Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 39
Filter
Add filters








Type of study
Year range
1.
Biomédica (Bogotá) ; 37(supl.2): 167-179, jul.-set. 2017. tab, graf
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-888535

ABSTRACT

Resumen Introducción. Trypanosoma cruzi se ha dividido en seis unidades taxonómicas discretas (Discreet Typing Units, DTU) denominadas TcI, TcII, TcIII, TcIV, TcV y TcVI. Aún se desconocen los factores determinantes de la dinámica de la transmisión vectorial de los genotipos de T. cruzi en las diferentes regiones geográficas de distribución de la enfermedad de Chagas en Perú. Objetivo. Detectar y tipificar las unidades taxonómicas discretas de T. cruzi en las heces de siete especies de triatominos (Panstrongylus chinai, P. geniculatus, P. herreri, Rhodnius robustus, R. pictipes, Triatoma carrioni y T. infestans), capturados en ocho departamentos de diferentes regiones naturales de Perú. Materiales y métodos. Se examinaron 197 insectos para la detección de tripanosomas. Se extrajo el ADN del contenido intestinal de cada insecto y se amplificó mediante reacción en cadena de la polimerasa (PCR) de los genes kDNA, SL-IR, 24Sa rRNA y 18Sa RNA para detectar las DTU de T. cruzi. Resultados. Se detectaron cinco infecciones con T. rangeli y 113 con T. cruzi. De estas últimas, fue posible identificar 95 de TcI (dos en P. chinai, una en P. geniculatus, 68 en P. herreri, cuatro en R. pictipes, siete en R. robustus, una en T. carrioni, y 12 en T. infestans); cinco de TcII (cuatro en P. herreri, una en T. infestans); cuatro de TcIII (tres en P. herreri, una en R. robustus) y cuatro infecciones de TcIV en P. herreri. Conclusión. Este es el primer trabajo de caracterización a gran escala de T. cruzi en el intestino de vectores de importancia epidemiológica en Perú, orientado a generar información básica que permita entender la dinámica de la transmisión vectorial de T. cruzi en esta región del continente.


Abstract Introduction: Trypanosoma cruzi has been divided by international consensus into six discrete typing units (DTU): TcI, TcII, TcIII, TcIV, TcV y TcVI. The factors determining the dynamics of T. cruzi genotypes vector transmission of Chagas' disease in the different geographical regions of Perú are still unknown. Objective: To detect and type T. cruzi DTUs from the faeces of seven species of triatomines (Panstrongylus chinai, P. geniculatus, P. herreri, Rhodnius robustus, R. pictipes, Triatoma carrioni and T. infestans) captured in eight departments from different natural regions of Perú. Materials and methods: We examined 197 insects for detecting trypanosomes. DNA was extracted from each insect intestinal contents and PCR amplification of kDNA, SL-IR, 24Sa rRNA and 18Sa RNAwas performed for detecting T. cruzi DTUs. Results: Five T. rangeli and 113 T. cruzi infections were detected; 95 of the latter were identified as TcI (two in P. chinai, one in P. geniculatus, 68 in P. herreri, four in R. pictipes, seven in R. robustus, one in T. carrioni, 12 in T. infestans), five as TcII (four in P. herreri, one in T. infestans), four as TcIII (three in P. herreri, one in R. robustus) and four TcIV infections in P. herreri. Conclusions: This is the first study which has attempted a large-scale characterization of T. cruzi found in the intestine of epidemiologically important vectors in Perú, thus providing basic information that will facilitate a better understanding of the dynamics of T. cruzi vector transmission in Perú.


Subject(s)
Animals , Child, Preschool , Humans , Trypanosoma cruzi/classification , DNA, Protozoan/genetics , Triatominae/parasitology , Insect Vectors/classification , Peru , Species Specificity , Trypanosoma cruzi/genetics , DNA, Protozoan/analysis , Triatominae/growth & development , Chagas Disease/transmission , Chagas Disease/epidemiology , Reverse Transcriptase Polymerase Chain Reaction , Ribotyping , Feces/parasitology , Animal Distribution , Geography, Medical , Genotype , Housing , Insect Vectors/genetics
2.
Mem. Inst. Oswaldo Cruz ; 111(10): 605-613, Oct. 2016. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-796904

ABSTRACT

For a long time, haematophagy was considered an obligate condition for triatomines (Hemiptera: Reduviidae) to complete their life cycle. Today, the ability to use haemolymphagy is suggested to represent an important survival strategy for some species, especially those in genus Belminus. As Eratyrus mucronatus and Triatoma boliviana are found with cockroaches in the Blaberinae subfamily in Bolivia, their developmental cycle from egg to adult under a “cockroach diet” was studied. The results suggested that having only cockroach haemolymph as a food source compromised development cycle completion in both species. Compared to a “mouse diet”, the cockroach diet increased: (i) the mortality at each nymphal instar; (ii) the number of feedings needed to molt; (iii) the volume of the maximum food intake; and (iv) the time needed to molt. In conclusion, haemolymph could effectively support survival in the field in both species. Nevertheless, under laboratory conditions, the use of haemolymphagy as a survival strategy in the first developmental stages of these species was not supported, as their mortality was very high. Finally, when Triatoma infestans, Rhodnius stali and Panstrongylus rufotuberculatus species were reared on a cockroach diet under similar conditions, all died rather than feeding on cockroaches. These results are discussed in the context of the ecology of each species.


Subject(s)
Animals , Male , Female , Rats , Diet , Feeding Behavior/physiology , Hemolymph , Insect Vectors/growth & development , Triatominae/growth & development , Cockroaches , Insect Vectors/physiology , Laboratories , Life Cycle Stages/physiology , Triatominae/physiology
3.
Rio de Janeiro; IOC; 2014. 52 p. ilus.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: lil-782546

ABSTRACT

O material conta com ilustrações e informações sobre a morfologia dos insetos, tamanho, habitat, ciclo de vida, além de mapas sobre a diversidade e distribuição geográfica das 66 espécies de barbeiros registradas até o momento...


Subject(s)
Animals , Chagas Disease/classification , Chagas Disease/ethnology , Triatominae/classification , Triatominae/growth & development , Disease Vectors/classification
4.
Mem. Inst. Oswaldo Cruz ; 108(7): 854-864, 1jan. 2013. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: lil-696012

ABSTRACT

Triatominae are widely recognised for their role as vectors of Trypanosoma cruzi. One of the main biological characteristics of this subfamily is their obligate haematophagous condition. However, previous studies on Belminus herreri and Belminus ferroae suggested that cockroaches are their principal hosts in domiciles. Due to this peculiar behaviour, the aim of this study was to analyse several demographic and reproductive parameters of B. ferroae fed on three different hosts (mice, cockroaches and Rhodnius prolixus) and relate B. ferroae fitness to these alternative hosts. The cohorts were reared under constant conditions. The egg hatching rate was similar for cohorts fed on cockroaches (69.4%) and R. prolixus (63.8%), but was much lower for the cohort fed on mice (16%). The development time from the nymph to adult stage and the average age of first reproduction (α) presented lower values in the cohort fed on cockroaches, which is consistent with the higher population growth rate associated with this host. Demographic parameters [intrinsic rate of natural increase, finite rate of population growth, net reproductive rate and damping ratio] showed statistically significant differences between the cohorts. Analysis of the life history of B. ferroae revealed a higher fitness related to the cockroach. The implications of these results for the origin of the subfamily are discussed.


Subject(s)
Animals , Female , Male , Mice , Feeding Behavior/physiology , Host-Parasite Interactions/physiology , Insect Vectors/physiology , Triatominae/physiology , Cockroaches , Insect Vectors/growth & development , Life Cycle Stages , Reproduction , Sex Ratio , Triatominae/growth & development
5.
Belo Horizonte; s.n; 2009. 171 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-937867

ABSTRACT

Rhodnius prolixus Stål (1859) é o principal vetor doméstico da doença de Chagas na Venezuela, Colômbia e também em países da América Central. Diante desta importância vetorial, realizaram-se diferentes estudos sobre o seu comportamento e fisiologia. Primeiramente, avaliou-se a atividade dos insetos em relação ao uso de abrigos na ausência e na presença de odores de hospedeiro. Demonstrou-se que odores provenientes do hospedeiro modulam a dinâmica de saída e entrada em abrigos, bem como a atividade locomotora em ninfas de R. prolixus mantidas em jejum avançado. Posteriormente, estudaram-se aspectos da orientação ao hospedeiro mediada por calor, utilizando uma fonte térmica artificial. Demonstrou-se que, de acordo com estudos anteriores realizados com Triatoma infestans, ninfas de R. prolixus são capazes de estimar a distância a que se encontra uma fonte de calor sem contato físico com a mesma. Contudo, mostrou-se que os insetos necessitam deslocar-se livremente para conseguirem estimar a distância à fonte. Interessantemente, demonstrou-se que a distância mais freqüente de disparo do PER (reflexo de extensão da probóscide) em R. prolixus é a de 5 mm da fonte térmica e que tal distância não varia em função da temperatura da mesma (testes desenvolvidos com fontes a 35 ou 40 ºC).


Além disto, demonstrou-se que estímulos mecânicos têm um papel como pista sensorial que, integrada às pistas térmicas, são capazes de afetar o desencadeamento do PER em triatomíneos. Posteriormente, aprofundaram-se estudos sobre aspectos comportamentais relacionados com a fase de seleção do local de picada. Para isto utilizou-se uma fonte de calor que simulava a presença de um vaso sanguíneo sob a pele de um hospedeiro. Este aparato era constituído , basicamente, por uma placa de alumínio e um fio de níquel-cromo, ambos termostatizados, de forma que a placa foi mantida a 33°C e o fio a 36°C. Este aparato era recoberto com uma membrana de látex que simulava a textura da pele de um hospedeiro. Demonstrou-se que a integração bilateral das antenas é necessária para guiar corretamente as tentativas de picada dos insetos. Finalmente, realizaram-se estudos anatômico-funcionais do rostro e das antenas dos insetos. Constatou-se que na superfície do rostro de R. prolixus não há sensilas termoreceptoras, mas uma grande quantidade de pêlos mecanoreceptores e um número relevante de quimioreceptores concentrados no extremo distal. Também se evidenciou que as projeções dos neurônios sensoriais do rostro de R. prolixus projetam-se no gânglio subesofágico, e subsequentemente, nos gânglios protorácico e posterior. Finalmente, foram encontradas regiões do sistema nervoso central onde há uma aparente convergência entre as fibras das antenas com aquelas oriundas do rostro


Subject(s)
Humans , Animals , Guinea Pigs , Mice , Chagas Disease/transmission , Rhodnius/parasitology , Rhodnius/physiology , Triatominae/growth & development
6.
Belo Horizonte; s.n; 2009. 166 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-937868

ABSTRACT

O presente estudo privilegia os aspectos comportamentais relacionados com a atração sexual em Triatoma brasiliensis. Considerando o fato de que o abrigo é um recurso fundamental para a sobrevivência na maioria das espécies de triatomíneos e que o sucesso reprodutivo se dá por meio de um eficaz encontro com o parceiro sexual, optamos por analisar o padrão de atividade locomotora em relação ao abrigo por adultos desta espécie durante a fase escura do ciclo diário e verificar o efeito da presença de coespecíficos nesta atividade. Uma vez fora do abrigo e motivados a procurar alimento e/ou parceiro para o acasalamento, estes insetos podem caminhar ou voar em direção à. fonte de estímulo. Neste sentido, avaliamos se existem sinais químicos emitidos por indivíduos do sexo oposto que sejam capazes de disparar o voo de machos ou fêmeas. Sabendo que estes insetos deslocam-se fundamentalmente caminhando, testamos se há comunicação mediada por odor entre os sexos através da técnica de olfatometria.


O próximo passo foi determinar a origem do sinal químico que promovia as respostas dos machos no olfatômetro. Foi realizada a identificação química da secreção das glândulas. metasternais através de cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa (CGEM)e os diferentes componentes da secreção destas glândulas foram testados na antena de machos de T. brasiliensis por meio de cromatografia gasosa acoplada a. eletroantenografia (CG-EAD). Adicionalmente, foram descritos detalhadamente os aspectos gerais do comportamento durante a cópula e caracterizados fatores fisiológicos, tais como idade e estado nutricional, que afetam a receptividade da fêmea. Finalmente, o. efeito da presença de grupos de machos sobre a duração da cópula e a existência de comportamentos relacionados com competição sexual entre indivíduos foi analisada. Os resultados encontrados mostram que a atividade locomotora nas proximidades do abrigo (saídas do abrigo e atividade locomotora) é maior na primeira hora da fase escura, tanto. em fêmeas quanto em machos de T. brasiliensis. Além disso, odor de fêmea foi capaz de provocar um aumento significativo no número de machos que saíram do abrigo. Uma vez fora do abrigo, os machos aumentaram sua atividade quando odor de fêmea foi apresentado. Verificamos que uma proporção importante dos machos e fêmeas inicia o voo quando confrontados com correntes de ar limpo, porém de maneira não orientada.


A atividade de início de voo parece ser maior durante as primeiras horas da fase escura tanto em fêmeas quanto em machos. Foi observado que a presença de odor de fêmea provoca um aumento da atividade de início de voo nos machos. Além disso, foi possível. comprovar que as respostas dos machos foram orientadas contra a corrente de ar quando na presença de odor de fêmea. Nosso resultados mostram que as secreções das glândulas metasternais de fêmeas são relevantes para o sucesso da cópula nesta espécie. Surprendentemente, os dados mostraram que as secreções das glândulas de Brindley de fêmea também parecem relevantes para o sucesso da cópula em T. brasiliensis. Nos testes de olfatômetro verificamos que machos são significativamente atraídos por odor de fêmea e de macho. Adicionalmente, foi possível demonstrar que os odores emitidos pelas glândulas metasternais de fêmea são responsáveis pela resposta. de orientação dos machos no olfatômetro.


Os dados mostram que as glândulas metasternais não são a fonte dos sinais químicos que provocaram a atração de machos por machos. As glândulas metasternais de T. brasiliensis também estão envolvidas na síntese de substâncias voláteis, basicamente cetonas, dioxolanos e álcoois, sendo a 3-. pentanona o principal componente em ambos os sexos. No estudo de eletrofisiologia, 100% das antenas responderam à 3-pentanona, 71% ao (4R)-metil-1-heptanol, 28% ao (2S)-metil-1-butanol e (1R)-feniletanol e 14% ao 2,2,4-trietil-5-metil-1,3-dioxolano. Fêmeas de T. brasiliensis exibem três tipos de comportamento de rejeição em resposta as tentativas de cópulas realizadas pelos machos: movimentos abdominais, achatamento corporal e evasão. A idade afeta a motivação dos machos para realizar tentativas de cópula e o estado nutricional afeta a receptividade da fêmea. Machos de T. brasiliensis reagem à presença de machos competidores guardando a fêmea por um longo intervalo de tempo. A análise do comportamento de fêmeas sugere que elas são capazes de reconhecer o estado nutricional dos machos e aceitar com maior frequência as tentativas de cópula dos machos alimentados


Subject(s)
Humans , Animals , Guinea Pigs , Mice , Chagas Disease/prevention & control , Electrophysiology/methods , Sex Attractants/analysis , Triatominae/growth & development
7.
Belo Horizonte; s.n; 2009. 171 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: lil-658715

ABSTRACT

Rhodnius prolixus Stål (1859) é o principal vetor doméstico da doença de Chagas na Venezuela, Colômbia e também em países da América Central. Diante desta importância vetorial, realizaram-se diferentes estudos sobre o seu comportamento e fisiologia. Primeiramente, avaliou-se a atividade dos insetos em relação ao uso de abrigos na ausência e na presença de odores de hospedeiro. Demonstrou-se que odores provenientes do hospedeiro modulam a dinâmica de saída e entrada em abrigos, bem como a atividade locomotora em ninfas de R. prolixus mantidas em jejum avançado. Posteriormente, estudaram-se aspectos da orientação ao hospedeiro mediada por calor, utilizando uma fonte térmica artificial. Demonstrou-se que, de acordo com estudos anteriores realizados com Triatoma infestans, ninfas de R. prolixus são capazes de estimar a distância a que se encontra uma fonte de calor sem contato físico com a mesma. Contudo, mostrou-se que os insetos necessitam deslocar-se livremente para conseguirem estimar a distância à fonte. Interessantemente, demonstrou-se que a distância mais freqüente de disparo do PER (reflexo de extensão da probóscide) em R. prolixus é a de 5 mm da fonte térmica e que tal distância não varia em função da temperatura da mesma (testes desenvolvidos com fontes a 35 ou 40 ºC).


Além disto, demonstrou-se que estímulos mecânicos têm um papel como pista sensorial que, integrada às pistas térmicas, são capazes de afetar o desencadeamento do PER em triatomíneos. Posteriormente, aprofundaram-se estudos sobre aspectos comportamentais relacionados com a fase de seleção do local de picada. Para isto utilizou-se uma fonte de calor que simulava a presença de um vaso sanguíneo sob a pele de um hospedeiro. Este aparato era constituído , basicamente, por uma placa de alumínio e um fio de níquel-cromo, ambos termostatizados, de forma que a placa foi mantida a 33°C e o fio a 36°C. Este aparato era recoberto com uma membrana de látex que simulava a textura da pele de um hospedeiro. Demonstrou-se que a integração bilateral das antenas é necessária para guiar corretamente as tentativas de picada dos insetos. Finalmente, realizaram-se estudos anatômico-funcionais do rostro e das antenas dos insetos. Constatou-se que na superfície do rostro de R. prolixus não há sensilas termoreceptoras, mas uma grande quantidade de pêlos mecanoreceptores e um número relevante de quimioreceptores concentrados no extremo distal. Também se evidenciou que as projeções dos neurônios sensoriais do rostro de R. prolixus projetam-se no gânglio subesofágico, e subsequentemente, nos gânglios protorácico e posterior. Finalmente, foram encontradas regiões do sistema nervoso central onde há uma aparente convergência entre as fibras das antenas com aquelas oriundas do rostro


Subject(s)
Humans , Animals , Guinea Pigs , Mice , Chagas Disease/transmission , Rhodnius/physiology , Rhodnius/parasitology , Triatominae/growth & development
8.
Belo Horizonte; s.n; 2009. 166 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: lil-658716

ABSTRACT

O presente estudo privilegia os aspectos comportamentais relacionados com a atração sexual em Triatoma brasiliensis. Considerando o fato de que o abrigo é um recurso fundamental para a sobrevivência na maioria das espécies de triatomíneos e que o sucesso reprodutivo se dá por meio de um eficaz encontro com o parceiro sexual, optamos por analisar o padrão de atividade locomotora em relação ao abrigo por adultos desta espécie durante a fase escura do ciclo diário e verificar o efeito da presença de coespecíficos nesta atividade. Uma vez fora do abrigo e motivados a procurar alimento e/ou parceiro para o acasalamento, estes insetos podem caminhar ou voar em direção à. fonte de estímulo. Neste sentido, avaliamos se existem sinais químicos emitidos por indivíduos do sexo oposto que sejam capazes de disparar o voo de machos ou fêmeas. Sabendo que estes insetos deslocam-se fundamentalmente caminhando, testamos se há comunicação mediada por odor entre os sexos através da técnica de olfatometria.


O próximo passo foi determinar a origem do sinal químico que promovia as respostas dos machos no olfatômetro. Foi realizada a identificação química da secreção das glândulas. metasternais através de cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa (CGEM)e os diferentes componentes da secreção destas glândulas foram testados na antena de machos de T. brasiliensis por meio de cromatografia gasosa acoplada a. eletroantenografia (CG-EAD). Adicionalmente, foram descritos detalhadamente os aspectos gerais do comportamento durante a cópula e caracterizados fatores fisiológicos, tais como idade e estado nutricional, que afetam a receptividade da fêmea. Finalmente, o. efeito da presença de grupos de machos sobre a duração da cópula e a existência de comportamentos relacionados com competição sexual entre indivíduos foi analisada. Os resultados encontrados mostram que a atividade locomotora nas proximidades do abrigo (saídas do abrigo e atividade locomotora) é maior na primeira hora da fase escura, tanto. em fêmeas quanto em machos de T. brasiliensis. Além disso, odor de fêmea foi capaz de provocar um aumento significativo no número de machos que saíram do abrigo. Uma vez fora do abrigo, os machos aumentaram sua atividade quando odor de fêmea foi apresentado. Verificamos que uma proporção importante dos machos e fêmeas inicia o voo quando confrontados com correntes de ar limpo, porém de maneira não orientada.


A atividade de início de voo parece ser maior durante as primeiras horas da fase escura tanto em fêmeas quanto em machos. Foi observado que a presença de odor de fêmea provoca um aumento da atividade de início de voo nos machos. Além disso, foi possível. comprovar que as respostas dos machos foram orientadas contra a corrente de ar quando na presença de odor de fêmea. Nosso resultados mostram que as secreções das glândulas metasternais de fêmeas são relevantes para o sucesso da cópula nesta espécie. Surprendentemente, os dados mostraram que as secreções das glândulas de Brindley de fêmea também parecem relevantes para o sucesso da cópula em T. brasiliensis. Nos testes de olfatômetro verificamos que machos são significativamente atraídos por odor de fêmea e de macho. Adicionalmente, foi possível demonstrar que os odores emitidos pelas glândulas metasternais de fêmea são responsáveis pela resposta. de orientação dos machos no olfatômetro.


Os dados mostram que as glândulas metasternais não são a fonte dos sinais químicos que provocaram a atração de machos por machos. As glândulas metasternais de T. brasiliensis também estão envolvidas na síntese de substâncias voláteis, basicamente cetonas, dioxolanos e álcoois, sendo a 3-. pentanona o principal componente em ambos os sexos. No estudo de eletrofisiologia, 100% das antenas responderam à 3-pentanona, 71% ao (4R)-metil-1-heptanol, 28% ao (2S)-metil-1-butanol e (1R)-feniletanol e 14% ao 2,2,4-trietil-5-metil-1,3-dioxolano. Fêmeas de T. brasiliensis exibem três tipos de comportamento de rejeição em resposta as tentativas de cópulas realizadas pelos machos: movimentos abdominais, achatamento corporal e evasão. A idade afeta a motivação dos machos para realizar tentativas de cópula e o estado nutricional afeta a receptividade da fêmea. Machos de T. brasiliensis reagem à presença de machos competidores guardando a fêmea por um longo intervalo de tempo. A análise do comportamento de fêmeas sugere que elas são capazes de reconhecer o estado nutricional dos machos e aceitar com maior frequência as tentativas de cópula dos machos alimentados


Subject(s)
Humans , Animals , Guinea Pigs , Mice , Sex Attractants/analysis , Chagas Disease/prevention & control , Electrophysiology/methods , Triatominae/growth & development
9.
Mem. Inst. Oswaldo Cruz ; 94(6): 837-9, Nov.-Dec. 1999. tab
Article in English | LILACS | ID: lil-251348

ABSTRACT

Aspects related to hatching, life time, mortality, feeding behaviour and fecundity for each stage of Triatoma pallidipennis life-cycle were evaluated. The hatching rate observed for 200 eggs was 60 percent and the average time of hatching was 18 days. Eighty nymphs (N) (40 percent) completed the cycle and the average time from NI to adult was 168.7 percent11.7days. The average span in days for each stage was 18.0 for NI, 18.5 for NII, 30.0 for NIII, 35.7 for NIV and 50.1 for NV. The number of bloodmeals at each nymphal stage varied from 1 to 5. The mortality rate was 9.17 for NI, 5.5 for NII, 6.8 for NIII 4.17 for NIV and 13.04 for NV nymphs. The average number of eggs laid per female in a 9-month period was 498.6. The survival rates of adults were 357±217.9 and 262.53±167.7 for males and females respectively


Subject(s)
Animals , Life Cycle Stages , Triatominae/growth & development , Feeding Behavior , Laboratories , Ovum/growth & development , Triatominae/physiology
10.
Rio de Janeiro/Belo Horizonte; s.n; 1999. vii, 56 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-933785

ABSTRACT

Neste trabalho foi estudada a influência da fonte alimentar no potencial biológico de triatomíneos. Inicialmente foram avaliados o desenvolvimento de ninfas e a fecundidade de fêmeas de Triatoma infestans, Triatoma brasiliensis, Triatoma sordida e Triatoma pseudomaculata alimentadas em pombos ou camundongos. Em todas as espécies o ciclo evolutivo foi mais curto para os grupos alimentados em camundongos. A fonte alimentar afetou diferentemente a postura das fêmeas em três das quatro espécies estudadas. As fêmeas de T. sordida e T. pseudomaculata apresentaram uma maior fecundidade que as fêmeas de T. infestans e T. brasiliensis, independentemente da fonte alimentar. O comportamento alimentar de T. infestans, T. brasiliensis e T. pseudomaculata foi analisado através do monitoramento da atividade elétrica da bomba cibarial, utilizando-se pombos ou camundongos como fonte alimentar. O T. infestans foi a espécie que apresentou a maior velocidade nos dois hospedeiros testados (28,03 + 1,6 mg/min em pombos e 21,33 + 1,7 mg/min em camundongos), seguido por T. brasiliensis (17,09 + 1,4 mg/min e 13,1 + 1,5 mg/min para pombo e camundongo, respectivamente) e T. pseudomaculata (5,23 + 0,6 mg/min e 4,09 + 0,4 mg/min para pombo e camundongo, respectivamente).


A velocidade de ingestão de sangue em pombos tendeu a ser maior que a obtida em camundongos para todas as espécies. Nos experimentos utilizando-se camundongos como fonte alimentar, os tempos de sondagem tenderam a ser maiores e as interrupções durante o repasto mais prolongadas. Não foi possível estudar o comportamento alimentar de T. sordida porque os insetos recusaram o alimento em todas as tentativas. Finalmente, foi verificada a atividade anticoagulante e antiplaquetária de extratos de glândulas salivares (EGS) de T. infestans, T. brasiliensis, T. sordida, T. pseudomaculata, Rhodnius domesticus e Rhodnius prolixus. Os EGS de todas as espécies de Triatoma interferiram nas vias intrínseca e comum da cascata de coagulação, através do aumento nos tempos de tromboplastina parcial ativada, prótrombina e trombina. O EGS de R. domesticus, somente interferiu na via intrínseca da cascata de coagulação, através do aumento nos tempos de tromboplastina parcial ativada. Todas as espécies apresentaram uma atividade dose-dependente que inibiu a agregação plaquetária induzida por ADP e por colágeno. As espécies de Rhodnius e T. sordida apresentaram uma atividade inibitória da agregação plaquetária, induzida por adrenalina, maior que as demais espécies. Nenhuma das espécies apresentou atividade significativa na agregação plaquetária induzida por ácido araquidônico. Esses resultados sugerem que a qualidade nutritiva do sangue tem um papel importante no desenvolvimento dos triatomíneos e que as características hemostáticas dos hospedeiros devem influenciar na sua interação com o triatomíneo.


Subject(s)
Chagas Disease/transmission , Triatominae/growth & development , Triatominae/parasitology , Trypanosoma cruzi/parasitology
11.
Rio de Janeiro/Belo Horizonte; s.n; 1999. vii,56 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: lil-536133

ABSTRACT

Neste trabalho foi estudada a influência da fonte alimentar no potencial biológico de triatomíneos. Inicialmente foram avaliados o desenvolvimento de ninfas e a fecundidade de fêmeas de Triatoma infestans, Triatoma brasiliensis, Triatoma sordida e Triatoma pseudomaculata alimentadas em pombos ou camundongos. Em todas as espécies o ciclo evolutivo foi mais curto para os grupos alimentados em camundongos. A fonte alimentar afetou diferentemente a postura das fêmeas em três das quatro espécies estudadas. As fêmeas de T. sordida e T. pseudomaculata apresentaram uma maior fecundidade que as fêmeas de T. infestans e T. brasiliensis, independentemente da fonte alimentar. O comportamento alimentar de T. infestans, T. brasiliensis e T. pseudomaculata foi analisado através do monitoramento da atividade elétrica da bomba cibarial, utilizando-se pombos ou camundongos como fonte alimentar. O T. infestans foi a espécie que apresentou a maior velocidade nos dois hospedeiros testados (28,03 + 1,6 mg/min em pombos e 21,33 + 1,7 mg/min em camundongos), seguido por T. brasiliensis (17,09 + 1,4 mg/min e 13,1 + 1,5 mg/min para pombo e camundongo, respectivamente) e T. pseudomaculata (5,23 + 0,6 mg/min e 4,09 + 0,4 mg/min para pombo e camundongo, respectivamente). A velocidade de ingestão de sangue em pombos tendeu a ser maior que a obtida em camundongos para todas as espécies. Nos experimentos utilizando-se camundongos como fonte alimentar, os tempos de sondagem tenderam a ser maiores e as interrupções durante o repasto mais prolongadas. Não foi possível estudar o comportamento alimentar de T. sordida porque os insetos recusaram o alimento em todas as tentativas. Finalmente, foi verificada a atividade anticoagulante e antiplaquetária de extratos de glândulas salivares (EGS) de T. infestans, T. brasiliensis, T. sordida, T. pseudomaculata, Rhodnius domesticus e Rhodnius prolixus. Os EGS de todas as espécies de Triatoma interferiram nas vias intrínseca e comum da cascata de coagulação, através do aumento nos tempos de tromboplastina parcial ativada, prótrombina e trombina. O EGS de R. domesticus, somente interferiu na via intrínseca da cascata de coagulação, através do aumento nos tempos de tromboplastina parcial ativada. Todas as espécies apresentaram uma atividade dose-dependente que inibiu a agregação plaquetária induzida por ADP e por colágeno. As espécies de Rhodnius e T. sordida apresentaram uma atividade inibitória da agregação plaquetária, induzida por adrenalina, maior que as demais espécies. Nenhuma das espécies apresentou atividade significativa na agregação plaquetária induzida por ácido araquidônico. Esses resultados sugerem que a qualidade nutritiva do sangue tem um papel importante no desenvolvimento dos triatomíneos e que as características hemostáticas dos hospedeiros devem influenciar na sua interação com o triatomíneo.


Subject(s)
Chagas Disease/transmission , Triatominae/growth & development , Triatominae/parasitology , Trypanosoma cruzi/parasitology
12.
Rio de Janeiro; FIOCRUZ; 1998. 733 p.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: lil-226667

ABSTRACT

Säo apresentados aspectos da morfologia externa, da mensuraçäo e do exocório de ovos em nove dos quinze gêneros, atualmente conhecidos, de Triatominae: Alberprosenia, Carvenicola, Dipetalogaster, Eratyrus, Microtriatoma Panstrongylus, Psammolestes, Rhodnius e Triatoma. Foram analisadas as características da fixaçäo ou näo ao substrato, mensuraçäo do diâmetro e do comprimento, forma e textura da casca, do ovo e do opérculo, assim como a arquitetura do exocório observada através de microscopia óptica (M.O.) e microscopia eletrônica de varredura (M.E.V.), conforme trabalhos anteriores (Barata et al., 1980; Barata, 1981)


Subject(s)
Disease Vectors , Triatominae/anatomy & histology , Ovum , Triatominae/growth & development
13.
In. Carcavallo, Rodolfo U; Galíndez Girón, Itamar; Jurberg, José; Lent, Herman. Atlas dos vetores da doença de Chagas nas Américas. Rio de Janeiro, FIOCRUZ, 1998. p.449-513.
Monography in Portuguese | LILACS | ID: lil-226668

ABSTRACT

Aborda os estágios ninfais da eclosäo do ovo até chegar à fase adulta


Subject(s)
Disease Vectors , Nymph/anatomy & histology , Triatominae/growth & development
14.
Rev. ciênc. farm ; 18(2): 249-70, 1997. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-227846

ABSTRACT

Descreveu-se, com o auxílio da microscopia óptica, os segmentos abdominais dorsais e ventrais de ninfas de 5§ estádio de Panstrongylus megistus, Rhodnius neglectus, Triatoma brasiliensis, T. infestans, T. matogrossensis e T. tibiamaculata. As estruturas estudadas foram: conexivo, áreas glabras, áreas brilhantes, placa quitinosa, estigmas, respiratórios e tubérculos dorsais.


Subject(s)
Animals , Abdomen/anatomy & histology , Triatominae/ultrastructure , Microscopy , Nymph/growth & development , Nymph/ultrastructure , Triatominae/growth & development
15.
Rev. saúde pública ; 29(6): 488-95, dez. 1995. ilus
Article in Portuguese | LILACS, SES-SP | ID: lil-162230

ABSTRACT

Sobre Alberprosenia malheiroi n. sp. deu-se a conhecer uma diagnose resumida em 1980, porém sem valor bibliográfico. Em 1987, publicou-se a mesma diagnose anexando uma foto e alguns comentários, porém sem realizar uma descriçäo formal. Descreve-se para esta espécie, os adultos, os estádios imaturos, determina-se a série sintípica e apresenta-se dados bionômicos e de criaçäo em insetário. As diferenças mais evidentes com A. goyovargasi, a única espécie que se conhecia do gênero até entäo, säo a coloraçäo geral negra, o espaço interocular maior que o tamanho de um olho visto dorsalmente, os tubérculos do colar com o ápice agudo e o tamanho maior, na nova espécie, quase o dobro do da primeira espécie. Os ovos säo pequenos, fixados ao substrato em grupos de 3 ou 4, elipsóides, näo achatados lateralmente, com o opérculo proeminente, convexo, sem estruturas evidentes. As ninfas apresentam em todos os estádios caracteres típicos do gênero e da tribo, com regiäo anteocular menos longa que a post-ocular e característica pilosidade do tegumento que vai se acentuando a cada estádio. A. malheiroi n. sp. foi capturado em ecótopos silvestres em palmeiras em floresta no Estado do Pará, associados com morcegos ou aves. Nenhum dos exemplares estava infectado com Trypanosoma cruzi. Esses triatomíneos foram mantidos em insetários a ñ 25ºC e ñ 60 por cento UR, säo insetos ágeis e voam com relativa facilidade. Alimentaram-se bem em pombos e morcegos e näo aceitaram alimentaçäo em ratos, camundongos ou hamsters. O período de incubaçäo dos ovos foi em média 13 dias e o tempo de evoluçäo do período ninfal foi em média 132 dias


Subject(s)
Animals , Ovum/physiology , Triatominae/classification , Nymph/growth & development , Triatominae/anatomy & histology , Triatominae/growth & development , Disease Vectors , Insect Vectors , Nymph/anatomy & histology
17.
Rev. goiana med ; 39(1/4): 17-22, jan. 1993-dez. 1994. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-176498

ABSTRACT

Estudou-se a suscetibilidade das espécies Dipetalogaster maximus, Rhodnius neglectu, Triatoma infestans e Triatoma matogrossensis á cepa "Y" do Trypanosoma cruzi com a finalidade de se determinar a espécie mais suscetível, e testá-la no xenodiagnóstico, na busca do inseto-modelo. D. maximus funcionou como melhor meio de cultura para a multiplicaçäo da cepa "Y" de Trypanosoma cruzi, sendo significativamente melhor do que R. neglectus, T. infestans e T. matogroessensis nas três leituras. A suscetibilidade das espécie de triatomíneos, de acordo com a leitura do xenodiagnóstico, foi a seguinte: aos 30 dias - 1§ - D maximus; 2§ - neglectus e 3§ - T. matogrossensis; aos 60 e aos 90 dias - 1§ - T. infestans. Verificou-se que näo houve correlaçäo entre o número de tripanosomas ingeridos e execretados nas três leituras. O volume de sangue e o número de triapanosomas ingeridos näo foram fatores determinantes na quantidade de flagelados excretados e nem no índice de infecçäo, nas leituras aos 30,60 e 90 dias após a infecçäo do inseto. Os experimentos foram realizados à temperatura de 25ºC, umidade de 70 (ñ 5(pôr cento) e fotoperíodo de 12 horas


Subject(s)
Animals , Guinea Pigs , Mice , Disease Susceptibility , Rhodnius/growth & development , Rhodnius/parasitology , Rhodnius/physiology , Triatoma/growth & development , Triatoma/parasitology , Triatoma/physiology , Triatominae/growth & development , Triatominae/parasitology , Triatominae/physiology , Trypanosoma cruzi/growth & development , Trypanosoma cruzi/pathogenicity , Chagas Disease/epidemiology , Chagas Disease/microbiology
19.
Rev. patol. trop ; 22(1): 29-42, jan.-jun. 1993. ilus
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-162740

ABSTRACT

Estudou-se a biologia de Psammolestes tertius, espécie estritamente silvestre, em laboratório, para avaliar a sua capacidade de se desenvolver em ambiente criaddo pelo homem, e, a sua potencialidade de replicar e transmitir o Trypanosoma cruzi. Os experimentos realizaram-se à temperatura de 28 ñ 0,1 §C uumidade relativa de 75 ñ 5 pôr cento e fotoperíodo de 12 horas. A duraçäo média do ciclo evolutivo, para machos e fêmeas, foi, respectivamente, de 81,0 e de 80,8 dias. foi necessária uma quantidade média de sangque ingerida de 173,8 mg para o P.tertius realizar o ciclo evolutivo. A fecundidade e a fertilidade médias, foram, respectivamente, de 35,5 ñ 3,57 por mês, com uma média de 3,45 ñ 1,17 ovos por postura. A sobrevivência ao jejum se encontra na ordem crescente dos estádios ninfais e, posteriormente, adultos machos e fêmeas: 23,2; 26,6; 47,8; 8,0; 99,8; 41,7 e 33,4 dias


Subject(s)
Biology , Insect Vectors , Triatominae/growth & development , Triatominae/pathogenicity , Mice, Inbred Strains , Chagas Disease , Disease Vectors , Trypanosoma cruzi
20.
Rev. bras. biol ; 53(2): 269-83, maio 1993. ilus, tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-129385

ABSTRACT

A fim de proporcionar novos parâmetros a serem usados na Taxonomia dos Triatomíneos, vetores da Doença de Chagas e ampliar os conhecimentos a respeito desta espécie, realizou-se um estudo da estrutura de ovos e da morfologia externa dos cinco estádios ninfais, através de microscopia óptica e eletrônica de varredura. Os ovos mostram em microscopia óptica (M.O.), a superfície do exocório do corpo e opérculo formada por áreas poligonais, mais nítidas quando observadas em microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os 5 estádios ninfais apresentam no ápice do 3§ segmento do rostro 1+1 estruturas alongadas, que se exteriorizam; anida no 2§ segmento tarsal, um adensado apical de cerdas longas e delicadas, de coloraçäo dourada (Lent and Wygodzinsky, 1979)


Subject(s)
Animals , Nymph/ultrastructure , Ovum/ultrastructure , Triatominae/ultrastructure , Microscopy, Electron, Scanning , Nymph/growth & development , Ovum/growth & development , Triatominae/growth & development
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL