Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 110
Filter
1.
Av Enferm ; 40(1): 11-23, 01-01-2022.
Article in Portuguese | LILACS, BDENF, COLNAL | ID: biblio-1349244

ABSTRACT

Objetivo: compreender a vigilância em saúde (vs) sob a perspectiva de seus trabalhadores. Materiais e método: estudo qualitativo baseado no método compreensivo-interpretativo, em que foram entrevistados 28 profissionais vin-culados à vs de um estado e de sua capital no Brasil. O material coletado por meio de entrevista foi analisado a partir da técnica de análise de conteúdo. Resultados: emergiram quatro categorias temáticas com relação à vs: concepção, articulação intrínseca e extrínseca, potencialidades e desafios. Os trabalhadores apresentaram uma concepção ampliada sobre a vs, entretanto a visão tecnicista e biomédica ainda persistiu. Conclusões: os trabalhadores relataram, como potencialidades, a satisfação e o comprometimento no exercício de suas funções e revelaram, como dificuldades, aspectos desestimulantes no cenário em curso. Nessa direção, os participantes apontaram para a alocação de mais verbas e investimentos no setor, para a valorização de suas carreiras e a necessidade de maior suporte por parte da gestão dos serviços.


Objetivo: comprender la vigilancia de la salud (vs) desde la perspectiva de los trabajadores de este sector. Materiales y método: estudio cualitativo bajo el método de interpretación integral, en el que se entrevistó a 28 profesionales vinculados a la vs en un estado de Brasil. El material recogido se analizó utilizando la técnica de análisis de contenido. Resultados: surgieron cuatro categorías temáticas en relación con vs: concepción; articulación intrínseca y extrínseca; potencialidades y desafíos. Los trabajadores presentaron una concepción ampliada sobre vs, sin embargo, la visión técnica y biomédica aún persiste entre los participantes. Conclusiones: los trabajadores informaron como potencialidades su satisfacción y el compromiso con el ejercicio de sus funciones. Entre las dificultades, señalaron aspectos desalentadores ante el escenario actual. En este sentido, los participantes ponen de manifiesta la necesidad de asignar más fondos e inversiones en el sector, reconocer el valor de su profesión y brindar mayor apoyo para la gestión de servicios.


Objective: Understanding health surveillance (sv) from the perspective of workers in this sector. Materials and method: Qualitative study under the comprehensive-interpretative method, in which 28 professionals linked to the sv of a Brazilian State and its capital were interviewed. The collected material was analyzed through the content analysis technique. Results: Four thematic categories emerged in relation to SV: conception; intrinsic and extrinsic articulation; potentialities and challenges. Participants presented an expanded conception about sv, although the technical and biomedical vision still remain as the main approach. Conclusions: Among the potentialities, participants reported satisfaction and commitment in the exercise of their functions. As for the difficulties, they revealed discouraging aspects based on the current scenario. In this direction, participants pointed as key elements the allocation of more funds and investment in the sector, more recognition and value to their careers, and the need for greater support from service management.


Subject(s)
Humans , Health Personnel , Surveillance of the Workers Health , Public Health Surveillance , Integrality in Health , Health Systems Agencies
3.
REVISA (Online) ; 11(1): 59-68, 2022.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1354304

ABSTRACT

Objetivo: discorrer sobre a execução do projeto, bem como apresentar parte dos dados obtidos por meio da ação comunitária desenvolvida no Estado de Goiás em 2021, denominada: Projeto Saúde na Estrada. Método: trata-se de um estudo descritivo, tipo relato de experiência originado em um projeto de extensão, cujos dados coletados foram de aproximadamente 2277 participantes. Resultados: Os resultados deste estudo trouxeram a necessidade profunda de mudanças organizacionais, de logística e até na gestão dos serviços de saúde. Apresentaram um número significativo de pessoas que dirigem na estrada, em condições pouco saudáveis. Conclusão: É necessário que sejam fomentados projetos e pesquisas da parte do poder público para esses trabalhadores, que possuem pouco ou nenhum tempo para procurar uma unidade básica de saúde ou um hospital público por onde passam. As políticas de saúde hoje desenvolvidas no âmbito da promoção da saúde e da prevenção de doenças, ainda estão muito limitadas a um local, de comodidade para os que nele trabalham. A mentalidade do trabalho dentro da instituição faz parte de um processo cultural difícil de ser quebrado.


Objective: describe the execution of the project, as well as present part of the data obtained through the community action developed in the State of Goiás in 2021, called: Projeto Saúde na Estrada. Method: this is a descriptive study, experience report type originated in an extension project, whose collected data were from approximately 2277 participants. Results: The results of this study brought about a deep need for organizational, logistical and even management changes in health services. They showed a significant number of people driving on the road, in unhealthy conditions. Conclusion: It is necessary to promote projects and research by the government for these workers, who have little or no time to look for a basic health unit or a public hospital where they visit. Health policies developed today within the scope of health promotion and disease prevention are still very limited to a place of convenience for those who work there. The work mentality within the institution is part of a cultural process that is difficult to break.


Objetivo: es hablar sobre la ejecución del proyecto, así como presentar parte de los datos obtenidos a través de la acción comunitaria desarrollada en el Estado de Goiás en 2021, denominada: Projeto Saúde na Estrada. Método: se trata de un estudio descriptivo, tipo relato de experiencia originado en un proyecto de extensión, cuyos datos recolectados fueron de aproximadamente 2277 participantes. Resultados: Los resultados de este estudio provocaron una profunda necesidad de cambios organizativos, logísticos e incluso de gestión en los servicios de salud. Mostraron un número significativo de personas conduciendo por la carretera, en condiciones insalubres. Conclusión: Es necesario impulsar proyectos e investigaciones del gobierno para estos trabajadores, que tienen poco o ningún tiempo para buscar una unidad básica de salud o un hospital público donde visitan. Las políticas de salud desarrolladas hoy en el ámbito de la promoción de la salud y la prevención de enfermedades aún están muy limitadas a un lugar de conveniencia para quienes allí laboran. La mentalidad laboral dentro de la institución es parte de un proceso cultural difícil de romper


Subject(s)
Humans , Occupational Health , Public Health , Surveillance of the Workers Health
5.
Rev. bras. med. fam. comunidade ; 16(43): 2733, 20210126. tab, ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1282031

ABSTRACT

Introdução: A interação entre os setores do Sistema Único de Saúde, particularmente a Atenção Básica (AB) e a Vigilância em Saúde (VS), é essencial para que ações com foco na integralidade sejam operacionalizadas nos serviços. Para isso, é necessário, além de outros fatores, o conhecimento mútuo entre as áreas, sobre seus escopos de atuação. Objetivo: analisar o conhecimento de médicos de equipes da Estratégia de Saúde da Família sobre Vigilância em Saúde Ambiental (VIGIAM), Vigilância Sanitária (VISA) e Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT). Métodos: Estudo com abordagem qualitativa, realizado com oito médicos de equipes saúde da família de municípios do interior de Minas Gerais. Empregou-se a técnica de grupo focal conduzida com uso de situação-problema. A análise de conteúdo temática guiou o tratamento dos dados. Resultados: A VIGIAM e a VISAT foram as vigilâncias com menor familiaridade entre os médicos, sendo associadas superficialmente ao controle de fatores ambientais e à fiscalização do trabalho, respectivamente. A VISA foi associada à fiscalização de produtos. Maior integração das equipes com os agentes de controle de endemias e capacitação em VS foram propostas para a melhoria da integração. Ações intersetoriais foram sugeridas, principalmente quando relacionadas à VISAT. Conclusões: Diante da baixa familiaridade sobre VS, a educação permanente constitui estratégia fundamental para a integração da AB e VS. Considerando que as ações destes setores são descentralizadas, espera-se maior protagonismo e proatividade dos gestores locais para que ocorra a devida capilaridade da VS na principal porta de entrada do sistema público de saúde brasileiro


Introduction: The interaction between the sectors of the Unified Health System, particularly Primary Health Care (PHC) and Health Surveillance (HS), is essential for actions that focus on integrality to be operationalized in services. For this, it is necessary, in addition to other factors, mutual knowledge between the areas, about their scope of action. Objective: The aim of the study was to analyze the knowledge of physicians from the Family Health Strategy teams on Environmental Health Surveillance (EHS), Sanitary Surveillance (SS) and Surveillance of the Workers Health (SWH). Methods: Study with a qualitative approach, conducted with eight physicians from family health teams in cities in the interior of Minas Gerais. The focus group technique was used using a problem-situation. Thematic content analysis guided the treatment of the data. Results: EHS and SWH were the surveillances with less familiarity among physicians, being superficially associated with the control of environmental factors and labor inspection, respectively. SS was associated to product inspection. Greater integration of the teams with agents of endemic control and training in Health HS were proposed to improve integration. Intersectoral actions were suggested, especially when related to SWH. Conclusions: In view of the low familiarity with HS, permanent education is a fundamental strategy for the integration of PHC and HS. Considering that the actions of these sectors are decentralized, greater protagonism and proactivity is expected from local managers in order to reach the proper capillarity of HS at the main gateway to the Brazilian public health system.


ESF e Vigilância em SaúdeRev Bras Med Fam Comunidade. Rio de Janeiro, 2021 Jan-Dez; 16(43):27332Introdução Um importante pilar na saúde pública brasileira é a Vigilância em Saúde (VS), cujas primeiras medidas remontam desde o período colonial, mas que teve sua sistematização apenas no século XX1, 2. A VS tem como função principal buscar soluções para os problemas ocorrentes no âmbito da saúde, a partir de uma estratégia flexível para cada situação e população, além de ser responsável pelo controle de doenças transmissíveis e não transmissíveis, prevenção de doenças e fatores de risco, formulando uma análise mais completa da situação geral de saúde da população3.Em 12 de julho de 2018, foi instituída a Política Nacional de Vigilância em Saúde (PNVS), por meio da Resolução no 588/2018 do Conselho Nacional de Saúde (CNS)4. Na PNVS, a Vigilância em Saúde é entendida como processo contínuo e sistemático de coleta, consolidação, análise de dados e disseminação de informações sobre eventos relacionados à saúde, visando o planejamento e a implementação de medidas de saúde pública, incluindo a regulação, intervenção e atuação em condicionantes e determinantes da saúde, para a proteção e promoção da saúde da população, prevenção e controle de riscos, agravos e doenças4.Ademais, a VS se divide em áreas específicas, com atribuições particulares e interligadas entre si, quais sejam: Vigilância em Saúde Ambiental (VIGIAM), Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT), Vigilância Epidemiológica (VIGEP), Vigilância Sanitária (VISA), além da análise de situação de saúde, promoção da saúde e ações laboratoriais que são atividades transversais e essenciais no processo de trabalho da VS4. Introducción: La interacción entre los sectores del Sistema Único de Salud, en particular la Atención Primaria (AP) y la Vigilancia en Salud (VS), es fundamental para que las acciones que se enfocan en la integralidad sean operacionales en los servicios. Para ello, es necesario, además de otros factores, el conocimiento mutuo entre las áreas, sobre su ámbito de actuación. Objetivo: analizar el conocimiento de los médicos de los equipos de la Estrategia de Salud Familiar en Vigilancia en Salud Ambiental (VSA), Vigilancia Sanitaria (VISA) y Vigilancia de la Salud del Trabajador (VISAT). Métodos: Estudio con abordaje cualitativo, realizado con ocho médicos de equipos de salud de la familia en ciudades del interior de Minas Gerais. Se utilizó la técnica de grupo focal, utilizando situaciones problemáticas. El análisis de contenido temático guió el tratamiento de los datos. Resultados: VSA y VISAT fueron las vigilancias menos familiarizadas entre los médicos, asociándose superficialmente con el control de factores ambientales y la inspección del trabajo, respectivamente. VISA se asoció con la inspección de productos. Se propuso una mayor integración de equipos con agentes de control de enfermedades endémicas y formación en VS para mejorar la integración. Se sugirieron acciones intersectoriales, especialmente en lo relacionado con VISAT. Conclusiones: Ante la baja familiaridad con la VS, la educación permanente es una estrategia fundamental para la integración de AP y VS. Considerando que las acciones de estos sectores son descentralizadas, se espera más protagonismo y proactividad de los gestores locales para que la capilaridad adecuada de la VS se produzca en la principal puerta de entrada al sistema público de salud brasileño.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Primary Health Care , Intersectoral Collaboration , National Health Strategies , Brazilian Health Surveillance Agency , Environmental Health Surveillance , Surveillance of the Workers Health
8.
Physis (Rio J.) ; 31(1): e310125, 2021. graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1346712

ABSTRACT

Abstract Considering social movements (MH) as agents for the production of information and actions that are fundamental to improve the health conditions of workers and their relevance in the history of health-work relations in Brazil, the article analyzes MH knowledge and practices related to collection, systematization, dissemination of information and intervention actions in contemporary slavery from the perspective of worker's health surveillance (VISAT). Exploratory research of a qualitative nature was carried out on discursive practices of MS in the struggle for the eradication of slave labor in Brazil. Interviews with activists, documents produced by MS and observation of meetings and seminars were analyzed here according to Foucault. The results demonstrate the existence of a popular surveillance of contemporary slave labor, operated by MS with pioneering and original mechanisms for collecting, systematizing and publicizing data on occurrences of slavery associated with intervention strategies to defend the lives of workers. It is concluded that this popular practice of slavery surveillance challenges the SUS to expand dialogues with different knowledge and MS to include the theme in its VISAT actions.


Resumo Considerando os movimentos sociais (MS) como agentes de produção de informação e ação fundamentais para melhoria das condições de saúde dos trabalhadores e sua relevância na história das relações saúde-trabalho no Brasil, o artigo analisa saberes e práticas de MS relativas à coleta, sistematização, divulgação de informações e ação de intervenção na escravidão contemporânea na perspectiva da vigilância em saúde do trabalhador (VISAT). Realizou-se pesquisa exploratória de natureza qualitativa sobre práticas discursivas de MS na luta pela erradicação do trabalho escravo no Brasil. As entrevistas com militantes, documentos produzidos pelos MS e a observação de encontros e seminários foram analisadas aqui conforme o pensamento foucaultiano. Os resultados demonstram a existência de uma vigilância popular do trabalho escravo contemporâneo, operacionalizada por MS com mecanismos pioneiros e originais de coleta, sistematização e publicização de dados sobre ocorrências da escravidão associadas a estratégias de intervenção para a defesa da vida dos trabalhadores e trabalhadoras. Conclui-se que essa prática popular de vigilância da escravidão desafia o SUS a ampliar os diálogos com os diferentes saberes e MS para inserir a temática em suas ações de VISAT.


Subject(s)
Humans , Politics , Working Conditions , Surveillance of the Workers Health , Enslavement , Enslaved Persons , Civil Society , Brazil , Occupational Health
10.
Lima; EsSalud; 16 jun. 2020.
Non-conventional in Spanish | LILACS, BRISA | ID: biblio-1100039

ABSTRACT

GENERALIDADES: Objetivo y población de las recomendaciones: Brindar a los empleadores recomendaciones generales de medidas preventivas y prácticas seguras para la prevención de contagio de COVID - 19 en centros laborales. Población a la cual se aplicará las recomendaciones: Empleados que retornan a sus centros laborales en contexto de pandemia por COVID - 19. Usuarios y ámbito de las recomendaciones: Usuarios de las recomendaciones clínicas. Estos lineamientos están dirigidos a los empleadores y autoridades administrativas de Institutos y centros especializados de EsSalud en contexto de pandemia por COVID - 19. Ámbito de las recomendaciones clínicas: El presente documento es de aplicación en centros laborales. MÉTODOS: a. Búsqueda y selección de protocolos, guías de práctica clínica y documentos técnicos prévios: El 05 de junio de 2020 se realizó una búsqueda manual de guías de práctica clínica, y documentos técnicos nacionales e internacionales que brinden orientaciones para el retorno seguro a los centros laborales en contexto de pandemia por COVID - 19. Se consideró tomar como principal fuente de información a aquellos documentos que brindaron recomendaciones para la prevención de la transmisión e infección por COVID - 19 en centros laborales. b. Formulación de recomendaciones: Se revisaron los documentos previamente seleccionados que describieron ampliamente los procedimientos y consideraciones a tener antes del retorno a las actividades laborales, así como las actividades preventivas durante el desarrollo de las actividades laborales. Posteriormente se adaptaron al contexto del Seguro Social de Salud ­ EsSalud aquellos documentos cuyas recomendaciones estaban en concordancia con lo establecido en los documentos técnicos locales. DEFINICIONES OPERATIVAS: Centro laboral: Unidad productiva en el que se desarrolla la actividad laboral de una organización con la presencia de trabajadores. Desinfección: Reducción por medio de sustancia químicas y/o métodos físicos del número de microorganismos presentes en una superficie o en el ambiente, hasta un nivel que no ponga en riesgo la salud. EPP: Equipo de Protección Personal. Limpieza: Eliminación de suciedad e impurezas de las superficies utilizando agua, jabón, detergente o sustancias químicas. Puestos de trabajo con riesgo de exposición a SARS-CoV-2 (COVID-19): Son aquellos puestos con diferente nivel de riesgo, que depende del tipo de actividad que realiza, por ejemplo, la necesidad de contacto a menos de 1 metro con personas que se conoce o se sospecha que estén infectadas con el virus del SARS-CoV-2, o el requerimiento de contacto repetido o prolongado con personas que se conoce o se sospecha que estén infectadas con el virus SARS-CoV-2. Empleador: Persona natural, jurídica, privada o pública, que emplea a uno o varios trabajadores. Trabajador: Persona que tiene vínculo laboral con el empleador; y a toda persona que presta servicios dentro de un centro laboral, cualquiera sea la modalidad contractual, incluyendo al personal de contratas, subcontratas, tercerización de servicios, entre otros. Trabajo en modalidad mixto: Hace referencia a la combinación de trabajo presencial con trabajo remoto, alternando las modalidades en atención a las necesidades de la entidad. Trabajo presencial: Se refiere a las tareas o funciones desempeñadas por un servidor con presencia física en el centro de labores, como consecuencia de una prestación laboral. Trabajo remoto: Es la prestación de servicios sujeta a subordinación, con la presencia física del servidor en su domicilio o lugar de aislamiento domiciliario, utilizando cualquier medio o mecanismo que le posibilite realizar sus funciones fuera del centro laboral, siempre que la naturaleza de las labores lo permita. RECOMENDACIONES EN EL CENTRO LABORAL: 1. Información y sensibilización del riesgo de transmisión e infección por COVID ­ 19. Difusión de mensajes clave: Difundir mensajes charlas informativas, paneles informativos, distribución de material informativo y de recordatorio como afiches o por medios electrónicos. Medidas de prevención de riesgo de infección por COVID ­ 19: Medidas generales de higiene. Limpieza del ambiente laboral. Equipos de protección individual. Medidas de control de riesgo de infección por COVID - 19: Lavado y desinfección de manos obligatorio. Medidas de protección personal. Vigilancia de salud del trabajador.


Subject(s)
Disinfection/standards , Coronavirus Infections/prevention & control , Coronavirus Infections/transmission , Surveillance of the Workers Health , Return to Work/trends , Personal Protective Equipment/standards , Household Work/standards , Technology Assessment, Biomedical , Health Evaluation
11.
Salvador; CESAT/DIVAST; 2020. 60 p. ilus.
Monography in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-BA | ID: biblio-1129372

ABSTRACT

O acompanhamento da expansão da pandemia do novo coronavírus para novos bairros, municípios e estados tem demonstrado que a transmissão do contágio pelo SARS-CoV-2 tem atingido e se propagado entre grupos de trabalhadores e ao longo das cadeias produtivas dos diversos ramos e setores de atividades econômicas, seja naquelas atividades consideradas essenciais (como serviços de saúde, comércio de gêneros alimentícios, transporte de pessoas e mercadorias, geração de energia, agricultura e produção de alimentos etc), quanto em atividades não essenciais, que não interromperam seu funcionamento durante o período de isolamento social (como indústrias diversas, mineração, comércio em geral, entre outras). Casos de Covid-19 ocorridos em domicílio ou na comunidade, ao chegar aos locais de trabalho, encontram ambiente propício para sua rápida propagação e contágio de maior número de pessoas, pois, em geral, são ambientes fechados, com condições adversas de trabalho (exposição a poeiras, substâncias químicas, calor, ventilação inadequada etc), com aglomeração de trabalhadores em alguns setores, trabalhando em contato próximo durante várias horas por dia e compartilhando instalações, bancadas, instrumentos ferramentas, refeitórios, alojamentos, transportes


Subject(s)
Humans , Male , Female , Coronavirus Infections/prevention & control , Coronavirus Infections/epidemiology , Disease Notification , Surveillance of the Workers Health , Pandemics , Pneumonia, Viral/prevention & control , Pneumonia, Viral/epidemiology , Unified Health System , Epidemiological Monitoring
12.
Epidemiol. serv. saúde ; 28(2): e2018298, 2019. tab
Article in English, Portuguese | LILACS | ID: biblio-1012083

ABSTRACT

Objetivo: descrever a prevalência de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), uso de medicamentos, valores tensionais e glicemia capilar de uma equipe de enfermagem de um hospital filantrópico de Pelotas, RS, Brasil. Métodos: estudo transversal; as perguntas foram adaptadas do questionário do sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel); todos tiveram pressão arterial e glicemia aferidos. Resultados: do total de 272 funcionários avaliados, 29,4% afirmaram ter DCNT, 48,9% faziam uso de medicamento contínuo e 73,9% referiram antecedentes familiares para DCNT; dos entrevistados, 20,6% usavam anti-hipertensivos, e destes, 27,7% apresentaram níveis tensionais elevados e 2,6% referiram usar hipoglicemiantes; destes últimos, 42,9% apresentaram níveis glicêmicos elevados. Conclusão: dos profissionais autodeclarados hipertensos e diabéticos, aqueles em uso de medicações apresentaram valores tensionais e glicemia mais elevados do que os que não faziam tratamento medicamentoso.


Objetivo: Describir la prevalencia de enfermedades crónicas no transmisibles (ECNT), uso de medicamentos y valores de tensión y glucemia capilar de un equipo de enfermería de un hospital filantrópico de Pelotas/RS. Métodos: Estudio transversal; las preguntas fueron adaptadas del cuestionario Vigilancia de Factores de Riesgo y Protección para Enfermedades Crónicas por Encuesta Telefónica (Vigitel). Todos tuvieron la presión arterial y la glucemia medidas. Resultados: Del total de 272 funcionarios evaluados, un 29,4% reportó tener ECNT, un 48,9% hacía uso de medicamento continuado y 73,9% refería antecedentes familiares para ECNT. Entre los entrevistados, 20,6% refirió usar antihipertensivos, de estos 27,7% presentaron niveles de tensión elevados, y un 2,6% refirieron usar hipoglucemiantes, de los cuales 42,9% presentó niveles glucémicos elevados. Conclusión: Los profesionales que se autodeclararon hipertensos y diabéticos y estaban en uso de medicamentos presentaron valores de tensión y glucemia más elevados que aquellos que no hacían tratamiento medicamentoso.


Objective: to describe the prevalence of noncommunicable diseases (NCDs), long term (current) drug therapy, blood pressure levels and capillary glycemia among a nursing team at a charitable hospital in Pelotas/RS. Methods: This was a cross-sectional study. The questions were adapted from the Vigitel system questionnaire (Telephone Surveillance of Chronic Disease Risk and Protection Factors). All participants had their blood pressure and blood glucose measured. Results: Of the 272 staff assessed, 29.4% reported having NCDs, 48.9% were on long term (current) drug therapy and 73.9% reported a family history of NCDs. Among those interviewed, 20.6% reported using antihypertensive drugs, of these 27.7% had high blood pressure levels, and 2.6% reported using antihypoglycemic agents, 42.9% of whom had high blood glucose. Conclusion: Among those professionals who stated they had high blood pressure and diabetes, those who were on medication had higher blood pressure and glucose levels than those who were not on medication.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Middle Aged , Aged , Chronic Disease/epidemiology , Occupational Health/trends , Diabetes Mellitus/epidemiology , Surveillance of the Workers Health , Hypertension/epidemiology , Nursing, Team/statistics & numerical data , Brazil , Socioeconomic Survey , Cross-Sectional Studies , Blood Pressure Monitoring, Ambulatory , Glycemic Index , Diagnostic Self Evaluation , Hypoglycemic Agents/therapeutic use , Antihypertensive Agents/therapeutic use
13.
Salvador; s.n; s.n; 2019. 197 p.
Thesis in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-BA | ID: biblio-1145362

ABSTRACT

O reconhecimento do usuário-trabalhador na interação com os profissionais da Atenção Primária à Saúde é uma etapa fundamental para a implementação das ações de saúde do trabalhador na Rede de Atenção à Saúde do Sistema Único de Saúde. Este estudo se propôs compreender como se dá o processo de interação do usuário trabalhador com os profissionais de saúde de uma Unidade de Saúde da Família, analisando as demandas de saúde relacionadas ao trabalho que emergem deste contato, quanto às barreiras para tal reconhecimento. Adotou-se a perspectiva etnográfica, com foco na etnografia de saúde, para produção dos dados, priorizando a observação participante e entrevistas situadas com usuários e profissionais de saúde. O trabalho de campo ocorreu no período de abril a outubro de 2018. O processo analítico e interpretativo tomou as cenas produzidas, guiadas pelas conversações, emergindo o (não)reconhecimento de demandas de saúde do trabalhador no contexto de trabalho daqueles profissionais de saúde como hipótese campo. Por outro lado, foram identificados disparadores que despertam interesse do profissional de saúde em saber se o usuário trabalha, o que faz, há quanto tempo, ou se tem tempo de contribuição para aposentadoria, demonstrando que há sim um reconhecimento do "usuário-trabalhador" pelo profissional de saúde no contexto da Atenção Primária à Saúde. Porém, o estudo revela que a maneira como tais informações são tratadas no contexto da unidade de saúde da família se mostram insuficientes para a produção do cuidado à saúde do trabalhador nos moldes do que é preconizado pela Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. A análise apontou que, para além da abordagem queixa-conduta do profissional de saúde, há uma diversidade de aspectos que se constituem como barreiras para a abordagem do "usuário-trabalhador" neste nível de atenção à saúde. Tais aspectos foram agrupados de modo a demonstrar diferentes camadas (política, territorial, trabalho real e individual), sobrepostas, que contribuem para ofuscar a visão do profissional, retardar ou interditar a sua ação (identificação, atendimento, coordenação do cuidado). O estudo contribui para "desembaraçar" os fios e articular os pontos da Rede de Atenção à Saúde para o cuidado integral à saúde do trabalhador no SUS, a partir da Atenção Primária à Saúde


Subject(s)
Humans , Male , Female , Primary Health Care , Unified Health System , Occupational Health , Health Personnel/organization & administration , Surveillance of the Workers Health , Integrality in Health , Health Policy
15.
Trab. educ. saúde ; 16(2): 583-604, maio-ago. 2018. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-963008

ABSTRACT

Resumo Este artigo apresenta uma síntese de observações desenvolvidas em uma pesquisa que teve como objetivo elaborar um projeto pedagógico para qualificação dos agentes comunitários de saúde em vigilância em saúde do trabalhador com base na percepção dos próprios sujeitos. Tratou-se de estudo de natureza qualitativa realizado em 2016, em Vitória da Conquista, Bahia, que utilizou o referencial teórico da pesquisa-ação e a técnica de grupo focal para abordagem dos sujeitos. A primeira etapa dos resultados expõe a visão dos enfermeiros quanto à qualificação dos agentes em vigilância em saúde do trabalhador, e a segunda descreve a participação e a percepção dos agentes comunitários de saúde na construção da proposta pedagógica de capacitação. Os enfermeiros recomendaram que a capacitação em vigilância em saúde do trabalhador fosse construída com base nos pressupostos da educação permanente e demonstraram interesse em participar desse processo educativo. Houve unanimidade dos agentes participantes quanto à necessidade da capacitação. Eles sugeriram conteúdos, metodologia e material didático para a construção da proposta pedagógica, externando o desejo de participar de um processo educativo capaz de transpor as barreiras da capacitação, como um verdadeiro processo de educação permanente em saúde.


Abstract This article presents a synthesis of observations developed in a research that had as objective to elaborate a pedagogical project to qualify the community health agents in health surveillance of the worker based on the perception of the subjects themselves. It was a qualitative study carried out in 2016, in Vitória da Conquista, Bahia, Brazil, which used the theoretical reference of action research and the focus group technique to approach the subjects. The first stage of the results exposes the view of the nurses regarding the qualification of the agents in health surveillance of the worker, and the second describes the participation and the perception of the community health agents in the construction of the pedagogical proposal of training. The nurses recommended that the training in health surveillance of the worker be built based on the assumptions of permanent education and showed interest in participating in this educational process. There was unanimity of the participating agents regarding the need for training. They suggested contents, methodology and didactic material for the construction of the pedagogical proposal, expressing the desire to participate in an educational process able to overcome the barriers of training, as a true process of permanent education in health.


Resumen Este artículo presenta una síntesis de observaciones desarrolladas en una pesquisa que tuvo como objetivo elaborar un proyecto pedagógico para calificación de los agentes comunitarios de salud en Vigilancia en salud del trabajador a partir de la percepción de los propios sujetos. Tratase de un estudio realizado en 2016 en Vitória da Conquista, Brasil, que utilizó cualitativo que utiliza el marco teórico de la técnica de investigación-acción y grupo de enfoque para abordar el tema. El primer paso de los resultados expone la visión de los enfermeros en relación con la calificación de los agentes de salud en vigilancia en salud del trabajador y en el segundo se describe la participación y el conocimiento de los agentes comunitarios de salud en la construcción de la propuesta de formación pedagógica. Las enfermeras sugirieron que la formación en vigilancia en salud del trabajador fuera construida en base a los supuestos de la educación permanente y expresaron su interés en participar en este proceso educativo. Hubo unanimidad de los participantes de los agentes sobre la necesidad de formación y recomendarán materiales de contenido, metodología y enseñanza para la construcción de la propuesta pedagógica. Por supuesto, expresaron, aun, el deseo de participar en un proceso educativo que sea capaz de superar las barreras de la formación como un verdadero proceso de educación permanente en salud.


Subject(s)
Humans , Community Health Workers , Education, Continuing , Surveillance of the Workers Health
16.
São Paulo; s.n; 2018. 173 p.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: biblio-911984

ABSTRACT

Este estudo analisou o modelo atual de Vigilância em Saúde do Trabalhador no Estado de São Paulo e explorou desafios, possibilidades e obstáculos para a efetiva atuação dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST). A Teoria da Atividade constituiu referencial para sistematização e análise dos dados, com o objetivo de compreender a atividade de Vigilância dos Acidentes de Trabalho em uma perspectiva sistêmica. As opiniões dos profissionais sobre o que fazem, seus problemas e contradições constituíram material privilegiado deste estudo, somado ao levantamento da literatura pertinente e análise documental de legislação e instrumentos de gestão do SUS. Foi possível constatar que a Vigilância dos Acidentes de Trabalho lida com a multiplicidade e complexidade de seu objeto e seus elementos divergem, se agrupam e se contradizem a todo momento. Verificou-se que o cotidiano dos serviços impõem modos de fazer que muitas vezes não são condizentes com as expectativas dos sujeitos. A informação e planejamento das ações foram identificados como peças fundamentais de organização da atividade. Críticas apresentadas ao modelo atual foram apontadas, para serem analisadas e repensadas, visando estruturar coletivamente ações que, ao mesmo tempo, apoie os serviços em sua atividade e resulte em melhoria das condições de trabalho. Muitas faces desta temática não se esgotaram neste estudo, ensejando encaminhamentos para futuras discussões. O estudo trouxe elementos que implicam na re-focalização do que está sendo realizado até o momento. A intervenção proposta no Laboratório de Mudanças parece ser um caminho a ser trilhado em relação ao desenvolvimento futuro da atividade de Vigilância dos Acidentes de Trabalho. Esta pesquisa iniciou um diagnóstico sobre a situação da atividade, as práticas atuais, os principais problemas enfrentados e os principais conceitos e ferramentas utilizados. Porém, para haver mudanças é necessário recolocar em cena os sujeitos para que analisem a estrutura do sistema da atividade, com a ajuda do intervencionista, a partir de uma gama de instrumentos, de modo a analisar com profundidade as contradições e seus impactos e buscar coletivamente na modelagem de novas soluções


This study was interested in analyzing the current model in Workers' Health Surveillance in the state of São Paulo and exploring the challenges, possibilities and obstacles for the effective performance of the Reference Centers for Workers' Health. Based on the ideas of the Theory of Activity for systematization and data analysis, we sought to understand the Work Related Accidents Surveillance activity from a systemic perspective, allowing it to be conceived as a collective activity. This study was interested in analyzing the current model in Workers' Health Surveillance in the state of São Paulo and exploring the challenges, possibilities and obstacles for the effective performance of the Reference Centers for Workers' Health. The Theory of Activity was a reference for systematization and data analysis, aiming to understand the Work Related Accidents Surveillance activity from a systemic perspective. The opinions of the professionals about what they do, their problems and contradictions constitute privileged material of this study, together with the pertinent literature and documentary analysis of SUS management legislation and instruments. It was possible to verify that the Work Related Accidents Surveillance deals with the multiplicity and complexity of its object and its elements diverge, group and contradict each other at all times. It was found that the daily services impose modes of doing that are often not in keeping with the expectations of the subjects. The information and planning of the actions were identified as fundamental pieces of organization of the activity. Criticisms presented to the current model were pointed out, to be analyzed and rethought, aiming at collectively structuring actions that, at the same time, support services in their activity and result in improved working conditions. Many aspects of this theme have not been exhausted in this study, leading to future discussions. The study has brought elements that imply in the re-focusing of what is being done so far. The intervention proposed in the Changes Laboratory of seems to be a path to be followed in to the future development of the Work Related Accidents Surveillance activity. This research began a diagnosis about the activity situation, the current practices, the main problems faced and the main concepts and tools used. However, in order to make changes, it is necessary to bring it back the subjects to analyze the structure of the system of the activity, with the interventionist's help, from a range of instruments, in order to analyze in depth the contradictions and their impacts and to search collectively in modeling new solutions


Subject(s)
Accidents, Occupational/prevention & control , Ergonomics , Health Workforce , Capacity Building , Surveillance of the Workers Health , Occupational Health
18.
Tempus (Brasília) ; 11(2): 199-217, abr.-jun. 2017.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-881588

ABSTRACT

Este estudo teve como objetivo contribuir com a reestruturação do processo de trabalho do Núcleo de Vigilância nos Ambientes e Processos de Trabalho da Vigilância em Saúde do Trabalhador do município de Palmas ­ Tocantins, descrevendo o mesmo, identificando suas fragilidades e buscando soluções, sendo este Núcleo, portanto, o universo da pesquisa. Trata-se de um estudo descritivo tipo intervenção, constituído por quatro fases. A fase I contextualizou historicamente a Saúde do Trabalhador no município de Palmas ­ TO; A fase II descreveu o atual processo de trabalho da equipe de Vigilância em Ambientes e Processos de Trabalho; Na fase III foram identificadas as necessidades da equipe quanto às melhorias necessárias; A fase IV foi destinada à construção dos fluxos e instrumentos necessários para a estruturação do setor no planejamento e execução de suas ações. A história da Saúde do Trabalhador no município iniciouse em 2004, a partir da habilitação do CEREST Regional de Palmas, perpassando por várias fases até a habilitação do Núcleo de Vigilância em Saúde do Trabalhador. Foram identificadas ausência de legislações municipais para a saúde do trabalhador, da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador junto ao Conselho Municipal de Saúde e de recurso federal. Também se percebeu a informalidade nas solicitações de demandas e respostas entre os setores da Vigilância em Saúde do Trabalhador e um fluxo não estruturado na rotina do serviço. Desta forma, o trabalho trouxe contribuições de intervenção nesta realidade, de maneira participativa e democrática.


This study aimed to contribute to the restructuring of the work process of the Nucleus of Surveillance in the Environments and Work Processes of the Occupational Health Surveillance of the municipality of Palmas - Tocantins, describing the same, identifying its fragilities and seeking solutions, this Nucleus Therefore, the universe of research. It is a descriptive, intervention-type study, consisting of four phases. Phase I has historically contextualized the Worker 's Health in the municipality of Palmas - TO; Phase II described the current work process of the Surveillance Team in Environments and Work Processes; In phase III, the team's needs were identified for the necessary improvements; Phase IV was devoted to the construction of the necessary flows and instruments for structuring the sector in the planning and execution of its actions. The history of Workers' Health in the municipality began in 2004, starting with the CEREST Regional de Palmas accreditation, going through several phases until the Enabling Nucleus of Worker's Health Surveillance. Difficulties were identified in the absence of municipal legislation for workers' health, the Inter-Sectoral Worker's Health Committee with the Municipal Health Council and federal appeal. Informality was also perceived in the requests for demands and responses between the sectors of Occupational Health Surveillance and an unstructured flow in the routine of the service. In this way, the work brought contributions of intervention in this reality, in a participatory and democratic way.


Este estudio tuvo como objetivo contribuir a la reestructuración de la Unidad de Vigilancia del proceso de trabajo en el medio ambiente y procesos de trabajo de Vigilancia de la Salud de la ciudad de Palmas Trabajador - Tocantins, que describe el mismo, identificando sus debilidades y la búsqueda de soluciones, y este núcleo Por lo tanto, el universo de investigación. Se trata de una intervención de tipo de estudio descriptivo que consta de cuatro fases. Fase I históricamente contextualizado trabajador de la salud en la ciudad de Las Palmas - A; Fase II describe los entornos de equipo de vigilancia del proceso de trabajo actual y los procesos de trabajo; En la fase III de las necesidades del equipo han sido identificadas como las mejoras necesarias; Fase IV fue para la construcción de los flujos y las herramientas necesarias para la estructura de la industria en la planificación y ejecución de sus acciones. La historia Salud en el Trabajo en la ciudad comenzó en el año 2004, de permitir Palmas CEREST regional, pasando por varias etapas para que el Centro de Vigilancia de la Salud en el Trabajo. El desarrollo de las dificultades de la falta de legislación municipal para el trabajador de la salud, Trabajador Comisión Intersectorial de Salud con el Consejo Municipal de Salud y fondos federales. También se dio cuenta de la informalidad en las solicitudes de demandas y respuestas entre los sectores de Vigilancia de la Salud Ocupacional y corriente no estructurado de la rutina de servicio. Por lo tanto, el trabajo llevado contribuciones de intervención en esta realidad, de una manera participativa y democrática.


Subject(s)
Humans , Surveillance of the Workers Health , Health , Health Policy, Planning and Management , Laticauda , Workplace
19.
Rev. bras. med. trab ; 15(2): 158-166, abr.-jun. 2017.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-848124

ABSTRACT

Contexto: A tendinite do manguito rotador (TMR) é frequente em operadores de caixa de supermercado devido às exigências do trabalho. É, de facto, frequente a realização de movimentos repetitivos de abdução e flexão dos membros superiores, muitas vezes em carga, que podem causar inflamação dos tecidos periarticulares do ombro, desencadeando sinais e sintomas de TMR. Objetivos: Conhecer a prevalência de TMR em operadores de caixa de supermercado por meio da avaliação de sintomas, sinais e ecografia. Métodos: Participaram 44 trabalhadores com idades entre 28 e 47 anos. Eles preencheram um questionário de queixas autorreferidas aos ombros e realizaram exame objetivo (manobras do arco doloroso, do conflito subacromial e abdução resistida do ombro) e ecografia de tecidos moles. Resultados: Identificaram-se queixas de dor no ombro em 26 operadores à direita (59,1%) e em 16 (36,4%) à esquerda. Ao exame objetivo, 15 e 11 trabalhadores (34,1% à direita e 25,0% à esquerda, respetivamente) apresentaram positividade nas três manobras. Na ultrassonografia foram encontradas alterações no ombro direito e esquerdo em 16 e 17 operadores (36,4 e 38,6%, respetivamente). Não foi encontrada concordância estatística entre as três abordagens. A "manobra de abdução resistida do ombro" revelou boa relação com as queixas de dor no ombro (χ2 Wald (1)=7,260; p=0,007). Obtiveram-se resultados semelhantes de associação entre essa manobra e a avaliação ecográfica (χ2 Wald (1)=6,854; p=0,009; ROC=0,714, sensibilidade 75%; especificidade 67,9%). Conclusões: Os resultados obtidos sugerem que a "manobra de abdução resistida do ombro" é preditiva de TMR na vigilância médica desses trabalhadores. Tal deverá ser verificado em futuros estudos, designadamente envolvendo amostras de maiores dimensões.


Background: Rotator cuff tendinitis (RCT) is common among supermarket cashiers due to their work demands. Repetitive movements of shoulder abduction and flexion are frequent, which might cause inflammation of the periarticular tissues of the shoulder, triggering signs and symptoms of RCT. Objectives: To investigate the prevalence of RCT in supermarket cashiers by means of assessment of symptoms, signs and ultrasound. Methods: Forty-four workers aged 28 to 47 years old participated in the study. The participants were subjected to a self-report shoulder complaints questionnaire, clinical examinations ("painful arc test", "empty can test" and "Hawkins-Kennedy impingement test") and soft tissue ultrasound. Results: A total of 26 participants reported shoulder pain on the right side (59.1%) and 16 (36.4%) on the left side. During clinical assessment, 15 and 11 workers (34.1% right and 25.0% left, respectively) had positive results on all three tests. Ultrasound showed alterations in the right and left shoulder in 16 and 17 participants (36.4 and 38.6%, respectively). No statistical correlation was found between the three approaches. The "empty can test" exhibited strong correlation with shoulder pain (χ2 Wald (1)=7.260, p=0.007). Similar results were obtained for the association between this test and ultrasound (χ2 Wald (1)=6.854, p=0.009, ROC=0.714, sensitivity 75%, specificity 67.9%). Conclusions: The results suggest that the "empty can test" is predictive of RCT in the medical surveillance of supermarket cashiers. This finding should be verified in future studies, especially with larger samples.


Subject(s)
Humans , Cumulative Trauma Disorders/epidemiology , Surveillance of the Workers Health , Rotator Cuff Injuries/epidemiology , Occupational Diseases/prevention & control , Occupational Medicine , Prevalence
20.
Rio de Janeiro; s.n; 20170000. 128 p. graf, ilus, tab.
Thesis in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1026805

ABSTRACT

Os acidentes com materiais perfurocortantes são considerados grandes desafios e desperta constante preocupação para os profissionais da área de saúde, em especial os profissionais de enfermagem, devido à elevada demanda de procedimentos invasivos e, a dinâmica do trabalho, principalmente, nas Unidades de Terapia Intensiva. O objetivo deste estudo é Identificar a ocorrência de acidentes com perfurocortantes; em seguida, elaborar estratégias para reduzir os riscos de acidentes com materiais perfurocortantes, por meio de ações educativas à equipe de enfermagem, utilizando-se, cartilha informativa. A pesquisa tem abordagem quantitativa e qualitativa. Inicialmente, foram levantadas, as fichas de notificação de acidentes, no período compreendido entre 2009 a 2015, em um hospital da cidade de São Luís. Posteriormente, foi utilizado um roteiro de entrevistas individuais, com perguntas abertas e fechadas, sendo entrevistados 11 enfermeiros, e 34 técnicos, envolvidos na assistência direta. Como resultado, constatou-se que, em relação à categoria profissional, os técnicos de enfermagem continuam sendo os mais acidentados; principal fator responsável pelos acidentes, é a falta de atenção; as agulhas são os objetos mais envolvidos; maioria dos profissionais com esquema vacinal completo; Equipamentos de Proteção Individual e Coletivo (EPI e EPC),com 60% de adesão pelos profissionais; as mãos é a parte mais afetada no acidente; a maioria dos acidentes ocorrem na realização de procedimento; 75% dos acidentados não notificaram a ocorrência e, não houve emissão de CAT; 58% dos profissionais não receberam nenhuma capacitação profissional. Finalmente, foi elaborada uma cartilha educativa, fornecendo informações com vistas à promover a educação permanente dos profissionais, a fim de reduzir os riscos dos acidentes com material perfurocortante


Accidents with sharps are considered major challenges and constant concern for health professionals, especially nursing professionals, due to the high demand for invasive procedures and the dynamics of work, especially in Intensive Care Units. The objective of this study is to identify the occurrence of sharps injuries; and then develop strategies to reduce the risk of accidents with sharps, through educational actions to the nursing team, using information booklet. The research has a quantitative and qualitative approach. Initially, the accident report cards were drawn up in a hospital in the city of São Luis from 2009 to 2015. Later, a script of individual interviews with open and closed questions was used, and 11 nurses were interviewed, and 34 technicians involved in direct assistance. As a result, it was found that, in relation to the professional category, nursing technicians remain the most injured; main factor responsible for accidents, is the lack of attention; the needles are the objects most involved; majority of professionals with complete vaccination schedule; individual and Collective Protection Equipment (EPI and EPC), with 60% adherence by professionals; hands is the most affected part in the accident; most of the accidents occur in the procedure; 75% of the accident victims did not report the occurrence and, there was no CAT issue; 58% of the professionals did not receive any professional training. Finally, an educational booklet was developed, providing information to promote the continuing education of professionals in order to reduce the risk of accidents with sharps. With a view to promoting the continuing education of professionals in order to reduce the risk of accidents involving sharps


Subject(s)
Humans , Male , Female , Wounds, Stab/prevention & control , Occupational Risks , Nursing, Team/statistics & numerical data , Teaching Materials , Surveillance of the Workers Health
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL