Your browser doesn't support javascript.
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 6.004
Filter
1.
Rev. enferm. UERJ ; 28: e45918, jan.-dez. 2020.
Article in English, Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1117684

ABSTRACT

Objetivo: analisar a compreensão de estudantes de graduação em enfermagem sobre as Redes de Atenção à Saúde. Método: estudo descritivo e exploratório, qualitativo, realizado com 27 estudantes em Enfermagem de uma universidade federal do sul do Brasil, por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas entre agosto e setembro de 2018. Resultados: foi evidenciado o conhecimento dos estudantes em relação ao conceito e objetivo das Redes de Atenção à Saúde, a identificação de fragilidades na comunicação e a falta de conhecimento do usuário como obstáculos na efetivação das mesmas, a dificuldade em ver a atuação do enfermeiro dentro dos variados serviços das redes e a percepção sobre a fragmentação do processo de formação. Conclusão: o estudo contribui para a discussão sobre a inclusão dos estudantes nas Redes de Atenção à Saúde, com intuito de superar as exigências educacionais que buscam favorecer a efetivação do Sistema Único de Saúde e das Redes de Atenção à Saúde.


Objective: to examine undergraduate nursing students' understanding of Health Care Networks (HCNs). Method: in this exploratory, qualitative descriptive study, semi-structured interviews were conducted with 27 Nursing students at a federal University in southern Brazil between August and September 2018. Results: the interviews revealed that the students' knowledge related to the HCNs' concept and purpose, beyond the communication weaknesses and users' lack knowledge as obstacles to effective HCNs, the difficulty in seeing nurses' roles in the various network services, and perceived fragmentation in the training process. Conclusion: the study contributed to discussion of inclusion of students in HCRs, with a view to meeting the educational requirements designed to favor implementation of the national health system (SUS) and the HCNs.


Objetivo: analizar la comprensión de los estudiantes de enfermería de pregrado sobre las redes de atención de la salud (HCN). Método: en este estudio exploratorio, cualitativo descriptivo, se realizaron entrevistas semiestructuradas a 27 estudiantes de Enfermería de una Universidad federal del sur de Brasil entre agosto y septiembre de 2018. Resultados: las entrevistas revelaron que los conocimientos de los estudiantes relacionados con el concepto y propósito, más allá de las debilidades de comunicación y la falta de conocimiento de los usuarios como obstáculos para una HCN eficaz, la dificultad para ver el rol de las enfermeras en los distintos servicios de la red y la fragmentación percibida en el proceso de formación. Conclusión: el estudio contribuyó a la discusión de la inclusión de los estudiantes en las HCR, con miras a cumplir con los requisitos educativos diseñados para favorecer la implementación del Sistema Nacional de Salud (SUS) y las HCN.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Primary Health Care/organization & administration , Students, Nursing , Unified Health System/organization & administration , Delivery of Health Care/organization & administration , Comprehension , Brazil , Nurse's Role , Qualitative Research , Education, Nursing, Graduate
2.
Enferm. foco (Brasília) ; 11(1,n.esp): 40-47, ago. 2020. ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1116321

ABSTRACT

Objetivo: compreender a atuação do enfermeiro no Sistema Único de Saúde frente ao Coronavirus Disease 2019 e sua relação com o processo de formação profissional. Método: trata-se de um estudo qualitativo, cuja produção das informações ocorreu por meio de entrevistas com enfermeiros representantes do ensino, da gestão e da atenção à saúde, protagonistas no enfrentamento da pandemia, em uma Macrorregião do estado de Santa Catarina. A técnica de análise utilizada foi o Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: emergiram duas Ideias Centrais: (Des)valorização e/ou reconhecimento da atuação da enfermagem no Sistema Único de Saúde frente à Coronavirus Disease 2019; Formação em enfermagem e a Coronavirus Disease 2019: relevância da integração ensino-serviço. Conclusão: revelou a percepção política dos enfermeiros frente a crise de saúde pública agravada pela pandemia e a disposição para fortalecer a defesa dos princípios do Sistema Único de Saúde. Os enfermeiros reconhecem a necessidade de valorização profissional, evidenciada pela crise. A integração ensino-serviço é reconhecida como essencial na formação em enfermagem no Sistema Único de Saúde. (AU)


Objective: it aims to understand the role of nurses in the Unified Health System against Coronavirus Disease 2019 and their relationships with the professional training. Methodology: This is a qualitative study, in which information production occurred through interviews with representing education nurses, management and health care nursing professionals who are on the frontline of the pandemic in a macro-region of Santa Catarina state. The analysis technique used was the Discourse of the Collective Subject. Results: Two main ideas emerged from the groups: the mis-valuation and/or recognition of health professionals with Unified Health System due to Coronavirus Disease 2019; Nurse training programs and Coronavirus Disease 2019: the importance of teaching-service integration. Conclusions:Some nurses' political perceptions were revealed about the public health crisis resulting from the pandemic, as well as their willingness to strengthen the defense of the Unified Health System principles. The nurses recognize the need for professional enhancement, which emerged with the crisis. The teaching-service integration is understood as essential for nursing training on Unified Health System. (AU)


Objetivo: comprender el papel de las enfermeras en el Sistema Único de Salud ante la enfermedad de Coronavirus 2019 y su relación con el proceso de formación profesional. Método: este es un estudio cualitativo, cuya producción de información ocurrió a través de entrevistas con enfermeras que representan educación, gestión y atención a salud, protagonistas en el frente la pandemia, en una macro-región del estado de Santa Catarina. Fue utilizado para el análisis o Discurso del sujeto colectivo. Resultados: surgieron dos ideas centrales: (des) valorización y/o reconocimiento del desempeño de enfermería en el Sistema Único de Salud ante la enfermedad del coronavirus 2019; Formación en enfermería y enfermedad por Coronavirus 2019: relevancia de la integración del servicio docente. Conclusión: reveló una percepción política de las enfermeras ante una das crisis de salud pública agravada por la pandemia y un permiso para evitar la defensa de los principios del Sistema Único de Salud. Las enfermeras reconocen la necesidad de valorización profesional, evidenciada por la crisis. La integración de la enseñanza y el servicio es esencial para la capacitación de enfermería en el Sistema Único de Salud. (AU)


Subject(s)
Coronavirus Infections , Unified Health System , Teaching Care Integration Services , Education, Nursing , Pandemics
3.
Caracas; Observatorio Nacional de Ciencia, Tecnología e Innovación; ago. 2020. 112-123 p. (Observador del Conocimiento. Revista Especializada en Gestión Social del Conocimiento, 5, 2).
Monography in Spanish | LILACS (Americas), LIVECS | ID: biblio-1118173

ABSTRACT

Este ensayo tiene por objeto exponer una serie de reflexiones sobre la situación de la Gran Caracas durante el período marzo-junio 2020, enmarcado en la Pandemia declarada por la Organización Mundial de la Salud (OMS) en fecha 11 de marzo de 2020. Estas reflexiones sobre la ciudad, entendida como un sistema complejo y auto-organizado, dan cuenta de una revolución urbana en nuestro territorio, desde comunidades organizadas que se contraponen a los modelos hegemónicos de urbanización planetaria, hasta una divergencia en los modelos de producción y abastecimiento local en el territorio. Aunque podía parecer que el SARS-COVID-19 es una amenaza para las iniciativas urbanas que se verían coartadas o limitadas por las medidas de confinamiento en la lucha contra el Virus, observamos experiencias de base y siempre comunitarias que resisten y se fortalecen en medio de las presentes dificultades. Nos interesamos en estas experiencias ya que aportan a la reflexión necesaria acerca de la transformación de nuestro entorno urbano. El estudio se realiza a partir de un pensamiento complejo, que trata de tejer las interacciones y aportes de un sujeto (la comunidad) que co-construye su realidad (la ciudad como sistema) revelando una vez más la potencia de un pueblo creador. Finalmente se plantean algunas consideraciones sobre estas iniciativas y sus posibilidades, enmarcadas en las profundas luchas por la reivindicación de los derechos al territorio, a la vida, a la cultura y a la ciudad, y que en palabras de Harvey (2013) atraviesan el camino de una revolución urbana(AU)


This essay aims to present several reflections on the situation of the "Gran Caracas" between March and June 2020, during the pandemic period declared by the World Health Organization on March 11, 2020. These considerations on the city, understood as a complex and self-organized system, tell of an urban revolution in our territory, from organized communities that oppose the hegemonic models of world urbanization, to a divergence in the production and local supply models on the territory. Although it may seem that SARS-COVID-19 is a threat to urban actions that would be inhibited by confining measures in order to control the virus, we observe bottom-up and always community- based experiences that resist and become stronger in the midst of the present challenges. We are interested in these experiences since they contribute to the necessary discussion about the transformation of our urban environment. This study is based on a complex thought, which tries to weave the interactions and contributions of a subject (the community) that co-creates its reality (the city as a system) revealing, once again, the potential of creative people. Finally, some considerations are raised about these proposals and their possibilities, framed in the deep struggles for the vindication of the rights to territory, to life, to culture and to the city, and that in David Harvey's words (2013, pág. 16) cross the path of an urban revolution (AU)


Subject(s)
Humans , Unified Health System , Coronavirus Infections , Healthy City , Pandemics , Cities
5.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 24(2): 117-123, maio-ago. 2020.
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-1116377

ABSTRACT

Este estudo trata-se de um relato de experiência sobre o processo de construção e desenvolvimento de um Seminário de Saúde do Trabalhador (SST), articulado pelos profissionais residentes do Programa de Pós-Graduação em Residência Multiprofissional em Atenção Básica/Saúde da Família da Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI, atuantes do Núcleo Ampliado a Saúde da Família (NASF) pertencente ao Sistema Único de Saúde (SUS) do município de Itapema-SC. O SST contou com o apoio e parceria dos setores de Vigilância Sanitária (VS) e Programa de Saúde do Trabalhador (PST) para a sua realização. Objetivou-se por meio deste estudo relatar a construção do SST e o fortalecimento da educação permanente de Itapema a partir da realização do seminário. Como resultado desta experiência, foi realizado o "2º Seminário de Saúde do trabalhador: uma visão ampliada", em comemoração à campanha "Abril Verde" do ano de 2018, contando com aproximadamente 200 participantes durante todo o evento, com direcionamento principal aos trabalhadores dos setores da educação (professores, orientadores educacionais, diretores) e saúde (profissionais da atenção básica, especializada e gestão) do município de Itapema. Com a realização do SST, foi possível diagnosticar as necessidades de saúde dos trabalhadores por meio de um levantamento do itinerário terapêutico, abrindo assim, a possibilidade de cuidado continuado para estes profissionais em seu âmbito de trabalho mediante do apoio institucional realizado pela equipe de residentes. Para alcançar esta produção de cuidado, é fundamental que ocorra o fortalecimento da educação permanente na saúde do trabalhador do município, sendo necessárias estratégias de apoio aos profissionais em seu cotidiano de trabalho, com objetivo de problematizar as necessidades relatadas e alcançar outras práticas de produção de saúde dos trabalhadores.


This study is a report on the experience regarding the process of construction and development of a Seminar on Occupational Health (SST) articulated by the residents of the Post-Graduation Program in Multi-professional Residency in Basic Care/Family Health of the University of the Itajaí Valley - UNIVALI, members of the Expanded Family Health Center (NASF) belonging to the Unified Health System (SUS) in the city of Itapema, in Santa Catarina. The SST had the support and partnership of the Health Surveillance (VS) and Occupational Health Program (PST) sectors for its implementation. The purpose of this study is to report on the construction of the SST and the strengthening of the permanent education of Itapema from the seminar. As a result of this experience, the "2nd Worker's Health Seminar: an expanded vision" was held in commemoration of the "Green April" campaign of 2018, with approximately 200 participants throughout the event, with the participation of teachers, educational counselors, directors and health professionals (basic care, specialized and management professionals) of the city of Itapema. With the SST, it was possible to diagnose the health needs of workers through a survey regarding the therapeutic itinerary and the opening of the possibility of support to those professionals in their work areas. In order to achieve this production of care, it is essential to strengthen the continuous education in the health of workers in Itapema; further strategies are needed to support professionals on their daily work in order to problematize the reported needs and reach other production practices for the health of workers.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Patient Care Team/classification , Primary Health Care/standards , Occupational Health/education , Congresses as Topic/standards , Unified Health System/organization & administration , Health Education/organization & administration , Health Personnel/standards , Health Services Needs and Demand/standards , Medical Staff, Hospital/education
6.
s.l; s.n; jun. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS (Americas), ColecionaSUS | ID: biblio-1102259

ABSTRACT

Em face da pandemia de COVID-19 declarada pela OMS, em 11 de março de 2020, o Ministério da Saúde, vem através deste documento, oferecer orientações aos gestores e profissionais de saúde sobre o manejo dos pacientes com suspeita ou confirmação de COVID-19 nos diversos pontos da Rede de Atenção à Saúde, com foco em uma assistência qualificada e em tempo oportuno, desde as pessoas assintomáticas até aquelas com manifestações mais severas da doença. A COVID-19 destaca-se pela rapidez de disseminação, dificuldade para contenção e gravidade. A vigilância epidemiológica de infecção humana pelo SARS-CoV-2 está sendo construída à medida que a OMS consolida as informações recebidas dos países e novas evidências técnicas e científicas são publicadas. Assim, as melhores e mais recentes evidências foram utilizadas na elaboração desse documento, mas, pela dinâmica da doença e produção de conhecimento associada a ela, atualizações poderão ser necessárias. Consideramos prerrogativas estruturantes do SUS para o adequado enfrentamento a desta pandemia: O provimento de infraestrutura com recursos humanos, equipamentos e suprimentos adequados; A comunicação clara, unificada e efetiva com a população e entre todos os pontos da rede assistencial; Uma regulação estratégica para direcionar a demanda às vagas adequadas a cada caso; A organização apropriada da força de trabalho; O apoio técnico aos profissionais, por ferramentas de telessaúde e educacionais diversas. Este material, construído de forma integrada e multidisciplinar, pretende ser este apoio útil e prático, seja na mesa do gestor, à beira do leito ou nos consultórios e domicílios, àqueles que de fato estão à frente da batalha contra o coronavírus, que merecem todo nosso respeito e gratidão.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral , Unified Health System/organization & administration , Coronavirus Infections/diagnosis , Coronavirus Infections/prevention & control , Coronavirus Infections/therapy , Health Management , Public Health Surveillance/methods , Brazil , Health Communication/methods
8.
RECIIS (Online) ; 14(2): 461-472, abr.-jun. 2020. ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-1102876

ABSTRACT

Em entrevista à Reciis, o geógrafo e sanitarista, Christovam Barcellos, reflete sobre a influência das condições socioambientais no estado de saúde das populações, um tema que adquiriu ainda mais relevância depois de uma sequência de desastres ambientais ocorridos recentemente no Brasil. A pandemia da Covid-19 o fez retomar alguns estudos, que podem contribuir para pensar de forma ampla sobre as diversas questões sociais e de saúde envolvidas nas situações de emergência sanitária que alteram o cotidiano das pessoas e da sociedade. Contribuindo para as ações de controle à pandemia do novo coronavírus no estado do Rio de Janeiro e no Brasil, o vice-diretor de pesquisa do Instituto de Comunicação, Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Icict/Fiocruz) relata o desafio de propor decisões oportunas e baseadas em dados que, apesar da ideia geral de preservar a vida, conforme o uso podem pôr em risco as pessoas mais vulneráveis num contexto de profundas incertezas relacionadas à Covid-19 e às desigualdades sociais históricas do Brasil. O pesquisador revela que esta pandemia produzirá uma nova organização socioespacial com a formação de grupos que podem ser mais solidários ou, ao contrário, individualistas. Para Barcellos, a pandemia também reforçará a relevância da ciência e da saúde pública para a sociedade, de modo que, na pós-pandemia, o direito às tecnologias de informação e comunicação qualificadas será pauta necessária para uma agenda de combate às desigualdades.


Subject(s)
Humans , Interview , Coronavirus Infections , Health Communication , Pandemics , Geography , Unified Health System , Brazil , Environment , Population Health
9.
RECIIS (Online) ; 14(2): 515-519, abr.-jun. 2020. ilus
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-1102937

ABSTRACT

Em 2018, o Sistema Único de Saúde (SUS) completou 30 anos de sua criação no Brasil. Embora reúna muitas conquistas nessas três décadas, o SUS hoje enfrenta novos desafios, impostos pela agenda liberal e conservadora em curso no país. Nesse contexto, o documentário O Espírito de 45 (2013), dirigido por Ken Loach, que destaca a criação do Serviço Nacional de Saúde (National Health Service - NHS), no Reino Unido, é um filme salutar. Tendo a cidadania e o bem comum como grandes temas, a obra mostra como é possível, revisitando o passado, despertar o espírito combativo em defesa de uma sociedade mais justa e solidária, que privilegie o bem-estar da população em lugar do lucro e que aponte caminhos para a defesa do SUS, enquanto uma conquista do povo brasileiro.


In 2018, the SUS ­ Sistema Unificado de Saúde (Unified Health System) celebrated the 30th anniversary of its setting up in Brazil. Despite its many achievements in these three decades, nowadays SUS faces new challenges which were imposed by a liberal and conservative agenda ongoing in the country. In this context, the documentary The Spirit of '45 (2013), directed by Ken Loach, which highlights the creation of the National Health Service (NHS) in the United Kingdom, is a very important film. Addressing citizenship and the common good as major themes, the movie shows how it is possible by revisiting the past to awaken the combative spirit in favour of a fairer and more solidary society, in order to prioritize the population's wellbeing instead of the profit and to point out ways to defend SUS as an achievement of the Brazilian people.


En 2018, el SUS ­ Sistema Único de Saúde (Sistema Único de Salud) completó 30 años de su creación en Brasil. Aunque haya tenido muchos logros en estas tres décadas, el SUS enfrenta hoy nuevos desafíos, impuestos por la agenda liberal y conservadora en curso en el país. En este contexto, la película documental The Spirit of '45 (2013), en la versión brasileña, O Espírito de 45, de Ken Loach, que destaca la creación del Servicio Nacional de Salud (National Health Service ­ NHS); en el Reino Unido, es un buen ejemplo. Con la ciudadanía y el bien común como temas principales, la producción muestra como es posible, reviviendo el pasado, despertar el espíritu combativo en defensa de una sociedad más justa y solidaria, que privilegie el bienestar de la población en lugar de losbeneficios lucrativos, y señale formas de defender el SUS, como un logro del pueblo brasileño.


Subject(s)
Humans , Social Welfare , Unified Health System , Health Care Reform , Documentaries and Factual Films , National Health Programs , Brazil , Narration , Universal Health Coverage , United Kingdom , Health Policy
10.
Salud trab. (Maracay) ; 28(1): 47-60, jun. 2020. tab, ilus
Article in Spanish | LILACS (Americas), LIVECS | ID: biblio-1104337

ABSTRACT

En Uruguay, la información sobre absentismo laboral en trabajadores vinculados a la salud mental ha presentado dificultades en su sistematización. Surge entonces, la posibilidad de abordar dicha problemática en el único hospital psiquiátrico público del país, dado el interés de autoridades, profesionales y constatar la existencia de mejoras en la calidad de los registros institucionales. Objetivo general: Caracterizar el absentismo laboral en trabajadores del hospital psiquiátrico Vilardebó de Montevideo, durante el año 2013, según certificaciones médicas. Metodología: Convergen aspectos exploratorios, descriptivos y correlaciones, bajo un diseño cuantitativo, no experimental, transversal, retrospectivo. Resultados: El mayor ausentismo laboral se observó en el turno matutino, en mujeres auxiliares de enfermería; sin embargo, los mayores ausentismos días promedio se dieron en hombres por causa de salud mental. Asimismo, 33, 6% de la población estudiada presentó más de 2 certificaciones. Dado el Test Chi-Cuadrado se constató la no independencia entre: motivo de certificación en función del turno y/o cargo del trabajador/a. Discusión: algunos de los resultados se reconocen en otros estudios; siendo uno de los primeros trabajos en la materia se sugiere la realización de nuevas investigaciones con el fin de observar la dinámica temporal del fenómeno estudiado, dadas sus implicancias individuales, colectivas, asistenciales e institucionales(AU)


In Uruguay, the systematic gathering of information on worker absenteeism due to mental health has been difficult. We had an opportunity to address this problem in the only public psychiatric hospital in the country, given the interest of authorities, professionals on verifying improvements in the quality of institutional records. Overall objective. To describe the medical certifications of workers of the Vilardebó psychiatric hospital in Montevideo in 2013. Methodology. Approach that brings together exploratory, descriptive and correlation aspects, using a quantitative, nonexperimental, cross-sectional, retrospective study design. Results. The greatest absenteeism from work was observed in the morning shift among female nursing assistants; however, the highest average number of absenteeism days 33.6% of the study population had more than two medical certifications. Based on chi-square statistics, non-independence was found between the reason for medical certification depending on the shift and / or job title of the worker. Discussion. Some of the results are consistent with prior studies. However, being one of the first studies on this subject, more research is needed to further examine the temporal dynamics of these observations, given their individual, collective, healthcare and institutional implications(AU)


Subject(s)
Uruguay , Unified Health System , Mental Health , Absenteeism , Hospitals, Psychiatric/organization & administration , Cross-Sectional Studies , Occupational Groups
11.
Enferm. actual Costa Rica (Online) ; (38): 196-208, Jan.-Jun. 2020. graf
Article in Portuguese | LILACS (Americas), BDENF | ID: biblio-1090096

ABSTRACT

Resumo Este estudo teve como objetivo apresentar uma reflexão acerca da expansão da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde nos últimos 13 anos, no Brasil, tendo como pano de fundo analisar, no âmbito da pesquisa científica, a implantação das Práticas Integrativas e Complementares nos serviços de saúde e a implicação dos próprios autores nessa experiência. Trata-se de uma revisão integrativa, com análise da produção acadêmica nos últimos 13 anos (2006 a 2019), com busca na base de dados da Biblioteca Virtual em Saúde. Foram selecionados sete trabalhos que compuseram o corpo deste estudo. Diante das reflexões apresentadas neste estudo, é possível observar, ao longo dos últimos 13 anos, a presença da expansão das Práticas Integrativas e Complementares, sobretudo nas regiões Nordeste e Sudeste, sendo inegável o impacto positivo dessas práticas no Brasil. Contudo, a inserção das Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde configura uma ação de ampliação de acesso e qualificação dos serviços na perspectiva da integralidade da atenção à saúde da população. Diante do exposto, reafirma-se a necessidade de se empreenderem novos estudos acadêmicos, no que se refere aos movimentos de implantação da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde no Brasil, com vistas a análises direcionadas à redução significante de recursos financeiros principalmente pelo período político e econômico que o Brasil enfrenta atualmente.


Abstract The present study aimed to present a reflection on the expansion of the National Policy of Integrative and Complementary Practices in the Unified Health System in the last 13 years in Brazil. health services and the implication of the authors themselves in this experience. This is an integrative review with analysis of academic production in the last 13 years (2006 to 2019) searching the database of the Virtual Health Library. We selected 7 papers that comprised the body of this study. Given the reflections presented in this study, it is possible to observe, over the last 13 years, the presence of the expansion of the Integrative and Complementary Practices, especially in the Northeast and Southeast, being undeniable the positive impact of these practices in Brazil. However, the inclusion of Integrative and Complementary Practices in the Unified Health System constitutes an action to expand access and qualification of services, from the perspective of comprehensive health care for the population. Given the above, it is reaffirmed the need to undertake new academic studies regarding the implementation of the National Policy of Integrative and Complementary Practices in Health in Brazil, with a view to analyzes directed to significant reduction of financial resources, especially by political and economic period that Brazil faces today.


Resumen El presente estudio tuvo como objetivo presentar una reflexión sobre la expansión de la Política Nacional de Prácticas Integrativas y Complementarias en el Sistema Único de Salud en los últimos 13 años en Brasil, con el trasfondo de analizar en el ámbito de la investigación científica la implementación de Prácticas Integrativas y Complementarias en servicios de salud y la implicación de los propios autores en esta experiencia. Esta es una revisión integradora con análisis de la producción académica en los últimos 13 años (2006 a 2019) buscando en la base de datos de la Biblioteca Virtual en Salud. Seleccionamos 7 documentos, que componen el cuerpo de este estudio. Dadas las reflexiones presentadas, es posible observar, en los últimos 13 años, la presencia de la expansión de las Prácticas Integrativas y Complementarias, especialmente en el Nordeste y Sudeste, siendo innegable el impacto positivo de estas prácticas en Brasil. Sin embargo, la inclusión de Prácticas Integrativas y Complementarias en el Sistema Único de Salud constituye una acción para ampliar el acceso y la calificación de los servicios, desde la perspectiva de la atención integral de salud para la población. Dado lo anterior, se reafirma la necesidad de emprender nuevos estudios académicos sobre la implementación de la Política Nacional de Prácticas Integrales y Complementarias en Salud en Brasil, con miras a análisis dirigidos a una reducción significativa de los recursos financieros, especialmente por período político y económico que enfrenta Brasil hoy.


Subject(s)
Humans , Unified Health System , Complementary Therapies , Brazil
12.
Brasília; IPEA; 20200500. 60 p. ilus.(Nota Técnica / IPEA. Dirur, 16).
Monography in Portuguese | LILACS (Americas), ECOS | ID: biblio-1102189

ABSTRACT

Esta nota técnica (NT) tem como objetivo analisar a trajetória da pandemia após cruzar as fronteiras do território brasileiro, avaliar as medidas adotadas para sua contenção e encaminhar sugestões. Este estudo terá como grande questão norteadora responder de que forma o Brasil se preparou para enfrentar esse evento global, tendo exemplos de medidas empreendidas por países que já enfrentavam a então epidemia do Sars-COV-2, e que ações desencadeou, com particular atenção ao papel de suas fronteiras. Nesse sentido, serão destacadas as principais medidas adotadas e apontadas aquelas que necessitam de uma maior adequação à realidade local e regional na fronteira brasileira, diante da propagação exponencial do vírus no país. Para tanto, serão consideradas informações sistematizadas pelo Ministério da Saúde (MS), pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em suas análises sobre o processo e na orientação das medidas a serem tomadas em relação ao que se pode chamar de a grande crise humanitária desde o início deste século.


Subject(s)
Border Areas , Unified Health System , Coronavirus Infections , Coronavirus , Pandemics
13.
Brasília; IPEA; 20200500. 20 p. (Nota Técnica / IPEA. Diset, 65).
Monography in Portuguese | LILACS (Americas), ECOS | ID: biblio-1102191

ABSTRACT

Esta nota técnica tem o objetivo de analisar, de modo exploratório, algumas vantagens e desvantagens da eventual adoção de uma fila única, conforme vem sendo proposto, para organizar as internações, inclusive em unidades de terapia intesiva (UTIs), em todos os hospitais públicos e privados brasileiros, no contexto da atual pandemia do novo coronavírus (Sars-COV-2), causador da Covid-19. A análise utiliza elementos teóricos, e de resultados práticos, observados em economia da saúde e, de modo complementar, em teoria das filas (Queueing Theory). Essa análise se justifica em função da gravidade da situação atual e da possibilidade de que a fila única seja adotada na presente pandemia, ou que venha a ser novamente objeto de debate, em eventuais futuras pandemias, ou em epidemias que ocorram no país.


Subject(s)
Systems Theory , Beds , Unified Health System , Coronavirus Infections , Coronavirus , Pandemics , Health Facilities, Proprietary , Hospitalization
15.
Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003) ; 72(1): 105-124, jan.-abr. 2020.
Article in Portuguese | LILACS (Americas), INDEXPSI | ID: biblio-1114675

ABSTRACT

Este artigo tem como objetivo problematizar as práticas da Psicologia no campo do Processo Transexualizador, buscando entender como esses saberes vão emergindo e produzindo formas de existência e práticas sobre a população que está dentro desse dispositivo. A Psicologia é uma das responsáveis por criar esses saberes, que subjetivam essa população e apontam como ela deve ser governada. Nessas trilhas, podemos pensar como a Psicologia já ocupou o lugar que patologiza e reforçava o entendimento de anormalidade, evidenciando uma população que deve ser governada. Contudo, é também por encontrar outros saberes e até mesmo entrar em contato com os movimentos sociais que a Psicologia encontra outros caminhos para despatologizar e produzir práticas que entendam as diferentes formas de existência e as possibilidades do corpo trans.


This paper aims to problematize the practices of Psychology in the field of the Transsexualization Process, in an attempt to understand how those knowledges have emerged and produced ways of existence and practices related to the population within this device. Psychology is one of the areas that have created those knowledges, which both subjectify this population and point out the way it must be ruled. In this path, we could think about how Psychology has occupied the place that pathologizes and reinforces the understanding of abnormality, thus evidencing a population that should be ruled. However, it is also because Psychology has found other knowledges and has even been in contact with other social movements that it has found other paths to de-pathologize and produce practices by understanding different ways of existence and the possibilities of a trans body. paper aims to problematize the practices of Psychology in the field of the Transexualizing Process, in an attempt to understand how those knowledges have emerged and produced ways of existence and practices related to the population within this device. Psychology is one of the areas that have created those knowledges, which both subjectify this population and point out the way it must be ruled. In this path, we could think about how Psychology has occupied the place that pathologizes and reinforces the understanding of abnormality, thus evidencing a population that should be ruled. However, it is also because Psychology has found other knowledges and has even been in contact with other social movements that it has found other paths to de-pathologize and produce practices by understanding different ways of existence and the possibilities of a trans body.


Este artículo tiene como objetivo problematizar las prácticas de la Psicología en el campo del Proceso de Transexualización, buscando comprender cómo está surgiendo este conocimiento y produciendo formas de existencia y prácticas sobre la población que se encuentra dentro de este dispositivo. La Psicología es una de las responsables por crear este conocimiento, que subjetiva a esta población y señala cómo debe ser gobernada. Por este camino, podemos pensar en cómo la Psicología ya ha ocupado el lugar que torna patológica, y refuerza la comprensión de la anormalidad, destacando una población que debe ser gobernada. Sin embargo, es también para encontrar otro conocimiento e incluso contactar movimientos sociales que la Psicología encuentra otras formas de despatologizar y producir prácticas que entiendan las diferentes formas de existencia y las posibilidades del cuerpo trans.


Subject(s)
Psychology/trends , Transsexualism , Unified Health System , Sexuality/psychology
16.
Brasília; IPEA; abr. 2020. 59 p. ilus.(Nota Técnica / IPEA. Dirur, 15).
Monography in Portuguese | LILACS (Americas), ECOS | ID: biblio-1102391

ABSTRACT

A nota explora a associação entre as características socioeconômicas, demográficas e as condições de infraestrutura urbana dos espaços urbanos e a vulnerabilidade à contaminação pela Covid-19, propondo a identificação e o mapeamento do grau de vulnerabilidade socioespacial à contaminação pela Covid-19.


Subject(s)
Unified Health System , Coronavirus Infections , Coronavirus , Pandemics , Health Services Accessibility
17.
Brasília; IPEA; abr. 2020. 31 p. ilus.(Nota Técnica / IPEA. Disoc, 63).
Monography in Portuguese | LILACS (Americas), ECOS | ID: biblio-1102399

ABSTRACT

Esta nota tem por objetivo discutir alguns aspectos relacionados ao fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs) e outros materiais necessários à minimização do risco de contágio pelo coronavírus por trabalhadores em estabelecimentos de saúde, especialmente o aumento de preços desses produtos em virtude do crescimento da demanda por causa da pandemia de Covid-19.


Subject(s)
Public Policy , Unified Health System , Group Purchasing , Coronavirus Infections , Coronavirus , Commerce , Government Regulation , Pandemics , Personal Protective Equipment
18.
RECIIS (Online) ; 14(1): 111-125, jan.-mar. 2020.
Article in Portuguese | LILACS (Americas) | ID: biblio-1087268

ABSTRACT

A informação pública, garantida por lei no Brasil, é base para a geração de conhecimento adaptativo em situações adversas, como a extrema vulnerabilidade socioambiental e seus impactos na saúde humana. O presente artigo avalia a transparência da informação pública nas áreas de saúde humana (com foco no Sistema Único de Saúde ­ SUS), mudanças produtivas (uso do solo) e mudanças climáticas (chuva e temperatura), utilizando dados de 5.570 municípios brasileiros, ao longo dos últimos 20 anos. A experiência da construção de uma base nacional de dados (Data Lake) a partir de informações disponibilizadas em bases públicas (ou público-privadas) ­ DATASUS, MapBiomas, Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e Hidroweb da Agência Nacional de Águas (ANA) ­ confirmou que, na prática, a acessibilidade da informação pública no Brasil apresenta entraves importantes. Incluímos recomendações sobre como ela pode ser aprimorada para tornar os direitos de acesso à informação uma realidade mais concreta para o cidadão brasileiro.


The transparency of public information, a right that is entitled by law in Brazil, is the basis to generate adaptive knowledge in adverse situations, such as extreme socio-environmental vulnerability and its impacts on human health. This article evaluates the transparency of public information in three areas ­ i) human health, focusing on the Sistema Único de Saúde ­ SUS (Unified Health System); ii) productive changes (land use indicators); and iii) climate changes (rain and temperature indicators) ­ using data from all the 5,570 Brazilian municipalities over the last 20 years. The experience of building a national database (Data Lake) from available information in public (or public-private) databases ­ DATASUS, MapBiomas, Instituto Nacional de Meteorologia ­ Inmet (National Institute of Meteorology), and Hidroweb of the Agência Nacional de Águas ­ ANA (National Water Agency) ­ confirmed that, in practice, the accessibility of public information in Brazil suffers from significant shortcomings. We include some recommendations for and how it could be improved so that the access rights to information becomes a more concrete reality for the Brazilian citizen.


La información pública, garantizada por ley en Brasil, es la base para la generación de conocimiento adaptativo en situaciones adversas, como la extrema vulnerabilidad socioambiental y sus impactos en la salud humana. Este artículo evalúa la transparencia de la información pública en las áreas de salud humana (dirigindo la atención hacia el Sistema Único de Saúde ­ SUS (Sistema Único de Salud), cambios productivos (uso del suelo) y cambios climáticos (lluvia y temperatura), con datos de los 5.570 municipios brasileños, durante los últimos 20 años. La experiencia de la construcción de una base nacional de datos (Data Lake) a partir de informaciones disponibles en bases públicas (o público-privadas) ­ DATASUS, MapBiomas, Instituto Nacional de Meteorología (Inmet) e Hidroweb de la Agência Nacional de Águas ­ ANA (Agencia Nacional de Aguas) ­ confirmó que, en la práctica, la accesibilidad de la información pública en Brasil presenta obstáculos importantes. Incluimos recomendaciones acerca de como la transparencia puede ser perfeccionada para hacer de los derechos de acceso a la información una realidad más concreta para el ciudadano brasileño.


Subject(s)
Humans , Climate Change , Access to Information/legislation & jurisprudence , Decision Making , Environment and Public Health , Big Data , Unified Health System , Brazil , Public Information , Social Vulnerability , Geographic Information Systems , Public Health Policy , Health Information Systems
20.
Rev. baiana saúde pública ; 44(supl.1): 1-184, jan.-mar. 2020. ilus, mapas, graf, tab
Article in Portuguese | LILACS (Americas), ColecionaSUS, CONASS, SES-BA | ID: biblio-1118122

ABSTRACT

O Plano Estadual de Saúde (PES) 2020-2023 é um instrumento de gestão direcionado a orientar as ações a serem desenvolvidas por todos os profissionais e gestores da Sesab, visando a efetivação do direito à saúde e o fortalecimento do sistema estadual de saúde. Desse modo, as ações elencadas neste documento têm o firme propósito de oferecer uma saúde mais humanizada e resolutiva, contribuindo para a melhoria das condições de vida da população baiana


Subject(s)
Humans , State Health Plans , Unified Health System , Health Management , Public Health Policy , Health Planning/organization & administration , Health Services
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL