Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 82
Filter
3.
Goiânia; SES-GO; 12 jan. 2021. 1-5 p. tab, fig.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1224555

ABSTRACT

A síntese trata da eficácia e segurança das vacinas contra Covid-19 em desenvolvimento no mundo. Os estudos utilizados como base para o registro e liberação de vacinas para a imunização da população são divididos em três fases. Na fase I os ensaios clínicos têm como objetivo principal avaliar a segurança e a melhor forma de administração do produto testado, já na fase II os principais objetivos são avaliar qual será a melhor dose e o intervalo de tempo ideal entre as doses para garantir a eficácia da imunização, a fase III tem como objetivo avaliar se a vacina apresenta resposta imunológica protetora aos humanos que estão em contato com a doença em estudo. (INSTITUTO BUTANTAN, 2020).


The synthesis addresses the efficacy and safety of covid-19 vaccines in development worldwide. The studies used as a basis for the registration and release of vaccines for immunization of the population are divided into three phases. In phase I the clinical trials have as main objective to evaluate the safety and the best way of administration of the tested product, already in phase II the main objectives are to evaluate what will be the best dose and the ideal time interval between doses to ensure the effectiveness of immunization, phase III aims to evaluate whether the vaccine presents protective immune response to humans who are in contact with the disease under study. (BUTANTAN INSTITUTE, 2020)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Pregnancy , Infant, Newborn , Infant , Child, Preschool , Child , Adolescent , Adult , Middle Aged , Aged , Aged, 80 and over , Young Adult , Vaccines/administration & dosage , Vaccines/therapeutic use , Viral Vaccines/administration & dosage , Coronavirus Infections/prevention & control
5.
Brasília; s.n; 7 ago. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117973

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 12 artigos e 4 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Renin-Angiotensin System , Technology Assessment, Biomedical , Dexamethasone/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Interferons/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Heparin, Low-Molecular-Weight/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Drug Combinations , Interleukin 1 Receptor Antagonist Protein/therapeutic use , Lopinavir/therapeutic use , Rituximab/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
6.
Brasília; s.n; 31 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117732

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 12 artigos e 6 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Immunoglobulins/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Cross-Sectional Studies , Cohort Studies , Azithromycin/therapeutic use , Drug Combinations , Bevacizumab/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
7.
Brasília; s.n; 24 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117704

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 21 artigos e 15 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Immunoglobulins/therapeutic use , Methylprednisolone/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Heparin/therapeutic use , Cohort Studies , Azithromycin/therapeutic use , Heparin, Low-Molecular-Weight/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Drug Combinations , Interleukin 1 Receptor Antagonist Protein/therapeutic use , Mesenchymal Stem Cells , Darunavir/therapeutic use , Adalimumab/therapeutic use , Rituximab/therapeutic use , Infliximab/therapeutic use , Clopidogrel/therapeutic use , Ticagrelor/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Anticoagulants/therapeutic use
8.
Brasília; s.n; 10 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117640

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 20 artigos e 16 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Steroids/toxicity , Technology Assessment, Biomedical , Vitamin D/therapeutic use , Ivermectin/therapeutic use , Immunoglobulins/therapeutic use , Angiotensin-Converting Enzyme Inhibitors/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Fingolimod Hydrochloride/therapeutic use , Rituximab/therapeutic use , Infliximab/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Lithium/therapeutic use
9.
Brasília; s.n; 8 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117634

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 16 artigos e 11 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Antiviral Agents/therapeutic use , Technology Assessment, Biomedical , Immunoglobulins/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Colchicine/therapeutic use , Cross-Sectional Studies/instrumentation , Cohort Studies , Interferon-alpha/therapeutic use , Tissue Plasminogen Activator/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Lopinavir/therapeutic use , Fibrinolytic Agents/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Anti-Bacterial Agents/therapeutic use
10.
Brasília; s.n; 6 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117629

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 17 artigos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , gamma-Globulins/therapeutic use , Immunoglobulins/therapeutic use , Angiotensin-Converting Enzyme Inhibitors/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Interferon-beta/therapeutic use , Aldehyde Reductase/antagonists & inhibitors , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Zinc Sulfate/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Oseltamivir/therapeutic use , Lopinavir/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
11.
Brasília; s.n; 2 jul. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1117621

ABSTRACT

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 17 artigos e 9 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Zinc/therapeutic use , Ivermectin/therapeutic use , Angiotensin-Converting Enzyme Inhibitors/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Fingolimod Hydrochloride/therapeutic use , Imatinib Mesylate/therapeutic use , Abatacept/therapeutic use , Glucocorticoids/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
12.
Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004) ; 40(2): 63-75, jun. 2020. graf, ilus, tab
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-1102739

ABSTRACT

El objetivo de este artículo es proporcionar una guía que sirva para la interpretación y seguimiento de los esfuerzos que se están desarrollando en todo el mundo con el objetivo de obtener una vacuna que pueda generar inmunidad contra el nuevo coronavirus SARS-CoV-2 de 2019, el agente causante de la enfermedad por coronavirus denominada COVID-19. Cinco meses después de haber sido detectada la enfermedad, ya hay 102 vacunas en distintos estadios de desarrollo, registradas por la Organización Mundial de la Salud (OMS), correspondientes a 8 plataformas vacunales con diferentes estrategias, y todos los días aparecen nuevas. Esto representará un enorme desafío de organismos internacionales, para la evaluación, comparación y selección de aquellas que cumplan con los criterios regulatorios indispensables de seguridad y eficacia y que, por otro lado, puedan ser producidas en cantidades suficientes para abastecer la demanda mundial. (AU)


The objective of this article is to provide a guide to help the interpretation and monitoring the efforts that are being carried out worldwide to obtain a vaccine that will be able to generate immunity against the new 2019 SARS-CoV-2 coronavirus, the viral agent causes the disease named COVID-19. Five months after the disease was detected, there are already 102 vaccines at different stages of development, registered by World Health Organization (WHO), corresponding to 8 vaccination platforms base on different strategies, and every day new ones appear. This will represent a huge challenge for international organizations, to evaluate, compare and selects those that will meet the essential regulatory criteria of safety and efficacy and that, would be able to be produced in enough quantities to supply the worldwide demand. Key words: SARS-Cov-2 vaccine, vaccine platform, COVID-19 strategy, attenuated virus, viral vector, viral proteins, viral DNA, viral RNA, nucleic acids, viral like particles, WHO. (AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Coronavirus Infections/therapy , SARS Virus/immunology , Pneumonia, Viral/therapy , DNA/therapeutic use , RNA/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Nucleic Acids/therapeutic use , Protein S/immunology , Coronavirus Infections/virology , SARS Virus/physiology , SARS Virus/genetics , Disease Vectors
13.
Brasília; s.n; 8 maio 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1097403

ABSTRACT

Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 14 artigos e 13 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Ivermectin/therapeutic use , Methylprednisolone/therapeutic use , Prednisolone/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Chloroquine/therapeutic use , Anti-Inflammatory Agents, Non-Steroidal/therapeutic use , Adrenal Cortex Hormones/therapeutic use , Drug Combinations , Oseltamivir/therapeutic use , Glucocorticoids/therapeutic use , Histamine Antagonists/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Metformin/therapeutic use
14.
Brasília; s.n; 12 maio 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1097394

ABSTRACT

Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 12 artigos e 15 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Vaccines/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Disease Progression , Ritonavir/therapeutic use , Lopinavir/therapeutic use , Natalizumab/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use
15.
Brasília; s.n; 26 abr. 2020.
Non-conventional in Portuguese | LILACS, BRISA, PIE | ID: biblio-1097411

ABSTRACT

Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 25 artigos e 47 protocolos.


Subject(s)
Humans , Pneumonia, Viral/drug therapy , Coronavirus Infections/drug therapy , Betacoronavirus/drug effects , Technology Assessment, Biomedical , Hydrocortisone/therapeutic use , Angiotensin-Converting Enzyme Inhibitors/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Extracorporeal Membrane Oxygenation/instrumentation , Chloroquine/therapeutic use , Cross-Sectional Studies/instrumentation , Tissue Plasminogen Activator/therapeutic use , Azithromycin/therapeutic use , Ritonavir/therapeutic use , Dipyridamole/therapeutic use , Drug Combinations , Lopinavir/therapeutic use , Hydroxychloroquine/therapeutic use , Anticoagulants/therapeutic use
16.
Rev. bras. enferm ; 72(3): 671-679, May.-Jun. 2019. tab
Article in English | LILACS, BDENF | ID: biblio-1013552

ABSTRACT

ABSTRACT Objective: to construct collectively with nursing professionals bundle for best practices of cold chain maintenance of immunobiological agents conservation at the local level. Method: a qualitative research of convergent care type. Bundle construction was guided by the Evidence-Based Practice criterion. Data collection was carried out from October to December 2016, through five workshops, with the participation of 21 professionals from 7 vaccination rooms of a municipality of Minas Gerais State. The framework developed by Morse and Field was adopted for data analysis. Results: through bundle, care is taken regarding refrigeration equipment temperature monitoring, contingency plan performance, recyclable ice coil setting and chamber use as refrigeration equipment. Final considerations: the chosen interventions began to guide the practice and promote a care based on safety and quality.


RESUMEN Objectivo: construir colectivamente, con profesionales de enfermería, bundle para buenas prácticas de mantenimiento de la cadena de frío de conservación de inmunobiológicos a nivel local. Método: investigación cualitativa del tipo convergente asistencial. La construcción del bundle fue guiada por los criterios de la Práctica Basada en Evidencias. La recolección de datos fue realizada en el período de octubre a diciembre de 2016, por medio de cinco talleres, con la participación de 21 profesionales de 7 salas de vacunación de un municipio del estado de Minas Gerais. Para el análisis de los datos, se adoptó el referencial de Morse y Field. Resultados: por medio del bundle, se contemplan cuidados relativos al monitoreo de la temperatura del equipo de refrigeración, ejecución del plan de contingencia, ambientación de la bobina de hielo reciclable y el uso de la cámara como equipo de refrigeración. Consideraciones finales: las intervenciones elegidas pasaron a guiar la práctica y promover un cuidado pautado en la seguridad y calidad.


RESUMO Objetivo: construir coletivamente, com profissionais de enfermagem, bundle para boas práticas de manutenção da cadeia de frio de conservação de imunobiológicos em nível local. Método: pesquisa qualitativa do tipo convergente assistencial. A construção do bundle foi norteada pelos critérios da Prática Baseada em Evidências. A coleta de dados foi realizada no período de outubro a dezembro de 2016, por meio de cinco oficinas, com a participação de 21 profissionais de 7 salas de vacinação de um município de Minas Gerais. Para análise dos dados, adotou-se o referencial de Morse e Field. Resultados: por meio do bundle, contemplam-se cuidados relativos ao monitoramento da temperatura do equipamento de refrigeração, execução do plano de contingência, ambientação da bobina de gelo reciclável e o uso da câmara como equipamento de refrigeração. Considerações finais: as intervenções eleitas passaram a nortear a prática e promover um cuidado pautado na segurança e qualidade.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adult , Refrigeration/methods , Vaccines/therapeutic use , Patient Care Bundles/methods , Refrigeration/standards , Clinical Competence/standards , Practice Guidelines as Topic , Qualitative Research , Evidence-Based Nursing/methods , Middle Aged
17.
Vaccimonitor (La Habana, Print) ; 28(1)ene.-abr. 2019. tab, graf
Article in Spanish | LILACS, CUMED | ID: biblio-1094618

ABSTRACT

En las meningoencefalitis de etiología viral se encuentran implicados los paramixovirus (virus de la parotiditis, sarampión y rubeola). Las vacunas combinadas trivalentes han sido utilizadas durante años en muchos países. El objetivo del trabajo es determinar la respuesta poliespecífica de anticuerpos de tipo IgG anti parotiditis, rubeola y sarampión en pacientes pediátricos con meningoencefalitis víricas agudas. Se realizó un estudio retrospectivo en el año 2018 en muestras de pacientes pediátricos con meningoencefalitis viral aguda vacunados con la triple viral, donde se utilizó el índice de anticuerpos específicos anti-parotiditis, anti-rubeola y anti-sarampión para identificar el estado de respuesta inmunológica contra dichos virus en la muestra estudiada, procedentes de la serorraquioteca de LABCEL. Las determinaciones se hicieron por ELISA. Todos los pacientes presentaron respuesta poliespecífica intratecal, disminución significativa del índice de anticuerpos IgG anti-parotiditis con respecto a la edad y al tiempo de respuesta. Se evidencia un acortamiento del tiempo de respuesta de los anticuerpos de tipo IgG específicos anti-parotiditis en relación a la edad de vacunación(AU)


Paramixovirus like mumps, rubella and measles are involved in some viral meningoencephalitis. Triple combined vaccines have been employed for several years in many countries. The aim of this work is to determine the IgG anti mumps, rubella and measles polyspecific response in pediatric patients with acute viral meningoencephalitis. A 2018 retrospective study in pediatric patients with acute viral meningoencephalitis previously vaccinated with the triple viral vaccine MMR was performed to identify the immune response status against mumps, rubella and measles in samples from LABCEL serum and cerebrospinal fluid collection. Quantification of IgG specific antibody was performed by ELISA. Intrathecal polyspecific response was present in all patients. A significant decrement of anti IgG mumps specific antibody index was observed according to age and response time. A shortage of the response time of IgG mumps specific antibodies according to the age of vaccination was demonstrated(AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Infant , Child, Preschool , Child , Parotitis/prevention & control , Rubella Vaccine/therapeutic use , Vaccines/therapeutic use , Measles/prevention & control , Meningoencephalitis/etiology , Retrospective Studies , Cuba
18.
J. pediatr. (Rio J.) ; 94(6): 574-581, Nov.-Dec. 2018.
Article in English | LILACS | ID: biblio-976015

ABSTRACT

Abstract Objective: Opposition to vaccines is not a new event, and appeared soon after the introduction of the smallpox vaccine in the late 18th century. The purpose of this review is to educate healthcare professionals about vaccine hesitancy and refusal, its causes and consequences, and make suggestions to address this challenge. Source of data: A comprehensive and non-systematic search was carried out in the PubMed, LILACS, and ScieLo databases from 1980 to the present day, using the terms "vaccine refusal," "vaccine hesitancy," and "vaccine confidence." The publications considered as the most relevant by the author were critically selected. Synthesis of data: The beliefs and arguments of the anti-vaccine movements have remained unchanged in the past two centuries, but new social media has facilitated the dissemination of information against vaccines. Studies on the subject have intensified after 2010, but the author did not retrieve any published studies to quantify this behavior in Brazil. The nomenclature on the subject (vaccine hesitancy) was standardized by the World Health Organization in 2012. Discussions have been carried out on the possible causes of vaccine hesitancy and refusal, as well as on the behavior of families and health professionals. Proposals for interventions to decrease public doubts, clarify myths, and improve confidence in vaccines have been made. Guides for the health care professional to face the problem are emerging. Conclusions: The healthcare professional is a key element to transmit information, resolve doubts and increase confidence in vaccines. They must be prepared to face this new challenge.


Resumo Objetivo: Oposição às vacinas não é evento novo e surgiu logo após a introdução da vacina contra varíola no fim do século XVIII. O objetivo desta revisão é esclarecer os profissionais de saúde sobre hesitação e recusa vacinal, suas causas e consequências e fazer sugestões para enfrentar esse desafio. Fonte dos dados: Foi feita busca abrangente e não sistemática nas bases de dados PubMed, Lilacs e Scielo desde 1980 até o presente, com os termos "recusa vacinal", "hesitação vacinal" e "confiança nas vacinas". Foram selecionadas de forma crítica as publicações avaliadas como mais relevantes pela autora. Síntese dos dados: As crenças e os argumentos dos movimentos antivacinas mantiveram-se inalterados nos dois últimos séculos, mas as novas mídias sociais facilitaram a disseminação das informações contra as vacinas. Os estudos sobre o assunto se intensificaram depois de 2010, mas não foram identificados estudos publicados que permitam quantificar esse comportamento no Brasil. A nomenclatura sobre o tema (hesitação vacinal) foi uniformizada pela Organização Mundial de Saúde em 2012. Pesquisas têm sido feitas sobre as possíveis causas da hesitação e recusa vacinal, e também sobre o comportamento das famílias e dos profissionais da saúde. Propostas de intervenções para diminuir as dúvidas da população, esclarecer mitos e melhorar a confiança nas vacinas têm sido feitas. Guias para o profissional de saúde enfrentar o problema estão surgindo. Conclusões: O profissional de saúde é elemento fundamental para transmitir informações, combater as dúvidas e fortalecer a confiança nas vacinas. Eles devem se preparar para enfrentar esse novo desafio.


Subject(s)
Humans , Health Knowledge, Attitudes, Practice , Vaccination Refusal/trends , Brazil , Vaccines/therapeutic use , Vaccination/trends , Health Personnel/education
19.
Asunción; Universidad Politécnica y Artística del Paraguay;Universidad Autónoma de Chile; 2018. 53 p. ilus.
Monography in Spanish | LILACS, BDNPAR | ID: biblio-915988

ABSTRACT

Bacterias, ¿Por qué me enferman? Es un libro que pretende acercarnos al diminuto e invisible mundo de los microorganismos con los que convivimos día a día y con quienes interactuamos constantemente, muchas veces sin darnos cuenta. Este texto entrega material exploratorio y de divulgación científica para lectores curiosos de todas las edades, con énfasis en estudiantes y profesores, que pueden encontrar en Bacterias. ¿Por qué me enferman? una herramienta educativa útil, didáctica y visualmente atractiva


Subject(s)
Humans , Male , Female , Bacteria/pathogenicity , Bacterial Infections/prevention & control , Bacterial Infections/drug therapy , Bacteria/classification , Drug Resistance, Microbial , Vaccines/therapeutic use , Adaptive Immunity , Microbiota , Immunity, Innate
20.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 144 p.
Thesis in Portuguese | LILACS, ColecionaSUS | ID: biblio-943120

ABSTRACT

Apesar da vacinação ser considerada a melhor estratégia para prevenir a infecção por Leishmania, não existe até o momento nenhuma vacina segura e eficaz para uso humano disponível. As vacinas atenuadas, consideradas padrão-ouro para proteção contra patógenos intracelulares, têm sido largamente estudadas como estratégia de imunização contra as leishmanioses. Dessa forma, com o objetivo de obter uma cepa atenuada de Leishmania, foi realizado o nocaute do gene Kharon1 (Kh1) em L. infantum, o qual foi descrito como sendo essencial para citocinese das formas amastigotas de L. mexicana.Os mutantes LiKh1-/- foram obtidos com sucesso por meio de recombinação homóloga e a deleção de ambas as cópias do gene foi confirmada por PCR, qPCR e Southern blot. Em seguida foram também obtidos mutantes complementados nos quais o gene Kh1 foi reinserido nos parasitos LiKh1-/- (add back).Apesar das formas promastigotas dos mutantes LiKh1-/- não apresentaram alteração do crescimento quando comparadas com LiWT, parasitos LiKh1-/- apresentam alteração morfológica, que não é detectada nos parasitos complementados. Apesar de Kh1 estar indiretamente relacionado com o transporte de glicose, os mutantes LiKh1-/- não apresentaram alteração da captação de glicose e nem alteração na sensibilidade ao antimônio


Por outro lado, as formas amastigotas de LiKh1-/- foram incapazes de manter a infecção em macrófagos humanos ou murinos, formando estruturas multinucleadas que não sobrevivem por mais de 16 dias in vitro. A análise do ciclo celular dos mutantes demonstrou que as amastigotas LiKh1-/- apresentam retenção em G2/M, confirmando que os mutantes LiKh1-/- apresentaram defeito na citocinese. Os parasitos deficientes em Kh1 também possuem menor capacidade de manter a infecção in vivo, até mesmo em camundongos imunossuprimidos. A deleção do gene Kh1 não interferiu na produção de óxido nítrico pelos macrófagos peritoneais murinos.Os resultados obtidos in vitro e in vivo nesse trabalho demonstram que os parasitos LiKh1-/- apresentam fenótipo atenuado, devido à alteração na divisão celular. Esses parasitos poderão ser futuramente testados como potenciais candidatos vacinais contra as leishmanioses


Subject(s)
Animals , Guinea Pigs , Mice , Leishmania infantum/genetics , Leishmaniasis, Visceral/pathology , Vaccines/therapeutic use
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL