espécies e avaliar a suscetibilidade antimicrobiana de isolados bacterianos de rebanhos bovinos com mastite em fazendas leiteiras no sul do Brasil. Um total de 107 amostras de leite foram coletadas em diferentes rebanhos bovinos em uma importante região produtora de leite do sul do Brasil, incluindo fazendas localizadas em 10 cidades da região Nordeste do estado do Rio Grande do Sul. As cepas bacterianas foram isoladas e submetidas à identificação presuntiva por métodos bacteriológicos clássicos. A identificação bacteriana foi confirmada por MALDI-TOF MS e o teste de sensibilidade antimicrobiana foi realizado com antimicrobianos comumente usados em fazendas leiteiras. Cinquenta e uma cepas bacterianas foram isoladas e a identificação presuntiva demonstrou a ocorrência de Staphylococcus spp. (82,3%), Bacillus spp. (3,9%), Klebsiella spp. (3,9%), Streptococcus spp. (3,9%), Corynebacterium sp. (2%), Enterococcus sp. (2%) e Serratia sp. (2%). Os 41 isolados foram identificados com sucesso na análise MALDI-TOF, incluindo 35 isolados de onze espécies bacterianas diferentes. É importante ressaltar que houve a ocorrência de oito espécies diferentes de Staphylococcus, com alta frequência de Staphylococcus chromogenes (48,6%) e Staphylococcus aureus (20%). No geral, os isolados bacterianos tiveram alta resistência à penicilina (46,3%), tetraciclina (39%), amoxicilina (36,6%), ampicilina (34,1%) e sulfametoxazol/trimetoprima (31,7%). A enrofloxacina foi o único antimicrobiano que todos os isolados foram suscetíveis. Além disso, havia seis isolados multirresistentes (cinco S. chromogenes e um S. aureus). Este estudo destaca que os patógenos bacterianos com resistência aos antimicrobianos estão presentes em fazendas leiteiras de subsistência em uma importante região produtora no sul do Brasil. É necessário o monitoramento constante dos patógenos da mastite bovina e a determinação de seu perfil antimicrobiano para o uso racional dos medicamentos.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Staphylococcus/isolation & purification , Drug Resistance, Microbial , Milk/microbiology , Mastitis, Bovine , Spectrometry, Mass, Matrix-Assisted Laser Desorption-Ionization
3.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 73(2): 302-310, Mar.-Apr. 2021. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1248934

ABSTRACT

Bovine clinical mastitis caused by Staphylococcus spp. is a serious and widespread disease in the world of dairy farming. Antimicrobial therapy is of fundamental importance in the prevention and treatment of infectious mastitis, but the indiscriminate use of antimicrobials acts as a determining factor for the spread of the disease. The present study evaluated the resistance profiles of 57 Staphylococcus spp. isolated from bovine clinical mastitis to beta-lactams and gentamicin, relating characteristics of phenotype (in vitro susceptibility tests) and genotype (detection and expression of genes encoding resistance - mecA, mecALGA251, blaZ, femA, femB, and aacA-aphD - using PCR and RT-PCR, respectively). One or more genes coding for resistance to different antimicrobials were detected in 50 Staphylococcus spp. isolates. The femA and femB genes were the most frequent (75.4% for both). The observed expression of the genes was as follows: blaZ (60%), femA (39.5%), aacA-aphD (50%), femB (32.6%), mecA (8.3%), and mecALGA251 (0%). Considering the relevance of the genus Staphylococcus to bovine mastitis, this study aimed to elucidate aspects regarding the genotypic and phenotypic profiles of these microorganisms so as to contribute to the development of effective strategies for mastitis control.(AU)


A mastite clínica bovina causada por Staphylococcus spp. é uma doença grave e generalizada no mundo da pecuária leiteira. A terapia antimicrobiana é de fundamental importância na prevenção e no tratamento da mastite infecciosa, mas o uso indiscriminado de antimicrobianos atua como fator determinante para a disseminação da doença. O presente estudo avaliou os perfis de resistência de 57 Staphylococcus spp. isolados de mastite clínica bovina em relação ao uso de betalactâmicos e gentamicina, relacionando características do fenótipo (testes de suscetibilidade in vitro) e genótipo (detecção e expressão de genes que codificam resistência - mecA, mecALGA251, blaZ, femA, femB, e aacA-aphD - usando PCR e RT-PCR, respectivamente). Um ou mais genes que codificam resistência a diferentes antimicrobianos foram detectados em 50 Staphylococcus spp. isolados. Os genes femA e femB foram os mais frequentes (75,4% para ambos). A expressão observada dos genes foi a seguinte: blaZ (60%), femA (39,5%), aacA-aphD (50%), femB (32,6%), mecA (8,3%) e mecALGA251 (0%). Considerando-se a relevância do gênero Staphylococcus para a mastite bovina, este estudo teve como objetivo elucidar aspectos referentes aos perfis genotípico e fenotípico desses microrganismos, a fim de contribuir para o desenvolvimento de estratégias eficazes para o controle da mastite.(AU)


Subject(s)
Staphylococcus/isolation & purification , Gene Expression/genetics , beta-Lactam Resistance/genetics , Drug Resistance, Bacterial/genetics , Mastitis, Bovine/microbiology , Gentamicins , Reverse Transcriptase Polymerase Chain Reaction
4.
Acta sci., Biol. sci ; 43: e49786, 2021. graf, ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1460972

ABSTRACT

Endophytic fungi colonize the interior of plants without causing damage and act in symbiosis with their host. They are also potential sources of compounds with potential applications in industry, agriculture, and medicine, Thus, this study aimed to isolate and identify the endophytic fungi medicinal plant Talinum triangulare and evaluate its potential for the production of antimicrobial substances using the disk diffusion technique and testing in liquid medium front of Staphylococcus aureus ATCC SA 6538, Pseudomonas aeruginosa ATCC PA 0030, and Corynebacterium diphtheria ATCC 27012. Corynebacterium diphtheria was isolated from 3 fungi of the genus Trichoderma and Penicillium, with only the genus Trichoderma fungi showing antimicrobial activity.


Subject(s)
Anti-Infective Agents/isolation & purification , Caryophyllales/microbiology , Fungi/isolation & purification , Mycobiome , Staphylococcus/isolation & purification
5.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(3): 1034-1038, May-June, 2020.
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1129736

ABSTRACT

Algumas espécies de Staphylococcus causam infecções crônicas intramamárias e podem levar à formação de biofilme. No presente estudo, levantou-se a hipótese de que as espécies de Staphylococcus isolados da mastite bovina são capazes de formar biofilme in vitro associado à presença dos genes icaA, icaD ou bap. Um total de 200 isolados de Staphylococcus, sendo 100 Staphylococcus aureus de casos de mastite subclínica e 100 estafilococos não aureus (ENA) de casos de mastite subclínica e clínica, obtidos em duas fazendas leiteiras, no estado de São Paulo, foram avaliados quanto à capacidade de produzir biofilmes in vitro. A presença de icaA, icaD e bap foi confirmada por PCR, e a produção de biofilme em ágar vermelho congo (Congo Red Agar - CRA) e em teste de microplaca (Microtiter Plate - MtP) foi avaliada nos isolados de S. aureus e ENA. Os resultados mostraram a presença dos genes icaA, icaD e bap em S. aureus, mas não em ENA. A produção de biofilme pode estar associada à presença de outros fatores ou genes que estimulam a produção de biofilme in vitro. O ensaio de MtP serve como um modelo quantitativo para o estudo da aderência de espécies de estafilococos associados à mastite bovina.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Staphylococcus/isolation & purification , Staphylococcus aureus/isolation & purification , Biofilms , Mastitis, Bovine/diagnosis , Polymerase Chain Reaction/veterinary , Agar
6.
Arq. Inst. Biol ; 87: e0092020, 2020. tab
Article in English | VETINDEX, LILACS | ID: biblio-1121090

ABSTRACT

Abortion and complications in reproduction are important causes of economic loss in horse breeding. Studies of its causal agents can help to identify the primary pathogens or other factors involved and define appropriate measures to reduce its occurrence. This research aimed to investigate the primary causes of equine abortion, stillbirth, and perinatal mortality in regions of Brazil. Tissue from aborted fetuses, stillbirths, neonates and foals submitted to the Biological Institute of São Paulo, Brazil, from January 2010 to July 2013 were processed for viral and bacterial isolation, polymerase chain reaction (PCR), histology, and immunohistochemistry. Bacterial infection was the primary detected cause of abortion, found in 16 of the 53 animals submitted for bacterial analysis followed by viruses analysis in 2 of 105 animals, and noninfectious causes (neonatal isoerythrolysis) in 2 of 105 animals. Fungi were found in a single sample of 53 tested. The most frequent bacteria recovered were Escherichia coli, Enterobacter aerogenes, combined E. coli and Streptococcus spp., Staphylococcus spp., and Bacillus spp. The following agents were each observed in a single sample: Arcanobacterium pyogenes, Streptococcus spp., Corynebacterium spp., Actinobacillus spp., and Rhodococcus equi. The predominant identification of fecal and other opportunistic bacteria as opposed to pathogens commonly associated with equine abortion, such as Leptospira spp. and equine herpesvirus type 1 (EHV-1), suggests the need of improving hygiene management of breeding mares to prevent bacterial infection that may cause fetal loss, stillbirth, and perinatal mortality.(AU)


Abortamento e complicações na reprodução são importantes causas de perda econômica na equideocultura. Estudos dos agentes causais podem ajudar a identificar patógenos ou outros fatores envolvidos e definir medidas apropriadas para reduzir sua ocorrência. Esta pesquisa investigou as causas primárias de aborto, natimortalidade e mortalidade perinatal em equinos de diversas regiões do Brasil. Tecidos de fetos abortados, natimortos e potros submetidos ao Instituto Biológico de São Paulo, Brasil, no período de janeiro de 2010 a julho de 2013, foram processados por meio de técnicas de isolamento viral e bacteriano, PCR, histologia e imuno-histoquímica. Infecção bacteriana foi a causa mais detectada, encontrada em 16 de 53 amostras submetidas à análise bacteriana, seguida de causa viral em 2 de 105 amostras, e causas não infecciosas (isoeritrólise neonatal) em 2 de 105 amostras. Fungo foi encontrado em uma única amostra de 53 testadas. As bactérias isoladas mais frequentemente foram Escherichia coli, Enterobacter aerogenes, E. coli associada a Streptococcus spp., Staphylococcus spp. associado a Bacillus spp. Os seguintes agentes foram observados em uma única amostra cada: Arcanobacterium pyogenes, Streptococcus spp., Corynebacterium spp., Actinobacillus spp. e Rhodococcus equi. A identificação predominante de bactérias fecais e outras bactérias oportunistas, ao invés de outros patógenos comumente associados a quadros de abortamento equino, tais como Leptospira spp. e Herpesvírus equino tipo 1, sugere a necessidade de maior atenção no manejo higiênico das éguas em reprodução, a fim de prevenir infecções bacterianas que possam causar perda fetal, natimortalidade e mortalidade perinatal.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Pregnancy , Bacterial Infections/complications , Abortion, Veterinary/etiology , Horses , Staphylococcus/isolation & purification , Streptococcus/isolation & purification , Bacterial Infections/diagnosis , Brazil , Virus Diseases/complications , Virus Diseases/diagnosis , Immunohistochemistry , Polymerase Chain Reaction , Cause of Death , Enterobacter aerogenes/isolation & purification , Abortion, Veterinary/mortality , Aborted Fetus , Escherichia coli/isolation & purification , Mycoses/complications , Mycoses/diagnosis
7.
Arq. Inst. Biol ; 87: e1082018, 2020. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1130111

ABSTRACT

The product quality is a competitive advantage that plays a differential role among companies. In the food industry, which is based on the Quality Management System, such as Good Manufacturing Practices (GMP), which cover the hygiene procedure, aiming at food safety. In view of the above, the aim of this study was to evaluate the hygienic-sanitary conditions of a selected dairy from the São Luís Island - MA. An application of the checklist was performed, swab collection from the hands of the manipulators and equipment and the collection of water and yogurt for microbiological analysis. After this step, a training was performed for food handlers and finally, new collections and microbiological analysis were performed. All the microbiological analysis performed were satisfactory, except for the water sample, one before and again for training. It can be verified that the hygienic-sanitary condition of the dairy was good. However, after a lecture and new microbiological analyzes, improvements were observed in the results.(AU)


A qualidade dos produtos é uma vantagem competitiva que desempenha um papel diferencial entre empresas. Na indústria alimentar, faz-se necessária a adoção do Sistema de Gestão de Qualidade, como as Boas Práticas de Fabricação (BPF), que abrangem os procedimentos essenciais de higiene, visando à segurança alimentar. Diante do exposto, objetivou-se avaliar as condições higiênico-sanitárias de um laticínio selecionado da ilha de São Luís, Maranhão. Foi realizado um checklist, coleta por swabs das mãos dos manipuladores e de equipamentos e coleta de água e iogurte para análises microbiológicas. Após essa etapa, foi executado um treinamento para os manipuladores de alimentos e, por fim, novas coletas e análises microbiológicas foram realizadas. Todas as análises microbiológicas realizadas mostraram-se satisfatórias, com exceção da amostra de água, uma antes e outra após o treinamento. Pode-se constatar que a condição higiênico-sanitária do laticínio era boa. Contudo, após uma palestra e a realização de novas análises microbiológicas, foram observadas melhorias nos resultados.(AU)


Subject(s)
Yogurt , Industrial Sanitation , Dairying , Food Safety , Staphylococcus/isolation & purification , Water Microbiology , Yogurt/microbiology , Hygiene , Escherichia coli/isolation & purification , Good Manufacturing Practices , Food , Food Handling , Hand/microbiology
8.
Pesqui. vet. bras ; 39(12): 954-960, Dec. 2019. tab, graf, ilus
Article in English | VETINDEX, LILACS | ID: biblio-1056928

ABSTRACT

The indiscriminate use of antibiotics in the treatment of caprine mastitis causes the appearance of resistant microorganisms, besides leaving residues in milk, putting at risk to human health. In this way, propolis is an alternative in the treatment of diseases because it has antimicrobial activity, mainly because of the presence of flavonoids in its composition. The aim of this study was to evaluate the antimicrobial potential of propolis to Staphylococcus spp. Isolated from cases of goat mastitis and qualify the crude ethanoic extract by high performance liquid chromatography (HPLC). In this study, the minimum bactericidal concentration values of propolis extracts in ethanol, ethyl acetate and hexane showed that the best concentrations capable of promoting the highest mortality of the isolates of Staphylococcus spp. from mastitis in goats, were 6250, 3125 and 1562.5µg/mL, respectively. By the microplate adherence test, it was found that 20.78% isolates were not able to form biofilm, 14.70% were classified as moderate and 64.70% were weak and none as a strong biofilm producer. Propolis in its different diluents was able to affect the formation of biofilm and showed a pronounced marked antimicrobial activity against Staphylococcus spp. strains and may be indicated for use in in vivo studies.(AU)


O uso indiscriminado de antibióticos no tratamento de mastite caprina leva ao desenvolvimento de micro-organismos resistentes que poderão estar presentes em alimentos, colocando em risco a saúde humana. Dessa forma, a própolis surge como uma alternativa para o tratamento de doenças por possuir uma ação antimicrobiana, principalmente pela presença de flavonoides em sua composição. O objetivo desse estudo foi avaliar o potencial antimicrobiano da própolis frente à Staphylococcus spp. isolados de casos de mastite caprina e qualificar o extrato etanoico bruto por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE-DAD). Neste estudo, os valores de concentração bactericida mínima (CBM) dos extratos de própolis em álcool etílico, acetato de etila e hexano nos isolados foram de 6250, 3125 e 1562,5µg/mL, respectivamente. Pelo teste de aderência à microplacas, observou-se que 20,78% dos microorganismos, não foram capazes de formar biofilme, 14,70% foram classificados como moderados, 64,70% em fracos e nenhum como forte produtor de biofilme. A própolis em seus diferentes diluentes foi capaz de afetar a formação de biofilme e apresentou significativa atividade antimicrobiana frente a cepas de Staphylococcus spp., podendo ser indicada para utilização em estudos "in vivo".(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Propolis/therapeutic use , Staphylococcal Infections/therapy , Staphylococcal Infections/veterinary , Staphylococcus/isolation & purification , Goats/microbiology , Apitherapy/veterinary , Mastitis/therapy , Mastitis/veterinary
9.
Pesqui. vet. bras ; 39(9): 757-763, Sept. 2019. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1040744

ABSTRACT

The objective of this study was to evaluate the antimicrobial susceptibility profile of bacteria isolated from the eyes of dogs with keratoconjunctivitis sicca (KCS). We evaluated 65 dogs diagnosed with KCS and 30 healthy dogs (Control Group). Conjunctival swab samples were collected after KCS was diagnosed. Microbiological examinations were performed, including aerobic culture, antimicrobial susceptibility testing and minimum inhibitory concentration (MIC) determination for chloramphenicol, tobramycin, ofloxacin and moxifloxacin. MICs of the fifteen most resistant strains of Staphylococcus pseudintermedius (Staphylococcus intermedius Group, SIG) and the fifteen most resistant strains of gram-negative bacteria were determined. By percentage, the microorganisms exhibited the highest susceptibility to polymyxin B, tobramycin and chloramphenicol and the lowest to tetracycline. Three multi-drug-resistant strains of SIG were detected: one displayed isolated susceptibility to cefazolin, another to vancomycin, and another to polymyxin B and amikacin. The species of bacteria isolated from the eyes of dogs with KCS presented variable susceptibility to the antibiotics tested. We found evidence of the emergence of quinolone-resistant strains of SIG and further evidence of increased ocular prevalence. These findings reinforce the need to identify the bacteria involved and their antimicrobial susceptibility profile, as secondary infections can serve as exacerbating and perpetuating factors in KCS.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil de susceptibilidade antimicrobiana de bactérias isoladas de olhos de cães com ceratoconjuntivite seca (CCS). Foram avaliados 65 cães com diagnóstico de CCS e 30 cães saudáveis ​​(Grupo Controle). Depois do diagnosticado de CCS, suabes conjuntivais foram coletados. Exames microbiológicos foram realizados, incluindo cultura aeróbia, teste de susceptibilidade antimicrobiana e determinação da concentração inibitória mínima (CIM) para cloranfenicol, tobramicina, ofloxacina e moxifloxacina. Para determinar a CIM, foram selecionadas as quinze cepas mais resistentes de Staphylococcus pseudintermedius (Staphylococcus intermedius Group-SIG) e as quinze cepas mais resistentes de bactérias gram-negativas. Os microrganismos apresentaram maior suscetibilidade percentual à polimixina B, tobramicina e cloranfenicol e menor suscetibilidade à tetraciclina. Três cepas de SIG resistentes a múltiplos medicamentos foram detectadas, do quais um demonstrou suscetibilidade isolada à cefazolina, outro à vancomicina e outro à polimixina B e à amicacina. As espécies de bactérias isoladas dos olhos de cães com CCS apresentaram suscetibilidade variável aos antibióticos testados. Encontramos evidências do surgimento de cepas resistentes à quinolona de S. pseudintermedius e outras evidências de aumento da prevalência ocular. Esses achados reforçam a necessidade de identificar as bactérias envolvidas e seu perfil de susceptibilidade aos antimicrobianos, pois as infecções secundárias podem servir como fatores exacerbantes e perpetuantes na CCS.(AU)


Subject(s)
Animals , Dogs , Staphylococcus/isolation & purification , Drug Resistance, Microbial , Keratoconjunctivitis Sicca/veterinary , Microbial Sensitivity Tests/veterinary , Quinolones
10.
Pesqui. vet. bras ; 39(9): 715-722, Sept. 2019. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1040750

ABSTRACT

Bovine mastitis has a negative impact on milk production and can pose risks to public health. The present study aimed to evaluate the quality of bovine milk from small farms in the Botucatu/SP region. Somatic cell counts (SCC), identification of pathogens involved in mastitis, and sensitivity antimicrobial profile of staphylococci isolated were performed. The presence of enterotoxin encoding genes in isolates of staphylococci obtained from milk was investigated. Milk samples from individual mammary quarters of cows were submitted to the California mastitis test (CMT) and SCC. Of the 239 dairy cows from 21 dairy herds evaluated (mean = 11.4 animals/property), two cows (0.8%) presented clinical mastitis and 86 (35.9%) subclinical mastitis. Bacterial culture was performed in 177 quarter milk samples. Staphylococci were identified in 55 (31.1%), corynebacteria in 45 (25.4%), streptococci in 25 (14.1%) and coliforms in four (2.3%) milk samples. Average SCC from culture-positive samples was 1598x103 cells/mL, in case of staphylococci was 1362x103 cells/ml, streptococci was 2857x103 cells/mL, corynebacteria was 976x103 cells/mL and in the cases of coliforms 1161x103 cells/mL were obtained. Staphylococci showed a high sensitivity (>95%) to cephalothin, cotrimoxazole, enrofloxacin, and gentamicin, with a 41.2% resistance to penicillin and 11.8% to oxacillin. Both coagulase positive (CPS) and negative staphylococci (CNS) carried genes encoding enterotoxins in 21.6% of the first group and 41.9% in the second. The sea gene was the most detected 45.8% (n=24) between them, followed by seb with 29.2% and sec with 25.0%. The sed gene was not identified. We highlight the potential risk to public health in the possibility of strains of Staphylococcus spp. enterotoxin-producing genes that can cause staphylococcal food poisoning.(AU)


A mastite bovina impacta negativamente a produção leiteira e pode acarretar riscos à saúde pública. O presente estudo teve como objetivo a avaliação da qualidade do leite bovino proveniente de pequenas propriedades na região de Botucatu/SP. Foi realizada a contagem de células somáticas (CCS), identificação dos patógenos envolvidos nas mastites, e realizado o perfil de sensibilidade aos antimicrobianos dos estafilococos isolados. Pesquisou-se a presença de genes codificadores de enterotoxinas em isolados de estafilococos obtidos a partir do leite mastítico. Amostras de leite de quartos mamários individuais de vacas foram submetidas ao "California mastitis test" (CMT) e à CCS. Das 239 vacas em lactação provenientes de 21 rebanhos leiteiros avaliados (média = 11,4 animais/propriedade), dois (0,8%) animais apresentaram mastite clínica e, 86 (35,9%) mastite subclínica. 177 amostras de leite foram cultivadas em ágar sangue bovino 5% e ágar MacConckey e obteve-se 55 (31,1%) Staphylococcus spp., 25 (14,1%) Streptococcus spp., 45 (25,4%) Corynebacterium spp. e quatro (2,3%) coliformes. A média da CCS das amostras procedentes de todos os quartos mamários infectados avaliados foi de 1598x103 células/mL, enquanto que nos casos que foram isolados Staphylococcus spp. foi de 1362x103 células/mL, Streptococcus spp. 2857x103 células/mL, Corynebacterium spp. de 976x103 células/mL e nos casos de coliformes 1161x103 células/mL. Os estafilococos revelaram grande sensibilidade (>95%) à cefalotina, cotrimoxazol, enrofloxacina e gentamicina, com resistência de 41,2% à penicilina e 11,8% à oxacilina. Tanto estafilococos coagulase positivos (ECP) como negativos (ECN) revelaram genes codificadores de enterotoxinas em 21,6% do primeiro grupo e 41,9% no segundo. O gene sea foi o mais detectado 45,8% (n=24), seguido pelo seb com 29,2% e sec com 25,0%. O gene codificador da sed não foi identificado. Frente aos resultados, destaca-se o risco potencial à saúde pública pela possibilidade de veiculação de linhagens de Staphylococcus spp. carreadores de genes produtores de enterotoxinas, podendo ocasionar toxi-infecções alimentares.(AU)


Subject(s)
Staphylococcus/isolation & purification , Cell Count/veterinary , Milk/microbiology , Mastitis, Bovine/diagnosis , Cattle/microbiology , Dairying
11.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2302-2306, abr.-maio 2019. ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482207

ABSTRACT

A manteiga é um produto gorduroso obtido pela batenção do creme de leite derivado do leite da vaca, formando uma emulsão do tipo água/óleo. Durante o processo de fabricação, se não houver aplicação de boas práticas, os microrganismos têm grande oportunidade de contaminar a manteiga. Por isso, as práticas higiênico-sanitárias devem ser adotadas com intuito de prevenir eventuais contaminações ou recontaminações do creme. Em Alagoas é comum a comercialização e o consumo de manteiga artesanal, ou seja, manteigas produzidas manualmente, por pequenos produtores/ou pequenos laticínios, bem como manteigas de garrafas ou manteiga da terra que são frequentemente comercializadas diretamente por eles em feiras livres e/ou em pequenos estabelecimentos comerciais. Esta pesquisa objetivou-se avaliar a qualidade microbiológica das manteigas vendidas a granel e manteigas de garrafa vendidas no município de União dos Palmares/AL. Foram coletadas amostras de cada tipo de manteiga em três coletas diferentes em meses seguidos. As análises microbiológicas foram realizadas no Laboratório de Análises Microbiológicas do Instituto Federal de Alagoas-IFAL campus Murici/AL, usando-se a metodologia APHA e como parâmetro de qualidade usou-se o Regulamento técnico de identidade e qualidade. Observou-se com os resultados das análises, que as manteigas vendidas nas feiras e comércios de União dos Palmares/AL, encontravam-se dentro do estabelecido pela legislação vigente.


Subject(s)
Food Hygiene , Butter/analysis , Butter/microbiology , Salmonella/isolation & purification , Staphylococcus/isolation & purification , Bacteriological Techniques/analysis
12.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2307-2310, abr.-maio 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482208

ABSTRACT

O objetivo desse trabalho foi avaliar a qualidade microbiológica da carne mecanicamente separada (CMS ) e derivados de pescado (fishburguer, nugget de peixe e linguiça de peixe) de cinco municípios da Baixada Maranhense. As contagens obtidas para coliformes totais nas amostras de CMS e derivados variaram de 43 a >1100 NMP/g. As contagens de coliformes termotolerantes variaram de 35 a >1100 NMP/g Em uma amostra de fish burguer do município de Bacurituba foi encontrado o valor de 3 x 103 UFC/g. Amostras provenientes dos cinco municípios apresentaram contaminação, encontrando-se em condições higiênico-sanitárias insatisfatórias, podendo representar riscos à saúde pública. Devem ser adotadas junto à comunidade envolvida na pesca artesanal e na produção desses alimentos, boas práticas de fabricação e condições adequadas de manipulação, armazenamento e conservação.


Subject(s)
Coliforms/analysis , Food Hygiene , Fish Products/analysis , Fish Products/microbiology , Meat Products/analysis , Meat Products/microbiology , Staphylococcus/isolation & purification , Bacteriological Techniques/analysis
13.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2324-2328, abr.-maio 2019. graf
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482212

ABSTRACT

Foram analisadas 15 amostras de requeijão escolhidos aleatoriamente em duas feiras livres do município de Feira de Santana e uma de Santa Bárbara. Com o objetivo de investigar a qualidade microbiológica pesquisou-se a incidência de Staphylococcus Coagulase Positivo, bolores e leveduras e Salmonella spp. Para as avaliações físico-químicas foram determinados, umidade, cinzas e proteínas. Como resultado obtivemos que as amostras submetidas à análise não estão em condições sanitárias satisfatórias de acordo com os padrões recomendados pela ANVISA. Esses resultados sugerem que houve falhas tanto no processamento como na manipulação desses produtos.


Subject(s)
Food Hygiene , Dairy Products/analysis , Food Microbiology/methods , Salmonella/isolation & purification , Staphylococcus/isolation & purification , Bacteriological Techniques/analysis
14.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2334-2338, abr.-maio 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482214

ABSTRACT

Os Bancos de Leite Humano (BHL) são responsáveis pela promoção do incentivo ao aleitamento materno e pela coleta e controle de qualidade do leite humano (LH). O objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade microbiológica do leite cru, de um BLH , descartado durante a análise inicial de acidez, para verificar a possível contaminação microbiana do produto pelas mães doadoras. Foram coletadas 25 amostras de LH de caráter ácido, e realizado análises quanto à contagem de bactérias mesófilas, de coliformes totais e termotolerantes e Staphylococcus coagulase-positiva. De 25 amostras analisadas, 40% apresentaram alta contagem de bactérias mesóficas e 24% de coliformes totais. Não houve presença de Staphylococcus coagulase-positiva. Os resultados mostraram um alto grau de contaminação no leite cru, que podem ter ocorrido devido às condições higiênicas inadequadas durante o processo de coleta, transporte e estocagem do mesmo.


Subject(s)
Bacteria/isolation & purification , Milk Banks , Coliforms/analysis , Milk, Human/microbiology , Environmental Pollution/analysis , Staphylococcus/isolation & purification , Bacteriological Techniques/analysis , Breast Feeding
15.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2353-2357, abr.-maio 2019. ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482218

ABSTRACT

A qualidade da matéria prima é um dos maiores entraves ao desenvolvimento e consolidação da indústria de laticínios no Brasil pois , grande parte do leite produzido pelo país é oriunda de produtores rurais com baixa capacitação técnica e limitação financeira para os investimentos necessários. Diante do risco, é fundamental que as normativas estabelecidas sejam seguidas para garantir segurança ao consumidor final. Para tanto objetivou-se avaliar a qualidade microbiológica de quatro marcas distintas de leite pasteurizado tipo C, comercializado em Itabuna – Bahia. Do material coletado foram feitas analises para a contagem de unidades formadoras de colônia por mililitro, coloração de Gram, e teste de coagulase e catalase. Os resultados mostraram presença de Staphylococcus spp. e enterobactérias nas marcas de leite pasteurizado selecionadas.


Subject(s)
Enterobacteriaceae/isolation & purification , Dairy Products/analysis , Dairy Products/microbiology , Milk/microbiology , Food Microbiology , Staphylococcus/isolation & purification , Bacteriological Techniques/analysis , Pasteurization
16.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2363-2367, abr.-maio 2019.
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482220

ABSTRACT

O queijo coalho é uma variedade produzida no nordeste brasileiro, à falta de padronização e higiene no processo produtivo e na sua comercialização pode ocasionar o desenvolvimento de microorganismos patogênicos. Portanto, objetiva-se através deste estudo avaliar a qualidade microbiológica de queijos coalho comercializados em feira livre no agreste pernambucano de 6 ambulantes diferentes, verificando assim se os produtos obedecem os parâmetros exigidos na legislação vigente. As amostras foram diluídas em solução salina e foram feitas as determinações de coliformes totais, E. coli ,Staphylococcus, salmonella spp , conforme suas respectivas especificações de metodologia. Observou-se que dentre as amostras estudadas somente as marcas A e F estão de acordo com os padrões de qualidade microbiológica estabelecidos pela legislação.


Subject(s)
Coliforms/analysis , Dairy Products/analysis , Dairy Products/microbiology , Food Microbiology , Cheese/analysis , Cheese/microbiology , Salmonella/isolation & purification , Staphylococcus/isolation & purification , Bacteriological Techniques/analysis
17.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2372-2376, abr.-maio 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482222

ABSTRACT

Esta pesquisa teve como objetivo investigar a presença de Salmonella e quantificar Staphylococcuscoagulase positiva em amostras de sushie sashimi de salmão coletados em três estabelecimentos que comercializam a culinária japonesa na cidade de Cuiabá-MT. Foram analisadas um total de seis amostras, sendo três desushi e três de sashimi. Para pesquisa de Salmonellauma amostra de sashimi foi positiva e em relação a contagem de Staphylococcus coagulase positiva uma amostra de sushi apresentou colônias características e confirmadas. A partir dos resultados obtidos, verificou-se que uma amostra de sashimi encontrava-se imprópria para o consumo podendo apresentar risco potencial para a saúde dos consumidores.


Subject(s)
Raw Foods/microbiology , Food Microbiology , Fishes/microbiology , Salmonella/isolation & purification , Staphylococcus/isolation & purification , Bacteriological Techniques
18.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2377-2379, abr.-maio 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482223

ABSTRACT

O trabalho teve por objetivo verificar a qualidade microbiológica do Bacalhau Desfiado comercializado em Cuiabá/MT. Amostras do produto foram adquiridas em diferentes supermercados da cidade e imediatamente enviadas para análises laboratoriais. As análises foram realizadas na data de coleta, segundo as metodologias propostas pelo ‘International Commission on Microbiological Specification for Foods Method’ (1983) e Silva et al. (2010): quantificação de Coliformes a 45°C, determinação de Salmonella sp, quantificação de Estafilococus coagulase positiva e Quantificação de fungos filamentosos e leveduras. Os resultados indicam que alguns dos parâmetros microbiológicos avaliados não estão sendo atendidos, o que deve ser tomado como motivo de preocupação pelos estabelecimentos pesquisados.


Subject(s)
Fungi/isolation & purification , Gadus morhua/microbiology , Yeasts/isolation & purification , Food Microbiology , Fishes/microbiology , Salmonella/isolation & purification , Staphylococcus/isolation & purification , Bacteriological Techniques/analysis
19.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2411-2414, abr.-maio 2019. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482230

ABSTRACT

O objetivo deste trabalho foi identificar espécies de Staphylococcus coagulase negativa em leite de vacas leiteiras com mastite por testes fenotípicos e pela técnica de MALDI-TOF MS. Foram utilizadas 85 isolados de estafilococos provenientes de leite de vacas com mastite. Todos os isolados foram caracterizados fenotipicamente por avaliação da morfologia das colônias, coloração de Gram, testes de oxidase, catalase e coagulase. Posteriormente, foram analisados os espectros de proteínas gerados no MALDI-TOF MS, seguida pela separação e detecção de íons pelo tempo de voo (TOF).Foram identificadas sete espécies, sendo a de maior ocorrência S. chromogenes 65 (76%), seguida por, S. hyicus 5 (6%), S. epidermidis 4 (5%).A técnica de MALDI-TOF demonstrou-se efetiva na caracterização de espécies de Staphylococcus causadores de mastite bovina.


Subject(s)
Animals , Cattle , Spectrometry, Mass, Matrix-Assisted Laser Desorption-Ionization , Milk/microbiology , Mastitis, Bovine/etiology , Mastitis, Bovine/genetics , Staphylococcus/genetics , Staphylococcus/isolation & purification , Staphylococcus/pathogenicity , Bacteriological Techniques
20.
Hig. aliment ; 33(288/289): 2444-2448, abr.-maio 2019. tab, ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482237

ABSTRACT

Objetivou-se pesquisar presença e realizar contagem de Staphylococcus coagulase positiva e de coliformes totais e termotolerantes em amostras de queijos coalho artesanais, produzidos com leite cru e comercializados no agreste paraibano. Foram examinadas 10 peças de queijo, recolhidos aleatoriamente em diferentes pontos de comercialização. As 10 amostras examinadas apresentaram Staphylococcus spp. tendo como média 1,11x105UFC/g, todas amostras apresentaram Staphylococcus coagulase positiva. E m relação aos Coliformes termotolerantes, as 10 amostras avaliadas foram positivas acima de 10x10³ NMP/g, quando o número máximo permitido na legislação é de 5x10² NMP/g, portanto, os queijos analisados podem oferecer riscos à saúde da população, decorrente da veiculação de microrganismos patogênicos.


Subject(s)
Food Hygiene , Dairy Products/analysis , Dairy Products/microbiology , Food Microbiology , Cheese/analysis , Cheese/microbiology , Staphylococcus/isolation & purification
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL